Arquivo da tag: Nascimento

Mais de 30 mil alunos da rede pública da PB não possuem nome do pai no registro de nascimento

Ações da Defensoria Pública ajudam a minimizar triste realidade exposta no Censo Escolar 2018

Na Paraíba, 30.573 alunos matriculados na rede pública de ensino, de 0 a 17 anos, não possuem o nome do pai no registro de nascimento, de acordo com o Censo Escolar 2018. Os dados levam em conta matrículas das redes estadual e municipal e preocupam instituições como a Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB), que realiza e planeja ações para ajudar a minimizar esse quadro.

Na Paraíba, 30.573 alunos matriculados na rede pública de ensino, de 0 a 17 anos, não possuem o nome do pai no registro de nascimento, de acordo com o Censo Escolar 2018. Os dados levam em conta matrículas das redes estadual e municipal e preocupam instituições como a Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB), que realiza e planeja ações para ajudar a minimizar esse quadro.

Em Patos, por exemplo, o projeto “Reconhecer vínculos é transformar vidas” estimula o reconhecimento do vínculo familiar afetivo de forma espontânea ou por meio de conciliação. Os assistidos da DPE-PB inseridos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) têm direito à realização gratuita do exame de DNA. A iniciativa conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Patos, por meio da Secretaria de Assistência Social, e do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc).

Através da mediação e da conciliação, a Defensoria Pública também realiza acordos e conciliações que podem solucionar conflitos de forma pacífica, sem precisar entrar com uma ação na Justiça. Além disso, a DPE também pode auxiliar com outras medidas, como promover a assinatura dos Termos de Acordo de Reconhecimento de Paternidade; mover ações sobre guarda, regulamentação de visita e regularização de pensão alimentícia.

EDUCAÇÃO EM DIREITOS – Por meio da Coordenação de Defesa e Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, a  DPE intensificará a partir deste mês a promoção da educação em direitos com parcerias e multirões de atendimento. “Nós já estamos conversando com empresas e instituições para viabilizar ações com o objetivo de orientar juridicamente sobre medidas que possam ajudar a reverter essa situação”, explicou o defensor público Antônio Néry de Luna Freire.

O defensor lembra que é direito básico de toda criança ter uma família e que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) está repleto de direitos que garantem a dignidade humana, entre eles, ser reconhecido por um pai. “Esses direitos são desrespeitados e agredidos, a medida que o ECA é todo permeado pela família enquanto órgão de origem que toda criança tem que ter”, ressaltou.

Larissa Claro

Assessoria Defensoria Pública da Paraíba

 

 

Pesquisa reforça relação entre Zika e nascimento de bebês com microcefalia

microcefaliaAnálises preliminares de estudo publicado nessa quinta-feira (15) na revista científica britânica The Lancet Infectious Diseases reforça que a epidemia de microcefalia registrada no Brasil em 2015 é resultado de infecção congênita da mãe para o bebê por zika. “Devemos nos preparar para uma epidemia global de microcefalia e outras manifestações da Síndrome Congênita do Zika”, dizem os autores da pesquisa.

A relação entre a infecção de gestantes por zika e o nascimento de bebês com microcefalia já é amplamente aceita no mundo acadêmico, porém, ainda são necessário estudos que detalhem a ocorrência da malformação e deem mais embasamento científico.

Intitulada Association between Zika Virus infection and microcephaly in Brazil, January to May 2016: Preliminary report of a case control study”, a pesquisa analisou 32 crianças nascidas com microcefalia e 62 controles (crianças sem microcefalia nascidas no dia posterior ao nascimento do caso e na mesma região), em oito hospitais públicos do Recife, em Pernambuco, entre janeiro e maio deste ano.

Com a versão final desta pesquisa, usando uma amostra maior de 200 casos e 400 controles, os pesquisadores querem quantificar o risco de forma mais precisa (por exemplo, qual a probabilidade de crianças nascerem com microcefalia se as mães forem infectadas com o vírus zika durante a gravidez). O objetivo principal do estudo é identificar a associação entre microcefalia e potenciais fatores de risco. A pesquisa busca identificar, por exemplo, se houve infecção pelo vírus zika, se as gestantes foram expostas a alguma droga, produto ou ambiente contaminado, se as mães que tiveram dengue anteriormente e foram infectadas pelo zika apresentam maior probabilidade de ter crianças com microcefalia, entre outros.

