Arquivo da tag: paraibano

TJDF determina investigação sobre supostas fraudes em resultados do futebol paraibano

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB), Raoni Lacerda Vita, determinou nesta terça-feira (28) a abertura de inquérito civil para investigar suposta fraude nos resultados de partidas no Campeonato Paraibano. A decisão foi tomada após áudios vazados pelo presidente do Sousa Futebol Clube, Aldeone Abrantes, denunciarem suposta tentativa de cooptação do clube para a combinação de resultados.

Alguns áudios com os supostos organizadores das apostas foram compartilhados através de aplicativo de troca de mensagens. As falas de duas gravações dão a entender que havia uma tentativa de manipular o resultado de Sport-PB x Sousa. Aldeone Abrantes é citado em ambos os áudios. Em um deles, é citado como o “cara que mais fez falcatrua na história do nosso futebol” e que agora está dando “uma de bonzinho”.

Áudio 1

“A gente ia trabalhar nesse jogo bem direitinho. Ele ia botar um dinheiro na banca. Ele me procurou e tinha muita gente interessada. Mas o Aldeone Abrantes, querendo dar uma de honestão… um cara que mais fez falcatrua na história do nosso futebol, tá pagando de certinho, cuspindo no prato que comeu”.

Áudio 2

“Deu errado, viu? O placar da partida era para ser 3 a 0 para o Sousa. Tava tudo planejado. Procuramos o Aldeone e ele não aceitou a nossa proposta. Ia sair R$ 20 mil para o Sousa. Eles iam vencer por 3 a 0. Várias e várias foi ele quem nos propôs esquema no futebol paraibano. Aí agora vem dar uma de bonzinho”. O jogo terminou 1 a 0 para o Sousa.

O autor dos áudios não foi revelado, mas, de acordo com Aldeone Abrantes, há imagens do suspeito que facilitariam a identificação.

As revelações lançaram suspeitas sobre supostas combinações de outros resultados. A presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho, enviou ofício ao TJDF com solicitação para que o caso fosse investigado. A combinação de resultados serviria para favorecer apostadores em sites especializados em apostas destinadas a adivinhar os placares dos jogos de futebol.

No despacho, o presidente do TJDF cita a necessidade de se esclarecer as supostas irregularidades. O prazo dado para que a investigação seja concluída pela auditoria é de quinze dias. A investigação tem caráter sigiloso, de acordo com determinação do presidente do TJDF.

Esta é a segunda denúncia relacionada a irregularidades para a combinação de resultados no futebol paraibano. A último dizia respeito à compra de árbitros para definir o resultado das partidas. O caso resultou na Operação Cartola, desencadeada pelo Ministério Público da Paraíba. O caso foi apurado pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

G1

 

FPF divulga nova tabela do Paraibano com Clássico Emoção no sábado de carnaval

Na manhã desta terça-feira (28), faltando um jogo para o fim da segunda rodada, a Federação Paraibana de Futebol divulgou a nova tabela básica do Campeonato Paraibano de 2020, que teve a necessidade de ser modificada após o adiamento da abertura, inicialmente marcada para o dia 19 de janeiro.

O destaque da alteração na tábua de jogos foi a marcação da o Clássico Emoção entre Campinense x Botafogo-PB, válido pela terceira rodada, anteriormente agendado para o próximo fim de semana, para o dia 22 de fevereiro, sábado de carnaval.

Como o Belo joga no sábado (01), contra o Confiança-SE, pela Copa do Nordeste, o duelo precisou ter sua data alterada.

O restante da terceira rodada acontecerá com São Paulo Crystal x Atlético de Cajazeiras, no sábado (01), no Carneirão, em Cruz do Espírito Santo, às 16h, apesar da tabela divulgada informar que a partida será em João Pessoa.

No domingo (02), Sousa e Treze duelam às 17h, com o Marizão confirmado como palco e, no mesmo horário, o Nacional de Patos recebe o Sport Lagoa Seca, no José Cavalcanti. Na segunda-feira (03), o CSP enfrenta a Perilima, às 20h15, também no Almeidão, em João Pessoa.

