Arquivo da tag: ouvir

Palmeiras se afasta de oba-oba e sequer quer ouvir falar de jogo do Fla

Cesar Greco/Fotoarena
Cesar Greco/Fotoarena

A proximidade do título da Série A e, consequentemente, o fim do jejum de 22 anos sem este título obriga o Palmeiras a se afastar. A ida a Atibaia serve como uma blindagem antecipada para elenco e comissão técnica diante de qualquer possível ‘oba oba’; afinal, a confortável vantagem permite ao torcedor sonhar com a conquista já neste final de semana contra o Botafogo, no Allianz Parque.

É considerável a possibilidade de o Palmeiras se sagrar campeão brasileiro no domingo. Uma vitória diante do Botafogo, a derrota do Santos fora de casa diante do Cruzeiro e um tropeço do Flamengo diante do Coritiba garantem a taça de maneira antecipada para o elenco de Cuca.

A confirmação do possível título, no entanto, ocorreria apenas por volta das 21h30 (de Brasília); o horário deve marcar o encerramento da partida entre Flamengo e Coritiba, ocorrida após o compromisso palmeirense no Allianz Parque.

A chance de ser campeão do sofá, no entanto, sequer é abordada por Cuca. Em Atibaia, o técnico fez questão de se esquivar sobre esta possibilidade considerável do título horas depois do compromisso diante do Botafogo. O assunto Fla x Coritiba é tratado como quase um tabu.

“Eu não posso pensar no segundo ato sem ter o primeiro. O nosso jogo é o mais importante. Se eu soubesse que eu iria vencer e que as coisas não dariam certo para o Santos em Minas, aí sim”, declarou Cuca, melindrado graças à evolução do Botafogo no returno.

“Estou esperando fazer um bom jogo contra o Botafogo, A gente não pode pensar em outra coisa que não seja o nosso jogo. Tem que se preparar bem para essa partida, pois é muito perigosa. O Botafogo está em segundo lugar no segundo turno, vem jogando bem, apesar desse resultado contra a Chapecoense”, acrescentou.

A fim de manter a concentração apenas na partida diante do Botafogo, o Palmeiras segue em Atibaia. A delegação retorna apenas na tarde deste sábado a São Paulo e permanece concentrada para o duelo de domingo.

Para este jogo, Cuca não esconde a ansiedade. “Vamos ver o que acontece às 17h; o importante é o nosso jogo, a gente fazer um jogo bom. Eu repito: vai ser muito complicado. O Botafogo tem jogado bem fora de casa, vamos ter que ter muita atenção. Depois a gente vê o que acontece…”, finalizou.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Polícia Federal quer ouvir ex-presidente Lula e ex-ministros

Pedro Ladeira/Folhapress
Pedro Ladeira/Folhapress

A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal para ouvir o ex-presidente Lula sobre o esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. A solicitação está no ofício da PF que pede mais prazo ao ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Lava Jato no STF, para dar continuidade a um dos inquéritos da operação.

Antes de tomar uma decisão, Zavascki deverá pedir parecer do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre a viabilidade dos depoimentos.

Segundo a PF, Lula não é investigado e justifica o pedido argumentando que, como nove ex-ministros são citados ou investigados pela Operação, se faz necessário ouvir o ex-presidente, que era o mandatário geral da nação.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A polícia solicita também que sejam ouvidos os ex-ministros José Dirceu, Ideli Salvati, e Gilberto Carvalho. A reportagem tentou contato com os três, e somente conseguiu resposta de Ideli Salvati. Ela afirmou que ainda não foi notificada e não vai comentar o assunto por causa do cargo que ocupa na OEA, a Organização dos Estados Americanos.

O documento da polícia federal divulgado pelo STF pede ainda para ouvir representantes das empresas investigadas que faziam doações para parlamentares do PP, PMDB e PT.

