Arquivo da tag: paraibano

Sem patrocínio, Paraibano 2021 pode ser disputado no 2º semestre

Sem patrocínio, e devido os efeitos da pandemia do Covid-19, que deixou os jogos sem a presença de público nos estádios, o Campeonato Paraibano de 2021 pode acontecer só no 2º semestre. A ideia é contar com uma vacina para a liberação do público nos estádios, e assim amenizar os efeitos da pandemia nos cofres dos clubes. No entanto, ; não há unanimidade entre clubes.

A proposta de adiamento é discutida informalmente entre os dirigentes, mas não há consenso. O Treze quer jogar com torcida, mas isso pode se tornar inviável para o Campinense, que ontem elegeu novo presidente. Por enquanto o Campeonato Paraibano de 2021 segue cancelado.

Os clubes ainda esperam a liberação dos recursos do programa de incentivo do Governo do Estado, o Paraíba Esporte Total. Botafogo-PB e Sport-PB já encaminharam suas propostas e esperam receber ainda nesta semana. Os demais clubes devem fazer a entrega em bloco nesta segunda-feira. Caso consigam receber ainda em 2020, vai ter campeonato.

O presidente do Treze, Walter Júnior, é o principal defensor do adiamento do Campeonato Paraibano para o segundo semestre de 2021.Walter Júnior defende sua posição apresentando as finanças do próprio clube. Segundo ele, o Treze chegaria ao final de 2020 praticamente sem dívidas se tivesse contato com a receita das arquibancadas. Ele lembra os três jogos que teve como mandante sem público depois da volta do Campeonato Paraibano, em julho.

Vale lembrar que no primeiro semestre, o Treze e o Botafogo disputam a Copa do Nordeste. O Galo também será o representante da Paraíba na Copa do Brasil juntamente com o Campinense. No segundo semestre, Galo e Raposa disputam a Série D do Brasileiro, enquanto que o Botafogo disputará a Serie c.

Neste final de semana, o Sousa é mais um a se posicionar favorável ao adiamento do Campeonato Paraibano.

De acordo com o presidente Aldeone Abrantes, é uma tentativa para que a competição possa ter a presença de público nos estádios – com a vacina contra a Covid-19 prevista para chegar ao país no início do ano.

SL
PB Agora

 

Homem é baleado quando tentava roubar bode, no Cariri paraibano

Uma dupla foi surpreendida na noite dessa terça-feira (23) quando tentava furtar um bode no campus da Universidade Federal de Campina Grande, em São João do Cariri, Cariri paraibano.

Os homens chegaram ao local em uma motocicleta, mas os vigilantes, ao perceber a ação, começaram a atirar e a atingiram um dos suspeitos. O outro conseguiu fugir, a vítima ferida foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

O jovem, de 22 anos, deu entrada na unidade de saúde por volta das 22h e foi submetido à cirurgia, o estado de saúde é estável.

De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, a dupla seria residente na cidade de Juazeirinho, mas o segundo suspeito não foi localizado.

Os vigilantes e o bode não ficaram feridos.

 

paraiba.com.br

 

 

Paraibano Edimar Ferreira, da cidade de Borborema, vence o Troféu Brasil de Atletismo Sub-23

Na tarde desta quinta-feira (17) o atleta paraibano Edimar Ferreira de Lima, venceu o Troféu Brasil de Atletismo, categoria Sub-23. Ele conquistou a medalha de ouro, ao superar grandes atletas da modalidade, dentre eles, Fábio Jesus, que é o 2° do ranking. A competição foi realizada no centro olímpico de São Paulo

O jovem Edimar Ferreira, mora na cidade de Borborema, na Paraíba. Ele tem se destacado em todas as competições que participa. Edimar tem um futuro promissor e sonha em participar das olimpíadas.

 

Balbino Silva/MIDIA PARAIBA

 

 

Campeonato Paraibano 2021 segue indefinido; Belo é contra suspensão

Disputa fora de campo. O Campeonato Paraibano 2021 pode não acontecer. É que sete clubes que integram a elite do futebol paraibano, cobram repasses de programas do Governo do Estado da Paraíba que estariam atrasados e indicam que sem esses recursos não conseguem arcar com as despesas da competição.

Durante reunião na Federação Paraibana de Futebol (FPB), para definir a edição 2021 do Estadual, os clubes que têm participação garantida na competição estadual do próximo ano acabaram decidindo por cancelar o campeonato, alegando problemas financeiros para que fossem arcados os custos para participação na competição.

