Arquivo da tag: Parado

Movimentos interditam duas rodovias estaduais e deixam trânsito parado em parte da PB

protestoCerca de 400 famílias dos Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e Sem Terra (MST) interditaram na manhã desta segunda-feira (7) duas rodovias estaduais na Paraíba. As mobilizações aconteceram na PB-044, entre as cidades de Mari e Guarabira, e na PB-071, que liga os municípios de Sapé e Capim. O protesto começou as 7h e terminou por volta por volta do meio dia.

Segundo Eva Vilma, uma dos integrantes do MST, os manifestantes exigiam uma audiência com o Incra para resolver questões de conflitos agrários da região da Zona da Mata, com as Prefeituras de Mari, Sapé, o Ministério Público e a Companhia Estadual Habitação Popular (Cehap) para dialogar sobre a construções de casas para as famílias acampadas na região. Houve a informação de que a manifestação teria relação com um acordo descumprido pelas prefeituras, mas Vilma não soube precisar se haveria ligação.

De acordo com o capitão Melquisedec Lima, comandante da 3ª companhia de Sapé, o movimento foi pacífico e o trânsito foi fechado nos dois sentidos das rodovias, mas, a Polícia Militar interveio na mobilização e um acordo com os líderes foi firmado e os veículos liberados para passar a cada cinco minutos.

“As estradas foram interditadas com troncos de árvores e pedras, mas tudo transcorreu dentro da normalidade. Não houve fogo e os grupos se dividiram e ocuparam as duas estradas. A Polícia Militar acompanhou tudo e após acordos com os líderes houve a liberação total das rodovias”, falou o policial.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Tem celular velho parado na gaveta? Conheça sites que compram seu aparelho antigo

celularesHoje em dia os celulares ficam obsoletos com uma velocidade impressionante. O mesmo aparelho que você comprou há apenas seis meses e pelo qual zerou suas economias, se torna uma versão ultrapassada antes que seja possível terminar de pagar as prestações do cartão de crédito. Por conta dessa velocidade tecnológica, não são raras as pessoas que possuem algum celular antigo encostado em alguma gaveta.

Uma opção inteligente antes de adquirir um aparelho top de linha, é vender o antigo e assim usar o dinheiro na aquisição do novo. Alguns sites nacionais especializados no chamado “recommerce” (comércio de itens usados), prometem uma forma simples e rápida para quem deseja vender seu celular velho. E isso vale até mesmo para os aparelhos que sequer funcionam, pois suas peças podem ser reutilizadas.

Especializado apenas em aparelhos da Apple, o Brused compra e vende iPhones, iPads, iPods e Macbooks. Bastante intuitivo, basta clicar na imagem do aparelho que deseja vender ou comprar e depois clicar nas informações solicitadas: se o aparelho é desbloqueado ou não e sua capacidade de armazenamento. Um iPhone 4 de 32 GB em bom estado é avaliado no site em R$ 450 enquanto um em excelente estado chega a valer R$ 490.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

No Redial é possível vender aparelhos de qualquer marca. Basta digitar o nome do aparelho que você deseja vender no campo de busca, responder algumas perguntas relacionadas a condição do dispositivo – se ele está como novo, se funciona muito bem, se possui arranhões e rachaduras ou se não funciona mais. Quanto melhor ele estiver, mais dinheiro é pago pelo aparelho. Testamos o valor do iPhone 4 de 32 GB. No site o valor pago pelo aparelho fica em torno de R$ 245,00.

O site Ziggo é outra opção de site que compra aparelhos usados. Para isso, é preciso indicar a condição de uso de seu celular escolhendo entre “Excelente”, “Bom”, “Tela Trincada” ou “Danificado”. No site o valor pago pelo iPhone 4 de 32 GB é de no máximo R$ 430.

O Uzlet também é outro especialista no recommerce de aparelhos celulares e funciona de maneira similar aos outros já citados. No site, o valor pago pelo iPhone de 32 GB é de no máximo R$ 450.

Via Catraca Livre

Motorista bate em carro parado na Vila Gama em Solânea-PB

Na manhã do sábado, 25, a equipe do Bananeiras Online flagrou um acidente envolvendo dois veículos na Vila Gama, em Solânea – PB.

O motorista João Cosmo, residente no sítio Jaracatiá, zona rural de Bananeiras, que dirigia um chevette de placa MND 9677 – Bananeiras-PB, bateu na trazeira de um Fiat Fiorino de placa MMP 8680, de propriedade de Edjânio, residente no conjunto Major Augusto Bezerra, em Bananeiras.

De acordo com Edjânio, enquanto ele estava dentro da loja de madeiras, sua família estava dentro do carro parado no acostamento, na frente da madeireira, quando foi surpreendido pelo impacto do chevette. O motorista seguia pela PB 105, sentido Bananeiras.

Felizmente não houve feridos, apenas danos materiais.

Bananeiras Online

Trabalho da Câmara Municipal de Dona Inês/PB está Parado

Na última segunda-feira 16/04 a Vereadora Leda formalizou em plena Seção sua renuncia da relatoria da Comissão de Redação e Justiça, como tinha avisado anteriormente e falou que o motivo era a desvalorização de seu trabalho por parte do poder executivo municipal, diante da vacância o presidente da Casa Legislativa José Hermes Alves, já próximo ao termino da Seção formalizou o convite ao Vereador Tucano Napoleão Rodrigues, pois o mesmo já fez parte a referida comissão e é bem dizer advogado, pois é estudante de Direito e politico experiente para exercer o importante papel, logo apos feito o convite Napoleão não aceitou,  o presidente insistiu, apelou e nada de Napoleão aceitar, os demais vereadores apelaram e nada, o Vereador Neco de Lôlô se propôs a ficar na relatoria e Napoleão apenas como membro e a negativa continuou,  o público presente dize fica Napoleão e nada, dessa forma todos os projetos enviados pelo poder executivo estão impedidos de irem a plenário para serem votado mesmo que seja de alto interesse público, sendo assim,  vamos apelar e fazer promessa para o Santo da Causas impossíveis para Napoleão aceitar e os trabalhos voltarem ao normal.
Da Redação por Fernando Lúcio