Arquivo da tag: mulher

Mulher empurra Padre Marcelo Rossi de altar durante missa em Cachoeira Paulista

Uma mulher invadiu o altar e empurrou o padre Marcelo Rossi durante uma missa em Cachoeira Paulista neste domingo (14). A mulher furou a segurança, invadiu o palco durante a celebração que acontecia na Canção Nova e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, ele não ficou ferido e a mulher foi contida pela Polícia Militar.

O padre estava no local para a missa de encerramento do acampamento ‘Por Hoje Não’ (PHN). Por volta das 14h50 a mulher, que participava do evento, conseguiu furar a segurança, invadiu o palco por trás e empurrou o padre, que caiu da estrutura.

No momento, pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Apesar da queda, o padre voltou ao palco minutos depois e continuou a celebração.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher está sendo encaminhada para a delegacia de Lorena para o registro do caso. A PM informou que a ocorrência está sendo feita pela Canção Nova porque o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão.

A polícia informou que a mulher tem 32 anos e que fazia parte de um grupo que veio do Rio de Janeiro para o evento. Os acompanhantes informaram à PM que ela sofre de transtornos mentais.

Em nota a Canção Nova informou que lamenta o incidente ocorrido com o padre Marcelo Rossi durante a missa e informou que ele foi atendido pela equipe médica do evento e, após ser liberado, seguiu com a celebração até o fim.

Vídeo

Em um vídeo divulgado após a agressão, o Padre Marcelo Rossi diz que ‘Maria passou na frente e pisou na cabeça da serpente’. A imagem foi divulgada pela Canção Nova, ao final da celebração.

“Maria passou na frente, pisou na cabeça da serpente, estou ótimo”, disse. “Fiquem tranquilos, só umas dorzinhas, não quebrou nada”, acrescentou.

G1

 

Polícia prende em Bananeiras mulher acusada de matar comerciante da cidade de Patos

Na manhã desta sexta-feira (12), na cidade de Bananeiras-PB, policiais civis e militares de Guarabira-PB (8DSPC e 4BPM) prenderam Marília de Carvalho Marinho (22 anos), residente em Guarabira, acusada de, na noite de 08/06/2019, ter matado o comerciante patoense Pedro Morais de Medeiros (38 anos), com quem matinha relação extraconjugal.

Na ocasião o celular da vítima foi apreendido com a acusada. No dia do crime, Pedro veio à cidade de Guarabira e foi morto a tiros, próximo ao memorial Frei Damião. Na ocasião, o carro, documentos e pertences da vítima desapareceram do local do fato. Hoje, após sua prisão, Marília revelou onde o veículo de Pedro foi escondido. O carro, um GM/Prisma, foi encontrado queimado e “depenado” na zona rural do município de Barra de Santa Rosa-PB (distante 97 Km de Guarabira). O automóvel foi periciado e a acusada interrogada na delegacia do Núcleo de Homicídios de Guarabira (8DSPC).

Marília confessa autoria do crime e alega ter matado PEDRO por estar sendo chantageada por ele. Além da relação amorosa, ambos eram sócios em negócios. Após audiência de custódia, a acusada será encaminhada ao Presídio Júlia Maranhão, na capital. O mandado de prisão foi expedido pela 1 vara da comarca de Guarabira, onde tramita, sob segredo de justiça, o inquérito policial que investiga o caso.

 

portal25horas

 

 

Em parceria com Governo de Solânea, unidade “Sesc Saúde Mulher” realiza exames gratuitos

Os especialistas da unidade Sesc Saúde Mulher, em parceria com o Governo de Solânea e a Associação das Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba (AEMP) iniciaram os atendimentos em Solânea de mamografias e exames citopatológicos desde o último dia 04 de julho e estarão em atividade até o dia 31 deste mês.

O Sesc Saúde Mulher realiza exames de prevenção de câncer de mama e de câncer de colo de útero. As mulheres interessadas devem comparecer ao local, primeiramente, para agendar os exames com as cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. Para fazer a mamografia, as mulheres precisam ter entre 50 e 69 anos ou mais de 35 anos se houver histórico familiar (parente de primeiro grau) de câncer de mama. Já o exame citopatológico pode ser feito por mulheres entre 25 e 64 anos. As mamografias realizadas na unidade móvel são enviadas para o Hospital do Câncer de Barretos, referência no assunto, para emissão dos laudos.

