Arquivo da tag: Petista

Petista prevê população nas ruas para denunciar “ilegitimidade” de governo Temer

freianastacioO deputado estadual Frei Anastácio (PT), que já dá como “favas contadas” o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), acredita que apesar de um “cenário nebuloso” que se avizinha, o povo brasileiro dará a volta por cima e saberá reagir ao governo que se instalará no Brasil com a posse de Michel Temer (PMDB) como presidente da República

“A elite desse país deu um golpe como outros que aconteceram. O futuro  vai ser muito difícil, será sombrio, mas uma coisa é certa, vamos passar por muitas dificuldades, mas vamos dar a volta por cima porque vamos às ruas denunciar um governo ilegítimo e incapaz”, declarou.

O petista também fez um comparativo entre as gestões de Lula e Dilma e os governos que antecederam os do PT.

“Avaliando os últimos doze anos antes de Lula e os doze anos após Lula e Dilma, a diferença nesse país é enorme. A educação, as escolas técnicas, as universidades triplicaram, a saúde, a moradia e o salário mínimo, que quando Lula assumiu era de US$ 100 e passou para US$ 300”, disse.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Petista anuncia desfiliação e confirma pré-candidatura a vereador pelo PMDB em Belém

cezar mirandaApós anos dedicado a militância do PT, Cezar Miranda decidiu deixar o partido e ingressar no PMDB, onde colocou seu nome como pré-candidato a vereador. Em carta aberta, o agora ex-petista explicou os motivos que o levaram a sair da legenda antiga e se filiar a outro. Entre as razões apontadas por Cezar estão o apoio do PT a atual gestão do município de Belém.

Confira a carta

CARTA ABERTA DE DESFILIAÇÃO DO PT/BELÉM-PB.

Tenho pautado a minha vida sempre em busca da defesa das causas e da justiça social, também tenho lutado em defesa da juventude e do avanço da sociedade belenense, sempre norteado sob um olhar progressista. Em minha vida de militância mantive a coerência pelas minhas crenças ideológicas dentro do meu antigo partido, ao qual sou grato e tenho o maior orgulho de ter sido filiado durante esses dez anos. A saída do partido não deixa de ser um momento de tristeza em nossa vida militante. Mas chegou o momento de tomar esta decisão difícil, mas indispensável para buscar a construção do futuro e pensando na minha cidade de Belém/PB. Independentemente da mudança de partido, continuarei o mesmo e mantendo o meu esforço para construir espaços para a juventude e em defesa dos interesses populares, principalmente do meu município. Contudo, atendendo a pedidos de amigos e companheiros de luta que sempre foram leais e corretos comigo e após ouvir a família, tomei a difícil decisão de me desfiliar do Partido dos Trabalhadores (PT) da minha querida cidade, Belém/PB, me filiar ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e aceitar o desafio de lançar a minha pré-candidatura a vereador pelo partido.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Por decisão exclusivamente local, estou tomando essa decisão de sair do PT.

Justificando da seguinte maneira:

1- Não posso compactuar com as decisões do partido a nível local, tampouco o apoio e a sustentação que o mesmo dá ao “governo municipal”. Uma “gestão” que despreza e maltrata a população da cidade, não tem zelo pelo dinheiro público e que trata a coisa pública de maneira patrimonialista, ou seja, como sendo privada.

2- Na conjuntura política municipal a minha permanência no PT se torna insustentável. Por vários motivos, dentre os quais, a falta de espaço e diálogo, situação que impossibilitou o mínimo de convivência republicana.

3- Não tenho como concordar que os interesses pessoais prevaleçam sobre o coletivo e que tanto o partido quanto os filiados sejam colocados a reboque de quem quer que seja. Apesar da crítica, tenho o maior respeito e cordialidade com todos os amigos e companheiros da direção municipal do partido, afinal, a minha vida pública sempre foi pautada no respeito e correção.

4- Por último esclareço que a minha posição e entendimento a nível nacional, ou seja, sobre o cenário político que estamos vivenciando permanecem os mesmos, de defesa da democracia, do estado democrático de direito, da presidenta Dilma, eleita democraticamente através do voto e contra a tentativa de criminalização e linchamento público do ex-presidente Lula, responsável por melhorar a vida de milhões de brasileiros, principalmente daqueles que não tinham um horizonte. Aos amigos que construí e convivi durante os anos em que estive filiado ao Partido dos Trabalhadores, espero compreensão e respeito a minha decisão. Por fim, agradeço ao partido que me deu base e me ensinou a colocar as causas sociais e a luta por justiça em primeiro lugar.

