Arquivo da tag: PEN

Ricardo Marcelo diz que os deputados e lideranças do PEN permanecem com Cássio

Ricardo-MarceloO deputado estadual reeleito Ricardo Marcelo (PEN), presidente estadual do PEN e da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), afirmou nesta terça-feira (7) que o seu partido continuará ao lado do senador Cássio Cunha Lima (PMDB), candidato ao Governo do Estado pela coligação “A Força do Trabalho”, neste segundo turno.

De acordo com Ricardo Marcelo, não existem motivos para o PEN mudar de lado. Atualmente, o partido tem a maior bancada da ALPB com seis deputados. São eles: Ricardo Marcelo, Branco Mendes, Edmilson Soares, José Aldemir, Aníbal Marcolino e Toinho do Sopão. Estes dois últimos não foram reeleitos no primeiro turno da eleição ocorrida no último domingo (5).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Não tem porque a gente sair e buscar outra candidatura. Começamos ao lado de uma candidatura no primeiro turno e, por coerência, deveremos permanecer e ficar ao lado do candidato que o povo escolheu, pois, ele sagrou-se vitorioso no primeiro turno desta eleição”, disse Ricardo Marcelo à Rádio Correio.

WSCOM

Ricardo Marcelo diz que 70% do PEN está fechado com Cássio Cunha Lima

Ricardo MarceloO presidente estadual do Partido Ecológico Nacional (PEN), deputado Ricardo Marcelo, declarou, nesta segunda-feira (24), que o seu partido deve marchar com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) nas eleições estaduais de 2014. De acordo com Ricardo Marcelo, hoje a tendência pela pré-candidatura do senador tucano é de 70% dentro da legenda.

“O PEN está inclinado em 70% para votar no senador Cássio. Como esta semana nessa peregrinação no Estado inteiro talvez não tenhamos tempo de fazer uma reunião com todas as lideranças do partido para de forma unânime sabermos o caminho que devemos tomar. Mas, acredito que a tendência é para o senador Cássio”, declarou Ricardo Marcelo em entrevista ao radialista Ary Ramalho, na cidade de Patos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O presidente estadual da Assembleia Legislativa foi à cidade de Patos assinar convênio com a Câmara de Vereadores para a realização de um curso de capacitação de vereadores e servidores de poderes legislativos no Estado.

Roberto Targino – MaisPB

Deputado estadual anuncia condição para ficar no PEN

anibalO deputado estadual Aníbal Marcolino (PEN) disse nesta quinta-feira (5) que só irá permanecer no Partido Ecológico Nacional caso a legenda decida ter uma postura de oposição na Assembleia Legislativa e deixou claro que não vai esperar pela definição até 2014. “Eu não tenho condições de esperar até o próximo ano por uma decisão do partido”.

Marcolino explica que em uma reunião na semana passada, ficou decidido que o PEN vai definir sua postura política no dia 30, momento em que os que não ficarem satisfeitos com a postura de situação ou oposição saia da legenda em tempo para disputar as eleições 2014. “Aquele que acatar a decisão do partido vai permanecer. Aquele que não aceitar a decisão da maioria vai ter que sair”, disse.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
“Eu já disse que, se o partido definir ser um partido da oposição, eu continuo no partido. Se não for, ai eu vou ter que sair”, condicionou o deputado.

Afirmando que já recebeu convites do PP, PT, PSC, PTC, PTB e PMDB, Aníbal foi ‘popular’ sobre sua decisão. “Existe um ditado que diz: os incomodado que se retirem”.

MaisPB 

PEN inicia processo de interiorização na Paraíba com implantação de 16 comissões provisórias

ricardoO Partido Ecológico Nacional (PEN) vai iniciar sexta (3) e sábado (4) o processo de interiorização com a implantação de 16 comissões provisórias e com a filiação de lideranças. Nestes dois dias serão realizados eventos nos municípios de Soledade e Marcação, que contarão com a presença do presidente estadual da legenda, o deputado Ricardo Marcelo.

 

Na sexta-feira será realizado um evento em Soledade, onde ocorrerá a criação de cinco comissões provisórias. Além do representante do partido em Soledade o ex-prefeito Ivanildo Gouveia, participarão do evento lideranças dos municípios de Santo André, São Vicente, Gurjão, Boa Vista e Juazeirinho.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Já no sábado o encontro acontece em Marcação e contará com representantes dos seguintes municípios: Marcação, Baia da Traição, Capim, Rio Tinto, Itapororoca, Mamanguape, Cuité de Mamanguape, Jacaraú, Pedro Régis, Mataraca e Damião. “O Partido Ecológico Nacional estará bem fortalecido em nossa região. Tivemos o cuidado de escolher integrantes comprometidos com os mandamentos da legenda”, disse Sérgio Lima ex-prefeito de Capim e responsável pelo partido no município.

