Arquivo da tag: perigo

Bananeiras e mais 50 cidades estão sob perigo de acumulado de chuvas

Bananeiras e mais 50 municípios da Paraíba estão sob alerta de perigo potencial de acumulado de chuvas até as 23h59 desta segunda-feira (6).

De acordo com o Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), pode chover entre 20 e 30 milímetros por hora ou 50 milímetros ao longo do dia. Há risco de alagamentos e deslizamentos.

Moradores de áreas onde a previsão for confirmada devem evitar enfrentar o mau tempo e ficar atentos a possíveis alterações em encostas. Não é recomendado o uso de aparelhos eletrônicos ligados a tomada durante as chuvas.

Em casos de emergências, devem ser acionados o Corpo de Bombeiros (telefone 193) ou Defesa Civil (telefone 199).

Municípios sob alerta para acumulado de chuvas

  1. Alagoinha
  2. Alhandra
  3. Araçagi
  4. Bananeiras
  5. Bayeux
  6. Baía Da Traição
  7. Belém
  8. Caaporã
  9. Cabedelo
  10. Caiçara
  11. Caldas Brandão
  12. Capim
  13. Conde
  14. Cruz Do Espírito Santo
  15. Cuitegi
  16. Cuité De Mamanguape
  17. Curral De Cima
  18. Dona Inês
  19. Duas Estradas
  20. Guarabira
  21. Gurinhém
  22. Itabaiana
  23. Itapororoca
  24. Jacaraú
  25. João Pessoa
  26. Juripiranga
  27. Lagoa De Dentro
  28. Logradouro
  29. Lucena
  30. Mamanguape
  31. Marcação
  32. Mari
  33. Mataraca
  34. Mulungu
  35. Pedras De Fogo
  36. Pedro Régis
  37. Pilar
  38. Pilõezinhos
  39. Pirpirituba
  40. Pitimbu
  41. Riachão
  42. Riachão Do Poço
  43. Rio Tinto
  44. Santa Rita
  45. Sapé
  46. Serra Da Raiz
  47. Sertãozinho
  48. Sobrado
  49. São José Dos Ramos
  50. São Miguel De Taipu
  51. Tacima

FN com portalcorreio

 

 

 

Bananeiras e Solânea estão entre as mais de 100 cidades da Paraíba que receberam alerta de chuvas com perigo potencial

Mais de cem cidades paraibanas receberam, neste domingo-feira (07), um alerta feito pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), para o perigo potencial de acúmulo de chuvas. O comunicado é válido até as 8 horas da próxima segunda-feira.

De acordo com o órgão, poderá chover de 20 a 30 milímetros por hora, ou até 50 milímetros por dia, nessas localidades.

Há baixo risco de alagamento e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco.

