Arquivo da tag: paraibana

Paraibana de 10 anos encanta jurados e se classifica no The Voice Kids 2020

A paraibana Júlia Lima, de 10 anos encantou todos os técnicos e se classificou neste domingo (19), no programa The Voice Kids, da Rede Globo.

Natural da cidade de Esperança, na Paraíba, Júlia cantou a música ‘Ai que saudades de ocê’, de Vital Farias, eternizada na voz de Elba Ramalho.

Todos os técnicos do programa viraram suas cadeiras aprovando a sua classificação para o programa. Júlia escolheu a dupla Simone e Simaria para serem as suas técnicas no programa dominical.

 

clickpb

 

 

Paraibana entra para a ‘pipoca’ do reality show BBB 20

“Cabelo rosa, cifrão alado tatuado no ombro, unhas decoradas com strass e um número de seguidores oito vezes maior do que o total de habitantes da sua cidade natal, Nova Floresta, na Paraíba”, é assim que a Globo define a nova participante do BBB 20, que integra a pipoca, Flayslane.

Flayslane tem 25 anos e nasceu na em Nova Floresta, cidade do Agreste paraibano, desde os 13 anos trabalha com cantora. Atualmente, trabalha com uma dupla sertaneja.

 “Não me lembro de um momento da minha vida em que eu já não fosse cantora. Eu tinha um vizinho que fazia parte de uma banda e toda vez que o pessoal se reunia na casa dele, eu ia tomar banho e cantava altíssimo, gritando, para eles ouvirem e saberem que tinham uma vizinha que cantava bem. Deu certo! Aos 13 anos, fiz o teste para banda e eles me amaram. Entrei e foi assim que eu comecei”, explicou Flayslane em entrevista ao Globo.

MaisPB

 

Vencedora do The Voice Kids, paraibana Eduarda Brasil desabafa no Instagram e diz: “já estou de saco cheio”

A vencedora do The Voice Kids 2018, Eduarda Brasil, desabafou no Instagram sobre pessoas que teriam dito que o público não interage nos seus shows. A paraibana do Sertão da Paraíba disse que está “de saco cheio” desses comentários e publicou um vídeo mostrando que, ao contrário do que foi dito, as pessoas dançam e se animam com sua apresentação.

“Não sendo grossa, mas postando esse vídeo só porque eu já estou de saco cheio de gente que nunca foi num show meu sequer, comentando que ninguém interage nos meus shows. Acho que o vídeo diz mais, o resto é com vocês. Comenta aqui quem já foi num show meu e me diz o que achou”, disse Eduarda Brasil, no Instagram.

Eduarda Brasil venceu o The Voice Kids, na TV Globo, e ganhou R$ 250 mil e um contrato com gravadora. Ela representou o município de Cajazeiras, no Sertão paraibano e esteve no time de Simone e Simaria no reality show.

clickpb

 

Autora paraibana lança livro de crônicas na Câmara dos Deputados, convidada pela comissão representante do Dia da Consciência Negra

Em seu livro de estreia, Waleska Barbosa, 43, autora paraibana radicada em Brasília há 19 anos, faz um convite já no título: Que o nosso olhar não se acostume às ausências.

A obra será lançada nesta quarta-feira, (11/12), às 16h, no Espaço do Servidor da Câmara dos Deputados, em Brasília/DF, a convite da Comissão Representante do Dia da Consciência Negra, coordenada pelo deputado Damião Feliciano (PDT-PB).

“É uma proposta para que maiorias ou grupos fora dos padrões normativos, que terminam tomados como minorias, sejam enxergados em seu direito de existir e na sua diversidade. Muitos dos textos têm esse tema”, explica.

O livro teve pré-lançamento no início de outubro, em Brasília, pouco antes da participação da autora na Feira de Livro de Frankfurt, onde fez parte da programação, a convite do projeto Sara e Sua Turma com o apoio institucional da Secretaria de Cultura do DF, da Fundação Cultural Palmares e Câmara Brasileira do Livro.

Na Feira de Livro, ela falou no International Stage ao lado de escritores brasileiros sobre o tema A Literatura que vem da periferia. Em novembro, lançou a obra na Feira Literária de Campina Grande, sua cidade natal, onde também ministrou uma oficina de escrita.

