Arquivo da tag: plantão

Recesso do Judiciário estadual começa nesta sexta e segue em regime de plantão até dia 6

Começa a partir desta sexta-feira (20), o recesso forense dos desembargadores, juízes e servidores do Tribunal de Justiça da Paraíba e de todas as unidades judiciárias do Estado. As atividades normais serão retomadas no dia 7 de janeiro de 2020. Durante o período, o Poder Judiciário estadual seguirá em regime de plantão. Os prazos processuais, por sua vez, ficarão suspensos até o dia 20 de janeiro, conforme o novo Código de Processo Civil (CPC).

No Diário da Justiça da última quarta-feira (18), foi publicado o comunicado da Gerência de Primeiro Grau do TJPB contendo a relação dos desembargadores, juízes convocados e servidores que participarão do Plantão Judiciário de 20 de dezembro deste ano a 8 de janeiro de 2020. No próximo dia 20, no âmbito do TJPB, o desembargador Ricardo Vital de Almeida exercerá o plantão. A Gerência de Protocolo e Distribuição terá como plantonista a servidora Ilka de Lourdes Coutinho Costa Vieira; e a Gerência de Processamento, os servidores Poliana Leite da Silva Brilhante e Pablo Forlan de Nóbrega.

Já a Diretoria Jurídica terá os seguintes servidores no plantão do dia 20: Haroldo Serrano de Andrade, João Paulo Lins Ferreira, Kizzy de Brito Aires Honório, Marcos Flávio Nóbrega de Paiva, Mário Eugênio Zenaide Cavalcanti e Thiago Bruno Nogueira Alves. A Diretoria Administrativa (motorista), o responsável será Luciano Marinho Gomes. O Diário da Justiça da última terça-feira (17) trouxe a publicação da escala do Plantão Judiciário do Primeiro Grau com as unidades judiciárias que funcionarão durante o recesso forense por Comarca que, por sua vez, foram divididas em oito grupos.

Para acessar as relações completas, clique em Primeiro Grau e Segundo Grau.

Resolução – O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou, em 12 de setembro de 2016, a Resolução nº 244, que trata do recesso forense e da suspensão dos prazos processuais no período natalino. O documento revogou a Resolução nº 8/2005 do CNJ. A alteração foi aprovada durante a 19ª Sessão Virtual do CNJ com o propósito de se adaptar ao artigo 220 do novo Código de Processo Civil (CPC), que prevê a suspensão dos prazos processuais no período compreendido entre 20 de dezembro e 20 de janeiro.

Nova resolução – Segundo a nova determinação, o período de suspensão do expediente forense continua a ser de 20 de dezembro a 6 de janeiro para o Poder Judiciário da União, conforme previsto na Lei nº 5.010/1966. Também estabelece a possibilidade de os tribunais de justiça dos estados, pelo princípio da isonomia, a seu critério e conveniência, fixar o recesso pelo mesmo período. Já a suspensão da contagem dos prazos processuais, em todos os órgãos do Poder Judiciário, ocorre entre 20 de dezembro a 20 de janeiro.

De acordo com a Resolução nº 244 do CNJ, o expediente forense será executado normalmente no período de 7 a 20 de janeiro, mesmo com a suspensão dos prazos, audiências e sessões, com o exercício das atribuições regulares dos magistrados e servidores.

Contatos – No âmbito do TJPB, os jurisdicionados poderão entrar em contato, durante o recesso forense, com os seguintes setores: Gerência de Protocolo e Distribuição (3216-1475); Gerência de Processamento (3216-1536); Diretoria Jurídica (3216-1592); Diretoria de Tecnologia da Informação (3216-1439); e Diretoria Administrativa (3216-1530).

Por Celina Modesto / Gecom-TJPB

 

 

Diretor de hospital em Serraria é acusado de agredir enfermeira durante plantão

agressãoDurante o plantão desta terça-feira  (19) à noite, no Hospital Ovídio Duarte, da cidade de Serraria, pacientes e profissionais divulgaram nas redes sociais que o diretor da unidade de saúde, Antonio Eduardo, agrediu fisicamente e verbalmente uma funcionária.

