Arquivo da tag: municípios

MPs pedem que Arara, Areia, Remígio e mais 66 municípios considerem antecipar feriados como Campina Grande

Diante da possibilidade do colapso da rede de saúde em Campina Grande devido à pandemia de Covid-19, o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) pedem que prefeitos de 69 municípios analisem a possibilidade de antecipação de feriados, que foi adotada na cidade. A solicitação foi feita por meio de ofícios e publicada nesta quarta-feira (27).

Todos os 69 municípios formam a 2ª macrorregião de saúde da Paraíba e estão localizadas no entorno de Campina Grande, com pacientes que dependem do serviço de saúde da cidade. Por isso, os órgãos alertam sobre a necessidade de atuação conjunta para garantir a estrutura hospitalar.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta quarta-feira (27), em Campina Grande, 80% de leitos de UTI para adultos e 85% das enfermarias estão ocupados.

Se acatarem a solicitação, a antecipação deve acontecer entre os dias 1º e 3 de junho deste ano, assim como em Campina Grande. As datas correspondem os feriados de Corpus Christi, no 11 de junho; São João, 24 de junho; e aniversário da Paraíba, no dia 5 de agosto.

O objetivo da ação é intensificar o isolamento social em Campina Grande e cidades do entorno, entre 30 de maio e 3 de junho, para diminuir o risco de colapso da rede de saúde.

Veja quais são os 69 municípios que compõem a 2ª Macrorregião de Saúde e são atendidos pelo serviço de saúde de Campina Grande:

  1. Alagoa Grande
  2. Alagoa Nova
  3. Alcantil
  4. Algodão de Jandaíra
  5. Amparo
  6. Arara
  7. Areia
  8. Areial
  9. Aroeiras
  10. Assunção
  11. Baraúna
  12. Barra de Santa Rosa
  13. Barra de Santana
  14. Barra de São Miguel
  15. Boa Vista
  16. Boqueirão
  17. Cabaceiras
  18. Camalaú
  19. Caraúbas
  20. Caturité
  21. Congo
  22. Coxixola
  23. Cubati
  24. Cuité
  25. Damião
  26. Esperança
  27. Fagundes
  28. Frei Martinho
  29. Gado Bravo
  30. Gurjão
  31. Juazeirinho
  32. Lagoa Seca
  33. Livramento
  34. Massaranduba
  35. Matinhas
  36. Montadas
  37. Monteiro
  38. Natuba
  39. Nova Floresta
  40. Nova Palmeira
  41. Olivedos
  42. Ouro Velho
  43. Parari
  44. Pedra Lavrada
  45. Picuí
  46. Pocinhos
  47. Prata
  48. Puxinanã
  49. Queimadas
  50. Remígio
  51. Riacho de Santo Antônio
  52. Santa Cecília
  53. Santo André
  54. São Domingos do Cariri
  55. São João do Cariri
  56. São João do Tigre
  57. São José dos Cordeiros
  58. São Sebastião de Lagoa de Roça
  59. São Sebastião do Umbuzeiro
  60. São Vicente do Seridó
  61. Serra Branca
  62. Serra Redonda
  63. Soledade
  64. Sossêgo
  65. Sumé
  66. Taperoá
  67. Tenório
  68. Umbuzeiro
  69. Zabelê

 

G1

 

 

Gaeco deflagra operação contra crimes e cumpre mandados de prisão em 16 municípios da Paraíba

A Polícia Militar e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), com o apoio da Controladoria-Geral da União (CGU), deflagraram nesta quarta-feira (20), uma operação contra crimes e cumpriu mandados de prisão em 16 municípios da Paraíba.

A Operação Malhas da Lei tem o objetivo de cumprir mandados de prisão contra acusados de tráfico de drogas, roubo majorado, homicídio, furto qualificado, entre outros crimes. Os mandados foram expedidos pelo Poder Judiciário da Paraíba após vários meses de investigação.

Da Polícia Militar, são 296 profissionais e 93 viaturas atuando com as equipes do Gaeco, na Paraíba.

Os presos estão sendo apresentados nas delegacias de cada área. Na Região Metropolitana de João Pessoa, os presos serão levados para a Central de Polícia, no Geisel.

Os policiais seguem cumprindo os mandados de prisão. Ainda não foi informado quantos mandados já foram cumpridos.

 

clickpb

 

 

Mais três municípios paraibanos registram primeiros casos de Covid-19

Passou para 128 o número de municípios paraibanos com casos confirmados do novo coronavírus.

