Arquivo da tag: policiais

4º BPM realiza operações policiais em Guarabira, Caiçara e Belém

Militares do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), sob a supervisão do major Silva Ferreira, realizaram, nessa quarta (7) e estendendo-se até a madrugada dessa quinta-feira (8), operações policiais nas cidades de Guarabira, Caiçara e Belém.

Durante as operações, que têm como objetivo a prevenção de crimes contra a vida e o patrimônio, foram realizadas rondas e abordagens a pedestres e condutores de motos e veículos.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Dupla suspeita de acionar rojões em direção a policiais militares é detida durante jogo, no Almeidão

A Polícia Militar apreendeu um adolescente e prendeu um homem suspeitos de acionar rojões em direção de policiais militares, no estádio Almeidão, em João Pessoa. As detenções aconteceram na noite deste domingo (4), durante o jogo entre Botafogo-PB e o Confiança, pela Série C do Campeonato Brasileiro.

O menor e o homem foram levados para a Central de Polícia Civil, no Geisel, para prestar esclarecimentos.

Eles estavam com uma bolsa com mais materiais, além dos rojões.

 

clickpb

 

 

 

Perturbação do sossego retrata 80% das ocorrências policiais

Denúncias por perturbação do sossego têm gerado o maior número de ocorrências atendidas pela Polícia Militar da Paraíba nos finais de semana. A informação é do comandante do 5º Batalhão, tenente coronel Barros. De acordo com o policial militar, os atendimentos desse tipo representam 80% das ocorrências na área coberta pelo Batalhão, que atende bairros da Zona Sul de João Pessoa e cidades do Litoral Sul paraibano.

“Oitenta por cento das intervenções que a Polícia Militar faz e das ligações que o Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP) recebe são de perturbação de ordem do sossego. E isso é recorrente. Começam no início da noite da sexta-feira e vão até a madrugada do domingo. Basicamente essas ocorrências são referentes a som alto e trote”, destacou. “Você imagina que eu lanço 30 viaturas todos os dias. Se a cada dez ocorrências, oito são de perturbação do sossego em toda áreas, são muitas viaturas para essas ocorrências enquanto muita gente deixa de ser assistida por outras necessidades”, acrescentou.

Coronel Barros explicou que não existe horário para casos de perturbação do sossego e a Polícia Militar pode agir a qualquer momento. Na primeira abordagem os policiais alertam para o incômodo que o som está provocando em outras pessoas. Na segunda intervenção, caso ocorra, é pedido o deligamento do som, e em caso de uma terceira reincidência, haverá notificação após o som ser auferido.

“Essa notificação pode ser ou não de uma prisão por desobediência. Mas a prisão é uma medida extrema, então, praticamente prendemos poucos. Acredito que esse tipo de ocorrência está ligada à educação das pessoas em não respeitar o direito dos demais de ter o seu sossego. Fazemos o possível para não chegar à via extrema. Boa parte das intervenções é precedida de recomendação e orientação. Quando reincide por até três vezes podemos chegar a uma prisão”, destacou.

Tenente Coronel Barros orienta que as pessoas que se sintam prejudicadas busquem a intervenção da Polícia Militar para que alguns casos não partam para uma situação de violência.

“Volta e meia somos chamados sobre desentendimentos entre vizinhos por causa de som. Às vezes acabam arrumando uma confusão porque não sabe qual vai ser a reação das pessoas. Até recomendamos que essa intervenção seja feita pela polícia mesmo. O cidadão comum que vai reclamar de uma situação na rua, com vizinhos, pode provocar uma briga que a gente não sabe no que venha resultar. Então essa intervenção deve ser feita pela polícia”, enfatizou.

Roberto Targino – MaisPB

 

 

Policiais militares e civis apreendem mais um veículo roubado e com placa clonada em Guarabira

Policiais militares e civis apreenderam nesta segunda-feira (29), em Guarabira, mais um veículo roubado, um Toyota Etios, de cor vermelha e placa de Pernambuco clonada. Com mais esta apreensão, aumentou para seis o número de veículos roubados em outros Estados, com adulterações de placas e chassis e que tinham sido comercializados na cidade a preços abaixo dos valores de mercado. Outros dois veículos foram apreendidos, mas os policiais ainda aguardam o resultado da perícia que comprove as adulterações. As apreensões são resultado de ações integradas entre policiais da guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil.

