Arquivo da tag: nova

Nova Lei Maria da Penha: Temer veta concessão de medida protetiva pela polícia

O presidente Michel Temer publicou com vetos a lei que altera a Lei Maria da Penha, que foi criada com o objetivo de aumentar o rigor das punições sobre crimes domésticos, em especial a homens que agridem física ou psicologicamente uma mulher. Foi vetado o artigo que permitiria à autoridade policial conceder medidas protetivas de urgência em casos em que houver “risco atual ou iminente à vida ou à integridade física e psicológica da mulher em situação de violência doméstica e familiar o de seus dependentes”.

Rio de Janeiro - Grupo faz passeata pelas ruas da Lapa em defesa dos direitos das mulheres e contra a violência (Tânia Rêgo/Agência Brasil) Grupo faz passeata pelas ruas da Lapa em defesa dos direitos das mulheres e contra a violência Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil

Na nova legislação, está previsto o direito da mulher vítima de violência doméstica e familiar a ter atendimento policial especializado, ininterrupto e prestado preferencialmente por servidores do sexo feminino. Além disso, apresenta procedimentos e diretrizes sobre como será feita a inquirição dessa mulher vítima de crime.

Entre as diretrizes está a de salvaguardar a integridade física, psíquica e emocional da mulher vítima desse tipo de violência; a garantia de que em nenhuma hipótese ela ou suas testemunhas tenham contato direto com investigados, suspeitos ou pessoas a eles relacionados; e a “não revitimização” do depoente, de forma a evitar “sucessivas inquirições sobre o mesmo fato nos âmbitos criminal, civel e administrativo”.

Com relação aos procedimentos relativos ao interrogatório, prevê que seja feito por profissional especializado e em “recinto especialmente projetado para esse fim, com equipamentos próprios e adequados à idade da mulher.

A lei propõe ainda que seja priorizada a criação de Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams), de Núcleos Investigativos de Feminicídio e de equipes especializadas para o atendimento e a investigação das violências graves contra a mulher.

Veto

A justificativa para o veto do artigo que dava à polícia conceder medidas protetivas é de que algumas alterações à lei original invadiriam “competência afeta ao Poder Judiciário”, além de “estabelecer competência não prevista para as polícias civis”.

De acordo com o texto vetado, nessas situações a autoridade policial deveria fazer um comunicado ao juiz sobre a situação, no prazo de 24 horas. Caso as medidas protetivas não fossem “suficientes ou adequadas”, caberia à autoridade policial fazer uma representação ao juiz visando à aplicação “de outras medidas protetivas ou pela decretação da prisão do agressor”.

Diversas entidades já haviam se manifestado contrárias à nova lei, em especial ao artigo que ampliava o poder da polícia na aplicação da Lei Maria da Penha. Entre as críticas às alterações propostas pelo Legislativo está a de que atribuições que caberiam ao Poder Judiciário passariam a ficar a cargo das delegacias de polícia.

Na primeira versão da lei, caberia ao Judiciário a determinação de medidas e à polícia orientar a vítima sobre medidas protetivas, registrar ocorrência e apoiá-la para buscar seus pertences em casa. As organizações avaliaram que, se a mudança fosse efetivada, só seria possível pedir ao juiz novas medidas protetivas caso o delegado de polícia entendesse que fosse necessário.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Em nova repatriação, multa é maior e será dividida com estados e municípios

dinheiroA Secretaria da Receita Federal publicou nesta segunda-feira (3) as regras da nova rodada da chamada “repatriação”, programa que permite a contribuintes brasileiros regularizar bens mantidos no exterior e que não estão declarados à Receita.

A primeira edição ocorreu no ano passado e gerou uma arrecadação extra de R$ 46,8 bilhões. Esses recursos entraram nos cofres públicos porque, para participar da repatriação, o contribuinte, além de admitir a manutenção do bem não declarado no exterior, precisa pagar Imposto de Renda e multa.

Na nova etapa do programa, informou o Fisco, a adesão poderá ser realizada mediante apresentação da Declaração de Regularização Cambial e Tributária (Dercat) e pagamento do imposto e multa até 31 de julho de 2017.

“Agora a data de referência para a regularização é 30 de junho de 2016. Assim sendo é relativo a essa data que o contribuinte tem que verificar os recursos, bens e direitos que possuía para poder declará-los ao RERCT”, explicou a Receita Federal.

O novo programa também traz a possibilidade de os contribuintes que declararam em 2016 complementarem suas declarações para usufruírem das regras dessa nova etapa.

