Arquivo da tag: novatos

Começam matrículas para alunos novatos na rede estadual de ensino

escolaAs matrículas para os alunos novatos na rede estadual de ensino tiveram início nesta quarta-feira (16) e vão até o dia 30 de novembro. A efetivação das matrículas, com possíveis ajustes, está agendada para o período de 1° a 22 de dezembro. As aulas do ano letivo de 2017 vão começar no dia 6 de fevereiro do próximo ano.

Para efetivar a matrícula, os estudantes novatos devem preencher uma ficha de inscrição, fornecida pela escola e apresentar cópias da certidão de nascimento, do RG e do CPF, além de duas fotos 3×4, comprovante de residência e histórico escolar emitido pela escola de origem.

Adiantamento do calendário em 2016 – O adiantamento do calendário teve como objetivo proporcionar um melhor planejamento do ano letivo de 2017, visando reforçar os investimentos nos programas já existentes, além de criar outros mecanismos de melhorias.

“Com esse adiantamento no calendário de matrículas, nós saberemos até dezembro deste ano quantos alunos têm na rede, e a partir disso, vamos nos organizar para começar o ano letivo de 2017 sem nenhuma dificuldade”, ressaltou Wleica Aragão, gerente da 1ª Gerência Regional de Educação (GRE).

Matrículas dos veteranos – Os estudantes veteranos da rede estadual de ensino tiveram até o dia 11 de novembro para confirmar sua matrícula. Eles preencheram a ficha de inscrição, que deveria ser assinada pelo responsável ou pelo próprio aluno, caso seja maior de 18 anos.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Matrículas de alunos novatos na rede estadual da PB termina nesta quinta

salaO prazo para a realização das matrículas na rede estadual de ensino para alunos novatos termina nesta quinta-feira (28), de acordo com a Secretaria de Estado da Educação (SEE). A data limite para a realização das matrículas era o dia 20 de janeiro mas foi prorrogada e os alunos novatos tiveram uma semana a mais para preenceherem as vagas oferecidas.

Estão sendo oferecidas 500 mil vagas nas 765 escolas da rede estadual, para o ensino regular (Ensino Fundamental I, II e Ensino Médio), Educação de Jovens e Adultos (EJA), Ensino Técnico e Profissionalizante. Nas modalidades técnico e profissionalizante, a oferta é de 2.634 vagas em 26 estabelecimentos de ensino em diversas áreas. A lista dos cursos profissionalizantes pode ser conferida abaixo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Para realizar a matrícula, além do preenchimento do formulário, os alunos novatos deverão apresentar cópias da certidão de nascimento, RG e CPF, duas fotos três por quatro, comprovante de residência e histórico escolar emitido pela escola de origem. O preenchimento de dados para matrícula é feito, exclusivamente, pela internet.Para participar nas modalidades técnico e profissionalizante, basta se matricular em uma das escolas que oferecem os cursos e escolher a opção desejada.

Planejamento do Ano Letivo
No período de 1º a 5 de fevereiro de 2016 as escolas realizam o planejamento administrativo e pedagógico para o início das aulas do ano letivo no dia 11 de fevereiro.

Dia da Acolhida
O primeiro dia de aula do ano letivo será considerado o dia da acolhida e a orientação da SEE é que cada escola, após o planejamento, reserve um período da semana pedagógica para organizar a recepção dos estudantes no dia 11 de fevereiro. A recomendação para esse dia é que a escola convide a comunidade com o objetivo de acolher os estudantes e compartilhar as atividades educativas que foram planejadas para o ano letivo de 2016.

Veja lista dos cursos profissionalizantes oferecidos

João Pessoa
Escola Owaldo Pessoa
Análises Clínicas e Manutenção e suporte de informática

Colégio da Polícia Militar
Programação em Jogos Digitais e Informática para Internet.

Centro Profissional Antônio Cabral
Administração e Comércio

Escola João Goulart
Serviço de restaurante e bar, eventos e hospedagem.

Escola Mestre Sivuca
Segurança do Trabalho e Manutenção e suporte de informática

Escola Pedro Anísio Bezerra
Manutenção e suporte de informática

Escola Maria do Carmo de Miranda
Secretariado

Pitimbu
Escola Durval Guedes
Hospedagem e Serviço de Restaurante e bar

Santa Rita
Escola Enéas Carvalho
Informática

Sapé
Escola Clóris Torres de Oliveira
Técnico de Enfermagem

Escola Cassiano Ribeiro Coutinho
Comércio

Bananeiras
Escola José Rocha Sobrinho
Hospedagem, Serviço de Restaurante e bar; e Manutenção e Suporte de Informática

Guarabira
Escola Emiliano de Cristo
Vestuário e Administração

Campina Grande
Escola Hortêncio de Sousa Ribeiro
Informática

Escola Padre Emídio Viana Correia
Eventos

Escola Elpídio de Almeida
Comércio, Administração e Secretariado.

