Arquivo da tag: Pirulito

Menino se engasga com pirulito e é salvo pelo pai após instruções de bombeiro, em Cajazeiras, PB

Um cabo da Polícia Militar de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, conseguiu salvar o filho após receber instruções por telefone de um integrante do Corpo de Bombeiros da cidade. O caso aconteceu na tarde da terça-feira (10), quando o cabo Mannix Moura percebeu que o filho, Miguel Davy, de 8 anos, estava engasgado. Veja abaixo instruções da manobra de Heimlich repassadas pelo bombeiro ao PM.

De acordo com o relato do cabo Mannix ao bombeiro, o filho estava deitado na cama quando ele escutou o menino tentando chamar por ele, mas não conseguia. “Ele estava deitado e com alguma coisa na boca. Ele já estava sem conseguir respirar, ficando roxo, foi então que percebi que ele estava engasgado”, contou o pai de Miguel.

O cabo disse que, no momento em que percebeu que o filho estava engasgado, não pensou duas vezes e resolveu ligar para o Corpo de Bombeiros, através do 193. “Eu liguei pros bombeiros e aí com as primeiras instruções que me passaram eu consegui fazer com que meu filho colocasse o que estava na boca dele pra fora e foi aí que percebi que era um pirulito, mas graças a Deus deu tudo certo”.

Criança se engasgou com um pirulito

Quem atendeu o cabo Mannix Moura foi o cabo Segundo, do 5º Batalhão de Bombeiros Militar de Cajazeiras. O bombeiro informou que era por volta das 14h30 quando atendeu a ligação do pai de Miguel Davy, relatando que o filho estava engasgado com algum objeto.

“O cabo Mannix ligou pro 193, mas ele não sabia dizer com o que o filho estava engasgado e disse que o menino já tava ficando roxo. Depois de tudo, ele percebeu que o filho estava com um pirulito e aquele palitinho de plástico soltou, ficando só a bola do pirulito na boca da criança, que estava deitada. O menino tentou avisar o pai, mas não conseguia porque tava engasgado”, explicou o cabo Segundo, do 5º BBM.

Miguel Dany, de 8 anos, foi salvo pelo pai após se engasgar com pirulito, em Cajazeiras, PB — Foto: Mannix Moura/Arquivo Pessoal

Miguel Dany, de 8 anos, foi salvo pelo pai após se engasgar com pirulito, em Cajazeiras, PB — Foto: Mannix Moura/Arquivo Pessoal

Menino foi salvo com manobra de Heimlich

Conforme o cabo Segundo, ao atender a ligação do cabo Mannix e entender a situação, ele passou para o pai do menino as instruções da manobra de Heimlich. “Nesse casos, o primeiro procedimento é fazer a manobra de Heimlich, que consiste em ajudar a vítima a tirar o objeto que está entalado nas vias aéreas”, destacou.

O cabo contou que foi relatando ao pai da criança cada movimento que ele deveria fazer para ajudar o menino. “Eu pedi pra que o pai abraçasse a criança por trás. Depois disso, pedi pro que ele fechar o punho direito e abrir a mão esquerda. E aí pedi pro pai, com a mão esquerda espalmada, empurrar a mão direita, que estava fechada. Isso tudo junto à barriga da criança, na região abdominal, do umbigo pra cima. Então com as duas mãos na barriga do menino, pedi pro pai fazer o movimento de empurrar pra dentro e pra cima, que resultou na saído do pirulito da boca da criança”, detalhou.

O bombeiro explicou que, no momento em que o pai da criança ligou, uma equipe dos Bombeiros já foi acionada para ir até a casa da família. “No momento que ele ligou, eu já peguei o endereço dele e, enquanto eu falava com ele por telefone, uma equipe de bombeiros já estava indo pra lá em uma ambulância, pra fazer todos os procedimentos no local também, caso precisasse”.

De acordo com o cabo Segundo, casos como esse acontecem diariamente. “Casos assim acontecem muito e, principalmente com crianças, em casa, restaurantes, escolas, então a manobra de Heimlich é um procedimento simples, que pode salvar vida, mas que muita gente ainda não sabe como fazer”, salientou.

