Arquivo da tag: Natal

Acidentes de moto lideram entradas no Trauma de CG durante o feriado de Natal

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, realizou 432 atendimentos na véspera e no Dia do Natal. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir de zero hora da terça-feira (24) até as primeiras horas desta quinta-feira (26). Os casos envolvendo motos lideraram as entradas nos plantões, durante o período.

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, dos 432 atendimentos, 63 foram vítimas de acidentes de moto. Ainda foram registrados casos de acidente de automóvel (nove), agressão física (oito), atropelamentos (dois), acidentes com bicicleta (um), vítimas de projéteis de arma de fogo (um) e arma branca (dois). Os demais atendimentos médicos foram na clínica médica e na pediatria.

O Trauma-CG disponibiliza 298 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico e é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de algumas cidades do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

PB Agora

 

 

Exagerou na ceia do Natal? veja dicas para não repetir erro no Réveillon

É quase impossível manter uma dieta equilibrada durante as festas de fim de ano. Esse é um período em que as pessoas aumentam o consumo de bebidas alcoólicas e comidas calóricas. Afinal, são muitas as tentações: confraternizações, reuniões, ceias… Mas nada de ficar com a consciência pesada anutricionista Hayanny Wegener conversou com o portal e deu algumas dicas para conseguir curtir as festas de final de ano sem exagerar. Para quem exagerou na ceia do Natal, ela explicou o que fazer para não cometer o mesmo erro na ceia do Réveillon. Além de recomendações de pratos, ela explica que é possível aproveitar o momento de ceia em família de uma forma mais saudável.

Nesta época de muitas confraternizações, Wegener afirma que é necessário muito foco e disciplina. Ela diz que o primeiro passo é se planejar. Depois é preciso conhecer os alimentos que irá comer e não cometer exageros, para não ter problemas no pós-festa.

Você tem alguma dica para dar para as pessoas que não querem deixar de participar das ceias, mas se preocupam com a saúde? “O Natal e as festas de fim de ano, apesar de envolverem bastante a alimentação, não estão diretamente ligadas a ela. Mas sim, representam estar em família e amigos, devendo significar o fortalecimento e renovação do nosso vínculo com nossos entes queridos. Além disso, a preocupação com a alimentação não deve ocorrer apenas neste período do ano. Alimentação saudável deve ser um hábito. O segredo nas ceias de Natal e Réveillon não é deixar de comer, mas fazer escolhas corretas, pois não é uma refeição isolada que te fará ganhar ou perder peso e sim um consumo excessivo e diário”, disse.

Qual a melhor forma de não ‘meter o pé na jaca’ na ceia? “Épocas de muitas confraternizações como dezembro, exigem muita disciplina e foco. Diante de alimentos muito calóricos e sazonais, os riscos de exageros aumentam no caso de cardápios não programados e estômago vazio antes dos eventos”, afirmou.

Segundo ela, a melhor dica é ter planejamento, pois com pequenas atitudes é possível desfrutar de todas as festividades sem deixar de lado os seus objetivos. “Não fique muito tempo sem se alimentar ao longo do dia, faça pequenas refeições leves como frutas nos lanches e prefira salada e grelhados no almoço, assim você poderá comer um pouco mais na ceia, porém sem exageros, o segredo é o equilíbrio”, comentou.

 

pbagora

 

 

Afink promove Natal Solidário e distribui cestas básicas para famílias carentes de Araruna

A associação Afink (Associação de Formação e Incentivo para o Nordeste Karente) realizou, nos dias 19 e 20, o Natal Solidário beneficiando as famílias carentes nas comunidades do Barbaço e Mata Velha, em Araruna. A ação é uma campanha anual promovida pela associação e que visa proporcionar às famílias carentes do município um Natal de esperança.

Além da entrega das cestas básicas, este ano teve uma inovação com uma ciranda de serviços levada às comunidades por diversos voluntários onde foram oferecidos serviços de corte de cabelo, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e brincadeiras para as crianças.

“Todos os anos nós tentamos promover um pouco de alegria para as famílias carentes da nossa região, além do alimento, procuramos levar um pouco de alegria e esperança para essas famílias”, comentou Francisca Santos, presidente da Afink.

Já o coordenador da campanha do Natal Solidário, Marcelo Gomes, aproveitou para agradecer a todos os colaboradores que ajudaram na campanha e aos voluntários que participaram das atividades de arrecadação de alimentos e recursos para beneficiar as famílias.