A unidade está instalada em frente à Policlínica Municipal Dr. Orlando Cavalcante. Para realizar agendamento o atendimento é das 8 às 10 horas ou das 13 às 15 horas de segunda a sexta-feira, ou pode ser feito na Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Com informações AssCom Sesc

 

Mulher escala torre de rádio para tentar suicídio em Mari/PB

Na manhã deste sábado (6), a cidade de Mari amanheceu com um fato que chamou a atenção de moradores que passavam pela Avenida Antônio de Luna Freire, Centro da cidade. Uma mulher escalou a torre da rádio comunitária Araçá FM com objetivo de cometer suicídio.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do Portal25horas, a mulher, que ainda não teve a identidade revelada, foi convencida por uma pessoa amiga a descer e desistiu do intento. Ainda segundo testemunhas, a mulher sofre de problemas mentais.

O Corpo de Bombeiros ainda chegou a ser acionado para resgatar a mulher, mas não foi necessária a ação, visto que ela desceu da torre antes da chega da viatura dos Bombeiros.

A Rádio Comunitário fica localizada no Centro, instalada desde sua fundação, há 20 anos, no prédio da estação ferroviária.

 

Portal 25 Horas

 

 

PB registra 110 casos relacionados à violência contra a mulher em cinco dias no São João, diz MP

De 20 a 24 de junho, foram registradas 110 ocorrências relacionadas à violência contra mulheres, sendo quatro estupros, conforme dados divulgados pela Rede Estadual de Atenção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Sexual (Reamcav) e pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), nesta quinta-feira (4). Durante o período junino, o grupo promoveu a campanha “Não é não, também no São João”.

Registrados pela Coordenadoria das Delegacias da Mulher (Cordeam), os casos ocorreram no “feriadão”, que foi da quinta-feira (20), em que foi celebrado Corpus Christi, até a segunda-feira (24), dia de São João.

Nesse mesmo período, foram contabilizados 42 autos de prisão em flagrante contra agressores de mulheres e 47 medidas protetivas de urgência para as vítimas, segundo números divulgados na quarta-feira (3).

A campanha, focada no crime de importunação sexual, foi aderida por 14 municípios paraibanos, que divulgaram e realizaram ações de conscientização e atendimento a mulheres, durante os festejos. Em Campina Grande, a mobilização segue até o domingo (7), data de encerramento da festa.

Para o coordenador do Núcleo de Gênero do MPPB, o procurador de Justiça Valberto Lira, embora a campanha realizada no São João tenha sido importante, é necessário desenvolver uma ação permanente. Segundo ele, outras iniciativas já estão sendo articuladas.

Denúncias

De acordo com o MP, denúncias sobre esses casos podem ser feitas por meio dos telefones 190 (Polícia Militar) e 197 (Polícia Civil), assim como em qualquer delegacia, principalmente nas especializadas em atendimento à mulher. As queixas também podem ser prestadas nas promotorias de Justiça do MPPB, na Defensoria Pública e nos centros de referência de atendimento às mulheres nos municípios.

G1

 

Mulher tenta se aposentar e descobre ter sido servidora ‘fantasma’ na prefeitura de Cacimba de Dentro

Uma mulher descobriu ao dar entrada na aposentadoria que esteve no quadro de funcionários da Prefeitura de Cacimba de Dentro, a 170 km de João Pessoa, por seis meses no ano de 2008. A suspeita de ter sido usada como funcionária “fantasma” é alvo de um inquérito civil instaurado pelo Ministério Público da Paraíba na quarta-feira (3).

G1 entrou em contato com a Prefeitura de Cacimba de Dentro e foi informado que a procuradoria do município vai se pronunciar sobre o caso por email, embora seja uma denúncia referente a uma gestão passada.

De acordo com Edvane da Silva Cavalcante Melo, suposta funcionária fantasma da Prefeitura de Cacimba de Dentro em 2008, ela descobriu que esteve como funcionária entre junho e dezembro do ano em questão no cargo assessor 3, embora nunca tenha sido informada ou recebido salários. Durante o período houve recolhimento da contribuição previdenciária, segundo a denúncia. A promotoria de Araruna, cidade vizinha, investiga o caso.

Conforme inquérito instaurado, o MP solicitou que a Prefeitura de Cacimba de Dentro preste informações sobre a denúncia feita por Edvane da Silva Cavalcante Melo. Coube também ao Ministério Público solicitar o histórico de contribuições feitas por Edvane Melo à Previdência. A denúncia tinha sido registrada junto ao MP em 2017, mas foi reaberta na quarta-feira pela promotoria.

Segundo dados que constam no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), o cargo de assessor III na Prefeitura de Cacimba de Dentro em janeiro de 2009, um mês após o fim do vínculo de Edvane da Silva Cavalcante Melo com o executivo municipal, tinha um remuneração bruta que variava entre R$ 415 e R$ 515.

