Arquivo da tag: Organizadores

MPPB responsabilizará organizadores de manifestações por possíveis excessos

O Ministério Público da Paraíba está acompanhando o movimento nas redes sociais de convocação da população para carreatas. Os membros do MPPB, em conjunto com as forças policiais, estão atuando para garantir que o direito a manifestações não viole as normas sanitárias que devem ser seguidas pelos cidadãos para a contenção da epidemia da covid-19, no Estado. Os organizadores estão sendo monitorados pela Secretaria de Segurança e serão responsabilizados por possíveis excessos.

De acordo com o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, o Ministério Público respeita o direito das pessoas de manifestarem opiniões e pensamentos, mas, neste momento, a orientação das autoridades de saúde é que os cidadãos adotem medidas para evitar aglomerações, que possam colocar em risco a saúde das pessoas.

“Estamos em luta para garantir que menos pessoas adoeçam na Paraíba, que os leitos sejam suficientes para atender os casos graves. Temos visto a experiência negativa de outros países que não adotaram o isolamento social ou que adotaram tardiamente. Todas as opiniões diversas são respeitadas, mas recomendamos que os cidadãos que quiserem se manifestar não saiam dos veículos, não façam concentrações e não ocupem os transportes coletivos. Qualquer irresponsabilidade, ou excesso, deve ser denunciada aos órgãos de controle”, esclareceu Seráphico.

O Ministério Público também está em contato com as autoridades policiais para tomar as medidas que se fizerem necessárias.

PB Agora com MPPB

 

 

Organizadores de festa na Paraíba com suposta exploração sexual de adolescentes são identificados

Três pessoas foram identificadas nesta segunda-feira (21) como responsáveis pela festa que foi cancelada pela Vara da Infância e da Juventude por suspeita de exploração sexual de adolescentes no bairro do Bessa, em João Pessoa. De acordo com o juiz da infância e da juventude, Adhailton Lacet, afirmou que ainda vai ouvir os suspeitos e definir o que vai ser feito posteriormente aos depoimentos.

Agentes da 1ª Vara da Infância e da Juventude acabaram na noite de sábado (19) com uma festa que iria acontecer em uma casa no bairro do Bessa, em João Pessoa, por suspeita exploração sexual de adolescentes e consumo de bebida alcoólica. Os organizadores da festa fugiram do local com a chegada dos agentes.

A festa no bairro do Bessa cobrava R$ 15 de entrada e dava direito à bebida alcoólica, preservativo e quarto por 30 minutos, começando às 17h até meia-noite. Justiça encontrou mais de 100 adolescentes no local no momento da chegada dos agentes da infância e juventude.

“Ainda precisamos identificar se os responsáveis apontados são adolescentes ou adultos, se houve de fato algum tipo de exploração sexual de adolescentes. A apuração dos fatos pode levar o Ministério Público a oferecer denúncia”, comentou o juiz.

De acordo com o juiz, caso sejam identificados os crimes de exploração sexual de adolescente, os autores podem receber uma pena de 4 a 10 anos. Adhailton Lacet comentou que os pais de adolescentes precisam ficar vigilantes às festas que os filhos frequentam.

Um dos adolescentes que assumiu ter sido um dos organizadores da festa usou seu perfil em uma rede social para esclarecer que o dinheiro dado para realização da festa cancelada pela Vara da Infância e Juventude não seria devolvido. Ele conta que o grupo que organizou a festa arcou com muitas dívidas que ainda precisam ser pagas.

Um dos organizadores da festa postou no Instagram uma mensagem sobre a devolução do dinheiro — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Um dos organizadores da festa postou no Instagram uma mensagem sobre a devolução do dinheiro — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Outra festa

De acordo com informações enviadas para produção da TV Cabo Branco, uma segunda festa com o mesmo formato da fechada pela Justiça da Infância e Juventude aconteceu também no sábado e no bairro do Bessa. Nesta, a entrada custava R$ 10 e dava direito a tomar banho de piscina, quartos e bebidas liberados. Vídeos feitos na festa mostravam vários jovens, aparentemente adolescentes, na festa.

G1

 

Mobilização a favor de Dilma reúne 5 mil pessoas em JP, segundo organizadores

Créditos: WSCOM Online
Créditos: WSCOM Online

Desde as 16h desta quarta-feira (16), manifestantes se concentraram na Praça da Independência, no Centro de João Pessoa, em um ato contra o impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff (PT). O grupo seguiu em passeata até o Ponto de Cem Réis e, por volta das 18h30, se dispersou, sinalizando o fim do ato.

