Arquivo da tag: participaram

Servidores públicos de Dona Inês participaram de confraternização

 

festaMais de 500 servidores públicos do município de Dona Inês, participaram na manhã desta segunda-feira, 22 de dezembro, de uma confraternização promovida pela Prefeitura. O evento contou com shows musicais de Neco Lobão e banda e os Tops. Durante a confraternização os servidores receberam brindes.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

O Prefeito Antônio Justino disse que a confraternização foi um meio para celebrar os frutos de sua administração colhidos ao longo do ano. Também disse que a participação de todos os servidores tem sido determinante para a oferta de bons serviços à população. Justino agradeceu o empenho e a dedicação de todos e ressaltou que apesar das dificuldades, há muito o que ser comemorado.

 

O Chefe do Executivo Municipal lembrou a liberdade conquistada por todos que prestam serviço no município. Disse ainda que sua gestão tem dado autonomia para os Secretários atuarem. Por último o Gestor Municipal agradeceu aos representantes do Poder Legislativo, pela importante contribuição na sua Gestão.

 

Os servidores públicos municipal tiveram a folha de dezembro e 13º depositados em suas contas nesta segunda.

 

Assessoria.

Vereadores e Prefeitos do Curimataú participaram de Audiência Pública onde foi discutido soluções para a falta de água

 

camaraA falta de água em cidades do Curimataú paraibano e as dificuldades para garantir o abastecimento à população foram o tema de uma audiência pública realizada na noite desta sexta-feira, 12 de setembro, na Câmara Municipal de Dona Inês. Proposta pelo Vereador Donainesense, Demétrio Ferreira, a audiência pública contou com a participação de Vereadores e Prefeitos dos municípios de Araruna, Tacima, Riachão e Dona Inês. Um grande número de populares ocupou os espaços da Casa Legislativa.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Prefeito de Dona Inês, Antônio Justino, frisou que o município vem sofrendo há mais de 2 anos com a falta de água. “São mais de 15 Ruas em que a água não chega há mais 2 anos”. Informou, acrescentado que o município é o maior prejudicado com a falta de água nas torneiras, pois é o último do sistema. “Temos um caminhão pipa, mas não temos onde pegar a água. Hoje precisamos ir buscar em Pirpirituba, criando gastos elevados.” Comentou. O Chefe do executivo de Dona Inês sugeriu que a CAGEPA liberasse a água da caixa local, para que através do carro pipa, fosse feito a distribuição do líquido precioso para a população. Durante a sua fala Justino denunciou a venda de água pela CAGEPA local. Denúncia que foi ratificada pela Vereadora Rozinha, que já comentou o assunto na Tribuna da Casa e em emissoras de rádios da região. O Vereador Neco de Lolô confirmou a denúncia, dizendo que contratou um carro pipa para pegar água da CAGEPA local, para sua residência. Sobre isso, o Coordenador da CAGEPA de Solânea, Valdeci, que participou da audiência, representando o Presidente, Deusdete Queiroga, disse que a empresa não admite esse tipo de manobra na distribuição de água e que em hipótese algum pipeiro que não esteja conveniado com instituições públicas, pode retirar água dos reservatórios pertencentes à CAGEPA. O Chefe do escritório local esteve na audiência, mas não se pronunciou.

 

O Prefeito de Riachão, Fábio Moura, destacou que a situação do seu município é extremamente complicada, que entende, em parte, a situação da CAGEPA, sabendo que não há condições de oferecer água porque não há o suficiente nos reservatórios, mas que o Governo do Estado tem fechado os olhos para essa situação. “Até agora não há indicativo de ajuda por parte do Governo, que no início do ano retirou os carros pipas que davam apoio”. Comentou, informando que para garantir água para a população da zona urbana, tem sido necessário ir buscar água em Brejinho-RN, há cerca de 60 km, com um consumo de 200 litros de combustível por dia. Ressaltou que seu município não comporta a demanda de água. “Temos amenizado a situação na medida do possível. O governo tem dinheiro para tudo, e não tem dinheiro para o principal, que é a água?”. Pediu por último que o Governo do estado tomasse providências, urgentes.