Confira a tabela com a sequência das rodadas do Campeonato Paraibano de 2020:

Voz da Torcida

 

 

Treze, CSP, Atlético e Nacional de Patos estreiam nesta quarta-feira no Paraibano 2020

Após escapar do rebaixamento na Série C do Campeonato Brasileiro, o Treze estreia no Campeonato Paraibano nesta nesta quarta-feira, diante do CSP às 20h15 no Estádio Amigão, em Campina Grande. O Galo tenta apagar a imagem ruim deixada na temporada passada, quando também brigou para não cair no estadual.

Sem levantar a taça do Estadual desde 2011, o Galo reformou todo o elenco e manteve o técnico Celso Teixeira. O alvinegro apostou em alguns jogadores experientes para conquistar a competição, como o goleiro Jeferson, ex-Campinense, do meia Almir, que teve passagens por Botafogo e Flamengo, o atacante Frontini, além de Rafael Oliveira, que foi artilheiro do Paraibano em 2015 e 2017 com a camisa do Botafogo-PB, mas retorna ao Treze para 2020.

O Galo deve ir a campo com Jeferson, Gustavo, Breno Calixto, Eduardo, Rafael Araújo e Gilmar; Patrick Mota, Dedé e Alexandre; Caxito e Rafael Oliveira.

No CSP, o jovem time permanece, mas também há jogadores que já possuem uma maior bagagem depois de tantas edições disputadas de Campeonato Paraibano. São os casos do goleiro Wallace, um dos mais experientes do grupo, assim como os volantes Luis Gustavo, Emerson Bastos e Léo Silva. Apesar disso, o Tigre também conta com muita juventude, base que foi semifinalista da Copa do Nordeste Sub-20 do ano passado.

O CSP vai para campo com Wallace, Tcharlles, Darlan, Wescley e Felipe; Luis Gustavo, Emerson Bastos, Léo Silva e Negueba; Paulinho e Di.

Clássico sertanejo – A primeira rodada do Estadual, também reserva para esta noite o clássico no Sertão, entre Atlético de Cajazeiras e Nacional de Patos no Perpetão.

Terceiro colocado no Campeonato Paraibano do ano passado, o Atlético de Cajazeiras permanece muito forte para a disputa deste ano.

Há quatro anos comandando o Trovão Azul no Paraibano, o treinador Éderson Araújo tem a base do seu time muito bem definida. Com jogadores que já passaram pelo clube e que ele mesmo moldou dentro do seu pensamento de jogo, o time azulino deve ir a campo com a mesma estrutura tática utilizada nos amistosos de pré-temporada

No lado do Nacional de Patos, quarto colocado na edição passada do estadual, o objetivo é também brigar pela classificação. O Canário do Sertão apostou no jovem técnico Rafael Soriano.

PB Agora

 

 

Campeonato Paraibano começa no próximo domingo e impasse sobre estádios deve terminar nesta quinta

A indefinição sobre os locais dos jogos para o inicio do Campeonato Paraibano que está previsto para começar no próximo domingo, poderá ter uma decisão nesta quinta-feira (16). Pelo menos uma partida deverá ser adiada por conta da não liberação dos estádios. Trata-se do confronto entre Sousa e Perilima, previsto para as 17h, no estádio Marizão. Os demais jogos aguardam até hoje para serem confirmados e liberados por parte da Federação Paraibana de Futebol (FPF) e Ministério Público da Paraíba (MPPB), que aguardam que o Corpo de Bombeiros aprove ou não os Planos de Contingência de Incêndio para o Almeidão, Amigão e Perpetão.

De acordo com Valberto Lira, procurador de justiça do Ministério Público e coordenador da Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios do Estado da Paraíba, apenas o José Cavalcanti, em Patos, tem condições de receber partidas oficiais com a presença da torcida. Além dele, nenhum estádio está dentro dos moldes que atenda às exigências do Ministério Público e do Corpo de Bombeiros para que a bola role oficialmente para a temporada 2020. Com isso, a presidenta da Federação Paraibana de Futebol (FPF) já adiantou que o estadual pode ter o seu início com portões fechados, embora não seja o desejo da entidade, tampouco dos clubes.