Belém, 02 de abril de 2016.

Cezar Miranda.

Senador petista bate boca com Cássio e ironiza: “precisa de um neurologista”

senadorO senador Humberto Costa (PT) rebateu Cássio Cunha Lima (PSDB) em resposta ao pronunciamento do tucano em defesa do Impeachment da presidente Dilma Rousseff. O senador paraibano fez discurso conclamando os brasileiros a ficaram atentos e a apoiarem o impedimento da chefe do Executivo nacional, pois ela teria cometido crime de responsabilidade e o Supremo Tribunal Federal (STF) teria referendado a possibilidade de impeachment nesses casos.

Humberto contra-argumentou lembrando que o Supremo Tribunal Federal não se manifestou em momento nenhum sobre o mérito dos argumentos acerca da existência ou não de crime de responsabilidade da presidência da República.

“O que os ministros do STF tem dito – e é uma coisa óbvia – é que o mecanismo do impeachment está previsto na Constituição brasileira. Agora, a legitimidade do impeachment, a legalidade do impeachment, depende exatamente de que o governante tenha cometido crime de responsabilidade. E isso, até o presente momento, apesar de todo o malabarismo verbal da oposição, isso não se comprovou. E é um tema absolutamente polêmico se isso (as chamadas pedaladas fiscais) representa ou não crime de responsabilidade – e certamente que não representa”, enfatizou Humberto Costa. “É importante nós dizermos que nós consideramos um golpe (o impeachment da presidente Dilma)”, completou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ele também criticou a fala de Cássio que dizia que quem põe a bandeira do Brasil na janela da sua casa ou sai às ruas com ela seria, necessariamente, um defensor do impeachment. “Engano! Os que defendem efetivamente o Brasil são os que querem a manutenção da normalidade democrática, os que querem o cumprimento estrito da Constituição – e esses colocam também a bandeira do Brasil na frente das suas casas, vão para as ruas com a bandeira do Brasil”, rechaçou o senador petista.

Neurologista

O momento mais tenso do embate entre os dois senadores, foi quando Humberto Costa, que é médico psiquiatra, ironizou Cássio sugerindo que este precisava de ajuda médica para cuidar da memória, que estaria muito curta e seletiva em relação as ações dos governos do PSDB. “Lamento dizer, mas Vossa Excelência precisa urgentemente consultar um neurologista para que faça uma a avaliação de como anda a sua (memória)… “Vossa excelência é médico?”, interveio Cássio ao que respondeu Humberto: “Sim, sou”. Cássio treplicou dizendo que se consultaria com qualquer outro médico menos com o senador pernambucano.

“Vossa excelência está sendo deselegante, eu estou fazendo uma brincadeira e vossa excelência está sendo deselegante. Não tem vossa excelência condição de julgar minha capacidade profissional”, se defendeu Humberto.

“Eu queria dizer que vossa excelência está esquecendo que quem sai do Brasil para falar mal, lá fora, do nosso país é Fernando Henrique Cardoso, é o presidente do seu partido (Aécio Neves), são ex-integrantes do governo passado (do PSDB). Vão lá pra Nova York, Wall Streat pra dizer pra não investirem no Brasil porque não tem segurança para isso. Então, por isso eu sugeri, brincando, que vossa excelência procure um neurologista e eu refaço (a sugestão) brincando também, pra que vossa excelência recupere a memória disso”, justificou o senador pernambucano.

 

 

paraibaja

Veneziano lamenta indelicadeza de petista e atribui declarações a abalo emocional

venezianoO deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) lamentou as declarações do deputado estadual Frei Anastácio (PT) que chegou a sugerir ao peemedebista o uso de óleo de peroba ao acusá-lo de mentiroso.

Veneziano disse que sempre respeitou o colega e preferiu atribuir o pronunciamento do parlamentar ao momento conturbado que passa o PT.

“Tenho e continuo tendo carinho por Frei Anastácio, tenho a consciência tranquila, ele teve um gesto nada delicado, mas sempre o respeitei. Peço que ele deixe de fazer alusões emocionais. Acredito que ele fez isso de forma descabida e emocionada”, observou.

O pré-candidato a prefeito de Campina Grande lembrou que sempre reconheceu os avanços do governo do PT e não pode ser responsabilizado pelo rompimento com o partido.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Essa foi uma decisão quase unânime, enaltecemos as conquistas do governo federal, fomos fundamentais em 2002, renovamos o apoio em 2006, em 2010, lançamos companheiro de chapa do PT numa chapa que foi reeditada em 2014”, disse.