Agência Brasil

 

Maranhão nega autoria de lista e só indicará nomes após ouvir PMDB

maranhãoO senador eleito e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, entrou em contato com o Portal MaisPB, na noite desta sexta-feira (14), direto de São Paulo, onde está em viagem particular, e disse desconhecer a lista, que foi divulgada ontem com exclusividade pelo Portal MaisPB, com suas indicações para cargos no Governo do Estado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Maranhão afirmou que a lista não existe, mas ponderou que se algo foi produzido deve “ser fruto de pessoas que estão se insinuando para ocupar cargos no governo”. Ele também desautorizou qualquer aliado a elaborar lista com indicações para o Estado.

O senador eleito ainda confirmou o encontro com o governador Ricardo Coutinho (PSB), como antecipado pelo PortalMaisPB, mas ressaltou que na conversa que manteve com o governador não fez indicações, nem entregou lista. “Foi uma conversa de assuntos gerais”, afirmou.

Apesar de negar a autoria da lista, Maranhão admitiu que fará sim indicações, mas no momento oportuno e após ouvir o PMDB, aliados e amigos.

MaisPB

Andressa dispara:’Na cama sou sem vergonha e adoro ouvir sacanagem’

andressaAndressa Ferreira posou para o Paparazzo que foi ao ar nesta sexta-feira, 24. Com 1,66m bem distríbuídos em 55 kg, ela mostrou por que Thammy Miranda , sua namorada, causa inveja em muitos marmanjos por aí.

Durante a entrevista, Andressa contou que escuta muitas piadinhas dos homens e que, por namorar uma mulher, sofre preconceito da parte deles. “Ouço muita coisa por parte dos homens por eu ser feminina. Dizem que sou um desperdício, que eu deveria ficar com eles… Sofro mais preconceito dos homens nesse sentido. A Thammy também, mas ela já está acostumada a encarar isso. Já namorei com homens e não tive essa cobrança. Antes, até quando namorava mulheres, não tinha essa exposição da minha vida pessoal, não importava para ninguém com quem eu dormia”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Andressa disse também que foi difícil para a mãe aceitar que ela namorasse mulheres. “No começo para a minha mãe foi difícil, mas ela gosta muito da Thammy. De repente minha mãe até hoje acha que é só uma fase, mas que essa fase não passou ainda. É complicado”.

A modelo revelou que a segunda transa com Thammy foi melhor que a primeira vez das duas. “A primeira foi estranho, estava saindo da balada. A segunda vez foi bem melhor. A Thammy fala que sou um pouco sem vergonha, e eu também me acho sem vergonha na cama. Não pode faltar pegada, tesão, desejo, vontade, um clima legal”, comentou. “O que mais me excita são as palavras que se falam durante o sexo. Gosto de ouvir sacanagem”.

and1.jpg

Andressa elogiou muito Thammy Miranda e foi categórica ao afirmar: “Ela tem pegada”. A modelo também contou que frequência no sexo é importante para ela. “Não fico muito tempo sem sexo. Eu gosto, faz bem para o humor”.

Em seu primeiro ensaio para o Paparazzo, a modelo disse que, sim, posaria nua, mas que não sabe se Thammy teria ciúmes. “Acho que se fosse uma coisa bacana ela não ligaria”, contou ela, que também toparia posar com a namorada. “Seria bacana e diferente”.

and2.jpg

‘Já conquistei a sogra’
Nora de Gretchen, Andressa Ferreira contou que se dá bem com a cantora. “Já consquistei a sogra. Ela é muito gente boa”. A namorada de Thammy disse que Gretchen liga para ela quando a filha não atende o telefone. “Ela é bem brava, viu? Uma vez a Thammy não atendeu o telefone e ela me ligou pedindo pra Tham (apelido carinhoso que chama a namorada) atendesse. Liguei pra ela e disse: ‘Atende que sua mãe está bem brava, hein!'”.

