Arquivo da tag: pessoal

Em crise, UEPB anuncia fechamento de gráfica, corte de pessoal e leilão de veículos

A crise que assola a Universidade Estadual da Paraíba terá mais um agravante nesse segundo semestre do ano de 2019.

Segundo o reitor da instituição, o professor Antônio Guedes Rangel Júnior, já no final de mês de junho a gráfica da universidade fechará as portas, deixando de produzir papel timbrado e livros na quantidade que se fazia anteriormente. A informação do reitor foi divulgada nesta quinta-feira (16), durante entrevista à Rádio Campina FM.

Rangel explicou que todo o sistema está sendo migrado para o digital e por isso a universidade, diante do cenário de crise, tomou essa medida.

“A UEPB não tem dinheiro. Ano passado editamos 46 livros impressos, esse ano serão 23, é um corte de 50%”, argumentou.

Ainda conforme Rangel, outro corte que está previsto é a despesa com pessoal. A expectativa é que esse montante chegue a R$ 4 milhões;

“Parte desse pessoal vai para o setor de privatização e outra parte será demitida. Na terceirização vai para despesa de custeio, isso para ajudar o governo do Estado a cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal e desonera a folha. Se não tem os recursos do custeio, que é igual ao do ano passado, como é que vou aumentar em R$ 4 milhões? Para isso eu tenho que deixar de fazer algumas coisas”, explicou.

Além desses, outros cortes também estão previstos, um deles será o leilão de pelo menos 12 veículos cuja manutenção já não é mais viável para a instituição.

PB Agora

 

 

Dívida da gestão passada pode inviabilizar pagamento da folha de janeiro em Cacimba de Dentro

prefeituraA prefeitura de Cacimba de Dentro foi pega de surpresa neste dia 10 de janeiro. Ao verificar o valor de repasse do FPM o prefeito Nelinho Costa constatou que quase todo o valor foi descontado por dívidas previdenciárias referentes ao mês de novembro 2016 deixadas pela Gestão passada do ex-prefeito Edmilson Gomes.

O valor do FPM do município de Cacimba de Dentro é idêntico ao valor repassado aos municípios de Remígio e Bananeiras sendo ambas as cidades de coeficiente 1.2. Uma herança maldita foi deixada e outros descontos virão pela frente nas próximas parcelas que serão destinadas ao município.

No mês de janeiro até a folha de pessoal será prejudicada pelos descontos que foram efetuados, correndo o risco de não haver possibilidade de pagar a folha de pessoal do mês de janeiro. Um grande problema a ser enfrentado por Nelinho Costa que está numa verdadeira celeuma.

A gestão do atual prefeito começou a ser inviabilizada pelas atitudes do ex-gestor que pelo que se nota buscou prejudicar a administração de Nelinho, os servidores públicos e o povo da cidade. Uma verdadeira falta de respeito ao dinheiro público, pois essas dívidas deveriam ter sido pagas com o valor da repatriação que foi depositado ainda em 2016 e que foi gasto não se sabe de qual forma.

Infelizmente o prefeito Nelinho Costa viu restar R$ 4.757,12 mil reais nos cofres públicos. Fazendo um comparativo com as cidades que também são 1.2, a cidade de Remígio recebeu líquido o valor R$ 292.570, 90 mil reais e Bananeiras o valor de R$ 256. 952,30 reais.

Em Cacimba de Dentro o valor de R$ 320.794,00 mil reais foi descontado de débitos com a previdência social, pois não houve repasse anteriormente, mesmo tendo sido descontado dos servidores. O prefeito Nelinho Costa nos informou que antes tudo era feito às escondidas, mas agora a transparência é sinônimo da gestão do Novo Tempo para Cacimba de Dentro.
Vejam as imagens e constatem quanto entrou de FPM.

97ae4bef-83de-4c95-8aed-6c387582c3a8

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Michel Temer se surpreende ao saber de vazamento de carta pessoal à presidente: “Fato gravíssimo”

dilma-e-temerO vice-presidente Michel Temer acusou o Palácio do Planalto de ter vazado o conteúdo de sua “carta confidencial” a Dilma para a imprensa. Na carta, o peemedebista afirma se sentir um “vice decorativo” e menosprezado por ela.