G1

 

Em Belém, policiais prendem mulher procurada pela Justiça e homem com moto com placa adulterada

Policiais da 3ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, nesta terça-feira (3), na cidade de Belém, duas prisões e apreenderam uma moto com a placa adulterada. A primeira prisão foi de uma mulher, feita pelas guarnições do Núcleo de Inteligência da 7ª Companhia de Araruna e do comandante da 3ª Companhia, capitão Leite Ela tinha um mandado de prisão expedido pela Comarca de Cacimba de Dentro, acusada de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. A mulher foi localizada pelos policiais militares em um bar, às margens da PB 073, e depois de presa, foi conduzida à delegacia.

No Sítio Gambá, um homem foi detido em flagrante após ser flagrado com uma moto com a placa divergente do chassi. Os policiais chegaram até ele após uma denúncia de que uma moto com placa do Rio Grande do Norte estaria abandonada às margens da rodovia. De imediato, a guarnição foi até o local e encontrou a moto, que após consulta, constatou que a placa pertencia a outro veículo. De acordo com o chassi, foi verificada a placa original da moto e, como nenhum das duas possuía restrição de roubo ou furto, o proprietário foi detido e conduzido à delegacia pela adulteração veicular e por não possuir a documentação.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Mulher que desapareceu com os filhos passa a ser procurada por favorecer fuga, diz polícia

A mulher que supostamente desapareceu com os filhos de Soledade, no Agreste da Paraíba, agora está sendo procurada pela polícia por favorecimento de fuga do companheiro dela, um homem suspeito de estelionato que fugiu da Cadeia Pública onde estava sob custódia. A informação é do delegado Seccional de Solânea, Diógenes Fernandes, que acompanha o caso desde o dia 5 de junho deste ano.

De acordo com o delegado, Ana Cristina gravou um vídeo no dia 28 de junho e enviou no dia 30 do mesmo mês para uma amiga dela. Nas imagens, a mulher aparece dentro de um carro, no banco do passageiro, e com os dois filhos no banco de trás do veículo. Ana Cristina diz que está bem e que está nessa situação porque quer, depois a filha dela, de 14 anos, também confirma a versão da mãe.

Segundo Diógenes Fernandes, o vídeo só confirma o que a polícia já suspeitava. O delegado informou que as primeiras investigações não apontaram indícios de que a mulher teria sido forçada a fugir com o suspeito de estelionato, mas que ela e os filhos teriam viajado com o homem espontaneamente.

“A polícia desde o princípio realizou investigações preliminares com relação ao desaparecimento dela com os filhos, mas não chegou nem a instalar um inquérito porque essas investigações preliminares já demonstraram o contrário do que a família dela em Soledade pensa, a gente solidariza a dor da mãe de ver a filha num mal caminho desse, juntamente com os netos, mas temos as provas de que o desaparecimento não foi criminoso”, relatou o delegado.

Conforme Diógenes Fernandes, agora a mulher vai responder por favorecimento pessoal. “Ela vai responder por ter facilitado e dado apoio na fuga dele. Então a gente acredita que ela vai ter um final mais triste do que se imagina, pelo fato de que o Alan é um estelionatário por excelência e vai utilizar ela para a prática de crime, mas, portanto, ela não é inocente”, explicou.

Mãe acredita que filha e netos foram coagidos

Em depoimento à TV Paraíba na manhã desta terça-feira (2), Lourdes Oliveira, mãe de Ana Cristina, disse que não acredita nas palavras que a filha disse quando gravou o último vídeo enviado para uma amiga. Segundo a mãe, no vídeo, a filha e os netos aparentam estar sendo coagidos pelo homem.

“Ela nunca falou desse jeito com a gente, o jeito que eles falaram, com um ar de medo e de que estão sendo amedrontados. Agora é que estou ainda mais preocupada”, disse a mãe de Ana Cristina.

Família registrou desaparecimento no dia 5 junho

A Polícia Civil de Soledade, no Agreste da Paraíba, estava investigando o desaparecimento da mulher e os dois filhos dela desde o dia 5 de junho deste ano, após a família registrar um Boletim de Ocorrência. De acordo com o delegado Seccional de Solânea, Diógenes Fernandes, a mulher e os filhos estavam desaparecidos após saírem da cidade com um homem foragido da Justiça.

Conforme Diógenes Fernandes, a família de Ana Cristina de Oliveira, de 34 anos, foi até a polícia após ela deixar de manter contato com os parentes. Segundo relato da família à polícia, em maio deste ano a mulher levou o homem até a casa dos parentes e ele se apresentou como delegado da Polícia Federal.

