Arquivo da tag: Olimpíadas

Em live, Guga propõe o retorno das olimpíadas escolares e apresenta propostas para o esporte em Bananeiras

Em Live transmitida pelas redes sociais Instagram e Facebook, o pré candidato a prefeito de Bananeiras, Guga Aragão, apresentou diversas propostas para o esporte de Bananeiras.

Segundo Guga, é necessário investir em esporte para a juventude, com o retorno das olimpíadas escolares, estimulando a competição entre as escolas nas mais diversas modalidades esportivas.

Guga lembrou também a necessidade de apoiar modalidades esportivas ao ar livre, como corrida de rua, ciclismo, rapel, propícios para nossa região e que funcionam também como atrativos turísticos.

Os Esportes radicais, já que temos aqui um equipamento próprio para sua prática, e os esportes de luta, que temos muitos representantes bananeirense com destaque em nível estadual, também devem ser observados, valorizando os esportistas da terra que se destacam em nível estadual.

Guga manifestou ainda a intenção de descentralizar os campeonatos municipais de futsal e futebol, utilizando os equipamentos esportivos que já existem nos distritos, como ginásios e campos, implantando uma coordenação de esporte em cada distrito.

Por fim, Guga manifestou interesse em construir praças com academias ao ar livre, agregando qualidade de vida às famílias e possibilitando a prática de exercícios.

Acompanhe a live completa

Assessoria

 

 

Coronavírus se iguala à guerra ao cancelar Olimpíadas

Jogos só deixaram de acontecer durante 1ª e 2ª guerras mundiais

Situações excepcionais exigem medidas excepcionais. A pandemia causada pelo coronavírus deu o tamanho da sua grandeza mais uma vez nesta semana. Como se já não bastasse os milhares de mortos e infectados pelo mundo, o vírus causou também o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que aconteceriam neste ano.

Pode parecer bobeira, mas essa situação extraordinária só aconteceu em outros três momentos da história moderno da competição. Muitas pessoas estão se perguntando as datas. Nos sites de apostas, como apostasesportivasbonus.com, os apostadores aguardam ansiosamente pelo início dos jogos, que terá mais de 11 mil atletas e diversas modalidades.

Em 124 anos de existência dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, não foi a primeira vez que o megaevento foi cancelado ou postergado. Por três vezes a competição não foi realizada, em todas elas por causa das duas Grandes Guerras Mundiais: Berlim 1916, Japão 1940 e Londres 1944.

Em 27 de maio de 1912, em Estocolmo, na Suécia, ao escolher Berlim para receber as Olimpíadas de 1916, o Comitê Olímpico Internacional (COI) jamais pensou que a capital alemã seria a primeira a ter de cancelar seus Jogos. Tanto que após o início da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

Em abril de 1915, um ano antes dos Jogos, presidente do Comitê Olímpico Internacional na época, Pierre de Coubertain, não só desmarcou as Olimpíadas como teve de transferir a sede da entidade de Paris para Lausanne, na Suíça.

O fato de Tóquio ter uma Olimpíada cancelada em sua história não é uma novidade.  Em 1940 o país amargou a mesma situação. Em 1937, o Japão iniciou com a China a guerra Sino-Japonesa, quando tentou anexar territórios pertencentes ao chineses. O conflito perdurou e sem previsão de término, em 1939, o COI acabou por transferir a sede das Olimpíadas para Helsinque, na Finlândia.

A propagação da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) acabou por obrigar o COI a cancelar pela segunda vez a realização dos Jogos Olímpicos. E Tóquio só foi receber as Olimpíadas em 1964.

A Segunda Guerra Mundial também fez com que os Jogos de 1944, em Londres, fossem cancelados. Mas, ao contrário dos japoneses que esperaram por 24 anos para receberem as competições, após suas Olimpíadas não acontecerem, os ingleses organizaram em 1948 os primeiros Jogos pós-termino dos conflitos.

