Arquivo da tag: policiamento

Segurança intensifica policiamento e ações de repressão à violência na Paraíba

Reforço do policiamento nas divisas da Paraíba com Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará, além da realização de mais operações de prevenção e repressão qualificadas do Litoral ao Sertão do estado. Essas foram as determinações do secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, durante reunião realizada nessa terça-feira (16), com o secretário executivo, Lamark Donato, o comandante da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, o delegado geral de Polícia Civil, Isaías Gualberto, e o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Marcelo Araújo, e ainda o secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, e o executivo, João Paulo Barros. As diretrizes fazem parte do trabalho desenvolvido pelas forças de Segurança para a continuidade da redução de indicadores criminais em território paraibano.

Nos primeiros seis meses de 2019, foi verificada uma queda de 22% dos assassinatos, 31% dos crimes contra a vida de mulheres, e 60% dos crimes contra instituições bancárias, sendo menos 78% de explosões de banco, conforme dados do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace).  De acordo com Jean Nunes, na segunda semana de julho foram intensificadas as apreensões de armas e munições e, na segunda-feira (15), houve a desarticulação de um grupo criminoso suspeito de ataques a instituições financeiras, no Sertão.

“Os resultados do semestre e as primeiras ações deste mês estão relacionados à forma como trabalhamos, em unidade, direcionando energia e capacidade de atuação de todos os envolvidos no sistema de Segurança Pública, desde quem está na ponta até os comandos, permitindo os números positivos. Na Paraíba, há diálogo entre os órgãos que fazem parte desta pasta e estamos aqui para coordenar e promover esse processo”, frisou o secretário.

Ainda no primeiro semestre de 2019, as duas maiores cidades da Paraíba tiveram queda nos registros de crimes contra o patrimônio de janeiro a junho deste ano. Na Capital, foram 36% a menos de registros e em Campina Grande a redução foi de 26%. Um total de 1.326 veículos roubados ou furtados foram devolvidos aos seus proprietários e 9,4 mil prisões efetuadas na Paraíba, sendo 1.709 consideradas de interesse estratégico.Em relação às operações, foram realizadas 2.624 ações de segurança e interesse estratégico.

PB Agora

 

 

Viatura de policiamento de trânsito bate em carro esportivo de luxo em Campina Grande

Uma viatura do Batalhão de Policiamento Trânsito (BPTran) da Polícia Militar se envolveu em um acidente com um Porsche Boxster, carro esportivo de luxo, em Campina Grande. O acidente ocorreu na Avenida Floriano Peixoto, no bairro Santo Antônio, na tarde desta terça-feira (9).

De acordo com o relato feito no Boletim de Ocorrência, a viatura da BPTran estava trafegando na rua Silva Jardim, onde na esquina existe sinalização que o condutor deve parar. Já o carro esportivo de luxo transitava pela Avenida Floriano Peixoto, que é a via de preferência.

A viatura policial bateu na lateral do carro de luxo que foi parar do outro lado da avenida na contramão. A placa da viatura chegou a ficar presa a porta do carro de luxo. Apesar da batida, ninguém ficou ferido. O carro de luxo pertence a um empresário de Campina Grande.

O dono do carro de luxo e o policial que conduzia a viatura foram para a Central de Polícia Civil prestar boletim de ocorrência. Nem a viatura, que é alugada pelo Estado da Paraíba, nem o carro de luxo possuem seguros para colisão.

O carro envolvido no acidente é um Porsche Boxster ano 2018. A versão mais simples desse carro na tabela FIPE custa cerca de R$ 339 mil reais e mais completa custa cerca de R$ 446 mil.

Foto: Roberto Pinto Filho / Arquivo Pessoal

G1

 

4º BPM realiza policiamento no São Pedro de Belém

O 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), sob o comando do major Gilberto, realizou o policiamento do São Pedro de Belém na primeira noite do evento, que aconteceu nesta quinta (6) e se estendeu até a madrugada desta sexta-feira (7), na Praça 6 de Setembro, no centro da cidade.

O esquema de segurança elaborado para o São Pedro de Belém prossegue nesta sexta, quando acontecem os shows de Mano Walter, Banda Magníficos e João Neto Pegadão no palco principal.

Conforme acordo feito com a Polícia Militar, os shows, inclusive no palco pé de serra, estão começando a partir das 21h e se estendem até as 3h, com exceção da madrugada do sábado para o domingo (9), que terá o tradicional trio da ressaca, até as 5h, encerrando os festejos na praça central da cidade.

As atrações da última noite no palco principal serão Alcymar Monteiro, Forró dos Plays e Sirano e Sirino.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

4º BPM realiza policiamento durante Romaria de Frei Damião em Guarabira

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), sob o comando do major Gilberto, realizaram o policiamento da 30ª Romaria de Frei Damião, que aconteceu na manhã deste domingo (28), na cidade de Guarabira.