A vítima é a enfermeira Déborah Samara Ferreira de Lira, que em contato com a nossa reportagem através do whatsapp, confirmou a informação. Ela disse que foi até a delegacia de polícia na cidade de Solânea para fazer um B.O. conforme mostra a imagem abaixo.

No depoimento de Deborah ela disse que foi agredida com palavras de baixo calão e um empurrão.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

13006741_844573329003874_1430874207837675765_n

 

portalmidia

Projeto quer expor nomes de médicos de plantão em hospitais da PB

medicoUm projeto de lei de autoria da deputada estadual Camila Toscano (PSDB), o 99/2015, tramita na Assembleia Legislativa e prevê a obrigatoriedade de hospitais públicos e privados da Paraíba manterem painéis com os nomes dos médicos plantonistas, o quantitativo por área de atuação e os horários de entrada de saída destes profissionais.
Caso o projeto seja aprovado em plenário, os hospitais terão 180 dias para providenciar a exposição destas informações em locais de fácil acesso. Em sua justificativa, a deputada Camila Toscano cita que o objetivo é aumentar a transparência no setor público de saúde e manter informados os pacientes e suas famílias a respeito do horário de atendimento dos médicos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

 “Esse princípio da transparência se encontra positivado em nosso ordenamento jurídico no artigo 6º, III, da Lei 8.708, de 1990, pelo qual se assegura ao consumidor a plena ciência da exata extensão das obrigações assumidas perante o fornecedor de serviços. E, sendo assim, deve o fornecedor transmitir efetivamente ao consumidor todas as informações indispensáveis à decisão de consumir ou não o produto ou serviço, de maneira clara, correta e precisa”, diz a parlamentar em sua proposta.

 

 

Assembleia

Eleições 2014: Plantão na sede do MPPB vai garantir apoio aos promotores eleitorais

bertrandO procurador-geral de Justiça do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Bertrand de Araújo Asfora; o corregedor-geral Alcides Jansen; o secretário-geral Carlos Romero Lauria Paulo Neto; e a Assessoria Militar da instituição (tenente-coronel-PM Werton) vão estar de plantão na sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), em João Pessoa, no próximo domingo (5), dia das Eleições 2014.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O objetivo é dar apoio e atendimento aos 106 promotores de Justiça que estarão atuando no pleito em todo o estado da Paraíba. Dos 106 em ação, 77 são promotores eleitorais e 29 são promotores eleitorais auxiliares. “Vamos ficar atentos para dar todo e qualquer atendimento no que for necessário aos nossos promotores”, adianta Bertrand Asfora.

Na segunda maior cidade do estado, Campina Grande, o Ministério Público também estará disponibilizando estrutura funcional para o auxílio às Promotorias Eleitorais com vistas às eleições. Em João Pessoa, o plantão na sede do MPPB estará funcionando das 8h até as 18h. O edifício-sede do MPPB em João Pessoa fica localizado à Rua Rodrigues de Aquino, s/n, próximo à Praça João Pessoa (Praça dos Três Poderes).

A Assessoria Militar da instituição também montou quatro equipes de policiais militares que estarão a postos para dar apoio aos promotores eleitorais, caso sejam requisitados. Uma dessas equipes ficará sediada em João Pessoa, uma em Campina Grande e outras duas na cidade de Patos, para atender toda a Região do Alto Sertão paraibano.

Promotores eleitorais auxiliares

Na manhã desta quarta-feira (1º), a Secretaria Geral do MPPB (Seger) enviou ofício do procurador-geral de Justiça à Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) com as indicações dos 29 promotores eleitorais auxiliares, Cabe à PRE efetivar as designações encaminhadas pelo Ministério Público estadual. Foi o Ato 52/2014 do procurador-geral Bertrand Asfora que fixou os critérios para a indicação de promotores auxiliares.

