Arquivo da tag: paraibana

Sociedade Paraibana de Pediatria recomenda fechamento de escolas públicas e privadas

A Sociedade Paraibana de Pediatria divulgou uma nota recomendando o fechamento imediato, mas de forma momentânea, das escolas e creches públicas e privas da Paraíba, como forma de prevenção ao contágio do coronavírus. A nota foi divulgada nesta segunda-feira (16), em uma rede social.

De acordo com a nota, mesmo não havendo casos confirmados de coronavírus na Paraíba, é preciso proteger as crianças e os familiares do risco da doença e, para isso, a Sociedade entende que o isolamento social pode ser crucial para reduzir o aumento significativo de casos suspeitos.

A nota, assinada pelo presidente Leonardo Cabral, diz que apoia e entende como prudente esse tipo de reforço, que deve ser somado a outras medidas que ainda devem ser implantadas ao longo do tempo.

G1

 

Projeto de lei quer transforma Pilões Capital Paraibana das Flores

O deputado estadual Cláudio Régis (PP) apresentou, na Assembleia Legislativa da Paraíba, o projeto de Lei nº 1441/2019, que denomina Pilões a Capital Paraibana das Flores. A cidade do Brejo paraibano, localizada a 87,13 quilômetros de João Pessoa, vem se destacando pela visão empreendedora de mulheres que formaram uma cooperativa para a produção de flores, aumentando a renda e gerando emprego.

A Cooperativa dos Floricultores do Estado da Paraíba é composta por 28 pessoas e produz flores que garantem o desenvolvimento da região e renda para as famílias. Margarida comum, Pompon lilás, Xena e Monsenhor são alguns tipos de flores que a cooperativa transformou em fonte de renda.

“Pilões é uma cidade que se notabilizou pela produção das flores. Essa atividade gera emprego e renda para as famílias que passaram a retirar da terra o seu sustento”, disse o deputado Cláudio Régis.

A iniciativa foi retratada no filme ‘Flores de Pilões’ que mostra, através de depoimentos, a história de vida das mulheres que transformaram suas vidas trocando o corte da cana-de-açúcar pelo cultivo de flores no brejo Paraibano. O documentário foi fruto de patrocínio da Eletrobras e BrasilCap com parceria da Fundação Banco do Brasil e Realização do Ministério da Cultura.

A produção de flores já garantiu à cidade, em 2006, os prêmios Sebrae de Prefeito Empreendedor e o nacional de Mulher Empreendedora. Este último para a Karla Paiva, uma das lideranças locais que fizeram a cooperativa de produção e comercialização de flores acontecer. A cooperativa foi a vencedora da etapa Nordeste do Prêmio Finep de Inovação Tecnológica 2007.

Assessoria 

 

 

Nos 70 anos da LBV, mobiliza a sociedade paraibana em prol da educação

Ação beneficiará crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social

A Legião da Boa Vontade (LBV) promove à sua tradicional mobilização social em prol da educação. A campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro!, entrega até o mês de março, mais de 15 mil kits de material escolar a crianças, adolescentes e jovens atendidos pela Instituição em 67 cidades do Brasil.

A campanha tem como objetivos principais auxiliar as famílias que não dispõem de recursos financeiros para a compra dos artigos escolares e motivar meninas e meninos, a frequentar as salas de aula e a dar prosseguimento aos estudos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a evasão escolar abrange, sobretudo, jovens que têm entre 15 e 17 anos de idade. Os dados indicam que, em 2018, 11,8% dos jovens nessa faixa etária estavam fora da escola, número equivalente a 1,1 milhão de pessoas.

Constantemente preocupada com a educação, a LBV, conta com a contribuição de seus colaboradores, voluntários, amigos e parceiros, bem como com o suporte imprescindível dos meios de comunicação na divulgação dessa ação solidária. Os referidos kits são compostos de mochila, cadernos, lápis, régua, canetas, estojo, entre outros itens.

Cabe destacar que as capas dos cadernos contêm as ilustrações ganhadoras da edição 2019 do Concurso Nacional de Desenhos da Legião da Boa Vontade, edição essa que teve como foco o tema “A LBV em minha vida”, em homenagem à Instituição por seus 70 anos de existência, ao longo dos quais vem promovendo, ininterruptamente, a Caridade Completa, ou seja, a do corpo e da Alma.

As doações para a campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro! podem ser feitas pelo site www.lbv.org ou pelo telefone 0800 055 50 99.

As crianças e adolescentes, assistidas pela Instituição em João Pessoa/PB, receberão seus kits, no próximo dia 06 de março de 2020, na Unidade de Jaguaribe, que está localizada na Rua das Trincheiras, 703. Para outras informações sobre essa meritória iniciativa, basta acessar as páginas oficiais da LBV no Facebook, no Instagram e no Youtube, por meio do endereço LBVBrasil.