Em caso de problemas, o órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

Município GeoCode UF
Alagoa Grande 2500304 PB
Alagoa Nova 2500403 PB
Alagoinha 2500502 PB
Alcantil 2500536 PB
Algodão De Jandaíra 2500577 PB
Alhandra 2500601 PB
Arara 2500908 PB
Araruna 2501005 PB
Araçagi 2500809 PB
Areia 2501104 PB
Areial 2501203 PB
Aroeiras 2501302 PB
Bananeiras 2501500 PB
Baraúna 2501534 PB
Barra De Santa Rosa 2501609 PB
Barra De Santana 2501575 PB
Barra De São Miguel 2501708 PB
Bayeux 2501807 PB
Baía Da Traição 2501401 PB
Belém 2501906 PB
Boa Vista 2502151 PB
Boqueirão 2502508 PB
Borborema 2502706 PB
Caaporã 2503001 PB
Cabaceiras 2503100 PB
Cabedelo 2503209 PB
Cacimba De Dentro 2503506 PB
Caiçara 2503605 PB
Caldas Brandão 2503803 PB
Campina Grande 2504009 PB
Capim 2504033 PB
Casserengue 2504157 PB
Caturité 2504355 PB
Conde 2504603 PB
Cruz Do Espírito Santo 2504900 PB
Cubati 2505006 PB
Cuitegi 2505204 PB
Cuité 2505105 PB
Cuité De Mamanguape 2505238 PB
Curral De Cima 2505279 PB
Damião 2505352 PB
Dona Inês 2505709 PB
Duas Estradas 2505808 PB
Esperança 2506004 PB
Fagundes 2506103 PB
Frei Martinho 2506202 PB
Gado Bravo 2506251 PB
Guarabira 2506301 PB
Gurinhém 2506400 PB
Ingá 2506806 PB
Itabaiana 2506905 PB
Itapororoca 2507101 PB
Itatuba 2507200 PB
Jacaraú 2507309 PB
João Pessoa 2507507 PB
Juarez Távora 2507606 PB
Juripiranga 2507903 PB
Lagoa De Dentro 2508208 PB
Lagoa Seca 2508307 PB
Logradouro 2508554 PB
Lucena 2508604 PB
Mamanguape 2508901 PB
Marcação 2509057 PB
Mari 2509107 PB
Massaranduba 2509206 PB
Mataraca 2509305 PB
Matinhas 2509339 PB
Mogeiro 2509404 PB
Montadas 2509503 PB
Mulungu 2509800 PB
Natuba 2509909 PB
Nova Floresta 2510105 PB
Nova Palmeira 2510303 PB
Olivedos 2510501 PB
Pedra Lavrada 2511103 PB
Pedras De Fogo 2511202 PB
Pedro Régis 2512721 PB
Picuí 2511400 PB
Pilar 2511509 PB
Pilões 2511608 PB
Pilõezinhos 2511707 PB
Pirpirituba 2511806 PB
Pitimbu 2511905 PB
Pocinhos 2512002 PB
Puxinanã 2512408 PB
Queimadas 2512507 PB
Remígio 2512705 PB
Riacho De Santo Antônio 2512788 PB
Riachão 2512747 PB
Riachão Do Bacamarte 2512754 PB
Riachão Do Poço 2512762 PB
Rio Tinto 2512903 PB
Salgado De São Félix 2513109 PB
Santa Cecília 2513158 PB
Santa Rita 2513703 PB
Sapé 2515302 PB
Serra Da Raiz 2515609 PB
Serra Redonda 2515807 PB
Serraria 2515906 PB
Sertãozinho 2515930 PB
Sobrado 2515971 PB
Soledade 2516102 PB
Solânea 2516003 PB
Sossêgo 2516151 PB
São José Dos Ramos 2514453 PB
São Miguel De Taipu 2515005 PB
São Sebastião De Lagoa De Roça 2515104 PB
Tacima 2516409 PB
Umbuzeiro 2517001 PB

Assessoria

 

 

O Perigo do EAD na Infância

*Leonardo Torres

Diante da pandemia do coronavírus, não demorou muito para as universidades do Brasil adotarem um sistema 100% de educação à distância (EAD). Parece até que tudo já estava planejado. Já os colégios demoraram um pouco mais para se adaptar, mas sabendo que o nível de inadimplência das mensalidades aumentaria, também migraram para o EAD. Essa preocupação com o ônus da instituição, muitas vezes camuflada pela própria instituição como uma “preocupação com a educação da criança”, fez com que os colégios não pensassem em um modelo educacional adequado para crianças e jovens, duplicando os já existentes nas universidades.

Isso é um problema: não se pode equivaler o que se aprende na infância (creche e escola) ao que se aprende na vida adulta (faculdade). A infância é de suma importância para o desenvolvimento de um indivíduo. Nela, o indivíduo aprende muito mais do que em uma faculdade, cujo conhecimento apreendido é mais específico. Neste momento inicial da vida, o indivíduo será apresentado à complexidade do mundo, da sociedade, da cultura, e por meio destas, irá tecer a sua própria complexidade. Cada experiência que um indivíduo sofre nesta época o transforma de alguma forma: das boas aos traumas, dos sons aos gostos, do calor ao frio, etc..

Reduzir as experiências da vida de uma criança pode ser crucial para o seu desenvolvimento. Parece que, se ela está segura diante dos aparelhos eletrônicos assistindo a uma aula on-line, ela não sofrerá com as adversidades da vida e isso será bom. Na realidade, assim como diz o ditado, “bons mares não fazem bons marinheiros”. Quanto mais experiências boas e ruins, mais um indivíduo estará preparado para a vida. Experiências como ralar o joelho, não ganhar um jogo, brigar com um colega e ter que pedir desculpas podem trazer muito mais aprendizado do que qualquer outro meio de educação. Lembrando que experiências somente boas ou somente ruins unilateralizam o indivíduo e sua complexidade também é reduzida.