and3.jpg

and4.jpg

and5.jpg

and6.jpg

and7.jpg

and8.jpg

and9.jpg

and10.jpg

and11.jpg

and12.jpg

and13.jpg

and14.jpg

and15.jpg

and16.jpg

and17.jpg

and18.jpg

and19.jpg

and20.jpg

and21.jpg

and22.jpg

and23.jpg

and24.jpg

and25.jpg

and26.jpg

and27.jpg

and28.jpg

and29.jpg

and30.jpg

and31.jpg

and32.jpg

and33.jpg

and34.jpg

and35.jpg

and36.jpg

and37.jpg

and38.jpg

180 Graus

10 elogios que seu marido precisa ouvir

  • casalDiga um destes 10 elogios e faça o dia do seu marido. As coisas que dizemos têm um grande impacto em nossos casamentos. Os homens, por vezes, ganham a reputação de ser o sexo menos comunicativo, mas isso não significa que eles não se alegram com palavras de apreço vindas de suas esposas. Esteja o seu marido implorando ou não por afeto verbal, aqui estão dez elogios que ele precisa ouvir.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

  • 1. Sou tão feliz por ter me casado com você

    Os homens precisam se sentir seguros no casamento, e o caminho mais rápido para deixar o seu marido saber que ele ainda é o único é dizer isso a ele sem rodeios. Esse é um grande elogio, pois pode sair completamente do nada, sem que ele tenha que fazer nada para merecê-lo. Elogios espontâneos soam genuínos e sinceros.

  • 2. Admiro o seu modo de prover para a nossa família

    Homens exigem muito de si mesmos quando se trata de suprir as necessidades da família, e eles precisam que você reconheça seus esforços. Deixe seu marido saber que ele não tem que ganhar milhões para fazê-la feliz.

  • 3. Estou muito orgulhosa de você

    Você vai longe no casamento se for a maior fã de seu marido. Em um mundo que continuamente o derruba, seja a mão que sempre irá levantá-lo.

  • 4. Você é um ótimo pai

    Se você tem filhos, elogie o seu marido por seu envolvimento com a família. A sociedade moderna muitas vezes diz aos pais que eles vêm em segundo lugar após as mães, então o deixe saber que ele é um bem precioso para sua família.

  • 5. Você é tão atraente

    Seu marido precisa saber que você ama sua aparência, mesmo depois de alguns anos e alguns quilos extras. Muitos homens demonstram e recebem amor através do toque e da intimidade física, então elogiar seu corpo é uma das maneiras mais rápidas de lhe mostrar o amor de uma forma que ele entenda.

  • 6. Obrigada por consertar o secador quebrado

    Sempre que seu marido desempenha o papel de “Senhor conserta tudo” em casa, elogie seus esforços. Ele precisa se sentir capaz, especialmente quando ele está cuidando de você.

  • 7. Obrigada pela ajuda em casa

    Ajudar pode ser um pouco assustador para o homem. Possivelmente ele sente que você tem a sua própria maneira de fazer as coisas e ele pode estar com medo de estragar seu sistema. Agradeça-lhe sinceramente quando ele ajuda, independentemente se ele dobra ou não os lençóis da maneira “correta”.

  • 8. Você sempre me faz rir

    Deixe seu homem saber que ele ilumina o seu dia e traz energia positiva em casa. Mesmo que o seu marido não seja do tipo engraçado, você ainda pode cumprimentar o seu sorriso fantástico.

  • 9. Você é tão forte

    A próxima vez que o seu marido levantar uma carga pesada na lavanderia, pisque várias vezes e elogie o seu super-homem, ainda que você pudesse ter feito a tarefa sozinha. Os maridos precisam saber que são bons em algumas coisas, e eles certamente precisam saber que são bons aos seus olhos.

  • 10. Eu amo passar tempo com você

    Somos todos apanhados na lida da vida cotidiana, por isso deixe o seu cônjuge saber que você ainda ama simplesmente sair com ele. Afinal de contas, você vai ser sua melhor amiga e companheira constante para sempre.