De acordo com informações divulgadas no boletim diário, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nessa sexta-feira (15), Amparo, Arara e São Vicente do Seridó registraram os primeiros casos da covid-19.

Confira boletim na íntegra

Governo da Paraíba
Secretaria de Estado da Saúde
Atualização Covid-19 | 15/05

Paraíba confirma 378 novos casos de Covid-19 em 24h

Casos Confirmados: 3.739
Casos Descartados: 4.480
Óbitos confirmados: 170
Casos recuperados: 1.069

Nesta Sexta, 15 de maio, a Paraíba registra mais uma vez, o maior número de casos e em um único dia, são 378 novos casos de Covid-19 e 10 óbitos confirmados causados pela doença. Assim, a Paraíba atinge 3.739 casos de Covid -19. Destes, 170, infelizmente, faleceram e 1.069 já se recuperaram, segundo informações das Secretarias Municipais de Saúde. Outros 4.480 casos investigados já foram descartados para Covid-19. Dos leitos de UTI para adultos ativados em todo o Estado, 62% estão ocupados. Na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação de UTI para adultos é de 78%. O Índice de Isolamento social registrado pela Inloco no dia anterior é de 43%.

Os casos confirmados estão em 128 municípios paraibanos:

Alagoa Grande (19); Alagoa Nova (2); Alagoinha (14); Alhandra (50); Amparo (1); Araçagi (6); Arara (1); Areia (13); Areial (1); Aroeiras (5); Baia da Traição (8); Bananeiras (8); Barra de Santana (4); Barra de São Miguel (1); Bayeux (83); Belém (7); Bom Jesus (1); Boqueirão (2); Borborema (1); Brejo do Cruz (1); Caaporã (104); Cabedelo (189); Caiçara (8); Cajazeiras (29); Cajazeirinhas (1) Campina Grande (261); Capim (7); Casserengue (1); Catingueira (1); Conceição (1); Condado (20); Conde (32); Congo (10); Coremas (8); Coxixola (3); Cruz do Espírito Santo (34); Cuité (1); Cuité de Mamanguape (1); Cuitegí (5); Curral de Cima (1); Duas Estradas (1); Esperança (9); Gado Bravo (2); Guarabira (131); Gurinhém (7); Igaracy (1); Imaculada (4); Ingá (1); Itabaiana (22); Itaporanga (2); Itapororoca (18); Itatuba (4); Jacaraú (2); João Pessoa (1478); Joca Claudino (1); Juarez Távora (1); Juazeirinho (15); Junco do Seridó (3); Juripiranga (17); Lagoa de Dentro (2); Lagoa Seca (8); Lucena (24); Malta (4); Mamanguape (15); Mari (42); Marizópolis (4); Massaranduba (4); Mataraca (1); Matinhas (1); Matureia (1); Mogeiro (1); Monteiro (11); Mulungu (3); Natuba (1); Nova Floresta (1), Nova Olinda (1); Olho D´Água (1); Patos (219); Pedras de Fogo (38); Piancó (5); Picuí (1); Pilar (15); Pilões (1); Pilõezinhos (9); Pirpirituba (6); Pitimbu (19); Pocinhos (1); Pombal (6); Princesa Isabel (3); Puxinanã (1); Queimadas (17); Quixaba (1); Remígio (15); Riachão do Bacamarte (5); Riachão do Poço (1); Riacho dos Cavalos (2); Rio Tinto (15); Salgado de São Felix (4); Santa Helena (1); Santa Luzia (4); Santa Rita (288); Santa Terezinha (1); São Bento (11); São João do Rio do Peixe (6); São José de Espinharas (2); São José de Piranhas (3); São José do Bonfim (2); São José do Sabugi (4); São José dos Ramos (4); São Miguel de Taipu (7); São Sebastião de Lagoa de Roça (7); São Vicente do Seridó (1); Sapé (105); Serra Branca (2); Serra da Raíz (4); Serra Redonda (2); Serraria (1); Sertãozinho (2); Sobrado (4); Solânea (10); Soledade (2); Sousa (63); Tacima (2); Taperoá (19); Teixeira (1); Uiraúna (2); Umbuzeiro (7); Vista Serrana (1).

10 óbitos foram confirmados nesta sexta:

Mulher, idosa, 67 anos, portadora de diabetes, doença cardiovascular, doença renal crônica, residente em João Pessoa. Inicio dos sintomas 23/04, interna em hospital público, veio a óbito no dia 14/05.