Nesta crise pandêmica e em meio ao importante isolamento social, é quase impossível uma instituição promover atividades que demandem um relativo grau de complexidade das crianças, visto que a única solução atual de contato entre indivíduos tem sido o ambiente audiovisual, as redes sociais, a internet, etc.. Ambiente este que reduz a experiência humana aos sentidos da audição e da visão. Colocar uma criança por horas diante de uma tela que promove conteúdos supérfluos e estimula a audição e a visão é viciar a criança nos aparelhos eletrônicos; é transformá-las em usuários e não indivíduos. Nesta época tão importante do desenvolvimento infantil, é necessário que a criança fuja das telas e seja apresentada ao que é dor e alegria; ao azedo, amargo e doce; aos cheiros diversos; às texturas; à profundidade tanto do espírito (sujeito) quanto dos objetos.

Os aparelhos eletrônicos poderiam, sim, ser uma ferramenta para os pais estarem em contato com os professores e combinarem direções e atividades para cuidar e ensinar as crianças; e até para as crianças matarem a saudade dos amigos e dos professores. Falta ainda pensar e repensar esse sistema educacional infantil com a real preocupação no aprendizado da criança.

*Leonardo Torres, Professor e Palestrante, Doutorando em Comunicação e Pós-graduando em Psicologia Junguiana

 

Alertas de acumulado e perigo de chuva para 131 cidades da Paraíba são emitidos pelo Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu dois alertas, sendo um laranja de acumulado de chuva e um amarelo de perigo potencial de chuvas intensas para 131 cidades da Paraíba. No total, são 80 cidades em alerta de acumulado e 63 de perigo potencial, sendo 12 nas duas listas. Os alertas valem até às 8h do sábado (16).

No caso das cidades em alerta de acumulado de chuva, que já estavam sob alerta de perigo desde o início da manhã desta sexta-feira (15), o Inmet diz que pode chover entre 30 e 60 milímetros por hora, ou até 100 milímetros por dia.

Nestas cidades, há riscos de alagamentos, deslizamento de encostas e transbordamento de rios. O órgão orienta que as pessoas evitem enfrentar o mau tempo; observem as alterações nas encostas; desliguem, se possível, os aparelhos elétricos e o quadro geral de energia; e em caso de inundação, proteger pertences envolvendo-os em sacos plásticos.

Já nas cidades que estão em alerta amarelo de perigo potencial de chuvas, pode chover de 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Os ventos podem ser intensos, de 40 a 60 km/h nestas cidades, com baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

O Inmet recomenda que os moradores, em caso de rajadas de vento, evitem se abrigar embaixo de árvores. Veículos também não devem ser estacionados próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. A população deve evitar utilizar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Caso haja algum problema, o órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193. Alagoa Grande, Areia e Barra de Santa Rosa estão nos dois alertas.

Cidades em alerta de acumulado e perigo de chuvas na Paraíba nesta sexta-feira, 15 de maio — Foto: Diogo Almeida/G1

Cidades em alerta de acumulado e perigo de chuvas na Paraíba nesta sexta-feira, 15 de maio — Foto: Diogo Almeida/G1

Cidades em alerta laranja de acumulado de chuvas

  • Alagoa Grande
  • Alagoa Nova
  • Alcantil
  • Algodão De Jandaíra
  • Arara
  • Araruna
  • Areia
  • Areial
  • Aroeiras
  • Assunção
  • Baraúna
  • Barra De Santa Rosa
  • Barra De Santana
  • Barra De São Miguel
  • Belém Do Brejo Do Cruz
  • Boa Vista
  • Boqueirão
  • Brejo Do Cruz
  • Brejo Dos Santos
  • Cabaceiras
  • Cacimba De Dentro
  • Campina Grande
  • Casserengue
  • Catolé Do Rocha
  • Caturité
  • Cubati
  • Cuité
  • Damião
  • Dona Inês
  • Esperança
  • Fagundes
  • Frei Martinho
  • Gado Bravo
  • Gurjão
  • Ingá
  • Itatuba
  • Juarez Távora
  • Juazeirinho
  • Junco Do Seridó
  • Lagoa Seca
  • Massaranduba
  • Matinhas
  • Montadas
  • Natuba
  • Nova Floresta
  • Nova Palmeira
  • Olivedos
  • Paulista
  • Pedra Lavrada
  • Picuí
  • Pilões
  • Pocinhos
  • Puxinanã
  • Queimadas
  • Remígio
  • Riacho De Santo Antônio
  • Riacho Dos Cavalos
  • Riachão Do Bacamarte
  • Salgadinho
  • Salgado De São Félix
  • Santa Cecília
  • Santa Luzia
  • Santo André
  • Serra Redonda
  • Serraria
  • Soledade
  • Solânea
  • Sossêgo
  • São Bento
  • São José De Espinharas
  • São José Do Brejo Do Cruz
  • São José Do Sabugi
  • São João Do Cariri
  • São Mamede
  • São Sebastião De Lagoa De Roça
  • São Vicente Do Seridó
  • Taperoá
  • Tenório
  • Umbuzeiro
  • Várzea

