Arquivo da tag: poços

Governo perfura poços na zona rural e investimentos já ultrapassam R$ 1 milhão em 2017

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia e Diretoria de Recursos Minerais e Hidrogeologia (DRMH), vem dando continuidade na perfuração de poços em todo o estado da Paraíba. Este ano já foram perfurados 164 poços, o que representa um investimento superior a R$1 milhão.

Os poços tubulares profundos estão sendo construídos com recursos próprios e do Fundo de Combate à Fome e Erradicação da Pobreza no Estado da Paraíba (Funcep-PB). De acordo com Deusdete Queiroga, secretário Executivo de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, além dos investimentos na construção das adutoras que atendem as cidades, o acesso à água na zona rural também é uma preocupação do Governo.

“Esse programa de perfuração de poços do Governo do Estado complementa outros programas como Água Doce, Água Para Todos, programas de abastecimento na zona rural feitos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Projeto Cooperar, ou seja, o Estado tem uma série de ações de enfrentamento da situação de falta d’água. Realizamos diversas parcerias com as prefeituras que se encarregam de instalar os poços e o Governo faz a parte mais complexa, que é a locação, perfuração e teste de vazão dos poços com análise físico-química das águas”, destacou.

Neste ano houve perfuração nos municípios de Alagoa Nova, Tenório, Campina Grande, Bananeiras, Mãe D’Água, Alcantil, Patos, Queimadas, Aroeiras, Cabaceiras, Emas, Logradouro, Fagundes, Santa Cecília, Coremas, Zabelê, Juarez Távora, Riacho de Santo Antônio, São João do Cariri, Belém do Brejo do Cruz, Amparo, São João do Cariri, Ingá, São domingos, Itatuba, Nova Palmeira, Caturité, Puxinanã, Lagoa Seca, Natuba, Riacho do Poço, Guarabira, Caiçara, Catolé do Rocha, Juazeirinho e Serra Branca.

A perfuração e instalação de poços ficam a cargo da DRMH. Marcelo Falcão, diretor do órgão, ressalta que para este ano está programada a perfuração de cerca de 300 poços. “A DRMH vai investir todos os esforços para continuar o trabalho de perfuração de poços. Vamos colocar todas as equipes em campo para otimizar as demandas dos municípios que ainda sofrem com o problema da seca”, ressaltou Marcelo.

Para minimizar os efeitos da estiagem nas cidades que estão com quadro de emergência pela ausência das chuvas, o Governo do Estado já investiu, desde 2011, R$14 milhões na perfuração de 2.060 poços beneficiando em média 39 mil pessoas.

Há cidade que são perfurados, em média, cinco poços a exemplo de Serra Branca, no Cariri, onde as máquinas estão trabalhando na perfuração de seis poços só neste ano, como explica Deusdete Queiroga. “Em Serra Branca, o Governo Estado instalou equipamentos para bombeamento em cinco poços e perfurou mais seis”, explicou.

Estrutura de Trabalho – Atualmente três conjuntos de perfuratrizes estão atuando na perfuração dos poços. As equipes são formadas por um sondador e dois auxiliares de perfuração. Segundo os estudos históricos da DRMH, a média de profundidade dessas estruturas é de 50 metros e as instalações buscam aproveitar o volume máximo de água existente nas fraturas das rochas.

Secom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Vereador consegue perfuração de seis poços artesianos em Bananeiras

pedrinhoEm 24 dias de mandato legislativo o vereador de Bananeiras, Pedrinho Batista, conseguiu, em parceria com o deputado federal Luiz Couto e com o pedetista Sérgio Danilo Duarte, a perfuração de seis poços artesianos para o município.

Com isso, o grupo do prefeito Douglas Lucena e do vice, Guga Aragão, traz mais benefícios para o povo Bananeiras. O primeiro poço já está sendo perfurado no Distrito de Roma. Em seguida as comunidades beneficiadas serão Vila Maia, Angelin, Pedreiras, Boa Vitória e Salto do Bode.

