Arquivo da tag: perseguido

Policial morto em Tacima/PB, teria se identificado antes do conflito e foi perseguido, diz jornal

O cabo da Polícia Militar da Paraíba, morto na última terça-feira (29) após suposto confronto com três policiais militares do Estado do Rio Grande do Norte na cidade de Tacima (PB), teria sido perseguido antes de ser morto. É o que afirma o jornal potiguar Tribuna do Norte em sua versão online.

De acordo com notícia publicada no final de semana e baseada nos depoimentos de 12 testemunhas, Edmo Tavares teria se identificado antes do conflito. Mesmo assim, os três policiais , que estariam cumprindo um mandado de prisão na Paraíba, teriam feito um disparo que atingiu Edmo na perna.

Mesmo ferido ele teria conseguido andar cerca de cem metros até o carro. Já no veículo o homem teria batido em uma cerca e até pulado o muro de uma casa para tentar evitar o confronto. “Para tentar se proteger, o policial pulou o muro de uma casa, mas logo foi alcançado pelos três PMs”, diz a notícia.

O resultado da necropsia foi divulgado na semana passada e mostra que o policial foi ferido com quatro disparos de arma de fogo, uma na perna, um no queixo e dois no tórax.

A investigação está sendo realizada pela Delegacia de Solânea na Paraíba. Os três policiais investigados pertencem ao setor de inteligência do Oitavo Batalhão do Rio Grande do Norte e foram afastados para prestar serviços em outros setores.

Blog do Pedro Júnior

Fontes: Márcio Rangel e Tribuna do Norte

 

 

Casal é perseguido e morto a tiros em Santa Rita, PB, diz polícia

Um casal foi perseguido e morto a tiros no início da tarde desta segunda-feira (17), no Alto das Populares, na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com informações da Polícia Civil, o casal tinha ido até a cidade Bayeux e quando retornava à casa, foram perseguidos e baleados ao tentar se esconder. O casal não resistiu e morreu antes de ser levado para um hospital.

De acordo com informações da Polícia Militar, as vítimas foram identificadas como Clara Estephanie Oliveira Santos, de 31 anos, e Daniel Henrique Alves da Silva, de 34 anos. O delegado que registrou o caso, Diego Garcia, explicou que o casal foi visto promovendo uma festa na casa em que estavam.

Ainda conforme a polícia, o casal havia ido em Bayeux comprar drogas e foi morto no retorno à Santa Rita. A equipe de perícia do Instituto de Polícia Científica (IPC) foi até o local e coletou os vestígios no local do crime. A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas, mas até a tarde desta segunda-feira, nenhum suspeito tinha sido localizado.

Os corpos foram encaminhados para Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), em João Pessoa, após o trabalho do IPC.

G1

 

Casal é perseguido por motos e baleado em João Pessoa

(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Um homem morreu e uma mulher ficou ferida em um tiroteio na noite de domingo (2) no bairro do Rangel, em João Pessoa. Segundo informações da Polícia Militar, o casal seguia em uma motocicleta quando foi perseguido por outras duas motocicletas. Dois homens, que seguiam nos caronas das duas outras motos, atiraram várias vezes contra o casal, que foi baleado e caiu do veículo.

O jovem baleado, de 18 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A mulher, namorada do jovem que guiava a moto, foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ela, que também tem 18 anos, passou por procedimentos médicos de emergência e até o início da manhã desta segunda-feira (3) seguia internada em estado de saúde grave.

O delegado Paulo Josafá, responsável por registrar o caso, suspeita que o envolvimento amoroso antigo da jovem baleada, namorada do homem que morreu no local, pode ter motivado o crime. “Consta que o jovem que morreu trabalhava em um lava-jato, era muito conhecido na comunidade, mas a companheira dele, que também foi baleada, segudo relatos de familiares, era ex-namorada de um ex-presidiário”, comentou.

A Polícia Militar foi acionada e fez buscas na área onde foi registrado o crime, mas até o início da manhã desta segunda-feira nenhum dos suspeitos tinha sido preso. O corpo do jovem morto a tiros foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Belém: Motorista tenta fugir de bloqueio e é perseguido por policiais do 4º BPM

policia militarUm motorista tentou fugir de uma operação policial que estava sendo realizada por militares do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) em Belém, município que integra a área do Batalhão. Ele foi perseguido pelos policiais, alcançado e teve o veículo, que estava com a documentação irregular, apreendido. As operações foram realizadas durante a noite de sexta-feira (3) e a madrugada deste sábado (4).

A operação integrada, sob o comando do major Gilberto, envolveu policiais do 4º BPM e da CPRV (Companhia de Policiamento Rodoviário Estadual), e estava sendo realizada na zona rural de Belém quando o motorista passou pelo local em alta velocidade, a aproximadamente 120 km/h, de acordo com os policiais.

Houve perseguição policial e o motorista foi alcançado já dentro da cidade de Belém. O motorista foi autuado e o veículo foi apreendido e removido ao pátio da 2ª Ciretran, em Guarabira.