O trabalho de policiamento teve início desde a madrugada, na Catedral da Luz, onde aconteceu a concentração da romaria, e incluiu ainda o percurso da caminhada e o memorial, onde fica a estátua de Frei Damião e as pessoas participaram de uma celebração religiosa.

A estátua de Frei Damião fica localizada na Serra da Jurema, a 370 metros de altura e a romaria reúne, anualmente, milhares fiéis de várias Dioceses do

Estado. Fotos: Tatiany Germano

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Paraíba reforça policiamento na divisa com o RN após fuga em massa de Penitenciária

O comando da Polícia Militar enviou as tropas especiais para apoiar as ações nas divisas (Foto: Walla Santos)

Na manhã desta quinta-feira (25) a Polícia Militar deflagrou uma operação de reforço nas 36 cidades que fazem divisa com o Estado do Rio Grande do Norte. A intenção da operação é impedir a entrada na Paraíba dos presos que fugiram durante a madrugada da Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal.

Penitenciária de Parnamirim registra fuga em massa na madrugada desta quinta-feira

A PM paraibana já montou vários pontos de bloqueio nas cidades e intensificou as abordagens em veículos que vêm do estado vizinho, já que, segundo a direção do presídio, pelo menos dois veículos deram apoio resgatando os presos. O Serviço de Inteligência também está atuando para colher informações sobre a presença de pessoas suspeitas nos municípios.

O comando da Polícia Militar enviou as tropas especiais para apoiar as ações nas divisas, inclusive com o Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC) pronto para realizar buscas em áreas de vegetação que possam ser usadas como rota de fuga. O mesmo esquema de segurança foi adotado todas as vezes em que foram registradas fugas ou rebeliões nos presídios dos estados vizinhos.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

4º BPM reforça policiamento para garantir proteção de usuários de estabelecimentos financeiros

O policiamento nas áreas próximas aos estabelecimentos financeiros está sendo reforçado pelo 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar). Nesta quinta-feira (11), por determinação do major Gilberto, policiais da guarnição do Comando e dos Destacamentos locais reforçaram a segurança nos municípios de Pirpirituba, Sertãozinho, Duas Estradas e Serra da Raiz.

O reforço no policiamento, de acordo com o comandante do 4º BPM, visa garantir a proteção dos usuários que utilizam os serviços das casas lotéricas, agências dos Correios e agências bancárias e, consequentemente, impedir a prática de delitos contra estes estabelecimentos financeiros.

O incremento do policiamento faz parte das atividades da Operação Cidade Segura, que vem sendo realizada nas zonas urbanas e rurais dos municípios que integram a área do 4º BPM.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

4º BPM define plano de policiamento para Romaria de Frei Damião em Guarabira

Em uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira (4), o Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) definiu o plano de policiamento da tradicional Romaria Diocesana ao Santuário do Memorial Frei Damião, que neste ano chega à 30ª edição e será realizada no dia 28 de maio.

Estão sendo esperadas, de acordo com os organizadores, aproximadamente 20 mil pessoas, que subirão em procissão a Serra da Jurema, onde fica localizada, a 370 metros de altura, a estátua do Frei Damião.

De acordo com o que ficou definido na reunião, conforme informou o comandante do 4º BPM, major Gilberto, o policiamento será feito a pé e motorizado, durante a concentração, o percurso e até o memorial, onde será realizada uma celebração religiosa.

O trabalho de policiamento será feito já a partir da meia-noite do domingo, quando acontece a vigília e começam a chegar caravanas vindas de diversos municípios paraibanos e até de outros Estados.

Além do major Gilberto, do 4º BPM participaram da reunião o oficial responsável pela Seção de Planejamento, Asp Castro, e o comandante da 1ª Companhia, sediada em Guarabira, Cap Jarbas.

Também estiveram presentes o padre José Renato, reitor do Santuário, além de policiais do Choque, CPTran, Corpo de Bombeiros e agentes da STTrans.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Operação Réveillon reforça policiamento em todas as cidades da Paraíba a partir desta quinta

pmA Polícia Militar lança a Operação Réveillon, nesta quinta-feira (29), às 18h, no Busto de Tamandaré, na orla da Capital, com a apresentação de parte do efetivo que será empregado até a madrugada da próxima segunda-feira (2) no reforço do policiamento em toda Paraíba.

O esquema de segurança inclui o aumento do número de rondas nos bairros e comunidades, bem como a presença de policiais a pé nas festas que celebram a chegada do ano novo.