Homem, idoso, 69 anos, sem informação de comorbidade, residente em João pessoa. Profissional da saúde, Inicio dos sintomas 28/04, interno em hospital privado, veio a óbito no dia 14/05.

Homem, 42 anos, sem comorbidade, residente em Itatuba. Início dos sintomas 04/05, interno em hospital público, veio a óbito no dia 14/05.

Homem, 48 anos, diabético, residente em João Pessoa. Início dos sintomas 29/04, interno em hospital público, veio a óbito no dia 14/05.

Mulher, idosa, 88 anos, Hipertensa, residente em Pedra de Fogo. Início dos sintomas 30/04, interno em hospital público, veio a óbito no dia 14/05.

Homem, 37 anos, diabético, obeso, residente em João Pessoa. Início dos sintomas 02/05, interno em hospital público, veio a óbito no dia 15/05.

Lactente, 04 meses, com comorbidade, cardiopata, residente em Cuitegi. Início dos sintomas 25/04, interno em hospital público, veio a óbito no dia 14/05.

Homem, idoso, 80 anos, hipertenso, residente em Santa Rita. Início dos sintomas 09/05, interno em hospital público, veio a óbito no dia 13/05.

Mulher, 45 anos, com comorbidade, insuficiência renal, residente em Cruz do Espírito Santo. Início dos sintomas 26/04, interno em hospital público, veio a óbito no dia 12/05.

Mulher, 40 anos, portadora de Lúpus, residente em São Sebastião de Lagoa da Roça. Início dos sintomas 28/04, interno em hospital público, veio a óbito no dia 14/05.

PB Agora

 

 

População já conta com testes da Covid-19 em todos os municípios da PB, diz secretário de saúde

O secretário de saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, disse em entrevista ao Portal ClickPB, na tarde desta sexta-feira (15) que o Governo da Paraíba inicia já no próxima semana, a aplicação de testes rápidos para Covid-19 por meio do sistema “drive thru”, inicialmente em João Pessoa.

Ao todo serão 100 mil testes disponibilizados. Ele também revelou que todos os 223 municípios já receberam os testes rápidos de detecção da doença.

Segundo ele, a testagem vai ser feita em parceria com os municípios e é destinada às pessoas que apresentaram sintomas da doença causada pelo novo coronavírus.

“Nós estaremos realizando os “drive thru” em João Pessoa e outros municípios também, além da disponibilidade de aplicação dos testes. Destacamos que as Vigilancias de Saúde de todos os municípios estão supridas com testes rápidos, então as pessoas que necessitarem já podem passar pelo exame”, avaliou.

 

clickpb

 

 

Metade dos municípios do país tem casos da Covid-19

O Ministério da Saúde apresentou, nesta quinta-feira (14), o novo Boletim Epidemiológico a respeito do coronavírus. Segundo os dados, na distribuição de casos de pessoas doentes e mortes, o país possui mais da metade das cidades com casos confirmados e quase 20% dos municípios tem mortes por causa da doença.

É isso o que explica o secretário substituto de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Eduardo Macário. “Estamos em uma vertical, em uma ascendência no número de óbitos confirmados, mostrando que a situação epidemiológica é de alerta em todo o Brasil. Além disso, na distribuição de casos e óbitos da Covid-19, por município de residência, nós já temos 2.998 municípios com casos confirmados no Brasil. Esse percentual é de 53,8%. E 1.087 municípios com óbitos confirmados pela Covid-19, o que dá 19,5% dos municípios brasileiros com mortes”, afirmou.

Desde que a pandemia de coronavírus começou a acontecer no Brasil, o Ministério da Saúde passou a usar um sistema de informações sobre síndrome gripal por todo o país, chamado eSus Notifica. Com base nos dados coletados, foi possível avaliar a quantidade de profissionais da saúde que tiveram sintomas da doença e precisaram ser afastados das funções para investigação.

“Em relação aos profissionais da saúde, que são uma grande demanda e sobre o qual muitas dúvidas surgem, esse sistema conseguiu captar até o momento 199.768 profissionais da saúde com suspeita de Covid-19, com quadro de síndrome gripal, sendo a maioria desses sintomas leves mas que foram notificados por esse sistema”, explicou Eduardo Macário.

Destes casos suspeitos, o Ministério da Saúde confirmou 31.790, o que significa 15% dos profissionais da saúde doentes por coronavírus no Brasil. O maior número de casos está entre os técnicos ou auxiliares de enfermagem, que somam 68.250 destes registros suspeitos. Os profissionais de enfermagem seguem a lista com mais de 33 mil e depois vem os médicos, com mais de 26 mil casos em investigação.