Monteiro
Escola José Leite de Souza
Informática e Música

Patos
Escola Dionísio da Costa
Manutenção e suporte de informática, Informática e Comércio

Santa Luzia
Escola Jerônimo Lawen
Mineração, Contabilidade e Informática

Coremas
Escola Nobel Vita
Aquicultura e Processamento de Pescados

Cajazeiras
Escola Cristiano Cartaxo
Administração, Informática, Comércio e Secretariado

Sousa
Escola Mestre Júlio Sarmento
Técnico em Saúde Bucal e Segurança do Trabalho

Escola José de Paiva Gadelha
Manutenção e suporte de informática e Informática

Princesa Isabel
Escola Nossa Senhora do Bom Conselho
Informática

Pombal
Escola Mosenhor Vicente Freitas
Manutenção e suporte de informática e Agroecologia

 

G1

Matrículas para alunos novatos da rede estadual acontecem até a próxima sexta-feira

matriculas-abertasOs alunos novatos da rede estadual de ensino devem efetuar a matrícula até sexta-feira (30), segundo a Secretaria de Estado da Educação (SEE). Já os alunos transferidos de outras instituições de ensino podem realizar a matrícula durante todo o ano letivo. O Governo do Estado oferece 100 mil novas vagas na rede estadual e garante vagas para todos os alunos. Os veteranos foram matriculados automaticamente durante o mês de dezembro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Até o dia 20 de janeiro, 240.131 alunos foram matriculados na rede estadual de ensino. Destes, 81.649 alunos são da 1ª Gerência Regional de Educação (GRE), com sede em João Pessoa; 13.921 da 2ª GRE, com sede em Guarabira; 80 mil, da 3ª GRE, com sede em Campina Grande; 4.583, da 4ª GRE, com sede em Cuité; 5.207 da 5ª GRE, com sede em Monteiro; 9.581 são da 6ª GRE, com sede em Patos e 6.305, da 7ª GRE, com sede em Itaporanga.

Na 8ª GRE, com sede em Catolé do Rocha, foram matriculados, até o dia 20 de janeiro, 4.670 alunos. Na 9ª GRE, com sede em Cajazeiras,10.010 foram matriculados, na 10ª GRE, com sede em Sousa, 8.121, na 11ª GRE, com sede em Princesa Isabel, 4.350, na 12ª GRE, com sede em Itabaiana, 3.826, na 13ª, com sede em Pombal, 2.821 e na 14ª, com sede em Mamanguape, 5.087 alunos forma matriculados.

“As matrículas na rede estadual de ensino estão acontecendo dentro do previsto para o período, mas convocamos todos os pais e alunos a não deixarem para realizar a matrícula na última hora para evitar o risco de não encontrar mais vaga na escola em que procura e possíveis imprevistos”, ressaltou a secretária executiva da Gestão Pedagógica da Educação, Roziane Marinho Ribeiro.

Documentação necessária – No ato da matrícula, os pais ou responsáveis preencherão um formulário e deverão entregar a documentação necessária: duas fotos 3×4, certidão de nascimento ou RG e o histórico escolar. O ano letivo de 2015 terá 202 dias letivos e começa no dia 9 de fevereiro para os cursos diurnos e noturnos. Em caso de dúvidas sobre as vagas, os interessados devem procurar a Gerência Regional de Educação mais próxima.

A Secretaria de Estado da Educação (SEE) orienta aos gestores que garantam que os espaços estejam limpos e organizados, com exposição das produções de estudantes e professores em corredores e nas salas de aula para criar familiaridade e valorizar o trabalho realizado por eles.

Dia da Acolhida – Após planejar o ano, cada escola vai organizar a recepção dos estudantes no dia 9 de fevereiro. A recomendação da SEE para esse dia que cada escola convide a comunidade com o objetivo de acolher os estudantes e compartilhar as atividades educativas que foram planejadas para o ano letivo de 2015.

Secom-PB

Deputados novatos e reeleitos travam disputa por apartamentos funcionais

Com cerca de 200 m², quatro quartos e vaga de garagem, os apartamentos ficam na Asa Sul e Asa Norte, bairros nobres de Brasília
Com cerca de 200 m², quatro quartos e vaga de garagem, os apartamentos ficam na Asa Sul e Asa Norte, bairros nobres de Brasília

A mais de dois meses da posse, marcada para 1º de fevereiro de 2015, deputados novatos e reeleitos iniciaram a corrida para ocupar os imóveis funcionais da Câmara dos Deputados em Brasília. As inscrições foram abertas no último dia 4 de novembro, pela internet, e, até esta quinta-feira, já havia 160 pedidos, segundo informou ao G1 a Quarta Secretaria da Casa.