Valberto Lira se mostrou preocupado com a ausência de comprovação dos laudos de liberação das praças esportivas que devem receber as partidas da edição deste ano do estadual. Até mesmo o José Cavalcanti, ainda sem as catracas eletrônicas, pode inspirar inquietação durante o transcorrer da competição. Isso porque esses aparelhos conseguem regular os 5% da renda dos jogos que são destinados ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O desejo de Michelle Ramalho é que o campeonato comece na data prevista (próximo domingo). Contudo, com a indefinição e lentidão acerca da liberação dos estádios, não está descartado um possível adiamento do estadual, uma vez que a presidenta e os representantes dos clubes não comungam da ideia de dar início à disputa sem a presença do torcedor nas arquibancadas.

“Até onde eu tenho conversado com o Dr. Valberto, está liberada a abertura do campeonato, mas com portões fechados. Tenho me reunido diariamente com os clubes. Não é interessante começar o campeonato com os portões fechados. Estamos acompanhando todo o trâmite, porque é interesse da Federação manter as datas para o domingo”, disse a presidenta em entrevista a imprensa.

Outra possibilidade existente é a da fragmentação da primeira rodada, com algumas mudanças nas datas de alguns jogos. A prioridade, no entanto, é pelo deferimento de todos as praças para que tudo ocorra como o planejado, ou seja, com todos os jogos no próximo domingo, dia 19. A presidenta, inclusive, se mostrou aberta ao diálogo, caso algum time opte pela ideia de dar início à competição mesmo sem a presença de torcedores.

 

pbagora

 

 

João Azevêdo lança programa de apoio a clubes da 1ª divisão do paraibano

O governador João Azevêdo lançou, nesta segunda-feira (13), na Vila Olímpica Parahyba, em João Pessoa, o “Incentiva Esporte”, que visa apoiar os clubes profissionais da Paraíba que disputam a primeira divisão do Campeonato Paraibano, bem como as competições nacionais e as demais entidades e clubes que participam de competições expressivas, por meio do programa “Paraíba Esporte Total”. Os atletas, paratletas e técnicos paraibanos também contarão com o apoio e incentivo do Governo do Estado, por meio do programa “Bolsa Esporte”. O projeto será encaminhado para a Assembleia Legislativa do Estado e representa investimentos de R$ 7 milhões.

As ações voltadas ao esporte estão inseridas entre as metas do governo para o ano de 2020, apresentadas na última semana pelo chefe do Executivo estadual, durante solenidade de prestação de contas e anúncio de novos investimentos.

Foto: José Marques

No lançamento do novo programa, o governador João Azevêdo destacou as ações do governo para ampliar o patamar de investimentos no esporte. “Esse é um momento ímpar para o esporte profissional e amador na Paraíba. Nós precisamos apoiar, cada vez mais, o esporte amador e as modalidades que têm destaque nacional e que leva o nome da Paraíba a vários lugares, criando mecanismos que subsidiem, tanto o esporte olímpico, quanto o paralímpico porque temos grandes estrelas dentro do nosso estado e foi com esse entendimento de que o esporte precisa ser visto com olhar extremamente profissional que iniciamos 2020 com uma proposta ousada e que muda a relação entre o poder público e o segmento na Paraíba”, frisou.

Ele também destacou o esforço da gestão estadual para garantir dignidade aos atletas. “Esse programa foi concebido para que a gente tratasse de duas áreas distintas, sendo R$ 4 milhões para o Paraíba Esporte Total, e R$ 3 milhões para o Bolsa Esporte. Eu tenho certeza de que vamos viver momentos especiais com relação ao esporte e o governo existe para fomentar o que há de bom no estado e essas atividades representam inclusão e oportunidade de crescimento”, acrescentou.

Foto: José Marques

O secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Hervázio Bezerra, afirmou que a gestão estadual tem assegurado um novo momento para a área. “Essa ação fortalece tanto o esporte profissional, quanto o amador. No que se refere ao esporte profissional, os clubes que disputarão as várias séries têm os patamares definidos para cada entidade, girando em torno de R$ 4 milhões, já o Bolsa Esporte deverá beneficiar cerca de 350 atletas. Essa é uma decisão importante para o esporte da Paraíba a partir de um plano de trabalho dos clubes, que será analisado pela Controladoria Geral do Estado. A Paraíba vem se destacando muito e o governo tem procurado valorizar, fortalecer e ajudar os atletas para que eles possam trazer mais resultados positivos para o estado e para o esporte paraibano”, declarou.