Esta iniciativa irá beneficiar as comunidades e amenizar a falta de água, uma vez que ao terminar a perfuração, ocorrerá a instalação de uma bomba e de caixa d’água, garantindo acesso da comunidade a esse trabalho realizado.

Focando a Notícia com assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Luiz Couto consegue perfuração de seis poços em Bananeiras

bananeirasFoi feita na quarta-feira, 28 de setembro, a alocação dos poços artesianos que serão perfurados em seis comunidades rurais de Bananeiras (Comunidade Humberto Lucena, Chã da Guabiraba, Chã do Lindolfo, Sítio do Buraco, Conjunto dos Eucaliptos e Rua Santo Antônio), a pedido do mandato do deputado federal Luiz Couto (PT-PB). Um geólogo da Secretaria de Recursos Hídricos do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia do Estado da Paraíba acompanhou três assessores do parlamentar (Paulo Luís, Isaac Santos e Carlos Lima) para fazer a marcação dos locais onde ficarão os poços.
O pleito das comunidades foi encaminhado ao parlamentar por Sérgio Danilo que é líder comunitário no município. “Essa população sofre muito com a escassez de água, que só chega através de carros-pipa. A perfuração dos poços vai dar mais dignidade e independência aos moradores, que têm pedir favores para ter acesso ao abastecimento. Graças à sensibilidade do deputado Luiz Couto, essa aflição vai acabar”, disse ele.
O próximo passo é efetivar a perfuração dos poços, o que deve acontecer nos próximos dias.
Ascom do Dep. Luiz Couto

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Paraíba terá 560 barragens e poços de R$ 15 milhões para amenizar seca em 56 cidades

Divulgação/Secom-PB
Divulgação/Secom-PB

A Paraíba tem 280 barragens subterrâneas em fase de implantação, orçadas em R$ 3 milhões, voltadas para 2,8 mil famílias em 56 cidades do semiárido. O processo ocorre de forma emergencial, mas o Estado não divulgou o prazo para que todas estejam prontas. Outros R$ 2,5 milhões estão direcionados à perfuração de 280 poços tubulares profundos e R$ 9,5 milhões em kits que acompanham esses sistemas.

Acompanhadas por um poço amazonas e um sangradouro, as barragens possuem uma profundidade média de 4,5 metros, com uma vala de 1,50 metro de largura e de 40 metros de comprimento. Com essas medidas, o volume hídrico aproximado de barramento é de 400 m³.

De acordo com o Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), os kits que acompanham as barragens e os poços são sistemas de exploração com uso da energia solar, no bombeamento da água para subirrigação por gotejamento. Para a implantação dos 560 kits, estão sendo investidos cerca de R$ 9,5 milhões.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ainda conforme o Procase, 560 mil raquetes de palma forrageira resistente estão em fase de aquisição, o que representa um investimento de aproximadamente R$ 3 milhões.

O coordenador do Procase, Hélio Silva Barbosa, explica a importância da unidade de produção de forragem animal. “Ter o suporte forrageiro para alimentar o rebanho é uma condição fundamental para que o agricultor familiar conviva com a estiagem, e com o semiárido. Pensando nisso, junto a cada estrutura hídrica, que serão as barragens e os poços, vamos instalar um kit de subirrigação por energia solar e um hectare de palma resistente à cochonilha do carmim para possibilitar o desenvolvimento econômico e sustentável das comunidades rurais durante este período”, comenta o coordenador.

 

portalcorreio

Prefeitura de Belém realiza recuperação e manutenção de poços artesianos

 

