Arquivo da tag: pessoas

Covid: onze pessoas morreram vítimas da doença nas últimas 24h na Paraíba

Nesta segunda, 28 de dezembro, a Paraíba registrou 578 novos casos de Covid-19 e 16 óbitos confirmados desde a última atualização, 11 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 163.993 pessoas já contraíram a doença, 125.292 já se recuperaram e 3.635, infelizmente, faleceram. Até o momento, 527.060 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 48%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 45%. Em Campina Grande estão ocupados 50% dos leitos de UTI adulto e no sertão 68% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 578, nos quais 10 municípios concentram 537 novos casos, o que corresponde a 92,90% dos casos registrados nesta terça. São eles:

João Pessoa, com 447 novos casos, totalizando 41.251; Patos, com 42 novos casos, totalizando 6.999; Monteiro, com 12 novos casos, totalizando 1.522; Baraúna, com 09 novos casos, totalizando 154; Cabedelo, com 05 novos casos, totalizando 4.041; Cajazeiras, com 05 novos casos, totalizando 3.420; Taperoá, com 05 novos casos, totalizando 228; Campina Grande, com 04 novos casos, totalizando 15.270; Catolé do Rocha, com 04 novos casos, totalizando 1157; Desterro, com 04 novos casos, totalizando 129.

Até hoje, 192 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 16 óbitos registrados nesta segunda ocorreram entre 14 de novembro e 27 de dezembro, sendo 15 deles nas últimas 48h. Os pacientes tinham idade entre 45 e 92 anos.

Campina Grande (1), Itapororoca (1), João Pessoa (7), Juripiranga (1), Massaranduba (1), Marizópolis (1), Pitimbu (1), Pombal (1), São Sebastião (1) e Sousa (1).

 

PB Agora

 

Paraíba ultrapassa 160 mil casos de covid-19; seis pessoas morreram nas últimas 24h

A Paraíba ultrapassou, nesta terça-feira (22) o número de 160 mil casos de covid-19. Os dados foram divulgados em boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado da Saúde.

Ao todo, 160.611 pessoas já contraíram a doença, 124.217 já se recuperaram e 3.563, infelizmente, faleceram. Até o momento, 518.416 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Nesta terça, foram registrados 972 novos casos de Covid-19 e 11 óbitos confirmados desde a última atualização, 06 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento,

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 51%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 56%. Em Campina Grande estão ocupados 54% dos leitos de UTI adulto e no sertão 60% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 972, nos quais 5 municípios concentram 429 novos casos, o que corresponde a 44,13% dos casos registrados nesta terça. São eles:

João Pessoa, com 164 novos casos, totalizando 40.074; Patos, com 111 novos casos, totalizando 6.764; Sousa, com 90 novos casos, totalizando 3.504; Campina Grande, com 36 novos casos, totalizando 15.058; Santa Rita, com 28 novos casos, totalizando 4.030.

Até hoje, 189 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 11 óbitos registrados nesta terça ocorreram entre 02 de maio e 22 de dezembro, sendo 10 deles nas últimas 48h. Os pacientes tinham idade entre 43 e 98 anos:

Cajazeiras (1), Itabaiana (2), João Pessoa (3), Mogeiro (1), Nova Floresta (1), Nova Olinda (1), Rio Tinto (1) e Santa Rita (1).

 

PB Agora

 

Ex-prefeito e mais três pessoas ficam feridas em capotamento no Brejo da PB

O ex-prefeito de Lagoa Seca, José Tadeu de Araújo, de 50 anos, sofreu um acidente na estrada que liga Remígio a Areia, no Brejo paraibano, na noite desse domingo (20).

O prefeito e outras três pessoas foram socorridas e encaminhadas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

De acordo com a assessoria do hospital, o prefeito e Josilene Barros Araújo Barbosa, de 51 anos, já receberam alta. Josicleide Barros Araújo Barbosa, de 48 anos, está em observação na área verde e o estado de saúde é estável a quarta vítima, Ana Lívia Barros de Araújo, de 19 anos, está internada na enfermaria, também estável.