A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michele Ramalho, agradeceu, em nome dos atletas e dos clubes, a atuação do governo para fomentar as diversas modalidades esportivas. “Esse é um projeto de suma importância porque sem essa ajuda, seria inviável a participação dos clubes no Campeonato e estamos muito felizes porque as equipes poderão fazer uma campanha de sucesso”, sustentou.

O presidente da Associação das Federações Esportivas Amadoras da Paraíba, Bosco Crispim, também elogiou a iniciativa do Governo do Estado. “Eu sou atleta, fui dirigente e técnico de Seleção Brasileira e hoje também sou presidente da Associação Paraibana de Futsal e posso dizer que essa é a primeira vez que um governo reúne atletas e representantes para incentivar o nosso trabalho. As federações amadoras fazem um trabalho muito bonito, porém difícil, porque não temos recursos de ordem nenhuma e eu sempre digo que as ações voltadas para o esporte refletem diretamente na saúde e educação e agradecemos ao governador por esse incentivo”, falou.

O recordista mundial Petrúcio Ferreira destacou que o investimento da gestão motiva os atletas paraibanos. “Essa iniciativa é muito importante para nós porque beneficia toda a área, viabilizando o surgimento de novos talentos e incentivando jovens e crianças para que eles alcancem seus objetivos e se tornem campeões, principalmente em 2020, um ano tão importante para o esporte”, comentou.

Paraíba Esporte Total – O programa é destinado a incentivar o futebol profissional masculino da primeira divisão do Campeonato Paraibano e os demais clubes e entidades que desenvolvam o desporto e paradesporto de alto rendimento, que tenham resultados expressivos no âmbito nacional e internacional.

Bolsa Esporte – O programa tem o objetivo de incentivar a prática de esportes, sendo destinado aos atletas e técnicos de rendimento das modalidades olímpicas e paraolímpicas, reconhecidas pelo Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro, podendo também ser admitidos aos atletas, paratletas e aos técnicos de rendimento de modalidades esportivas vinculadas ao Comitê Olímpico Internacional e ao Comitê Paralímpico Internacional, além das modalidades reconhecidas pela Secretaria Especial de Esportes, do Ministério da Cidadania, sendo reservado o percentual mínimo de 30% das vagas para as mulheres. As bolsas serão divididas entre as categorias internacional; nacional; institucional; estudantil; e representatividade.

 

Secom

 

 

Paraibano, esposa e três filhas morrem em grave acidente em MG

Um paraibano, sua esposa e três filhas morreram em um grave acidente enquanto estavam voltando para São Paulo de uma viagem que fizeram à Paraíba no final do ano passado.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no último domingo (12) na BR 116 em Itaobim, Minas Gerais.

O pai, Afonso da Silva Gomes de 48 anos era natural de Manaíra na Paraíba e estava há 30 anos sem voltar a sua terra natal. Ele então veio com toda a família comemorar o fim de ano na sua cidade, na volta pra casa ocorreu o acidente.

No momento do desastre a esposa dele é quem dirigia o veículo que colidiu com um caminhão baú.

PB Agora

 

 

João Azevêdo lança programa de incentivo ao futebol paraibano nesta segunda-feira

O futebol da Paraíba começa o ano de 2020 com tudo. As chances de aumentar o rendimento com mais investimentos sendo transferidos do governo estadual para os clubes profissionais já é uma garantia. A iniciativa será anunciada pelo governador João Azevêdo, nesta segunda-feira (13), às 10h, na Vila Olímpica Parahyba.

O Programa de Incentivo ao Esporte Paraibano tem o objetivo de apoiar os clubes profissionais da Paraíba que disputam a primeira divisão do Campeonato Paraibano e ainda as competições nacionais, bem como as demais entidades e clubes que participam de competições expressivas.

Os atletas, paratletas e técnicos paraibanos também contarão com o apoio e incentivo do Governo do Estado.