Veneziano explicou que o PMDB decidiu romper com o governo federal por conta do momento que o Brasil atravessa. Ele ainda evitou adiantar se será ou não favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

 

 

blogdogordinho

Socialistas revelam pré-candidaturas, mas petista mantém confiança na renovação da aliança

lucelio-e-ricardoPresidente do PT de João Pessoa, Lucélio Cartaxo disse nesta quinta-feira (27), durante entrevista concedida no programa Rede Verdade, do Sistema Arapuan, que o seu partido está preparado para qualquer cenário. Porém, segue a linha do irmão e prefeito Luciano Cartaxo, cujo assunto eleitoral prefere que a discussão só aconteça no próximo ano.

“Não temos o que temer, pois a população é quem vai decidir se o melhor é ter uma gestão transparente, que inaugura obras a cada dois dias em troca de promessas dos possíveis adversários”, afirmou.

Quando instado a falar sobre a aliança com os socialistas, que hoje jogaram no asfalto os nomes de Estela Bezerra, Hervázio Bezerra e João Azevedo (um dos três) como prováveis pré-candidatos do PSB; Lucélio adiantou que “estamos na expectativa da renovação da aliança vitoriosa de 2014. Eu estou confiante”, ressaltou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Relembrado o compromisso da campanha passada, quando foi o segundo mais votado na eleição para o Senado, o presidente petista argumentou que “foi bom para nós do PT. Vencemos com o governador Ricardo Coutinho e a população avalizou todo esse processo”, frisou se referindo a aliança entre petistas e socialistas.

Adiantou que “ano que vem a gente trata de eleições; agora o lema é trabalho, trabalho, trabalho…”.

Marcone Ferreira

Atacado nas redes, Jô brinca: sou petista de raiz

joO apresentador da Globo Jô Soares reagiu com bom humor às críticas à sua postura durante entrevista à presidente Dilma Rousseff exibida na noite de sexta-feira 12. Jô virou alvo por ter sido gentil com Dilma e ter dado espaço para que a presidente falasse à vontade, sem interrompê-la, bastante diferente de outras entrevistas na emissora, especialmente no Jornal Nacional, durante a campanha presidencial.

“Sou petista de raiz”, brincou Jô, ao comentar a entrevista com o jornalista Maurício Stycer, do portal UOL. “Antes, se eu entrevistava alguém do PSDB, era chamado de petista. E se entrevistava alguém do PT era chamado de tucano. É sempre assim”, acrescentou o apresentador.

Para ele, esta foi “a mais importante” entrevista de sua carreira e um “momento histórico” em seus 54 anos de profissão. “Pelo momento em que a gente está vivendo”, explica. “É um momento difícil para a presidente e achei corajoso ela me receber. Me deixou emocionado”, revelou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Logo na manhã de sábado 13, horas depois da conversa com Dilma, que foi gravada no Palácio do Alvorada, em Brasília, começaram a surgir, nas redes sociais, críticas como a de que ele recebe dinheiro do PT – por meio de captação da Lei Rouanet para espetáculos – é “petralha”, “fim de carreira” e “sem caráter”.

“Já tinha escrito aqui sobre a decadência de Jô Soares, ao transformar-se num defensor mentiroso de Dilma, mas o homem realmente chegou ao fundo do poço”, escreveu Rodrigo Constantino, em seu blog na Veja. O texto foi compartilhado pelo músico Roger, da banda Ultraje a Rigor.

Reinaldo Azevedo pegou mais leve: “Logo no início do programa, Jô classifica de ‘absurda’ a que chamou de ‘onda fora Dilma’ e afirma que ‘na democracia, quando a pessoa é eleita, tem de se respeitar o voto’ (…). Quando se faz um debate pautado pela lei, Jô Soares, não há ‘absurdo’ nenhum!”, defendeu o colunista.

 

 

brasil247

Deputado petista diz que ano é de “vacas magras” e pede compreensão de professores do Estado e da PMJP

anisioO deputado estadual do PT, Anísio Maia, comentou as greves dos professores do estado e também da Capital. De acordo com o parlamentar, os gestores estadual e municipal estão tendo que lhe dar com ajustes ficais que estão sendo impostos em todo o país. Anísio disse ainda que o ano é de dificuldades.

– Esse ano é de ‘vacas magras’. O governador explicou a situação. O prefeito não se negou a dialogar. A conjuntura agora, infelizmente, é desfavorável.