A Secretaria Geral tornou pública a lista de solicitações e inscrições deferidas, com base nos critérios estabelecidos. A seguir, os locais de atuação dos promotores auxiliares:

1ª Zona – João Pessoa – Ana Raquel de Brito Lira Beltrão;

2ª Zona – Santa Rita – Rosa Cristina de Carvalho;

7ª Zona – Mamanguape – João Manoel de Carvalho Costa Filho;

9ª Zona – de Alagoa Grande – Darcy Leite Ciraulo;

10ª Zona – Guarabira – Isamark Leite Fontes Arnaud;

14ª Zona – Bananeiras – Otacílio Marcus Machado Cordeiro;

16ª Zona – Campina Grande – Clístenes Bezerra de Holanda;

17ª Zona – Campina Grande – Marcus Antonius da Silva Leite;

28ª Zona – Patos – Flávio Wanderley da Nóbrega Cabral de Vasconcelos;

32ª Zona – Piancó – Romualdo Tadeu de Araújo Dias;

34ª Zona – Princesa Isabel – Simone Duarte Doca;

35ª Zona – Sousa – Adriana de França Campos;

41ª Zona – Conceição – Ivete Leônia Soares de Oliveira Arruda;

42ª Zona – Cajazeiras – Pedro Henrique de Freitas Andrade;

43ª Zona – Sumé – Ismael Vidal Lacerda;

45ª Zona – Pilões – Alessandro de Lacerda Siqueira;

46ª Zona – Alagoinha – Valério Costa Bronzeado;

50ª Zona – Pocinhos – Herbert Vitório Serafim de Carvalho;

53ª Zona – Uiraúna – Stoessel Wanderley de Sousa Neto;

57ª Zona – Cabedelo – Aluísio Cavalcanti Bezerra;

61ª Zona – Bayeux – Anita Bethânia Silva da Rocha;

63ª Zona – Sousa – Fabiana Pereira Guedes;

64ª Zona – João Pessoa – Ana Lúcia Torres;

68ª Zona – Cajazeiras – Aristóteles Santana Ferreira;

70ª Zona – João Pessoa – Silvana Targino Alcoforado;

72ª Zona – Campina Grande – Adriana Amorim de Lacerda;

73ª Zona – Alhandra – Cassiana Mendes Sá;

76ª Zona – João Pessoa – Maria Salete de Araújo Melo Porto; e

77ª Zona – João Pessoa – Maria das Graças de Azevedo Santos.

Promotores Eleitorais

Alagoa Grande (9ª Zona) – João Benjamim Delgado Neto;

Alagoa Nova (13ª Zona) – Jovana Maria Silva Tabosa;

Alagoinha (46ª Zona) – Antônio Barroso Pontes Neto;

Alhandra (73ª Zona) – Raniere da Silva Dantas;

Araruna (20ª Zona) – Leonardo Fernandes Furtado;

Areia (11ª Zona) – Newton da Silva Chagas;

Aroeiras (49ª Zona) – Carolina Soares Honorato;

Bananeiras (14ª Zona) – Ana Maria Pordeus Gadelha Braga;

Bayeux (61ª Zona) – Severino Coelho Viana;

Belém (54ª Zona) – Eduardo Barros Mayer;

Bonito de Santa Fé (39ª Zona) – Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha;

Boqueirão (62ª Zona) Osvaldo Lopes Barbosa;

Brejo do Cruz (38ª Zona) – Thomaz Ilton Ferreira dos Santos;

Cabaceiras (21ª Zona) – Márcio Teixeira de Albuquerque;

Cabedelo (57ª Zona) – Anne Emanuelle Malheiros Costa Y Plá Trevas;

Caiçara (15ª Zona) – Ana Caroline Almeida moreira;

Cajazeiras (68ª Zona) – Alexandre José Irineu;

Cajazeiras (42ª Zona) – Lean Matheus de Xerez;

Campina Grande (16ª Zona) – Edmilson de Campos Leite Filho;

Campina Grande (17ª Zona) – Liana Espínola Pereira de Carvalho;