Para mais informações sobre o coronavírus, acesse coronavirus.saude.gov.br

 

agenciadoradio

 

 

Governo distribui mais 45 mil testes para todos os municípios paraibanos

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), começa a distribuir a terceira remessa de testes rápidos a serem aplicados na população dos 223 municípios. As entregas das 45,285 mil unidades serão feitas nesta segunda (11) e na terça-feira (12). Para esta semana, a Secretaria aguarda a chegada de mais 110 mil novos testes. Esse novo lote faz parte das 210 mil unidades de testes rápidos que o Governo do Estado adquiriu, sendo 30% pagos com recursos encaminhados pelo Ministério da Saúde para o combate à Covid-19.

De acordo com a secretaria executiva de Saúde da Paraíba, Renata Nóbrega, são dois tipos de testes rápidos que são encaminhados para os municípios: o SARS-CoV-2 Antibodytest direcionados para os profissionais da saúde, segurança pública, familiares sintomáticos, população idosa com diagnóstico de síndrome gripal; e o Kit MedTestCoronavirus ( Covid-19) IgG/IgM, direcionado para o restante da população. Renata explica que, junto com os kits, a SES está enviando uma Nota Técnica com recomendações de uso e sugestão de estratégia de testagem.

Seguindo orientações do Guia da Vigilância Epidemiológica, os testes devem ser usados como uma ferramenta para auxílio do diagnóstico da Covid-19. São testes qualitativos para triagem e auxílio diagnóstico, porém apresentam limitações e a principal delas é que precisa ser realizado, de forma geral, a partir do 10º (décimo) dia do início dos sintomas para testes SARS-CoV-2 Antibodytest e a partir do 8º (oitavo) dia do início dos sintomas para os testes Kit MedTestCoronavirus ( Covid-19) IgG/IgM. É necessário que o caso suspeito ou contato de caso confirmado de Covid-19 espere esse tempo para que o sistema imunológico possa produzir anticorpos em quantidade suficiente para ser detectado pelo teste.

“Essa ação é direcionada para quem realmente teve a gripe e tem por objetivo alcançar a metodologia que o teste rápido propõe que é testar quem apresentou sintomatologia, para que a resposta de positividade tenha um melhor alcance nessa população”, explica Renata Nóbrega. Ela alerta aos municípios que todo usuário testado deve ter registro de sua notificação com resultado do exame preenchido e digitado no sistema e-SUSVE.

Para a distribuição das unidades com os municípios, a SES seguiu alguns critérios como o número de fichas e-SUS VE abertas no sistema por município de residência, o número de idosos positivos para Covid-19 nos territórios onde se concentram o maior número de casos positivos e os municípios que ainda não estavam com testes disponíveis em seu território para os profissionais de saúde e segurança.

A secretária executiva afirma ainda que a SES recomendou aos municípios a seguir as notas técnicas já divulgadas para execução de cada teste, respeitando a data do início dos sintomas e de utilizar de estratégias para testar, prioritariamente, aqueles casos que já estão no sistema e-SUSVE sem exames. A ampliação da testagem na população é fundamental para traçar o perfil epidemiológico do Estado e auxiliar na tomada de decisão voltada ao enfrentamento da pandemia.

Secom-PB

 

 

Governo distribui testes rápidos de Covid-19 para todos os municípios paraibanos

O Governo da Paraíba distribui, a partir desta quinta-feira (7), mais 15 mil testes rápidos para todos os 223 municípios paraibanos. A distribuição será por meio das Gerências Regionais de Saúde e o critério será de acordo com os municípios que tenham o maior número de casos de Covid-19 sendo investigados e registrados no sistema do Ministério da Saúde, E-Sus VE.

O teste pode ser aplicado nas pessoas a partir do 8° dia do início de sintomas de síndrome gripal (febre, tosse seca, dor de garganta e dor no corpo) e ofertados nos serviços de saúde em todos os municípios. Todo caso positivo o município deverá notificar ao Estado, imediatamente.

O Governo do Estado adquiriu 210 mil unidades de testes rápidos, sendo 30% pagos com recursos encaminhados pelo Ministério da Saúde para o combate à Covid-19. Estes 15 mil testes são do segundo lote. No final de abril, o Governo já havia distribuído 20 mil testes e as próximas unidades serão entregues à medida que houver necessidade.