 

A criação das comissões provisórias está sendo realizada em parceria com os deputados que integram a legenda no Estado. “Nossa missão é fortalecer cada vez mais o partido e fazer com que ele esteja presente, nesse primeiro momento, nos principais municípios do Estado. Nossa meta é chegar aos 223 municípios do Estado”, destacou o presidente do PEN no Estado, o deputado estadual, Ricardo Marcelo.

 

O PEN – Na Paraíba o PEN conta com uma bancada formada pelos seguintes parlamentares: Ricardo Marcelo, Edmilson Soares, Branco Mendes, José Aldemir, Aníbal Marcolino, Janduhy Carneiro, Toinho do Sopão, João Gonçalves e Wilson Braga. Na ALPB o partido é liderado pelo deputado estadual José Aldemir.

 

O PEN foi criado em 19 de junho de 2012, quando obteve seu registro definitivo no Tribunal Superior Eleitoral. O presidente nacional é o deputado estadual por São Paulo Adilson Barroso, natural de Minas Gerais.

Fonte: Com assessoria

Parlamentares do PEN negam insatisfação e debandada de filiados da legenda no estado

PENVários parlamentares paraibanos negaram hoje durante entrevista ao PolíticaPB que estivesse havendo uma insatisfação interna por parte de alguns filiados do Partido Ecológico Nacional (PEN), que é presidido no Estado pelo deputado estadual, Ricardo Marcelo, e que têm hoje a maior bancada na Assembleia Legislativa da Paraíba, com um total de 10 deputados. Na ocasião, eles inclusive descartaram que esses deputados que integram a sigla não estivessem confortáveis no partido e que estivessem ameaçando deixar a legenda.

 

O deputado estadual Branco Mendes foi um dos filiados que negou qualquer tipo de suposição nesse sentido. “Eu não acredito em debandada no PEN. E responder por uma bancada de 10 não é fácil, pois cada um tem sua posição e o seu pensamento, então, eu prefiro que cada um dê a sua própria resposta. Mas, de uma coisa é certa, eu vou permanecer no partido. E pelo que tenho conversado com todos eles, até hoje não há notícia de insatisfação de nenhum deles, portanto eu acredito de esteja tudo bem”, garantiu Branco.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Apesar de achar natural que ocorra insatisfação de filiados dentro dos partidos, o deputado estadual, João Gonçalves, foi outro integrante do PEN que não acredita que colegas estejam insatisfeitos com a sigla. “Isso não existe não. E se houvesse, seria natural, até porque insatisfação acontece em qualquer lugar até mesmo na nossa casa, e no PEN não seria diferente. Mas, está tudo dentro da normalidade e se por ventura houver algum reclame vai ter o momento que teremos que rediscutir nossas posições e opiniões dentro do partido”, disse João.

 

Mais um filiado que negou essa tese foi o deputado estadual Toinho do Sopão. Ele também falou que não podia falar pelos colegas, mas também garantiu que não haja problemas dessa natureza existentes em seu partido.

 

“Também não posso falar pelos colegas e nem posso dizer se eles estão ou não confortáveis no partido, porque ainda não sentamos, não nos reunimos para de fato tomar os rumos que o PEN vai tomar de fato na Casa com relação a vários assuntos. Mas, como nosso presidente estadual, o deputado Ricardo Marcelo, é bastante maleável e sempre disse que não precisávamos mudar nossas opiniões e que poderíamos seguir da maneira que vínhamos seguindo, seja prol ou contra o Governo, de forma alguma estou vendo insatisfações entre os colegas. Na realidade, nós vivemos em plena harmonia dentro do PEN, e se por ventura surja alguma insatisfação creio que ao levar ao nosso presidente, ele sem dúvidas não fará objeções”, reforçou Toinho.

 

FONTE: ADAUCÉLIA PALITOT ? POLÍTICAPB

Vereador do PMDB de Guarabira confirma que vai assumir presidência do PEN

 
O vereador de primeiro mandato, Armando Rodrigues de Oliveira “Mallaguty” (PMDB), vai assumir a presidência do PEN (Partido Ecológico Nacional), em Guarabira. A informação nos foi dada pelo próprio. Por telefone, Armando Mallaguty disse que a decisão de migrar de partido é pela sua sobrevivência política.
Questionei-o sobre a campanha eleitoral de 2014, quando tanto, Ricardo Marcelo, presidente do PEN na Paraíba, quanto Raniery Paulino (PMDB), deverão disputar um cargo eletivo, provavelmente vão à reeleição para deputado estadual, com quem ele “ficaria” (votaria). Mallaguty foi enfático e disse que na conversa que teve com Ricardo Marcelo, ele o garantiu que disputará o cargo de senador ou de deputado federal.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Ele (Ricardo Marcelo) me garantiu que será candidato a um desses dois cargos e que eu estou à vontade para continuar no meu grupo político aqui em Guarabira.” argumentou, Mallaguty.

