Arquivo da tag: muro

Secretário de segurança dos EUA descarta deportação em massa, mas insiste em muro

Johan Ordonez/AFP Photo
Johan Ordonez/AFP Photo

O secretário americano de Segurança Interna, John Kelly, descartou – em declarações na Guatemala nesta quarta-feira (22) – que vá haver deportações em massa de imigrantes em situação ilegal, mas confirmou a construção de um muro para reforçar a vigilância na fronteira com o México.

“Não estamos fazendo deportações em massa, mas temos leis que temos de respeitar. Então, vamos nos concentrar primeiro naqueles que cometeram crimes nos Estados Unidos para expulsá-los”, afirmou Kelly, em entrevista coletiva antes de seguir para o México.

Kelly visitou a Guatemala um dia depois de sua pasta publicar duas circulares internas que reforçam a captura e a deportação de imigrantes em situação clandestina.

Ele explicou que inclui um processo legal mais ágil, quando se entra em contato com um imigrante nessa situação, o qual será devolvido “para seu país de uma forma mais rápida do que se fez em uma década”.

O secretário afirmou ainda que a diretiva do presidente Donald Trump dá a seu departamento mais recursos para reforçar a fronteira com o México.

“Isso significa mais oficiais para o controle da fronteira, mais recursos para detenções na fronteira e também a construção de uma barreira física” na fronteira, acrescentou.

“O presidente Trump me ordenou que restabeleça o controle na fronteira. Então, vamos construir uma barreira física, vamos realizar patrulhas não militares, mas com homens e mulheres que estão no âmbito da aplicação da lei e de metodologias tecnológicas”, completou.

Kelly criticou os traficantes de imigrantes clandestinos – os chamados “coiotes”.

“São mentirosos. A vida humana não lhes interessa. Simplesmente são predadores que buscam tirar o dinheiro das pessoas”, apontou.

“Muitas vítimas sofrem torturas, estupro e outras vergonhas. O terreno é brutal, perigoso e não perdoa. Muitos homens, mulheres e crianças perderam a vida ao tentar cruzar esse trajeto para os Estados Unidos”, lamentou.

Durante sua visita, ele se reuniu com o presidente Jimmy Morales e com os ministros do Interior, Francisco Rivas, e das Relações Exteriores, Carlos Morales.

Esta é a primeira visita de um funcionário americano de alto escalão à América Central desde que Trump assumiu a Presidência em 20 de janeiro passado.

Depois da Guatemala, Kelly segue para o México, onde fará uma visita ao lado do secretário de Estado americano, Rex Tillerson, que já está lá.

AFP

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Trump diz que muro na fronteira com o México já está sendo elaborado

 (Foto: Reuters/Carlo Allegri)
(Foto: Reuters/Carlo Allegri)

Washington, 8 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que o muro que prometeu construir na fronteira com o México “está sendo elaborado”, será “grande” e “de muita ajuda” para garantir a segurança do país.

“O muro está sendo elaborado atualmente”, comentou Trump em discurso perante uma conferência de chefes de polícia e oficiais das forças da ordem ao argumentar que, ao contrário do que alguns pensaram, “não estava brincando” durante a campanha eleitoral quando prometeu erguer a barreira.

“Eu não brinco sobre coisas assim, teremos um muro. Será um grande muro e fará muito, será de muita ajuda. Perguntem a Israel sobre muros. Os muros funcionam? Só perguntem a Israel. Eles (os muros) funcionam se forem feitos da maneira certa”, insistiu o republicano.

Em outro momento ao longo do discurso desta quarta-feira, o líder americano afirmou que “é hora de deter” a entrada de drogas nos Estados Unidos.

Essas declarações de Trump coincidem com a visita de hoje a Washington do chanceler do México, Luis Videgaray, que pretende se reunir com os secretários americanos de Segurança Nacional, John Kelly, e de Estado, Rex Tillerson.

Além da construção do muro, cujo custo deve ser pago pelo México, segundo Trump, a relação bilateral passa por um momento tenso pela intenção do líder americano de renegociar o Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (NAFTA), do qual ambos os países fazem parte junto com o Canadá.

Vários veículos da imprensa vazaram na semana passada parte do conteúdo de uma conversa por telefone na qual Trump supostamente propôs ao colega mexicano, Enrique Peña Nieto, o envio tropas ao México.