O estudo foi feito pelo Microcephaly Epidemic Research Group (MERG), grupo formado por especialistas da Fundação Oswaldo Cruz, do Ministério da Saúde do Brasil, do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira, da Universidade Federal de Pernambuco, da Secretaria de Estado de Saúde de Pernambuco, da Universidade de Pernambuco, da London School of Hygiene & Tropical Medicine e da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS).

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Passo a frente: Licença-maternidade para casal e certidão de nascimento com nome das duas mães

licencaQuando decidiram ampliar a família, a jornalista Maira Morais, 27 anos, e a fonoaudióloga Nathália Lins, 30, procuraram uma clínica de reprodução assistida e realizaram o sonho de ter um bebê. Gestada na barriga de Nathália, Maitê nasceu com 48 cm e 3,28 quilos, no último sábado. Agora, o casal homoafetivo alcançou mais uma conquista: Maira obteve licença-maternidade mesmo sem ter engravidado. O caso seria inédito no estado. Uma situação semelhante teria sido registrada apenas em Brasília.

 

“Durante esse período, me preparei, inclusive, para amamentar, apesar de não ter gestado o bebê”, explicou a jornalista. Ontem, o casal deixou a maternidade do Hospital Português. O próximo passo é procurarem o cartório para registrar Maitê com duas mães, algo já permitido nos cartórios do Recife.

 

Nathália ingeriu hormônios para estimular a produção de óvulos, que mais tarde foram aspirados para a colocação dos espermatozóides, comprados em um banco de sêmen em São Paulo. O doador tem características da jornalista para que a criança nascesse parecida com as duas mães. Outros quatro embriões produzidos na fertilização foram congelados para, em três anos, Maira engravidar também.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Juntas há quatro anos, as duas seguem uma tendência crescente entre os casais homoafetivos: a busca pela concepção do filho biológico.

Diário de Pernambuco.

 

 

paraiba.com.br

Jornalistas da Globo dizem ‘não’ à vaga de Carlos Nascimento no SBT

Evaristo Costa na bancada do Jornal Hoje; jornalista era primeira opção do SBT para lugar de Nascimento
Evaristo Costa na bancada do Jornal Hoje; jornalista era primeira opção do SBT para lugar de Nascimento

O SBT está correndo atrás de um apresentador de telejornal. Tem de ser do sexo masculino, ser preferencialmente jovem, possuir alguma fama e prestígio e, principalmente, envergadura para ancorar um debate entre candidatos à Presidência da República. O profissional ocupará o lugar de Carlos Nascimento no Jornal do SBT, exibido no início da madrugada, mas, se for contratado, deverá dizer apenas que é para reforçar o elenco de jornalismo da casa.

Nos últimos três meses, o SBT tocou o telefone de quatro apresentadores de telejornais. A primeira opção era Evaristo Costa, do Jornal Hoje, mas ele recusou a proposta, dizendo que tem contrato a cumprir com a Globo. André Trigueiro, ex-âncora da Globo News e atualmente repórter da Globo, não quis trocar o Rio de Janeiro por São Paulo e deixar de lado sua especialização, o jornalismo ambiental.

O SBT também sonhava com Chico Pinheiro, do Bom Dia Brasil, apesar de ele não ser jovem como pretendido. Ppoderia ser o global mais viável, por causa da carreira já construída e dos rumores de que não estaria bem na Globo. A instabilidade na emissora, no entanto, atrapalhou. O SBT, então, decidiu investir em Eduardo Ribeiro, eventual substituto de Celso Freitas no Jornal da Record. Mas a Record já renovou o contrato dele, encerrando a negociação.

Afastado desde setembro, o jornalista Carlos Nascimento faz tratamento contra um câncer no reto. Mesmo sem poder trabalhar, seu contrato foi renovado, mas por um quinto do salário que ganhava antes.

A falta de um substituto à altura para Nascimento preocupa porque o SBT não tem um jornalista de porte para comandar um debate. Cesar Filho e Hermano Henning não são considerados para essa missão, e Rachel Sheherazade seria rejeitada pelos candidatos de centro e esquerda. Resta apenas Roberto Cabrini, que é mais repórter do que apresentador.

Outro lado

Diretor de jornalismo do SBT, Marcelo Parada nega que tenha procurado jornalistas para a vaga de Carlos Nascimento. “Jamais procurei alguém para o lugar dele. Temos respeito pelo Nascimento e o lugar é dele até ele se restabelecer”, afirma.

