Arquivo da tag: Operário-PR

Raposa vence Operário-PR, mas perde vaga nos pênaltis

campinenseEm um jogo truncado desde o inicio, o Campinense venceu o Operário-PR por 1 a 0, com um golaço de Valdeir, na tarde deste domingo (04), no Amigão.

O resultado levou a decisão para os pênaltis,e a Raposa não foi feliz.

Sorte para o goleiro Paulo Sérgio, que defendeu as cobranças de Felipe Ramon e Rodrigão, converteu a sua, e levou os paranaenses para as quartas de final da Série D.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ficha técnica

Campinense 1 x 0 Operário-PR

Pênaltis: Campinense 3 x 4 Operário-PR

Data: 04/10/2015 – 16h

Local: Estádio Amigão / Campina Grande

Competição: Campeonato Brasileiro da Série D – oitavas de final (jogo da volta)

Arbitragem: Renato Cardoso da Conceição (CBF-2/Minas Gerais); Ricardo Junio de Sousa (CBF-2/Minas Gerais) e Wesley Moreira de Carvalho (CBF-2/Minas Gerais)

Cartões amarelos: Leandro Sobral (CC); Chicão, Rossi, Capa (OFEC)

Cartão vermelho: Chicão (OFEC)

Gol: Valdeir (aos 21′ do 1ºT) para o Campinense

Campinense: Gledson, Grafite, Joécio (João Paulo), Tiago Sala e Felipe Ramon; Negreti, David (Éder), Leandro Sobral (Adalgiso Pitbull) e Valdeir; Túlio Renan e Rodrigão. Técnico: Francisco Diá.

Operário-PR: Paulo Sérgio, Alemão, Marcelo Xavier, Juan Sosa e Capa; Chicão, Lucas (Pedrinho), Doda e Renan Oliveira (Julinho); Rossi e Joelson (Elionar Bombinha). Técnico: Itamar Shulle.

 

paraibaonline

Diá torce por recuperação de Negretti e Rodrigão para encarar o Operário-PR

 (Foto: Junot Lecet Filho / Jornal da Paraíba)
(Foto: Junot Lecet Filho / Jornal da Paraíba)

Mistério. Essa foi a palavra de ordem no Campinense durante toda a semana preparativa para o confronto decisivo contra o Operário-PR pelo mata-mata da Série D. Precisando de uma vitória por dois ou mais gols de diferença, o treinador da Raposa preferiu não arriscar e escondeu o jogo do adversário deste domingo. Porém uma coisa é certa, Franscisco Diá não vai poder contar com o lateral Ronael e o volante Magno suspensos, já o atacante Rodrigão e o volante Negretti que vem se recuperando de lesões, devem ser reavaliados momentos antes da partida.

– O mistério faz parte de uma decisão desse porte, estou quebrando a cabeça para desvendar o Operário e fiz questão de também passar essa preocupação para eles. Em relação a Negretti e o Rodrigão eles tem feito um treinamento intensivo durante a semana e nós esperaremos até momentos antes da partida para saber se poderemos contar com os jogadores – declarou Diá.

Além dos possíveis reforços de Rodrigão, artilheiro do time na competição nacional, e de Negretti, o Campinense se apoia no bom retrospecto em casa para avançar as quartas-de-final da Série D. Em quatro partidas disputadas até aqui a Raposa tem 100% de aproveitamento, sendo que em três oportunidades conseguiu vencer os adversários por dois gols de diferença.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Campinense e Operário-PR se enfrentam neste domingo, às 16h, no Estádio Amigão. Para a partida decisiva a diretoria da Raposa colocou mais de 20 mil ingressos a venda e espera casa cheia para empurrar o time rumo a classificação. Na primeira partida entre as equipes o time paranaense se deu melhor e venceu por 1 a 0, com isso para avançar à próxima fase, o Campinense precisa de uma vitória por dois ou mais gols de diferença. Caso devolva o placar do confronto anterior a decisão vai para os pênaltis.

 

Globoesporte.com