Arquivo da tag: policiais

Paraíba tem 79 policiais civis diagnosticados com Covid-19

Pelo menos 79 policiais civis já testaram positivo para Covid-19, na Paraíba, até 29 de junho. Dos infectados, 65 já se recuperaram e dois morreram, de acordo com dados repassados pela Delegacia-Geral da Polícia Civil para o Ministério Público da Paraíba (MPPB), divulgados nesta quinta-feira (9).

Segundo as informações divulgadas pelo MPPB, 413 policiais foram testados e 334 tiveram o diagnóstico descartado, no período de março até o dia 29 de junho. Além do número de infectados, o MPPB também solicitou as medidas de enfrentamento ao coronavírus nas corporações policiais.

O delegado-geral da Polícia Civil, Isaías Gualberto, informou que as medidas de prevenção, previstas na Portaria de número 41 publicada pelo gabinete da Delegacia-Geral da PC, vêm sendo adotadas desde 18 de março.

Entre as ações estão orientação para que os policiais evitem contato físico entre si e que conduzam as viaturas com os vidros baixados; o afastamento por 14 dias dos policiais que chegaram de locais com transmissão comunitária do coronavírus e o afastamento dos servidores da corporação com mais de 60 anos de idade.

A Polícia Civil também informou ao MPPB que durante a pandemia, 76 servidores da corporação foram colocados em quarentena e 421 foram afastados preventivamente do trabalho presencial por se tratarem de grupo de risco.

Ainda estão em isolamento domiciliar 33 integrantes da corporação. Segundo o delegado-geral, a Polícia Civil tem realizado o monitoramento dos policiais e demais servidores da corporação, além de oferecer atendimento médico, psicológico, nutricional e fisioterapêutico.

G1

 

Policiais do 4º BPM prendem suspeitos de tentativa de furto e ameaça

Dois homens foram presos por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) nessa sexta-feira (12), em Guarabira, suspeitos de tentativa de furto e ameaça. A primeira prisão aconteceu no centro da cidade, quando algumas pessoas ligaram para o Copom informando que um homem teria tentado furtar alguns objetos de uma loja e foi detido por elas, mas teria conseguido fugir e estava sendo perseguido. Rapidamente, os policiais se dirigiram ao local e encontraram o suspeito escondido em um beco no bairro Santa Terezinha. Ele foi preso e,juntamente com o gerente do estabelecimento comercial, foi levado para Delegacia de Polícia Civil.

No Sítio Carrasco, localizado na zona rural do município, a Polícia Militar foi informada que um homem estaria ameaçando matar os próprios familiares. De imediato, os policiais estiveram no local e os parentes dele confirmaram a denúncia. Após diligências, o suspeito foi encontrado e preso, em seguida, juntamente com as vítimas, foi conduzido para a delegacia.

P/5 – Seção de Comunicação Social e Marketing Institucional do 4º BPM

 

 

Policiais do 4º BPM recuperam em Logradouro carreta roubada em Caaporã

Uma carreta que tinha sido roubada na tarde de terça-feira (2), em Caaporã, foi recuperada na madrugada desta quarta-feira (3), por policiais da 3ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na PB-081, na cidade de Logradouro, na estrada que dá acesso ao Rio Grande do Norte. Os policiais foram acionados pela empresa responsável pelo monitoramento do veículo, que informava que ele estaria nas imediações de Logradouro, próximo à divisa com o Estado vizinho.

A guarnição se dirigiu até o local apontado pelo GPS e encontrou a carreta abandonada na via, sem a carga que, segundo a empresa, seria de bebidas. Durante a averiguação feita no local, os policiais não encontraram o condutor ou nenhum suspeito. O veículo foi apreendido e em seguida encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para a adoção das medidas legais, entre elas, a devolução do veiculo ao proprietário.

P/5 – Seção de Comunicação Social e Marketing Institucional do 4º BPM

 

 

Sargento Pereira concloma policiais a assinarem petição em defesa da democracia

O sargento Astronadc Pereira de Morais, da Polícia Militar da Paraíba, mais conhecido como sargento Pereira, fez petição pública (online) conclamando os policiais civis e militares do Brasil a se manifestarem em defesa da democracia.

Na petição, circulação no ceio das duas polícias, Pereira lembra que “a democracia é fruto da vontade soberana da população brasileira” e não pode continuar sendo ameaçada “por partidários políticos e ideológicos transvestidos de extremistas, que costumam agir com arrogância.”

