Arquivo da tag: nada

Agência bancária é arrombada em JP; suspeitos fogem sem levar nada

A agência do Banco do Bradesco da avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, foi arrombada na madrugada desta sexta-feira (09). A ação, porém, foi frustrada pelo alarme de segurança.

A tentativa de assalto aconteceu por volta das 3h30 da manhã quando o grupo arrombou uma parede na parte de trás do estabelecimento para chegar até o cofre, mas foi surpreendido pelo barulho do alarme.

A empresa responsável pela segurança acionou a Polícia Militar que chegou rapidamente no local. Porém, ninguém foi preso. De acordo com o banco, nenhuma quantia foi levada da agência.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Ricardo reage a análise de contas e diz que AL recebe R$ 20 milhões para nada

ricardo-coutinhoO governador Ricardo Coutinho (PSB) fez duras críticas, na manhã desta quinta-feira (22), a Assembléia Legislativa da Paraíba (ALPB), durante entrevista ao Correio da Manhã, da 98 FM de Campina Grande. Segundo ele, a audiência pública, que seria realizada ontem para discutir as contas do seu governo, referentes ao ano de 2011, era um circo armado, “para justificar o injustificável. “Tentaram durante todo o meu mandado da um golpe e não conseguiram”, afirmou.

Ricardo disse também que a ALPB recebe mais de R$ 20 milhões por mês, não produz absolutamente nada de relevante para a Paraíba e apenas promove disputa política. “Eles podem fazer isto permanentemente, com dinheiro do povo. Recebem 20 milhões de reais por mês para uma casa de 36 deputados. Para um único prédio. Recebem mais que a UEPB para não produzir nada. Para fazer disputa contra o Governo do Estado”, criticou.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Fico impressionado com a desfaçatez, com a cara de pau de alguns deputados, que acham que o povo é burro. Ou seja, eles podem articular, como sempre fizeram, para desviar o foco das discussões, para fazer da Assembléia, enquanto poder, instrumento permanente de combate ao Poder Executivo”, acrescentou.

Cristiano Teixeira – MaisPB

‘Gente que nunca fez nada’ critica obra do São Francisco, diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff rebateu nesta terça-feira (13) críticas sobre atrasos nas obras de transposição do rio São Francisco e disse que “quem nunca fez nada, desanda a cobrar”. A presidente realiza visita a estados do Nordeste para  vistoriar as obras do rio e deu a declaração em conversa com jornalistas em São José de Piranhas (PB).

Dilma posa para foto com operários no túnel Túnel Cuncas II, nas obras do Rio São Francisco  (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)Dilma posa para foto com operários no túnel Túnel Cuncas II, nas obras do Rio São Francisco (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

A construção começou em 2007. O projeto de integração do São Francisco tem extensão total de 469 quilômetros e a estimativa é que 11,6 milhões de pessoas sejam atendidas com fornecimento de água em cidades do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A previsão do governo federal, segundo o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, é que as obras fiquem prontas até dezembro do ano que vem.

“Acontece uma coisa engraçada no Brasil, não sei se vocês já notaram. Quem nunca fez, desanda a cobrar de quem fez. Então é isso que nós estamos assistindo. Gente que nunca fez quando pôde, cobrar de quem está fazendo quando pode”, criticou.

 fez uma comparação com o sistema Cantareira, que abastece a cidade de São Paulo. Para Dilma, a capital paulista passa por uma situação “difícil”. O nível da represa chegou a 8,6% nesta terça.

“O rio São Francisco é o rio que beneficia mais a população nordestina e que vai garantir uma diferença de qualidade, principalmente quando nós estamos vendo, hoje, uma situação muito, muito difícil sendo passada no estado mais rico da federação, que é São Paulo. É a falta de água na barragem da Cantareira, lá do reservatório da Cantareira”, disse.

Em seguida, Dilma elogiou o planejamento dos estados no Nordeste no que diz respeito a abastecimento de água. “Você veja que o Nordeste teve esse mérito. Ele teve essa consciência e esse planejamento. Não é de hoje que você faz isso”, pontuou.

Momentos mais tarde, já em Jati (CE), Dilma voltou a mencionar a situação do estado de São Paulo, ao dizer que, no Nordeste houve “previsão” e que lá nenhum líder foi “surpreendido pela seca”.

“Vejam vocês que o Brasil está passando por um período de estiagem e hoje, no Sudeste, nos estados mais ricos da federação, especialmente em São Paulo, estamos enfrentando uma seca de todas proporções. Mas lá não tem obra dessa proporção para garantir segurança hídrica”, disse.

Ela completou que os trabalhadores que participaram da obra deveriam estar de “queixo erguido” porque, segundo ela, a transposição vai mudar as “condições” para o Nordeste se desenvolver.