 

 

Brother que encostou partes íntimas em paraibana é intimado pela Polícia do Rio

Alvo de graves acusações de assédio pelo seu comportamento no BBB 20, Petrix Barbosa terá que deixar o programa por determinação da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá (RJ).

A Polícia Civil entregou no departamento jurídico da TV Globo, na tarde desta segunda-feira (03), uma intimação para ouvir o ginasta.

Petrix precisará sair da casa até sexta-feira (07) quando prestará seu depoimento no caso de assédio às participantes. A polícia disse que caso ele seja removido pelo público no paredão de amanhã (04), ele poderá ser ouvido após a eliminação.

A delegada do caso Juliana Enrique declarou que “nenhum assédio será tolerado”.

MaisPB

 

 

Paraibana Gkay é uma das convidadas do aniversário de Neymar e diz que celular era proibido na festa

A paraibana Gkay foi uma das convidadas do aniversário de Neymar. O jogador do Paris Saint-Germain comemorou antecipadamente a chegada de seus 28 anos em Paris neste domingo (2), em festa com tema Noite do Branco.

Usando a #Neymar 28, Gkay causou no seu instagram ao pousar com um vestido branco na varanda do hotel, com vista para a Torre Eiffel.

Na manhã desta segunda-feira (3), a paraibana disse que não teve como publicar stories sobre a festa, já que era proibido o uso de celular no local.

A festa aconteceu na casa noturna Yoyo, que fica no 16° arrondissement de Paris.

De acordo com jornal francês L’Équipe, a casa é um clube moderno, localizado no coração do Palácio de Tóquio, que acolhe regularmente eventos musicais, culturais ou festas particulares em seu espaço modular de 900 m², que pode acomodar até 800 pessoas. A parte musical ficou por conta de Maiara e Maraísa e Rodriguinho.

Além de Gkay, Matheus Mazzafera, Rafael Ucmann, Izabel Goulart, Gabriel Medina, Nakagima e ex-BBB Munik Nunes foram uns dos convidados do craque.

 

clickpb

 

 

Paraibana de 10 anos encanta jurados e se classifica no The Voice Kids 2020

A paraibana Júlia Lima, de 10 anos encantou todos os técnicos e se classificou neste domingo (19), no programa The Voice Kids, da Rede Globo.

Natural da cidade de Esperança, na Paraíba, Júlia cantou a música ‘Ai que saudades de ocê’, de Vital Farias, eternizada na voz de Elba Ramalho.

Todos os técnicos do programa viraram suas cadeiras aprovando a sua classificação para o programa. Júlia escolheu a dupla Simone e Simaria para serem as suas técnicas no programa dominical.

 

clickpb

 

 

Paraibana entra para a ‘pipoca’ do reality show BBB 20

“Cabelo rosa, cifrão alado tatuado no ombro, unhas decoradas com strass e um número de seguidores oito vezes maior do que o total de habitantes da sua cidade natal, Nova Floresta, na Paraíba”, é assim que a Globo define a nova participante do BBB 20, que integra a pipoca, Flayslane.

Flayslane tem 25 anos e nasceu na em Nova Floresta, cidade do Agreste paraibano, desde os 13 anos trabalha com cantora. Atualmente, trabalha com uma dupla sertaneja.

 “Não me lembro de um momento da minha vida em que eu já não fosse cantora. Eu tinha um vizinho que fazia parte de uma banda e toda vez que o pessoal se reunia na casa dele, eu ia tomar banho e cantava altíssimo, gritando, para eles ouvirem e saberem que tinham uma vizinha que cantava bem. Deu certo! Aos 13 anos, fiz o teste para banda e eles me amaram. Entrei e foi assim que eu comecei”, explicou Flayslane em entrevista ao Globo.

MaisPB

 

Vencedora do The Voice Kids, paraibana Eduarda Brasil desabafa no Instagram e diz: “já estou de saco cheio”

A vencedora do The Voice Kids 2018, Eduarda Brasil, desabafou no Instagram sobre pessoas que teriam dito que o público não interage nos seus shows. A paraibana do Sertão da Paraíba disse que está “de saco cheio” desses comentários e publicou um vídeo mostrando que, ao contrário do que foi dito, as pessoas dançam e se animam com sua apresentação.

“Não sendo grossa, mas postando esse vídeo só porque eu já estou de saco cheio de gente que nunca foi num show meu sequer, comentando que ninguém interage nos meus shows. Acho que o vídeo diz mais, o resto é com vocês. Comenta aqui quem já foi num show meu e me diz o que achou”, disse Eduarda Brasil, no Instagram.