Na semana passada, ao anunciar o bloqueio de recursos no orçamentoe medidas para incrementar a arrecadação, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, informou que a expectativa do governo é de arrecadar R$ 13 bilhões com essa nova rodada da repatriação de recursos. Esses valores já foram considerados no ajuste da peça orçamentária de 2017.

Aumento da multa e divisão com estados e municípios

De acordo com a Receita, quem aderir a esta segunda fase da repatriação terá que pagar 15% de Imposto de Renda mais 20,25% de multa, sobre o valor do bem declarado.

Com isso, a alíquota total (multa mais juros) será de 35,25%, contra 30% cobrados no programa aberto no ano passado.

De acordo com o advogado sócio do escritório Küster Machado, Tiago H. Tomasczeski, isso representa aumento da alíquota efetiva em relação ao programa do ano passado.

“Destacamos que a alíquota do Imposto de Renda, que era de 15% com multa, era de 100% sobre o valor do imposto pago (alíquota efetiva de 30%), ao passo que a nova repatriação terá a alíquota do Imposto de Renda idêntica de 15%, porém a multa aumentará para 135%, resultando alíquota efetiva de 35,25% calculada sobre o valor a ser regularizado”, informou o advogado.

Na regulamentação divulgada nesta segunda-feira, o governo informou que o valor arrecadado com a cobrança da multa também será dividida com estados e municípios. Segundo a Receita, haverá a entrega de 46% do valor da multa para estados, Distrito Federal e municípios.

Na primeira rodada do programa, o governo anunciou inicialmente que iria dividir apenas o que foi arrecadado com o Imposto de Renda. Depois, porém, com a pressão de estados e municípois, que ingressaram com ações na Justiça, concordou em repartir também o valor arrecadado com a multa.

Espólio e extinção de punibilidade

Outra novidade, segundo a Receita Federal, é a possibilidade de espólios abertos até a data da adesão ingressarem diretamente no regime de repatriação. Antes, explicou o Fisco, somente os espólios abertos até a data do fato gerado poderiam entrar.

Deste modo, espólios que contenham bens e recursos não declarados e mantidos no exterior também poderão ser incluídos no programa, se a sucessão for aberta até a data limite de adesão.

Também haverá uma “maior abrangência da extinção da punibilidade de crimes perdoados (agora o benefício se estende até a data da adesão, perdoando integralmente os crimes continuados)”.

Na primeira versão do programa, no ano passado, eram consideradas condutas até o fim de 2014. Nessa nova versão, se a conduta, por exemplo, de manter recursos não declarados no exterior permanece após esse última data, os fatos estão anistiados até a data da adesão.

Taxa de câmbio

Segundo a Receita Federal, a nova data do câmbio para conversão dos valores em moeda estrangeira ao programa, será 30 de junho de 2016 (R$ 3,21).

Na primeira versão do programa de repatriação, a taxa de câmbio era de R$ 2,66 (do final de 2014). Para o advogado Rafael Soares de Oliveira, do escritório Küster Machado, isso torna esta nova adesão mais onerosa do que na primeira fase.

“O novo projeto exclui expressamente a regularização de bens de agentes públicos e políticos, estendendo a vedação a cônjuges e parentes até segundo grau”, acrescentou ele.

g1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

PMs em Logradouro localizam criança em bicicleta velha e sem pneus e compram uma nova

pmUm gesto de solidariedade e respeito ao próximo está circulando as redes sociais e emocionando internautas, na imagem publicada pelo capitão Leite que comanda a 3ª Cia da PM com sede na cidade de Belém/PB, uma criança recebe de policiais a doação de uma bicicleta nova, após os mesmos perceberem que a mesma estava andando com uma sem pneus e vários outros equipamentos necessários, veja abaixo relato e imagem compartilhada.

Policiais Militares pertencentes ao destacamento de Caiçara e Logradouro PB, lotados na 3° Cia com sede em Belém/PB, tendo a guarnição composta pelo Cb Ramalho, Sd Gerson, Sd Washington, fazendo rondas ostensivas na cidade de Logradouro PB, deparou-se com uma criança brincando em uma bicicleta que estava em péssimas condições, sem freios e também faltava os pneus, rodando só com os aros, comovidos com a cena os militares compraram e doaram uma bicicleta para a criança que no momento da entrega ficou surpresa e emocionada com o presente.

 

Fonte: Blogdofilipesilva

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

TJPB tem até 15 de março para convocar nova eleição para a mesa diretora

 (Foto: Walla Santos)
(Foto: Walla Santos)

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TPB), desembargador Joás Brito, foi notificado oficialmente nesta sexta-feira (24) da determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) para realizar novas eleições para a escolha dos membros da Mesa Diretora do Tribunal (presidente, vice e corregedor de Justiça).