Fruto de edição independente, a obra foi viabilizada por uma campanha de pré-venda conduzida pela autora, que bancou a tiragem de 200 exemplares. As demais etapas foram presentes de amigos: o projeto gráfico é do Coletivo 105 e a ilustração da capa, do artista plástico Sérgio Abajur, paraibano que há onze anos mora na Alemanha, realizando trabalhos para o teatro.

Com 234 páginas, ‘Que o nosso olhar’ tem apresentação da escritora Leila de Souza Teixeira, a quem Waleska conheceu em São Paulo, em cursos de literatura promovidos pelo Sesc, e prefácio de Laura Castro, escritora baiana, editora de livros artesanais e professora universitária.

Nos 74 textos – crônicas e prosas poéticas – selecionados no acervo do blog  www.umpordiaw.com.br, ela (se) expõe sobre questões como violência, amor, desamor, maternidade solo, genocídio do povo negro, racismo, feminicídio. Expõe aspectos que permeiam a vida de mulheres da segunda idade, como se define, e questiona padrões e jugos.

Como cronista nata, Waleska também capta momentos pueris, do dia a dia, com uma forma poética e muito peculiar de se colocar diante dos fatos, expressa pelo ritmo de sua escrita e pela maneira de pontuar as frases. Também consegue ser dura e contundente ao apontar o que chama de ‘involução’ do ser humano.

Falando por si ou (re)contando histórias, ela descobriu que escrever era um caminho para o fim do silenciamento e da (auto)censura impostos a ela e, historicamente às mulheres, entre elas, às mulheres negras. A prática da escrita fez com que percebesse que sua forma de interagir com o mundo estava mudando e que conseguia, finalmente, falar com a boca.

O fio condutor da obra parte da identidade da autora como mulher negra, entendida e/ou reforçada, em função da escrita diária no blog. “O livro tem gênero. É feminino. É feminista. É mulher”, diz a orelha.

 

Serviço:

Lançamento do Livro “Que o nosso olhar não se acostume às ausências”

Dia: 11/12/2019

Hora: 16h

Onde: Espaço do Servidor – Anexo II – Câmara dos Deputados

 

Contatos: Waleska Barbosa (61) 9-9948.1398 www.umpordiawb.com.br barbosawal@gmail.com   @carnawaleska

 

 

 

Paraibana, apresentadora Larissa Pereira entra para o rodízio fixo do JN

O Jornal Nacional, a partir de 2020, vai contar com a âncora do JPB2, da TV Cabo Branco, Larissa Pereira, na equipe oficial de plantonistas que substitui William Bonner e Renata Vasconcellos aos sábados. Na tarde desta sexta-feira (6), a paraibana recebeu a notícia do novo desafio. Dentre as participantes do projeto ‘JN 50 anos’, ela foi a terceira, até o momento da postagem desta matéria, a ser convidada para integrar o quadro da bancada.

Em novembro, a jornalista esteve à frente do Jornal Nacional representando a Paraíba e a Rede Paraíba de Comunicação para todo o país. Com segurança e profissionalismo, Larissa Pereira conseguiu estender a representatividade do jornalismo profissional do estado e adquirir mais uma conquista que reforça a credibilidade das TVs Cabo Branco e Paraíba.

Mesmo com o convite, Larissa Pereira continua no comando do JPB2, na TV Cabo Branco, logo após a novela das seis.

 

TV Cabo Branco

 

 

Solanense é primeira paraibana eleita Miss Teen Brasil Universe; ‘era o meu sonho’, diz

Uma adolescente paraibana foi eleita Miss Teen Brasil Universe 2020. Joyce Freitas, de 17 anos, natural de Solânea, venceu o concurso realizado na última sexta-feira (29), em Natal, no Rio Grande do Norte. Essa é a primeira vez que uma candidata da Paraíba conquista o título a nível nacional e o próximo passo será a disputa pelo título a nível internacional, previsto para acontecer em novembro de 2020, nas Bahamas, no Caribe.

“É uma grande honra pra mim poder representar o meu estado e agora o meu país. Ser a primeira paraibana a ganhar o título a nível nacional era o meu sonho”, afirma a estudante e modelo Joyce Freitas.

Entre 27 candidatas de todo o país, Joyce, que mora em João Pessoa, foi para a disputa final do concurso com a candidata do Paraná. O anúncio de que a coroa seria da paraibana foi acompanhado pela família da estudante, que esteve presente em todas as fases preparatórias para o concurso a nível nacional.

