Arquivo da tag: pessoas

Operação contra tráfico e homicídios prende mais de 25 pessoas na PB

(Foto: Rafaela Gomes/ TV Paraíba)
(Foto: Rafaela Gomes/ TV Paraíba)

Pelo menos 25 homens foram presos nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (30) durante uma operação das Polícias Civil e Militar para desarticular o tráfico de drogas na cidade de Patos, no Sertão paraibano. Além das prisões, a polícia realizou a apreensão de drogas como cocaína e maconha, além de armas de vários calibres.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil a ação tem como objetivo o cumprimento a mais de 60 mandados de prisão e de busca e apreensão, em cerca de 50 pontos diferentes da cidade.

Ainda conforme a polícia, a investigação dos suspeitos presos durou cerca de seis meses. Os presos e os materiais apreendidos na operação estão sendo levados para a sede da 3ª Superintendência Regional de Polícia Civil, onde serão encaminhados, em seguida, para a Central de Polícia de Patos. Ao todo, 250 pessoas das Forças de Segurança estão participando da operação, denominada Sualk.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

11 pessoas foram presas na operação “Fim de Linha” na manhã desta quinta em Guarabira

presosApós quatro meses de investigação, na manhã desta quinta-feira (16), onze pessoas foram presas na operação “Fim de Linha”, desencadeada em conjunto com as Polícias Militar  e Civil, envolvendo 64 policiais.

Foram expedidos 14 mandados de prisão para membros de duas quadrilhas especializadas em roubar empresas, veículos de cargas e estabelecimentos comerciais, com destaque a roubos ao cofre de uma distribuidora de bebidas onde 90 mil reais foram levados em novembro de 2016  e o roubo a um dono de posto de gasolina em Guarabira, na ocasião, roubaram 59 mil reais.

Um dos grupos é liderado por Ailton Francisco, conhecido como “Nego Velho”, com ligações no Bairro do Rosário. O outro grupo é liderado por Raianderson dos Santos, conhecido como “Rai”, com ligações no Bairro do Nordeste. Segundo dr. Ricardo Sena, o grupo de “Nego Velho” teria praticado o roubo de uma grande distribuidora de bebidas no ano passado. Uma das quadrilhas era comandada por um presídio. A investigação durou 4 meses e é resultado do planejamento estratégico de combate a crimes patrimoniais violentos atribuídos aos comandos da Polícia Civil e Militar.

Foram presos:

Quadrilha 1- roubo às distribuidoras de bebidas e caminhões:

Raianderson dos Santos Oliveira “Rai”- presidiário, comandava a quadrilha ,

Valdemira Alves Fernandes , “Bia”, de 23 anos,

Jhonata Tacashi Ferreira , “Japonês”, 33 anos, (até o momento não foi pego),

Laelson Francelino da Silva , “Dedé”, 46 anos,

Edemilson da Silva Rosemiro, “Ném” ou Neném”, 18 anos,

Giovane Artom da Costa Moreira, 18 anos,

Zacarias Honório da Silva Filho, “Zaquinha”, 29 anos,

João Victor Pontes Ferreira, “vitinho”, 18 anos, presidiário,

Quadrilha 2- roubo a empresários, postos de gasolina e outros estabelecimentos:

Ailton Francisco- “Nego Véio”, cabeça da quadrilha, 25 anos, (até o momento não foi pego)

Joalisson Soares Ribeiro, “Galego”, 21 anos de idade, presidiário,

Erinaldo de Oliveira, “Vado”, 24 anos, (estava com passagem comprada para a fuga)

Josenildo Francisco, “Da Lua”, 23 anos,

Alison da Silva Moura, 20 anos, presidiário, (até o momento não foi pego).

Wellington da Conceição, “Pinduga”, 33 anos de idade.