Ao blog do Moreno, Temer ressaltou ainda que vê, sim, embasamento jurídico para a tramitação de um processo de impeachment contra Dilma.

Leia o que Temer disse ao blog do Moreno:

“Escrevi uma carta confidencial e pessoa à presidente da República. Tive o cuidado de mandar pessoalmente a minha chefe de gabinete entregá-la. Mais uma vez avaliei mal. Desembarquei em Brasília agora à noite e me surpreendi com o fato gravíssimo de o palácio ter divulgado uma carta confidencial. Eu já tinha me decepcionado quando os ministros Edinho Silva e Jaques Wagner divulgaram versões equivocadas do meu último encontro com a presidente, me deixando mal jurídica e politicamente. Eu havia sido comunicado pelo Eduardo Cunha que ele acolheria o pedido de impeachment. Reconheci seu direito de fazê-lo e depois o ministro Jaques Wagner colocou na minha boca a afirmação de que a decisão não tinha lastro jurídico. Constrangido, tive que desmenti-lo. O acolhimento tem sim lastro jurídico.”

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

PB Agora

TCE-PB dá prazo para prefeituras apresentarem documentos sobre contratações de pessoal

TCEA 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba reunida nesta quinta-feira (5) fixou prazos, de 60 e 90 dias, às Prefeituras de Belém do Brejo do Cruz, Barra de Santa Rosa e Pocinhos para que remetam documentação complementar, relativa a atos de pessoal questionados e em análise no órgão fracionário do Tribunal.

Trata-se, caso a caso, de processos relativos a acumulação de cargos e funções públicas, regularização de vínculos funcionais de Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combate a Endemias, e denúncia de prática de nepotismo.

Durante exame da pauta com 81 processos, 50 dos quais relacionados a pedidos de registro de aposentadorias e pensões para servidores públicos, ou seus dependentes.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A 1ª Câmara julgou regular as prestações de contas dos Fundos de Saúde de São José de Princesa e Manaíra, e irregular a do Fundo Municipal de Saúde de Salgado de São Félix, todas relativas ao exercício 2011.

Ainda na sessão votou pela regularidade de pregão presencial da Prefeitura de Cabaceiras, para compra de combustíveis, e de inspeção especial de obras de responsabilidade da Prefeitura de Manaíra, exercício 2014.

Foram julgados também regulares dois processos relativos a termos aditivos de contratos, em 2013, oriundos da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado.

Participaram da sessão, o conselheiro presidente da 1ª Câmara, Fábio Nogueira, conselheiro Marcos Costa, e os conselheiros substitutos Antonio Gomes Vieira Filho e Renato Sérgio Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas atuou o sub procurador geral Luciano Andrade de Farias.

PB Agora com TCE-PB

Ministros voltam a analisar a descriminalização do porte de drogas para uso pessoal

stfO STF (Supremo Tribunal Federal) incluiu na pauta de votação da quarta-feira (9) a retomada do julgamento sobre a descriminalização do porte de drogas para uso pessoal. O caso é o segundo item da pauta, mas os ministros ainda discutem se vão dar prioridade ao debate. O julgamento foi interrompido há mais de duas semanas porque o ministro Luiz Edson Fachin pediu vista, ou seja, mais prazo para analisar o processo, após Gilmar Mendes votar pela descriminalização do porte de drogas.

O caso em análise, que tramita desde 2011, terá efeito direto em outros 248 processos que aguardam posição do tribunal. Relator do caso no STF, Gilmar Mendes defendeu que não é crime o porte de entorpecentes para consumo próprio. Ele votou para que pessoas flagradas com drogas para uso pessoal estejam sujeitas a sanções civis, como aulas e advertência verbal. Mendes afirmou ainda que a criminalização do porte de drogas para consumo próprio desrespeita a decisão da pessoa de colocar em risco a própria saúde.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A discussão envolve a constitucionalidade do artigo 28 da Lei Antidrogas, que define como crime adquirir, guardar ou portar drogas para si. Hoje, quem é flagrado com drogas para uso próprio responde em liberdade, mas pode perder a condição de réu primário, além de ficar sujeito a penas como advertência, prestação de serviços à comunidade ou medida educativa.