Cidades em alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas

  • Alagoa Grande
  • Alagoinha
  • Alhandra
  • Araruna
  • Araçagi
  • Areia
  • Bananeiras
  • Bayeux
  • Baía Da Traição
  • Belém
  • Borborema
  • Caaporã
  • Caiçara
  • Caldas Brandão
  • Capim
  • Conde
  • Cruz Do Espírito Santo
  • Cuitegi
  • Cuité De Mamanguape
  • Curral De Cima
  • Dona Inês
  • Duas Estradas
  • Guarabira
  • Gurinhém
  • Ingá
  • Itabaiana
  • Itapororoca
  • Itatuba
  • Jacaraú
  • João Pessoa
  • Juarez Távora
  • Juripiranga
  • Lagoa De Dentro
  • Logradouro
  • Lucena
  • Mamanguape
  • Marcação
  • Mari
  • Mataraca
  • Mogeiro
  • Mulungu
  • Natuba
  • Pedras De Fogo
  • Pedro Régis
  • Pilar
  • Pilões
  • Pilõezinhos
  • Pirpirituba
  • Pitimbu
  • Riachão
  • Riachão Do Poço
  • Rio Tinto
  • Salgado De São Félix
  • Santa Rita
  • Sapé
  • Serra Da Raiz
  • Serraria
  • Sertãozinho
  • Sobrado
  • Solânea
  • São José Dos Ramos
  • São Miguel De Taipu
  • Tacima
G1

 

Inmet alerta para perigo potencial por chuvas em Bananeiras e mais 48 cidades da PB

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta na manhã desta segunda-feira (4) de perigo potencial em virtude de previsão de chuvas intensas para 49 municípios da Paraíba, incluindo a Grande João Pessoa. O aviso segue até as 8h desta terça-feira (5).

O Inmet indica que podem ocorrer chuvas com volumes entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia, com ventos intensos (40 – 60 km/h). As áreas atingidas na Paraíba são Agreste, Brejo, Litoral e Zona da Mata.

Conforme a previsão, há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O instituto aconselha que, em caso de rajadas de vento, as pessoas não se abriguem debaixo de árvores e não estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também devem evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Lista de cidades da Paraíba incluídas no alerta:

  1. Alhandra
  2. Araruna
  3. Araçagi
  4. Bananeiras
  5. Bayeux
  6. Baía Da Traição
  7. Belém
  8. Caaporã
  9. Cabedelo
  10. Caiçara
  11. Caldas Brandão
  12. Capim
  13. Conde
  14. Cruz Do Espírito Santo
  15. Cuité De Mamanguape
  16. Curral De Cima
  17. Dona Inês
  18. Duas Estradas
  19. Guarabira
  20. Gurinhém
  21. Itabaiana
  22. Itapororoca
  23. Jacaraú
  24. João Pessoa
  25. Juripiranga
  26. Lagoa De Dentro
  27. Logradouro
  28. Lucena
  29. Mamanguape
  30. Marcação
  31. Mari
  32. Mataraca
  33. Mulungu
  34. Pedras De Fogo
  35. Pedro Régis
  36. Pilar
  37. Pirpirituba
  38. Pitimbu
  39. Riachão
  40. Riachão Do Poço
  41. Rio Tinto
  42. Santa Rita
  43. Sapé
  44. Serra Da Raiz
  45. Sertãozinho
  46. Sobrado
  47. São José Dos Ramos
  48. São Miguel De Taipu
  49. Tacima

 

portalcorreio

 

 

Inmet emite alerta de perigo por chuvas para 98 cidades da PB

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de perigo na manhã desta quinta-feira (30) em virtude de previsão de chuvas intensas para 98 municípios da Paraíba. O aviso segue até as 10h desta sexta-feira (1º).