Campina Grande (71ª Zona) – Noel Crisóstomo de Oliveira;

Campina Grande (72ª Zona) – José Eulâmpio Duarte;

Catolé do Rocha (36ª Zona) – Ítalo Márcio de Oliveira Sousa;

Conceição (41ª Zona) – Ernani Lucas Nunes de Menezes;

Coremas (52ª Zona) – Érika Bueno Muzzi;

Cruz do Espírito Santo (3ª Zona) – Jeaziel Carneiro dos Santos;

Cuité (24ª Zona) – Danielle Lucena da Costa;

Esperança (19ª Zona) – Francisco Bergson Gomes Barros;

Guarabira (10ª Zona) – Rodrigo Silva Pires de Sá;

Gurinhém (75ª Zona) – Jaine Aretakis Cordeiro Didier;

Ingá (8ª Zona) – Cláudia Cabral Cavalcante;

Itabaiana (6ª Zona) – Miriam Pereira Vasconcelos;

Itaporanga (33ª Zona) – Reynaldo Di Lorenzo Serpa Filho;

Jacaraú (60ª Zona) – Marinho Mendes Machado;

João Pessoa (1ª Zona) – Dinalba Araruna Gonçalves;

João Pessoa (64ª Zona) – Gláucia Maria de Carvalho Xavier;

João Pessoa (70ª Zona) – Alexandre César Fernandes Teixeira;

João Pessoa (76ª Zona) – Soraya Soares da Nóbrega Escorel;

João Pessoa (77ª Zona) – Gláucia da Silva Campos Porpino;

Juazeirinho (56ª Zona) – Edivane Saraiva de Souza;

Malta (51ª Zona) – Leidimar Almeida Bezerra;

Mamanguape (7ª Zona) – Juliana Lima Salmito;

Monteiro (29ª Zona) – Cláudia de Souza Cavalcanti Bezerra;

Patos (28ª Zona) – Fábia Cristina Dantas Pereira;

Patos (65ª Zona) – Glauco Coutinho Nóbrega;

Pedras de Fogo (44ª Zona) – Márcia Betânia Casado e Silva Vieira;

Piancó (32ª Zona) – Elmar Thiago Pereira de Alencar;

Piancó/Nova Olinda (66ª Zona) – Uirassu de Melo Medeiros;

Picuí (25ª Zona) – Eduardo de Freitas Torres;

Pilar (5ª Zona) – Aldenor de Medeiros Batista;

Pilões (45ª Zona) – Abraão Falcão de Carvalho;

Pirpirituba (47ª Zona) – Airles Kátia Borges Rameh de Souza;

Pocinhos (50ª Zona) – Dmitri Nóbrega Amorim;

Pombal (31ª Zona) – Ana Grazielle de Araújo Batista de Oliveira;

Prata (74ª Zona) – Geovanna Patrícia de Queiroz Rego;

Princesa Isabel (34ª Zona) – Diogo D’Arolla Pedrosa Galvão;

Queimadas (59ª Zona) – Fernando Cordeiro Sátiro Júnior;

Remígio (67ª Zona) – Sócrates da Costa Agra;

Rio Tinto (55ª Zona) – José Raldeck de Oliveira;

Santa Luzia (26ª Zona) – Túlio César Fernandes Neves;

Santa Rita (2ª Zona) – Eny Nóbrega de Moura Filho;

São Bento (69ª Zona) – Bruno Leonardo Lins;

São João do Cariri (22ª Zona) – José Bezerra Diniz;

São João do Rio do Peixe (37ª Zona) – Samuel Miranda Colares;

São José de Piranhas (40ª Zona) – Fabiana Alves Mueller;

Sapé (4ª Zona) – Caroline Freire Monteiro da Franca;

Serra Branca (58ª Zona) – José Leonardo Clementino Pinto;

Serraria (12ª Zona) – Manoel Henrique Serejo da Silva;

Solânea (48ª Zona) – Henrique Cândido Ribeiro de Moraes;

Soledade (23ª Zona) – Clark Souza Benjamim;

Sousa (35ª Zona) – Manoel Pereira de Alencar;

Sousa (63ª Zona) – Leonardo Quintans Coutinho;

Sumé (43ª Zona) – Guilherme Costa Câmara;

Taperoá (27ª Zona) – Carmem Eleonora da Silva Perazzo;

Teixeira (30ª Zona) – Dennys Carneiro Rocha dos Santos;

Uiraúna (53ª ona) – Sarah Araújo Viana; e

Umbuzeiro (18ª Zona) – Sandremary Vieira de Melo Agra Duarte.