Confira nota com o teor da petição:

ESTADO DA PARAÍBA

NOTA DOS POLICIAIS CIVIS E POLICIAIS MILITARES EM DEFESA DA DEMOCRACIA DO BRASIL

A democracia brasileira tem sofrido ataques injustificáveis e ilegítimos, por parte de pessoas, grupos e seguimentos, que a cada dia fortalecem a narrativa de ameaça direta às liberdades de expressão, de pensamento e a dignidade humana, além de afrontar as instituições democráticas.

A democracia é fruto da vontade soberana da população brasileira. É inaceitável que atos de apoio à intervenção militar e à institucionalização de mecanismos ditatoriais continuem sinalizando para o fim do nosso direito a liberdade. Igualmente, é inadmissível a apologia à violência e ao ódio promovida por partidários políticos e ideológicos transvestidos de extremistas, que costumam agir com arrogância.

Cientes do que vem acontecendo, nós, policiais brasileiros, manifestamos publicamente o nosso apreço pela democracia e a disposição de defendê-la, bem como de resguardar a soberania da nossa Constituição Federal (Carta Magna e Cidadã), as instituições e o Estado Democrático de Direito. Lembramos ao povo brasileiro que só na democracia os policiais poderão ser considerados sujeitos de direito, diferentemente do período ditatorial.

Nunca esqueçamos que a Constituição Federal é o documento da liberdade, da dignidade, da democracia, da justiça social no Brasil e isso não deve ser ignorado. De igual modo não pode ser desconsiderada a conquista do direito do povo de eleger seus legítimos representantes pelo voto. Assim sendo, enquanto guardiões da cidadania devemos obediência a lei maior do país, que é a nossa Constituição.

Os males causados pelo regime militar precisam ser lembrados como um duro golpe contra as pessoas e as instituições democráticas. Foi nesse período que houve a cassação de direitos, torturas, pais e mães que desapareceram ou foram obrigados a ficar longe da família por causa de seus posicionamentos políticos, detenções arbitrárias, violência institucional, assassinatos e cassação dos direitos políticos. Estes são erros do passado que jamais devemos aceitar que se repitam.

Portanto, reafirmamos nossa lealdade e defesa da Constituição Federal, das instituições democráticas e do Estado Democrático de Direito, e apelamos que aqueles que promovem atos que se opõem à estas conquistas da população brasileira sejam responsabilizados e punidos na forma da lei.

 

João Pessoa, 30 de maio de 2020.

 

ASTRONADC PEREIRA DE MORAES – 1º Sargento da Polícia Militar da PB

 

Redação FN

 

 

Policiais do 4º BPM prendem suspeito de violência doméstica em Alagoinha

Um homem suspeito de violência doméstica foi preso em flagrante por policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) nessa quinta-feira (28), no Conjunto Morada Nova II, na cidade de Alagoinha. A guarnição comandada pelo cabo Jewson foi informada que uma mulher teria sido agredida pelo companheiro e se dirigiu ao local, onde encontrou a vítima com vários hematomas pelo corpo.

A mulher relatou aos policiais que tinha sido agredida pelo esposo, que utilizou um pedaço de fio. O suspeito tinha se evadido do local, mas após diligências, cerca de duas horas depois ele foi localizado e preso. Em seguida, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para a autuação em flagrante.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Preso por violência doméstica morre e policiais ficam feridos após serem atropelados durante ocorrência na Paraíba

Um homem foi preso suspeito de atropelar um preso e dois policiais militares na estrada entre Capim e Sapé, na Zona da Mata paraibana. O fato aconteceu na noite deste domingo (24).

As primeiras informações são de que um detido pela PM morreu e os policiais ficaram feridos. Eles teriam atendido uma ocorrência em que uma mulher havia denunciado o marido por violência doméstica.

Durante a condução do suposto agressor, um outro homem surgiu com o carro e atropelou as três pessoas. As circunstâncias do atropelamento ainda não foram esclarecidas.

Ainda de acordo com as informações preliminares, os policiais tiveram apenas ferimentos. O condutor do veículo foi preso.

 

clickpb

 

 

Mulher é presa por policiais do 4º BPM por embriaguez ao volante e desacato

Uma mulher suspeita de embriaguez ao volante e desacato foi presa por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na noite desse sábado (23), no centro da cidade de Pilões, depois que algumas pessoas informaram aos policiais do Destacamento local que ela estaria com sinais de embriaguez, conduzindo uma moto de cor branca em via pública e com uma criança na garupa, colocando em risco a própria vida, da criança e também de terceiros.

De imediato, os policiais chegaram ao local informado e encontraram a mulher já conduzindo outra moto e a que tinha sido usada por ela antes estava caída ao solo, mais adiante. Durante a abordagem, ela estava muito agressiva e proferiu inúmeras palavras de baixo calão, assim como frases de desacato, contra os militares. Ela ainda chegou a partir na direção dos policiais para tentar agredi-los, tendo sido contida com a força necessária.

