Arquivo da tag: pessoas

Bando invade residências, mata duas pessoas, troca tiros com a PM e foge

Ao menos cinco homens invadiram duas residências e assassinaram duas pessoas na manhã desta sexta-feira (03), na comunidade do Torto, bairro do Baralho, em Bayeux.

De acordo com informações da Polícia Militar, os suspeitos chegaram pelo mangue e invadiram as residências. Um dos homens estava dormindo em uma rede no momento do crime.

A polícia foi acionada e chegou a alcançar os suspeitos, mas eles fugiram pela mata após uma troca de tiros.

 

Flávio Fernandes

 

 

Coronavírus: onze pessoas que tiveram contato com paciente que morreu na PB são monitoradas

Pelo menos onze pessoas que tiveram contato com o primeiro paciente que morreu por Covid-19, na Paraíba, estão sendo monitoradas pelos órgãos de saúde de Patos, município do Sertão paraibano, onde ele morava. A informação foi confirmada pelo diretor-geral da Vigilância Sanitária municipal, João Paulo de Lacerda, em uma entrevista coletiva, nesta terça-feira (31).

Equipes de saúde estão entrando em contato e orientando, por telefone, as pessoas que tiveram contato com o paciente. Perguntas são feitas para identificar se elas apresentam sintomas de contaminação e recebam atendimento médico.

O homem que faleceu nesta terça-feira (31) tinha 36 anos e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, desde o dia 26, após transferência hospitalar.

O diagnóstico do paciente foi confirmado na segunda-feira (30). Segundo a assessoria de cominação da Secretaria de Estado da saúde (SES), o paciente era diabético. Ele chegou a ser atendido no Hospital Universitário Lauro Wanderley, onde apresentou um quadro de insuficiência respiratória e foi entubado, e depois foi transferido para o Clementino Fraga, onde ficou internado na UTI.

Para evitar a disseminação da doença na cidade onde ele morava, João Paulo e a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Samara Marques, anunciaram medidas de contenção à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Entre as ações que foram anunciadas nesta terça, está a lavagem técnica de ruas em que estão localizados hospitais, unidades de pronto atendimento (UPA) e bancos.

Conforme a Vigilância Sanitária, outro homem que também é de Patos, está internado em João Pessoa com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. Ele teria feito uma festa com amigos, após chegar de uma viagem. Uma das pessoas que estava na comemoração era o homem de 36 anos que morreu.

G1

 

Coronavírus mata 5.690 pessoas na Espanha; mais de 70 mil infectados

As mortes na Espanha pelo novo coronavírus subiram em 832 em um dia, chegando a 5.690, com hospitais e necrotérios sobrecarregados e um chefe de polícia que lutou contra as lágrimas para anunciar a morte de um colega.

Atrás apenas da Itália em mortes, a Espanha também viu o número de infecções crescer para 72.248 neste sábado (28). Eram 64.059 no dia anterior.

O chefe de saúde de emergência, Fernando Simon, afirmou que a epidemia parecia ter chegado ao seu pico em algumas áreas, mas que a nação estava sem leitos de tratamento intensivo suficientes. “Continuamos a ter um grande problema com a saturação da UTI [Unidade de Tratamento Intensivo]”, disse Simon.

Com a Espanha preparando-se para entrar em sua terceira semana de quarentena, um prédio público não utilizado conhecido como “O Donut” foi o último a ser transformado em um necrotério improvisado, depois de um rinque de gelo municipal semana passada, afirmou a imprensa espanhola, incluindo o jornal El País.

Governo compra 1,2 milhão de máscaras

O chefe da Guarda Civil, José Manuel Santiago, ficou emocionado ao fazer homenagem ao chefe do grupo de ação rápida da sua organização, que morreu ontem de coronavírus.

Uma entrega de 1,2 milhão de máscaras compradas da China pelo Ministério do Transporte para funcionários da saúde, transporte e correios chegou ao aeroporto de Madri, afirmou o governo.

Escolas, bares, restaurantes e lojas de produtos não essenciais não funcionam desde 14 de março, e a maioria da população da Espanha está em casa na tentativa de limitar a expansão do vírus.

Agência Brasil

 

 

‘Quem retomou rotina antes da hora, condenou pessoas à morte’, afirma Cartaxo

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), neste sábado (28), divulgou em suas redes sociais uma nota sobre as carreatas realizadas na cidade pedindo o fim do isolamento social decretado por ele com o intuito de minimizar o contágio do novo coronavírus, causador da Covid-19.