Ainda não há informações a respeito do que teria causado o acidente. Porém, a caminhonete ficou parcialmente destruída com a violência do impacto.

paraiba.com.br

 

 

PM encerra festa com mais de 200 pessoas e apreende drogas

Uma festa com mais de 200 pessoas foi encerrada pela Polícia Militar, na noite dessa sexta-feira (18), no bairro do Catolé, na cidade de Campina Grande. O evento violava as medidas de distanciamento social devido à pandemia do coronavírus.

No local, além da violação da medida sanitária, a PM informou que constatou adolescentes consumindo bebida alcoólica e entorpecentes. Foram apreendidas substâncias do tipo loló, cocaína e maconha, e quatro suspeitos foram conduzidos à delegacia.

No ambiente, a PM apreendeu sete frascos que totalizavam mais de quatro litros de loló, 49 frascos menores contendo a mesma substância, 10 cigarros e mais três porções de maconha, 14 porções de cocaína, além de três garrafas de vodka e 31 latas de cerveja.

Quatro pessoas foram conduzidas à delegacia como responsáveis pelo evento. O material apreendido também foi apresentado ao delegado de plantão. Os suspeitos arrecadaram a quantia de R$ 351 com a cobrança de ingressos e a venda de bebidas.

Tratavam-se de duas mulheres, de 24 e 19 anos, e dois homens, de 21 e 37 anos, que foram autuados na Central de Flagrantes de Campina Grande pelos crimes de corrupção de menores e tráfico de entorpecentes.

Sete adolescentes também foram conduzidos à delegacia na condição de vítimas e foram liberados na presença dos responsáveis legais após os procedimentos cabíveis.

 

Foto: Divulgação/Secom-PB

portalcorreio

 

 

Veículos pegam fogo e quatro pessoas morrem carbonizada na Paraíba

Quatro pessoas morreram carbonizadas após um acidente automobilístico grave, na tarde desta terça-feira (10), na rodovia estadual que liga os municípios de Desterro e Teixeira, na Paraíba. As vítimas ainda não foram identificadas.

O acidente grave aconteceu após uma colisão frontal entre dois veículos que, em seguida, pegaram fogo na estrada que liga esses municípios. De acordo com informações, cada veículo tinha dois ocupantes, totalizando quatro mortes. Moradores da região tentaram ajudar apagando o fogo, mas não foi possível salvar as vítimas.

Equipes da Polícia Militar de Teixeira, do Corpo de Bombeiros de Patos estiveram trabalhando na região para socorrer vítimas e apagar o incêndio. Uma ambulância e viatura do Corpo de Bombeiros estiveram no local do acidente. As causas da colisão ainda não foram divulgadas.

 

paraiba.com.br

 

 

Dez milhões de pessoas podem quitar dívidas por apenas R$ 50

A Serasa informou nesta segunda-feira (9) que 10 milhões de consumidores poderão quitar dívidas por apenas R$ 50. A ação faz parte do 26º Feirão Limpa Nome, que permite renegociar dívidas atrasadas com até 99% de desconto. O feirão começou na semana passada

Participam da iniciativa mais de 50 empresas de diversos segmentos, como lojas de departamento, companhias telefônicas, bancos e faculdades. A estimativa é que as ações podem dar a possibilidade para 64 milhões de consumidores regularizarem sua situação. O feirão vai até o dia 30 deste mês.

Para participar, o consumidor pode acessar um dos canais digitais da Serasa: site do Serasa Limpa Nome, WhatsApp (11 99575-2096) e aplicativo.

Nesta edição, a negociação poderá ser feita em mais de 7 mil agências dos Correios em todo o país. A ação permitirá ainda que, após a quitação da dívida, o consumidor tenha sua pontuação aumentada e assim obtenha melhores condições de crédito nas próximas compras.

Segundo a Serasa, o Brasil tem atualmente 62,7 milhões de pessoas com dívidas em atraso, das quais 15 milhões no estado de São Paulo. Apenas na capital paulista, há 4,2 milhões de pessoas inadimplentes.