De acordo com a organização do evento, cerca de cinco mil pessoas participaram da manifestação. De acordo com a Polícia Militar, em torno de 1.500 compareceram ao ato público. “Toda a manifestação ocorreu de forma ordeira, tranquila, sem nenhuma confusão, na paz como sempre deve ser”, comentou o comandante do policiamento metropolitano, coronel Lívio Delgado.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), responsável por acolher abertura do processo de impeachment contra Dilma, foi o principal alvo dos manifestantes.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O evento organizado pela “Frente Brasil Popular” reuniu movimentos populares, centrais sindicais e partidos de esquerda para reivindicar a continuidade do mandato da presidente, mudanças na política econômica e a cassação de Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, segundo a CUT-PB.

wscom

Organizadores definem estrutura para festa de Nossa Senhora do Livramento em Bananeiras

 

A Festa de Nossa Senhora do Livramento ocorre nos dias 05 e 06 de Janeiro/2015.

 

reuniãoNa manhã desta terça-feira, 30 de dezembro, a Secretária de Turismo do município de Bananeiras, Mirian Trindade, reuniu todos que fazem parte da organização do evento, para definir a estrutura da festa. Júnior Bubu, coordenador de eventos no município, também participou da reuniu que contou ainda com as presenças de pessoas que estarão comercializando na festa.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A Secretária informou que para quem vai comercializar no espaço da festa é bom não esquecer dos critérios de higienização e dos preços dos produtos, que são tabelados. “Nossa preocupação é em não haver exploração por parte dos comerciantes aos participantes da nossa festa.” Informou Mirian. Comerciantes que chegarem de fora, se não estiverem no cadastro, não poderão comercializar na área da festa.

 

A festa vai contar com toda estrutura necessária; palco, som, luz, tendas, banheiros químicos, barracas e parque de diversões.

 

Atrações confirmadas

 

Dia 05 de Janeiro

Hora: 23h00

Felipe Lemos e Guto e Forró Universitário

 

Dia 06 de Janeiro

Hora: 23h00

Forró Bakana e Valdonys

 

Assessoria

 

Zenóbio diz que organizadores de invasão de terreno da prefeitura são assessores de Raniery e do governador

Zenóbio_entrevistaO prefeito de Guarabira Zenóbio Toscano, que até então não havia se pronunciado sobre a invasão do terreno do estado, por vereadores de sua base e funcionários da administração municipal, quebrou o silêncio na tarde desta sexta-feira (7) e se pronunciou sobre o assunto. Durante entrevista  na sua emissora de rádio, a Constelação FM, ele disse que a invasão do terreno de propriedade da prefeitura local, onde será construído um parque de eventos, e consequentemente será realizada a Festa da Luz do próximo ano (2015), foi organizada por assessores do deputado Raniery Paulino e do governador Ricardo Coutinho.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os terrenos; um no bairro do Nordeste e outro no Parque de Exposição Animal municipal, estão tomados por dezenas de pessoas.

Zenóbio considera o ato extremamente partidário e oportunista por parte de tais assessores, que na visão dele, só estão se aproveitando das pessoas que realmente necessitam de casa e se deixaram ser manipuladas na ocasião.

O fato é que ambas as invasões; seja do terreno da prefeitura ou do estado, foram organizadas por assessores dos dois lados; tanto de Zenóbio quanto do governo. A opinião publica vem observando com certas desconfianças esses movimentos.

A justiça ja se manifestou sobre o assunto e deu ganho de causa ao Estado. A reintegração de posse será dada nas próximas horas, os invasores deverão ser forçados a deixarem o local. Do mesmo modo com o terreno da prefeitura. O prefeito disse que já tomou as providências na justiça, pedindo a reintegração de posse.

“A oposição não quer o progresso de Guarabira”. disse ZT.

Quanto ao organizador da invasão do terreno da prefeitura, Zenóbio disse: “É um preguiçoso que está à frente disso”.

portalmidia

Organizadores dizem que 40 mil marcharam em JP em direção ao Busto de Tamandaré nesta quinta

protestoA manifestação em João Pessoa, em conjunto com o ato nacional que ocorre em mais de 100 cidades do País, reuniu mais de 40 mil pessoas segundo os organizadores, que atravessaram do centro a praia de Tambaú, tomando as ruas da cidade.