 

clickpb

 

 

Médico paraibano morre em acidente trágico; carro que ele dirigia ficou destruído

O médico dentista paraibano Milton Marcolino, de 54 anos de idade, residente em Campina Grande, morreu em um trágico acidente automobilístico na BR-242, em Barreiras, na Bahia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o carro que o médico dirigia, um Renult Duster, teria invadido a pista contrária e colidido de frente com uma carreta que trafegava no sentido oposto.

Segundo a PRF, o impacto foi tão grande que Milton ficou preso às ferragens e morreu no local do acidente. O corpo da vítima foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o IML de Barreiras. O motorista do caminhão, cuja a identidade não foi revelada, foi socorrido pelo SAMU.

Carro do médico ficou com a frente destruída Foto: reprodução/Blog do Márcio Rangel

Na batida, a carreta tombou para o acostamento e espalhou óleo vegetal em uma parte do trecho da rodovia. Policiais do Corpo de Bombeiros realizaram a limpeza da área até o início da noite de terça-feira. O trânsito no local foi bloqueado para evitar outros acidentes. O corpo da vítima está sendo sepultado em Campina Grande.

paraiba.com.br

 

 

Paraibano que escapou da tragédia no Ninho, é destaque do Flamengo no Carioca 2020

Ítalo morou no CT até cinco dias antes da tragédia que matou 10 jovens da base. Agora jogador vai ter sua primeira chance no time principal e pode ter a oportunidade de estrear no Carioca

O lateral-esquerdo Ítalo viveu uma temporada incrível com o time sub-20 do Flamengo. Foi campeão e também chegou a treinar com a Seleção na Granja Comary. A maior oportunidade para 2020 será disputar o Campeonato Carioca pelo time principal.

Ítalo com o troféu da Supercopa do Brasil Sub-20 em 2019 — Foto: Arquivo Pessoal

Ítalo com o troféu da Supercopa do Brasil Sub-20 em 2019 — Foto: Arquivo Pessoal

O paraibano é cria do Flamengo e faz parte do clube desde o sub-13. Integrante da equipe sub-20, ele está prestes a viver uma nova fase, quando se apresentar nesta terça-feira visando os treinamentos para a estreia na Taça Guanabara. O primeiro jogo em 2020 está marcado para o dia 18 de janeiro, pelo Campeonato Carioca, contra o segundo classificado na seletiva do Estadual (Nova Iguaçu, Friburguense, America-RJ, Macaé, Portuguesa-RJ ou Americano).

Dentro de campo, Ítalo teve um 2019 especial com o Flamengo. Conquistou o título do Campeonato Carioca, Torneio Otávio Pinto Guimarães (OPG), Brasileiro e a Supercopa do Brasil, tudo no sub-20.

Ítalo com o ídolo Dani Alves durante substituição a Filipe Luís em treino da Seleção — Foto: Arquivo Pessoal

Ítalo com o ídolo Dani Alves durante substituição a Filipe Luís em treino da Seleção — Foto: Arquivo Pessoal

Além disso, chegou a substituir Filipe Luís em julho durante treino da seleção brasileira na Granja Comary, às vésperas da Copa América no Brasil. O lateral do time principal se lesionou e ficou de fora de algumas atividades. E Ítalo também aproveitou para pegar algumas dicas com o ídolo Dani Alves.

– Eu já tinha uma enorme admiração pelo futebol dele (de Daniel Alves). Chegando no vestiário, foi uma das primeiras pessoas que procurei para observar e saber como era. Vi que era um cara incrível, um cara fantástico. Tentei observar ao máximo dos treinos nestes poucos dias que tive convivência e vi que era um cara fora do normal – disse na época ao GloboEsporte.com.

No começo de 2019, Ítalo era o morador mais antigo do Ninho do Urubu — Foto: Arquivo Pessoal

No começo de 2019, Ítalo era o morador mais antigo do Ninho do Urubu — Foto: Arquivo Pessoal

Mas o jogador teve perdas também. Durante cinco anos, Ítalo morou no CT do Ninho do Urubu e revelou os bastidores por lá. Cinco dias antes de acontecer a tragédia que vitimou 10 jogadores, entre 14 e 16 anos, em fevereiro, ele deixou a “casa” para passar as férias na sua cidade natal, João Pessoa.