Comentaristas demitidos

A demissão dos comentaristas Carlos Chagas, Denise Campos de Toledo José Nêumane Pinto, ocorrida na última sexta-feira, já estava definida pelo SBT desde outubro. Antes de viajar para as férias na Flórida, no final de dezembro, Silvio Santos concordou com os cortes.

Não houve, aparentemente, nenhuma motivação política, apesar de Carlos Chagas e Nêumane Pinto serem críticos do governo Dilma (PT). O fato de o afastamento de Carlos Chagas ter ocorrido na mesma semana em que sua filha, Helena Chagas, perdeu o cargo de ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, teria sido apenas coincidência.

No SBT, avaliava que os três comentaristas já não tinham função. Primeiro, no começo do segundo semestre do ano passado, eles deixaram de aparecer na principal vitrine da emissora, o SBT Brasil, porque o excesso de comentaristas prejudicava a dinâmica do telejornal. Foram para outros telejornais, mas, na avaliação interna, não acrescentaram nada. Optou-se por usar o dinheiro de seus salários (quase R$ 50 mil mensais) na contratação de repórteres e no investimento em produção.

Uol

Nascimento do inventor do rádio completa 152 anos

Roberto Landell de MouraNessa segunda-feira (21/1), acontece o 152º aniversário de nascimento de Roberto Landell de Moura, brasileiro que inventou o rádio e foi um dos precursores da televisão. Após decreto sancionado por Dilma Rousseff, o padre-cientista também transformou-se no mais novo Herói da Pátria, com seu nome no Livro de Aço, em Brasília.

Nascido em Porto Alegre em 1861, Landell fez as primeiras transmissões da voz pelo ar, sem fio, no final do século XIX, em São Paulo, aos 30 anos de idade.
Ordenou-se padre, completando seus estudos de teologia, física e química na Itália. As experiências com transmissões de voz começaram na adolescência e evoluíram com os estudos.
Embora tivesse se esforçado para viabilizar seus inventos, Landell não alcançou sucesso nos campos comercial e empresarial no Brasil e nos EUA.
Memória resgatada
Há três anos, Landell tem sido lembrado pelo Movimento Landell de Moura, que batalha para que a história do padre seja obrigatória do Ensino Fundamental.
Entre as conquistas da iniciativa estão a inclusão de seu nome no Livro dos Heróis da Pátria, a emissão de um selo dos Correios alusivo ao sesquicentenário de seu nascimento (em 2011), a concessão do título de Cidadão Paulistano post mortem pela Câmara Municipal de São Paulo e a inauguração de placa em um dos locais de suas experiências.
No final de 2011, um abaixo-assinado foi entregue ao então ministro da Educação, Fernando Haddad, pleiteando que o Conselho Federal de Educação inclua a saga do padre-cientista no currículo obrigatório do Ensino Fundamental. O assunto continua pendente e, agora, os organizadores do movimento vão retomar o pleito junto ao atual ministro.

Fonte: Portal Imprensa

Apresentador abandona programa ao vivo para acompanhar nascimento do filho nos EUA

Durante o programa Good Day New York, exibido pela emissora americana Fox 5, os apresentadores Dave Price e Rosanna Scotto conversavam com Mandy Patinkin, uma das estrelas do seriado “Homeland”, quando Dave abandona o estúdio no meio da entrevista após ser avisado que sua esposa estava em trabalho de parto, noticiou o G1.
Quando o ator ficou sabendo o motivo para o apresentador deixar o programa demonstrou extrema felicidade e encarou a situação com bom humor. “Essa é a coisa mais incrível que poderia acontecer! Meu deus! Que se dane minha entrevista, vamos filmar o hospital”, disse, visivelmente animado com a situação.
No dia seguinte, a emissora mostrou uma foto do filho de Dave e afirmou que o bebê e a mãe passam bem.
Confira o vídeo:

Portal IMPRENSA

Governo quer envolver comunidades indígenas na luta pela erradicação do subregistro de nascimento

Ao relançar a Campanha de Mobilização Nacional pela Certidão de Nascimento e Documentação Básica, no município de São Gabriel da Cachoeira (AM), na terça-feira (20), a ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), disse que a meta para o estado, com foco nas comunidades indígenas, é chegar a 5% de erradicação do subregistro de nascimento até 2014.

Durante a solenidade, que reuniu diversas comunidades indígenas e autoridades, Maria do Rosário fez a entrega simbólica da primeira documentação básica a famílias indígenas. “Este é um momento inicial muito importante, já que o documento esclarece que a pessoa é cidadã brasileira. Com a certidão nós podemos ter direito à escola, à garantia do Bolsa Família, além de direitos fundamentais ao desenvolvimento das próprias crianças e até mesmo à vacinas,” explicou aos participantes do evento.

