Arquivo da tag: Paraíba

Mais da metade dos acidentes com morte nas BRs da Paraíba foram com motocicletas, diz PRF

Um levantamento divulgado nesta quinta-feira (19) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba mostrou que em 2019, cerca de 53% dos acidentes com mortes nas rodovias federais do estados tinham motocicletas como um dos veículos envolvidos. Conforme a PRF, até setembro foram contabilizados 95 acidentes com morte, sendo 51 deles somente de motociclistas ou de passageiros de motocicletas.

O número de pessoas feridas em acidentes com motocicletas em rodovias federais em 2019 é de 635 vítimas leves ou graves. Esse número representa 64,33% do total de pessoas feridas em acidentes de trânsito nas rodovias da Paraíba.

Apesar dos números elevados registrados, o número de mortes envolvendo motociclistas diminuiu quando comparados com o mesmo período do ano anterior. Em 2018, no período de janeiro a primeira quinzena de setembro, foram registrados 59 mortes envolvendo motociclistas ou passageiros de motos. Comparado ao mesmo período deste ano, a PRF registrou uma redução de aproximadamente 13% no número de óbitos envolvendo motos.

De acordo com a PRF, para reduzir o número de acidentes com motos, começou a operação duas rodas desde o início de 2019. O foco da ação é reduzir tanto os acidentes, quanto coibir a prática de crimes com motocicletas.

“Muitos acidentes envolvendo motociclistas ocorrem por imprudência ou até mesmo imperícia. O número de motociclistas flagrados dirigindo sem habilitação ou sem usar o capacete reflete diretamente na quantidade e na gravidade dos acidentes envolvendo motos”, informou a PRF na Paraíba. A falta de atenção dos motoristas de veículos maiores também causa graves acidentes envolvendo motos.

Foto: Walter Paparazzo/G1/Arquivo

G1

 

Lei determina notificação compulsória de casos de automutilação e tentativa de suicídio na Paraíba

Foi sancionada nesta quinta-feira (19) uma lei que dispõe sobre a notificação compulsória de casos de automutilação e tentativa de suicídio por parte dos estabelecimentos de ensino e de saúde na Paraíba. A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado da Paraíba (DOE-PB).

A lei, de autoria do deputado estadual Nabor Wanderley (PRB), já entrou em vigor e determina que essa notificação tem caráter sigiloso. A notificação deve ser feita às autoridades sanitárias e de segurança pública nos casos suspeitos ou confirmados de violência autoprovocada.

Ainda conforme o texto da lei, os Conselhos Tutelares vão ser notificados nos casos que envolvam crianças ou adolescentes. Na justificativa, o deputado explica os conceitos de automutilação e suicídio e argumenta que a lei é relevante “pelo alcance social e interesse público”.

G1

 

Paraíba tem mais de 73 mil pessoas cadastradas à espera de medula óssea

Dados da Secretaria de Estado da Saúde   apontam que atualmente, a Paraíba tem mais de 73 mil pessoas cadastradas no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), sendo que 5.017 cadastros foram realizados de janeiro a setembro deste ano. Em 2018, foram efetuados 5.859 cadastros.

Em tratando de encontrar um doador compatível, este ano, o Hemocentro encaminhou 40 possíveis doadores, sendo 25 para pacientes residentes no país e 15 para pessoas que estão fora do Brasil.

Para  sensibilizar as pessoas  para a importância da doação, a partir de quinta-feira até o próximo sábado, o Hemocentro da Paraíba realizará ações alusivas ao Dia Mundial do Doador de Medula Óssea celebrado no dia 21 de setembro.  A campanha deste ano tem como lema “Ilumine a Vida de Alguém, Seja um Doador de Medula Óssea”.

A diretora-geral do Hemocentro da Paraíba, Luciana Gomes Vieira, destaca que esse é um tema que nunca pode ficar esquecido. “Muitos pacientes precisam manter a esperança e dependem de um doador de medula óssea para que possam se reabilitar. A chance de encontrar um doador compatível fora do núcleo familiar é de 1 para cada 100 mil”, afirmou.

