Arquivo da tag: Organizadora

Organizadora divulga gabaritos de provas do concurso da UFPB

Já estão disponíveis para consulta no site do Instituto AOCP os gabaritos das provas do concurso da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), realizado nesse domingo (7). O certame ofereceu 131 vagas em funções técnico-administrativas, com cargos que contemplam os níveis médio, técnico e superior. Confira os gabaritos abaixo:

Gabarito (manhã)

Gabarito (tarde)

As remunerações dos aprovados vão variar entre R$ 1.945,06 e R$ 4.180,66, de acordo com o cargo. Em todos os casos, será acrescentado o valor de R$ 458, relativos a auxílio alimentação.

Mais de 18 mil inscritos deixaram de fazer as provas do concurso da UFPB, conforme a organização. Durante a manhã, dos 16.231 candidatos que estiveram aptos a participar do certame, 4.466 faltaram. Já no período da tarde, dos 58.748 candidatos capacitados ao concurso, 14.282 não compareceram aos locais de provas.

 

portalcorreio

 

 

Nível médio e superior: DPU aguarda organizadora para concurso com salários de até R$ 4.620,00

dpuTão logo a Defensoria Pública da União (DPU) escolha a organizadora do seu concurso, o que está prestes a acontecer, o edital poderá ser publicado, já que a validade do certame anterior, feito em 2010, termina em junho. A nova seleção será uma ótima oportunidade, inclusive para quem tem o ensino médio, pois poderá concorrer a agente administrativo, cujos ganhos iniciais são de R$3.191,02. Segundo a Assessoria de Imprensa do órgão, embora a Secretaria de Assuntos Jurídicos ainda não tenha definido a organizadora, é certo que o edital (que está sendo finalizado) trará ainda oportunidades nos cargos de analista técnico administrativo, para graduados em qualquer área; e nas funções de arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em comunicação social (Jornalismo, Relações Públicas, Publicidade e Propaganda), ambos com ganhos de R$4.620,82.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o setor, será necessária a seleção para todos os cargos da DPU, para prover o cadastro de reserva nas 61 unidades distribuídas pelo país, já que a partir de junho o órgão ficará desprovido de aprovados para substituição de servidores em caso de necessidade. A validade da seleção será de dois anos, podendo dobrar, prazo em que muitas oportunidades surgirão, não somente pela carência de pessoal, como pelas vacâncias e aposentadorias.
A informação é endossada pelo presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), Dinarte da Páscoa Freitas, que disse haver carência de servidores em todos os estados: “Como a DPU não possui quadro próprio de servidores, utilizando-se sempre do montante existente no Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE) do Ministério do Planejamento, todas as unidades vêm sofrendo com essa carência, situação que se repete em todos os estados. Em 2014, existia a previsão do acréscimo de 360 vagas, mas não foi destinado orçamento para o quadro de pessoal da DPU”, disse. Na seleção anterior, feita em 2010 pelo Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), a aplicação das provas ocorreu em todas as capitais. Na época, no Rio de Janeiro houve oportunidades para as unidades da capital (Centro), Niterói, São João de Meriti e Volta Redonda.

Agente administrativo: veja programa anterior
Para quem pretende concorrer a uma vaga de agente administrativo da Defensoria Pública da União (DPU)e não quer perder tempo, FOLHA DIRIGIDA publica abaixo o programa do último concurso, que serve como base de esudo. Inicie logo a sua preparação:

CONHECIMENTOS BÁSICOS
LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regência nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais.
NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Sistema operacional e ambiente Linux. 2 Edição de textos, planilhas e apresentações em ambiente Linux. 3 Sistema operacional e ambiente Windows. 4 Edição de textos, planilhas e apresentações em ambiente Windows. 5 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet.
LEGISLAÇÃO RELACIONADA A DEFENSORIA PÚBLICA: Lei Complementar nº 80/1994: Títulos I, II e V com as alterações da Lei Complementar nº 132/2009.
DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Os poderes do Estado e as respectivas funções. 2 Normas Constitucionais. 3 Controle de Constitucionalidade de Atos Normativos. 4 Poder constituinte. 5 Princípios constitucionais. 6 Análise do princípio hierárquico das normas. 7 Princípios fundamentais da CF/88. 8 Direitos e garantias fundamentais. 9 Organização político-administrativa do Estado. 10 Administração Pública na CF/88. 11 Organização dos Poderes. Poder Legislativo; Poder Executivo; Poder Judiciário. As funções essenciais à Justiça: Defensoria Pública.
DIREITO ADMINISTRATIVO. 1 Ato administrativo: conceito, requisitos, atributos, classificação, espécies e invalidação. 1.1 Anulação e revogação. 1.2 Prescrição. 2 Controle da administração pública: controle administrativo, controle legislativo e controle judiciário. 3 Agentes administrativos: investidura e exercício da função pública. 3.1 Direitos e deveres dos funcionários públicos. Regimes jurídicos. 3.2 Processo administrativo: conceito, princípios, fases e modalidades. 4 Poderes da administração: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar e regulamentar. 5 Princípios básicos da administração. 5.1 Responsabilidade civil da administração: evolução doutrinária e reparação do dano. 5.2 Enriquecimento ilícito e uso e abuso de poder. 5.3 Sanções penais e civis. 5.4 Improbidade administrativa. 6 Serviços públicos: conceito, classificação, regulamentação, formas e competência de prestação. 7 Organização administrativa: noções gerais. 7.1 Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada: autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. 8 . Lei nº 8.112/90 e suas alterações.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
AGENTE ADMINISTRATIVO: 1 Redação oficial. 2 Ética no serviço público: comportamento profissional; atitudes no serviço; organização do trabalho; prioridade em serviço. Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto nº 1.171/1994. 3 Qualidade no atendimento ao público: comunicabilidade; apresentação; atenção; cortesia; interesse; presteza; eficiência; tolerância; discrição; conduta; objetividade. 4 Trabalho em equipe: personalidade e relacionamento; eficácia no comportamento interpessoal; servidor e opinião pública; o órgão e a opinião pública; fatores positivos do relacionamento; comportamento receptivo e defensivo; empatia; compreensão mútua. 5 Técnicas de arquivamento: classificação, organização, arquivos correntes e protocolo. DIREITO PROCESSUAL PENAL: 1. Ação Penal. 2. Disposições Gerais. DIREITO PROCESSUAL CIVIL: 1 Da Jurisdição e da Ação. 2 Das Partes e dos Procuradores. 3 Dos Atos Processuais: 2.1 Dos Prazos.

