Arquivo da tag: muito

Tomar muito antibiótico aumenta as chances de engordar

Fábio Pozzebom/Agência Brasil
Fábio Pozzebom/Agência Brasil

Qual é a sua relação com o antibiótico? Você sempre segue a orientação do seu médico na hora de tomar? Ou é daqueles que suspende a medicação assim que se sente melhor? E será que o uso excessivo de antibiótico engorda? O Bem Estar desta quinta-feira (29) também mostrou como funciona o nosso intestino. Participaram do programa o cirurgião do aparelho digestivo Fabio Atuí e a infectologista Rosana Richtmann.

Você sabia que quem toma muito antibiótico tem mais chance de engordar? Pois é! Por isso, é preciso muito cuidado na hora de se automedicar ou não seguir a prescrição médica.

E sabe qual a explicação? Os antibióticos também agem no intestino e podem modificar a microbiota. Algumas bactérias têm funções que ajudam no metabolismo, como a absorção de gorduras e regulação do peso. Quando elas são mortas, as funções são prejudicas e pode levar o ganho de peso.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os antibióticos matam tanto as bactérias ruins, quanto as boas. Por isso, o paciente precisa fazer o tratamento completo, sem parar no meio.De acordo com a nossa consultora Ana Escobar, se você interrompe o tratamento antes da hora, a bactéria vai aprender a lidar com o antibiótico e vai voltar mais poderosa. “As bactérias aprendem como o antibiótico funciona, quando ele foi tomado errado e ficam cada vez mais resistentes.”

E se engana quem pensa que só é preciso respeitar o período determinado pelo médico. Os erros mais comuns de quem toma antibiótico, de acordo com a infectologista Rosana Richtmann são: começar o tratamento, melhorar e parar; não tomar no intervalo correto; guardar o antibiótico e se automedicar, sem procurar orientação. O horário entre uma dose e outra deve ser seguido à risca. Assim, o paciente garante que o antibiótico permaneça no sangue 24 horas para matar as bactérias.

Chikungunya
O programa desta quinta-feira também falou sobre a febre chikungunya. A febre é transmitida pelo menos mosquito da dengue, o Aedes aegypti. Porém, as doenças não são iguais. Na dengue, a população já tem anticorpos produzidos, o mesmo indivíduo pode ter quatro vezes, em 10-14 dias a pessoa está curada, a dor mais forte é muscular e é mais letal que a chikungunya, mas já tem uma vacina sendo feita.

Já na chikungunya, a população está totalmente virgem de proteção, o indivíduo só pode ter uma vez, a doença pode se arrastar por até um ano, a dor é mais forte nas articulações e é menos letal que a dengue.

G1

Kardec agradece Palmeiras, mas diz: “Estou muito feliz nessa nova casa”

Alan Kardec na chegada ao São Paulo  (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Alan Kardec na chegada ao São Paulo
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Depois um complicada negociação, Alan Kardec foi apresentado nesta terça-feira pela manhã, no CT da Barra Funda, como reforço do São Paulo. O atacante vestiu a camisa 14, número que o acompanha há anos, agradecendo o Palmeiras, mas querendo deixar no passado toda a confusão que marcou a saída dele do Palestra Itália.

– Estou muito feliz e grato com essa oportunidade. Farei sempre meu trabalho com humildade e fazendo o melhor pelo grupo. Isso se tornou uma novela. É algo que não explico em dois minutos. Aconteceu algo grande, mas ficou no passado, tenho de olhar para frente e reconhecer tudo aquilo que me proporcionaram. Fico muito feliz pela oportunidade que tive no Palmeiras, junto dos torcedores, mas ficou para trás. Estou muito feliz nessa nova casa – afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Kardec desembarca como a primeira contratação da gestão do presidente Carlos Miguel Aidar. Assim que assumiu, o mandatário disse que uma grande contratação estava próxima do Morumbi, mas tentou manter a transação em sigilo. O Tricolor desembolsou € 4,5 milhões (R$ 14 milhões) para comprar os direitos dele do Benfica. O jogador receberá R$ 300 mil mensais, com aumentos programados com o passar dos quatro anos de contrato.

– É desnecessário apresentar, todos conhecem o Kardec. É um excepcional atleta profissional, competente, respeitado, educado, uma figura que vai engrandecer o São Paulo. Espero que ele tenha aqui uma alegria permanente e que a passagem pelo clube dure muitos anos – disse Aidar.

O atacante, artilheiro do último Campeonato Paulista, esteve bem próximo de permanecer no São Paulo. O Verdão chegou a acertar a compra dos direitos, mas esbarrou em uma briga sobre os salários. Uma diferença de apenas R$ 5 mil entre o que o jogador queria e o clube oferecia irritou o pai do atleta. Sem acordo, ele decidiu abrir negociações com o Tricolor – o Corinthians também o procurou, porém, as conversas não avançaram.