Eduarda Brasil venceu o The Voice Kids, na TV Globo, e ganhou R$ 250 mil e um contrato com gravadora. Ela representou o município de Cajazeiras, no Sertão paraibano e esteve no time de Simone e Simaria no reality show.

clickpb

 

Autora paraibana lança livro de crônicas na Câmara dos Deputados, convidada pela comissão representante do Dia da Consciência Negra

Em seu livro de estreia, Waleska Barbosa, 43, autora paraibana radicada em Brasília há 19 anos, faz um convite já no título: Que o nosso olhar não se acostume às ausências.

A obra será lançada nesta quarta-feira, (11/12), às 16h, no Espaço do Servidor da Câmara dos Deputados, em Brasília/DF, a convite da Comissão Representante do Dia da Consciência Negra, coordenada pelo deputado Damião Feliciano (PDT-PB).

“É uma proposta para que maiorias ou grupos fora dos padrões normativos, que terminam tomados como minorias, sejam enxergados em seu direito de existir e na sua diversidade. Muitos dos textos têm esse tema”, explica.

O livro teve pré-lançamento no início de outubro, em Brasília, pouco antes da participação da autora na Feira de Livro de Frankfurt, onde fez parte da programação, a convite do projeto Sara e Sua Turma com o apoio institucional da Secretaria de Cultura do DF, da Fundação Cultural Palmares e Câmara Brasileira do Livro.

Na Feira de Livro, ela falou no International Stage ao lado de escritores brasileiros sobre o tema A Literatura que vem da periferia. Em novembro, lançou a obra na Feira Literária de Campina Grande, sua cidade natal, onde também ministrou uma oficina de escrita.

Fruto de edição independente, a obra foi viabilizada por uma campanha de pré-venda conduzida pela autora, que bancou a tiragem de 200 exemplares. As demais etapas foram presentes de amigos: o projeto gráfico é do Coletivo 105 e a ilustração da capa, do artista plástico Sérgio Abajur, paraibano que há onze anos mora na Alemanha, realizando trabalhos para o teatro.

Com 234 páginas, ‘Que o nosso olhar’ tem apresentação da escritora Leila de Souza Teixeira, a quem Waleska conheceu em São Paulo, em cursos de literatura promovidos pelo Sesc, e prefácio de Laura Castro, escritora baiana, editora de livros artesanais e professora universitária.

Nos 74 textos – crônicas e prosas poéticas – selecionados no acervo do blog  www.umpordiaw.com.br, ela (se) expõe sobre questões como violência, amor, desamor, maternidade solo, genocídio do povo negro, racismo, feminicídio. Expõe aspectos que permeiam a vida de mulheres da segunda idade, como se define, e questiona padrões e jugos.

Como cronista nata, Waleska também capta momentos pueris, do dia a dia, com uma forma poética e muito peculiar de se colocar diante dos fatos, expressa pelo ritmo de sua escrita e pela maneira de pontuar as frases. Também consegue ser dura e contundente ao apontar o que chama de ‘involução’ do ser humano.

Falando por si ou (re)contando histórias, ela descobriu que escrever era um caminho para o fim do silenciamento e da (auto)censura impostos a ela e, historicamente às mulheres, entre elas, às mulheres negras. A prática da escrita fez com que percebesse que sua forma de interagir com o mundo estava mudando e que conseguia, finalmente, falar com a boca.

O fio condutor da obra parte da identidade da autora como mulher negra, entendida e/ou reforçada, em função da escrita diária no blog. “O livro tem gênero. É feminino. É feminista. É mulher”, diz a orelha.

 

Serviço:

Lançamento do Livro “Que o nosso olhar não se acostume às ausências”

Dia: 11/12/2019

Hora: 16h

Onde: Espaço do Servidor – Anexo II – Câmara dos Deputados

 

Contatos: Waleska Barbosa (61) 9-9948.1398 www.umpordiawb.com.br barbosawal@gmail.com   @carnawaleska

 

 

 

Paraibana, apresentadora Larissa Pereira entra para o rodízio fixo do JN

O Jornal Nacional, a partir de 2020, vai contar com a âncora do JPB2, da TV Cabo Branco, Larissa Pereira, na equipe oficial de plantonistas que substitui William Bonner e Renata Vasconcellos aos sábados. Na tarde desta sexta-feira (6), a paraibana recebeu a notícia do novo desafio. Dentre as participantes do projeto ‘JN 50 anos’, ela foi a terceira, até o momento da postagem desta matéria, a ser convidada para integrar o quadro da bancada.

Em novembro, a jornalista esteve à frente do Jornal Nacional representando a Paraíba e a Rede Paraíba de Comunicação para todo o país. Com segurança e profissionalismo, Larissa Pereira conseguiu estender a representatividade do jornalismo profissional do estado e adquirir mais uma conquista que reforça a credibilidade das TVs Cabo Branco e Paraíba.

Mesmo com o convite, Larissa Pereira continua no comando do JPB2, na TV Cabo Branco, logo após a novela das seis.

 

TV Cabo Branco