    Tome um pouco de tempo hoje para agradecer ao homem da sua vida por tudo o que ele faz. Não demore muito para melhorar o dia do seu marido, aumentar sua confiança e fazer com que ele queira fazer o mesmo por você em retribuição.

 

familia

PB: Homem acha bolsa com R$ 2,8 mil, mas devolve após ouvir apelo do dono em rádio

bonitoUm homem de origem humilde achou uma bolsa contendo documentos e R$ 2,8 mil, mas devolveu a quantia quando soube a quem pertencia o dinheiro. O fato inusitado e raro hoje em dia aconteceu no município de Bonito de Santa Fé, no Sertão do estado, a 483 quilômetros de João Pessoa.

De acordo com informações do radialista Júnior de Dudé, o fato surpreendente aconteceu nessa terça-feira (30) no momento em que ele apresentava o programa policial numa emissora de rádio local.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Um morador do distrito de Viana, que fica a cerca de seis quilômetros da cidade, foi até a rádio para noticiar que tinha perdido uma bolsa com documentos e uma quantia em dinheiro. Ele pedia para que quem tivesse achado, deixasse os documentos na rádio para que não tivesse que tirar novas vias do RG e CPF.

Pouco tempo depois, um homem conhecido como Zé de Camila que mora no Bairro Jardim das Neves, naquele município, foi até a emissora e entregou ao proprietário a bolsa que continha documentos e os R$ 2,8 mil.

“Foi surpreendente e no momento em que acontecia a entrega do dinheiro, recebemos mais de 20 ligações dos ouvintes parabenizando a atitude do Zé de Camila”, contou o radialista.

O proprietário da bolsa perdida, Clebson Gomes da Silva, contou que tinha ido à cidade para fazer pagamentos no Banco do Brasil, mas encontrou a agência fechada. Ele teria ido até um posto de gasolina para abastecer a moto e depois seguido para casa, na zona rural. Quando chegou à residência, percebeu que a bolsa tinha caído da moto.

Já Zé de Camila contou que encontrou a bolsa caída ao chão e quando examinou, viu que tinha dinheiro, mas não teria contado a ninguém, guardado o achado, esperando se o dono iria procurar pelo que tinha perdido. Ao ouvir o apelo durante o programa de rádio, ele disse que não pensou duas vezes. Pegou a bolsa com o dinheiro e os documentos e foi até lá devolver tudo ao dono.

Como gratificação pelo ato, Clebson Gomes da Silva presenteou Zé de Camila com R$ 500. “Apesar de ser pobre e de precisar, eu não iria gastar o dinheiro e se encontrasse o dono iria devolver, como fiz”, confessou.

 

 

portalcorreio

Prefeitura deverá ouvir comunidade antes de fechar escolas rurais, indígenas e quilombolas

ecola_brasileiraAgora é lei. Para fechar escolas de educação no campo, indígenas e quilombolas, a decisão tem que passar por uma manifestação da comunidade escolar. O Congresso Nacional decretou e a presidenta Dilma Rousseff sancionou nesta quinta-feira, 27, a Lei 12.960, publicada no Diário Oficial da União, que altera o artigo 4º da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9394/1996).

A lei estabelece que antes de fechar escola da educação básica pública que atenda estudantes residentes no campo, indígenas e quilombolas, o prefeito ou secretário de educação precisa ouvir o conselho municipal de educação, que é o órgão normativo e tem na sua composição representantes dos gestores e de toda a comunidade escolar. O conselho deverá receber uma justificativa apresentada pela secretaria de educação, com a análise do impacto sobre o fechamento.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em fevereiro último, o ministro da Educação, Henrique Paim, recebeu um manifesto dos sem-terrinha, crianças do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) que participavam do 6º Congresso Nacional da organização, em Brasília. Na carta, os sem-terrinha pediam mais acesso à educação, transporte escolar e alimentação saudável.