Além desses 160, já estavam na fila outros 72 parlamentares reeleitos não atendidos nos últimos quatro anos. No total, a Câmara tem 513 deputados. Não há apartamentos funcionais para todos – os que não são contemplados recebem auxílio-moradia de R$ 3,8 mil mensais para pagamento de aluguel.

“Todo deputado novo se inscreve e disputa com o conjunto da Casa a busca por um apartamento. Não tem apartamento disponível para todos. São 306 em condições habitáveis e estamos reformando mais 72”, disse ao G1 o quarto-secretário da Câmara, deputado Antônio Carlos Biffi (PT-MS), responsável pela administração dos imóveis funcionais. Dos 72 em reforma, a previsão é que todos sejam entregues durante a próxima legislatura (2015-2018), parte dos quais em 2015.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os prédios mais disputados ficam na 302 Norte, quadra próxima ao Congresso Nacional. Eles acabaram de passar por reforma e receberam acabamento de primeira linha. A obra modificou 144 apartamentos e custou R$ 72 milhões aos cofres da Câmara. Todas as janelas foram trocadas, o piso de madeira foi substituído por porcelanato e dois dos quatro quartos viraram suítes. A maioria delas ganhou banheira de hidromassagem.

“Também mudamos toda a parte elétrica, hidráulica e até a fachada do prédio”, detalhou o chefe de gabinete da Quarta Secretaria, Jayme Souza.

Para reduzir o peso da “influência política” na distribuição dos apartamentos, a Câmara editou em 2011 regras para o acesso. A prioridade é para parlamentares mais antigos, ou seja, com mais mandatos. Também são levados em conta a idade do deputado, se ele tem necessidades especiais, e o número de familiares que ocuparão o imóvel.

“A solicitação de imóvel funcional residencial para ocupação dar-se-á mediante formulário próprio, encaminhado ao quarto-secretário, que considerará os critérios de antiguidade, idade e quantidade de moradores, para fins de definição de prioridade e formação da lista de espera”, diz a resolução que trata da distribuição dos apartamentos.

No entanto, na prática, a negociação política ainda é forte, e os parlamentares mais influentes em seus partidos acabam obtendo os imóveis mais modernos.

Auxílio-moradia
Os deputados que não conseguem acesso aos apartamentos funcionais recebem um auxílio-moradia mensal de até  R$ 3,8 mil.

Segundo o corretor de imóveis Pablo Bueno, esse valor não é suficiente para alugar um apartamento como o disponibilizado pela Câmara.

“Um imóvel desses em Brasília é uma raridade. Então, o aluguel dele é bastante elevado. Vai ficar em torno de R$ 6 mil a R$ 7 mil. E se fosse pra vender um imóvel desses, a gente estaria falando de um metro quadrado de R$ 10 mil a R$ 11 mil”, afirmou.

“Um imóvel desses em Brasília é uma raridade. Então, o aluguel dele é bastante elevado. Vai ficar em torno de R$ 6 mil a R$ 7 mil  mensais. E se fosse pra vender um imóvel desses, a gente estaria falando de um metro quadrado de R$ 10 mil a R$ 11 mil.”
Pablo Bueno, corretor de imóveis

Eleito pela primeira vez em 2010, o deputado reeleito Jean Wyllys (PSOL-RJ) não conseguiu apartamento durante os quatro anos do primeiro mandato e usou o auxílio-moradia. Ele disse que não pretende mais entrar na briga por imóvel funcional. Atualmente, ele aluga um flat.

“Eu até prefiro hoje [não ter apartamento funcional], porque eu consigo fazer uma distinção entre trabalho e vida privada. Morar nos apartamentos funcionais é, de alguma maneira, estender a vida de trabalho para a sua casa, para a vida privada, porque seus vizinhos são deputados também”, ponderou.

Apartamento funcional recém-reformad na área central de Brasília (Foto: Nathalia Passarinho/ G1)Sala de apartamento funcional recém-reformado na área central de Brasília (Foto: Nathalia Passarinho/G1)

Ampliação
A Câmara planeja dividir 96 apartamentos de 200 metros quadrados e transformá-los em 192 imóveis de cem metros quadrados cada um. Com essa duplicação e o término das obras em 72 prédios, todos os deputados passariam a ter acesso a imóveis funcionais e deixariam de receber o auxílio-moradia. O projeto vai ser apresentado pela Quarta Secretaria à Mesa Diretora da Casa e precisa ser aprovado pelo plenário.

Segundo o deputado Antônio Carlos Biffi, é mais barato para o Legislativo manter os apartamentos funcionais que oferecer auxílio-moradia.

“Um apartamento fica em torno de R$ 2 mil por mês – a sua manutenção, o seu custeio. Já o auxilio-moradia fica em torno de R$ 3,8 mil. Portanto, cada vez que colocamos um deputado num apartamento, nós economizamos para a Casa em torno de R$ 1,8 mil, o que é importante para os cofres públicos”, disse.

 

 

Nathalia Passarinho