Assessoria do MPPB

No ‘Face’: paciente do Hospital do Promorar mostra bebida em plantão

bebidaA paciente Laiane Caroline Dias Nunes, publicou em sua conta no Facebook, uma foto em que, aparentemente, enfermeiros e demais servidores plantonistas do Hospital do Promorar, na zona sul de Teresina, aparecem com uma garrafa de champagne durante o plantão de reveillon na passagem de ano de 2013 para 2014.

Na postagem, ainda do dia primeiro e, segundo ela, feita em ‘tempo real’, a jovem relata que estava passando mal e não havia médicos plantonistas para atendê-la e nem medicação para seu uso afim de diminuir seu mal-estar. Segundo a jovem, o posto médico estava ‘lotado de bebida alcoolica’ e se pergunta onde estariam os responsáveis por aquele hospital que permitiam tal ato.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira o texto da publicação na íntegra:
“Infelizmente estou internada …no hospital do Promorar…pacientes passam mal, inclusive eu, e aqui não tem medicação… muito menos medico plantonista. Ai eu pergunto: Como esses profissionais assumiram esse plantão? Quem eh o responsável? Aqui eh assim… medicação e médico não tem, mas bebida alcoolica com certeza tem… e não eh só esse litro não. O Posto ta lotado de bebida alcoólica… e a gente aki a mercê da sorte… eu não tenho dinheiro não, mas coragem eu tenho…compartilhem essa foto por favor..e mostrem a vergonha q eh a saude publica.. #tempo real”
VEJA A PUBLICAÇÃO COMPLETA:

Laiane.png

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Atualizada às 16h15
‘A Fundação Hospitalar de Teresina (FHT) iniciou a apuração dos fatos e após levantamento completo de dados será aberto inquérito administrativo para apuração das responsabilidades dos funcionários envolvidos’.

180 Graus

Hospital demite dois médicos por abandono de plantão e outro é investigado

hospitalDois médicos foram demitidos nessa quarta-feira (15) pela direção do Hospital Regional de Patos e um terceiro está sendo investigado por uma comissão de sindicância por terem abandonado o plantão. Foram afastados definitivamente dos quadros do HRP Wostenildo Crispim e Francisca Sonally.

De acordo com a diretora da unidade médica, Silvia Ximenes, os médicos eram prestadores de serviço e estavam de plantão no último domingo (15). Os dois teriam sido procurados durante o plantão e não foram encontrados. O terceiro médico do plantão, Antônio Segundo Neto, está sendo investigado, segundo Silvia, para saber se ele também teria se ausentado do hospital em horário de trabalho.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Nós estamos abrindo sindicância para apurar se houve abandono por completo do plantão, porque conduta como essa não será mais tolerada pela direção do hospital”, disse.

A diretora da unidade médica disse, ainda, que qualquer profissional que agir “fugindo da ética e dos princípios do Conselho Regional de Medicina será penalizado conforme a lei”.

Silva informou que os médicos que tiveram os contratos cancelados já estão sendo substituídos e que o afastamento não trouxe prejuízos ao atendimento à população.

Um dos médicos demitidos, Wostenildo Crispim, teve uma foto vazada no serviço de troca de mensagens por telefone, WhatsApp, quando supostamente teria abandonado o plantão para ir a um churrasco com amigos.

Quanto a Francisca Sonally, a diretora Silvia Ximenes disse que ela teria sido procurada durante o plantão e não foi encontrada no hospital.