Ao receber os manifestantes, Paim explicou às crianças sobre a proposta do governo federal que tramitava no Congresso. “Queremos colocar como condição para fechar uma escola a consulta à comunidade”, afirmou o ministro. “A comunidade precisa ser ouvida, é preciso ouvir os conselhos estaduais e municipais de educação”, completou.

Valorização – As iniciativas do MEC para o campo têm o objetivo de garantir o acesso e a permanência na escola, a aprendizagem e a valorização do universo cultural das populações do campo. O Programa Nacional de Educação do Campo (Pronacampo) inclui ações de apoio ao desenvolvimento de práticas de gestão, à formação inicial e continuada de professores, à educação tecnológica e de jovens e adultos e à melhoria da infraestrutura física e tecnológica dos equipamentos.

Na área de formação de professores das escolas do campo, foram criados 42 novos cursos de licenciatura em 38 universidades federais e em cinco institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Cerca de 5 mil vagas são abertas por ano.

Por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Campo), o MEC tem investido, desde 2012, cerca de R$ 395 milhões em manutenção, conservação e pequenos reparos de instalações, equipamentos, abastecimento de água e saneamento de escolas. Os estudantes das áreas rurais são atendidos também pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD Campo). Mais de 2,1 milhões de alunos de turmas do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental receberam obras específicas para a educação no campo em 2013. O investimento foi de R$ 37 milhões.

O campo também é contemplado pelo programa Caminho da Escola, de transporte de estudantes. Entre 2008 e 2013, o MEC investiu mais de R$ 4,4 bilhões. Em 2012, foram adquiridos 10,9 mil ônibus para as zonas rurais; em 2013, foram comprados 2.919 veículos.

Assessoria de Comunicação Social

Comissão do Senado aprova convite para ouvir Lobão e Graça Foster

senadoA Comissão de Meio Ambiente e Fiscalização e Controle do Senado aprovou nesta terça-feira (25) convite para que sejam ouvidos no colegiado o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster. Por se tratar de um convite, as autoridades não são obrigadas a comparecer.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os senadores querem ouvir esclarecimentos de Lobão e Graça Foster sobre a compra da refinaria de Pasadena (EUA) pela empresa estatal brasileira.

A Petrobras comprou 50% da refinaria em 2006. Depois, por força de contrato, teve que adquirir o restante. A transação, que resultou num gasto total de R$ 1,18 bilhão para a Petrobras, se tornou objeto de investigações do Tribunal de Contas da União (TCU), da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) devido a suspeitas de superfaturamento.

No caso do ministro Lobão, os senadores também vão querer ouvi-lo sobre a situação do setor elétrico no Brasil.

Compra da refinaria
Quando a Petrobras comprou 50% da refinaria de Pasadena, em 2006, a presidente Dilma Rousseff, então ministra do governo Lula, comandava o Conselho de Administração da empresa. Na última semana, o Palácio do Planalto divulgou nota em que afirma que o Conselho da Petrobras aprovou a transação baseado em um parecer “falho” elaborado pela diretoria da área internacional da empresa.

De acordo com a nota do Planalto, o parecer omitia a existência de duas cláusulas no contrato. A primeira delas, chamada Put Option, obrigava uma das partes da sociedade comprar a outra em caso de desacordo entre os sócios. Em 2008 houve desentendimento entre a Petrobras e a sócia na refinaria, a empresa belga Astra Oil, o que obrigou a estatal brasileira a comprar a outra metada da refinaria.

A segunda cláusula, Marlim, garantia à sócia da Petrobras um lucro de 6,9% ao ano mesmo que as condições de mercado fossem adversas. O governo diz que a compra não teria sido aprovada pelo conselho da Petrobras se as duas cláusulas tivessem constado do resumo executivo.