– Eu conhecia todos, conversava com todo mundo. Se não me engano, só não cheguei a conhecer um, que era um dos mais novos que tinha chegado. Rykelmo era o mais próximo. A gente chamava ele de Bolívia. Tinha cara de boliviano e acabou pegando – comentou em entrevista logo após o ocorrido.

Uma nova história vai começar a ser escrita por Ítalo. É um momento único que o paraibano, de 19 anos, espera aproveitar ao máximo.

GE

 

Promessa do Flamengo, paraibano sonha se firmar após cirurgias no joelho: “Sei do meu potencial”

Thiago Santos surgiu como uma promessa do Flamengo em 2015. Mas o atacante enfrentou uma barra pesada com duas cirurgias no joelho esquerdo, que impediram a sua afirmação no clube carioca, quando começava a despontar. Com contrato até o fim de 2020 no Rubro-Negro, tudo o que o jogador quer é uma chance na próxima temporada.

Thiago Santos - na foto com o filho Thomaz - espera ter muitos minutos de jogo em 2020  — Foto: Lucas Barros/GloboEsporte.com

Thiago Santos – na foto com o filho Thomaz – espera ter muitos minutos de jogo em 2020 — Foto: Lucas Barros/GloboEsporte.com

A estreia do paraibano natural da cidade Mari pelo time principal do Flamengo foi em 2015. Ele entrou em campo aos 21 minutos do segundo tempo na derrota para o Grêmio, fora de casa, por 2 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

– Espero uma oportunidade no Flamengo ou em outro time. A gente, que é jogador de futebol, quer sempre jogar, independentemente de em qual clube for. Quero jogar em 2020, mostrar meu trabalho, sei do tamanho do meu potencial. Seja para qual clube eu for, no Flamengo ou em outro, tenho que estar preparado para mostrar meu futebol – comentou Thiago Santos.

Jogador no início do ano nos treinamentos com o Flamengo — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Jogador no início do ano nos treinamentos com o Flamengo — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

A cirurgia mais recente do atacante foi em abril deste ano. Após começar 2019 em alta no Flamengo, ele foi emprestado para a Chapecoense em busca de adquirir mais minutos jogados. Na primeira semana no Verdão do Oeste, Thiago Santos teve uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e sequer estreou.

Atacante foi apresentado na Chapecoense, mas não chegou a jogar — Foto: Márcio Cunha/ACF

Atacante foi apresentado na Chapecoense, mas não chegou a jogar — Foto: Márcio Cunha/ACF

A outra ocasião em que o jogador operou o joelho aconteceu em 2017, quando sofreu uma ruptura no mesmo ligamento. Thiago Santos se machucou em uma pelada de fim de ano e, depois da recuperação no Flamengo, foi emprestado ao Mumbai City, da Índia. Pelo time indiano foram 13 jogos e cinco gols marcados na temporada 2018/19.

– Foi bastante complicado passar pelas duas cirurgias. Principalmente a segunda. Estava bem (no começo desta temporada), joguei a Flórida Cup e no segundo jogo fui muito bem. Logo em seguida também joguei alguns jogos do Carioca e depois me transferi para a Chapecoense. Esperava um ano produtivo, estava bem confiante que ia fazer um excelente ano. Estava bem física e mentalmente. Mas já passou e agora é bola para frente. Tem muita coisa para acontecer.

Thiago Santos comemora gol marcado contra o Bangu no Campeonato Carioca em 2016 — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo.com.br

Thiago Santos comemora gol marcado contra o Bangu no Campeonato Carioca em 2016 — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo.com.br

Para a próxima temporada, o desejo de Thiago Santos aos 24 anos é ficar bem distante do departamento médico. O maior sonho é ser feliz em campo. Espera pela primeira vez ter uma afirmação no profissional.

– Estou preparado e fazendo alguns trabalhos nas férias. Que 2020 seja um ano abençoado e tudo diferente. Que as lesões possam ficar longe de mim – concluiu.

GE