A ministra pediu apoio da comunidade indígena local para a divulgação do mutirão de registro civil para as pessoas que ainda não o possuem. “É fundamental que todos saibam que agora a etnia indígena pode ser colocada no registro, juntamente com o nome da pessoa, questão que é muito importante para acabar com o temor de perda da identidade indígena”, explicou.

A coordenadora-geral de Promoção do Registro Civil de Nascimento da SDH, Beatriz Garrido, afirmou que a ação é prioridade para a garantia dos direitos dos povos indígenas. “O município é prioridade para promoção da documentação, uma vez que os indígenas não são isolados, necessitando da documentação civil para acesso às políticas e serviços públicos, mas vivem em comunidades distantes e de muito difícil acesso”, disse.

Exploração sexual de crianças e adolescentes – Acompanhada da secretária Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Angélica Goulart, e da secretária Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, Salete Valesan Camba, a ministra se encontrou com representantes do governo do Estado, conselhos tutelares, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, da Federação das Organizações Indígenas do Alto do Rio Negro, da Funai e povos indígenas para tratar de denuncias de exploração sexual de crianças e adolescentes na região amazônica.

“Nós estamos implantando em São Gabriel um Programa de articulação em rede para o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. O importante pra nós é o alerta às famílias, escolas, prefeitura e aos assistentes sociais para construirmos uma rede trabalhando de forma integrada”, explicou Maria do Rosário.

Dados – O Censo de 2010 indica que é menor a proporção de registro civil de nascimento para a população indígena em relação às demais categorias de cor ou raça. Por isso, São Gabriel da Cachoeira foi escolhido para a mobilização. O município possui a maior população indígena do Brasil (29 mil indígenas), localizado na fronteira com a Colômbia com a Venezuela.

Assessoria de Comunicação Social

Milton Nascimento completa 70 anos e diz que nunca analisou nada em seu trabalho

Milton Nascimento chega, nesta sexta-feira (26), à turma dos 70 anos –da qual já fazem parte Caetano Veloso e Gilberto Gil, e em breve Paulinho da Viola. Um dos compositores e intérpretes mais consagrados da música popular brasileira, Milton admite que não enxerga seu papel de forma tão entusiasta. “Vou ser muito sincero, eu nunca analisei nada em relação ao meu trabalho. As pessoas vivem me pedindo para analisar minhas músicas, analisar a MPB, analisar isso e aquilo. Gosto muito mais quando alguém chega para mim e me fala a sensação de ouvir as coisas que eu faço. Isso é gratificante”, disse ele em entrevista ao UOL.

Neste ano completa-se também quatro décadas do renomado “Clube da Esquina”. Em 1972, com quatro discos já lançados, Milton gravou com Lô Borges o que viria a ser um dos maiores movimentos da música brasileira e, em 1978, repetiu a dose com o segundo álbum da série.

Quando eu coloco um disco para tocar eu não quero saber se é pop, rock ou sertanejo. O que me interessa é somente a música.

Milton Nascimento

Apesar do sucesso, Milton é enfático ao dizer que o tão esperado “Clube da Esquina 3” nunca irá acontecer. “Em quase 80% das entrevistas sempre aparece essa pergunta, e mais uma vez eu digo: impossível. Hoje vivemos em outra época, e as coisas que aconteceram no passado jamais vão se repetir. O disco ‘Angelus’, gravado em 1993, eu considero como se fosse um ‘Clube 3’. Agora também não posso ficar falando isso aqui senão logo já começam a me perguntar sobre o ‘Clube 4′”, brincou.

Após quase 50 anos de carreira, Milton não fala em legado musical. “A maioria dos discos que eu escuto é presente de amigos ou de pessoas que costumam me entregar depois dos shows. E pode acreditar, eu ouço todos, sem nenhuma exceção. Quando eu coloco um disco para tocar eu não quero saber se é pop, rock ou sertanejo. O que me interessa é somente a música. Acho que não tem isso de legado musical, cada um faz a sua própria história”.

Com uma discografia de mais de 40 discos, quatro DVDs, dezenas de títulos e premiações, o que podemos esperar do cantor para o futuro? “Vamos gravar o DVD do show ‘Milton Nascimento – 50 anos de Voz nas Estradas’ no Vivo Rio, no dia 25 de novembro. Ainda não temos a data de lançamento, mas provavelmente não vai ser muito tempo depois da gravação. Além disso, estou com umas sete músicas novas e, quem sabe, vem um disco novo por aí”.