O relator propõe que os suspeitos sejam apresentados a um juiz para que ele analise como a pessoa deve ser enquadrada. Hoje essa decisão é da polícia.

Ig

Governador remaneja mais de R$ 54 milhões de hospitais para pagamento de encargos com pessoal

Diário-OficialApós conseguir autorização da Assembleia Legislativa para remanejar R$ 950 milhões do orçamento do estado, o governador Ricardo Coutinho (PSB) já deu início à redistribuição dos recursos.

O Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (26) publicou remanejamento de R$ 54,3 milhões de hospitais estaduais para pagamento de encargos com pessoal.

Do Hospital de Trauma de Campina Grande, foram retirados R$ 24,3 milhões. Os hospitais de Patos, Cajazeiras e Sousa perderam R$ 26,4 milhões, R$ 2 milhões e R$ 1 milhão, respectivamente.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O chefe do executivo estadual também retirou recursos para a distribuição de pão e farinha de milho, na ordem de R$ 2,5 milhões, para a construção de casas populares na zona urbana.

 

blogdogordinho

Despesas com pessoal levam mais da metade dos recursos da saúde em 75% dos municípios da PB

devolvendo-dinheiroA necessidade de melhorar a qualidade e ampliar o acesso dos cidadãos à saúde tem se tornado cada vez mais evidente nos municípios paraibanos. Como consequência disso também é fundamental aumentar as despesas com pessoal, já que a força do trabalho dos profissionais é o principal componente para a prestação de serviços na área. O problema é até que ponto as prefeituras podem comprometer sua receita com o pagamento de servidores e até que ponto isso pode acabar afetando o produto final, que é a saúde dos cidadãos como um todo.

De acordo com levantamento do Blog do Gordinho junto ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), as despesas com a folha de pessoal têm comprometido em mais da metade os recursos voltados para a saúde em 75% dos municípios paraibanos. Das 223 cidades do Estado, 169 gastam mais de 50% das verbas para a área com o pagamento de servidores.

Segundo os dados, os municípios de Curral de Cima e Lagoa Seca são os que mais têm comprometido os recursos da saúde com o pagamento de pessoal. Curral de Cima usa 84,27% das verbas para pagar os servidores e Lagoa Seca, 80,54%.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Mas eles não são os únicos a ter esse alto percentual. Tem também aqueles que usam mais de 75% dos recursos da saúde para a folha de pessoal como é o caso de Arara (75,91%), Cabedelo (75,79%), Marcação (75,10%), Pilõezinhos (75,12%), São José de Espinharas (76,60%) e Soledade (75,95%).

Contudo, também há aqueles que preferem não investir tanto na contratação de profissionais e mantêm seus custos com a folha abaixo dos 40%. São os casos de Aguiar (38,25%), Assunção (33,50%), Bernardino Batista (36,12%), Lagoa (36,78%), Pedra Branca (30,44%), Poço Dantas (31,30%),Salgadinho (36,33), São Bento (34,52%), São José de Princesa (39,18%), São José dos Cordeiros (36,95%) e Tenório (35,62%).

E a que menos tem utilizado seus recursos na área da saúde para pagar a funcionários é São José do Bonfim, que compromete apenas 26,30 de sua receita com folha de pessoal.

Saúde custa R$ 573 por pessoa

No outro lado da ponta da saúde estão os cidadãos paraibanos. E o levantamento do blog junto ao Siops revela que cada paraibano está custando, em média, R$ 573 nos municípios. Apenas sete cidades investem mais de mil reais por pessoa na área da saúde. São elas: Amparo,Coxixola, Frei Martinho, Piancó, Quixaba, Riacho de Santo Antônio e São José do Brejo do Cruz. Em São Miguel de Taipu o custo na saúde, por pessoa, é de apenas R$ 287.

Confira aqui a situação do seu município

 

Por: Nice Almeida

blogdogordinho

Em um ano prefeita de Araruna dobra gastos na folha com pessoal comissionado

wilmamaranhaoComandando junto com seu grupo, há aproximadamente trinta anos os destinos politicos da cidade de Araruna no Curimatau paraibano, a prefeita Wilma Maranhão (PMDB) praticamente dobrou os gastos com o pessoal contratado sem o concurso público, ou seja. tais servidores foram admitidos na gestão por interesses políticos.