“O dr. Hugo Lucena fará as oitivas para identificar o que cada individuo fez nestas ações. O assaltante tem uma peculiaridade. Eles se armam apenas para as ações, por isso, não foi encontrado nada na casa deles. Estas armas geralmente são emprestadas ou guardadas em outro local e no dia da ação eles as adquirem”, disse o dr. Ricardo Sena.

nordeste1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Operação “Rei Momo” detém 06 pessoas e apreende armas em Araruna

op3Uma operação conjunta entre as polícias militar e civil de Solânea deteve 06 pessoas e apreendeu armas e drogas na cidade de Araruna, no curimataú paraibano.

O objetivo da operação foi cumprir 10 mandados de busca e apreensão contra uma quadrilha que atuava no tráfico de entorpecentes na área e é investigada pela participação em um homicídio ocorrido no período carnavalesco.

Foram empregados cerca de 20 viaturas e 60 policiais civis e militares da 7ª Companhia Independente e da 21ª Delegacia Seccional.

O resultado foi positivo: 06 pessoas foram detidas, sendo duas autuadas por tráfico e posse ilegal de arma e outras 04 interrogadas pela participação no homicídio, além da apreensão de 03 armas de fogo e drogas.

O Delegado Diógenes Fernandes e o Capitão Mailson Cesar, que coordenaram a operação, destacaram a ação da polícia, que vem agindo repressivamente ao tráfico de drogas e de armas assim como atuando conjuntamente na prevenção de outros crimes em toda região do brejo e curimataú.

op1 op2 operação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

P/5 _ 7ª CIPM

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Carro com 11 pessoas capota após motorista se assustar com farol na PB

 (Foto: Walter Paparazzo/G1)
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um carro com 11 pessoas capotou na noite de domingo (5) em uma rua paralela à BR-230 no distrito de Várzea Nova, em Santa Rita, na região da Grande João Pessoa. Segundo o Corpo de Bombeiros, acionado para socorrer os feridos, o motorista perdeu o controle do veículo, um Chevrolet Chevette, após se assustar com um outro carro que passou no sentido contrário com farol em luz alta.

O motorista do Chevette, Manoel Ferreira, explicou que tentou fazer uma manobra para evitar uma batida e acabou capotando. Ele seguia com a família no carro no sentido para o bairro de Tibiri após visitar a sogra. Alguns ocupantes do carro ficaram feridos e foram encaminhados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Santa Rita antes do socorro do Corpo de Bombeiros.

Outros ocupantes do carro foram atendidos pelos bombeiros, mas apresentavam apenas escoriações. O estado de saúde das vítimas levadas para a UPA não foi informado pelo bombeiros.

Feridos foram atendidos pelos bombeiros na noite de domingo (5) (Foto: Walter Paparazzo/G1)Feridos em acidente com 11 pessoas dentro de carro foram atendidos pelos bombeiros na noite de domingo (5) (Foto: Walter Paparazzo/G1)
G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Cinco mil pessoas se despedem de jovem assassinada a tiro durante assalto na Capital

Foto: Cláudio Costa
Foto: Cláudio Costa

Cerca de cinco mil pessoas se despediram no final da tarde desta quinta-feira (16) da estudante Meirylane Thaís, 19 anos assassinada com um tiro durante um assalto ocorrido no início da noite desta quarta-feira (15), no centro de João Pessoa. O velório da estudante aconteceu durante toda a tarde desta quinta-feira (16) na Central de Velório Rosa Master, no centro de Itabaiana.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Cláudio Lima, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, além de diversos militares participaram do velório.

Ao conceder entrevista à Imprensa, o coronel Euller Chaves disse que não está descartada qualquer hipótese para explicar o assassinato da estudante.

A polícia já está de posse das imagens feitas para câmeras da rua onde o crime aconteceu e que já estão sendo analisadas.

Sobre o crime Meirylane Thaís,que cursava o 2º período do Curso de Biomedicina de uma universidade particular de João Pessoa, foi assassinada com um tiro durante um assalto ocorrido no início da noite desta quarta-feira (15) no centro de João Pessoa.