A decisão foi assinada por representantes de sete dos oito clubes que teriam participação no Campeonato Paraibano de 2021. Dirigentes de Atlético-PB, Campinense, Nacional de Patos, Perilima, São Paulo Crystal, Sousa e Treze apoiaram a não realização do estadual.

A principal reclamação dos dirigentes é com relação ao pagamento de valores que estariam em atraso referentes ao antigo programa Gol de Placa e também o Programa de Incentivo ao Esporte, lançado em janeiro deste ano.

Único clube a não assinar a ata da reunião que optou pela não realização do Campeonato Paraibano em 2021, o Botafogo-PB se posicionou através do presidente Alexandre Cavalcanti. O dirigente alvinegro informou que enviou os seus representantes para o que seria o Arbitral do estadual nessa segunda-feira.

PB Agora

 

FPF cancela Campeonato Paraibano de 2021 por falta de recurso do governo

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (14) na sede da Federação Paraibana de Futebol (FPF), De acordo com a Federação, o Campeonato Paraibano da 1º divisão não será realizado em 2021 por falta de recursos que seriam repassados pelo Governo do Estado.

De acordo com ata da reunião, em contato com representantes do Governo do Estado, os secretários Marialvo Laureano e Letácio Tenório, os dirigentes foram informados que “os valores prometidos não seriam pagos de forma imediata”. Além disso, “caso tais valores prometidos no início do ano não fossem recebidos pelos clubes até 31 de dezembro de 2020, eles perderiam o direito de receber, pois se trata de Renúncia Fiscal”.

Com base nessa informação, os clubes acreditam que sem o recurso seria inviável a realização da competição que envolve a elite do futebol paraibano em 2021, visto que não tem como arcar com as despesas relacionadas a manutenção dos clubes, como por exemplo, a folha salarial dos jogadores”.

Ainda com base na ata da reunião, ficou decidido que “não haverá Campeonato Paraibano da 1º Divisão 2021”.

A reunião contou com a presença da presidente da FPF, Michelle Ramalho, além de dirigentes da arbitragem e representantes dos clubes do Botafogo-PB, Atlético de Cajazeiras, Campinense, Treze, Sousa, Perilima, Nacional e São Paulo Crystal.

Veja documento na íntegra:

PB Agora

 

Mais um prefeito paraibano tem registro de candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral

A onda de indeferimentos e substituições de candidaturas na Paraíba não para e ontem (26), teve mais uma desta vez na cidade de Livramento. Na cidade ocorreu a substituição da candidatura de Anchieta por Braz Anastácio, ambos do Republicanos, seguindo o prazo legal da legislação eleitoral.

No dia 25/10 a Justiça Eleitoral determinou o indeferimento da candidatura do prefeito de Alhandra. Veja mais clicando aqui.

No último sábado (24), após indeferimento do registro de sua candidatura, o prefeito de Juazeirinho, Bevilacqua Matias (Avante) anunciou durante entrevista na Rádio Juazeiro FM, a renúncia de sua candidatura à reeleição. Veja mais!

Caso de Alhandra – Em síntese primeiro pelo indeferimento em primeiro grau do juiz do registro de candidatura de Anchieta e pelos motivos abaixo elencados.

1 – O regramento eleitoral. Impõe a tomada de decisões. Rígidas e rápidas. Posto que os prazos são curtos.

2 – A campanha eleitoral deste ano. Está se desenhando muito favorável ao grupo. Ao ponto de que em dados internos. Tem se a certeza da nossa vitória nessas eleições.

3 – Anchieta desprovido do sentimento de poder. Não quis em momento algum colocar em xeque os votos de todos os livramentense em risco nessas eleições.

4 – Por mais que a jurisprudência do tribunal superior eleitoral. Seja favorável a nosso direito. O direito não é uma matemática exata. Onde já sabemos o resultado quando iniciamos o cálculo. Então poderíamos vencer e não levar. O que seria um prejuízo imenso para toda a sociedade livramentense.

5 – Toda essa substituição. Foi realizada em tempo hábil. Para que a população livramentense. Tome conhecimento. Mostrando assim. A seriedade de anchieta para com o municipio. E sua população.

Enfim seguiremos em frente.

Livramento. 26 de outubro de 2020.

Severino Neto.