“Todos queremos retomar a rotina, mas no tempo certo. Quem se precipitou, nesta decisão, condenou pessoas à morte. E o arrependimento não repara o grave erro”, declarou.

A Paraíba registrou até o momento catorze pessoas infectadas, sendo dez na capital, além de uma em Igaracy, uma em Sousa e duas em Campina Grande.

Leia texto na íntegra:

O momento atual não é apenas de crise, muito menos de disputas políticas, mas de luta pelo maior bem que existe: a vida. João Pessoa cumpre o protocolo internacional de prevenção à Covid-19, recomendado pela OMS. Em outros países, não seguir as orientações teve um custo pago com milhares de vidas humanas.

É inadmissível repetir este erro. Não se trata de opinião. A base está na ciência e na experiência. Ir às ruas para se manifestar contra o isolamento social expõe quem sai, quem precisou sair por alguma razão séria e até quem ficou em casa. Hoje precisamos, mais do que nunca, de gestos solidários, humanitários, de respeito ao outro, não de atitudes irresponsáveis que semeiam a discórdia e a desordem.

Eu agradeço à imensa maioria da nossa população, que entendeu a mensagem e fechou as portas ao vírus. Vamos continuar sendo agentes de proteção, não da transmissão de uma doença que não para de matar. Quem resolve sair de casa, sem levar a sério uma ameaça à saúde pública, desrespeita não só a lei, como também a própria vida e a vida do outro.

Todos queremos retomar a rotina, mas no tempo certo. Quem se precipitou, nesta decisão, condenou pessoas à morte. E o arrependimento não repara o grave erro. Trabalhar para recuperar a economia, já atingida, será uma missão no mundo todo. Voltar à vida normal, sim, como deve ser. Quando for a hora. Porque vida perdida não volta. Serenidade, paz e respeito, sempre. O bom senso e a humanidade vão vencer. Sigamos na luta! Que Deus nos abençoe!

paraiba.com.br

 

 

João Azevêdo sanciona lei para construir casas destinadas a pessoas de baixa renda

O governador João Azevêdo sancionou a lei 11.661, de autoria do Poder Executivo, que institui o novo programa de habitação popular do Estado da Paraíba – ‘Parceiros da Habitação’, destinado a atender, prioritariamente, às famílias com renda de até três salários mínimos. A lei, aprovada pela Assembleia Legislativa, foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (26).

A iniciativa do Governo do Estado, em parceria com entidades, prefeituras e mutuários, viabilizará a construção de casas que seguirão o padrão de 42,2m², tanto na modalidade conjunto, quanto isolada, sendo compostas por dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro, atendendo famílias com renda de até três salários mínimos.

As etapas do programa compreendem a análise da proposta e apresentação de documentos técnicos, sociais e jurídicos para a elaboração do cronograma de obra, seleção de beneficiários e assinatura do termo de cooperação e compromisso.

O estado participará com o auxílio econômico pré-estipulado, disponibilizará os projetos como assistência técnica, acompanhamento social e fiscalização da obra, podendo ofertar áreas para a implantação e colaborar com a infraestrutura.

Os parceiros poderão participar do programa através da disponibilização de materiais, mão-de-obra ou repasse de recursos. Os beneficiários selecionados também poderão participar como parceiros da iniciativa.

Secom-PB

 

 

Em Pilões, Policia retira grupo de pessoas da cachoeira Oricuri após descumprir Decreto

Um grupo de pessoas foram retiradas da cachoeira Oricuri localizada na zona rural do município de Pilões (PB). A informação foi dada pela Associação dos Amigos da Cachoeira do Oricuri (AACO), em sua página oficial no Instagram.
Segundo membros da associação, por volta das 11h20, algumas pessoas violaram o portão que dá acesso a cachoeira, desobedecendo determinações do Governo do Estado e do Governo Municipal, por meio de decretos.

A cachoeira está fechada por tempo indeterminado para evitar a aglomeração de pessoas no local e a propagação do coronavírus. Desta forma o Destacamento de Polícia Militar da cidade com ajuda do 4BPM, BPTRAN e a Força Tática, realizaram a retida das pessoas.