“Eu quero agradecer a todos aqueles que colaboraram com nossa campanha. Estivemos em vários municípios da região e muitas pessoas nos ajudaram. Também a equipe dos Bombeiros Civis de Araruna que desde o início da nossa campanha apoiaram de forma voluntária nosso Natal Solidário e aos demais, que de forma direta ou indireta, se juntaram a equipe da Afink para poder ajudar as famílias mais necessitas durante este Natal”, destacou Marcelo Gomes.

Redação FN

 

 

Espetáculo “Auto de Natal” se apresenta neste sábado no Natal Iluminado 2019 de Bananeiras

Dando continuidade ao Natal Iluminado 2019, neste sábado (21), os alunos da Escola Municipal de Artes de Bananeiras – EMAB – realizam a apresentação do Auto de Natal.

O espetáculo conta a história do nascimento de Jesus na perspectiva de Ana, mãe de Maria. Ana explica à filha a profecia que virá e como o nascimento dessa criança levará todo o povo à salvação.

A equipe é formada por Valter Araújo (direção geral), Iara Lima (assistente de direção), Mércia Barbosa (coreografia), Josivan Santos (assistente de cenografia), Valdeci (sonoplastia) e Celiane Almeida (apoio geral).

A programação também conta com Soldadinhos de Chumbo, Papai e Mamãe Noel pelas ruas da cidade, feira de artesanato e gastronomia e um show musical com Alexandre Franciel.

Traga sua família e venha sentir conosco a magia do Natal.

Ascom – PMB

 

Cantata de Natal apresentada pela Igreja Congregacional de Guarabira acontece no dia 25 de dezembro

A cantata faz parte do calendário turístico e cultural de Guarabira e do estado da Paraíba.

Acontece no próximo dia 25 de dezembro de 2019, a 20ª edição da Cantata de Natal, realizada pela 1ª Igreja Evangélica Congregacional de Guarabira (PB). O tema do espetáculo está baseado em Isaias 9:6: “porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o governo está sobre os seus ombros, e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”.

O evento começará às 19h e tem como palco a Praça Novo Milênio, no Bairro Novo. A Cantata de Natal é aberta ao público que opcionalmente doam um (1) Kg de alimento não perecível que posteriormente é distribuída pela assistência social da igreja. O objetivo é evangelizar e enfatizar o Nascimento, Ministério e Morte de Jesus Cristo. A Cantata de Natal é preparada com muita dedicação e responsabilidade por atores amadores, membros da própria igreja.

O espetáculo envolve teatro, música e reflexão contando através da arte a história do nascimento de Jesus Cristo. A Cantata teve seu início em 1999 e era realizada dentro da igreja. De 2011 a 2013 passou a realizar-se em frente a mesma, na Av. Dom Pedro II. De 2014 em diante o evento passou a ser realizado na Praça Novo Milênio.

A cantata faz parte do calendário turístico e cultural de Guarabira e do estado da Paraíba. A organização conta com apoio logístico da Prefeitura de Guarabira e espera receber mais de 3 mil pessoas na praça.

O evento que é anual, será transmitida pela internet através do https://www.facebook.com/igrejacongregacionalguarabira/ e acessível em libras.

 

 

 

Paiva Netto: Natal de Jesus e Direitos Humanos

O Natal não é época de esquecer os problemas, mas, sim, de pedir a Inspiração Divina para resolvê-los. A sua ambiência deve ser a da Fraternidade sem fronteiras, agora mais do que nunca, imprescindível para que, de fato, surja a Cidadania Planetária, que positivamente saiba defender-se da exploração mundial endêmica. Não apenas o corpo adoece; o organismo sociedade, também.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada, pela Organização das Nações Unidas (ONU), no dia 10 de dezembro de 1948.

Bastante se avançou desde a promulgação da Magna Carta da ONU. Todavia, há muito a ser feito para impedir que, em pleno século 21, mulheres, homens, meninas e meninos continuem sendo vendidos como mercadoria; tragédia que vem afetando a massa de refugiados que fogem de conflitos étnicos, da fome, da seca, da miséria; que crianças prossigam trabalhando em fornos de carvão ou em outras atividades cujas condições são subumanas e que se tornem cegas por carência de vitamina A; que a certeza da impunidade arraste pessoas ao absurdo de roubar doações destinadas aos flagelados por desastres naturais. Sem contar a tortura institucionalizada, que se dissemina pelo planeta. E mais: que tormento maior que a fome — espiritual e material —, além das multidões de analfabetos ou semialfabetizados, dos quais a perspectiva de uma existência decente é mantida distante?