Ela informou que a sindicância que apurará a conduta do terceiro médico terá 30 dias para apresentar uma resposta. A equipe será formada por funcionários da unidade médica.

Na tarde desta quinta-feira (19) o MPF divulgou nota sobre a demissão dos médicos. Segue nota divulgada pelo Ministério Público Federal.

“MPF é informado pelo Hospital Regional de Patos (PB) sobre demissão de médicos

Foram demitidas duas pessoas e solicitada abertura de sindicância para outra.

O Ministério Público Federal foi informado, ontem (18), por meio do Ofício nº 370/2013, assinado pelo diretor técnico do Hospital Regional Janduhy Carneiro, Adilson de Albuquerque Viana Júnior, sobre a demissão de dois médicos e solicitação de abertura de sindicância para apurar conduta de outro médico. O hospital está localizado na cidade de Patos (PB).

Os médicos afastados foram Wostenildo Crispim (CRM 6562) e Francisca Sonally (CRM 7184). Já a solicitação de abertura de sindicância é para avaliar a conduta profissional do médico Antônio Segundo Netto (CRM 4891).

As medidas levaram em conta ausências constatadas no dia 15 de novembro de 2013, informações veiculadas através da imprensa, mídia social e levantamento de fatos. “Estamos levantando os fatos e informaremos ao referido Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), como também a esta Procuradoria, quanto ao andamento da sindicância instalada”, afirmou o diretor técnico.

Para o procurador da República João Raphael Lima, a medida adotada pelo hospital “é salutar, mas apenas um pequeno começo. É preciso criar formas de efetivo controle das jornadas dos médicos, tanto pela administração do hospital como por parte da população que usufrui dos serviços. Do jeito que está não pode continuar”.

Na última terça-feira (17), o MPF solicitou ao CRM-PB que fiscalize o exercício profissional dos médicos que trabalham no Hospital Regional de Patos (PB), no sertão do estado. Pede-se que sejam adotadas as medidas cabíveis por parte do conselho, a exemplo de penalidades no âmbito funcional.”

 

 

portalcorreio

Vereadora diz que “médicos bêbados namoram’” durante plantão em hospital

medicoEm um pronunciamento recente na Câmara de Vereadores de Patos, a parlamentar Lucinha Peixoto (PC do B) deu dicas à presidente da Casa, Nadir Rodrigues (PMDB), para que a parlamentar consiga atrair a atenção do governador Ricardo Coutinho (PSB). Entre as sugestões da parlamentar está a denúncia de “namoros” de médicos dentro do Hospital Regional da cidade.

Solidária com a chefe do Legislativo Municipal, que foi frustrada ao tentar uma conversa por telefone com o governador para falar sobre a situação daquela Casa de Saúde, Lucinha Peixoto explicou que a colega não soube usar a linguagem correta.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com Lucinha, Nadir Rodrigues deveria informar ao governador, entre outras denúncias, que tem médicos “bêbados” dando plantão, com “namoros” e “escândalos”naquela casa de Saúde.

“Vereadora, a gente tem que ir com esse tipo de discurso e não a senhora ir com palavras bonitas porque ele não quer ouvir”, argumentou a parlamentar.

Roberto Targino – MaisPB

Delegacias funcionam em regime de plantão no feriado da semana santa

 

FeriadoVisando prevenir e combater a criminalidade em todo o Estado durante o feriado da semana santa, o governo do Estado, através da secretaria de Segurança e Defesa Social Paraíba (Seds), preparou um esquema especial de plantão. A partir da zero hora de quinta-feira (28) até a meia noite do Domingo de Páscoa a polícia civil vai intensificar as abordagens a pessoas e veículos, vistorias em bares e outros locais propícios à situação de vulnerabilidade social, além de garantir a segurança no trânsito com fiscalização do cumprimento da Lei Seca.

