Arquivo da tag: passagem

Passagem de meteoro é registrada por câmeras, em João Pessoa

A passagem de um meteoro foi registrada na noite desta quarta-feira (19) por câmeras da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon), em João Pessoa. Outras quatro câmeras também registraram o fenômeno a partir das cidades de Araripina, Cabrobó e Ouricuri, em Pernambuco, e Juazeiro do Norte, no Ceará.

A Bramon calculou a trajetória do meteoro e concluiu que ele ocorre sobre o estado do Rio Grande do Norte. A passagem durou cerca de quatro segundo até desaparecer na cidade de Cruzeta. As imagens foram enviadas por Marcelo Zurita, da Associação Paraibana de Astronomia.

De acordo com Marcelo, o meteoro, que se trata de um fenômeno luminoso, estava em uma velocidade de 72 mil km/hora. Segundo ele, o fenômeno é observável porque atinge a atmosfera numa velocidade muito alta e acaba gerando uma bolha de gás incandescente.

O objeto tinha cerca de 1,5 kg e, conforme explica Marcelo, não deve causar prejuízo, porque a maior parte dele é consumida pela passagem atmosférica.

G1

 

Rio transborda, encobre ponte e interrompe trânsito e passagem de pedestre em Guarabira

As chuvas que atingem várias regiões da Paraíba têm trazido transtornos em várias localidades. Na cidade de Guarabira, no Brejo do estado, um rio transbordou interrompendo a passagem de carros e pedestres, na manhã desta sexta-feira (21).

Ao PB HOJE, o radialista Pedro Júnior, da Rádio Rural de Guarabira, relatou que A Rua Arnoud de Ché, ficou interditada devido ao transbordamento do Rio Guarabira. O trecho liga a Rua Prefeito Manoel Lordão à Rodovia PB-057, que dá acesso à UPA está interditado por causa do grande volume de água que encobriu a ponte.

“Os moradores da localidade pedem providências da prefeitura porque temem que a ponte caia. Eles relataram que o problema é antigo”, falou o radialista.

Outras localidades de Guarabira também apresentaram problemas devido às chuvas. “O trecho próximo a rua Prefeito Manoel Lordão, que dá acesso ao Conjunto Frei Damião, também apresentava muita água. A rua Joca Ataíde, no Bairro Novo, no trecho próximo às barracas de fogos, também apresentou um intenso fluxo de água”, relatou o profissional da comunicação do Brejo.

pbhoje

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

População queima vegetação para tentar acelerar passagem da transposição na PB

(Foto: Felipe Valentin / TV Paraíba)
(Foto: Felipe Valentin / TV Paraíba)

Preocupados com a lentidão da passagem das águas da tranposição do Rio São Francisco pelo leito do Rio Paraíba, os moradores da zona rural do município de Barra de São Miguel, no Cariri paraibano, estão ateando fogo na vegetação existente no meio do rio. A intenção é diminuir os obstáculos para que a água consiga passar com maior velocidade e chegue mais rápido ao espelho d’água do açude Epitácio Pessoa, conhecido como açude de Boqueirão. O reservatório está com apenas 3% da capacidade total de água.

Desde a madrugada da última quarta-feira (12), as águas já entraram na bacia hidráulica do açude (área total do que abrange o reservatório), mas o volume do manancial está tão baixo que, ainda na tarde deste domingo (16), faltavam cerca de 4 km para que a água da tranposição encontrasse com a água do açude, que abastece Campina Grande e outras 18 cidades da região.

O pintor Romero Ferreira, de Campina Grande, aproveitou o domingo para viajar até o Cariri para acompanhar a chegada das águas. Ele disse que está preocupado com as barreiras que a água está precisando enfrentar para passar e apoiou a iniciativa dos moradores. “Eu vim de Campina Grande para ver a realidade da água. Tem muitos obstáculos para a água chegar ao açude Epitácio Pessoa. Essa queimada foi o que ajudou. O capim aqui é muito alto. Ele queimando fica melhor”, disse o pintor.