O deputado pediu que os grevistas voltem a dar aulas para evitar possíveis punições, pois, segundo ele, os alunos são os mais prejudicados com a paralisação. “A gente faz o apelo para não precisar aplicar medidas mais duras ou ter que substituir os profissionais”, alertou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

PB Agora

Governador petista afirma que Aécio Neves é “uma destilaria de ódio”

aecioPara o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), o candidato Aécio Neves (PSDB) erra ao dar destaque para a corrupção na campanha.

“Tenta-se fazer palanque sobre um tema rejeitado pela população”, observou em entrevista ao jornal Folha de São Paulo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O petista acusa Aécio de estimular o preconceito contra nordestinos e o PT, com ajuda da “elite conservadora paulista” e segmentos da imprensa.

“É uma destilaria de ódio”, afirma o baiano.

*fonte: uol

A história se repete: petista ignora Ricardo Coutinho e pode enfrentar mesmo problema de Luiz Couto

frei e coutoEntre os deputados estaduais que integram a base do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa, Frei Anastácio (PT) é o que mais tem resistido a aliança do partido com o PSB do governador Ricardo Coutinho.

Antenado com a Executiva Nacional, o deputado defendeu a coligação da legenda com o PMDB e em diversas ocasiões não escondeu o desejo de ser indicado a condição de vice. Com o inicio da campanha eleitoral, Frei Anastácio garantiu que vai seguir as determinações do partido, mas o seu esforço será pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Na primeira reunião com a sua militância no Hotel Xênius, em João Pessoa, quando deu a largada ao seu projeto de reeleição, o parlamentar fez uma análise da conjuntura política estadual e nacional, destacando a situação atual do Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba e no Brasil.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Durante a sua fala, Frei Anastácio deixou claro que a sua “principal prioridade será a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT)”. Em nenhum momento, o deputado se referiu de forma clara o apoio ao governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputa a reeleição e mantém aliança com o PT da Paraíba, inclusive, com Lucélio Cartaxo (PT) como candidato ao Senado Federal.

Com 41 anos de luta tendo como um dos principais focos os agricultores familiares e trabalhadores sem terra, os sem teto, as mulheres, os idosos, os excluídos da sociedade o parlamentar garante que está pronto para partir para mais um embate.

A postura meio que independente de Frei Anastácio, pode lhe render algumas dificuldades na campanha eleitoral e se repetir o que aconteceu com o deputado Luiz Couto em 2010. Na época, Couto se rebelou contra o PT e preferiu apoiar a eleição de Ricardo Coutinho, ao invés de defender a então candidatura de José Maranhão que tinha como candidato a vice o presidente estadual do PT Rodrigo Soares. Luiz Couto enfrentou dificuldade na campanha e que entrar na Justiça para ter direito de aparecer no guia eleitoral do partido, mas mesmo assim, foi reeleito.

PBAgora

Petista espera ‘que gente do Judiciário não intefira‘ em aliança PT/PSB

anisioO deputado Anísio Maia (PT) insinuou que interesses políticos de membros do Judiciário paraibano podem interferir ou influenciar na decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) quanto aos processos que envolvem a coligação do PT com o PSB para as eleições estaduais deste ano.

A informação foi publicada na coluna do jornalista Heron Cid, na edição desta quinta-feira (10) do jornal Correio da Paraíba.

“Espero que interesses políticos de gente do Judiciário não tentem interferir na decisão do TRE”, cutucou o deputado.

A aliança do PT com o PSB está sendo questionada na Justiça eleitoral pelo próprio PT nacional, que determina que a coligação do partido na Paraíba seja com o PMDB.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na petição de número 19.952/2014, a Executiva nacional pede a anulação da convenção da legenda na Paraíba, alegando que o partido descumpriu diretriz fixada pela instância superior, que estabeleceu, para o Estado da Paraíba, formar coligação com o PMDB, e não com o PSB.

Apesar da determinação nacional, o partido registrou chapa com o PSB, indicando Lucélio Cartaxo como candidato a senador na majoritária do governador Ricardo Coutinho. Assim, o TRE-PB irá analisar o pedido de registro da coligação PT/PSB e a petição nacional.

Reação

Ainda segundo a coluna de Heron Cid, setores do PT paraibano já têm no “colete e prontinho um plano de vingança, em caso do PMDB fazer conseguir, na Justiça, a obrigatoriedade de uma coligação majoritária e proporcional”.

A idéia é dificultar ao máximo a vida dos deputados estaduais do PMDB e concentrar forças para eleger o deputado Luiz Couto (PT) o terceiro da coligação, o que ‘mataria’ um federal do PMDB.

Cristiano Teixeira – MaisPB