De acordo com o governador João Azevêdo, a ampliação da testagem na população é fundamental para traçar o perfil epidemiológico do Estado e auxiliar na tomada de decisão voltada ao enfrentamento da pandemia.

Secom-PB

 

 

Paraíba registra Covid-19 em 24% dos municípios e taxa de letalidade é de quase 7,5%

O Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou boletim sobre a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no estado. De acordo com o órgão, a doença já alcançou 53 cidades do estado e 67 pessoas já morreram vítima da doença.

Até esta quinta-feira (30), a Paraíba tem 926 casos confirmados. No boletim anterior esse número era de 814. Entre as pessoas que contraíram o vírus, 67 delas não resistiram à gravidade da doença e morreram, levando a taxa de letalidade a aproximadamente 7,5%. Nas última 24h, mas cinco pessoas morreram em decorrência da doença.

Com base em informações repassadas pelas Secretarias Municipais de Saúde 156 já se recuperaram e 1.695 casos investigados já foram descartados para Covid-19.

Os casos confirmados estão distribuídos em 53 municípios:

Alagoa Grande (2); Alagoa Nova (1); Alhandra (2); Araçagi (1); Areia (1); Barra de São Miguel (1); Bayeux (34); Bom Jesus (1); Boqueirão (1); Brejo do Cruz (1); Caaporã (3); Cabedelo (28); Cajazeiras (8); Campina Grande (51); Catingueira (1); Conde (13); Congo (1); Coremas (1); Coxixola (1); Cruz do Espírito Santo (3); Esperança (2); Guarabira (7); Gurinhém (1); Igaracy (1); Itabaiana (2); Itapororoca (3); João Pessoa (563); Junco do Seridó (3); Lagoa Seca (2); Lucena (3); Mamanguape (1); Mari (1); Marizopolis (3); Patos (19); Pedras de Fogo (5); Pombal (2); Princesa Isabel (1); Queimadas (2); Riachão Poço (1); Riacho dos Cavalos (1); Rio Tinto (4); Santa Helena (1); Santa Rita (85); São Bento (4); São João do Rio do Peixe (5); São José de Piranhas (1); São José do Bonfim (1); Sapé (29); Serra Branca (1); Serra Redonda (1); Sousa (12); Taperoá (2); Umbuzeiro (2).

Segundo a SES, dos 370 leitos de UTI previstos no plano de Contingência para Coronavírus, 171 já estão ativos e 40% estão ocupados no momento.

PB Agora

 

 

Paraíba tem 447 casos de Covid-19 e 46 mortes; vírus chega a 34 municípios

A Paraíba confirmou nesta sexta-feira (24) 61 novos casos de Covid-19 e dois óbitos. Dos 447 casos confirmados até hoje, 117 já se recuperaram, 45 estão hospitalizados, 10 deles em leitos de UTI e 46 faleceram. Os demais se recuperam em isolamento domiciliar acompanhados pelas secretarias municipais de saúde.

Os casos estão distribuídos em 34 municípios: João Pessoa (286); Campina Grande (35); Santa Rita (29); Cabedelo (16); Bayeux (12), Patos (8), Sapé (13); Junco do Seridó (3), Pombal ( 2), Cajazeiras (4), Sousa (6), Guarabira (3), São João do Rio do Peixe (3), Itapororoca (2), Serra Branca (1), Riachão do Poço (1), São Bento (1), Congo (1), Queimadas (1), Bom Jesus (1), Itabaiana (2), Cruz do Espirito Santo (1), Conde (4), Igaracy (1), Taperoá (1), Barra de São Miguel (1), Alagoa Nova (1), Coremas (1), Brejo do Cruz (1), Caaporã (1), Coxixola (1), Alagoa Grande (1), Itaporanga (1), Pedras de Fogo (2)

Dois óbitos foram registrados nas últimas 24h:

  • Homem, 50 anos, residente no município de Conde. Sem informações de comorbidade. Estava internado em hospital público com óbito em 23/04
  • Homem, 71 anos, residente em Santa Rita. Hipertenso. Estava Internado em hospital público. Óbito ocorrido em 24/04.

No momento, 141 pessoas estão internadas com notificação de suspeita para Covid-19, sendo 105 em enfermaria (99 público/ 26 privado) e 36 na UTI (25 público/ 11 privado).