Lei da Solidariedade Universal

Na contramão da insensatez humana, vislumbramos, na vivência do Mandamento Novo de Jesus — “Amai-vos como Eu vos amei. (…) Não há maior Amor do que doar a própria vida pelos seus amigos” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 15:13) —, o denominador comum capaz de, fraternalmente unindo, iluminar os corações. É a religião da amizade, do bom companheirismo, destacado por João Evangelista, no Apocalipse do Cristo, 1:9. É a Lei da Solidariedade Universal; portanto espiritual, moral e social. Asseverou Giuseppe Mazzini (1805-1872), patriota e revolucionário italiano: “A vida nos foi dada por Deus para que a empreguemos em benefício da humanidade”. E Augusto Comte (1798-1857), o filósofo do Positivismo, concluiu: “Viver para os outros é não somente a lei do dever, mas também da felicidade”.

A vivência do revolucionário espírito de Caridade, sinônimo de Amor, é essencial, a começar pelos governantes. Os que sofrem violência que o digam.

Felicidade pelo dever cumprido

Há tempos ressaltei que, no Sermão da Montanha de Jesus (Boa Nova, segundo Mateus, 5:1 a 12), vemos a exaltação das Bem-Aventuranças. Ou seja, o Divino Amigo da humanidade enaltece todos aqueles que compreenderam, ao longo das eras, seus deveres de ser humano e de Cidadão do Espírito. E, ao cumpri-los, têm plenamente assegurados os seus direitos, numa esfera que nem todos ainda podem conceber: a espiritual. Eis a chave da Cidadania do Espírito.

Acerca de tão admirável prédica do Cristo de Deus, o Espírito amigo e Irmão Flexa Dourada, pela psicofonia do Sensitivo Cristão do Novo Mandamento Chico Periotto, em 27 de abril de 2019, na cidade do Rio de Janeiro/RJ, com entusiasmo, destacou:

– O Sermão da Montanha de Jesus, com suas Bem-Aventuranças, é um conforto extraordinário ao coração de todos na humanidade, sem exceção! Um conforto extraordinário! É de Jesus o Sermão! E Ele dá a chave de como viver na Terra e de como chegar no Mundo Espiritual na hora certa, para ser feliz, que é o que interessa aos Espíritos que têm na Terra o sentido de respeitar Deus, o Pai Celestial.

As Bem-Aventuranças do Sermão da Montanha de Jesus

Santo Evangelho do Cristo, segundo Mateus, 5:1 a 12, da magnífica forma com que Alziro Zarur (1914-1979) as proferia.

“Jesus, vendo a multidão, subiu ao monte. Sentando-se, aproximaram-se Dele os Seus discípulos, e Jesus ensinava, dizendo:

“Bem-aventurados os humildes, porque deles é o Reino do Céu.

“Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados pelo próprio Deus.

“Bem-aventurados os pacientes, porque eles herdarão a Terra.

“Bem-aventurados os que têm fome e sede de Justiça, porque eles terão o amparo da Justiça Divina.

“Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.

“Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão Deus face a face.

“Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.

“Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da Verdade, porque deles é o Reino do Céu.

“Bem-aventurados sois vós, quando vos perseguem, quando vos injuriam e, mentindo, fazem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão no Céu.

“Porque assim foram perseguidos os Profetas que vieram antes de vós”.

 

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

                                                                                                                                              paivanetto@lbv.org.br —

 

 

Famílias pobres da Paraíba serão assistidas com Natal da LBV

A Instituição entregará mais de 20 toneladas de alimentos em cestas no Estado

A Legião da Boa Vontade iniciou a entrega, para mais de 40 mil famílias em situação de vulnerabilidade social em todo o Brasil, das cestas com os alimentos não perecíveis arrecadados por meio da edição 2019 da tradicional campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!.

Na Paraíba, a Caravana da Boa Vontade inicia seu roteiro nesta sexta-feira, 13, em Alagoa Grande. Os municípios de Dona Inês e Sapé serão assistidos no dia 16. Já no dia 18 de dezembro, a solenidade de entrega das cestas será na Sede da LBV, em João Pessoa e encerrando na cidade de Campina Grande no dia 19, ao todo são mais de mil famílias beneficiadas.

A gestora administrativa social da instituição na Capital, Ana Paiva, ressalta a iniciativa solidária natalina. “A ação complementa o trabalho que a LBV realiza ao longo do ano, por meio de serviços e programas socioeducacionais que promovem diariamente o desenvolvimento de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos”, esclarece.