Por diversas vezes, as Olimpíadas estiveram sob ameaça mas resistiram. Em setembro de 1972, durante as Olimpíadas de Munique, o mundo ficou horrorizado com a invasão da Vila Olímpica por terroristas do grupo palestino Setembro Negro, que sequestrou e assassinou 11 membros da delegação israelense.

O terrorismo voltou a assombrar os Jogos Olímpicos em Atlanta, no Estados Unidos, no dia 27 de julho de 1996. Um americano de extrema-direita, Eric Rudolph, detonou uma bomba no Parque Centenário, onde milhares de pessoas assistiam a um show. A explosão, que  causou a morte de duas pessoas, não foi suficiente para interromper a competição.

 

 

 

Gastronomia e Turismo da Paraíba são mostrados para imprensa internacional durante olimpíadas

lindolfo-piresO turismo e a gastronomia da Paraíba foram apresentadas, na tarde desta segunda-feira (8), para a imprensa internacional, que também recebeu informações sobre outros atrativos turísticos do Estado num lounge montado no Rio Media Center para jornalistas do mundo inteiro com o objetivo de realizar cobertura das Olimpíadas Rio 2016. Macaxeira e carne de sol compuseram o prato principal, denominado de “Elas & Elas”, oferecido aos visitantes e frequentadores do local, numa ação promovida pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde).

A imprensa foi recebida pelo secretário Lindolfo Pires e pode fazer degustação da autêntica cachaça brejeira Triunfo, da cidade de Areia.  Os profissionais ainda receberam um press kit com sacolas de esporte retornáveis contendo material promocional em formato digital e impresso, além de água coco envasada em caixinhas longa vida e a famosa cocada na Kenga, produto turístico de Lucena.

O prato principal oferecido à imprensa faz parte do carro-chefe do “Nordestino Carioca”, restaurante que fica no Rio, cujos proprietários são os paraibanos Roberto Araújo e Iracema Gonçalves. O “Elas & Elas” leva carne de sol, cebola roxa, linguiça flambada, macaxeira cozida, farofa de cuscuz com ovo e uma farofinha de carne de sol. O Nordestino Carioca já ganhou cinco vezes o prêmio de “Comida di Buteco”, o maior concurso de cozinha de raiz do País.

Lindolfo Pires destacou que, além da Rio 2016 ser um mega evento esportivo e pela primeira ser realizado num país da América Latina, é uma excelente oportunidade para a Paraíba ser conhecida por outros mercados internacionais ainda não trabalhados, pois neste período estará na vitrine para o mundo.

O lounge da Paraíba recebeu o apoio de importantes parceiros como a Alpargatas com sua famosa Havaianas, responsável pela decoração do local, e ainda a empresa de alimentos Coco do Vale, cocada na Kenga e a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), que disponibilizou um técnico com habilidade nos idiomas inglês e alemão para interagir com a imprensa internacional e reforçar a divulgação das belezas e atrativos turísticos do Estado.

O Rio Media Center (RMC) é o centro de referência para a imprensa não credenciada e credenciada internacional que foi criado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) pensando nos inúmeros jornalistas que vêm ao Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos e que não acompanham diariamente as competições nas arenas esportivas e que estão mais focados na rotina da cidade e da população.

A área ocupada pelo RMC é de 2.700 metros quadrados, decorado com fotos que mostram as mudanças pelas quais o Rio passou nos últimos anos. A estrutura inclui internet a cabo e via wi-fi, sinal de satélite para transmissões, auditório com capacidade para 300 pessoas, dois estúdios de TV e seis de rádio. Tudo isso para atender simultaneamente até 600 jornalistas.

O lounge paraibano estará montado no Rio Media Center até quarta-feira (10).

Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Olimpíadas: Nadadores brasileiros garantem vaga na etapa final dos 100m peito

felipeOs nadadores brasileiros Felipe França e João Gomes Júnior garantiram hoje (6) a posição 6 e 7, respectivamente, na final de 100m peito, prevista para ser disputada amanhã à noite. É a primeira vez que o Brasil tem dois representantes na final olímpica da prova, que será disputada por oito atletas.