Dias depois da mulher apresentar o homem à família, o casal foi embora da cidade com os filhos da mulher e, desde o dia 5 junho, os parentes não tinham notícia nenhuma dela e não conseguiam manter contato.

Conforme o delegado, o desaparecimento já não era tratado como criminoso porque, antes da família perder o contato com a mulher, a polícia fez análise de fotos e vídeos em redes sociais e descobriu que a mulher levou o homem e os filhos para visitar parentes dela no Rio de Janeiro, não havendo qualquer demonstração de que ela e os filhos tivessem sido levados à força.

Mulher sumiu com homem foragido da Justiça

De acordo com o delegado Diógenes, o homem com quem Ana Cristina desapareceu com os filhos é Allan Júnior, de 28 anos, foragido da Justiça. O delegado relatou que o suspeito, natural do Paraná, é procurado por crimes em pelo menos 10 estados do país.

Ainda conforme Diógenes Fernandes, Allan Júnior, que estava preso na Cadeia Pública de Solânea desde agosto de 2018, saiu do local no dia 17 de maio deste ano. O homem teria sido liberado para ir ao um encontro com a mulher em um motel da cidade. “As investigações revelaram que quem foi buscar ele em um carro em frente à cadeia foi a Ana Cristina”, afirmou.

Após sair da cadeia para o encontro com a mulher, Allan Júnior não retornou. “No dia seguinte, a direção da cadeia comunicou à delegacia da cidade o desaparecimento do homem e todos os seus pertences, além de uma arma de fogo, uma pistola .40, pertencente ao sistema Penitenciário, que sumiu da cadeia”, contou o delegado.

Mulher teria ajudado suspeito de estelionato a fugir da Cadeia Pública de Solânea, no Agreste da PB — Foto: Volney Andrade/TV Cabo Branco

Mulher teria ajudado suspeito de estelionato a fugir da Cadeia Pública de Solânea, no Agreste da PB — Foto: Volney Andrade/TV Cabo Branco

 

G1

 

 

Mulher e filhos que saíram de Soledade com fugitivo da cadeia de Solânea manda vídeo após um mês sem contato

Na última sexta-feira (28) a motorista de transporte alternativo de Soledade, Ana Cristina Oliveira, que saiu de casa em maio com os filhos e o namorado e depois do dia 5 de junho não fez mais nenhum contato com os pais e familiares, mandou notícias. A família da mulher passou a semana procurando pela filha e os netos e levaram o caso à imprensa.

No vídeo, Ana Cristina e os dos filhos dizem que estão com Allan Fernandes Júnior, porque querem e não estão sendo forçados a nada. Allan responde a processos por estelionato e é foragido da Cadeia Pública de Solânea, de onde saiu com Cristina no mês de maio.

A família disse que a Ana Cristina ele dizia ser delegado federal e que enganou a mulher se fazendo passar por uma pessoa, mas que ela deve ter descoberto a verdade, somente depois de sair em viagem com ele. Para eles, a mulher e os filhos estão sendo mantidos em cárcere privado e que tenha sido forçada a gravar esse vídeo.

 

paraibadebate

 

 

Mulher descobre gravidez de gêmeos na hora do parto em Maternidade de Mamanguape

Um fato inusitado no Hospital Geral de Mamanguape, localizado no Litoral Norte da Paraíba, aconteceu na semana passada, mas só foi divulgado nesta segunda-feira (1). A dona de casa Ana Daniele de Souza, 31 anos, deu entrada na maternidade da unidade saúde na manhã da quinta-feira (27) já em trabalho de parto e, logo após o nascimento da criança, uma menina a quem os pais chamaram de Rebeca, o pequeno Isaac veio ao mundo, surpreendendo a todos, pois a família não fazia ideia de que se tratava de uma gestação gemelar. As crianças nasceram de parto normal, e devem receber alta nos próximos dias.

Como a família não sabia da existência do outro bebê, assim que nasceu, Isaac foi inserido na lista de beneficiados do projeto de humanização Beija-Flor, desenvolvido na unidade hospitalar. Assim, alguns minutos depois, foi providenciado um kit com o material que o pequeno necessitava neste primeiro momento.

Ainda surpresa com a novidade, a mãe Ana Daniele, moradora da Baía da Traição, conta que está bastante feliz por saber que os filhos mais novos estão bem. “Vim para Mamanguape acreditando que teria o quinto filho, uma menina. Foi um susto para mim e para meu marido saber que levaríamos mais uma criança para casa. Os médicos e enfermeiros estão nos ajudando, inclusive com doações para o nosso pequeno, pois só tínhamos roupinhas e enxoval para uma criança, mas, apesar da surpresa, somos gratos por esse presente”, contou a mãe dos gêmeos.

 

clickpb