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) garantiu que todas as obras e atividades necessárias para que o Rio Paraíba e os açudes recebessem as águas da tranposição foram feitas. Entretanto, na zona rural de Barra de São Miguel e de Cabaceiras, os moradores informam que não viram máquinas ou trabalhadores fazendo limpeza no leito do Rio Paraíba.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo sendo controlado não representa um risco, mas existe a preocupação de que as chamas se espalhem e atinjam outras águas, saindo do controle da população. O G1 tentou encontrar em contato com a Polícia Militar Ambiental, mas as ligações não foram atendidas.

Águas do Rio São Francisco chegam ao leito do Rio Paraíba, em Monteiro (Foto: Artur Lira/G1/Arquico)

Águas do Rio São Francisco chegam ao leito do Rio Paraíba, em Monteiro (Foto: Artur Lira/G1/Arquico)

A transposição

A água da transposição do Rio São Francisco chega à cidade de Monteiro, na Paraíba, através do eixo leste. Neste trecho, a água é captada na cidade de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco e viaja por 208 quilômetros até chegar a cidade paraibana. As águas chegaram a Monteiro, no dia 8 de março deste ano.

A água captada do Rio São Francisco passa por seis estações elevatórias de água, cinco aquedutos, 23 segmentos de canais e ainda 12 reservatórios. A intenção da crianção dos reservatórios é beneficiar as comunidades onde foram construídos e também garantir que a água não pare de correr pelos canais, caso seja necessário fazer algum reparo no trecho.

Os 12 reservatórios são: Areais, Braúnas (o maior deles, com capacidade para mais de 14 milhões de metros cúbicos de água), Mandantes, Salgueiro (5,2 milhões de m³), Muquem, Cacimba Nova, Bagres, Copití, Moxotó, Barreiro, Campos (o segundo maior com 8 milhões de m³) e Barro Branco.

Após cinco anos de seca, leito do Rio Paraíba recebe águas da transposição (Foto: Artur Lira / G1)

Após cinco anos de seca, leito do Rio Paraíba recebe águas da transposição (Foto: Artur Lira / G1)

Passagem da água na Paraíba

Depois de chegar a Monteiro, as águas do “Velho Chico” vão para o Rio Paraíba e através dele segue pelos açudes de São José I e Poções, ainda na cidade de Monteiro; pelo açude de Camalaú; pelo açude de Boqueirão; pelo açude de Acauã, em Itatuba; pelo açude de Araçagi e depois segue para um perímetro irrigado no município de Sapé.

O açude São José I já está sangrando com a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco. Já o açude Poções está com um volume de 6,6%, o açude de Camalaú está com 14,4%, o açude de Boqueirão está com 3%, o açude de Acauã está com 5,3% e o açude de Araçagi está com 71,3%.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Esta é última semana para comprar passagem aérea com bagagem grátis

Quem for viajar de avião nos próximos meses e quiser manter o direito de despachar bagagem sem custos extras deve comprar a passagem até a próxima segunda-feira (13). É que no dia seguinte (14) entra em vigor a nova resolução da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que acaba com a franquia obrigatória de bagagem despachada.

Nos bilhetes adquiridos até o dia 13, independentemente da data da viagem, as companhias aéreas são obrigadas a manter a franquia mínima de uma mala de 23 kg nos voos nacionais e duas malas de 32 kg nas viagens internacionais.

Nas passagens comercializadas a partir do dia 14, cada companhia aérea poderá definir suas próprias regras em relação à bagagem que será transportada no porão do avião. A Gol foi a única que já confirmou que terá dois tipos de tarifa para quem viaja com ou sem bagagem. A empresa não divulgou, no entanto, quanto será cobrado por mala.

Embora sem uma confirmação oficial até o momento, a tendência é que as demais companhias aéreas nacionais também adotem a mesma estratégia.