A coordenadora do Laboratório de Biologia Molecular do Hemocentro, Jussara Torres de Araújo Lacerda, reforça que a mobilização pretende dar visibilidade ao tema da doação de medula óssea, promovendo não apenas o cadastramento de novos doadores, mas também a conscientização dos doadores já cadastrados sobre a importância de manter seus dados atualizados.

A abertura das atividades será, às 8h30, desta quinta-feira, no auditório do Centro de Ciências Médicas (CCM) da Universidade Federal da Paraíba, com realização de palestras e cadastro de medula óssea.

A coordenadora do Laboratório de Biologia Molecular do Hemocentro, Jussara Torres, apresentará um panorama sobre o cadastramento de doadores na Paraíba, no Brasil e no Mundo.

Em seguida, o professor de Hematologia e especialista em Transplante de Medula Óssea (TMO), Luis Fábio Barbosa Botelho, vai explanar sobre a inclusão da Paraíba no transplante de medula óssea e os benefícios de sua realização no Estado.

Doadores e pacientes de transplante de medula óssea também vão participar do evento, relatando suas experiências e desafios.

A parte festiva ficará com a cantora Lenybergman Galvão Mariel que voluntariamente fará uma breve apresentação musical, abrilhantando ainda mais o evento.

Quem estiver na UFPB, poderá aproveitar a oportunidade para fazer o cadastro de doador de medula óssea. Das 8h30 até as 17 horas, a unidade móvel do Hemocentro estará no CCM com uma equipe fazendo exclusivamente o cadastro.

Já na sexta-feira (20), a mobilização será no Hemocentro onde o cadastramento de doadores será realizado e haverá uma recepção especial aos candidatos.

No sábado (21), a ação será na orla de João Pessoa, com a realização de uma panfletagem, das 6 às 8h, no busto de Tamandaré.

Só este ano, 33 pacientes com indicação para transplante de medula óssea foram identificados na Paraíba.

DICA IMPORTANTE:  Se você ainda não é doador, não deixe de procurar o banco de sangue. “Vá ao Hemocentro de João Pessoa, o Regional de Campina Grande ou os Hemonúcleos e faça o seu cadastro. É um gesto voluntário, rápido e grandioso para um procedimento simples, que não tem preço”, incentiva a coordenadora do Laboratório de Biologia Molecular, Jussara Torres.

No Hemocentro, os interessados apresentam o documento de identidade, preenchem uma ficha com informações pessoais e assinam um termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE). Em seguida, na sala de coleta é retirada uma pequena quantidade de sangue (5ml) do candidato a doador para o exame de histocompatibilidade (HLA). Os dados farão parte do Registro Nacional de Doador de Medula Óssea (Redome) e serão cruzados com as informações genéticas de pacientes.

Redação/Assessoria

 

 

Desbloqueio do MEC devolve 55 bolsas de pós-graduação pela Capes às instituições da Paraíba

A Paraíba é o segundo estado do Nordeste que teve mais bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes) desbloqueadas pelo Ministério da Educação (MEC). Conforme lista divulgadas pela Capes, a Paraíba vai ter 55 bolsas de incentivo à pesquisa desbloqueadas, atrás apenas do Ceará, com 81 bolsas reabertas, na região. O ministro do MEC, Abraham Weintraub anunciou na quarta-feira (11) o desbloqueio de 3.182 bolsas da Capes em todo o Brasil.

Ainda de acordo com a Capes, as bolsas devolvidas são referentes aos cursos com notas 5,6 e 7 na avaliação do MEC. No dia 2 de setembro, o MEC havia anunciado o corte de 5.613 bolsas, retirando 161 bolsas das instituições paraibanas. O anúncio feito no início de setembro tinha sido o terceiro de bloqueio de bolsas da Capes. Somando os três cortes a Instituições de Ensino Superior da Paraíba tinham perdido pelo menos 580 bolsas em 2019.

  • no dia 9 de maio veio o primeiro corte, com 81 bolsas congeladas na Paraíba;
  • no dia 4 de junho foi anunciado o segundo corte, com 338 bolsas cortadas;
  • no dia 2 de setembro, no terceiro corte foram suspensas 161 bolsas;
  • no dia 11 de setembro, MEC anuncia desbloqueio de 55 bolsas na Paraíba.