O cabo Segundo disse ainda que se o pai não tivesse ligado para os Bombeiros talvez a criança não teria resistido. “Se tivesse demorado, a criança ia entrar em parada cardiorrespiratória. Mas graças a Deus ele ligou e consegui fazer as instruções direitinho, e quando a ambulância dos bombeiros chegou lá o menino já tava respirando consciente e orientado”, pontuou.

Miguel, de 8 anos, foi salvo pelo pai Mannix Moura, após instruções de um bombeiros por telefone, em Cajazeiras, PB — Foto: Mannix Moura/Arquivo Pessoal

Miguel, de 8 anos, foi salvo pelo pai Mannix Moura, após instruções de um bombeiros por telefone, em Cajazeiras, PB — Foto: Mannix Moura/Arquivo Pessoal

Manobra de Heimlich

O bombeiro explicou ao G1 que a manobra de Heimlich é o melhor método para situações como a do filho do cabo Mannix. Conforme o cabo Segundo, o procedimento pré-hospitalar ajuda na desobstrução das vias aéreas superiores por um corpo estranho. A manobra, descrita pelo médico Henry Heimlich em 1974, induz uma tosse artificial, que vai expelir o objeto da traqueia da vítima.

Instruções para a manobra:

  • Envolva seus braços entre a caixa torácica e o umbigo da pessoa engasgada;
  • Feche bem uma das mãos, mantendo o polegar de fora;
  • Segure o punho com a outra mão pressionando com firmeza para cima;
  • Avalie se a desobstrução foi concluída e se a vítima voltou a respirar;
  • Repita até o objeto ser expulso.
Cabo Segundo, do Corpo de Bombeiros de Cajazeiras, durante aula sobre manobra de Heimlich no IFPB — Foto: Cabo Segundo/Arquivo Pessoal

Cabo Segundo, do Corpo de Bombeiros de Cajazeiras, durante aula sobre manobra de Heimlich no IFPB — Foto: Cabo Segundo/Arquivo Pessoal

 

G1

 

 

Mãe se indigna ao achar escorpião no pirulito do filho de 2 anos

pirulitoA americana Richelle West ficou indignada depois que ela descobriu um escorpião no pirulito que seu filho de 2 anos estava chupando durante um evento em St. Louis, no estado do Missouri (EUA), segundo a emissora de TV “KSDK”.

 

Apesar da preocupação da mãe, o escorpião era apenas um recheio do pirulito e não oferece perigo às crianças, segundo o fabricante. A empresa responsável também comercializa guloseimas com formiga, minhoca, grilo e larvas.

 

Os pirulitos de escorpião são, inclusive, vendidos na internet. No site da Amazon, a guloseima é vendida a partir de US$ 1,53.

G1

Garoto de programa dá detalhes de como matou o ‘Palhaço Pirulito’

ismarA Polícia Civil da Paraíba identificou e prendeu o acusado de matar o artista José Ismar Eugênio Pompeu, o “Palhaço Pirulito”, no dia 27 de janeiro deste ano. O garçom Wállisson Diniz da Silva, 19 anos, que confessou à Polícia que também trabalhava como garoto de programa, foi detido no final da tarde desta terça-feira (12), no restaurante em que trabalhava na orla de João Pessoa.

Uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (13), revelou os detalhes do crime. De acordo com o Gerente Metropolitano da Polícia Civil, Wagner Dorta, uma semana antes de ser assassinado, José Ismar havia mantido relações sexuais com o acusado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Durante depoimento detalhado à polícia, o garçom confessou o homicídio e afirmou ter praticado o crime após a vítima ter lhe mostrado fotos de crianças e perguntado se ele gostaria de fazer sexo com elas ou se as fotos o excitavam. Segundo a versão do acusado, com raiva por ter uma filha recém nascida, teria desferido dois golpes de faca no pescoço do “Palhaço Pirulito” e fugiu roubando seu celular e notebook

As investigações localizaram Wállisson Diniz, após rastreamento do celular que ele havia roubado de José Ismar. O acusado teria vendido o aparelho ao cunhado, que o repassou para a esposa. Quando as ligações telefônicas foram mapeadas, os parentes do assassino foram acionados para prestar esclarecimento e identificaram o garçom em imagens da câmera de segurança do residencial onde  a vítima morava.