De acordo com a determinação da Seds estarão funcionando em regime de plantão 24h, na região metropolitana, sete delegacias distritais: 1ª. DD, em Cruz das Armas, 9ª. DD, em Mangabeira, 12ª. DD, em Manaíra, 6ª. DD, em Santa Rita, 7ª.DD, em Cabedelo, além de Alhandra (litoral Sul) e Mamanguape (litoral Norte). Uma delegacia móvel será instalada em Jacumã durante os quatro dias do feriado. Em João Pessoa as delegacias especializadas que estarão funcionando serão a de Roubos de veículos, Homicídio, Infância e Juventude e da Mulher. Em Campina Grande, a Central de Polícia estará aberta com duas equipes de plantão, além das delegacias especializadas de Homicídio e Roubos e Furtos. Três polos de segurança funcionam para atender toda região de Campina Grande, que compreende 32 municípios.

O Grupo de Operações Especiais (GOE) e o disque denúncia 197, que atende a população recebendo denúncias anônimas com total sigilo e de forma gratuita, trabalham em regime de plantão neste feriado de Páscoa. Nos casos de ocorrências simples, sem violência, os cidadãos podem contar com o serviço da Delegacia Online (www.delegaciaonline.pb.gov.br).

 

 

Secom-PB

Servidores fazem plantão para atender aprovados em concurso

cadastroCerca de 300 servidores das Secretarias de Administração e Educação do Estado da Paraíba, em parceria com a Casa Civil, trabalham na Praça do Povo, do Espaço Cultural, em João Pessoa, para garantir atendimento aos 5.180 aprovados no concurso público realizado pelo Governo do Estado.

Após a solenidade ocorrida na manhã dessa quinta-feira (24), com a presença do governador Ricardo Coutinho, os concursados estão recebendo a portaria de nomeação no setor de atos, passando em seguida pela triagem de documentos até receber a posse definitiva com a designação e o local para exercício das funções de técnico administrativo ou professor.

A diretora executiva de Recursos Humanos do Governo do Estado, Ana Beatriz Diniz, garantiu que todos os aprovados no concurso serão atendidos em tempo hábil. “O primeiro dia de posse ocorreu conforme esperávamos e todas as pessoas presentes foram atendidas. Todos que chegaram receberam o Ato Governamental e passaram pela triagem dos documentos. Já aquelas que apresentaram toda a documentação obrigatória foram empossadas”, disse a diretora de RH.

Ela lembrou ainda que a estrutura vai ficar montada no Espaço Cultural até o dia 31 deste mês. Após esse prazo, outro local será designado e divulgado para atendimento dos aprovados. “Esperamos que os concursados compareçam ao Espaço Cultural e procurem fazer também o agendamento da perícia o quanto antes para não deixar para o último momento”, enfatizou.

Morador de Cajazeiras, José Pedrosa, 28 anos, veio no primeiro dia de atendimento portando os documentos necessários para tomar posse. “Eu já havia passado em outros concursos, mas nunca tinha sido chamado. Agora já estou com meu Ato para dar entrada nas outras etapas. Os servidores estão fazendo a sua parte para nos atender e depois será a minha vez de desempenhar bem a minha função”, declarou o concursado.

A nova professora de química do município de Santa Rita, Adriana Vieira da Silva, 31 anos, não escondeu a felicidade de ter passado no concurso público, apesar de não ter conseguido tomar posse no primeiro dia por não portar a documentação completa. “Já dei entrada na perícia para que, assim que possível, eu já esteja em sala de aula. O importante é que vou fazer o que amo e ter uma estabilidade financeira em breve”, disse.

Após passar pelos setores de Ato, Triagem de documentos e Posse, o estudante de Administração, Manoel Quaresma, 21, volta para casa, em Campina Grande, com o sonho da estabilidade. “Sempre estudei para concurso, mas não esperava passar. Agora vou passar a fazer planos para ter um futuro melhor para mim e minha família”, disse o jovem que passou para a função de Técnico Administrativo.