De acordo com a assessoria de imprensa do TJPB, o presidente tem até o dia 15 de março para convocar a sessão extraordinária para a realização da nova eleição da Mesa Diretora. “Esse prazo começará após o retorno o recesso do carnaval. Em atenção ao despacho do ministro Roberto Barroso o presidente, Joás de Brito, atenderá a determinação e realizará a nova eleição”, informou a assessoria de imprensa.

Ainda segundo a Assessoria de imprensa Joás de Brito disputará o cargo mais uma vez. Questionada se ele iria recorrer da determinação do ministro Roberto Barroso, a assessoria do TJ informou que os integrantes da Mesa Diretora estão reunidos e ao final do encontro emitirão uma nova sobre as providências que serão tomadas.

Entenda

O STF determinou que o TJPB realize, em 15 dias, novas eleições para a escolha dos cargos de presidente, vice e corregedor. O despacho foi do ministro Roberto Barroso que concedeu, nesta quarta-feira (22), uma liminar acatando um mandado de segurança impetrado por seis desembargadores questionando a legalidade da eleição que conduziu Joás de Brito para a presidência do órgão, João Benedito para a vice e José Aurélio para a Corregedoria.

correiodaparaiba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

STF determina nova eleição para mesa diretora do TJ da Paraíba

(Foto: Francisco França/Jornal da Paraíba)
(Foto: Francisco França/Jornal da Paraíba)

O Tribunal de Justiça da Paraíba vai ter que realizar nova eleição para os cargos de presidente, vice-presidente e corregedor dentro de 15 dias, de acordo com uma decisão do Supremo Tribunal Federal desta quinta-feira (23). O ministro Roberto Barroso deferiu parcialmente liminar que foi solicitada em mandado de segurança movido pelo desembargador Saulo Benevides.

Quem ocupa atualmente a presidência do TJ é o desembargador Joás de Brito, que tomou posse no dia 1º após uma disputa judicial em torno da eleição, realizada no dia 22 de dezembro. Junto com Joás, o desembargador João Benedito assumiu a vice-presidência e José Aurélio, a Corregedoria de Justiça.

A votação ocorreu depois de a corte derrubar a liminar concedida pela desembargadora Maria das Graças Moraes Guedes, que havia atendido mandado de segurança impetrado pelo desembargador Fred Coutinho. O magistrado pedia o adiamento da eleição.

A eleição da Mesa Diretora realizada em novembro tinha sido suspensa pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki. Por conta dessa suspensão, o atual presidente do TJ, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, expediu na segunda-feira (19) uma convocação aos desembargadores da Corte de Justiça para participarem da nova eleição, que foi realizada em dezembro do ano passado.

De acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça da Paraíba, o presidente Joás de Brito Pereira estava participando de uma sessão da Câmara Criminal na manhã desta quinta-feira e por isso não havia uma confirmação a respeito da notificação da decisão do STF.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Com ‘nova cara’, Inter bate time misto do Flu e avança na Primeira Liga

charlesO Internacional mudou. Depois de render pouco nos primeiros jogos da temporada, o Colorado apresentou um novo esquema, e venceu. Nesta quarta-feira (08), mais do que o resultado de 1 a 0 contra o time misto do Fluminense, o que ficou de positivo foi a melhor atuação da temporada e a classificação para a próxima fase da Primeira Liga.

Não foi uma atuação de encher os olhos. Mas comparado com os outros jogos do Inter, foi melhor. Mostrou que o esquema com três volantes e D’Alessandro mais próximo do outro meia – nesta partida Valdívia – pode apresentar mais armas do que a formação com duas linhas de quatro atletas.
O Fluminense teve só três titulares em campo. Preservando a base de sua equipe, o técnico Abel Braga viu seus comandados pouco criarem em campo. Chances claras não aconteceram, mesmo com eventual domínio do jogo.
Com seis pontos, o Internacional está classificado à próxima fase. O Fluminense é vice-líder do grupo 1, com três pontos. Com zero estão Criciúma e Brasil de Pelotas, que ainda se enfrentam.

Roberson faz sua melhor partida

O atacante Roberson foi um dos destaques do Inter na partida. Fez sua melhor partida desde a chegada atuando sozinho na frente. Tramou boas jogadas e acertou a trave no segundo tempo.

Osvaldo some na marcação

Nem mesmo o presente dado por Danilo Fernandes fez Osvaldo aparecer mais no jogo. Sumido entre Klaus e Paulão, não conseguiu qualquer vantagem pessoal, sua principal característica.