Para chegar à disputa do Miss Teen Brasil Universe 2020, Joyce conta que primeiro precisou passar pela disputa a nível estadual. O Miss Teen Paraíba Universe aconteceu em João Pessoa, no dia 24 de setembro deste ano.

Joyce foi eleita Miss Teen Paraíba Universe no dia 24 de setembro deste ano, em João Pessoa — Foto: Joyce Freitas/Arquivo Pessoal

Joyce foi eleita Miss Teen Paraíba Universe no dia 24 de setembro deste ano, em João Pessoa — Foto: Joyce Freitas/Arquivo Pessoal

Joyce conta que trabalha como modelo fotográfica e de passarela desde os 11 anos. Estudante do 3º ano do ensino médio, ela diz que pretende seguir a carreira de modelo. “É bem corrido conciliar as duas coisas agora, mas como estou terminando o ensino médio ano que vem, vou me dedicar à carreira de modelo”.

Miss Teen Universe 2020 em Bahamas

O próximo passo será a disputa a nível internacional, com tudo pago pela organização do concurso. De acordo com Joyce, o Miss Teen Universe está previsto para acontecer em Bahamas, no Caribe, em novembro de 2020.

“Para as meninas que têm o mesmo sonho, eu digo pra ir atrás desse sonho, que elas jamais desistam, pois sonho que é sonho tem que batalhar, e que não é fácil, mas se é algo que elas querem, corram atrás disso”, diz a paraibana.

Paraibana venceu Miss Teen Brasil Universe 2020, realizado em novembro deste ano, em Natal, no Rio Grande do Norte — Foto: Joyce Freitas/Arquivo Pessoal

Paraibana venceu Miss Teen Brasil Universe 2020, realizado em novembro deste ano, em Natal, no Rio Grande do Norte — Foto: Joyce Freitas/Arquivo Pessoal

 

G1

 

 

Morre aos 62 anos a jornalista e colunista paraibana Lena Guimarães

Morreu, nesta segunda-feira (18), em João Pessoa, a jornalista e colunista do Jornal CORREIO, Lena Guimarães, aos 62 anos. Ela estava internada em um hospital particular e foi vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência de um câncer no pâncreas. Lena deixa um filho, Daniel Guimarães. Informações sobre velório e sepultamento da jornalista ainda não foram divulgadas.

Lena já ocupou diversas funções no jornalismo paraibano. Foi repórter, redatora e chefe de reportagem do Jornal A União, além de editora dos cadernos de Cultura, Cidades, Economia e Política no CORREIO da Paraíba. Ela também ocupou o cargo de diretora de jornalismo do Sistema Correio de Comunicação e de secretária de Comunicação do Estado, no governo José Maranhão (2009-2010). A jornalista foi ainda editora-geral do jornal O Momento e repórter regional da Folha de S. Paulo e do Jornal do Brasil.

Há alguns anos, Lena Guimarães mantinha coluna no CORREIO da Paraíba, tida como leitura obrigatória para políticos, empresários e intelectuais do estado. Autoridade no assunto, ela também levava suas análises dos bastidores da política aos programas Correio Debate e Jornal da Correio, ambos na TV Correio.

Em maio deste ano, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu Medalha de Mérito Jornalístico a Lena Guimarães. A homenagem foi aprovada por unanimidade entre os parlamentares.

 

Correio da PB

 

 

UCD Bananeiras enfrenta o Cabo Branco em jogo válido pelas quartas de final da Liga Paraibana de Futsal

Nesta segunda-feira (15) terá o jogo mais importante do ano, até o momento, para equipe do UCD Bananeiras. As 20:00 no ginásio Oldilon Ribeiro Coutinho, bairro Valentina de Figueiredo em João Pessoa o UCD Bananeiras enfrentará a tradicional equipe do Cabo Branco em partida válida pelas quartas de final da Liga Paraibana de Futsal.

A motivação toma conta da equipe brejeira e uma certeza já temos, será um grande jogo. Após o jogo treino realizado na última terça na cidade de Borborema o treinador Girlan Carlos fechou o grupo e disse estar confiante para trazer a vitória e a vaga entre os quatro melhores times do Estado. “Mais uma vez temos a oportunidade de mostrar nosso futebol, vamos lá respeitando o Cabo Branco, mas vamos pra trazer a vitória”.