Fonte: Portal Mídia

PEN formaliza filiação do ex-governador Wilson Braga

 

O deputado estadual Wilson Braga formalizou, nessa segunda-feira (7), o seu ingresso no Partido Ecológico Nacional (PEN). Com ele, também assinou ficha de filiação à legenda a sua esposa, a ex-deputada Lúcia Braga.

Após assinar a ficha de filiação, Wilson Braga afirmou que chega para somar e construir um partido forte e que contribua para o desenvolvimento da Paraíba. “Não podia recusar o convite do amigo, meu presidente Ricardo Marcelo, para ficar ao lado dele na organização desse novo partido. Estou aqui para trabalhar junto com todos os demais filiados para o desenvolvimento sustentável do nosso estado”, destacou.

A ex-deputada Lúcia Braga destacou a satisfação em estar ingressando num partido que reúne um grupo com várias qualidades e talentos. “Estou aqui para abraçar esse trabalho sério pelo bem do povo paraibano. Fico ainda mais feliz com a possibilidade de desenvolver uma ação social com consciência ecológica sob o comando de um presidente honrado e digno, como é o deputado Ricardo Marcelo”, explicou.

Para o presidente estadual do PEN, deputado Ricardo Marcelo, o ingresso do ex-governador e da sua esposa representa muito para o quadro do partido. “Wilson e Lúcia Braga têm uma grande história de trabalho pelo bem da Paraíba. Em todos os cantos do Estado há a presença de alguma ação realizada pelo ex-governador Wilson Braga e a lembrança do trabalho incansável de Lúcia Braga em defesa do social, quando primeira-dama da Paraíba. Estamos muito contentes com essas adesões”, destaca.

O presidente também explicou que várias lideranças municipais estão pedindo a formação de diretórios em suas regiões. As propostas de desenvolvimento sustentável estão sendo compreendidas pelos paraibanos e bem aceitas entre a classe política. “Isso só confirma que estamos no caminho certo, na construção de propostas que beneficiem ao povo paraibano”, explica.

O PEN conta com uma bancada formada deputados Ricardo Marcelo, Edmilson Soares, Branco Mendes, José Aldemir, Aníbal Marcolino, Janduhy Carneiro, Toinho do Sopão, João Gonçalves e, agora formalmente, Wilson Braga. O partido é liderado pelo deputado José Aldemir.

Bandeiras – As ideias gerais defendidas pelo partido são: redução de emissão de gases do efeito-estufa nas grandes cidades; incentivo ao reaproveitamento e reciclagem de materiais; criação de varas ambientais especializadas e definição de regras para a aplicação do Código Florestal em áreas urbanas.

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia

Todos os 9 deputados do PEN entregam cargos comissionados à RC; ‘para atuar com independência’

Ricardo Marcelo Foto: google

Os nove deputados que integram a bancada do Partido Ecológico Nacional (PEN) na Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba (ALPB) formalizaram documento, durante reunião na noite desta quinta-feira (20), entregando todos os cargos ocupados dentro do Executivo Estadual ao governador, Ricardo Coutinho (PSB).

Através de nota, eles comunicam que para adotar a postura de independência colocaram os cargos a disposição. “Os deputados que integram a bancada do Partido Ecológico Nacional (PEN) na Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba (ALPB), de forma solidária e unanime, comunicam oficialmente que os cargos na estrutura do Governo do Estado exercidos por indicação política de responsabilidades dos signatários deste documento, estão a partir deste momento à disposição, cujas permanências ou exonerações serão de livre decisão de Vossa Excelência”, diz o documento.[bb]

A nota ainda afirma que “a iniciativa objetiva credenciar o partido a assumir postura de independência na atuação parlamentar, mantendo assim com autenticidade, obediência aos princípios da responsabilidade, ética e coerência na prática política”.

Por fim, os deputados renovam o compromisso de continuar trabalhando em favor dos interesses da Paraíba e dos paraibanos, sem qualquer vínculo oficial ao Governo do Estado.

O PEN conta com uma bancada formada pelos seguintes parlamentares: Ricardo Marcelo, Edmilson Soares, Branco Mendes, José Aldemir, Aníbal Marcolino, Janduhy Carneiro (que já entregou os cargos desde o início do seu mandato), Toinho do Sopão, João Gonçalves e Wilson Braga. O partido é liderado pelo deputado José Aldemir.