 

agenciabrasil

 

 

Secretaria de Saúde da Paraíba anuncia que testará 9.600 pessoas para covid-19 a partir do dia 3

A Secretaria de Saúde da Paraíba anunciou, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (21), que o inquérito sorológico, que testará 9.600 paraibanos para a covid-19, será iniciado no próximo dia 3.

Os primeiros trabalhos relativos ao inquérito serão iniciados já nesta segunda-feira (26), como havia sido anunciado anteriormente, mas a pesquisa de campo só começa no dia 3. O resultado norteará a flexibilização de atividades no estado, incluindo a possibilidade de retorno das aulas presenciais nas escolas.

O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, explicou que a pesquisa será feita em 130 cidades, escolhidas de acordo com o número de casos de covid-19 notificados e com o perfil do Censo do IBGE. Os entrevistados serão submetidos ao teste para covid-19 em visitas domiciliares que serão feitas por um entrevistador e profissional de saúde, que coletará as amostras. A expectativa é que a pesquisa dure 60 dias.

 

clickpb

 

 

Número de pessoas na fila da adoção é nove vezes maior que o de crianças disponíveis, na PB

O número de pessoas que estão na fila da adoção é nove vezes maior que o de crianças disponíveis, na Paraíba, de acordo com Conselho Nacional de Justiça. O estado tem 50 crianças disponíveis e 467 pretendentes na fila.

No entanto, essa grande diferença entre uma quem quer adotar e quem deseja ser adotado, esbarra nas categorizações que são impostas pelos pretendentes. De acordo com dados do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA) do CNJ, a maioria dos pretendentes (380) só aceitam crianças de até seis anos. Além disso, 61% quer adotar apenas uma crianças, enquanto 36,2% adotaria duas.

Ainda conforme os dados, os adolescentes com mais de 12 anos são os que mais aguardam na fila de adoção, na Paraíba, sendo 26 crianças disponíveis a partir dessa idade. Há 32 crianças em processo de adoção mas a maioria tem até seis anos e não tem irmãos.

Os dados divulgados pelo CNJ ainda mostrando que 42 crianças foram adotadas desde janeiro de 2019, a maioria com até 9 anos de idade.

Uma criança ou adolescente pode receber a medida protetiva de acolhimento institucional ao se detectar uma situação de risco, negligência, abandono, maus-tratos, entre outras violações de direitos. A medida tem caráter temporário, até o retorno da acolhida, por adoção ou reintegração familiar, considerando o interesse da criança e do adolescente.

Na Paraíba, 278 crianças foram acolhidas, a maioria com 12 anos ou mais.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

G1

 

Carro cai em buraco e deixa 4 pessoas feridas, na cidade de Pedras de Fogo

Um grave acidente deixou quatro pessoas ficaram feridas envolvendo dois veículos, na manhã deste domingo (11), na PB-036, em uma estrada de barro próximo da Usina da Giasa, em Pedras de Fogo, no Litoral Sul paraibano.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, três delas ficaram gravemente feridas. O acidente aconteceu por volta das 11h30. Ao todo, foram deslocadas até o local sete viaturas do Corpo de Bombeiros, uma do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), além do helicóptero Acauã.

 

pbagora

 

 

Pesquisa aponta que 87% das pessoas foram impactadas por campanhas do Setembro Amarelo

Maior parte dos entrevistados pela Toluna viu anúncios em sites e em redes sociais; apenas 30% lembram de ações realizadas por empresas

As campanhas realizadas por entidades e por empresas em relação ao Setembro Amarelo, mês de conscientização para prevenção do suicídio, impactaram 87% das pessoas, indica pesquisa feita pela Toluna com 850 respondentes.

A forma de comunicação mais efetiva, segundo a pesquisa, foram anúncios em sites na internet: 45% dos entrevistados disseram ter sido impactados nessa mídia. Logo na sequência aparecem as campanhas em redes sociais (43%), os posts de amigos ou conhecidos nessas redes (39%) e anúncios em rádio ou TV (37%).

