Arquivo da tag: Pintor

Pintor tem 40% do corpo queimado e sofre amputações após choque em rede elétrica, na PB

Um pintor de 56 anos teve 40% do corpo queimado e sofreu amputações de dedos após sofreu um choque elétrico, na manhã desta terça-feira (24), quando pintava a fachada do Hospital Municipal de Cuité, município do Agreste paraibano, a 225 quilômetros de João Pessoa.

O caso aconteceu por volta das 9h enquanto o pintor segurava uma haste, onde o rolo de pintar estava fixado, mas acabou encostando o equipamento na rede elétrica, sofrendo uma descarga de energia.

Ferido, o pintor recebeu os primeiros atendimentos médicos no próprio hospital, mas, segundo uma enfermeira da unidade, foi transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Em contato com o Portal Correio, o diretor da unidade, Geraldo Medeiros, afirmou que o pintor teve 40% do corpo queimado, principalmente membros inferiores e superiores, e passou por amputação de dois dedos de uma das mãos e um dedo do pé.

Ainda segundo o diretor do Trauma, o pintor vai passar por cirurgia, permanecer internado e o estado de saúde é considerado grave.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Pintor de carros sai em caminhonete de cliente e bate em poste na Paraíba

(Foto: Walter Paparazzo/G1)
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um pintor de carros bateu a caminhonete de um cliente dele contra um poste, na manhã deste domingo (12), no bairro Varadouro, em João Pessoa, capital paraibana. O motorista conta que tentou desviar de um ônibus e acabou perdendo o controle da direção. Segundo ele, o cliente havia deixado o veículo na oficina para fazer pequeno reparo na pintura, mas, agora o pintor já não sabe quanto vai custar o prejuízo.

O acidente ocorreu por volta das 5h. O impacto foi tão forte que o poste quebrou. A frente da caminhoneta ficou destruída e o capô chegou a saltar do veículo. O motorista não teve ferimentos. Próximo ao local havia crianças e os moradores ficaram assustados.

“Eu seguia [na rua] e vinha um ônibus. Eu não consegui segurar o volante do carro. Eu vinha a uns 60 km/h ou  70km/h. Quando o ônibus se aproximou eu tentei livrar a frente do ônibus, mas o carro perdeu o controle eu não consegui mais segurar o carro”, disse o motorista.

Ao ser questionado sobre de quem era o veículo, o motorista contou que era de um cliente amigo que havia deixado a caminhoneta na oficina onde ele trabalha para fazer um pequeno “retoque” na pintura. “O carro é de um amigo meu. Ele deixou na oficina pra mim trabalhar nele. Justamente, eu vim hoje pra pegar a máquina e os produtos para ‘agilizar’ (sic) esse carro”, disse o motorista.

A Polícia Militar foi acionada e fez o registro da ocorrência. Após consultar a documentação do veículo e do motorista, o pintor foi liberado.

Cliente havia deixado veículo para fazer pequeno reparo na pintura, disse motorista (Foto: Walter Paparazzo/G1)Cliente havia deixado veículo para fazer pequeno reparo na pintura, disse motorista (Foto: Walter Paparazzo/G1)
G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Pintor é espancado ao ser flagrado alisando partes íntimas de criança na Orla de João Pessoa; vídeo

letreiro-eu-amo-jampaUm pintor de 30 anos foi agredido na noite desse domingo (4) ao ser flagrado acariciando as partes íntimas de uma menina de 6 anos no Busto de Tamandaré, Orla de João Pessoa. O suspeito teve vários hematomas pelo corpo.

De acordo com a tenente Aline Rosas, da Companhia Especializada de Apoio ao Turista (CEATur), a criança estava brincado nas letras do ‘Eu Amo Jampa’ quando o pai dela foi chamá-la para ir para casa presenciou o homem tocando as partes íntimas da garota.

“O pai, que estava com amigos de um grupo de dança, entrou em desespero e deteve o suspeito até a chegada da Polícia Militar. Nesse período, alguns populares agrediram o homem, que negava a todo momento ter abusado da criança”, explicou a tenente.

Devido os ferimentos, o homem foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e transferido para a Central de Polícia Civil da Capital.

Veja vídeo abaixo:

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Em Pombal: Pintor comete suicídio e deixa carta pedindo perdão

pintorO pintor Francinaldo Barbosa de Lucena, de 46 anos, conhecido por “Naldo Pintor”, que morava na rua José de Almeida Filho, bairro Vida Nova, cometeu suicídio no início da noite desta sexta-feira (21) através de enforcamento, usando uma corda.

O fato aconteceu por volta das 18h30, e de acordo com familiares Naldo chegou em casa e disse que iria dormir no seu quarto.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Instantes após, uma tia o viu sentado na rede, escrevendo em um caderno.