 

O Prefeito de Tacima, Erivan Bezerra, frisou que a situação de Tacima é semelhante a dos demais municípios. Disse que o abastecimento está sendo feito por carro pipa que vai pegar água em Brejinho-RN. “Colocamos um chafariz na cidade para ajudar no abastecimento que é feito por carro pipa que pega essa água em Brejinho, mas ainda não é o suficiente. Temos um gasto mensal em média de 16 mil reais com o abastecimento”. Informou. “Se não fosse os poços perfurados a situação estaria ainda pior.” Concluiu.

 

Os Prefeitos pediram para que a caixa de água da CAGEPA em Araruna pudesse disponibilizar o abastecimento, via carro pipa, para os municípios vizinhos.

Valdeci disse que a CAGEPA estava ciente de que os municípios pegavam água nas caixas de água, dos escritórios locais. Disse que a intenção da empresa não é fazer a população sofrer e que esta, não está satisfeita com a situação. Disse também que apresentará um relatório da audiência e que levará a sugestão para que as cidades circunvizinhas peguem agua em Araruna, já que hoje a situação do reservatório melhorou. Garantiu que o abastecimento de água será ligado para Dona Inês, Riachão e Tacima, neste sábado (13) e ficará por 48 horas. Informou que a dificuldade no abastecimento se dá em virtude da grande demanda. “Canafístula abastece cerca de 100 mil habitantes. É uma grande demanda.” Disse.

 

O Vereador Presidente da Casa, Demétrio Ferreira, disse que 70% da população de Dona Inês, mora na parte alta, por isso dois dias de distribuição de água, não será o suficiente para atender toda a cidade. Lembrou que vários loteamentos na cidade não têm a rede distribuição e acrescentou que a falta de água na cidade, dificulta a chegada de empresas e investimentos na cidade, prejudicando o desenvolvimento local.

 

Assessoria

Mais de 25 mil pessoas participaram da segunda noite do São Pedro de Belém. Forró Pegado toca neste sábado (05)

 

festaAo som de Forró Bacana, Gabriel Diniz, As Coleguinhas e trios de forró pé de serra, o São Pedro de Belém, reuniu na noite desta sexta-feira, 04 de Julho, mais de 25 mil pessoas.

 

A noite começou no palco pé de serra, no Largo da Rodoviária, com apresentações de trios de forró pé de serra. No palco principal a programação começou com Forró Bacana, e seguiu com o Cantor Paraibano, Gabriel Diniz, que contagiou o público presente com os sucessos “Sabe nada inocente”, “dinheiro foi feito para gastar”, entre outros. Já As Coleguinhas que subiram ao palco por volta das 02h30, deste sábado (05), cantaram sucessos como “eu te esperarei”, “dia do seu casamento”, “quero me apaixonar”, e outros. A Dj Cris L tocou entre as atrações do palco principal.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Quem participou do evento, aprovou. “A gente espera o ano todo para poder vir para essa festa aqui em Belém. Este ano a programação e está muito boa.” Comentou a estudante Tânia Silva, de 27 anos, da cidade de São Paulo-SP, que aproveita o período para visitar a família na cidade.

 

Em dois dias de festa a organização do evento calcula que mais de 50 mil pessoas já passaram pelo evento. A previsão é a de que até a manhã do domingo (06), outras 30 mil participem da festa.

 

Programação deste sábado (05)

 

Palco Principal – 22h00

Bem Bolado

Raniery Gomes

Forró Pegado

 

Palco pé de Serra – Largo da Rodoviária -. 20h00

Patrícia Martins

Forró de Cabo a Rabo

Vadiões do Forró

Ramon e Banda

 

Programação alternativa

 

À tarde

 

A partir das 16h00, tem trio elétrico pelas Ruas da cidade, com Forró Nadela

.

Encerramento

 

O evento se encerra na manhã do Domingo (06) com o trio elétrico da ressaca, saindo às 04h30, com Farra da Riqueza, percorrendo as principais ruas e terminando na Praça 6 de Setembro.

 

Assessoria de Imprensa do São Pedro de Belém-PB