O Toyota Etios foi localizado na garagem de uma residência após denúncias de que o proprietário do imóvel teria adquirido um veículo possivelmente adulterado. Ao consultarem a placa, os policiais não encontraram nenhuma restrição, uma vez que o veículo com a placa original está circulando normalmente em Pernambuco, mas ao verificarem a numeração do motor que estava na garagem, constataram a verdadeira placa e que ele possuía restrição de roubo ou furto. O dono da residência informou aos policiais que teria adquirido o veículo por R$ 30 mil a um comerciante de Guarabira. Ele foi conduzido à delegacia e liberado após prestar esclarecimentos.

Na semana passada, outros cinco veículos foram apreendidos: um Cobalt, um Hyundai HB20, um Renegade, uma Duster e uma Ecosport, roubados nos Estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. As pessoas que adquiriram os veículos foram conduzidas à delegacia para prestarem esclarecimentos e foram liberadas. Em todos eles, foram encontradas adulterações em chassi e/ou placas para que fossem adquiridos pelos interessados como se não possuíssem qualquer restrição.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Disfarçado de policiais federais, grupo rouba cerca de 720 quilos de ouro

Um grupo de criminosos disfarçados de policiais federais, inclusive com uso de viaturas clonadas, roubou cerca 720 quilos de ouro -algo superior a R$ 120 milhões– de uma empresa de transporte valores no interior no aeroporto do Guarulhos, na tarde desta quinta (25).

Segundo informações preliminares da Polícia Civil e Militar, os criminosos fizeram refém a família de um funcionário da empresa o que, em tese, facilitou a ações dos criminosos. Mesmo armados de fuzil e pistolas, não precisaram realizar um único disparo.

Viaturas clonadas da Polícia Federal usadas em roubo de carro forte no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo), nesta quinta-feira (25).

As duas caminhonetes utilizadas no roubo foram localizadas no final da tarde em um terreno na zona leste da capital. O refém, segundo a polícia, foi libertado.

A polícia tenta localizar os veículos que os bandidos estão ainda em fuga.

 

Foto: Fepesil/Futura Press/Folhapress

FOLHAPRESS

 

 

Corregedoria da PM vai analisar casos em que policiais acumulam com cargos da educação ou saúde

Com a promulgação pelo Congresso e publicação de emenda constitucional que permitirá a militares acumularem o cargo com as funções de professor ou profissional da saúde, benefício que é estendido aos militares estaduais, a Corregedoria da Polícia Militar da Paraíba vai analisar os casos que estão em apuração preliminar ou com sindicância em andamento, e submeter ao Subcomando-Geral da PM.

“O subcomandante-geral é quem vai solucionar, depois que nós fizermos uma análise e emitirmos um parecer. A lei será observada”, disse o coronel Severino do Ramo Gerônimo de Araújo, corregedor-geral da Polícia Militar.

“Eu concordo que ao policial seja dado também o direito que já é dado a muita gente, de exercer uma função a mais, no caso da educação e da saúde, que aqueles que tenham a formação devida, que possam exercer, não vejo nada demais.

A promulgação foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (04). Apesar da emenda liberando a acumulação para os militares, os profissionais que acumulam cargos devem respeitar o teto de renumeração no serviço público. No caso da União, o teto é o salário de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) hoje em R$3 9,3 mil. No caso dos estados e do Distrito Federal, o limite é o salário do governador.

Ainda pela norma, em situações de acumulação com um cargo civil, o militar terá que dar prioridade à atividade no quartel. A mudança valerá para integrantes das polícias e do Corpo de Bombeiros militar dos estados e do Distrito Federal.

Antes da norma, a Constituição proibia a acumulação de cargos no serviço público. Algumas exceções são previstas: quando há compatibilidade de horários, servidores civis podem desempenhar dois cargos de professor; um cargo de professor com outro técnico ou científico; ou dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde.

Em 2014, a Emenda Constitucional 77 permitiu aos militares das Forças Armadas a acumulação de cargos da área de saúde. Um médico, por exemplo, pode exercer essa atividade como militar e também como servidor civil em outros hospitais.

