Arquivo da tag: piloto

Mau tempo faz piloto arremeter 2 vezes e causa tensão em passageiros

Na madrugada desta quarta-feira (27), passageiros que estavam em um voo que vinha de Brasília para João Pessoa viveram momentos de apreensão na hora do pouso no aeroporto presidente Castro Pinto.

Por conta do mau tempo o piloto teve que arremeter duas vezes antes de conseguir realizar o pouso.

O voo estava previsto para pousar às 2h35, mas só conseguiu parar em solo paraibano às 2h50 após várias manobras do piloto.

Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

PB Agora

 

 

 

Governo lança projeto piloto de Documento Nacional de Identidade

O projeto piloto do Documento Nacional de Identidade (DNI) foi lançado hoje (5), no Palácio do Planalto, em cerimônia com a presença do presidente Michel Temer e do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes. O documento será digital e vai reunir diferentes registros civis, como CPF e título de eleitor.

Servidores do TSE e do Ministério do Planejamento vão participar do projeto e poderão fazer o download do aplicativo a partir de hoje em smartphones e tablets. A intenção é que a partir de julho deste ano a iniciativa comece a chegar aos cidadãos brasileiros. No futuro, o DNI deve incluir diversos documentos à medida em que sejam firmados convênios com órgãos públicos para a integração da base de informações.

O documento usa as bases de dados de biometria do TSE, do governo federal e do Poder Judiciário. Para baixar o aplicativo e ter acesso digital ao documento será preciso ter feito o cadastramento biométrico na Justiça Eleitoral.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que a ideia é simplificar e tornar eficiente a identificação dos cidadãos. Segundo ele, o custo unitário do documento digital será de dez centavos. “Descortina-se com o DNI uma imensa avenida de possibilidades porque a solução que está sendo dada é inteligente, digital, sem burocracia, flexível e adaptável a todos os tipos de serviços”, afirmou, acrescentando que futuramente as pessoas naturalmente passarão a usá-lo como o principal documento de identificação.

O presidente Michel Temer destacou que o DNI vai facilitar a vida dos cidadãos e ampliar a segurança. “A intenção é que o DNI venha concentrar vários documentos em um único. Teremos menos papel. A vida de todos, de alguma maneira, ficará mais fácil. A ideia de um documento de identidade todo digital, que possamos acessar pelo telefone, é muito prática e será também sinônimo de segurança”.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, ressaltou que usar a biometria do TSE é um caminho acertado para implementar o Documento Nacional de Identidade.

O DNI é resultado do projeto de Identificação Civil Nacional, que tem o objetivo de possibilitar a emissão de um documento único do cidadão brasileiro, válido no território nacional, bem como a autenticação biométrica do cidadão em todos os órgãos e entidades governamentais e privados. O projeto de lei foi aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pela Presidência da República em maio de 2017.

Registro Nacional Migratório

Na cerimônia também foi assinado um decreto que cria o documento provisório de registro nacional migratório, voltado para estrangeiros que entram no Brasil em busca de refúgio e ainda aguardam uma decisão do governo brasileiro.

Após assinar o decreto, o presidente Temer disse que se trata de uma medida de caráter humanitário e beneficia também o Estado brasileiro, por possibilitar um registro mais completo de informações sobre os solicitantes de refúgio. “É um avanço na identificação dos estrangeiros que solicitam refúgio em nosso país. Agora, o solicitante ganhará um documento que dará acesso à Carteira de Trabalho, ao CPF, à possibilidade de um conta bancária. É uma medida que fortalece a situação de quem está vulnerável”.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que há muito tempo é buscado um registro adequado para migrantes e refugiados que chegam ao território brasileiro. Segundo ela, no Brasil, quase 10 mil pessoas, de 82 nacionalidades, buscaram refúgio em 2016 e esse número triplicou em 2017, quando 33 mil refugiados foram registrados pela Polícia Federal. Dodge lembrou que há quase 92 mil solicitações de refúgio ativas no país.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Governo da Bolívia culpa empresa e piloto por acidente com avião da Chapecoense

acidente-chapecoenseA empresa e o piloto do avião da LaMia, que caiu com 77 passageiros no fim de novembro em Medellín (Colômbia), foram considerados os “responsáveis diretos” do acidente, segundo informe oficial do governo boliviano divulgado nesta terça-feira (20). As informação são da Agência France-Press.