Advogado de Anchieta Anastácio

pbagora

 

 

RJ: paraibano morre ao ser atingido por botijão de gás jogado de apartamento

Um crime violento chocou os moradores de Copacabana, na Zona Sul do Rio, nessa segunda-feira.

Um homem 33 anos foi preso em flagrante após jogar um botijão de gás pela janela de um apartamento e matar um paraibano que estava na calçada.

De acordo com as informações o homem preso, em surto, começou a jogar objetos pela janela do último andar do prédio, entre eles um pedaço de fogão, e, posteriormente, o botijão que atingiu a vítima que era ambulante e vendia frutas no quarteirão.

Moradores da região afirmaram que a vítima era conhecida como Tronco e era natural de Pedras de Fogo, na Paraíba. Ele já morava no Rio de Janeira há 30 anos.

PB Agora

 

Paraibano volta ao programa de Luciano Huck e ganha R$ 30 mil

O paraibano Sérgio Ferreira voltou ao palco do Caldeirão do Huck, neste sábado (10), para continuar sua participação no quadro “Quem quer ser um milionário”. O fisioterapeuta e coveiro é natural da cidade de Sapé na Paraíba.

Sérgio retornou à maratona de perguntas para ultrapassar os R$ 15 mil que já tinha garantido na semana passada.

O portal ClickPB acompanhou e o paraibano na primeira rodada  já precisou pedir a ajuda. O que muitos torcedores sabem na ponta da língua, Sérgio, que é flamenguista, não soube responder: em qual ano o São Paulo Futebol Clube venceu, pela única vez, a Copa Sul-Americana? Por sorte, um amigo o socorreu e o participante conseguiu sair do programa com R$ 30 mil.

Com o dinheiro, o paraibano já tinha revelada que gostaria de ter um consultório de fisioterapia e trabalhar apenas com isso, já que ele é concursado e também exerce a profissão de coveiro.

 

clickpb

 

 

Estátua do paraibano Ariano Suassuna é alvo de vandalismo no Recife

A estátua do escritor Ariano Suassuna, localizada na Rua da Aurora, região central do Recife, apareceu quebrada na altura das pernas e caída no chão, nesta segunda-feira (21). A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) informou que a escultura foi depredada e que equipes verificam a extensão dos danos para providenciar o reparo.

O monumento de 1,8 metro foi feito pelo artistas plástico Demétrio Albuquerque e inaugurada em 2017. A obra foi instalada em frente ao Teatro do Arraial Ariano Suassuna, na Rua da Aurora, reinaugurado quando ele era Secretário de Cultura.

A escultura faz parte do Circuito da Poesia do Recife, criado para perpetuar o legado de personalidades ligadas à arte em Pernambuco.

Além da obra em homenagem a Ariano, o circuito tem monumentos de artistas como os poetas Manuel Bandeira e João Cabral de Melo Neto, os músicos Chico Science, Luiz Gonzaga e o compositor Capiba.

Vandalismo

As estátuas do Circuito da Poesia também foram alvos de vandalismo em março de 2020. Na data, a estátua de Ariano Suassuna teve o nariz quebrado e a de João Cabral de Melo Neto teve o nariz e parte do queixo quebrados, além das placas de identificação pichadas.

De acordo com a Emlurb, são gastos aproximadamente R$ 2 milhões por ano em recuperação de monumentos, pontes e edificações que sofrem com atos de vandalismo. O número para fazer denúncias é o 156.

 

G1

 

 

Paraibano Pinto do Acordeon se torna Patrimônio Cultural do Brasil

O cantor e compositor Pinto do Acordeon será homenageado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a primeira-dama Michele na próxima terça-feira (1º) e se tornará Patrimônio Cultural do Brasil.

A informação foi divulgada pelo seu filho, Mô Lima, por meio das redes sociais.

O paraibano compôs uma música para Bolsonaro durante a campanha eleitoral, que iria cantar na posse do presidente, mas a apresentação foi cancelada por questões de segurança.

Pinto morreu no último dia 21 de julho, aos 72 anos, em São Paulo, onde se encontrava desde janeiro para tratamento de um câncer da bexiga. Ele nasceu no município de Conceição, no Vale do Piancó paraibano, mas se mudou para Patos na década de 60. Pinto teve suas músicas gravadas por diversos artistas, como Dominguinhos, Elba Ramalho, Fagner e Genival Lacerda. Entre seus grandes sucessos está a música “Neném mulher”, tema da novela Tieta, da Rede Globo.

Yves Feitosa