O tenente Santana, da Força Tática do 1º Batalhão, contou ao repórter Washington Luiz do Sistema Arapuan de Comunicação que jovem, que tinha 19 anos, caminhava pela Rua Barreto Sobrinho e na esquina com a Rua Adelino Cunha, no bairro de Tambiá, ele foi abordada por dois homens de moto.

Um dos homens, sacou de uma arma, anunciou o assalto e exigiu que a universitária entregasse a bolsa. Ele fez como o bandido mandou e logo em seguida, ele exigiu ela entregasse também relógio.

Nervosa, a estudante demorou a tirar o relógio e nesse momento o homem disparou um tiro acertando a cabeça da estudante que morreu no local. Logo em seguida, os bandidos fugiram levando apenas a bolsa da universitária.

O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) foi chamado apenas para constatar o óbito.

Paulo Cosme\Cláudio Costa\Esteniel Vieira

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Casar relaxa? Pessoas casadas têm menores níveis do hormônio do estresse

casal-felizUm estudo da Universidade de Carnegie Mellon, nos EUA, mostrou que os casados podem ter sorte no amor e na saúde. Pesquisadores encontraram uma evidência biológica para explicar como o casamento afeta a saúde e faz com que os casados sejam mais saudáveis que solteiros, divorciados e viúvos.

Durante três dias (não consecutivos), os cientistas coletaram amostras de saliva de 527 adultos saudáveis que tinham entre 21 e 55 anos. A cada 24 horas, amostras foram retiradas e testadas para o hormônio do estresse, o cortisol.

Em todos os testes, os participantes casados registraram níveis mais baixos do hormônio do estresse do que os solteiros ou os que já casaram anteriormente. O resultado, publicado na revista Psychoneuroendocrinology, suporta a crença de que os solteiros enfrentam mais estresse psicológico do que os que estão casados.

O estresse prolongado é associado com níveis aumentados de cortisol, que podem interferir na capacidade do organismo para regular a inflamação, que por sua vez, promove o desenvolvimento e a progressão de muitas doenças.

É emocionante descobrir um caminho fisiológico que pode explicar como os relacionamentos influenciam na saúde e na doença.”

Brian Chin, da Universidade Carnegie Mellon

Os pesquisadores também compararam o ritmo diário do cortisol de casa pessoa. Tipicamente, os níveis de cortisol atingem o pico quando uma pessoa acorda e caem ao longo do dia. Os casados mostraram um declínio mais rápido, um padrão que tem sido associado com menos doenças cardíacas e maior sobrevivência entre pacientes com câncer.

“Esses dados fornecem informações importantes sobre o modo como nossas relações sociais íntimas influenciam nossa saúde”, afirma o diretor e coautor do estudo, Sheldon Cohen, professor de psicologia da Universidade Carnegie Mellon.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

“Operação Botija” das polícias Militar e Civil de Solânea prende 6 pessoas e apreende armas, drogas e mais de meio milhão de reais

dinheiroUma Operação denominada de “Botija” foi desencadeada pelas Polícias Civil e Militar da 21ª DSPC e 7ª CIPM nesta quarta-feira (08) na cidade Arara, agreste da Paraíba. Foram cumpridos 06 mandados de busca e apreensão e 01 de prisão. Na ação foram empregados cerca de 50 policiais civis e militares de Solânea, Cassrengue, Arara, Riachão e Araruna.

Nas residências foram apreendidos dois revólveres, munições, várias porções de cocaína e maconha, balança de precisão, 04 caixas de cigarros contrabandeados e mais de meio milhão de reais em espécie.

Foram presos Cláudio Clementino de Sousa “Cacau”, 21 anos, Fábio Júnior Vicente de Araújo “Banana”, 23 anos, José Genival de Sousa Barros “Dude”, 18 anos Marinézio Ferreira, 41 anos e Jandeci Ferreira dos Santos, 59 anos.

presos

Segundo o delegado Diógenes Fernandes, o grupo foi preso após as investigações indicarem o cometimento de vários crimes. “As investigações indicaram que o grupo agia no tráfico de drogas, roubo e na comercialização de produtos contrabandeados em toda região”.