O Inmet indica que podem ocorrer chuvas entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia, com ventos intensos (60-100 km/h).

Conforme a previsão, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O instituto aconselha que em caso de rajadas de vento as pessoas não devem se abrigar debaixo de árvores ou estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, devem desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Lista de cidades da Paraíba incluídas no alerta:

  1. Alagoa Grande
  2. Alagoa Nova
  3. Alagoinha
  4. Alcantil
  5. Algodão De Jandaíra
  6. Alhandra
  7. Arara
  8. Araruna
  9. Araçagi
  10. Areia
  11. Areial
  12. Aroeiras
  13. Bananeiras
  14. Barra De Santa Rosa
  15. Barra De Santana
  16. Barra De São Miguel
  17. Bayeux
  18. Baía Da Traição
  19. Belém
  20. Boa Vista
  21. Boqueirão
  22. Borborema
  23. Caaporã
  24. Cabaceiras
  25. Cacimba De Dentro
  26. Caiçara
  27. Caldas Brandão
  28. Campina Grande
  29. Capim
  30. Casserengue
  31. Caturité
  32. Conde
  33. Cruz Do Espírito Santo
  34. Cuitegi
  35. Cuité
  36. Cuité De Mamanguape
  37. Curral De Cima
  38. Damião
  39. Dona Inês
  40. Duas Estradas
  41. Esperança
  42. Fagundes
  43. Gado Bravo
  44. Guarabira
  45. Gurinhém
  46. Ingá
  47. Itabaiana
  48. Itapororoca
  49. Itatuba
  50. Jacaraú
  51. João Pessoa
  52. Juarez Távora
  53. Juripiranga
  54. Lagoa De Dentro
  55. Lagoa Seca
  56. Logradouro
  57. Lucena
  58. Mamanguape
  59. Marcação
  60. Mari
  61. Massaranduba
  62. Mataraca
  63. Matinhas
  64. Mogeiro
  65. Montadas
  66. Mulungu
  67. Natuba
  68. Pedras De Fogo
  69. Pedro Régis
  70. Pilar
  71. Pilões
  72. Pilõezinhos
  73. Pirpirituba
  74. Pitimbu
  75. Pocinhos
  76. Puxinanã
  77. Queimadas
  78. Remígio
  79. Riacho De Santo Antônio
  80. Riachão
  81. Riachão Do Bacamarte
  82. Riachão Do Poço
  83. Rio Tinto
  84. Salgado De São Félix
  85. Santa Cecília
  86. Santa Rita
  87. Sapé
  88. Serra Da Raiz
  89. Serra Redonda
  90. Serraria
  91. Sertãozinho
  92. Sobrado
  93. Solânea
  94. São José Dos Ramos
  95. São Miguel De Taipu
  96. São Sebastião De Lagoa De Roça
  97. Tacima
  98. Umbuzeiro

 

 

portalcorreio

 

 

Corpo de Bombeiros monitora açude e alerta populares de Olho D’água para perigo de rompimento

A Prefeitura de Olho D’água, no interior da Paraíba, foi alertada nesta segunda-feira (27) pelo Corpo de Bombeiros Militar e a Defesa Civil que um açude situado no Distrito de Palmeira, município de Imaculada, pode se romper a qualquer momento.

O rompimento poderia causar alagamentos em Olho D’Água, além de destruição e transtornos para a população.

Os órgãos competentes pedem à população que mora próximo aos rios que saiam de suas residências.

De acordo com o coronel Saulo Laurentino, do Corpo de Bombeiros Militar, o local será monitorado por militares da corporação até que qualquer tipo de risco seja cessado.

“Nós vamos passar a noite por aqui nos revezando no monitoramento. Amanhã novas equipes chegarão, e nós estamos enviando equipes para o município de Olho D’água para uma prontidão através de apoio que nos foi dado lá e vamos montar uma estrutura para resposta com apoio de Itaporanga, Patos, Sousa e Pombal.”