poçoO Governo municipal de Belém, preocupado com a situação de falta de água no município, está recuperando e executando manutenção nos poços artesianos da zona urbana, distrito de Rua Nova e zona rural, visando atender as necessidades de quem mais precisa.
Além dos carros pipa atendendo a população de todo o município, recuperar e perfurar poços esta gestão também tem feito um grande esforço no sentido de cavar e recuperar limpeza de barreiros.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
O trabalho que está sendo realizado tem como principais serviços executados; instalação de caixas e bombas, colocação de torneiras, recuperação de bombas, reparos nas instalações elétricas entre outros serviços.
A secretaria de agricultura, por meio de seu secretario Gizenildo Gonzaga, não tem medido esforços para atender a todos sem distinção. “o trabalho é árduo, mas temos conseguido dentro das possibilidades, atendo o maior número de pessoas, pois está tem sido a recomendação do prefeito Edgard Gama. Destacou o secretário.
“Estamos trabalhando e não iremos parar um só minuto, pois quem precisa está sofrendo e carece do nosso apoio. A falta de água atinge a todos e por isso não podemos cruzar os braços e ficarmos ouvindo as lamentações sem fazermos a nossa parte, iremos aonde for preciso para saciar e amenizar as aflições do povo de Belém”. Frisou Edgard Gama.

 

Ascom

Bananeiras vai receber a perfuração de mais cinco poços artesianos

 

bananeirasA informação foi repassada pelo Prefeito Interino de Bananeiras, Matheus Bezerra (PMDB). Durante os dias 07 e 08/Novembro, o Prefeito Interino percorreu a zona rural do município a fim de identificar pontos em que possam ser perfurados os poços artesianos. Matheus esteve acompanhado de um geólogo do Departamento Nacional de Obras Contras as Secas (DNOCS).

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A conquista veio depois de uma articulação do Senador Vitalzinho (PMDB), através de esforços do Prefeito Interino. Matheus informou ainda que os cinco poços artesianos devam ser perfurados em Vila Maia, Olho D`água, Roma de baixo, Oiticica e Queimadas. “Agora é torcer para que os resultados das perfurações sejam positivos”. Comentou, acrescentando que; “é uma ação importante para garantir dias melhores para nossa população.” Pontuou.

 

Tenho a felicidade de ter articulado esse benefício ao lado do Senador de Bananeiras e da Paraíba, Vital do Rego Filho, nosso Vitalzinho. Nessa ação fica demonstrada que nossas alianças políticas sempre buscam o melhor para a nossa terra e que nosso posicionamento leal aos companheiros peemedebistas trará bons frutos para o nosso povo”. Destacou.

 

Após a marcação o DNOCS virá em algumas semanas realizar as perfurações.

 

O Prefeito Douglas Lucena (PPS) segue em viagem internacional, cumprindo uma agenda administrativa por Dubai, Austrália e Nova Zelândia.

 

Assessoria

Com fim do período chuvoso, cidades do Sertão voltam a utilizar poços para enfrentar seca

Divulgação/ Assessoria
Divulgação/ Assessoria

O período chuvoso no Sertão acabou e como não houve acúmulo significativo nos grandes mananciais da região, as comunidades rurais já voltam a sofrer com a escassez de água para o consumo humano.

No município de Sousa, a 420 quilômetros de João Pessoa, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com o Departamento Nacional Contra as Secas (Denocs) estão reativando os poços artesianos em comunidades do município.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Pelo menos seis comunidades estão sendo beneficiadas por já estarem sofrendo com a escassez do produto tanto para o consumo humano como para os animais.

As localidades que estão recebendo os serviços de reativação dos poços são o Núcleo Habitacional II, Sítio Sagui, Boa Vista, Casa do Caminho, Carnaubinha e Vaca Morta. Mas, o secretário de Ageicultura Paulo Sérgio informou que o poço artesiano vem surgindo como uma alternativa para amenizar os efeitos da seca nessas comunidades.

Além das áreas rurais, a problemática da escassez de água já está atinge também áreas urbanas do município de Sousa.

Chuvas ocorrem no Agreste e Litoral

O período de chuvas vem se intensificando nas regiões do Agreste e Litoral no segundo semestre do ano. De acordo com informações da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), a perspetiva é de que  nos próximos dois meses as cidades litorâneas, que já lideram o ranking das chuvas, consolidem os maiores índices pluviométricos da Paraíba em 2014.

A Aesa informou, ainda, que as chuvas deste mês de junho provocaram o “sangramento” de quatro açudes: Gramame-Mamuaba, em João Pessoa; Jangada, em Mamanguape; Olho d’Água, em Mari; e Araçagi, localizado na cidade de mesmo nome.