Em entrevista à emissora “Fox”, Trump afirmou que nessa ligação Peña Nieto parecia estar “muito disposto” a receber ajuda dos Estados Unidos para combater os cartéis.

No entanto, o porta-voz da presidência mexicana, Eduardo Sánchez, respondeu nesta semana em outra entrevista com um “não contundente” à suposta proposta de Trump de enviar tropas.

EFE

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

México reage e diz que país ‘não pagará por nenhum muro’

mexicoO presidente do México, Enrique Peña Nieto, reafirmou que seu país não pagará pelo muro que o norte-americano Donald Trump ordenou que seja construído na fronteira. A informação é da Agência Ansa.

Em mensagem divulgada em rede nacional logo após Trump assinar o decreto que autoriza a construção do muro – uma das promessas de campanha mais controversas do magnata republicano -, Peña Nieto exigiu “respeito” dos Estados Unidos (EUA) com o México, “uma nação soberana”.

“Lamento a decisão dos Estados Unidos de continuar a construção de um muro que, em vez de nos unir, divide”, afirmou o mexicano, criticando o presidente norte-americano. “O México não acredita em muros, disse isso mais de uma vez. O México não pagará por nenhum muro”, rebateu Peña Nieto. O presidente mexicano também anunciou que “analisará os próximos passos que tomará”, baseando-se no resultado de reuniões de alto nível que devem ocorrer nos próximos dias em Washington com representantes dos dois governos.

Circulam boatos na imprensa mexicana de que Peña Nieto poderia até cancelar uma viagem oficial que tem agendada para terça-feira (31) aos Estados Unidos. Membros de seu gabinete, como o chanceler Luis Videgaray e o ministro da Economia, Ildefonso Guajardo, já estiveram em Washington e se encontraram com o gabinete de Trump.

O presidente tomou posse no último dia 20 de janeiro, após vencer as eleições de novembro contra a candidata democrata, Hillary Clinton. Durante toda a campanha eleitoral, ele prometeu construir um muro na fronteira com o México e endurecer as leis imigratórias nos EUA. Segundo analistas, o muro tem custo estimado em US$ 12 bilhões.

Trump já ameaçou confiscar remessas de mexicanos que vivem nos EUA, caso o país vizinho se nege a pagar pela obra. O muro teria 3.200 quilômetros (km) de extensão, sendo que 1.046 km seriam cobertos por cercas. A barreira passaria por Matamoros, Ciudad Juarez, El Paso e Tijuana.

Brasil 247

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Ciclista morre após perder freio e bater em muro, em Bayeux, PB

Um ciclista de 54 anos morreu, na manhã deste sábado (17), após bater em um muro no município de Bayeux, na Grande João Pessoa. Segundo o cabo Abraão, da Polícia Militar, ele estava descendo uma ladeira na bicicleta quando o freio quebrou e ele colidiu com o muro.

O homem bateu com a face contra o muro do posto de Manguinhos, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), conforme explicou o policial. Após o acidente, o muro caiu.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ir até o local, segundo o cabo Abraão, mas o ciclista morreu na hora do acidente.

Muro caiu após a colisão (Foto: Walter Paparazzo/G1)Muro caiu após a colisão (Foto: Walter Paparazzo/G1)
G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Detento pula muro usando corda de tecido e foge de cadeia em Araruna

sireneUm detento de 21 anos fugiu na madrugada desta terça-feira (6) da cadeia pública de Araruna, na Paraíba. De acordo com o tenente Rodrigues, da Polícia Militar, a fuga aconteceu por volta das 2h (horário local) com a ajuda de uma corda feita de tecido, objeto conhecido como “Teresa”.

Ainda segundo o tenente Rodrigues, da PM, o detento serrou a grade da cela e foi até o pátio. Jogando a corda para fora da cadeia, o preso conseguiu escalar o muro, chegar até o telhado e fugir. O inspetor que estava trabalhando no momento ouviu o barulho e começaram as buscas.