Felipe França e João Gomes Júnior foram os dois nadadores brasileiros mais bem posicionados no ranking mundial da última temporada de competições do esporte, na terceira e quinta colocações.

As informações são da Agência Brasil.

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mari Paraíba diz que chorou muito ao ser cortada das Olimpíadas

maryQuem vê Mari Paraíba desenvolta nas quadras, nas redes sociais e nas páginas das revistas (com direito a uma capa para a “Playboy” em 2012) não imagina o quanto ela é tímida. Mas a jogadora de vôlei deixou a timidez (e as roupas) de lado e posou para o Paparazzo, em um ensaio que vai ao ar na abertura da Olimpíada Rio 2016, nesta sexta-feira, 5.

“Sou muito travada. Até me soltar, demora. Claro que encaro como um trabalho profissional, mas sou tímida”, disse ela, que antes de aceitar o convite pediu aval dos pais. “São as primeiras pessoas para quem peço opinião antes de fazer um trabalho”, explicou.

Mari foi uma das 17 atletas convocadas para defender a seleção brasileira de vôlei na Olimpíada, mas foi cortada duas semanas antes da competição, que terá só 12 atletas na delegação. “Claro que fiquei triste. No dia eu chorei para caramba, mas era uma coisa que podia acontecer. Fico feliz de ter sido uma das 17 convocadas, de estar entre as melhores do Brasil. Vou torcer para as meninas do mesmo jeito como se estivesse lá”.

Mari Paraíba (Crédito: Paparazzo)
Mari Paraíba (Crédito: Paparazzo)
Fonte: Com informações: Ego

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Estudante solanense recebe medalha de prata nas Olimpíadas Brasileira de Matemática

aluno

Solânea foi destaque nas olimpíadas brasileira de matemática. O estudante Levi Micael, aluno do 7º ano da Escola Estadual Padre Geraldo da Silva Pinto, trouxe medalha de prata a cidade. Ele ficou na 86ª colocação, entre os 500 estudantes selecionados no país para receber a premiação. Levi mora na gruta de Santa Tereza, zona rural de Solânea.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A diretora do colégio, Jaqueline Rocha, ficou emocionada com o resultado do seu aluno. “A família Padre Geraldo Pinto está de parabéns. Levi é bom em tudo, para nossa escola é uma honra ter um aluno em destaque a nível nacional. Muito sucesso para Levi e quero vê-lo lá em cima, se Deus quiser porque ele merece”, comemorou.

 

 

 

Redação / Focando a noticia

Estudante esperancense vence olimpíadas de Matemática

 

Pelo segundo ano consecutivo e já de olho nas próximas provas, o estudante da Escola Municipal Dom Manoel Palmeira, mostrou mais uma vez que matemática está no sangue. Allan Kewen Câmara de Oliveira, da cidade de esperança, cursa o nono ano, e participou este ano da 8ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, OBMEP 2012. Pela segunda vez, o aluno que passa emoção ao falar de matemática, venceu mais uma versão da premiação.

Este ano, Allan Kewen, recebeu a medalha de bronze referente as provas de 2011. Em 2011, ele já havia recebido outra premiação referente a 2010. Em todo país, foram distribuída 4.500 bolsas a ganhadores dessas Olimpíadas. O esperancense é um deles.

Por ter sido ganhador de medalha, o estudante ganhou um curso do Programa de Iniciação Cientifica oferecido pela Universidade Federal de Campina Grande. A Secretaria de Educação da cidade de Esperança fez uma homenagem ao jovem ganhador das medalhas.

Allan Kewen explicou que as provas contam com questões de contagem, probabilidade, geometria plana e ainda muitas questões envolvendo logica. A prova é divida em duas fases, a primeira são 20 questões, com 5 alternativas cada. Apenas  5% do total de alunos participantes de cada escola conseguem passar para a segunda fase. O resultado saiu no dia 30 de novembro. Por ser estudante do 9º ano, Allan Kewen, concorreu no 2º nível.