A mulher foi presa e conduzida para a Delegacia de Polícia Civil, enquanto a criança ficou à disposição do Conselho Tutelar e depois foi entregue aos cuidados de familiares.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Policiais Penais realizam apreensão de drogas na Cadeia de Solânea

Durante a revista dos alimentos realizada na manhã deste sábado (23), os Policiais Penais de Plantão da Cadeia de Solânea notaram que havia algo de anormal em uns biscoitos, ao realizarem uma revista minuciosa observaram que os mesmos haviam sido colados e dentro encontraram substância semelhante à maconha e cocaína.

Devido a pandemia as visitas estão suspensas em todas as unidades prisionais do estado e apenas material de higiene pessoal e alguns alimentos estão sendo permitidos entrar.

O material apreendido foi encaminhado à Delegacia de Solânea para as medidas cabíveis.

Redação FN com assessoria

 

 

Policiais do 4º BPM prendem em Guarabira suspeito de manter companheira em cárcere privado

Um homem suspeito de manter a companheira em cárcere privado foi preso em flagrante na noite dessa quarta-feira (12), na cidade de Guarabira, por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar). A guarnição foi acionada através do Copom para atender a uma ocorrência de cárcere privado e, ao chegar ao local, encontrou a vítima dentro de um apartamento que estava trancado com cadeado e, segundo ela mesma relatou, essa era uma prática comum.

A própria vítima conseguiu quebrar o cadeado e contou aos policiais que sofria ameaças constantes do companheiro, além de agressões, e que no último sábado (9), também foi agredida com um socos na boca e abaixo do peito, teve a barriga ‘riscada’ com uma faca e o cabelo cortado.

A guarnição comandada pelo cabo Erivan, com o apoio do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Danilo, realizou buscas e quando o suspeito retornou para a residência, recebeu voz de prisão pelo crime de violência doméstica e foi conduzido à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Número de policiais penais com Covid-19 aumenta 75% em menos de uma semana, na PB

O número de policiais penais com Convid-19 na Paraíba aumentou 75% em menos de uma semana, conforme o secretário de Administração Penitenciária da Paraíba (Seap), Sérgio Fonseca. Na última quinta-feira (7), a Seap havia confirmado 24 casos. Até a noite desta terça-feira (12), o número havia subido para 42 policiais penais infectados pelo coronavírus. Cinco profissionais já se recuperaram e voltaram ao trabalho.

Além disso, o número de detentos com Covid-19 também apresentou aumento exponencial. O crescimento foi de 500% no mesmo período exposto acima. Na última quinta-feira (7), três detentos testaram positivos. Até a noite desta terça-feira (12), o número já atingiu 18 detentos com Covid-19, todos do Presídio Romero Nóbrega, em Patos, no Sertão da Paraíba. Três presos já se recuperaram e 15 seguem em tratamento em João Pessoa.

De acordo com Sérgio Fonseca, os reeducandos infectados pelo coronavírus são de duas celulas distintas, mas vizinhas no pavilhão do presídio, as celas 26 e 27.

Nesta quarta-feira (13), a Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB) pediu à Secretaria de Estado da Administração Penitenciária que realizasse o teste para Covid-19 em todos os presos da Penitenciária Padrão Romero Nóbrega. No entanto, conforme o secretário, não há como fazer a testagem em massa, tendo em vista que a pasta segue o mesmo protocolo orientado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) para testar apenas as pessoas que apresentam sintomas.

Conforme explicou o secretário, a partir do momento que um policial penal apresenta sintoma da doença, ele comunica à direção do presídio e é afastado imediatamente. Após o período necessário para realização do teste rápido, ele submetido à testagem no Hospital Edson Ramalho ou por meio de drive-thru, na Penitenciária de Segurança Média Hitler Cantalice.

As unidades prisionais da Paraíba, segundo Sérgio Fonseca, estão passando por uma desinfecção, com uma substância “de efeito muito positivo no combate do coronavírus e de outras doenças” a cada dois ou três dias, além das limpezas diárias dos locais.

Apesar do número de casos confirmados atingir toda a Paraíba, segundo o secretário, a tendência é aumentar, devido ao contato que muitos policiais tiveram com outros.

No plano de contingência adotado no sistema penitenciário da Paraíba estão diversas medidas de prevenção à Covid-19, como a suspensão das visitas nas unidades prisionais, o que já ocorre desde o dia 20 de março; implementação de visitas virtuais através de vídeochamadas; utilização da Carceragem da Central de Polícia da Capital para custódia dos presos temporários da região metropolitana de João Pessoa para que cumpram a quarentena mínima de 14 (catorze) dias antes de sua inserção nas unidades prisionais.

G1