Arquivo da tag: Palhaço

Polícia apreende armas, explosivos e fantasias de palhaço no Agreste da PB

 (Foto: Capitã Luciana Firme/Polícia Militar)
(Foto: Capitã Luciana Firme/Polícia Militar)

Uma apreensão de armas, explosivos, munições e fantasias de palhaço foi realizada na madrugada desta sexta-feira (25) nas cidades de Queimadas e Barra de Santana, ambas no Agreste da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, essa seria uma das maiores apreensões de armas da história do estado da Paraíba. Duas pessoas foram presas.

Ao todo, foram encontrados seis fuzis, uma submetralhadora, cinco pistolas, mais de 1.000 munições, nove coletes à prova de balas, roupas camufladas e fantasias de palhaço. Entre os explosivos, pelo menos 29 dinamites com detonadores estavam nos materiais. Grampos que são usados para serem espalhados em rodovias após as explosões foram achados.

Ainda segundo a PM, o material foi apreendido dentro de casas nos dois municípios. Os suspeitos estariam planejando explodir caixas eletrônicos de agências bancárias da região. A ação da polícia aconteceu por volta de 1h20 (horário local).

Nas propriedades, a PM achou três carros, um deles de luxo, e uma motocicleta. Eles seriam usados nas ações criminosas. Todo o resultado da apreensão e os dois homens presos foram levados para a Delegacia Seccional de Queimadas. De acordo com as investigações da polícia, o material pertencia a um grupo que atuava explodindo bancos em vários estados.

Explosivos que seriam usados em ações contra bancos também foram apreendidas (Foto: Capitã Luciana Firme/Polícia Militar)Explosivos que seriam usados em ações contra bancos também foram apreendidas (Foto: Capitã Luciana Firme/Polícia Militar)

 

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Vestido de palhaço, adolescente aterroriza cidade da PB com foice

palhaco-assassinoA Polícia Militar apreendeu, na noite do sábado (22) um adolescente que, fantasiado de palhaço, utilizava uma foice para aterrorizar moradores do município do Congo, na região do Cariri.

Armado com a foice, o garoto percorria as ruas da cidade e perseguia moradores, supostamente para feri-los. A PM foi acionada, conseguiu localizar o adolescente e apreendê-lo.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Palhaço agride idoso em ônibus, tenta fugir mas é preso

palhaçoUm homem vestido de palhaço foi preso nesta quinta-feira (30) depois de se envolver em uma briga e empurar um idoso para fora de um ônibus em uma parada da W3 Norte, em Brasília. A vítima, de 60 anos, bateu a cabeça e foi levada com sangramento para o Hospital de Base.

Segundo a Polícia Civil, o palhaço se irritou com comentários do passageiro e disse “te pego lá fora”. Quando a porta do coletivo se abriu, o agressor deu um chute e empurrou o idoso.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O caso aconteceu por volta das 14h20, no início da W3 Norte, no ponto de ônibus em frente ao Basília Shopping, diz a corporação.

O agressor tentou fugir, mas foi impedido por pessoas que estavam no local, de acordo com a polícia. Homens da Polícia Militar levaram o palhaço para a 5ª DP, na Asa Norte, onde foi autuado por lesão corporal. O agressor foi liberado após assinar um termo de comparecimento à Justiça.

Depois de socorrida ao Hospital de Base, a vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML), para exame de corpo de delito.

Polícia Militar aborda palhaço que agrediu idoso (Foto: TV Globo/Reprodução)Polícia Militar aborda palhaço que agrediu idoso (Foto: TV Globo/Reprodução)
G1

Garoto de programa dá detalhes de como matou o ‘Palhaço Pirulito’

ismarA Polícia Civil da Paraíba identificou e prendeu o acusado de matar o artista José Ismar Eugênio Pompeu, o “Palhaço Pirulito”, no dia 27 de janeiro deste ano. O garçom Wállisson Diniz da Silva, 19 anos, que confessou à Polícia que também trabalhava como garoto de programa, foi detido no final da tarde desta terça-feira (12), no restaurante em que trabalhava na orla de João Pessoa.

Uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (13), revelou os detalhes do crime. De acordo com o Gerente Metropolitano da Polícia Civil, Wagner Dorta, uma semana antes de ser assassinado, José Ismar havia mantido relações sexuais com o acusado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Durante depoimento detalhado à polícia, o garçom confessou o homicídio e afirmou ter praticado o crime após a vítima ter lhe mostrado fotos de crianças e perguntado se ele gostaria de fazer sexo com elas ou se as fotos o excitavam. Segundo a versão do acusado, com raiva por ter uma filha recém nascida, teria desferido dois golpes de faca no pescoço do “Palhaço Pirulito” e fugiu roubando seu celular e notebook

As investigações localizaram Wállisson Diniz, após rastreamento do celular que ele havia roubado de José Ismar. O acusado teria vendido o aparelho ao cunhado, que o repassou para a esposa. Quando as ligações telefônicas foram mapeadas, os parentes do assassino foram acionados para prestar esclarecimento e identificaram o garçom em imagens da câmera de segurança do residencial onde  a vítima morava.

Após perícia, foi constatado nas costas de Ismar Pompeu, que o garçom havia desenhado a letra ‘A’ em seu corpo. Ainda em seu depoimento, essa letra foi feita apenas para tentar despistar à polícia.

O crime

O ator e professor de Educação Física, José Ismar Eugênio Pompeu, 42 anos, foi encontrado morto dentro do próprio apartamento no dia 27 de janeiro deste ano, no conjunto Pedro Gondim, em João Pessoa. Ele foi assassinado com vários golpes de faca pelo corpo. Antes do crime, o acusado teria bebido em um quiosque na praia com a  vítima. Em seguida, eles foram ao apartamento onde o crime aconteceu.

Assista interrogatório com Wállisson:

Pollyana Sorrentino, Portalcorreio

Nota: solidariedade com a família de José Ismar Eugênio Pompeu (Palhaço Pirulito)


ismar
HOJE NÃO TEVE ESPETÁCULO

“Sei que é doloroso um palhaço se afastar do palco… 
Volta que a platéia te reclama, sei que choras, palhaço… 
Hoje não vai ter espetáculo!” 

A Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana solidariza-se com a família e amigas/os de José Ismar Eugênio Pompeu, o Palhaço Pirulito, e com o movimento social na luta pelo respeito aos direitos de LGBT, manifestando indignação com a violência ocorrida.
A Paraíba se despediu com pesar de José Ismar Eugênio Pompeu, ator e professor de educação física, que foi encontrado morto, no dia 27 de janeiro, em seu apartamento. Noticiou-se que seu corpo apresentava várias perfurações e a letra “A” escrita com arma branca.
Mais uma vez instala-se, na sociedade e no âmbito legal, o debate acerca da natureza do assassinato, que, pelas suas características, sugere um perfil de crime com motivação  homofóbica. São características: requinte de crueldade,  possibilidade de que o agressor seja conhecido da vítima e a assumida homossexualidade de José Ismar.
O desaparecimento de objetos da casa de José Ismar e a subtração de considerável soma de dinheiro levaram a policia a investigar a possibilidade de latrocínio. Todavia, o Secretário de Estado da Defesa Social e Segurança Pública, Cláudio Lima Coelho, afirma que é preciso concluir o inquérito policial para se pronunciar sobre o crime. E, ao mesmo tempo, compromete-se a dar ao trabalho da polícia a agilidade possível.
Segundo dados do Grupo Gay da Bahia (GGB), em 2012 foram assassinados 338 travestis, transexuais, gays e lésbicas no Brasil, um assassinato a cada 26 horas. O Nordeste, com 28% da população brasileira, concentra 45% das mortes, destacando-se como a região mais homofóbica do país. A Paraíba ocupa o segundo lugar, com 19 assassinatos, da mesma forma que João Pessoa, em relação às outras capitais brasileiras.
Diante da realidade, afirmamos que a veemência na apuração é fundamental para o enfrentamento à homofobia, considerando a real vulnerabilidade e o risco de morte que assombra gays, travestis e lésbicas que vivenciam a sua expressão sexual com visibilidade.
Repudiamos qualquer forma de expressão da homofobia na sociedade paraibana. Afirmamos a importância do respeito à diferença e a defesa dos direitos de LGBT como condição inerente à consolidação da democracia brasileira.
Por fim, afirmamos o compromisso do Governo do Estado em promover políticas públicas de enfrentamento à homofobia e de promoção da cidadania LGBT com ações como implantação do Centro de Referência dos Direitos de LGBT e Combate à Homofobia (Espaço LGBT), garantia do uso do nome social por travestis e transexuais no âmbito do Poder Executivo Estadual (Decreto n.º 32.159/11), realização da II Conferência Estadual LGBT da Paraíba, promoção de cursos de capacitação sobre Direitos Humanos e  cidadania LGBT para policiais militares e civis, profissionais da educação, saúde e assistência social e o lançamento da campanha “Tire o Respeito do Armário”.
Nossas condolências à família, amigos e movimento LGBT pela morte de José Ismar.