Folha Dirigida

 

PRF: Definição de organizadora e edital ainda este mês; salários chegam a R$ 3,6 mil

policia-rodoviaria-federalOs interessados em concorrer às 216 vagas de agente administrativo (nível médio) que serão abertas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) devem ficar atentos. A expectativa é que até o fim deste mês seja definida a organizadora e divulgado o edital de abertura da seleção, que deverá ter provas em todas as capitais e vagas em diferentes estados. A exigência para o cargo é o ensino médio completo e a remuneração inicial é de R$3.689,77 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$373). As contratações são pelo regime estatutário, que dá direito a estabilidade, e a carga de trabalho é de 40 horas semanais.
A definição da organizadora era esperada para até o último dia 28, como informou à FOLHA DIRIGIDA, no dia 17 deste mês, o coordenador-geral de Recursos Humanos do departamento, inspetor Adriano Furtado. Porém, até o fechamento desta edição, na última segunda-feira, 24, a informação era a de que o processo referente à contratação da instituição que ficará à frente do concurso ainda estava com a Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça, a qual foi submetido. Apesar disso, segue mantida por enquanto a previsão de divulgar o edital ainda este mês.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O inspetor Adriano Furtado chegou a afirmar que se tudo corresse bem, a divulgação poderia ocorrer até a próxima sexta-feira, dia 28, o que dificilmente deve ocorrer em função da demora na definição da organizadora. Especialistas em concursos e até mesmo futuros candidatos acreditam que será contratado o Cespe/UnB, que organizou o primeiro concurso para a área administrativa da PRF, feito em 2012, e que tem estado à frente de todos os concursos realizados no âmbito do Ministério da Justiça nos últimos anos. O atraso na contratação da organizadora também deverá fazer com que as provas objetivas, inicialmente previstas para maio, só possam ser aplicadas no início de junho, devido à necessidade de se observar um intervalo mínimo de 60 dias desde a publicação do edital, conforme o Decreto 6.944/09.

A PRF pretende homologar o resultado final do concurso, que prevê ainda investigação social e/ou funcional, ainda em junho, para possibilitar que os aprovados sejam nomeados este ano. Segundo a legislação eleitoral, em caso de homologação após 5 de julho, as nomeações só poderão ocorrer em 2015. Um fator que demanda celeridade na conclusão do concurso é que a seleção visa à substituição de terceirizados irregulares, que, caso tenha sido cumprido o acordo firmado entre União e Ministério Público do Trabalho (MPT), não atuam mais na PRF desde, no mínimo, 31 de dezembro do ano passado.

As vagas do concurso deverão ser distribuídas de forma proporcional à demanda de pessoal de cada estado, como informou no mês passado a chefe substituta da Divisão de Concursos do departamento, Tatiana Campos. A distribuição será baseada no levantamento das demandas e no resultado do concurso de remoção interna dos atuais servidores promovidos pelo órgão. Os estados que serão contemplados e a quantidade de vagas em cada um deles ainda não foram informados. O mesmo vale para as disciplina que irão compor o conteúdo programático da seleção. Já foi antecipado no entanto, que haverá algumas alterações com relação ao conteúdo do concurso de 2012. Naquela oportunidade, as provas de agente administrativo versaram sobre Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Legislação Relativa à PRF, Noções de Informática, de Matemática, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Estatística.

Folha Dirigida

Organizadora divulga gabarito do concurso da Prefeitura de João Pessoa; confira

pmjpA Fundação Getúlio Vargas divulgou no final da tarde desta terça-feira (14) o gabarito oficial preliminar do concurso da Prefeitura Municipal de João Pessoa. Os candidatos podem conferi-lo através do site da organizadora do certame.

O concurso teve 33.497 inscritos, sendo que 5.101 faltaram. Serão preenchidas 1.300 vagas. A maior concorrência ficou com o cargo de agente educacional, no qual se inscreveram 24.286 candidatos para 200 vagas, ou seja, foram 121,43 candidatos por vaga.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Foram oferecidas vagas nos cargos de agente educacional, assistente social escolar, orientador educacional, professor da Educação Básica I, professor da Educação Básica II (Ciências, Dança, Educação Física, Geografia, História, Inglês, Libras, Matemática, Música, Português, Teatro), psicólogo escolar e supervisor escolar.

 

Para recorrer, o candidato deverá usar formulários próprios, encontrados no mesmo endereço eletrônico, respeitando as instruções. De acordo com a FGV, não serão aceitos, em nenhuma hipótese, pedido de revisão da resposta ao recurso ou recurso de gabarito oficial definitivo.

 

 

portalcorreio