 

Portal WSCOM

 

 

Estado distribui testes rápidos de coronavírus para 36 municípios

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) começa a distribuir os testes rápidos da Covid-19 para a população nesta sexta-feira (24) em 36 municípios paraibanos. A assessoria da pasta informou que, devido às distâncias, a entrega em algumas cidades pode não ocorrer ainda nesta sexta ou apenas no fim do dia. Foram adquiridos com recursos próprios 310 mil testes, que chegarão em lotes – neste primeiro, que chegou na última quarta-feira (22), são 20 mil (6% do total).

Os testes rápidos serão utilizados nas pessoas a partir do 8° dia do início de sintomas de síndrome gripal (febre, tosse seca, dor de garganta, dor no corpo) e ofertados nos serviços de saúde do Estado.

“O teste rápido é um modelo de triagem. Não um teste confirmatório. Ele pode indicar se a pessoa está infectada ou recuperada da infecção. Trata-se de uma ferramenta que funciona como auxílio no diagnóstico de infecções primárias e secundárias pelo novo coronavírus. Existem limitações, pois o caso suspeito deve esperar um período mínimo de oito dias para que o sistema imunológico possa produzir anticorpos em quantidade suficiente para ser detectado pelo teste. Se o teste rápido apresentar o resultado positivo, o ideal é confirmar com o exame PCR”, explicou o secretário executivo de Gestão de Redes de Saúde, Daniel Beltrammi.

Os testes rápidos serão distribuídos em serviços estaduais e municipais para testagem do público-alvo mantendo o fluxo de registro das informações via sistemas oficiais. Todo caso com teste reagente deverá ser informado ao Estado de forma imediata. Neste primeiro bloco de testagem, a Vigilância Epidemiológica vai trabalhar com as unidades sentinelas, a exemplo das UPAs, que é onde costumam chegar mais casos de síndrome gripal.

“Vamos testar os 223 municípios, porém, neste primeiro lote, vamos concentrar os esforços na região que tem mais de 80% dos casos da Covid-19 na Paraíba: João Pessoa, Santa Rita, Cabedelo, Bayeux. A intenção é ampliar a testagem quando os próximos lotes chegarem”, informou a secretária executiva da Saúde, Renata Nóbrega.

Renata explicou, ainda, que, neste primeiro momento, a estratégia é captar mais casos em todas as regiões de Saúde. “Em João Pessoa, de acordo com a pactuação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a SES, a proposta é priorizar o banco de pessoas que já fez contato através dos números telefônicos da SMS ou através das Unidades de Saúde da Família. Serão disponibilizadas 30 equipes para retornar a essas solicitações e avaliar a necessidade de fazer a testagem”, afirmou. A mesma estratégia da Capital deve ser usada em Campina Grande, por meio dos serviços de referência.

Testes em outras cidades

  • 2ª Gerência Regional de Saúde (GRS): referência para os testes rápidos será a UPA de Guarabira.
  • 3ª GRS: os testes rápidos serão realizados no Hospital Municipal de Esperança, no Centro de Testagem de Esperança e no Hospital Municipal de Areia.
  • 4ª GRS: a oferta dos testes rápidos será no Centro de Testagem de Cuité, Centro Testagem de Picuí e Hospital Regional de Picuí.
  • 5ª GRS: teremos o Hospital de Sumé, Hospital de Serra Branca, UPA de Monteiro.
  • 6ª GRS: Hospital Regional de Patos ou UPA de Patos e Hospital Sinhá Carneiro, em Santa Luzia.
  • 7ª GRS: Piancó, Conceição, Hospital Regional de Itaporanga.
  • 8ª GRS: Hospital Regional de Catolé, Hospital Municipal de São Bento, Hospital Municipal de Brejo do Cruz.
  • 9ª GRS: UPA de Cajazeiras, Posto de Testagem Uiraúna, Hospital Municipal de São José de Piranhas.
  • 11ª GRS: Hospital de Princesa Isabel, Hospital Municipal de Princesa Isabel, Hospital Municipal de Água Branca e Hospital Municipal de Juru.
  • 12ª GRS: UPA de Ingá, Hospital Municipal de Pedras de Fogo, Posto de Testagem de Itabaiana.
  • 13ª GRS: Pombal Hospital Regional de Pombal, UPA de Pombal, Hospital Municipal de Paulista.
  • 14ª GRS: Posto de Testagem de Mamanguape, Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Regional.
  • 15ª GRS: Hospital Regional de Queimadas, Hospital Municipal de Aroeiras, Hospital Municipal de Boqueirão.
  • 16ª GRS: Hospital Geral de Taperoá e Hospital Municipal de Soledade.

 

portalcorreio