 

seligapiloes/MIDIA PARAIBA

 

 

Filtrar informações e usar redes sociais para ficar em contato com pessoas queridas pode contribui para manter equilíbrio mental

O surgimento de uma nova doença gera sempre a sensação de medo e insegurança nas pessoas. Foi assim com a Febre Amarela, o H1N1, e tantas outras patologias que integram a história da humanidade. O mesmo ocorre agora com a chegada do Coronavírus (Covid-19). A doença fez suas primeiras vítimas brasileiras nos últimos dias e está gerando pânico na população, que tem adquirido álcool em gel de forma cumulativa e, em alguns casos, fazendo até reservas de alimentos.

Diante de tal realidade, a psicóloga do Hapvida em João Pessoa, Danielle Azevedo, ressalta que além dos cuidados básicos, que englobam as etiquetas respiratórias, é preciso estar atento também a saúde mental em meio ao alto bombardeio de informações acerca da doença. “No meio a tantas informações, já era esperado que, em uma sociedade tão conectada como a nossa, o fluxo seria imenso diante de uma pandemia. Buscando o equilíbrio emocional, o melhor de tudo é filtrar o que chega e isso significa escolher alguns veículos de confiança para se informar e evitar compartilhar mensagens das quais não se sabe a procedência ou a fonte. Isso vale também para aquele momento de angústia em que se decide expor esse sentimento nas redes sociais”, esclarece. Ela destaca que as redes sociais são aliadas para manter contato com pessoas queridas nesse período de quarentena.

A especialista destaca que em situações de pandemias, como a que se vive na atualidade, manter o bem-estar da mente humana é essencial. “Vamos assumir que essa é uma situação completamente atípica e que foge ao nosso controle. O melhor então é voltar-se para dentro e pensar: o que posso fazer? Como posso contribuir como mãe, como filha, como cidadã? Tornar-se útil nesses momentos é uma boa medida para reduzir a sensação de impotência e ainda encontrar um sentido no meio de todo o problema”, orienta a psicóloga.

No caso de pessoas que já apresentam ansiedade, depressão ou outra perturbação do foro mental, a psicóloga afirma que em situações como a de pandemia, é possível que desenvolvam um agravamento do distúrbio. “Em casos como estes, as pessoas tendem a experimentar um agravamento de sintomas nos próximos dias e podem experimentar reações psicossomáticas caso vivenciem um ataque de pânico. Se isso acontecer, é importante não sofrer sozinho e buscar ajuda com um médico de confiança ou seu psicólogo, para que seja avaliada a necessidade de medicamentos ou outras medidas terapêuticas”, pontua.

Apesar de se ter a consciência de que o ser humano é naturalmente social, a psicóloga ressalta que ficar isolado pode ser bastante complicado e pode agravar ainda mais o quadro de ansiedade e o estresse do momento. “Por isso, tentar manter contato com pessoas queridas, como amigos e familiares é importante e as redes sociais podem ajudar nessa tarefa, fazendo com que as pessoas consigam interagir sem estar fisicamente presentes”, destaca.

Dicas – Pensando na melhoria da qualidade de vida da saúde mental do indivíduo, a psicóloga Danielle sugere algumas medidas para contribuir com este momento. “É uma ótima oportunidade para refletir sobre prioridades na vida e ainda pensar em novas formas de executar o trabalho ou colocar algumas atividades que estavam atrasadas em dia, por exemplo”, orienta.

Danielle Azevedo afirma ainda que a capacidade de lidar com problemas, adaptar-se à mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas é a definição de resiliência, que cai muito bem para esse momento atual. “Isso quer dizer: olhar o problema de frente, mas sem entrar em pânico e, ao contrário, pensar em formas de lidar com ele até que a situação melhore”, pontua.

 

Assessoria de Imprensa

 

 

PB tem duas mortes e quatro pessoas internadas suspeitas de coronavírus

Até a tarde desta sexta-feira (20), a Paraíba contava 114 casos suspeitos da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Dentre os casos citados, quatro deles estão hospitalizados, que já realizaram o exame e seguem aguardando o resultado das amostras para o resultado ser ou não computado.

Além dos quatro casos hospitalizados, outros dois casos estão em análise, tratam-se de duas mortes de pacientes que apresentaram sintomas suspeitos. Uma das mortes suspeitas ocorreu em João Pessoa, uma mulher de 39 anos, e outra foi registrada em Patos, no Sertão, nessa quinta-feira (19).