“Como estamos no período mais chuvoso da região leste, essa evolução no nível dos açudes é normal. A tendência é de que as recargas aconteçam de forma ainda mais significativa em julho e agosto, já que nesse período ocorrem as chuvas que são responsáveis por 70% do abastecimento dos reservatórios do litoral”, informou o gerente de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno.

 

portalcorreio

Paraíba terá mais 900 poços artesianos

poçoA Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais (CDRM) projeta para este ano a perfuração e a instalação de 900 poços artesianos. Isto será possível com as novas equipes que estão sendo contratadas por meio de Processo Seletivo Simplificado e aquisição de novos maquinários.

No ano passado, a CDRM perfurou 310, e em 2012, 195 poços. Neste mês de janeiro, as quatro equipes de perfuração e as três de instalação vão acelerar os trabalhos. “Vamos atender as demandas do Vale do Piancó, Cariri, Seridó e demais regiões, dentro das prioridades, e assim contribuir com a oferta de água”, destacou o diretor presidente da CDRM, Marcelo Sampaio Falcão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para ampliar o número de poços perfurados e instalados, o Governo do Estado providencia parceria com o Governo Federal. Com mais recursos, equipes e perfuratrizes, a CDRM terá condições técnicas de perfurar uma média de 80 poços por mês, segundo Marcelo Falcão.

O processo seletivo simplificado para contratação de pessoal em caráter excepcional vai preencher 20 vagas na CDRM. Três dos contratados exercerão a função de operador de sonda; quatro serão auxiliar de sondagem; quatro vão atuar como auxiliar de serviço de campo; dois, como auxiliar de serviço de campo na área de alvenaria; quatro montadores, dois auxiliares de serviço mecânico e um engenheiro mecânico.

Secom

Semiárido nordestino recebe recursos para criação e recuperação de poços profundos

Municípios do seminário nordestino, afetados pela estiagem, receberão investimento para a criação de poços estratégicos que abastecerão a população com água. A ação será realizada pelo Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs) e é coordenada pelo Ministério da Integração e faz parte do plano do governo para ampliar a oferta de água para o consumo humano em regiões do Nordeste atingidas pela seca.

Divulgação / Ministério da Integração Os recursos para compra de equipamentos de perfuração de poços são destinados a melhorar a oferta de água para a população

  • Os recursos para compra de equipamentos de perfuração de poços são destinados a melhorar a oferta de água para a população

O Ministério da Integração Nacional (MI), destinou neste ano cerca de R$ 200 milhões, para recuperação, perfuração e instalação de 2.621 poços. Esse valor será distribuído da seguinte forma: R$ 63 milhões para os estados e R$ 137 milhões para órgãos federais, como por exemplo, o Dnocs que destinou os recursos para a criação dos poços profundos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A meta do órgão é instalar 800 poços, no semiárido nordestino, além de perfurar e instalar outros 600. Cada poço beneficia, em média, cerca de 30 mil pessoas.

 

Valor do manejo correto de águas pluviais

 

A importância de um serviço adequado de drenagem e manejo de águas pluviais torna-se de grande valor para a população das cidades na medida em que se acumulam os efeitos negativos das chuvas, tais como alagamentos, inundações, deslizamentos e perda de rios e lagos. A lavagem de superfícies urbanizadas acarreta aumento de carga de poluentes em rios e lagos, além de facilitar a veiculação de doenças como leptospirose e dengue, entre outras. A cobertura do solo também provoca erosão, reduzindo sua qualidade, tornando-os mais pobres e até mesmo impróprios para a agricultura.

 

Água para Todos

O Programa Água para Todos é destinado a promover a universalização do acesso à água para consumo humano em áreas rurais do semiárido, visando o pleno desenvolvimento humano e à segurança alimentar e nutricional de famílias em situação de vulnerabilidade social. Além disso, o programa levará também água para a produção agrícola e alimentar.