Mesmo com o desbloqueio, o saldo da Paraíba é de 525 bolsas de pesquisa científica bloqueadas. No Brasil, com a liberação das mais de 3 mil desta quarta, outras 8.692 bolsas continuam suspensas.

Ainda de acordo com a Capes, não foi feito um levantamento de bolsas desbloqueadas por Instituição de Ensino Superior, apenas por unidades da federação. O maior beneficiado com o desbloqueio foi o estado de São Paulo, com 1.226 bolsas reabertas.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que o acordo foi firmado com o Ministério da Economia, mas não detalhou de onde virá o dinheiro. “Os detalhes, temos que esperar o Orçamento-Geral da União. A construção do orçamento é dinâmica”, diz.

Segundo Weintraub, essas vagas tinham sido bloqueadas porque a prévia do Orçamento 2020 não previa espaço para esses pagamentos. Após a reunião desta quarta, a expectativa é de que a rubrica da Educação para o ano que vem seja reforçada.

Foto: Gabriel Costa/Arquivo Pessoal

G1

 

Criança morre com queimaduras após cair em caldeirão com água quente, na Paraíba

Uma criança de dois anos morreu nesta quarta-feira (11) depois de sofrer queimadas provocadas por água quente. O acidente aconteceu na cidade de Ingá, no Agreste da Paraíba, mas a criança morreu no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

As queimaduras aconteceram no dia 28 de agosto. De acordo com relatos de parentes à polícia, a criança estava em casa, enquanto o padrasto preparava uma caldeirão com água fervendo.

Ele teria colocado o caldeirão no chão e, quando se abaixou para pegar algo no chão, bateu a cintura na criança e ela caiu dentro do caldeirão. Ela foi encaminhada para a UPA da cidade de Ingá e, em seguida, levada para o Hospital de Trauma de Campina Grande, que tem uma ala especializada em queimaduras.

A morte da criança foi registrada na Central de Polícia Civil de Campina Grande e deve ser investigada pela Polícia Civil de Ingá.

G1

 

Casa onde homem foi encontrado morto é incendiada, na Paraíba; suspeito do homicídio é preso

Uma casa onde o corpo de um homem foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (11), no bairro da Palmeira, em Campina Grande, foi incendiada na madrugada desta quinta-feira (12). Segundo a polícia, o corpo da vítima, de 33 anos, foi encontrado esfaqueado e com sinais de enforcamento. O suspeito de cometer o homicídio foi preso na manhã desta quinta-feira (12), em Cajazeiras.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por vizinhos. A rua onde o incêndio aconteceu fica no cruzamento das ruas Desembargador Azevedo e Arquimedes Souto Maior. Ao chegarem no local, por volta das 4h, os bombeiros encontraram a residência em chamas. Após ação o fogo foi contido.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo do homem foi encontrado na tarde desta quarta-feira esfaqueado e com sinais de enforcamento. O crime aconteceu na madrugada e o suspeito seria um amigo da vítima que morava com ele.

O suspeito do crime, de 31 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (12), em Cajazeiras, no Sertão paraibano. De acordo a Polícia Militar, o homem teria fugido no carro da vítima em direção ao Sertão. A polícia identificou a placa do carro e abordou o suspeito. Ele confessou o crime. Com o suspeito foram encontrados o celular e documentos da vítima.

Segundo relato do suspeito à polícia, eles estavam jogando poker quando houve um desentendimento e a vítima tentou esfaqueá-lo. Ele alegou legítima defesa após luta corporal. O homem foi detido e aguarda audiência de custódia na Delegacia Regional de Cajazeiras.

Foto: Mário Aguiar/TV Paraíba

G1

 

Menino suspeito de planejar ataque a escola no Sertão da Paraíba é ouvido pela polícia

A Polícia Civil ouviu em depoimento um menino suspeito de ameaçar atacar uma escola particular em Cajazeiras, no Sertão paraibano, nesta quarta-feira (11). A informação foi repassada ao ClickPB pela assessoria de comunicação da Polícia Militar da Paraíba.