 

g1

Vannuchi: ao não ouvir as bases, Marina cai em contradição com ‘nova política’

JOSÉ CRUZ/ABR
JOSÉ CRUZ/ABR

O analista político Paulo Vannuchi, comentarista da Rádio Brasil Atual, afirmou nessa segunda-feira (7) que Marina Silva, ao se filiar ao PSB após sofrer derrota no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na criação do partido Rede, cai em duas contradições, já que sua filiação contraria a retórica de ares novos na política.

“Quando ela fala em uma nova maneira de se fazer política, não tem nada de novo isso, foi uma decisão de cacique, ela não ouviu ninguém. Ela decide tudo sozinha, com dois ou três assessores que nunca divergem, como bem colocou o Alfredo Sirkis, ex-colega de partido”, diz Vannuchi.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O deputado Alfredo Sirkis (PV-RJ), um dos articuladores para a criação do Rede, escreveu em seu blog, na sexta-feira, após a derrota no TSE, duras críticas a Marina, afirmando que a ex-senadora tem limitações, e cultiva um processo de decisão “caótico”. Sirkis afirmou também que ela não saberia trabalhar com quem não tem adesão incondicional a ela.

Outra contradição apontada por Vannuchi é a questão ambientalista, que seria a alma política de Marina, já que Eduardo Campos (PSB), provável candidato ao Planalto em 2014, se equivale a Dilma Rousseff como desenvolvimentista, muito voltado para a execução de obras, sem uma atenção especial para a temática ambiental.

Por outro lado, diz Vannuchi, Marina evitou uma incoerência mais grave ao decidir pelo PSB. “Ela foi coerente quando evita se lançar como candidata pelo PPS, de Roberto Freire, que é uma verdadeira sublegenda tucana. Isso seria uma mudança total de lado, e Marina não o fez.”

Chavismo

A ex-senadora disse, em reunião com assessores na madrugada sexta-feira (4) para sábado (5), que se filiaria ao PSB para ser vice de Eduardo Campos na disputa presidencial do ano que vem, e que sua filiação teria como objetivo principal combater o “chavismo” no Brasil. Em entrevista coletiva, a ex-senadora não negou que seja a dona da afirmação. “Se ela fez isso, é o sentimento de desforro, a ideia do ressentimento. Pergunto: cadê o sonho? Porque a ideia de uma nova maneira de política envolve o resgate do sonho, e aí não tem nada de sonho, é voltar para trás”, afirma Vannuchi.

A declaração de Marina teria se inspirado na demora de cartórios eleitorais em validar as assinaturas apresentadas para a criação da Rede – ela não atingiu os 492 mil apoios necessários para obter a validação pela Justiça Eleitoral. “Espero que ela não tenha atribuído o chavismo nem a Lula nem a Dilma, porque se uma pessoa, que durante décadas foi alvo de preconceito e demonização deste tipo começa a fazer o mesmo, criamos um campo de deformação política.”

Previsões

Sobre as previsões que saem do novo cenário, ele afirma que Dilma pode sofrer, em algum grau, um prejuízo, mas que o sofrido por Aécio Neves (PSDB), também provável candidato à Presidência em 2014, será muito maior. “A ponto de rapidamente voltarmos à pergunta se ele não se candidatará ao governo de Minas Gerais, onde provavelmente terá mais chances de sucesso.”

Ele lembrou do desempenho fraco de Aécio nas últimas pesquisas de intenção de voto, e que, no novo quadro, é possível que José Serra tente, mais uma vez, se lançar à disputa pelo Planalto. “Sendo Serra quem é, é inevitável que ele levante a discussão de que, com o novo cenário, ele tem mais chance de ir para o segundo turno que Aécio, para evitar o vexame que seria o PSDB ficar de fora do segundo turno.”