A gestora conta ainda, quem apoia a mobilização de arrecadação dos alimentos. “Todas as cestas a serem entregues nos municípios, contam com a doação da sociedade paraibana, que vão garantir o alimento na mesa dessas famílias, proporcionando a elas um Natal digno, sem fome e feliz”, afirma.

Toda a ação nas cidades assistidas pela Legião da Boa Vontade, tem o apoio das secretarias de Assistência Social e ONG parceiras nas localidades. Ainda há tempo de doar, quer saber como ajudar? Acesse agora www.lbv.org e doe quantas cestas puder! Informações: 0800 055 50 99.

 

Assessoria

 

 

AFINK e parceiros desenvolvem ações para promover um Natal solidário para a população carente de Araruna e região

Desde o último dia 15 de novembro diversas entidades não governamentais, a exemplo dos bombeiros civis de Araruna (Araras Negras), realizam uma força tarefa na arrecadação de alimentos não perecíveis.

As ações ocorrem em Araruna e diversas cidades da região, o objetivo é proporcionar um natal diferente para diversas famílias que vivem em extrema carência.

Muitos tem acolhido de forma satisfatória os voluntários que estão realizando visitas e efetuando esse trabalho especial e isto é mais clara realidade de que a nossa gente se preocupa com o bem-estar do próximo.




Por: Marcos Lima

 

 

LBV mobiliza Paraibanos em prol de famílias pobres neste Natal

Instituição promove ação solidária para arrecadar alimentos
A Legião da Boa Vontade promove, anualmente, a sua tradicional campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!. A iniciativa visa angariar alimentos para compor as cestas que serão entregues a milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social nas cinco regiões brasileiras.
A ação complementa o trabalho que a LBV realiza ao longo do ano, por meio de serviços e programas socioeducacionais que promovem diariamente o desenvolvimento de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos.
Neste ano, a nossa meta é entregar mais de 40 mil cestas, e temos a certeza de que, com a sua doação, a LBV garantirá o alimento na mesa dessas famílias, proporcionando a elas um Natal digno, sem fome e feliz. Por isso, a sua Solidariedade é o maior presente que essas famílias podem receber, pois, em cada cesta, além do alimento fundamental para o sustento delas, há sorriso, amor e esperança, para que elas se sintam fortalecidas e possam lutar pelos seus direitos.
 
No Estado da Paraíba, a LBV vai assistir mais de mil famílias em situação de pobreza da zona rural de Alagoa Grande, Dona Inês, Sapé e centenas de pessoas assistidas pela Instituição em Campina Grande e João Pessoa.
Quer saber como ajudar? Acesse agora www.lbv.org e doe quantas cestas puder! Informações pelo telefone (83) 3198.1500, unidade da Instituição em João Pessoa.
Siga, curta e compartilhe as ações da LBV nas redes sociais no endereço: LBVBrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.

 

Compras de Natal: 66% dos paraibanos pretendem presentear na data

O Natal é época de se confraternizar e de presentear também. É o que pretende fazer 66,27% dos paraibanos entrevistados pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba. A Pesquisa de Intenção de Compras para as Festas de Fim de Ano 2019 mostrou que houve um aumento de 3,47p.p. em relação ao Natal do ano passado, quando a intenção de presentear foi de 62,80%. O resultado deixa o comércio otimista para a data considerada a mais importante para o setor.

Segundo o Presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros, a economia brasileira vem apresentando sinais de recuperação. “A queda nas taxas de juros e na inflação, junto com as medidas que vêm sendo tomadas pelos governantes, nos últimos meses, está trazendo de volta o otimismo de consumidores e empresários e boa parte deste otimismo deve ser direcionado para as compras neste Natal”, ressaltou.

Para este ano, os que mais receberão presentes serão os filhos, indicados por 50,54% dos consumidores, seguidos pelos namorados ou cônjuge (44,80%). Também têm aqueles que vão se presentear (37,28%), os que vão dar presentes à mãe (32,62%), ao pai (15,41%) e a amigos (11,11%).