 

 

clickpb

 

 

Bolsonaro diz a policiais que todos têm cota de sacrifício na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que todas as categorias terão de dar a sua cota de sacrifício na reforma previdenciária, incluindo as forças policiais. Nesta terça-feira (2), lobistas das carreiras de policiais federal e civil fizeram protesto na Câmara dos Deputados para que o texto da proposta inclua emendas igualando os benefícios aos da categoria militar.

O presidente disse que está tratando do assunto com o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, e classificou como natural o protesto de lobistas.

“Está sendo negociado. Liguei para o Valeixo. Estamos tratando do assunto. É natural os lobbies, mas todo mundo vai ter a sua cota de sacrifício, como as Forças Armadas tiveram”, disse.

A bancada do PSL, partido do presidente, pode registrar uma baixa de até 22 votos a favor da reforma caso não sejam incluídos os destaques que beneficiariam os policiais civis e federais.

A principal resistência é do ministro da Economia, Paulo Guedes, para o qual a mudança poderá desidratar ainda mais a proposta.

O presidente da comissão especial, Marcelo Ramos (PL-AM), convocou para esta terça-feira (2), às 16h, a sessão para que o relator da proposta, Samuel Moreira (PSDB-SP), apresente a nova versão do projeto.

Até o momento, no entanto, governo e oposição não chegaram a um acordo para a inclusão de estados e municípios na proposta.

 

GUSTAVO URIBE/ FOLHAPRESS

 

 

Em Belém, policiais prendem mulher procurada pela Justiça e homem com moto com placa adulterada

Policiais da 3ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, nesta terça-feira (3), na cidade de Belém, duas prisões e apreenderam uma moto com a placa adulterada. A primeira prisão foi de uma mulher, feita pelas guarnições do Núcleo de Inteligência da 7ª Companhia de Araruna e do comandante da 3ª Companhia, capitão Leite Ela tinha um mandado de prisão expedido pela Comarca de Cacimba de Dentro, acusada de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. A mulher foi localizada pelos policiais militares em um bar, às margens da PB 073, e depois de presa, foi conduzida à delegacia.

No Sítio Gambá, um homem foi detido em flagrante após ser flagrado com uma moto com a placa divergente do chassi. Os policiais chegaram até ele após uma denúncia de que uma moto com placa do Rio Grande do Norte estaria abandonada às margens da rodovia. De imediato, a guarnição foi até o local e encontrou a moto, que após consulta, constatou que a placa pertencia a outro veículo. De acordo com o chassi, foi verificada a placa original da moto e, como nenhum das duas possuía restrição de roubo ou furto, o proprietário foi detido e conduzido à delegacia pela adulteração veicular e por não possuir a documentação.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Com ajuda de imagens de câmeras, policiais prendem em Pilõezinhos suspeito de furto

Com a ajuda de imagens de câmeras, policiais militares e civis identificaram e prenderam nesta segunda-feira (1º), em Pilõezinhos, um homem de 40 anos de idade suspeito de um furto praticado ao funcionário de um supermercado localizado no Bairro Novo, em Guarabira, no último sábado (29). O homem a quem ele vendeu por R$ 100 a bicicleta furtada, e que é o seu vizinho, também foi preso suspeito de receptação.

No momento em que foi abordado pelos policiais, o suspeito estava com a mesma camisa com a qual tinha praticado o furto e que aparecia nas imagens. Ele já tinha sido preso anteriormente, também por furto, e chegou a cumprir uma pena de quatro anos em um presídio de Guarabira.

A ação integrada foi realizada por policiais da guarnição do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Superintendência de Polícia Civil. Os dois presos e o objeto recuperado foram conduzidos à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Policiais militares e civis prendem mototaxista com droga em Alagoa Grande

Uma operação integrada entre policiais militares e civis resultou, nesta sexta-feira (14), em Alagoa Grande, na prisão de um mototaxista acusado de tráfico de drogas. Durante a operação, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e com o mototaxista foi encontrada uma quantidade de uma substância semelhante a crack e uma faca que seria utilizada para cortar a droga.

A operação foi coordenada pelo comandante da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), capitão Jones, e pela delegada Maria Soledade de Sousa e visa ao combate do tráfico de drogas na cidade. O mototaxista preso já era alvo de investigações de que servia de elo entre os usuários de droga e as boca de fumo, fazendo o transporte, que de acordo com a legislação, também configura tráfico de drogas.

 

Assessoria 4º BPM