Segundo o Capitão Mailson, o dinheiro foi apreendido escondido em um cômodo na casa de um empresário. “Vamos confirmar a origem de todo esse dinheiro, porém as informações indicam que são origem ilícita”. Ainda segundo o Oficial, na casa do empresário foi apreendido um revólver e munições.

O mandado de prisão cumprido decorreu de processo criminal na cidade de Pilões pelo crime de roubo.

Todo material apreendido e os acusados foram levados a Delegacia Seccional de Solânea.

Focando a Notícia com Seção de Comunicação e Marketing _ 7ª CIPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

2,175 milhões de pessoas tiveram doenças ligadas ao ‘Aedes’ em 2016

dengueA previsão da tríplice epidemia se confirmou. Boletim divulgado nesta quinta-feira, 2, pelo Ministério da Saúde mostra que em 2016 o País conviveu com epidemias simultâneas: dengue, chikungunya e zika. Ao todo, foram 2,175 milhões de casos de infecções, com 846 mortes. Chama a atenção o expressivo número de óbitos provocados por chikungunya.

Durante 2016, 196 pessoas morreram em razão da infecção, 14 vezes mais do que o registrado em 2015, com 14 óbitos Quando o vírus foi confirmado no País, autoridades sanitárias afirmavam que a doença trazia pouco risco de morte. A zika, outra doença também que era tida como “prima fraca” da dengue, provocou 8 mortes.

O boletim indica que a epidemia de dengue ocorreu em todas as regiões do País. Os Estados mais castigados foram Minas (com 2.531 casos a cada 100 mil habitantes), Goiás (com 1.845 casos a cada 100 mil habitantes), Mato Grosso do Sul (com 1.684 casos a cada 100 mil habitantes) e Rio Grande do Norte (com 1.670 casos a cada 100 mil habitantes).

A chikungunya afetou sobretudo o Nordeste. Sete de nove Estados apresentaram níveis considerados muito altos, com incidência superior a 300 casos por cada 100 mil habitantes. No Sudeste, a maior incidência ocorreu no Rio, com 108 casos a cada 100 mil habitantes.

Os casos de zika foram em menor número: 215.319. A maior incidência foi no Mato Grosso (671 casos por 100 mil), Rio de Janeiro (414 casos por 100 mil) e Bahia (340 por 100 mil).

Estadão

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

PB tem 451 pessoas resgatadas de trabalho escravo em 12 anos, diz MPT

trabalho-escravoDados levantados pela Coordenadoria de Análise e Pesquisa de Informações do Ministério Público do Trabalho (CAPI/MPT) mostram que entre 2003 e 2015, pelo menos, 451 paraibanos foram resgatados em diversas regiões do país trabalhando em situação análoga ao trabalho escravo. Os dados foram divulgados pelo Ministério Público do Trabalho na Paraíba nesta sexta-feira (27).

“O nosso Estado é conhecido por ser um polo exportador de mão de obra. Os trabalhadores aceitam trabalhos degradantes, imaginando que não poderiam conseguir nada melhor. Eles se sujeitam a péssimas condições detrabalho e, muitas vezes, são enganados com falsas promessas”, disse o procurador do Trabalho Raulino Maracajá.

Em agosto do ano passado, 17 trabalhadores paraibanos de Patos, foram encontrados em situação de trabalho análogo à de escravidão, na cidade de Lajeado, no Rio Grande do Sul. Os paraibanos eram trancados pelos empregadores em uma cela instalada no baú de um caminhão quando não atingiam metas de venda.

Os trabalhadores paraibanos também afirmaram ter limitações de locomoção e jornada de trabalho excessiva.

De acordo com informações da polícia, os paraibanos recebiam uma quantia insuficiente para alimentação diária e dormiam dentro do caminhão, ou em redes do lado de fora do veículo.