“A conclusão é contundente, a responsabilidade direta de toda essa eventualidade recai sobre o piloto e sobre a empresa”, disse o ministro de Obras Públicas e Serviços, Milton Claros, em coletiva de imprensa.

Além disso, a investigação estabeleceu que Celia Castedo, a funcionária da agência nacional boliviana de aviação civil(AASANA, na sigla em espanhol) que autorizou o voo apesar das irregularidades, “lamentavelmente descumpriu seus deveres e isso também prescreve uma punição”.

No acidente, que aconteceu em 29 de novembro na Colômbia, morreram 71 das 77 pessoas que estavam a bordo, entre elas o piloto, jogadores e dirigentes da Chapecoense, assim como jornalistas.

“O assunto tratado aqui é, sem dúvida, o plano de voo no qual a capacidade da aeronave era de 4 horas e 20 minutos, e o tempo de voo era de 4 horas e 20 minutos”, ressaltou Claros.

A partir dessas irregularidades, “iniciamos os processos administrativos e penais direcionados a essa senhora pelo trágico incidente”, que inclui também os diretores da AASANA e da DGAC (Direção Geral de Aeronáutica Civil)”, apontou.

Claros fez questão de assegurar que essa investigação é o início de uma que incluirá os fiscais de uma comissão tripla, com participação da Bolívia, Colômbia e Brasil.

Segundo os acordos e normas internacionais, “os responsáveis pela questão do combustível e a informação emitida são o piloto e a LaMia”, insistiu.

Quanto a Celia Castedo, que se refugiou no Brasil alegando insegurança judicial, Claros a dirigiu “responsabilidade direta”, uma vez que um voo “não pode ser autorizado a voar sem ter uma revisão”, além do que a funcionária apenas informou a seus superiores sobre a situação um dia depois do acidente, por e-mail.

Há alguns dias, Omar Durán, advogado dos familiares do co-piloto da LaMia, Fernando Goytia -também falecido no acidente- declarou que “pudemos evidenciar que o piloto Miguel Quiroga não cumpria com a quantidade de horas de voo estabelecida” nos regulamentos.

Agência France-Press

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Piloto da Germanwings foi trancado fora da cabine antes de acidente, diz NYT

F.Balsamo / Ministério do Interior da França
F.Balsamo / Ministério do Interior da França

Enquanto as autoridades passaram esta quarta-feira (25) tentando explicar como o avião da Germanwings com 150 pessoas a bordo caiu com céu limpo, um investigador disse ao jornal “The New York Times” ter evidência de que uma gravação feita indica que um dos pilotos deixou a cabine antes do acidente e não conseguiu entrar de volta.

Um alto funcionário militar envolvido na investigação descreveu como “muito boa, muito legal” uma conversa entre os pilotos durante a primeira parte do voo de Barcelona para Düsseldorf. Em seguida, o áudio indica que um dos pilotos deixou a cabine e não poderia voltar a entrar.

“O cara do lado de fora está batendo de leve na porta e não há nenhuma resposta”, disse o investigador. “E então ele bate na porta mais forte e não houve resposta. Nunca há uma resposta. Você pode ouvir que ele está tentando esmagar a porta para baixo”, disse o investigador.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Enquanto o áudio parecia dar alguma pista sobre as circunstâncias que levaram ao acidente, ele também deixou muitas perguntas sem resposta.

“Nós não sabemos ainda a razão pela qual um dos caras saiu”, disse o funcionário, que pediu anonimato porque a investigação continua. “Mas o que é certo é que no final do voo, o outro piloto está sozinho e não quer abrir a porta.”

 

uol

Vídeo: arrancada dá errado, mas piloto se salva

acidenteCorridas de arrancadas sempre reservam surpresas, tanto no Brasil como no exterior. Neste vídeo, um torcedor da arquibancada registrou o alinhamento do competidor e o acidente que aconteceu depois com um Chevrolet de 1955.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O mais interessante da sequencia é que uma parte do corpo do piloto fica para fora do Chevy após o capotamento e mesmo assim ele sai andando. A cena inacreditável ocorreu com o piloto Kelly Harvey. Ele disputava o tempo nos 400 metros contra um Chevrolet Camaro no Colorado, Estados Unidos, no autódromo Internacional de Pikes Peak.