O assunto teria viralizado no WhatsApp e chamado atenção das autoridades policiais e da população do Sertão.

O delegado Glauber Fontes, que comanda a 24º Área Integrada de Segurança Pública (AISP), informou ao ClickPB que o diretor da escola esteve na delegacia de Cajazeiras para falar sobre o caso.

As primeiras informações são de que a instituição suspendeu as aulas de hoje. Os pais do menino teriam sido chamados à escola para conversar sobre a situação.

 

 

clickpb

 

 

Número de casos suspeitos de dengue aumenta 43,7% e sete mortes já foram confirmadas na Paraíba

O número de casos suspeitos de dengue na Paraíba aumentou em 43,7%, passando de 9.717 para 13.959. Os dados estão no Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado nesta quarta-feira (11) e se referem ao período de 30 de dezembro a 24 de agosto.

Sete mortes já foram confirmadas este ano e 11 estão em investigação. Conforme o boletim, são 145 casos de dengue com sinais de alarme e 11, grave.

Também foram divulgados os casos suspeitos de chikingunya, que este ano já somam 1.018 casos, um aumento de 20,5%. Uma pessoa morreu por conta da doença.

A incidência de zika aumentou 1,6% e este ano já são 312 os casos suspeitos. Em 2019, foram confirmados dois óbitos por zika no estado da Paraíba.

Em todo o Brasil foram registrados 1.439.471 casos de dengue. A média é 6.074 casos por dia e representa um aumento de 599,5%, na comparação com 2018. No ano passado, o período somou 205.791 notificações.

 

clickpb

 

 

Ministério Público da Paraíba instaura processo investigatório criminal contra prefeito de Dona Inês

Em sua portaria o Dr. Alcides Jansen relata que a notícia de fato foi instaurada a partir de solicitação do gabinete do Deputado Federal, Frei Anastácio (PT), e considerando que, com base na documentação apresentada ao Ministério Público, há possível desvio de recursos públicos oriundo de uma locação de uma máquina retroescavadeira para limpeza de barreiros. Nas instruções o subprocurador atribuiu ainda que os demais Promotores do CCRIMP tem autorização para expedir notificações, colher depoimentos, requisitar documentos e praticar todos os atos executórios necessários a investigação criminal.

Entenda o caso.

Em abril de 2019 o Vereador Damásio Berto (PSD) trouxe a tona na Tribuna da Câmara de Vereadores de Dona Inês, farta documentação contra a gestão do Prefeito do Município, João Idalino (PSD). Municiado de cópias dos empenhos, notas fiscais e cheques, de supostos serviços na contratação de uma retroescavadeira para limpeza de barreiros no montante de R$ 56.720,00, do FPM. Segundo o parlamentar haveria falsidade grosseira nas assinaturas no endosso dos cheques do recebedor, tendo em vista que as mesmas não condiz com a do seu RG, e em outros, não existem sequer a assinatura endossada pelo prestador de serviços, o que comprovaria que o mesmo não teria recebido os cheques.

portaldolitoralpb

 

Trabalhadores dos Correios da Paraíba entram em greve por tempo indeterminado, diz sindicato

Os trabalhadores dos Correios da Paraíba entraram em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (11). Uma assembleia do Sindicato dos Trabalhadores de Correios e Telégrafos da Paraíba (Sintect), realizada na noite desta terça-feira (10), definiu o posicionamento dos trabalhadores.

De acordo com o diretor do sindicato, Fael Paiva, desde julho os trabalhadores estão em campanha salarial, no entanto, ele informou que não houve negociação. O G1entrou em contato com a assessoria de comunicação dos Correios e aguarda um posicionamento sobre os impactos que foram gerados na execução das atividades.

A principal reivindicação, segundo o sindicato, é a reposição salarial de acordo com a inflação e os benefícios integrais no valor acumulado da inflação do período agosto de 2018 a julho de 2019. Além disso, os trabalhadores pedem manutenção de cláusulas sociais e aumento de salário no valor de R$ 300 linear.

Conforme o Sintect, a proposta da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) reduziria a reposição salarial para 0,8% de reajuste, o que representa R$ 13 no salário-base de carteiro.

G1