Paraíba.com.br com Assessoria

‘PMDB vai se juntar ao PEN nas votações de matérias do Governo’, afirma Trócolli

O deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) declarou que o seu partido vai votar a favor das matérias do Governo, “se for de interesse para a população”, conforme as palavras do parlamentar.

Trócolli afirmou que o PMDB vai se juntar a outro partido nas votações, e não é um  partido da bancada da oposição. “Sem dúvida, nós do PMDB também nos juntaremos ao PEN nas votações. O que for do interesse da população, dos professores e dos policiais militares voto é a favor. Do contrário, não tem acordo”.

O PEN declarou independência, mas já derrubou dois vetos do Governo. Os dois partidos juntos somam 17 deputados.

O presidente do PEN, Ricardo Marcelo, já afirmou que o voto a favor no plenário dos projetos do governo vai depender se interessa a população.

O Governo pode encontrar dificuldades para conseguir que os deputados a aprovem a prestação de contas do exercício de 2011, inclusive com as restrições observadas no voto do conselheiro-relator Umberto Porto, do Tribunal de Contas.

O julgamento deve acontecer na última sessão antes do recesso no mês de dezembro.

Pedro Callado / Marcone Ferreira

Depois de ganhar novo deputado na PB, PEN quer filiar prefeitos eleitos

Setenta e dois municípios paraibanos já encaminharam pedido para a instalação de Diretórios do Partido Ecológico Nacional (PEN). A informação foi repassada durante entrevista do presidente nacional da legenda, o ex-deputado Adilson Barroso, que nesta sexta-feira (9) no Quality Hotel, em João Pessoa. Na coletiva também foi anunciado o ingresso do deputado estadual, Wilson Braga, na legenda, fazendo com que a bancada do PEN passe a contar com 10 integrantes, anunciado o líder da bancada e revelado a intenção do partido de receber os vereadores e prefeitos eleitos sem que eles percam os mandatos.

Adilson Barroso revelou que o PEN está brigando para poder abrigar prefeitos e vereadores que foram eleitos no último pleito sem que eles percam os seus mandatos.

“Estamos lutando para trazermos prefeitos e vereadores. Vamos nos transformar em um ‘megapartido’ para defender a bandeira da sustentabilidade”, disse, o dirigente nacional afirmando que existem duas maneiras para que os novos eleitos possam ingressar no PEN.

A legenda não pôde disputar as eleições municipais deste ano justamente por sua data de fundação, que foi junho deste ano. Os partidos precisam do registro no TSE até um ano antes para participar do pleito. Segundo Barroso, o partido possui o direito de registrar os candidatos eleitos, mesmo que em outras legendas.

Adilson Barroso desembarcou em João Pessoa no início da tarde e foi recepcionado no Aeroporto Internacional Castro Pinto pelos deputados Ricardo Marcelo (presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba e presidente estadual do PEN), Branco Mendes, Janduhy Carneiro, Mikika Leitão, José Aldemir, Aníbal Marcolino, Toinho do Sopão (presidente do PEN na Capital), Edmilson Soares e João Gonçalves.

Logo depois, os deputados seguiram para o Quality Hotel e se reuniram com o dirigente partidário para discutir assuntos referentes à expansão do PEN na Paraíba e estratégias para alcançar ainda este ano o maior número possível de municípios. Em seguida foi realizada a entrevista coletiva.

A entrevista também serviu para anunciar quem será o líder da bancada do PEN na Assembleia Legislativa. O deputado José Aldemir terá a missão de comandar o maior bloco na Casa de Epitácio Pessoa, formado por dez deputados. Sobre o posicionamento que a bancada adotará, o presidente estadual, informou que esse tema ainda será melhor discutido, mas adiantou que a legenda tem a missão de defender os interesses do povo da Paraíba, tendo como principal foco o desenvolvimento com sustentabilidade.

Expansão – O presidente nacional informou que o PEN está entre os 15 maiores partidos entre os 30 existentes no Brasil e revelou que a meta é expandir cada vez mais. “Nós queremos eleger três senadores e de 15 a 20 deputados federais nas próximas eleições”, revelou, acrescentando que o partido pode ter candidato a presidente do País.

Na Paraíba, o deputado Ricardo Marcelo afirmou que a meta é ampliar o número de filiados e interiorizar o partido. Ele disse que o PEN chegará forte na disputa em 2014 e que pode ter candidato a governador, vice ou senador. “Isso vai depender de como trabalharemos a partir de agora, mas temos bons nomes”, destacou.

MaisPB com Assessoria