D’Ale melhor posicionado e rendendo mais

D’Alessandro reclamou e mudou de posição. Na entrevista coletiva concedida na terça-feira, o gringo disse que não iria condicionar o treinador, mas teria dificuldade de jogar onde estava sendo escalado. Com a troca de posicionamento do time, ele passou a atuar mais centralizado, perto do outro meia. Deu certo e sua conhecida qualidade fez a diferença em campo.

Reservas do Fluminense ameaçam o Inter

Com apenas três titulares em campo – Henrique, Léo e Orejuela – o Fluminense foi adversário difícil. Congestionando o centro do campo, o Flu tentou usa a velocidade de Osvaldo e rondou a meta de Danilo Fernandes. Mas não criou grandes chances de gol, ao menos no primeiro tempo.

Trocas de passes curtos abrem a defesa do Flu

O Inter mudou. Em vez do 4-4-2 em linha, adotou o 4-3-2-1, com Anselmo, Charles e Dourado como volantes, D’Ale e Valdívia criando e Roberson centralizado. Deu certo. A aproximação dos homens de meio com cobertura bem realizada sempre por um dos marcadores, o Colorado conseguiu algo que não tinha feito até então na temporada: trocar passes curtos. Assim, abriu o marcador, com Charles, aos 24 minutos. Em jogada com duas tabelas e rebote.

Pênalti polêmico evita empate aos 43

Um impedimento polêmico evitou o empate do Fluminense. Um cruzamento da direita, em cobrança de falta, foi desviado por Léo. Nogueira entrava em impedimento, mas não tocou na bola. Ela sobrou para Patrick, que colocou nas redes. O árbitro marcou impedimento para revolta dos cariocas.

Danilo Fernandes tenta drible… E erra

Danilo Fernandes tentou enfeitar uma jogada e por pouco não levou gol. Aos 16 minutos o camisa 1 do Internacional tentou driblar Osvaldo, que chegou junto. O goleiro do Inter caiu ao receber a carga e o árbitro não marcou nada. Ela ficou com o atacante do Fluminense, que tentou encobrir, mas colocou para fora.

Estreante acerta a trave e dá boa impressão

Carlinhos entrou no segundo tempo, mas mostrou qualidade. O jogador acertou a trave em cobrança de falta aos 34 minutos e deu bons cruzamentos e passes. Na sua entrada, Uendel passou a atuar na linha de meio, como volante.
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 0 FLUMINENSE
Data: 08/02/2017 (Quarta-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira
Auxiliares: Felipe Alan Costa de Oliveira e Magno Arantes Lira
Renda: R$  154.860,00
Público: 12.438 (total)
Cartões amarelos: Marcos Júnior (FLU), Renato (FLU), Luiz Fernando (FLU); Anselmo (INT), Charles (INT);
Gols: Charles, do Inter, aos 24 minutos do primeiro tempo;
INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Alemão, Klaus, Paulão e Uendel; Rodrigo Dourado, Charles, Anselmo (Carlinhos), Valdívia (Andrigo) e D’Alessandro; Roberson (Diego).
Técnico: Antonio Carlos Zago
Fluminense
Júlio César; Renato (Daniel), Nogueira, Henrique e Léo; Luiz Fernando, Orejuela e Marquinho; Osvaldo, Lucas Fernandes (Patrick) e Marcos Júnior (Maranhão).
Técnico: Abel Braga
Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Após nova explosão de banco, Tovar diz que Paraíba virou “terra sem lei”

tovar-correia-limaMais uma agência bancária foi explodida na madrugada desta quinta-feira (26). Desta vez no município de Lagoa Seca. Um grupo de bandidos, fortemente armados, explodiu a unidade do Banco do Brasil instalada no Centro da cidade, localizada no Agreste do Estado. Para o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), a situação da Paraíba na área da segurança pública já ultrapassa o limite do aceitável.

“Não é possível que o governador Ricardo Coutinho (PSB) não veja que a Paraíba virou terra sem lei. Não podemos admitir que ele feche os olhos para esse problema que vem crescendo nos últimos anos”, destacou o deputado.

Tovar lamentou que os anúncios de investimentos feitos pelo Governo do Estado na área da Segurança Pública sejam apenas pontuais, com objetivos midiáticos. Segundo Tovar, a população de diversos municípios paraibanos sofre com a falta de policiamento nas ruas e os policiais com ausência de equipamentos de trabalho, como armamentos e viaturas.