As informações foram repassadas na tarde desta sexta-feira (20), pela assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Saúde da Paraíba (SES), e são do secretário executivo de Gestão de Rede de Unidades de Saúde do Governo da Paraíba, Daniel Beltrame. De acordo com ele, o Estado está aguardando as amostras dos exames feitos nos pacientes que vieram a óbito, para que sejam computados ou não como casos confirmados de coronavírus.

“Qualquer um dos dois óbitos suspeitos ainda seguem como suspeitos, pois ainda não recebemos o resultado final de testagem. Então, eles ainda não viraram casos. Caso os testes deem positivo, eles virarão casos e entrarão em nosso banco de casos, do contrário, serão descartados também”, destacou Daniel Beltrame.

Suspeitos hospitalizados

Ainda conforme o secretário Daniel Beltrame, existem quatro pacientes com sintomas suspeitos do novo coronavírus que estão hospitalizados. Ele não falou detalhes sobre o local onde os pacientes estão internados, mas revelou que os exames já foram realizados e que agora aguardam os resultados. “No momento, o estado tem quatro casos suspeitos hospitalizados. Todos eles já foram testados e, agora, estamos aguardando o retorno destas amostras”, concluiu, sem dar mais detalhes.

Caso confirmado

O secretário ressaltou que na Paraíba, apenas um caso do novo coronavírus foi confirmado, informando que outros 40 casos suspeitos já foram descartados e que o monitoramento dessas pessoas segue sendo feito nas unidades de saúde do estado. Um homem de 60 anos, de João Pessoa, teve Covid-19, mas, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, ele foi tratado com isolamento domiciliar e já estaria curado.

 

portalcorreio

 

 

Projeto amplia gratuidade nos transportes intermunicipais para pessoas com deficiência

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (17), o Projeto de Lei 587/2019, da deputada Cida Ramos, que altera dispositivos da Lei nº 7.529/2004, ampliando a gratuidade nos transportes intermunicipais.

A proposta inclui nas regras da gratuidade as balsas que realizam o transporte de veículos e passageiros. Propõe também que a Lei se estenda para todos os dias, horários e linhas de transportes intermunicipais, independente de nomenclatura. A Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (FUNAD) ficará responsável pela expedição de uma carteira ao beneficiário, para que ele possa usufruir o direito à gratuidade nos transportes intermunicipais.

Cida Ramos, presidente da Comissão, ressaltou que a matéria surgiu após receber muitas reclamações de entidades que defendem os direitos das pessoas com deficiência. “Acreditamos que essas viagens devem acontecer independente da classificação do ônibus, seja convencional, executivo ou leito, assim como independente do dia e horário da semana” disse a autora da matéria.

Cida vai solicitar apoio ao Ministério Publico Estadual (MPPB) para que as leis em vigor no Estado destinadas ao seguimento sejam, efetivamente, colocadas em prática.

Também foi aprovado o projeto de Lei 1.016, do deputado Ricardo Barbosa, que dispõe sobre o direito preferencial para as pessoas idosas na aquisição de apartamentos localizados nos andares térreos de edifícios multifamiliares construídos por programas habitacionais. O parlamentar ressaltou que muitos prédios não têm elevadores, obrigando o moradores a fazerem o deslocamento através das escadas. “A ideia é melhorar a qualidade de vida dos idosos e deficientes”, disse Ricardo Barbosa.

Outro projeto aprovado, o 423/2019, de autoria do deputado Anderson Monteiro, cria o Selo Empresa Amiga dos Autistas, destinado aos estabelecimentos comerciais, que adotem política interna de inserção de pessoas com Transtorno de Espectro Autista no mercado de trabalho na Paraíba.

 

agenciaalpb

 

 

Adolescente morre e seis pessoas ficam feridas após carro capotar na BR-230 em João Pessoa

Um adolescente morreu e cinco pessoas ficaram feridas, após um capotamento, na madrugada desta segunda-feira (16), na BR-230, nas imediações da Unipê, em João Pessoa. Dentro do veículo estavam seis pessoas, eles vinham do aniversário do irmão do condutor do carro.

O motorista ficou preso em meio à ferragens e apresentava sintomas de embriaguez. O Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou a vítima.

O acidente teria acontecido, após uma manobra irregular do motorista. No veículo seguiam dois adolescentes de 14 anos um deles vítima fatal, dois homens e três mulheres.

O Samu também foi acionado e socorreu as vítimas para o Hospital de Trauma de João Pessoa.  O estado de saúde não foi divulgado.

 

clickpb