Ainda em relação à reeleição de Dilma, o analista lembrou que tanto Marina Silva como Eduardo Campos são ex-ministros do governo Lula, e o comportamento do PSB na campanha eleitoral também será decisivo para o resultado. “É complicado, porque se forem para o confronto com Lula eles se chocarão com a pessoa que lidera amplamente a aprovação da maioria dos brasileiros mais pobres, que decidem as eleições. E se forem para menções elogiosas a Lula, separando sua figura de Dilma, eles deixam na mão do próprio Lula, como poderoso cabo eleitoral, o poder de decisão final.”

Redação RBA

Caso Fernanda Helen: advogado continua acreditando que Jeferson é culpado, mas quer ouvir prostituta

fernanda elenO caso Fernanda Helen que tomou conta de toda a Paraíba mobilizando a sociedade em busca de encontrar o corpo de uma adolescente de 11 anos ganhou mais um capítulo na segunda (22) e agora a prostituta com quem foi encontrado o celular da garota e levou até o suposto assassino também deve ser indiciada.

Em entrevista ao Cidade em Ação da TV Arapuan desta quarta (23), o advogado de defesa do Jeferson Luiz Oliveira, André Pessoa de Carvalho, apontou que acredita que o acusado seja culpado, mas destacou que com a nova informação a mulher conhecida apenas como Gil também deve ser denunciada como cúmplice ou co-autora.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Ele está tentando criar um fato novo, não acredito na versão e tenho certeza que ele é o autor dos fatos”, diz, contudo, o advogado destaca que se  há outra pessoa envolvida no caso, ela também deve prestar depoimento. O advogado alerta para que esse novo fato possa ser uma estratégia do acusado para criar factóides. “Estou insistindo no depoimento da Gil porque se ela estivesse no local do crime, tem que pagar também (…) Tenho insistido na acareação dos dois que o ônus de provar o que está dizendo compete ao Jeferson”, diz.

O advogado lamenta que o acusado tenha mudado o depoimento: “Fica mais um constrangimento para a família de Fernanda, com esse factóide fica a dúvida pairando no ar. Na esfera policial ele diz uma coisa e em juízo ele dá uma versão completamente diferente”, conta.

O defensor acredita que Gil tem sua parcela de culpa, já que ‘fugiu’ e questionou porque a mulher não teria atendido ao chamamento da justiça. Carvalho destacou que a defesa quer que se Gil for culpada que ela também seja indiciada, mas deixou bem claro: ‘Não estou tirando a culpa do Jeferson’.

A versão do acusado é de que ele saiu para uma ‘boca de fumo’ para comprar drogas para os dois e ao retornar já encontrou o corpo da jovem enrolado num saco plástico. De acordo com o acusado, ele se desesperou e ainda foi ameaçado pela mulher que afirmou, antes de ir embora levando o celular de Fernanda, que se ele não assumisse a culpa iria morrer juntamente com sua família.

Questionado a respeito do biótipo da garota que era maior a mulher, o advogado destacou que essa pergunta foi feita pelo órgão ministerial e o acusado ficou calado. Ele apontou que esse é mais um motivo para a necessidade de acareação dos fatos.

O processo seguirá os tramites legais e haverão diligencias e a espera do laudo médico que vai comprovar se houve ou não o estupro, depois disso é a vez das alegações finais do Ministério Público e da Defesa. “Sinceramente e pessoalmente não acredito que a mulher tenha matado Fernanda, tanto é que quero que seja feita a acareação. E que a justiça seja feita e essa família tenha um pouco mais de tranqüilidade”, aponta

Jeferson já responde a um processo por tentativa de estupro e confessou isso em juízo.

Após receber muitas críticas, pela comoção do caso, o advogado explicou que foi designado pelo defensor público geral, Vanildo Brito, pois suas colegas se averbaram suspeitas. “Tomei a frente do caso para que o processo não parasse e não tivesse descontinuidade, se assim o fizesse, com 90 dias algum advogado poderia entrar e pedir a liberdade provisória por excesso de prazo”, explicou.

Marília Domingues