Alan Kardec São Paulo (Foto: Marcos Ríbolli)Alan Kardec usará no Tricolor o mesmo número 14 que vestia no rival Palmeiras (Foto: Marcos Ríbolli)

 

– Eu não queria falar por ser antiético, mas são duas verdades. Cada um tem seu interesse. Quando meu pai se sentiu que estava sendo “agredido”, ele começou a rebater. Ele nunca quis colocar a instituição abaixo. Ele só tentou defender os meus interesses. Se ele não falasse, seria eu. Talvez, não foi como as pessoas esperavam, mas uma proposta do São Paulo valoriza seu trabalho, é o reconhecimento. Fiquei muito feliz. O elenco (do Tricolor) tem condições de lutar por grandes títulos. Ter jogadores respeitados assim dá muito valor.

 

 

Por 

Nobel de Economia, Paul Krugman, diz que Brasil não é mais vulnerável há muito tempo

paul-krugmanA ex-deputada estadual Nadja Palitot declarou, nesta terça-feira (18) que o adiamento do encontro Partido dos Trabalhadores (PT) não muda sua pré-candidatura ao Governo do Estado nas eleições 2014. Ontem, o presidente estadual do PT, Charlinton Machado, anunciou que a reunião petista, que ocorreria no próximo dia 22 de março, só será realizado no dia 12 de abril.

“O adiamento da reunião não mudou em nada a minha pré-candidatura, continuo sendo o nome do PT para a disputa ao Governo do Estado. Esse adiamento foi bom, pois precisamos saber qual postura o PMDB irá adotar nacionalmente, se fica ao lado do PT ou não”, explicou Nadja Palitot.

Um dos motivos do adiamento é a relação nacional entre PT e PMDB, e com isso, continua colocada a pré-candidatura da ex-deputada estadual Nadja Palitot para o Governo do Estado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
A ex-deputada, que integra o quadro de secretários da Prefeitura de João Pessoa como coordenadora do Procon Municipal, enfatizou que o PT pode fazer muito pela Paraíba.

“Estamos fazendo um ótimo trabalho na Capital paraibana. Somos uma administração diferente, todas as nossas ações são pensadas nas pessoas, na melhoria da qualidade de vida da população da nossa cidade. Em praticamente um ano e meio, a gestão petista ampliou os investimentos na Saúde, aumentando as USF para melhorar o atendimento, colocou famílias em moradias dignas, beneficiando 46.500 pessoas. Não podemos esquecer da nomeação dos 743 agentes de saúde, que esperavam há mais de uma década o cumprimento da lei e agora eles e suas famílias podem dormir tranquilos, pois não existe mais o medo de serem demitidos da noite para o dia, como aconteceu na gestão do PSB”.

Nadja também acrescentou que, mesmo não sendo um papel obrigatório da Prefeitura, Luciano Cartaxo demonstra preocupação com a segurança pública, e além de nomear mais 250 guardas municipais, adquiriu equipamentos que irão auxiliar no trabalho da segurança preventiva.

“A educação também não deve ser esquecida. As mães de João Pessoa poderão contar com mais 44 Creis, que estão sendo construídos com todo o cuidado para receber os seus filhos. São tantas coisas que estamos conseguindo fazer em João Pessoa, e por qual motivo não poderemos fazer pela Paraíba? Precisamos apenas que a população acredite que é possível fazer diferente, e que o nosso Estado merece algo novo. Nós paraibanos merecemos uma gestão que pense nas pessoas com o cuidado que elas merecem”, destacou a pré-candidata.

MaisPB

com assessoria de Nadja Palitot

RC não vê fala de Cássio como críticas, mas avisa: “Se disser eu respondo e mostro que a PB está muito melhor”

ricardo_coutinhoOntem durante a abertura dos trabalhos legislativos na Assembleia Legislativa da Paraíba, a presença do governador Ricardo Coutinho (PSB) para ler a mensagem causou euforia na imprensa, que aproveitou o momento para ‘cutucar’ o chefe do executivo sobre a relação com o tucano Cássio Cunha Lima (PSDB).

Na ocasião, um dos repórteres indagou o chefe do executivo sobre as recentes ‘observações’ do senador Cássio, que lembrou que alguns pontos da carta programa do PSB ainda não tinham sido executados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ricardo disse que não via a fala de Cássio como críticas e destacou que tal interpretação pertencia a alguns setores da oposição que viam as observações do tucano como críticas. Apesar da explicação, Ricardo não deixou o tucano sem resposta e avisou:

“Eu não vi quais foram essas críticas, o que sei é que estou trabalhando muito e se disser quais são as criticas eu respondo uma a uma e mostro que a Paraíba está muito melhor, seja em 2014 ou em qualquer outro ano”.

Já no discurso na tribuna da ALPB, que durou cerca de 1 hora, Ricardo enumerou obras realizadas nos últimos anos, destacando que de fato muito vem sendo feito pela Paraíba. O governador destacou algumas de suas ações ao longo dos três anos de gestão, dentre elas a recuperação financeira do Estado, que tinha uma dívida de R$ 1.342 bilhão e, hoje, estaria com R$ 142 milhões em caixa, levando em conta os recursos do Fundeb.

Ricardo Coutinho também citou os avanços na saúde, com a construção, reforma e ampliação das unidades de saúde, aumento nos leitos e na capacidade de atendimento. O governador também destacou a questão da segurança pública, que estaria colhendo números positivos nos últimos anos.

Márcia Dias

PB Agora