Ela disse que perguntou o que ele estava fazendo, e o mesmo informou que era “uma carta”.

O detalhe é que era a carta de despedida dele.

Naldo subiu na rede e pendurou-se na corda amarrada na linha da casa.

Na carta deixada, ele pede perdão à ex-esposa, Ana, a quem chama de “amor da minha vida”.

Ainda dá adeus à sua sobrinha.

Parentes disseram que não havia um motivo aparente para o mesmo tirar a própria vida. Informaram que a única suspeita seja pelo fato do mesmo estar desempregado.

Ele deixa três filhos.

Naldo Silva- Liberdade 96 FM
Colaborou Dayana Trigueiro

Pintor nega cigarro e é assinado com golpe de faca na cabeça

pintorO pintor Robério Costa Tomé, conhecido como ‘Berim’, 26 anos, foi assassinado com um golpe de faca na cabeça quando bebia com colegas na noite do réveillon, em Lagoa Seca, região metropolitana de Campina Grande. De acordo com familiares da vítima, o motivo teria sido porque Beirim se negou a entregar um cigarro ao acusado.

A autoria do homicídio está sendo atribuída a um homem identificado como ‘Ninho’, que bebia com o rapaz durante a virada do ano em um bar na periferia da cidade. Com o golpe, a vítima teve o cérebro perfurado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Após ser ferido, Robério foi socorrido para o Hospital de Trauma Don Luiz Gonzaga Fernandes em Campina Grande, onde ele permaneceu internado e até a noite desta quarta-feira (01). Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Até agora, o suspeito do crime não foi deito.

MaisPB

com Blog do Márcio Rangel 

Pintor brasileiro faz greve de fome após ser deportado da Espanha

 

Após ser sido detido por 30 horas no Aeroporto de Madri e ser deportado sem qualquer justificativa, o artista plástico Menelaw Sete entrou em greve de fome como forma de protesto contra o tratamento oferecido pela Espanha a imigrantes brasileiros. Entre os últimos dias 17 e 18 de maio, quando permaneceu preso em Madri, produziu ainda 40 desenhos nos quais critica a atuação dos oficiais alfandegários do país.

 


Menelaw Sete diante de uma das telas pintadas em protesto contr a deportação/ Foto: Acervo pessoal

Ao pousar na Bahia, sua terra natal, recorreu imediatamente ao Consulado da Espanha em Salvador e pediu ao cônsul Jacobo González-Arnao Campos que a instância diplomática reunisse os meios de comunicação e fizesse uma retratação pública sobre o caso. Sem resposta, ele manteve sua greve de fome e passou mal na madrugada da quarta-feira (23). Após desmaiar, foi internado logo pela manhã diagnosticado com pressão alta. Segundo a médica que o atendeu, o mal-estar foi certamente causado pelo jejum e por um quadro de ansiedade.

Ele conversou com a imprensa local e revelou que “estava há 18 horas sem comer, isso após outras 18 horas dentro de avião e 30 horas no aeroporto”. “Foi uma jornada muito dura, e entrei em um desgaste”, explica.

Um dia antes de sua deportação, era o ministro de Relações Exteriores e Cooperação da Espanha, José Manuel García-Margallo, que voava para Madri após visitar o Brasil e se reunir com o chanceler Antonio Patriota. Na ocasião, se comprometia com o Itamaraty a “trabalhar para que essas dificuldades sejam resolvidas de forma imediata”.

Menelaw viajava para Milão, na Itália, onde participaria de uma exposição de suas obras. Em entrevista ao jornal El País, conta que viaja “há 15 anos pela Europa com a mesma documentação” e que “tinha um convite para o evento”. Mais além, revelou que “não conseguiu falar com o Consulado brasileiro” e que, no espaço de detenção, “só havia negros, mexicanos e brasileiros”.

O artista também conversou com o jornal O Globo e explicou que se sentiu obrigado a aderir à causa “porque os brasileiros estão sendo tratados de forma humilhante na Espanha”. “Minha indignação não é tão pessoal, mas sim pela forma que tratam as pessoas”, conclui.

Questionado sobre as condições em que foi mantido, revelou que não teve nem mesmo permissão para tomar banho durante as 30 horas que permaneceu detido. “A comida é horrível e só podemos beber água durante as refeições. Havia homens, mulheres e crianças. Estavam todos desesperados”, conta.

Ele garante que os 40 quadros que pintou durante sua detenção serão apresentados em sua próxima exposição, pois será uma forma de de mostrar como entrar hoje na Península Ibérica tornou-se uma “questão de sorte”.

Fonte: Ópera Mundi
Focando a Notícia