POLICIAMENTO – Atendendo à solicitação de moradores, o comandante do 4º BPM, major Gilberto, vem intensificando a presença ostensiva da Polícia Militar nas comunidades de Pirpiri, Escrivão, Leallândia, Cachoeirinha e adjacências, tanto nas áreas rurais quanto nas áreas urbanas.

 

blogdofelipesilva com 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Após matar sobrinho de vereador, homem é perseguido e linchado até a morte em festa na PB

jovemUm agricultor de 25 anos foi assassinado a facadas quando participava de uma tradicional festa de Santana, no município de São José dos Ramos, na região da Mata paraibana, distante 59 km de João Pessoa, na madrugada desse domingo (31). O tio do jovem tentou salvá-lo, mas foi esfaqueado e ficou em estado grave. O suspeito do crime foi linchado até a morte. Uma pessoa ficou ferida.

Testemunhas relataram que a festa acontecia no sítio Lagoa de Pedra, na zona rural da cidade, quando houve uma briga entre vítima e o acusado. O agricultor teria sido atingido com várias facadas e morreu no local. O agricultor era sobrinho de um vereador da cidade. A convenção do PMDB que aconteceria nesse domingo foi adiada.

Os participantes do evento se revoltaram com a situação e começaram a espancar o suspeito do assassinato. Devido às pancadas e perfurações, o homem morreu antes de receber atendimento médico. Ele seria morador da cidade de Pilar, a 21 km de onde foi morto.

Duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Regional de Itabaiana. Uma das pessoas socorridas era tio do agricultor que, ao presenciar a confusão, tentou salvar o sobrinho, mas foi atingido com uma facada.

O Portal Correio ligou diversas vezes para a unidade de saúde para saber detalhes do quadro clínico das vítimas sobreviventes, mas os telefonemas não foram atendidos.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Homem esfaqueado é perseguido por acusado até o hospital de Solânea, mas sobrevive

plantão policialO encanador Hoziel Ferreira dos Santos, de 26 anos, foi esfaqueado durante uma briga no município de Solânea, nessa terça-feira (24). O acusado, conhecido apenas por Hélio, vendo que a vítima não havia morrido a seguiu até o hospital Regional na tentativa de matá-la. Porém, Hoziel conseguiu chegar até a unidade hospitalar e ser atendido, sendo medicado e liberado logo em seguida.

De acordo com as informações repassadas à polícia, Hoziel estava bebendo com Marísio Alberto Alves na casa de Joseane Nascimento, na rua Bela Vista, quando o acusado chegou e começou uma briga com a vítima. Durante o confronto Hélio acabou golpeando Hoziel com uma faca peixeira o esfaqueando em várias partes do corpo.

O encanador então correu para o hospital sendo perseguido pelo acusado até as proximidades da unidade, que tentava matá-lo a todo custo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A polícia realizou diligências na tentativa de prender o acusado, mas não obteve êxito. O motivo que teria levado vítima e acusado a iniciar a briga não foi revelado.

Redação/Focando a Notícia

Surfista teimoso é perseguido por tubarão na Austrália

tubarãoUm surfista tem sorte em estar vivo após ter sido perseguido por um tubarão branco de 3 metros, numa praia em Esperance, ao sul de Perth, na Austrália. Andy Johnston ignorou as sirenes de aviso sobre a presença do predador, continuou no mar e por pouco não foi atacado. O incidente aconteceu no último dia 21 de setembro, porém imagens do momento só foram reveladas nesta quinta-feira. Elas foram tiradas por um fotógrafo que estava na praia no momento. As informações são do Daily Mail.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Logo que o tubarão branco apareceu, autoridades locais tocaram as sirenes de segurança, que avisam sobre a presença do animal na praia. Surfistas e banhistas saíram da água. As fotos mostram o desespero de Johnston ao fugir do animal, que aparece bem atrás dele, que estava sozinho no mar. A perseguição só terminou bem perto da faixa de areia.

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

“Ele (o tubarão) parecia apenas curioso. Eu não quis dar a ele um motivo para me atacar, enquanto eu agia naturalmente, mantendo meus olhos nele. Eu não percebi que ele chegou tão perto enquanto eu ainda nadava para a praia perto dos demais surfistas”, contou Johnston, que prefere minimizar o “encontro”. “Eu provavelmente tenho maior risco de quebrar o pescoço nesse arrecife do que um tubarão me fazer mal”.

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

As fotos do surfista e o tubarão foram feitas por Frits De Bruyn, de estava de férias na Austrália, e aproveitou o momento para fazer as imagens. “Todos viram que era um tubarão e começaram a gritar. Ele o perseguiu até perto da areia”, lembrou De Bruyn.

Surfista ferido

Dias após a perseguição, no último dia 2 de outubro, um tubarão branco atacou e feriu um outro surfista numa praia da região. Sean Pollard perdeu um dos braços e a outra mão em um ataque.

 

Extra