Allan Kewen tem apenas 15 anos, e já pensa em um futuro promissor, ser engenheiro civil.

Veja as fotos em homenagem:

allane
alan9
alla4
allan

 

aln8
allan
alla5
alla2

 

255288_341618255920097_571682841_nalla7
alla3
belarminonoticias

Dedé frustrado por ficar fora das Olimpíadas

Ivo Gonzalez/O Globo

RIO – Fora de uma lista de cinco jogadores acima de 23 anos que o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, tem para as Olimpíadas de Londres, o zagueiro Dedé disse que sabia que estava um passo atrás dos demais zagueiros, mas não escondeu a frustração ao ficar sabendo da notícia. Dedé foi avisado por seus assessores que Mano não havia citado o nome dele entre os jogadores acima de 23 anos.

– Eu já esperava que isso fosse acontecer, que entre os dois zagueiros acima dos 23 anos ele levaria o Thiago Silva e o David Luiz. Claro que sempre fica aquela esperança de jogar as Olimpíadas. Mas fico feliz por ter sido convocado para a última pré-lista dos 35 jogadores. Me dá um gás para continuar na busca. Agora, vou ficar na torcida por eles – disse Dedé.

Mano tem uma lista de cinco jogadores e, destes, três serão convocados. Thiago Silva é um deles. O zagueiro do Milan está praticamente certo na Olimpíada.

– (Além de Thiago Silva) Temos hoje o Dani Alves, que ainda está se recuperando e estamos de olho nele. Além dele, tem o David (Luiz), o Marcelo e o Hulk. Fizemos o direcionamento para esses jogadores. Nossa ideia nunca foi levar um goleiro acima de 23 anos – disse Mano, em entrevista à ESPN Brasil, também acabando com as pretensões do goleiro Jéfferson, do Botafogo.

Por causa do edema ósseo na perna esquerda, Dedé ficou longe dos gramados por dois meses e esteve fora das últimas convocações de Mano, que visaram aos Jogos de Londres. A última convocação para seleção brasileira foi em fevereiro deste ano para o amistoso contra a Bósnia.

O Globo

Olimpíadas de Matemática mobiliza mais de 19 milhões de alunos

 

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) mobilizou, nessa terça-feira (5), mais de 19 milhões de alunos em todo o País. Os estudantes participam da primeira fase de provas em mais de 46 mil escolas de 99,4% dos municípios brasileiros. O número de instituições de ensino é o maior desde a primeira edição do evento, em 2005, que contou com cerca de 31 mil escolas.
A 8ª Obmep está marcada por um número recorde de novos estabelecimentos inscritos em relação às edições anteriores, pois conta com a adesão de mais 2 mil escolas. O percentual de cidades mobilizadas também cresceu, passando de 93,5% para 99,42% (5.533 municípios) no mesmo período. A quantidade de estudantes inscritos na 8ª Obmep supera à do ano passado, que contou com 18,7 milhões de alunos.

Prova
A prova objetiva consiste em 20 questões de múltipla escolha. Os alunos participantes são divididos em três níveis, conforme o grau de escolaridade. Com duração de duas horas e 30 minutos, o exame será aplicado e corrigido pelos próprios professores das escolas inscritas, seguindo instruções e gabaritos elaborados pela coordenação geral do evento.
As provas para a segunda fase estão marcadas para 15 de setembro, quando 5% dos estudantes classificados na primeira etapa responderão de seis a oito questões discursivas.

Organização
A Obmep foi criada para estimular o estudo da matemática entre alunos e professores de todo o País. É promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pelo Ministério da Educação (MEC), e realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).
Alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental a estudantes do ensino médio de escolas públicas municipais, estaduais e federais participam da Obmep, concorrendo a prêmios de acordo com a classificação nas provas. Aqueles que se classificarem nas duas provas (objetiva e discursiva) receberão medalhas de ouro, prata e bronze, além de cursarem programas de iniciação científica e de mestrado.

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Focando a Notícia