Secom/PB para o Focando a Notícia

Brasil escolhe “O Palhaço” para concorrer a indicação ao Oscar

 

O Ministério da Cultura escolheu na quinta-feira (20) o filme “O Palhaço”, dirigido e protagonizado por Selton Mello, para representar o Brasil na disputa por uma indicação ao Oscar de melhor filme em língua estrangeira em 2013.

o palhaçoSelton Melo, em O Palhaço.

O Ministério espera que o filme seja escolhido pela Academia de Hollywood como um dos cinco finalistas a concorrer na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, entre os que serão apresentados por 60 países para a 85ª edição do Oscar. Os indicados serão anunciados no próximo dia 24 de fevereiro.

O filme, que conta a história de um palhaço que passa por uma crise existencial e pensa em abandonar o circo em que trabalha com seu pai, foi escolhido entre uma lista de 16 filmes inscritos.
“O Palhaço” se impôs ante produções como “À Beira do Caminho”, de Breno Silveira; “Heleno”, de José Henrique Fonseca, “Xingu”, de Cao Hamburger, e “Billi Pig”, de José Eduardo Belmonte.

A escolha foi feita por uma comissão especial formada por Ana Paula Dourado Santana, Ana Luiza Azevedo, Andre Sturm, Carlos Eduardo Rodrigues, Flávio Tambellini, George Torquato Firmeza, José Geraldo Couto e Lauro Escorel. A decisão, consensual, dos seis membros presentes da comissão considerou critérios artísticos e da capacidade de distribuição e promoção do filme no exterior.

“Creio que a maior inovação que fazemos com a escolha do ‘Palhaço’, reside no seu potencial. Esta indicação tem que ser vista como um prêmio também, é um aval de que um filme pode ir além. Espero que isso seja positivo para uma produção que já é sucesso”, afirmou a secretária do Audiovisual do Ministério da Cultura, Ana Paula Dourado Santana, em comunicado.

O último filme brasileiro indicado ao Oscar foi “Cidade de Deus”, em 2003, que concorreu nas categorias melhor fotografia, melhor direção, melhor edição e melhor roteiro adaptado.

Na categoria de melhor filme estrangeiro, o Brasil disputou o Oscar pela última vez com “Central do Brasil”, em 1998.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood vai anunciar no dia 10 de janeiro a lista de indicados ao Oscar. A 85a edição do Oscar será realizado em 24 de fevereiro, em Los Angeles.

Veja o trailer:

Com agências