 

Fonte:

Dnocs

Governador reúne prefeitos e autoriza perfuração de poços e mais carros-pipa para Bananeiras e mais 7 municípios

 

reuniãoPerfurar mais poços artesianos e ampliar a oferta de carros-pipa para oito municípios do Curimataú e Brejo paraibanos em caráter emergencial. Este é o resultado da reunião do governador Ricardo Coutinho com os prefeitos de Bananeiras, Damião, Solânea, Tacima, Cacimba de Dentro, Riachão, Dona Inês e Araruna, ocorrida na noite dessa terça-feira (5), no Salão Rosa do Palácio da Redenção.

Após ouvir os relatos dos gestores municipais, Ricardo Coutinho autorizou que o secretário da Infraestrutura, Efraim Morais, assine, já nesta quarta-feira  (6), com os prefeitos, convênio que amplia em mais dois carros-pipa a frota atual. No caso de Araruna, serão três veículos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com relação à novos poço, o governador e os prefeitos acertaram que a Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais (CDRM) vai perfurar quatro, em média,  em cada município. As prefeituras assumirão a compra e instalação dos equipamentos (cataventos, bombas, caixa d’água) para que a população possa ser abastecida.

A reunião, fruto de um convite do governador, foi avaliada como produtiva pelos prefeitos e todos agradeceram a maneira democrática de tratar os problemas causados pela estiagem. “Vamos começar o mais urgente possível essa operação”, declarou Ricardo, anunciando aos prefeitos que logo após a reunião estaria viajando à Brasília e uma de suas agendas nesta quarta-feira é uma nova audiência com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra.

Ricardo Coutinho colocou o secretário da Infraestrutura, Efraim Morais, o presidente da CDRM, Marcelo Falcão e a Defesa Civil Estadual à disposição dos prefeitos para que as ações tenham celeridade.

O secretário Efraim Morais explicou que os oito municípios de fato estão em situação crítica com a escassez de água. “A reunião foi produtiva, cada prefeito apresentou suas demandas e essa parceria do Governo do Estado com os governos municipais é fundamental com todos de mãos unidas buscando atendimento à população”.

Adutora Jandaia – Em médio prazo, o Governo do Estado vai construir a adutora de Jandaia. A obra terá cerca de 10 quilômetros e vai levar água da barragem Jandaia até o município de Cacimba de Dentro e, de lá, a água será distribuída com as cidades de Damião, Araruna, Tacima, Riachão e Dona Inês. A barragem Canafístula ficará abastecendo Bananeiras e Solânea após a construção da adutora Jandaia. As informações são do presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga. Dentro do Pró-Investe, o Governo do Estado já dispõe de R$ 10 milhões.

O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, disse que a reunião era necessária. “O governador, como sempre, está aberto aos anseios de nossa população. Estamos numa situação de emergência absoluta que atingiu muito o Brejo. O governador tem estado atento, colocando a estrutura do Governo à disposição desses municípios”, declarou.

A prefeita de Araruna, Wilma Maranhão, também agradeceu ao governador pela parceria e acrescentou: “Estou aqui para dividir essa responsabilidade, prefeitura municipal, Governo do Estado e Governo Federal”.

Para o prefeito de Solânea, Beto do Brasil, a parceria com o Governo ajuda a encontrar soluções que amenizem o sofrimento da população.

O presidente da CDRM, Marcelo Falcão, afirmou que as perfuratrizes da companhia, por ordem do governador, atenderão a urgência desses oito municípios, a exemplo de cidades do Sertão que têm situação semelhante, com escassez d’água. “Vamos trabalhar com a celeridade que foi determinada pelo governador e temos certeza que nós vamos conseguir com essa parceria”. A CDRM vai elaborar um Termo de Compromisso para que os municípios assumam a instalação dos equipamentos nos poços.

Participaram da reunião os prefeitos Douglas Lucena (Bananeiras), Erivan Bezerra (Tacima), Lucildo Fernandes (Damião), Edmilson Gomes (Cacimba de Dentro), Fábio Moura (Riachão) e o município de Dona Inês pelo secretário da Administração e Finanças, Jairo Teixeira, além do secretário dos Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo; o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Cícero Hermino; o chefe de gabinete do governador, Waldir Porfírio, e o assessor de gabinete Ramalho Leite.

 

 

 

Secom-PB