Segundo relatos de Harvey, foi impossível controlar o carro em um determinado momento da pista. “Quando percebi, o Chevy já estava capotando”, conta. “Meus cintos de segurança não foram devidamente puxados e com isso fui arremessado, mas dei muita sorte”, agradece ele

Estadão

Ultraleve cai em em Picuí-PB e piloto sofre queimaduras

Campo-de-avição-de-Picuí-300x224O piloto de um ultraleve sofreu queimaduras após cair com um ultraleve em Picuí, no Seridó da Paraíba, neste sábado (18). De acordo com informações da Polícia Civil, o homem de 27 anos é natural de Pernambuco. O avião teve uma pane no motor, ele tentou arremeter a aeronave, mas perdeu o controle e caiu em um campo de aviação.

O ultraleve pegou fogo e o piloto foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. A vítima foi encaminhada para a ala de Queimados. A situação do paciente é considerada regular e ele não corre risco de morte.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Segundo o serviço social do hospital de Trauma, o piloto tem apenas queimaduras nos braços e pernas. Ele está consciente e passou por assepsia dos ferimentos, deveno ser submetido depois a uma cirurgia.

Bananeiras Online com G1PB

Paraíba é escolhida pela ministra Tereza Campello para implantar projeto piloto do programa ‘Brasil sem Miséria’

programaO Governo do Estado, por meio da secretária do Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, participou nesta terça-feira (19), no Palácio do Planalto em Brasília, do anúncio da ampliação do Plano Brasil sem Miséria. Na ocasião, a Paraíba foi escolhida pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, para implantar projeto piloto junto às comunidades quilombolas.

“O evento foi muito importante porque além de reduzir a extrema pobreza no país por meio do Bolsa Família, outras ações também vão contribuir para este enfrentamento. A Paraíba vai ser pioneira em um projeto de transferência de renda para comunidades Quilombolas”, frisou a secretária Aparecida Ramos, que ocupou, a convite do cerimonial da Presidência da República, a ala destinada aos ministros durante a solenidade no Palácio do Planalto.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Pioneirismo na Paraíba – A secretária Aparecida Ramos destacou que o Governo do Estado foi o primeiro do país a pagar o abono natalino para as famílias inscritas no Bolsa Família. Ela ressaltou que o Abono beneficiou 504 mil famílias inscritas na Paraíba, totalizando um investimento de mais de R$ 16,1 milhões pagos com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep).

Brasil Sem Miséria- A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (19), durante cerimônia no Palácio do Planalto, a extensão da complementação de renda do Bolsa Família para alcançar os últimos 2,5 milhões de beneficiários do programa que ainda permaneciam em situação de extrema pobreza.

Com a medida, não existirá mais, no Bolsa Família, nenhuma família com renda mensal inferior a R$ 70 por pessoa. Este é o valor adotado como referência no Plano Brasil Sem Miséria e representa o primeiro passo para que essas famílias possam superar a situação de extrema pobreza. A complementação de renda para esses 2,5 milhões de beneficiários do Bolsa Família terá investimento de R$ 773 milhões em 2013. O pagamento se inicia em março.

Desde o início do Brasil Sem Miséria, em junho de 2011, 791 mil famílias com este perfil foram localizadas, cadastradas e incluídas no Bolsa Família. Estima-se que ainda haja outras 700 mil fora do cadastro. Segundo a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, não há restrição orçamentária para a inclusão dessas pessoas nos programas sociais.

Secom PB 

Trem atinge moto em Bayeux-PB; piloto sobrevive, mas garupa é esmagada

tremNa tarde dessa quarta feira (13), um Acidente envolvendo um Trem e uma Moto termina uma Mulher Morta, e um homem ferido.
O condutor da moto o Senhor Marilson da Silva 42 Anos teve apenas escoriações, e a Maria do Carmo Silva Andrade 34 anos chegou a óbito no local, eles estavam em uma Moto Bros Preta Placa OSB 3815 Bayeux/PB na Av. Pedro Ulisses em Bayeux.
Segundo informações repassadas por moradores do local o casal estava em uma Moto quando eles tentaram ultrapassar a linha férrea e não havia se deparado com o Trem que estava vindo e terminou colidindo neles.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Maria do Carmo Silva Andrade de 34 anos que chegou a óbito no local reside na Carioca, Nº 380 Centro de Bayeux.
O Condutor da moto o Marilson da silva de 42 anos foi conduzido para o PA de Bayeux.
Estiveram presentes no local Policiais da 2ª Cia do 7º Batalhão SD Cleberson Farias da Viatura 5129, Sgt. Oliveira, Dr.ª Iumara da 5ª DD, USB 09.
Veja fotos do trágico acidente:
 

Blog Mari Fuxico