Produtos, gastos e formas de pagamento

Por mais um ano, as peças de vestuário e os calçados ficaram como as principais opções de presente, citados por 65,38% e 25,74% dos entrevistados. Em seguida aparecem eletrodomésticos e eletroeletrônicos (17,75%), brinquedos (15,98%) e perfumes (10,36%). Em média, o gasto com presentes de fim de ano deve ficar em torno de R$279,55, por consumidor, uma leve retração de 1,35% em comparação ao ano passado. A maioria dos entrevistados (29,29%) pretende gastar em torno de R$100 com as compras, já 26,92% preferem comprar presentes entre R$101 e R$ 250. Nota-se que apenas 6,51% dos entrevistados pretendem gastar acima de R$ 800. E em relação à forma de pagamento, a preferência dos consumidores é o pagamento a prazo, citado por 60,06%. Destes, a maioria (98,52%) utilizará o cartão de crédito. O pagamento à vista foi citado por 39,05%, sendo que 63,64% destes pretendem pagar em espécie, dependendo do desconto oferecido pelo lojista.

Local, período de compras e situação financeira

            As compras em shoppings centers, mais uma vez, apareceu como as preferidas, apontadas por 64,79% dos entrevistados, enquanto 52,96% buscarão os presentes nas lojas do Centro da capital. As compras via internet obtiveram a terceira maior indicação, com 13,61% do total de local citado para efetuar as compras natalinas. Esta preferência pela internet vem crescendo a cada ano e apresentou alta de 3,10 p.p.

A maioria dos consumidores realizará suas compras em dezembro, sendo 45,27% no início e 19,53% na semana do Natal. Esse grupo afirma que deixará as compras para uma data mais próxima do Natal na expectativa que aumentem as ofertas. Já 31,66%, que buscam lojas mais vazias, realizarão as compras ainda no mês de novembro ou antes, também por já aproveitarem a Black Friday. Por outro lado, 2,96% de respondentes vão aguardar as liquidações que normalmente acontecem em janeiro para realizarem as compras.

Quando questionados sobre a situação financeira, 42,35% dos respondentes afirmaram estar em situação financeira semelhante a que tinha em 2018. Já um grupo de 32,55% de respondentes afirmou se encontrar em situação financeira pior, devido à queda na renda (43,37%), desemprego do próprio entrevistado ou de algum membro da família (34,34%) e dívidas (30,12%).  Por outro lado, 25,10% afirmaram estar em situação melhor, pois houve aumento da renda (88,28%) e surgimento de novos empregos para algum membro da família (11,72%).

13º salário

As compras natalinas devem ser o principal destino do 13º salário da maioria dos consumidores este ano, totalizando 50,17% dos entrevistados, resultado superior ao do ano passado em 13,02p.p. Em seguida, aparecem os que pretendem usar o dinheiro para o pagamento de dívidas (30,80%) ou que pretendem economizar (43,25%). Como é possível a utilização do 13º para diferentes fins, o somatório das respostas ultrapassa os 100%.

Perfil do consumidor

A maioria dos consumidores respondentes é do sexo feminino (50,98%). Em relação ao estado civil, os solteiros aparecem em maioria, com 44,12%, seguidos pelos casados ou em regime de união estável (41,96%). Os entrevistados têm, em sua maioria, entre 21 e 26 anos (21,96%), seguidos por aqueles com idades entre 33 e 38 anos (18,04%). A maior parte dos entrevistados possui Ensino Médio completo (37,45%), seguidos pelos que possuem Superior completo (27,25%) e Superior incompleto (19,80%).

No que diz respeito à faixa de renda, os que recebem entre um e dois salários mínimos aparecem na frente, com 30,98% do total, seguidos por quem recebe até um salário mínimo (22,55%) e os que não possuem renda (17,65%), que são as pessoas que estão fora do mercado ou não possuem ocupação remunerada, dependentes financeiros ou estudantes. O menor número de entrevistados tem renda maior que dez salários mínimos (2,34%).

A maior parte dos entrevistados trabalha em empresas privadas (36,08%), seguidos pelos autônomos/profissional liberal (14,31%), estudantes (12,35%), funcionários públicos (10,98%), aposentados e pensionistas (9,02%) e desempregados (8,82%).

Metodologia

            Foram entrevistadas, aleatoriamente, 510 pessoas (maiores de 18 anos e residentes) nos pontos onde há um maior fluxo de consumidores na Região Metropolitana de João Pessoa, entre os dias 17 e 25 de outubro. A pesquisa tem um índice de confiança de 95% e um erro amostral de 4,33%. A sondagem se baseia em questionário estruturado, constituído, em sua maioria, por questões fechadas. A Pesquisa de Intenção de Compras para as Festas Natalinas é realizada pela Fecomércio desde 2004.

 

Assessoria de Comunicação