Ele lembrou que em muitos municípios as viaturas policiais estão sucateadas e algumas delas nem possuem veículos para policiamento. “O Governo anuncia que reequipou a polícia com novos veículos quando, na verdade, são melhorias pontuais com o objetivo apenas de divulgação. A realidade é que em diversas cidades a situação e as condições de trabalho dos policiais são lamentáveis. O Governo precisa investir em segurança”, disse.

Tovar lembrou ainda que o governador Ricardo Coutinho retirou recursos da Segurança Pública do orçamento de 2017, comparado com deste ano. Em 2016, o previsto para a Segurança era de R$ 442.538.647 e para o próximo ano é de R$ 434.426.824, ou seja, uma redução de R$ 8.111.823. “Não se pode reduzir os índices de violência de um Estado retirando dinheiro para investimentos. É lamentável que o governador tenha esse pensamento e queira enganar a sociedade entregando pouco mais de meia dúzia de viaturas”, afirmou.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Assembleia Legislativa empossa Gervásio Maia como presidente e nova Mesa Diretora em fevereiro

assembleia-legislativaA Assembleia Legislativa do Estado (ALPB) realiza, no próximo dia 1º de fevereiro, a cerimônia de posse do deputado estadual Gervásio Maia no cargo de presidente do Legislativo e da nova Mesa Diretora da Casa de Epitácio Pessoa. A solenidade acontece a partir das 10 horas na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo.

 

A nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa será composta pelos deputados Bosco Carneiro, 1º vice-presidente; Inácio Falcão, 2º vice-presidente; Genival Matias, 3º vice-presidente; Edmilson Soares, 4º vice-presidente; Ricardo Barbosa, 1º secretário; Branco Mendes, 2º secretário; Galego Sousa, 3º secretário; e Jeová Campos, 4º secretário.

DATA: 1º de fevereiro de 2017

HORA: 10 horas

LOCAL: Espaço Cultural (Sala de Concertos Maestro José Siqueira)

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Zenóbio começa a nomear equipe de sua nova gestão; confira lista

zenobioO prefeito recém-empossado, Zenóbio Toscano iniciou nesta segunda-feira, 2, através do Diário Oficial, a divulgar a sua equipe de colaboradores do seu novo governo. A maioria dos nomes são da gestão anterior e foram reconduzidos às suas respectivas secretarias e coordenações, a exemplo do professor Percinaldo Toscano (Cultura e Turismo), o radialista Humberto Santos (Esporte, Lazer e da Juventude), Claudio Melo (Finanças), o fisioterapeuta Wellington Oliveira (Saúde), Marcos Terena (Transportes)

Além de, o advogado Jáder Pimentel (Procurador Jurídico), do advogado Marcos Aquino, como subprocurador, Wellington Freitas (Tesoureiro) e Gilberto Machado (superintende do STTrans). Já Aguiberto Lira continua na chefia de gabinete, porém responderá, interinamente, pela Secretaria de Administração e Recursos Humanos, representada pelo professor Toni Alves na gestão anterior, sendo, possivelmente, considerada esta, uma das primeiras mudanças na gestão III do prefeito Zenóbio.

Ainda foram renomeados, a enfermeira Fernanda Macedo para a coordenação de atenção básica; Franklin Santos para a coordenação de Compras; Cassia Melo para a coordenação do Samu; Marcelo Aquino para a direção de Recursos Humanos, Nalva Avelino como diretora da Policlínica do Bairro Novo e Vera Grageiro na direção da Policlínica do Nordeste.

Betinho Alves será o novo ouvidor do município e para coordenação de licitação foi nomeado Rhuan Costa Ferreira dos Santos, pasta antes comandada por Júnior Ferreira, que se afastou para concorrer a vereança, tendo sido eleito e empossado recentemente, vereador de Guarabira.

Durante esta semana, outros nomes serão divulgados pelo prefeito Zenóbio. Confira no link abaixo estes  e outros nomes que irão compor a equipe de governo de ZT em seu terceiro mandato.

Diário Oficial nº 882

 

Com o plugados na noticia

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Parcerias entre público e privado marcam a nova gestão no turismo em Bananeiras

encontroO Prefeito Douglas Lucena juntamente com o Secretário de Cultura e Turismo Eduardo Guimarães estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (26) com empresários da rede hoteleira, restaurantes e comércios locais para tratar da agenda voltada para o turismo em Bananeiras.

Entre os assuntos tratados na reunião, o São João de Bananeiras, evento esse com marca consolidada no calendário nacional esteve em pauta, visando à melhoria do evento em parceria do público com o privado. 

O Carnaval 2017 também foi assunto debatido, para que também seja um evento que atraia o público, movimentando a economia local e avançando no calendário turístico da região.

Ascom-PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br