Passo a passo – No local, o candidato recebe o Ato Governamental de Nomeação, distribuído pela Casa Civil; em seguida, passa por uma análise que vai verificar se o candidato porta todos os documentos exigidos no edital. Depois desse processo, ele será encaminhado para a formalização da posse e, por fim, recebe da Secretaria de Estado da Educação a Designação de Exercício. Todo processo acontece no Espaço Cultural de forma planejada, ordenada pela entrega de senhas e sinalizada com faixas e cartazes.

Documentos para posse – Entre os documentos exigidos para a posse está o Atestado Físico, emitido pela Perícia Médica, em João Pessoa, ou pelas gerências em Campina Grande, Patos e Guarabira. Para o exame admissional, o candidato precisa apresentar os documentos pessoais (cópia e originais) e o Atestado de Sanidade Mental, concedido pelo Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, localizado em João Pessoa, no Caps ou qualquer instituição, consultório médico, desde que emitido por psiquiatra. Na rede pública, é necessária a apresentação do Cartão do SUS.

Serviço – o atendimento aos aprovados no concurso está sendo realizado exclusivamente na Praça do Povo do Espaço Cultural José Lins do Rego, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa, até o dia 31 no horário das 08h às 18h, de segunda a sexta-feira.

Locais para realização da perícia médica:

– João Pessoa: Av. Rio Grande do Sul, s/n, Bairro dos Estados, no prédio da PBPrev, em frente ao Hospital General Edson Ramalho. Telefones: 3211.6055 / 3211-6057

– Campina Grande: Rua Agenor Vasconcelos, s/n, Bairro do Catolé, no prédio da PBPrev. Telefone: 3310.7195

– Patos: R. Pedro Firmino, 265, Centro, no prédio da PBPrev. Telefone: 3421.2355

– Guarabira: Av. Pedro II, 197, Centro. Telefone: 3271-4245.

Secom-PB

Delegacias de plantão atendem população durante feriadões de fim de ano

Mais de 80 policiais civis irão trabalhar nos feriadões de Natal e de Ano Novo na grande João Pessoa e litorais Sul e Norte do Estado, a fim de garantir a tranquilidade dos cidadãos paraibanos durante as festividades. Além disso, 10 viaturas serão disponibilizadas para policiamento nesses dias e uma delegacia móvel vai ser instalada no Busto de Tamandaré, bairro de Tambaú, Capital, na noite do dia 31 de dezembro.

Irão funcionar em regime de plantão, em João Pessoa, as delegacias distritais de Cruz das Armas (1ª DD), de Mangabeira (9ª DD), Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp), em Manaíra, além das delegacias especializadas da Mulher, da Infância e Juventude (que irá atender também ocorrências de crimes contra a infância e juventude), Delegacia de Crimes contra a Pessoa (Homicídios) e de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos). Já a Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur) vai receber reforço em sua equipe para registro de ocorrências de menor potencial ofensivo também durante a madrugada.

Na cidade de Cabedelo, as ocorrências podem ser registradas na 7ª Delegacia Distrital e em Santa Rita na 6ª DD, onde também vai ser atendida a população de Bayeux.

De acordo com o gerente operacional da região metropolitana de Polícia Civil, delegado Gilson Fernandes, ainda serão realizadas rondas em vários bairros da Capital e uma delegacia móvel será instalada na praia de Jacumã.

Para atender às ocorrências dos litorais Norte e Sul, haverá equipes de plantão centralizado nas cidades de Mamanguape e Alhandra, respectivamente.

 “Os policiais estarão à paisana, exercendo o trabalho de polícia judiciária, investigando possíveis incidentes, evitando a ocorrência de crimes e também realizando flagrantes. Já os delegados, agentes e escrivães que estiverem na delegacia móvel, estarão de coletes”, explicou Gilson Fernandes.

Delegacia on line – Ocorrências simples como extravios de documentos e pequenos furtos, em que não haja violência, podem ser comunicados à polícia pela internet. De forma rápida e simples, o usuário de qualquer lugar do Estado pode acessar a Delegacia Online e fazer o Boletim Eletrônico de Ocorrência. O serviço tem o objetivo de melhor atender à população, desafogando o atendimento nas delegacias distritais.

Secom PB