O detento responde por roubo, furto e homicídio. Até às 14h45 a Polícia Militar realizava buscas na região para localizar o detento. Conforme informações do tenente Rodrigues, os possíveis lugares em que ele pode estar escondido também já estão sendo mapeados.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Detento pula muro usando corda de tecido e foge de cadeia em Araruna

casos de policiaUm detento de 21 anos fugiu na madrugada desta terça-feira (6) da cadeia pública de Araruna, na Paraíba. De acordo com o tenente Rodrigues, da Polícia Militar, a fuga aconteceu por volta das 2h (horário local) com a ajuda de uma corda feita de tecido, objeto conhecido como “Teresa”.

Ainda segundo o tenente Rodrigues, da PM, o detento serrou a grade da cela e foi até o pátio. Jogando a corda para fora da cadeia, o preso conseguiu escalar o muro, chegar até o telhado e fugir. O inspetor que estava trabalhando no momento ouviu o barulho e começaram as buscas.

O detento responde por roubo, furto e homicídio. Até às 14h45 a Polícia Militar realizava buscas na região para localizar o detento. Conforme informações do tenente Rodrigues, os possíveis lugares em que ele pode estar escondido também já estão sendo mapeados.

 

G1

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Incêndio danifica ônibus, muro de empresa e vegetação em Patos, na PB

(Foto: Delegado Rone Feitosa/Arquivo Pessoal)
(Foto: Delegado Rone Feitosa/Arquivo Pessoal)

Um incêndio em área residencial aconteceu na manhã deste sábado (26), no bairro Brasília, no município de Patos, Sertão da Paraíba. De acordo com o delegado Rone Feitosa, que participou da ocorrência, o incêndio foi criminoso e atingiu o muro de uma empresa, carcaças de veículos, um ônibus particular e a vegetação do local.

Conforme informações do delegado, um homem teria começado a atear fogo em uma vegetação que fica na parte de trás de uma empresa de segurança. Logo em seguida, ateou fogo em carcaças de carros que ficavam próximas do local, em um ônibus particular e, um quarteirão depois, tocou fogo também em uma região de mato.

As imagens de segurança da empresa já foram solicitadas para tentar localizar o suspeito de realizar o incêndio. Segundo Rone Feitosa, uma testemunha conseguiu perceber quando o suspeito ateou fogo em alguns locais.

A Polícia Militar, juntamente com a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, estiveram no local. “Importante destacar a atuação do Corpo de Bombeiros, que agiu de forma rápida e eficiente”, destacou o delegado.

Ninguém ficou ferido e os bombeiros conseguiram controlar as chamas. Até às 14h40, a Polícia Militar ainda realizava rondas nas proximidades em busca do suspeito.

Vegetação do local também foi afetada com o fogo (Foto: Delegado Rone Feitosa/Arquivo Pessoal)Vegetação do local também foi afetada com o fogo (Foto: Delegado Rone Feitosa/Arquivo Pessoal)
G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Com a ajuda de ‘Teresa’, detentos escalam muro e fogem de presídio

PB1Dois apenados conseguiram fugir na madrugada desta quarta-feira (20), do Presídio Silvio Porto, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

De acordo com as informações repassadas pela assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba, por volta de 1h30, quatro detentos tentaram fugir na unidade prisional usando uma corda feita de tecido chamada de ‘Tereza’.

Os agentes penitenciários perceberam a fuga e conseguiram evitar ainda que dois fugissem. Entretanto, dois detentos fugir pelo muro da unidade. Até as 08h, os fugitivos não tinham sido recapturados.

A Seap investiga o caso.

Com Portal Correio

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Delegada tenta escapar de assalto, mas bate carro em muro de associação, em JP

Reprodução/Instagram/vinicius_qap
Reprodução/Instagram/vinicius_qap

Uma delegada da Polícia Civil, que atua na Grande João Pessoa, sofreu uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (13) no bairro do Bessa, na Zona Leste de João Pessoa. Na hora de fugir dos assaltantes, a delegada bateu o veículo em um muro de uma associação, mas não teve ferimentos.

Segundo informações de testemunhas, a delegada estaria dentro do seu carro quando foi abordada por dois homens e uma moto que teriam pedido para que ela descesse e entregasse as chaves do veículo.

Na tentativa de fugir, a delegada teria acelerado o carro e batido contra o muro de uma associação.