“Todas essas cidades possuem unidades de Corpos de Bombeiros e estão enviando equipes, viaturas e embarcação para que possamos ter um quartel temporário no município de Olho D’água e acompanhar a situação para dar a melhor resposta possível”, explicou o coronel.

“A situação nos traz a preocupação, a gente aguarda os laudos das equipes técnicas e estamos fazendo o nosso trabalho no tocante a necessidade de saber a hora precisa caso venha a acontecer e fazer o devido aviso para que as guarnições possam responder o mais rápido possível, minimizando qualquer tipo de risco”, concluiu.

 

clickpb

 

 

Inmet emite alerta de perigo potencial de acumulado de chuvas para Bananeiras, Solânea e mais 76 cidades da Paraíba

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de perigo potencial de acumulado de chuvas para 78 municípios da Paraíba, localizados em regiões diferentes do estado. O aviso foi emitido às 11h deste domingo (26) e segue até às 11h da segunda-feira (27).

Conforme o alerta, poderá chover entre 20 e 30 milímetros por hora, ou até 50 milímetros por dia, nas cidades listadas. Há baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos.

O Inmet recomenda que os moradores das cidades listadas, que evitem utilizar aparelhos eletrônicos ligados à tomada e observem alterações nas encostas.

Caso haja algum problema, o órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

Lista das cidades com alerta de acumulado de chuvas

  1. Alagoa Grande
  2. Alagoa Nova
  3. Alagoinha
  4. Alhandra
  5. Arara
  6. Araruna
  7. Araçagi
  8. Areia
  9. Aroeiras
  10. Bananeiras
  11. Bayeux
  12. Baía Da Traição
  13. Belém
  14. Borborema
  15. Caaporã
  16. Cabedelo
  17. Cacimba De Dentro
  18. Caiçara
  19. Caldas Brandão
  20. Campina Grande
  21. Capim
  22. Casserengue
  23. Conde
  24. Cruz Do Espírito Santo
  25. Cuitegi
  26. Cuité De Mamanguape
  27. Curral De Cima
  28. Dona Inês
  29. Duas Estradas
  30. Fagundes
  31. Gado Bravo
  32. Guarabira
  33. Gurinhém
  34. Ingá
  35. Itabaiana
  36. Itapororoca
  37. Itatuba
  38. Jacaraú
  39. João Pessoa
  40. Juarez Távora
  41. Juripiranga
  42. Lagoa De Dentro
  43. Logradouro
  44. Lucena
  45. Mamanguape
  46. Marcação
  47. Mari
  48. Massaranduba
  49. Mataraca
  50. Matinhas
  51. Mogeiro
  52. Mulungu
  53. Natuba
  54. Pedras De Fogo
  55. Pedro Régis
  56. Pilar
  57. Pilões
  58. Pilõezinhos
  59. Pirpirituba
  60. Pitimbu
  61. Riachão
  62. Riachão Do Bacamarte
  63. Riachão Do Poço
  64. Rio Tinto
  65. Salgado De São Félix
  66. Santa Cecília
  67. Santa Rita
  68. Sapé
  69. Serra Da Raiz
  70. Serra Redonda
  71. Serraria
  72. Sertãozinho
  73. Sobrado
  74. Solânea
  75. São José Dos Ramos
  76. São Miguel De Taipu
  77. Tacima
  78. Umbuzeiro

 

G1

 

 

Inmet emite alerta de perigo por chuvas para toda a PB

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de perigo na manhã desta sexta-feira (24) em virtude de previsão de chuvas intensas para todos os 223 municípios da Paraíba. O aviso segue até as 11h deste sábado (25).

O Inmet indica que podem ocorrer chuvas entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia, com ventos intensos (60-100 km/h).

Conforme a previsão, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O instituto aconselha que em caso de rajadas de vento as pessoas não devem se abrigar debaixo de árvores ou estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, devem desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

 

portalcorreio

 

 

Inmet alerta para perigo potencial por chuvas em toda a Paraíba

Na manhã desta quarta-feira (15) o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu dois alertas na manhã desta quarta-feira (15) de perigo potencial em virtude de previsão de chuvas intensas para todos os 223 municípios da Paraíba.

O Inmet indica que podem ocorrer chuvas com volumes entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia, com ventos intensos (40-60 km/h).

Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

PB Agora