Para o jogo mais importante do ano o UCD Bananeiras vem completo com todos atletas a disposição e com uma surpresa. A torcida que não puder acompanhar o jogo no ginásio poderá acompanhar a transmissão pelas redes sociais da equipe e também pelo Facebook da rádio Integração, que acompanhará o UCD e transmitirá ao vivo e direto de João Pessoa. Reforçamos o pedido de torcida por nossa equipe e lembramos que o UCD Bananeiras é o brejo na Liga Paraibana de Futsal. Mais informações no perfil da equipe.

 

Por Ivson Danilo

 

 

Jericó é a cidade paraibana onde mais choveu este ano, indica Aesa

Jericó, localizada no sertão paraibano, é a cidade que mais recebeu chuvas este ano na Paraíba. Os pluviômetros do setor de Monitoramento e Hidrometria da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) já registraram 923,8 milímetros.

Teixeira, com 919,9 milímetros, ocupa a segunda posição do ranking das dez cidades paraibanas onde mais choveu este ano. Na seqeência Cajazeiras (908,8mm), Emas (868,5mm), Diamante (861,7mm), Santa Terezinha (861mm), Mato Grosso (849,7mm), Lagoa (848,9mm), Serra Grande (830,8) e Sousa (821,1mm).

Durante a primeira quinzena de maio, os maiores índices pluviométricos foram registrados em Camalaú (167,8mm), Mato Grosso (146,3mm), Itaporanga (131mm), Pedra Branca (124,8) e João Pessoa (118,1mm). Do total anotado este mês em Camalaú, 114,1 milímetros foram registrados na quarta-feira (15).

“As condições de tempo sobre o estado da Paraíba apresentam poucas alterações com relação aos últimos dias. O tempo deverá permanecer com nebulosidade variável e possibilidade de chuvas localizadas”, informou a meteorologista Marle Bandeira.

Açudes 

Dos 132 reservatórios monitorados pelo Governo do Estado, 69 estão com mais de 20% do volume total, 36 têm menos de 20% e 23 açudes estão em situação crítica com menos de 5%. Quatro açudes estão sangrando: Araçagi, na cidade de mesmo nome; Cachoeira de Vaca, em Cachoeira dos Índios; Cafundó, em Serra Grande; e Pimenta em São José de Caiana.

MaisPB

 

 

Projeto Academia de Lideranças debate participação das mulheres na política paraibana

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) apresentou, nesta segunda-feira (06), o projeto Academia de Lideranças – II Seminário A Política e as Mulheres, que visa promover a formação de políticas públicas na Paraíba e incentivar pessoas a entrar na política e participar de disputas eleitorais. A iniciativa foi do deputado Chió (Rede). Segundo ele, a ideia é qualificar os quadros que vão participar das eleições em 2020.

Chió explicou que o projeto teve início no município de Areia, no interior da Paraíba, e afirmou que o debate será realizado em outros municípios. Ele ressaltou a necessidade de discutir o tema para incentivar que mais mulheres participem da política no Estado.

“Esse encontro é essencial para que tenhamos uma política igualitária. A ideia da Academia de Lideranças é que a gente possa qualificar cada vez mais os quadros, que vão participar da política no próximo ano. Iniciamos essa formação em Areia com mais de 50 mulheres e temos visto que o problema é que falta suporte, falta incentivo para o engajamento delas”, disse o parlamentar.

Durante o evento, a coordenadora de Organização da Executiva Nacional da Rede Sustentabilidade, a ex-senadora Heloisa Helena, proferiu palestra para os participantes. Ela discutiu sobre estratégias partidárias para ampliar a participação do público feminino na política, falou sobre os desafios da mulher e o impacto da representação feminina na política.

“A gente sonha e luta todos os dias para que mais mulheres participem das instâncias de decisão política dos espaços de poder. Do mesmo jeito que tantas mulheres abriram caminhos para que muitas estivessem aqui, a gente continua lutando para garantir que mais delas participem da política. Sabemos que é muito difícil, porque há preconceito e machismo em todos os partidos. A dupla, tripla jornada de trabalho também impedem essa participação”, ressaltou Heloisa Helena.

Também participaram do encontro a vereadora Sandra Marrocos; a secretária executiva da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura; a prefeita de Pilões, Socorro Brilhante; a secretária das Mulheres da Fetag, Ivonete Leandro. O evento contou com líderes estudantis, integrantes de movimentos femininos, sindicalistas, donas de casa, servidoras públicas, vereadoras, empresárias e prefeitas, que compartilharam temas, dilemas e perspectivas de proposituras políticas femininas.

 

 

agenciaalpb