SERVIÇO:

Lançamento da Operação Réveillon

Data: 29/12/2016

Horário: 18h

Local: Busto de Tamandaré, na orla da Capital

Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Escolas terão policiamento reforçado e WhatsApp da PM para interação rápida, em JP

Divulgação/Secom-PB
Divulgação/Secom-PB

A Polícia Militar da Paraíba anunciou nesta terça-feira (2) que vai adotar novas medidas para reforçar o policiamento e a interação com a comunidade no Jardim Planalto, na Zona Oeste de João Pessoa. A iniciativa foi divulgada após a apreensão do adolescente que teria participado de um arrastão a uma escola do bairro.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves. “São dois projetos já definimos em uma reunião na manhã desta terça-feira. O primeiro é a implantação de uma ronda do Proerd (Programa de Erradicação às Drogas e à Violência), que consiste na presença constante de policiais capacitados com o programa nas escolas daqui do bairro, não só pegando assinatura de diretores como acontecia antes, mas convivendo com os alunos e participando do seu dia a dia para conhecer mais de perto os anseios da comunidade escolar”, adiantou.

O segundo projeto, ainda de acordo com o coronel Euller, é a criação de “zap.com PM” que é um grupo de interação com a comunidade, professores e diretores, através do WhatsApp, pelo celular. “As tecnologias que aproximam a polícia da comunidade serão todas usadas para unirmos esforços e restabelecer a paz social”, garantiu.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O projeto-piloto das duas ideias será realizado nos bairros do Jardim Planalto (Oeste) e Mangabeira, na Zona Sul. A própria Polícia Militar informou que vai capacitar as pessoas que farão parte do grupo de interação por mensagens instantâneas de celular.

O menor suspeito do assalto já cumpriu nove meses de medida socioeducativa por roubo e tinha sido apreendido antes por porte ilegal de arma. Ele foi levado para a Delegacia da Infância e Juventude, no Centro da Capital.

A PM informou que continua em diligências p apreender os outros suspeitos.

 

 

portalcorreio

Batalhão de Policiamento Ambiental apreende mais de 1,9 mil animais em 2014

Foto: Walla Santos
Foto: Walla Santos

As ações do Batalhão de Policiamento Ambiental da Paraíba resultaram, em 2014, na apreensão de 1.946 animais, entre aves, mamíferos e répteis. O número de aves apreendidas chegou a 446, enquanto mamíferos e répteis somaram 1.500 apreensões. De acordo com o tenente Wellington Aragão, chefe do setor de Planejamento Estratégico da PM Ambiental, a multa para cada ave apreendida é de R$ 500, podendo chegar a R$ 5 mil se o animal estiver em risco de extinção. Ao todo, foram aplicados R$ 239 mil em multas no ano passado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Wellington Aragão lembra que, além da multa – punição administrativa -, os infratores também podem responder por crime ambiental. “Muitos animais são encontrados em situação de maus-tratos. Nesses casos, os responsáveis podem responder por crime ambiental, cuja punição varia de três meses a um ano de detenção. Além disso, acrescida à multa por criação ilegal de animais silvestres, há também a multa por maus-tratos, que varia de R$ 500 a R$ 3 mil”, explicou.

Ainda de acordo com o balanço, foram resgatados ou capturados 1.409 animais silvestres. As aves lideram o ranking, com 904 resgates ou capturas, acompanhadas por mamíferos, com 259, e répteis, com 246 resgates ou capturas. “As apreensões ocorrem quando há infração ao Código Ambiental. Já os resgates ou capturas são ações que realizamos quando a população entra em contato conosco e solicita a nossa presença para fazermos a captura de um jacaré, por exemplo”, destacou Wellington Aragão.

Segundo o tenente, a retirada de qualquer animal silvestre do seu habitat causa danos difíceis de serem reparados. “Quando uma ave passa três, quatro, cinco anos em uma gaiola, por exemplo, a musculatura do animal sofre um atrofiamento, o que, pelo menos de imediato, o impede de viver na natureza”, explicou. “Esse tempo, de alguma forma, também interfere no hábito do animal”, completou.

O chefe do setor de Planejamento Estratégico do Batalhão Ambiental destaca que, uma vez resgatados, os animais são encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), localizado na Mata da Restinga, em Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. “Nesse recinto, os animais passam por uma triagem e quarentena, processos nos quais são observados por veterinários e biólogos. Após isso, são reavaliados e, caso estejam prontos a viver na natureza, são soltos”, afirmou, lembrando que outra parceria desse tipo é com o Parque Arruda Câmara, mais conhecido por Bica.

Colaboração – Wellington Aragão ressalta que a população tem sido uma grande parceira da polícia no combate aos crimes ambientais. “Podemos dizer que tem aumentado muito o número de denúncias que chegam até as nossas equipes graças à participação da população. Isso mostra que o trabalho que temos realizado não busca apenas a repressão dos crimes ambientais, mas também a conscientização dos paraibanos”, acrescentou.

Para fazer qualquer denúncia, a comunidade deve entrar em contato com a Polícia Militar pelo telefone 190. “Caso não se trate de denúncia, as pessoas devem ligar para a nossa sede, através do telefone 3218-7222. Por esse número, orientamos a população paraibana nas mais diversas situações, como o que fazer caso encontre um animal silvestre em casa, entre outros assuntos”, finalizou Wellington Aragão.

 

Secom/PB