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização para a prevenção do suicídio, criada em 2015 no Brasil pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Centro de Valorização da Vida (CVV), com a proposta de associar a cor amarela ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

Quando perguntados se viram alguma ação promovida por empresas relacionada à campanha, apenas 30% dos pesquisados respondeu afirmativamente; 51% respondeu que não viram, 19% não souberam dizer. As marcas mais citadas foram (em ordem alfabética):  Bradesco, Globo, Itaú, Natura, O Boticário, Spotify, Uber e Unilever.

Questionados se conhecem ações voltadas ao Setembro Amarelo feitas pelo governo ou por ONGs, 62% disse conhecer, mas não ter participado. Já 23% disse conhecer e ter participado ativamente das ações, e 15% disse não saber.

Com relação ao CVV, que atua desde 1962 oferecendo serviço voluntário de apoio emocional em todo o país, 44% dos entrevistados afirmou conhecer e saber sobre o trabalho desempenhado pela entidade; já 43% disse já ter ouvido falar do Centro, mas não conhece seu trabalho; e 12% não conhece a organização. Entre os que conhecem seu trabalho do CVV, 80% considera suas ações satisfatórias.

A preocupação com o estado mental de outras pessoas foi identificada como predominante entre os participantes da pesquisa. 62% afirmou que costuma ajudar ou já ajudou quem esteja enfrentando esse problema, independente da relação; 34% também disse ajudar, mas especialmente se for da família ou alguma relação muito próxima. Apenas 3% disse não se importar.

A pesquisa da Toluna também questionou sobre a importância do governo em ações de prevenção ao suicídio. 93% respondeu que os cuidados com a saúde devem ser prioridade; 5% disse que são fundamentais, desde que não gerem custos elevados; 1% afirmou não saber e 1% disse que não, pois o governo tem outras prioridades.

A escola foi indicada pelos entrevistados como local ideal para abordar temas relacionados à prevenção do suicídio. Questionados sobre a necessidade de falar abertamente sobre o assunto nas escolas, 79% dos respondentes afirmou que sim, é importante falar abertamente sobre suicídio com os jovens; 15% disse ser favorável ao debate com os jovens, mas com cautela e somente com estudantes de ensino médio; 2% respondeu não saber e 2% disse ser contra, com receio de que isso possa incentivar os jovens. Já 1% disse que esse assunto não deve ser debatido nas escolas, mas sim em casa pelos pais.

A pesquisa ainda questionou os 850 entrevistados sobre a ocorrência de pensamentos suicidas, e se haviam buscado ajuda profissional. 60% respondeu nunca ter pensado em suicídio. Entre os que responderam que sim, 15% disse não ter pedido ajuda, 11% disse ter pedido ajuda a familiares e profissionais, 8% afirmou ter contado só com o auxílio de pessoas próximas e 4% buscou direto ajuda profissional.

A pesquisa da Toluna foi realizada entre os dias 20 e 22 de setembro de 2020, com 850 pessoas das classes A, B e C, segundo critério de classificação de classes utilizado pela Abep – Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, onde pessoas da classe C2 tem renda média domiciliar de R$ 4.500 por mês. Estudo feito com pessoas acima de 18 anos, de todas as regiões brasileiras, com 3 pontos percentuais de margem de erro e 95% de margem de confiança.

Recentemente a Toluna passou por um processo de rebranding e tornou-se a marca principal e holding do grupo que conta também com a Harris Interactive e KuRunData. As três empresas têm um histórico de fornecer insights sob demanda para muitas das principais empresas, agências e organizações do mundo, empregando 1.500 pessoas em 24 escritórios em seis continentes. Com 20 anos de inovação, a Toluna reforça sua visão contínua de democratizar a pesquisa de mercado.

 

Sobre a Toluna

A Toluna fornece insights em tempo real sobre os consumidores na velocidade da economia sob demanda. Ao combinar a escala global e a experiência local com tecnologia inovadora e design de pesquisa premiado, ajudamos os clientes a explorar o amanhã, agora. A Toluna é a empresa controladora da Harris Interactive Europe e da KuRunData. Juntos, elas se esforçam para levar o campo da pesquisa de mercado para um amanhã melhor. Para mais informações, visite tolunacorporate.com.