Uol

Acidente mata jovem que tinha saído para comemorar nascimento do filho

A felicidade de um pai acabou em tragédia na madrugada desta sexta-feira, em João Pessoa. O jovem Romero Ferreira Soares, 31 anos, decidiu comemorar o nascimento do filho e quando voltava para casa bateu com o carro na Avenida Pedro II, em frente ao Ibama, e morreu no local.

De acordo informações apuradas no local do acidente, o rapaz havia ingerido bebida alcoólica e, por isso, perdeu o controle do carro, vindo a provocar o acidente por volta das 04h30 da madrugada.

O acidente chamou a atenção de motoristas que passavam no local e o Samu foi acionado, mas quando chegou ao local Romero Ferreira Soares já estava sem vida, debruçado sobre a direção do veículo.

portalcorreio

Trabalhadores nascidos em julho já podem sacar PIS; liberação ocorre conforme mês do nascimento

Trabalhadores que nasceram em julho podem sacar a partir desta quinta (15) recursos do Programa de Integração Social (PIS), relativos ao calendário 2012/2013. A liberação do dinheiro por meio de saque ocorre conforme o mês de nascimento. Quem nasceu em agosto poderá fazer o saque a partir do dia 22 deste mês. Para os nascidos em setembro, o saque é a partir do dia 29 deste mês, conforme o calendário divulgado pela Caixa, gestora do PIS.

O saque dos recursos é para os trabalhadores que não têm conta na Caixa e não estão vinculados a uma empresa conveniada. O dinheiro pode ser retirado em terminais de autoatendimento, casas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou agências do banco.

Para os trabalhadores que têm conta na Caixa, os recursos começaram a ser liberados no dia 24 de julho. No caso daqueles que trabalham em empresas conveniadas ao banco, o benefício foi creditado diretamente na folha de pagamento de julho e agosto. Segundo a Caixa, mais de 27 mil empresas estão cadastradas, o que significa que aproximadamente 2,9 milhões de empregados recebem o abono ou os rendimentos do PIS em seus contracheques.

No total, 17,9 milhões de trabalhadores têm direito ao abono salarial e cerca de 27 milhões podem sacar os rendimentos do PIS.

O abono é um direito dos trabalhadores cadastrados no PIS ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) até 2007, que tenham trabalhado no mínimo 30 dias, consecutivos ou não, no ano de 2011, com Carteira de Trabalho assinada pela empresa. Também é preciso ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais e que os dados tenham sido informados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho e Emprego na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do ano-base 2011.

O saque dos rendimentos é para o trabalhador cadastrado no PIS ou Pasep até 4 de outubro de 1988 e que tenha saldo na conta PIS. O pagamento obedece ao mesmo calendário do abono salarial.

O saque do saldo da conta PIS é permitido ao trabalhador que apresentar algum dos motivos previstos em lei: aposentadoria, invalidez permanente, reforma militar, transferência para a reserva remunerada, tratamento de aids ou câncer do titular ou de seus dependentes, morte do titular ou como benefício assistencial a pessoa com deficiência, ao idoso e ao participante com idade igual ou superior a 70 anos.

Para saber se tem direito ao abono salarial ou aos rendimentos do PIS, o trabalhador pode consultar a página da Caixa na internet, escolhendo as abas Você, Serviços Sociais, PIS e Consulta ao Pagamento.

Outra forma de consulta é pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no telefone 0800 726 0101, opção 2. O serviço funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Ao fazer a consulta pela internet ou pelo telefone, o trabalhador deve sempre ter em mãos o número do PIS.

Confira o calendário de pagamentos para quem não tem conta na Caixa Econômica Federal:

NASCIDOS EM:

Julho         recebem a partir de 15/08/2012

Agosto      recebem a partir de 22/08/2012

Setembro  recebem a partir de 29/08/2012

Outubro     recebem a partir de 12/09/2012

Novembro recebem a partir de 19/09/2012

Dezembro recebem a partir de 26/09/2012

Janeiro     recebem a partir de 9/10/2012

Fevereiro recebem a partir de 17/10/2012

Março      recebem a partir de 24/10/2012

Abril         recebem a partir de 13/11/2012

Maio        recebem a partir de 21/11/2012

Junho       recebem a partir de 28/11/2012

Kelly Oliveira/Repórter da Agência Brasil
Focando a Notícia