Arquivo da tag: Podemos

“Não podemos pagar por outros estados que não fizeram o dever de casa!”, desabafa Ricardo Coutinho mandando recado para Dilma

rc e dilmaEm tom de desabafo, o governador Ricardo Coutinho (PSB) cobrou posição do Governo Federal para que a Paraíba tenha a capacidade de contrair empréstimos junto a instituições financeiras internacionais com o intuito de continuar a promover o desenvolvimento, fazendo com que o andamento das obras não seja prejudicado.

Coutinho foi pego de surpresa com a suspensão feita pelo governo federal do aval para empréstimos internacionais para estados e municípios

“Não podemos pagar por outros não terem feito! Se os outros não fizeram cobrem dos outros!”, disparou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O socialista continuou com o seu desabafo:

“Se alguém não fez cobre dele, não se pode cobrar de quem fez! Quem se sacrificou e conseguiu ajustar um estado como esse, que não é um estado fácil, é um Estado dependente”, relatou Ricardo Coutinho mandando recado para Dilma.

Em tom de lamentou, o governador paraibano também relatou ao PB Agora a queda na receita nos cofres públicos.

“A perda da receita agora no mês de agosto, vai ser a maior dos últimos vinte anos, estamos tendo uma queda violentíssima, esperávamos crescer 21% e na primeira parcela do FPE (Fundo de Participação dos Estados) veio uma queda de 20%, o contrário”, enfatizou.

Por fim, Coutinho cobrou uma postura da presidenta Dilma Rousseff (PT).

“Isso vai ter um limite e é preciso que o Governo Federal tome medidas que incentivem a produção para que o país volte a crescer, o Brasil tem que sair desse processo de fechar o ano com uma perspectiva de 1.5% a 2% de queda do PIB (Produto Interno Bruto), pois isso seria muito caótico”, afirmou.

O GLOBO: Ricardo Coutinho concedeu entrevista ao O Globo e relatou uma quebra de posição por parte da presidente não contribui para o ambiente político.

“Fiquei surpreso com a quebra de posição, que não contribui para as boas relações. Se não se cumpre aquilo que se acerta, a estabilidade política fica clau dicando” disse Coutinho na entrevista.O Estado pleiteia US$ 250 milhões, cerca de R$ 860 milhões, de empréstimo com a Corporação de Andina de Fomento e Desenvolvimento da América Latina (CAF). Os recursos de acordo com o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, João Azevedo, seria destinados à nova etapa do programa Caminhos da Paraíba, que pavimenta e recupera de novas rodovias no estado.

Conforme matéria do O Globo, o Tesouro Nacional solicitou à Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), vinculada ao Ministério do Planejamento, que retire de pauta a análise de todos os pedidos de empréstimos feitos pelos governos estaduais e municipais. O Palácio do Planalto não entrou em contato com os governadores afetados para dar explicações nem tentar minimizar a insatisfação.

Henrique Lima

PB Agora

‘Não podemos amordaçar o processo democrático’, afirma presidente do TRE sobre concessão de direito de resposta

saulo-benevidesO presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Saulo Benevides, revelou que não será uma política comum ao TRE a concessão de pedidos de direito de resposta na campanha eleitoral. Segundo Benevides, o TRE tem seguido o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral de não permitir qualquer tipo de censura durante o processo eleitoral.

“ Não podemos amordaçar o processo democrático. Existe o direito garantido pela Constituição Federal da emissão da livre opinião, e no guia eleitoral é esta a questão que é colocada”, explicou o magistrado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ele ainda relatou que muitas das reclamações que chegam ao TRE são relativas a críticas administrativas.

“Se não atingir a honra e a dignidade do candidato, a corte já firmou este entendimento de que não há problema na emissão de opinião. Se a corte começar a proibir a própria crítica administrativa não adiante sequer fazer o guia eleitoral. Isso faz parte do embate eleitoral”, concluiu.

João Thiago com Paulo Dantas

‘Nós Podemos Paraíba’ ganha adesão da prefeitura de Arara; já são 102 cidades

Beatriz Ribeiro com o prefeito de Arara
Beatriz Ribeiro com o prefeito de Arara

O município de Arara é o novo participante do movimento Nós Podemos Paraíba, da Fundação Solidariedade. O prefeito da cidade, Eraldo Fernandes, e um representante da secretaria de Educação do município, Jurandir Ernesto, estiveram nessa quinta-feira (22) para firmar o acordo com a presidente da Fundação Solidariedade e diretora-executiva do Sistema Correio, Beatriz Ribeiro. Ela ressaltou a importância da municipalização do movimento e que este é o 102º município a aderir aos Oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, em parceria com a Fundação.

O prefeito de Arara, Eraldo Fernandes, afirmou que a adesão ao programa vai contribuir com o desenvolvimento do município. “Para a gente vai ser um programa inovador e temos o compromisso de acolher, ser parceiro e fazer as coisas certas. A exemplo de municípios vizinhos como Remígio e Bananeiras, não queremos ficar atrás e tentar fazer até melhor. Estamos chegando e o que for preciso fazer para a educação, a saúde e o social, estamos disponíveis. Sabemos que é benéfico para a sociedade, para o município”, disse o prefeito.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O técnico da Secretaria de Educação de Arara, Jurandir Ernesto, acompanhou o prefeito e detalhou como será a participação do município no programa. “Com a parceria com a Fundação Solidariedade, vamos levar esse trabalho ao conhecimento do público e implementar metas como a redução da evasão escolar, aumento do índice Ideb, combate ao trabalho infantil, elevar o número de crianças vacinadas, melhorar a acessibilidade nas escolas e reduzir a mortalidade infantil. Com essas ações práticas pretendemos cumprir os 8 Objetivos do Milênio”, afirmou Jurandir.

Por Jornal Correio/ Julio Silva