No início do protesto, a Polícia Militar estimava um número de 10 mil pessoas, mas ao longo do trajeto mais pessoas foram se juntando à manifestação e segundo o General Francisco, secretário Executivo da PMPB, a contabilidade da Polícia é de aproximadamente 22 mil pessoas participando da mobilização. Os números foram atualizados à 19h35.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Contudo os participantes afirmam que em dado momento a manifestação chegou a ocupar toda a extensão da avenida Epitácio Pessoa, que tem cerca de 16km.

A concentração começou em frente ao Lyceu Paraibano, no Centro da cidade, desde as 14h.

Por volta das 16h, os manifestantes iniciaram a marcha em direção a Praça dos Três Poderes. No caminho em direção ao Palácio, integrantes de uma facção criminosa avançaram entre os manifestantes e gritaram “Al-Qaeda”, causando correria e medo. Apesar do susto, nenhum to de vandalismo foi registrado pela Polícia Militar.

Da praça, o grupo seguiu de volta para a Lagoa e depois iniciou a caminhada pela Epitácio Pessoa. Descendo a avenida, a manifestação seguia de forma pacífica e até calma, até que um grupo com pedras depredou a vidraça de uma concessionária, a Polícia agiu e os vândalos fugiram.

Entre os manifestantes as reivindicações eram muitas. Além de comemorar a baixa da tarifa do ônibus, o movimento LGBT também marcou presença protestando contra a ‘Cura Gay’.

Os manifestantes seguem para o Busto de Tamandaré, onde a manifestação se concluiu com a dispersão dos manifestantes.

Pedro Callado

Organizadores dizem que mais de 5 milhões foram à Marcha para Jesus

Os organizadores da Marcha para Jesus afirmaram que o número de pessoas presentes na sua 20ª edição superou ao de 2011, quando foram estimados em 5 milhões o público participante. Organizador do evento, o apóstolo da Renascer em Cristo, Estevam Hernandes, não quis dizer, no entanto, um número exato e afirmou que se trata de uma avaliação a olho nu. “Essa história de número é controversa”. De acordo com Hernandes, foi a “maior Marcha para Jesus de todos os tempos”.

Já a Polícia Militar estimou mais de 1 milhão de participantes. Não houve registro de ocorrências. O evento termina apenas por volta das 21h30.

Mais cedo, Hernandes também comemorou os dados do Censo 2010 que mostram o crescimento dos evangélicos na população brasileira.

“Nós declaramos que, de Norte a Sul, este país se renderá aos pés de Jesus Cristo”, disse Hernandes.

De acordo com o Censo, divulgado no final de junho pelo IBGE, a população evangélica no Brasil passou de 15,4% para 22,2% em dez anos. O percentual representa 42,3 milhões de pessoas.

Hernandes afirmou que esse crescimento se deve à pregação e à evangelização das igrejas. “E ao fato de que os estereótipos têm caído por terra.”

Para o religioso, as lideranças evangélicas devem ser livres para orientar o voto dos fiéis nas eleições municipais deste ano.

Representando a presidente Dilma Rousseff, o ministro Marcelo Crivella (Pesca), que é membro da Igreja Universal do Reino de Deus, disse que ela tem um “carinho especial” pelos evangélicos.

“Dilma pediu para transmitir votos de que seja uma marcha que celebre a liberdade, a fé e a democracia no Brasil”, afirmou Crivella.

A Marcha para Jesus teve início por volta das 10h na avenida Tiradentes (zona norte de São Paulo).

Ela seguiu com 10 trios elétricos até a praça Heróis da FEB, onde foi montado um palco para a apresentação de bandas de música gospel.

Pela primeira vez, a marcha não ocorre no feriado de Corpus Christi, em junho.

A mudança foi um acordo entre a prefeitura e os organizadores para que o evento não coincidisse com a Parada Gay e para que ocorresse durante as férias escolares.

Segundo a prefeitura, a nova data gera um impacto menor no trânsito na cidade.

Organizada desde 1993, a Marcha para Jesus passou a fazer parte do calendário oficial do país após lei federal promulgada em 2009.