O flagrante ocorreu durante uma operação realizada pela Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Ministério do Trabalho e Brigada Militar. Dois homens foram presos, suspeitos de de exercerem conduta análoga a escravidão.

Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo
A Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo começou na última segunda-feira (23) e o dia 28 de janeiro é lembrado por ser o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo.

A data foi instituída pela Lei nº 12.064 de 2009 e faz referência à Chacina de Unaí, onde quatro funcionários do Ministério do Trabalho, um motorista e três auditores fiscais, foram executados durante uma fiscalização em uma fazenda no Noroeste de Minas Gerais.

A proposta que define o que é trabalho escravo e prevê a expropriação de terras para quem utilizar mão de obra análoga ao trabalho escravo ainda está em análise na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

De acordo com o MPT-PB, a exploração do trabalhador vai desde a retirada de sua liberdade, até casos mais graves como a exploração sexual de crianças e o tráfico de pessoas. O Ministério do Trabalho caracteriza como trabalho escravo moderno aquele em que o trabalhador é submetido a trabalhos forçados, servidão por dívidas, jornadas exaustivas, condições degradantes, remuneração indigna, supressão de documentos, dentre outras, sendo considerados isoladamente ou em conjunto.

Trabalho escravo no Brasil (Foto: Editoria de Arte/G1)Trabalho escravo no Brasil (Foto: Editoria de Arte/G1)

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

TCE-PB dá prazo para demissão de oito mil pessoas no governo

tceDecisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) dá prazo de 180 dias para que o governador Ricardo Coutinho (PSB) e a secretária estadual de Saúde, Claudia Veras, regularizem a situação funcional de mais de oito mil “codificados” que atuam na Secretaria da Saúde do Estado. Essas pessoas não são concursadas, nem comissionadas e não assinaram nenhum tipo de contrato, mas exercem várias funções, são pagos de forma direta e que custam em torno de R$ 20 milhões por mês.

A decisão é resultado de um recurso de reconsideração interposto pelo governo do Estado em uma Inspeção Especial de Atos da Gestão de Pessoa, do ano de 2015, da Secretaria da Saúde (SES), que teve como relator o conselheiro Nominando Diniz, que já havia determinado providências sobre a situação de 8.521 “codificados”.

Na decisão em que negou provimento ao recurso, o TCE manteve o prazo para que a gestora da saúde estadual apresente um plano de ação para implementar o novo perfil hospitalar e o dimensionamento do pessoal “codificado” identificado no levantamento realizado pelo órgão. Além disso, o TCE pede que o Estado regularize a situação dos codificados que atuam nas áreas administrativas da SES e nas unidades de atendimentos médicos hospitalares, como também que cesse quaisquer contratações de prestadores de serviços e codificados sob pena de responsabilização pessoal pelo aumento do quadro atual, considerado excessivo pelo TCE.

Outra determinação é que o Governo do Estado adote preceitos constitucionais como a contratação por excepcional interesse público ou processo de seleção simplificado, com a devida divulgação no Diário Oficial do Estado da relação de todos os servidores que recebem a remuneração na condição de codificados, com os respectivos nomes, CPF, valor e a unidade de trabalho.

O Estado também deverá elaborar para envio à Receita Federal, as guias de recolhimentos previdenciários dos meses de janeiro de 2013 a dezembro de 2016 e fazer os ajustes necessários junto à Secretaria da Administração para a inclusão da folha de codificados nas informações enviadas ao TCE acerca da folha de pagamento de pessoal vinculada à administração direta do Poder Executivo já que informa que tem 127.383 servidores, sendo 112.089 na administração direta e 15.294 na indireta, deixando de registrar 8.521 “codificados”.

No caso de descumprimento da decisão, o governador Ricardo Coutinho e a secretária de Saúde, serão responsabilizados no julgamento das contas de 2017, pois já não poderá alegar que não foi alertado das irregularidades apontadas.

Jornal Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br