Agenda
A presidente Dilma Rousseff vai fazer nesta terça vistoria em trechos da obra de transposição do Rio São Francisco em cidades de Pernambuco, Paraíba e Ceará.

Primeiro ela vai passar pelas obras do Túnel Cuncas II, próximo a São José de Piranhas (PB) – segundo o Ministério da Integração, o túnel possui quatro quilômetros de extensão e foi concluído em março deste ano. Em seguida, a presidente vai visitar a barragem construída em Jati (CE), responsável por levar a água do rio São Francisco ao estado do Ceará.

A última vistoria de Dilma nesta viagem será em Cabrobó (PE), onde visitará a Estação de Bombeamento 1, responsável por levar a água do rio a localidades com altitude elevada. De acordo com o ministério, a etapa está 83,8% concluída.

De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), o custo total previsto da obra de transposição é de R$ 8,2 bilhões e, até março deste ano, R$ 4,6 bilhões já haviam sido executados (valor sem correção monetária).

Cobranças
Na segunda-feira (12), em cerimônia na ciadade de Ipatinga (MG), Dilma também reclamou das críticas de cobranças feitas por conta de atrasos na execução do Anel Rodoviário de Belo Horizonte. “Por que na hora de a gente fazer o acordo e passar os recursos todo mundo quer, e na hora de cobrar só nós somos cobrados? Que história é essa? Eu respondo pelos meus atos, mas não respondo pelos dos outros”, disparou.

O governo mineiro rebateu a crítica e disse em nota que a responsabilidade pela obra é do governo federal. Disse ainda que a obra não foi iniciada porque o DNIT – estatal ligada ao Ministério dos Transportes – ainda não liberou o projeto para o estado fazer a licitação.

 

Juliana Braga

Campos elogia governos FHC e Lula, mas alfineta Dilma: “Nada se altera desde 2011”

Foto: Ascom
Foto: Ascom

Mesmo sendo alvo de críticas constantes do PT, de quem era aliado até bem pouco tempo, o governador Eduardo Campos (PSB), pré-candidato a presidente República, disse que não vai partir para a “briga de rua” eleitoral e que é preciso “humildade” do governo. As declarações do socialista, feitas durante o encontro do diretório nacional do PPS, em Brasília, foram em resposta à presidente Dilma Rousseff (PT) que, na última segunda-feira, classificou seus adversários de “caras de pau” ao se referir aos “pessimistas” da oposição que criticam a gestão do PT.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ao rebater as declarações de Dilma, que não teve o nome citado pelo governador, Campos fez referências positivas aos mandatos dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas condenou ações de Dilma. “Nos últimos 30 anos, o Brasil viveu ciclos muitos importantes, mas percebemos que nada se altera desde 2011, uma sensação de que nós estamos colocando em risco as conquistas que produzimos como o processo que permitiu refundar a economia e o tempo de expansão e conquistas sociais”, citou. O clima entre PSB e PT tem esquentado nos últimos meses.

Diário de Pernambuco

com Correio Braziliense

NA PB: Bando tenta explodir caixa de banco, mas acaba saindo sem nada

Policial .Uma quadrilha armada explodiu o caixa eletrônico de um banco privado em São Sebastião de Lagoa de Roça, no Agreste paraibano, na madrugada deste sábado (27), mas acabaram saindo da mesma forma que chegaram: sem nada. Este foi o segundo ataque à mesma agência bancária neste ano.

Segundo o comandante da Polícia Militar de Esperança, tenente Floristan, a PM foi acionado às 1h25 e esteve no local da ação, mas não encontrou o grupo, que já havia fugido.

“Deslocamos as viaturas para lá e acionamos o Instituto de Polícia Científica (IPC) para periciar o local. Foi identificado que eles não chearam à gaveta de cédulas do equipamento e não houve maiores prejuízos”, afirmou o comandante da companhia da Polícia Militar de Esperança.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os assaltantes teriam fugido utilizando uma estrada de terra que dá acesso aos municípios de Areial e Puxinanã, também no Agreste. Foram realizadas buscas policiais na área, mas nenhum suspeito foi localizado nas rondas.

Testemunha – Um vigilante de um estabelecimento próximo presenciou toda a ação. Cinco suspeitos teriam chegado ao posto de atendimento do banco privado em um carro, em seguida utilizaram dinamites para tentar explodir o caixa eletrônico.

Reincidência – A polícia registrou em 26 de março um ataque frustrado contra o mesmo banco. De acordo com a Central de Operações de Polícia Militar (Copom), quatro criminosos explodiram o caixa eletrônico do posto de atendimento, mas também não teriam conseguido levar nenhum dinheiro do estabelecimento.

Mais PB

com G1