Após perícia, foi constatado nas costas de Ismar Pompeu, que o garçom havia desenhado a letra ‘A’ em seu corpo. Ainda em seu depoimento, essa letra foi feita apenas para tentar despistar à polícia.

O crime

O ator e professor de Educação Física, José Ismar Eugênio Pompeu, 42 anos, foi encontrado morto dentro do próprio apartamento no dia 27 de janeiro deste ano, no conjunto Pedro Gondim, em João Pessoa. Ele foi assassinado com vários golpes de faca pelo corpo. Antes do crime, o acusado teria bebido em um quiosque na praia com a  vítima. Em seguida, eles foram ao apartamento onde o crime aconteceu.

Assista interrogatório com Wállisson:

Pollyana Sorrentino, Portalcorreio

Nota: solidariedade com a família de José Ismar Eugênio Pompeu (Palhaço Pirulito)


ismar
HOJE NÃO TEVE ESPETÁCULO

“Sei que é doloroso um palhaço se afastar do palco… 
Volta que a platéia te reclama, sei que choras, palhaço… 
Hoje não vai ter espetáculo!” 

A Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana solidariza-se com a família e amigas/os de José Ismar Eugênio Pompeu, o Palhaço Pirulito, e com o movimento social na luta pelo respeito aos direitos de LGBT, manifestando indignação com a violência ocorrida.
A Paraíba se despediu com pesar de José Ismar Eugênio Pompeu, ator e professor de educação física, que foi encontrado morto, no dia 27 de janeiro, em seu apartamento. Noticiou-se que seu corpo apresentava várias perfurações e a letra “A” escrita com arma branca.
Mais uma vez instala-se, na sociedade e no âmbito legal, o debate acerca da natureza do assassinato, que, pelas suas características, sugere um perfil de crime com motivação  homofóbica. São características: requinte de crueldade,  possibilidade de que o agressor seja conhecido da vítima e a assumida homossexualidade de José Ismar.
O desaparecimento de objetos da casa de José Ismar e a subtração de considerável soma de dinheiro levaram a policia a investigar a possibilidade de latrocínio. Todavia, o Secretário de Estado da Defesa Social e Segurança Pública, Cláudio Lima Coelho, afirma que é preciso concluir o inquérito policial para se pronunciar sobre o crime. E, ao mesmo tempo, compromete-se a dar ao trabalho da polícia a agilidade possível.
Segundo dados do Grupo Gay da Bahia (GGB), em 2012 foram assassinados 338 travestis, transexuais, gays e lésbicas no Brasil, um assassinato a cada 26 horas. O Nordeste, com 28% da população brasileira, concentra 45% das mortes, destacando-se como a região mais homofóbica do país. A Paraíba ocupa o segundo lugar, com 19 assassinatos, da mesma forma que João Pessoa, em relação às outras capitais brasileiras.
Diante da realidade, afirmamos que a veemência na apuração é fundamental para o enfrentamento à homofobia, considerando a real vulnerabilidade e o risco de morte que assombra gays, travestis e lésbicas que vivenciam a sua expressão sexual com visibilidade.
Repudiamos qualquer forma de expressão da homofobia na sociedade paraibana. Afirmamos a importância do respeito à diferença e a defesa dos direitos de LGBT como condição inerente à consolidação da democracia brasileira.
Por fim, afirmamos o compromisso do Governo do Estado em promover políticas públicas de enfrentamento à homofobia e de promoção da cidadania LGBT com ações como implantação do Centro de Referência dos Direitos de LGBT e Combate à Homofobia (Espaço LGBT), garantia do uso do nome social por travestis e transexuais no âmbito do Poder Executivo Estadual (Decreto n.º 32.159/11), realização da II Conferência Estadual LGBT da Paraíba, promoção de cursos de capacitação sobre Direitos Humanos e  cidadania LGBT para policiais militares e civis, profissionais da educação, saúde e assistência social e o lançamento da campanha “Tire o Respeito do Armário”.
Nossas condolências à família, amigos e movimento LGBT pela morte de José Ismar.

Secom/PB para o Focando a Notícia