Arquivo da tag: orelha

Homem tem parte de orelha arrancada por mordida do cunhado durante briga em Cacimba de Dentro

Um homem de 35 anos teve parte de uma das orelhas arrancada por uma mordida durante uma confusão na madrugada deste sábado (8), no município de Cacimba de Dentro, na Paraíba.

De acordo com a Polícia Militar, o fato aconteceu por volta das 02h30, no Conjunto Benjamim Maranhão. A vítima, contou aos policiais militares que foi agredida pelos cunhados, de 33 e 35 anos. Com relação ao motivo, a PM não informou no relatório.

Diante da denúncia, os acusados foram localizados, presos e conduzidos a Delegacia de Polícia Civil de Solânea, onde foram apresentados a autoridade policial para que fosse tomadas as providências cabíveis.

Por Redação FontePB

 

 

Mãe de travesti que arrancou orelha de carcereiro não pôde ver a filha

Desde domingo, Marli Ferreira Alves Francisco, 48 anos, não consegue pregar os olhos à noite. Foi neste dia que ela descobriu que sua filha, a travesti Verônica Alves, de 25 anos, tinha sido presa acusada de tentativa de homicídio, em São Paulo. Durante a prisão, ela se envolveu numa briga com os agentes carcerários e arrancou com a boca um pedaço da orelha de um deles. Desde então, a mãe não pôde entrar em contato com a filha para conhecer a sua versão do que aconteceu.

A travesti durante a prisão
A travesti durante a prisão Foto: Reprodução / Facebook

— Não tem nada de normal nessa história — disse Marli, que mora em Mococa, no interior de São Paulo. — Não consegui falar com ela até agora. Fui a São Paulo, mas não deixaram eu ver de jeito nenhum, nem no hospital, nem na delegacia.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

De acordo com o boletim de ocorrência, Verônica já tinha sido detida por tentativa de homicídio contra uma idosa que vivia em seu prédio, durante uma discussão. Ela estava sendo transferida quando se envolveu em “luta corporal” com o carcereiro cuja orelha foi ferida. Para intimidá-la, outro policial deu três tiros na direção da briga mas, segundo a polícia, ninguém foi atingido. Os agentes e a agressora foram levados ao Hospital das Clínicas, em São Paulo, e o caso foi registrado no 2º DP (Bom Retiro). Ela é acusada de evasão mediante violência contra a pessoa, lesão corporal de natureza grave e resistência à prisão.

Foto: Reprodução / Facebook

Segundo a mãe, Verônica, que se prostituía, morava na capital paulista há um ano e, até então, vivia tranquilamente. Ela acredita que a polícia não deixou vê-la como retaliação pela agressão.

— Como foram muito covardes e machucaram muito ela, não quiseram me deixar vê-la. É muito triste para uma mãe uma coisa dessas — resumiu.

Em fotos que circulam nas redes sociais, é possível ver a travesti num pátio, sem camisa, com os seios expostos, a calça rasgada, cabelos raspados e o rosto desfigurado. Há também imagens do agente carcerário que foi vítima de agressão.

O agente carcerário foi agredido e teve um pedaço da orelha arrancado pela travesti
O agente carcerário foi agredido e teve um pedaço da orelha arrancado pela travesti Foto: Reprodução / Facebook

Posicionamento da polícia

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo afirmou que a Secretaria de Administração Penitenciária (Sap) é responsável pela detenta, mas não comentou as agressões sofridas por Verônica. Já a Sap explicou que os presos podem passar até 20 dias sob regime de observação. Durante esse período, eles não têm direito a ver sua família, apenas o defensor público. Segundo Marli, sua filha ainda não teve ninguém designado para fazer sua defesa.

Apoio nas redes

Nas redes sociais, grupos de apoio a travestis e transexuais tentam garantir que Verônica tenha acesso a uma defesa justa e que não seja vítima de violência sexual. Uma página chamada Somos todas Verônica foi criada no Facebook para apoiá-la.

Foto: Reprodução / Facebook

Extra

Mulher viciada em drogas arranca orelha de idoso após discussão em bar

Reprodução/Patos Online
Reprodução/Patos Online

Um idoso de 62 anos teve parte da orelha decepada na tarde deste sábado (24) no Centro de Patos, no Sertão paraibano. De acordo com informações da Polícia Civil da cidade, uma mulher, dependente química, teria arrancado a orelha do homem após uma discussão em um bar do bairro.

Testemunhas relataram que a confusão teve início quando a mulher chegou ao bar exigindo que o idoso lhe desse dinheiro para comprar crack, com a negativa ela tentou o agredir com uma tesoura. Eles entraram em luta corporal e a suspeita mordeu a orelha da vítima conseguindo arrancar parte do órgão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O idoso foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e levado para um hospital da cidade. Ele passa bem. A mulher foi presa em flagrante e responderá por crime de lesão corporal.

 

portalcorreio

Mulher é acusada de decepar e engolir parte da orelha do namorado no Agreste

plantão policialUma mulher está sendo acusada na noite deste domingo (26) de decepar e engolir a orelha do namorado após intensa discussão, no município de Ingá, no Agreste .

O agricultor Leandro Soares dos Santos, 28 anos, estava discutindo com a namorada e durante uma luta corporal foi surpreendido com uma mordida na orelha. Ele foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes em Campina Grande e de acordo com a equipe médica, a mulher teria engolido parte da orelha decepada.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A vítima passa bem, mas continua internada no hospital, como a mulher engoliu a orelha não foi possível realizar uma cirurgia de reconstrução e reparação do membro.

O crime aconteceu no sítio Cotia, município de Ingá. O motivo da discussão ainda será investigado pela polícia.

 

portalcorreio

Homem puxa orelha do filho e arranca pedaço

Menino foi parar no hospital com o pedaço da orelha arranacado pelo próprio pai.

Uma criança foi parar no hospital, na noite da terça-feira (24), após ter sido agredida pelo pai, no município de Venturosa, no Sertão de Pernambuco.

Um menino de 8 anos teve um pedaço da orelha arrancada após um puxão dado pelo pai. A criança foi levada ao Hospital Dom Moura, no município de Garanhuns, no Agreste Meridional do Estado, onde foi socorrida. Após o atendimento, o menino foi liberado.

A motivação da agressão não foi divulgada. O fato não foi denunciado à polícia.

NE10