Nos voos internacionais, as empresas brasileiras e estrangeiras também não definiram suas estratégias e só devem divulgá-las quando a medida entrar em vigor na próxima semana. A própria Anac avalia que nas viagens para fora do Brasil o despacho grátis deve ser mantido, mas com redução do peso máximo das malas.

Redução dos preços das passagens?

Quando anunciou as novas regras, a Anac afirmou que essa é uma medida que visa diminuir o custo fixo das companhias aéreas e, consequentemente, forçar uma redução do preço das passagens aéreas. No entanto, com a liberdade tarifária, o superintendente de acompanhamento de serviços aéreos da Anac, Ricardo Catanant, afirmou na época que não havia como dar garantias de que isso realmente iria acontecer.

“A agência não pode dizer que os preços vão cair por conta de outros fatores, como a situação econômica do país, os custos do petróleo e a cotação do dólar. Mas o comportamento no mundo todo demonstra que isso se reflete em benefícios aos passageiros”, afirmou Catanant na ocasião.

Nova regra vale para quem comprar passagem a partir de 14 de março (Foto: Lucas Lima/UOL)

Um dia após a aprovação da resolução pelo conselho da Anac, o Senado aprovou um projeto para suspender o artigo que permitia a cobrança de bagagem despachada. O projeto, no entanto, ainda depende de aprovação na Câmara dos Deputados, e o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), já deu sinais de que não pretende colocar o assunto em votação.

Em entrevista ao Todos a Bordo, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Maurício Quintella, afirmou que estava disposto a ir pessoalmente conversar com os deputados para tratar do assunto. O ministro disse estar convicto da queda dos preços das passagens e ameaçou até mesmo revogar a medida caso isso não ocorresse.

“Será que com essa modificação a gente vai ter a garantia da diminuição do preço? Nós temos que tentar, porque onde isso foi implementado no mundo deu certo e o preço caiu”, disse. “Nós vamos acompanhar. Isso é o que toda a população espera. Se isso (queda dos preços) não acontecer, com certeza será revisto”, completou.

Outras mudanças

A resolução da Anac também traz outras mudanças importantes para quem viaja de avião. O limite de peso da mala de mão aumenta de 5 kg para 10 kg, como uma forma de compensar o fim da franquia de bagagem despachada. A partir do dia 14, companhias aéreas, agências de turismo e demais serviços são obrigados a divulgar o preço final da passagem, com todas as taxas já incluídas. O passageiro também terá até 24 horas para desistir da compra do bilhete sem custos extras. Antes, a cobrança de multa era imediata.

A resolução trata ainda de extravio de bagagem, custos com gastos gerados por atrasos e cancelamentos, overbooking, entre outros (confira os principais tópicos na galeria de imagens no início do texto).

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Passagem de avião fica mais cara e pressiona a inflação

aviãoO Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) apresentou variação de 0,34%, na primeira prévia de setembro, o que indica aceleração de 0,02 ponto percentual, em relação à última pesquisa (0,32%). O levantamento é feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), no Recife, Rio de Janeiro, em Salvador, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre.

Em três dos oito grupos pesquisados houve aumento no ritmo de correção e o maior impacto sobre a inflação foi constatado em educação, leitura e recreação (de 0,50% para 0,92%). Essa alta foi provocada, principalmente, pelo avanço de preço da passagem aérea (de -3,39% para 4,20%).

Em alimentação, a taxa subiu de 0,69% para 0,76% com destaque para as frutas (de 5,61% para 8,45%) e no grupo habitação (de 0,10% para 0,11%). Neste último grupo, o motivo foi a conta de luz com um recuo menos expressivo do que na apuração passada (de -1,14% para -0,63%).

Já em transportes, o índice desacelerou passando de 0,11% para 0,01%, efeito da redução observada no preço da gasolina (de -0,64% para -0,98%). Em saúde e cuidados pessoais, ocorreu alta com taxa inferior à registrada no último levantamento (de 0,50% para 0,44%). O mesmo ocorreu em relação ao grupo comunicação (de 0,16% para 0,01%) .