Segundo dados do programa Sagres no Site do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em janeiro do ano passado, Wilma gastou dos cofres públicos RS 115.000.244,40 com servidores comissionados, com uma folha de pessoal num total de R$ 830.806.97, algo absolutamente natural,se quando olhamos os gastos de dezembro, a líder da família Maranhão consumiu dos cofres públicos R$212.517.17 com comissionados, dobrando praticamente a folha para 1.658.249.59 num total de 719 servidores comissionados, efetivos, inativos e pensionistas, triplicando o numero de servidores contratados com o argumento de ser de excepcional interesse público saltando de quatro para quinze, ou seja, mais do que triplicando o efetivo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Outro número que chama atenção na gestão de Wilma foi o gasto de R$30.976.68 no mês de dezembro com contratações de pessoal com a justificativa de contrato por tempo determinado.

FALTA DE TRANSPARÊNCIA

O vereador de Araruna, Adaílson Bernardo (PSB), denunciou no ultimo dia 24 de fevereiro, a ausência de informações no portal da transparência da Prefeitura de Araruna conforme o previsto na Lei da transparência, Lei 131/2009.Segundo ele, o site não é atualizado e com isto estão impedindo dos cidadãos ararunenses a obterem informações sobre: receitas, despesas, folhas de pagamento, diários oficiais, Leis municipais entre outras informações. É o que dispõe a Lei Complementar 131/2009, mais conhecido como Lei da Transparência.

Adaílson disse ainda que vai comunicar este fato aos órgãos competentes, tais como: Ministério publico e TCE-PB para que as irregularidades sejam corrigidas.

É válido lembrar que Wilma Maranhão é irmã do senador José Maranhão (PMDB) e mãe do deputado federal Benjamin Maranhão (PMDB).

Redação

PB Agora

“Corte de quatro mil comissionados vai reduzir em 10% folha de pessoal”, revela secretário de Finanças

tarcioO secretário estadual de Planejamento, Orçamento, Gestão e Finanças, Tárcio Pessoa, disse, nesta quinta-feira (22), que a redução de cerca de quatro mil servidores comissionados da máquina pública vai gerar uma economia de cerca de 10% na folha de pagamento do Estado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Vamos ter uma redução consubstancial em comissionados, em prestadores de serviço, da folha de pessoal, será uma redução de cerca de 10%. O Estado tem cerca de nove mil cargos comissionados e agora vamos utilizar 5600. São quatro mil cargos que não estão sendo utilizados”, afirmou.

Apesar das declarações, Tarcio Pessoa não soube precisar quanto a redução de 10% vai representar em reais.

“Não posso dizer ainda por que estamos fechando a folha, que ainda está aberta. Com o fechamento vamos fazer o calculo com relação a folha anterior. Faremos a equação e chegaremos ao valor exato da economia”, declarou.

O secretário disse ainda que nesta folha de janeiro já será possível perceber também a redução nas despesas com diárias, de locação de imóveis e infraestrutura de veículos.

“Estamos cortando na carne, por que a situação nacional é complicada. Estamos fazendo o dever de casa”, disse.

MaisPB

Após quatro anos, Luiz Couto perde segurança pessoal da PF

LUIZ COUTOO deputado federal Luiz Couto (PT) foi informado pela Polícia Federal na última sexta-feira (17) sobre a suspensão de sua escolta policial, motivada por supostas ameaças de morte de grupos de extermínio na Paraíba.

A justificativa para a suspensão do serviço seria o custo para manter uma equipe de segurança à disposição do parlamentar que contava com o reforço policial há quatro anos.

O petista obteve a segurança em 2010, com interveniência da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, e atribui as ameaças a uma milícia que teria assassinado mais de 200 pessoas, inclusive o ativista, Manoel Matos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Luiz Couto suspeita de “retaliação” de delegados, pelo apoio a projetos que favorecem agentes da Polícia Federal, e já se queixou ao ministro da Justiça.

Em outubro de 2013, a Polícia Federal descobriu suposto plano de um ex-policial militar, que teria contratado dois pistoleiros para matar Luiz Couto. As informações são do colunista Claudio Humberto.

couto

BlogdoGordinho