Folha.com

Cavalgada de Araçagi será domingo e organizadores esperam presença mil cavaleiros e amazonas

 

         Tudo está reparado para a realização da 7ª Cavalgada de Araçagi, que acontece neste domingo, dia 15, com saída da Agrovila Tainha e chegada prevista para as 13h30 na Praça da Saúde, depois de fazer um percurso de 16 km passando por fazendas e povoados. A expectativa é que tenha a participação de mil cavalheiros e amazonas. Como inovação, serão distribuídas mudas de plantas nativas e frutíferas entre os participantes e moradores dos lugares constantes do percurso.

“Não queremos apenas reunir as pessoas para uma cavalgada, num momento de lazer e de contemplação da natureza, mas criar uma consciência para a preservação do meio ambiente, por isso estamos distribuindo mudas de plantas”, afirmou Padre Gaspar Rafael Nunes da Costa, um dos organizadores. Antes da saída dos cavaleiros e amazonas haverá momento para o pedido de benção e apresentação de Naldo Aboiador e Galego Apoiador, danças folclóricas e café com comidas típicas.

         Saindo da Agrovila Tainha, a cavalgada segue até o sitio Canafistula, numa distância 6 km, onde haverá recepção, em seguida vai para o sítio Cuité, distante 5 km, sempre com apresentações culturais e dos aboiadores, dali seguindo para a sede do município que fica a 5 km. A cavalgada será encerrada na Praça da Saúde com show e forro pé de serra.

A cavalgada surgiu da iniciativa do Padre Gaspar Rafael quando era administrador da Paróquia São Sebastião, de Araçagi, convidando amigos ligados à prática deste esporte no município, entre os quais a família Henrique (Valter e Hugo), Milton e Tarcísio Farias. A ideia foi lançada, juntou-se o povo e o poder público municipal, organizaram a 1ª Cavalgada de Araçagi, realizada no terceiro domingo de julho de 2006, abrindo as festividades de emancipação política do município.

Hoje a Cavalgada de Araçagi é reconhecida na região do brejo paraibano e até de outros Estados do Nordeste, está inserida no calendário de eventos do Estado da Paraíba. Sua fama espalhou-se pela região devido a organização e empenho de seus idealizadores. Na parte organizacional a cavalgada conta com o apoio Clube dos Cavaleiros e Amazonas e de vários parceiros.

Assessoria

Organizadores do Caminhos do Frio selecionam produções culturais

Produtores culturais e artistas que se interessam em se apresentar no Caminhos do Frio, em julho, no Brejo paraibano, poderão participar, na próxima segunda-feira (4) de uma rodada de negócios, no Sebrae Paraíba. O evento está em sua sétima edição, já faz parte do calendário turístico do Estado e envolve seis municípios (Bananeiras, Serraria, Pilões, Alagoa Nova, Alagoa Grande e Areia). Com a rodada de negócios, os produtores culturais poderão mostrar aos organizadores do evento as atrações que têm a oferecer, aumentando a diversidade do festival.

“Essa é uma excelente oportunidade para os artistas e produtores mostrarem o que têm a oferecer aos organizadores de cada município. Durante a rodada de negócios, eles poderão apresentar seus projetos e já iniciar as negociações. Essa é uma iniciativa muito importante, que irá enriquecer a programação cultural do Caminhos do Frio”, destacou a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim.

O Caminhos do Frio teve início no ano de 2006. Durante mais de um mês, cada uma das cidades que, em julho, têm temperatura em torno de 12°C, apresenta uma diversificada programação cultural, além de festival gastronômico e riqueza arquitetônica. Além de fomentar o turismo e a geração de emprego e renda, o evento é uma forma de disseminar a cultura paraibana. Segundo Regina Amorim, quanto mais artistas tiverem oportunidade de participar do evento, mais atrativo e rico ele será.

Para participar da rodada de negócios, é preciso se inscrever previamente, pelo telefone 2108-1116. De acordo com gestora de Cultura do Sebrae Paraíba, Maísa Duarte, muitos artistas de diversos segmentos já fizeram sua inscrição. “Os artistas e produtores podem mostrar projetos de oficinas de capacitação ou de apresentações durante o evento. Já se inscreveram profissionais de artes cênicas, música erudita, instrumental, forró, chorinho, dança, contação de histórias, grafitagem dentre outros. Teremos uma excelente programação este ano”, completou Maísa.

Serviço:

Rodada de Negócios entre produtores culturais e promotores do Caminhos do Frio 2012

Data: 4 de junho de 2012

Hora: 9h às 12h e 13h às 16h

Local: Sebrae-PB

Inscrições e informações: 2108-1116

Ascom