Ainda segundo testemunhas, após a batida, os bandidos fugiram.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

 

portalcorreio

Mulher pinta muro contra ‘fofoca’ de vizinhos: ‘paguem as minhas contas’

 (Foto: Fabiano dos Santos / Site Binho Locutor)
(Foto: Fabiano dos Santos / Site Binho Locutor)

“Aprender com os erros, refazer a vida e seguir em frente fugindo dos preconceitos”. Esses são os desejos da jovem Adriele Lemos, de 26 anos, que, incomodada com os “olhares tortos” de alguns vizinhos, decidiu pintar recados públicos na parede frontal da própria casa.

“Atenção para os fofoqueiros de plantão. Promoção do dia: paguem as minhas contas e terão o direito de falar da minha vida”, diz uma das mensagens.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Adriele mora em Malvinas 2, bairro simples do município baiano de Jaguaquara, que fica a 336 quilômetros de Salvador. Ela comprou um imóvel em novembro de 2014. Ali, diz que conquistou o sonho da casa própria e também percebeu que teria que lidar com comentários maldosos sobre os erros cometidos no passado.

Atenção para os fofoqueiros de plantão. Promoção do dia: paguem as minhas contas e terão o direito de falar da minha vida”
Adriele Lemos, em mensagem para os vizinhos que ‘olham torto’

Passado
Adriele conta que, no dia 13 de abril de 2009, foi presa após ter se envolvido em uma relação com um traficante de drogas.

“Um dia, a polícia esteve na minha casa à procura dele e não encontrou. Acharam uma balança [de precisão] e me levaram. Ele chegou a ser preso e disse que não estava envolvida, mas acabei sendo condenada. Fiquei presa até 10 de agosto de 2010 e depois cumpri dois anos na condicional, que acabou em 2011”, disse.

Na cadeia, a jovem descobriu que estava grávida. Lá passou todo o período gestacional e, pouco tempo após o nascimento, conquistou a liberdade. Não só dela, mas do bebê, que passou os primeiros meses de vida na unidade penal .

“Foi um período muito difícil. O meu passado, eu não posso mudar. As pessoas se prendem ao passado, enquanto eu trabalho para refazer a minha vida. Eu não devo mais nada à sociedade”, defende.

Adriele é conhecida na cidade com 'Morena dos doces e salgados' (Foto: Binho Locutor / Site Binho Locutor)Adriele é conhecida como a ‘Morena dos doces e
salgados’ (Foto: Fabiano dos Santos/ Site Binho
Locutor)

Refazendo a vida
Após a liberdade, Adriele destaca que enfrentou problemas para conseguir emprego. “Eu saí e tentei procurar um trabalho. Ainda tem muito preconceito. Quando sabem que é ex-presidiário, ninguém confia. Por isso, comecei a vender doces e salgados”, afirma.

Em setembro, a jovem conta que perdeu a mãe, com quem só passou a ter contato aos 13 anos. “Ela me abandonou e fui criada pelo meu pai e diversas madrastas. Depois, nos reencontramos. Em setembro [2014], ela faleceu. Com a morte, o valor da casa dela foi dividido entre os herdeiros. Foi então que consegui comprar a minha casa própria”, diz.

No bairro onde decidiu viver, ela disse que, logo após sua chegada, percebeu olhares dos vizinhos, que pareciam se incomodar com o fato dela ser ex-presidiária, mãe solteira e morar sozinha com o filho.

“Passava pelas ruas e percebia que estavam falando de mim. Perguntava e diziam que eu estava enganada. Foi então que decidi deixar as mensagens no muro”, disse.

Inspiração
Além do alerta às pessoas, que classifica como “fofoqueiras”, Adriele se inspirou no músico Bob Marley para pintar um segundo recado. “Não ligo que me olhem da cabeça aos pés, pois nunca farão a minha mente e nunca chegarão aos meus pés”, diz em mais uma mensagem.

Adriele afirma que as pessoas “que não vestiram a carapuça” elogiaram a ação. “Já me disseram que deveria haver mensagens como essas a cada esquina”, afirmou.

Com os estudos interrompidos no 1º ano do ensino médio, quando precisou começar a trabalhar para criar o filho, a jovem de 26 anos diz que tenta não ligar para o preconceito das pessoas e que espera seguir em frente.

“Eu tinha três sonhos. O primeiro era de ter uma casa própria e já conquistei. O segundo é de expandir o meu negócio. O terceiro é de ser artista. Acho que eu seria uma ótima atriz. Quem sabe, um dia não aparece a oportunidade”, almeja.

 

G1