Já em vestuário foi verificada queda mais intensa (de -0,12% para -0,17%), movimento também constatado em despesas diversas (-0,08% para -0,10%).

Os itens que mais influenciaram o avanço do IPC-S foram: mamão papaya (37,99%); show musical (8,25%); refeições em bares e restaurantes (0,64%); plano e seguro de saúde (1,05%) e tomate (13,87%). Em compensação, os itens que ajudaram a diminuir o impacto foram: batata-inglesa (-15,47%); gasolina (-0,98%); tarifa de eletricidade residencial (-0,63%); alface (-11,36) e cebola (-20,71%).

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Raniery comenta passagem de Olenka pela ALPB e acredita que meta de adversários é acabar com PMDB na PB

Raniery-PaulinoNão é de hoje que os partidos políticos se unem e brigam por alianças, não apenas na Paraíba, mas no país inteiro. Aqui o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) analisou a saída da suplente de deputada Olenka Maranhão (PMDB) da Assembleia Legislativa, bem como a aliança entre o PMDB e PSDB na Capital paraibana.

Olenka como suplente se tornou titular após articulação e gesto do governador Ricardo Coutinho (PSB) em convidar o deputado estadual Trócolli Júnior para assumir uma secretaria de Estado. Assim, ele beneficiou o PMDB que foi decisivo para sua reeleição em 2014.

O rompimento foi declarado no mês de julho de 2016, após o PMDB sacramentar aliança com o PSD e PSDB, no âmbito de João Pessoa e assim ficar contra o projeto da candidata do governador à prefeitura da Capital, Cida Ramos.

Com esse troca troca de lados, Raniery comentou a saída da colega da Assembleia e a importância de Trócolli.

“Infelizmente todos esses projetos que estavam em andamento na secretaria de Trócolli paralisaram da noite para o dia. E isso me entranhou, apesar da responsabilidade de nomear ou tirar cargos comissionados no Governo é do Governador! Mas se o alvo era a deputada Olenka, ele utilizou o deputado Trócoli para isso. Eu me solidarizo com a deputada Olenka”, afirmou Raniery destacando ainda que a peemedebista cumpriu com proeza seu mandato e mandou um recado para o governador e os tucanos. “São forças fortes, mas eles não vão conseguir acabar o PMDB não.”

De acordo com Paulino, tanto filiados do PSDB e como do PSB estão associados na tentativa de desestabilizar o PMDB no Estado, mas que os verdadeiros peemedebistas não permitirão tais inciativas. “Tem partidos ai que querem dar aula de coerência, mas Ave Maria, estavam unidos a quatro anos atrás, portanto eu tenho dificuldades de assimilar certas aulas de coerência”, disse.

Por fim o deputado peemedebista afirmou eu a solução para parte dessa crise ideológica dos partidos e a Reforma Política que permitirá o fim desse arco íris de coligações nas eleições proporcionais. “Isso seria uma forma de diminuir essas negociações que as vezes reúne partidos de extrema esquerda com partidos de extrema direita.”

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Microcefalia: remédio pode bloquear passagem do Zika para bebê

gravidaUm estudo feito por cientistas das Universidade da Califórnia em São Francisco (UCSF) e da Universidade de Califórnia em Berkeley (UCB), nos Estados Unidos, descobriu um medicamento com potencial para impedir a transmissão do Zika vírus de mãe para filho.

Durante o estudo que usou tecidos humanos para entender como o Zika é passado para o feto (provocando a microcefalia e outras malformações), os cientistas perceberam que o antibiótico veterinário Duramycin é capaz de impedir a replicação do vírus em células da placenta e do saco amniótico, os dois meios de transmissão do Zika para o bebê no primeiro e no segundo trimestres, respectivamente.

A descoberta foi publicada dia 18 na revista científica Cell Host & Microbe. Estudos anteriores mostraram a eficiência desse antibiótico contra outros flavivírus como a dengue e febre do Oeste do Nilo, além de ser eficiente contra o ebola.
Outros estudos

Esse não é o único antibiótico que revelou ter potencial contra o Zika vírus. Em junho um grupo de estudiosos também da Universidade da Califórnia constatou que o antibiótico azitromicina também bloqueia a ação do Zika vírus, desta vez no receptor AXL das células, que funciona como uma porta de entrada do Zika dentro da célula. Essa classe de antibiótico parece agir de forma semelhante contra a dengue e a febre amarela.

Com informações do UOL.

 

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

“Foi a maior decepção da minha vida”, desabafa radialista sobre passagem por emissora do Brejo

JOSENILDOA região polarizada por Guarabira é uma das maiores concentrações radiofônicas da Paraíba. Várias emissoras fazem parte do cotidiano das pessoas que habitam ou transitam nos mais de 30 municípios que formam o conglomerado populacional do brejo/curimataú.

O rádio é uma verdadeira paixão do povo de Guarabira e região. E como toda paixão desperta sentimentos diversos. Foi o que se ouviu nesta terça-feira, 14.

O radialista Josenildo Monteiro, integrante da Rádio Serrana AM de Araruna, utilizou os microfones da Rádio Rua Nova 87,9 FM para revelar que sofreu a maior decepção de sua vida ao apostar todas as fichas num suposto projeto novo de comunicação instalado em sua terra natal, Belém.

Sem citar nominalmente o projeto ao qual se referia, Monteiro revelou que abandonou a Rádio Integração AM de Bananeiras após 21 anos de militância para ingressar em outra frequência que só lhe trouxe decepção. Ele ainda realçou que vários profissionais da região do brejo paraibano foram vítimas das enganações de um suposto projeto novo de comunicação em Belém.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Fui enganado, foi a maior decepção da minha vida, fui enganado, prometeram fazer uma rádio democrática, diferente, mas o que vimos foi um engodo”, desabafou Josenildo.

“Muitos profissionais saíram tristes, decepcionados, mas graças a Deus por seus próprios talentos conseguiram dar a volta por cima e estão em outas empresas se destacando, pois em Belém foram literalmente enganados”, enfatizou o radialista que integrou a Rádio Talismã 99,3 FM de Belém.

Josenildo Monteiro agradeceu a Rádio Integração AM de Bananeiras (patrimônio da Diocese de Guarabira) pela correção e lealdade no cumprimento das obrigações trabalhistas e direitos funcionais. O locutor destacou também que tem recebido seus vencimentos em dia na Rádio Serrana de Araruna, enaltecendo a liberdade de expressão que desfruta na emissora pertencente a família Maranhão.

Rafael San

Após passagem relâmpago pelo Big Brother 15, gêmeas Andressa e Amanda posam para ensaio sensual

amandaandressaApós uma rápida passagem pelo Big Brother Brasil 15 na semana passada, as gêmeas Andressa e Amanda (20) posaram para um ensaio sensual usando apenas lingeries. A dupla é o destaque da semana do site Paparazzo, que liberou o ensaio com as beldades nesta quarta-feira (25) mesmo.

Na entrevista que deram durante o ensaio, elas revelaram peculiaridades sobre sexo. Uma gosta de um clima mais selvagem, e a outra é mais carinhosa.

“Eu prefiro fazer amor com a luz acesa”, revelou Amanda. “Já eu não tenho preferência, depende do momento. Se estiver acesa não vou levantar para apagar, né?”, completou Andressa.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

virgula

Veneziano abre mão de passagem para esposa

venezianoPelas redes sociais, o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) anunciou, nesta sexta-feira (27),  que não vai fazer uso do benefício das passagens aéreas para as esposas dos parlamentares, aprovado na Câmara Federal.

Veneziano disse respeitar a decisão da Mesa Diretora da Casa, mas não irá usufruir do benefício, mesmo sendo constitucional.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Antes, ele negou que a mãe e ex-deputada federal, Nilda Gondim (PMDB) tenha sido uma das artífices da luta pela concessão em Brasília, como se chegou a informar na imprensa.

MaisPB