Arquivo da tag: morto

Carro de empresário morto em apartamento é encontrado em matagal na Grande João Pessoa

O carro do empresário Aldeone Antunes, encontrado morto no apartamento em que morava no bairro João Paulo II em João Pessoa, foi encontrado abandonado na tarde desta quinta-feira (19) em uma área conhecida como Mumbaba, entre o bairro das Indústrias, em João Pessoa, e o município de Santa Rita.

O carro do modelo Ford Ecosport, de cor vermelha, placa OGA-1302, foi achado em uma área de matagal, segundo informações da Polícia Civil. O carro foi encontrado por moradores da área, que acionaram a Polícia Militar e em seguida a Polícia Civil. O delegado Tércio Chaves, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de João Pessoa, explicou que o veículo estava com os pneus baixos e sinais de incêndio.

“Há marcas de fogo que mostram que tentaram incendiar o carro, mas não conseguiram. O fogo se apagou logo”, explicou. Ao redor do carro vários objetos, incluindo roupas com marcas de sangue, estavam espalhados. O carro e outros objetos foram levados após a morte do empresário, fato que levou a investigação a entender que o crime se tratava de latrocínio.

Peritos criminais foram acionados e coletaram vestígios tanto no local onde o carro foi achado, quanto no próprio veículo. Um laudo técnico a partir dos exames de perícia devem ser divulgado em um prazo máximo de 30 dias, de acordo com a Polícia Civil.

Polícia Civil foi até o local para coletar vestígios no carro do empresário morto em João Pessoa — Foto: Divulgação/Polícia Civil da Paraíba

Polícia Civil foi até o local para coletar vestígios no carro do empresário morto em João Pessoa — Foto: Divulgação/Polícia Civil da Paraíba

Empresário morto

Aldeone Antunes Moreira, de 32 anos, foi encontrado morto na manhã de terça-feira (17) dentro do apartamento em que morava com uma marca de tiro na cabeça. O caso começou a ser investigado depois que amigos da vítima procuraram a polícia, nesta terça, para registrar o desaparecimento. Eles relataram que haviam falado com o empresário no domingo (15) e, desde então, não tiveram mais contato.

No mesmo dia do registro da ocorrência, a polícia foi até o apartamento de Aldeone e encontrou seu corpo em estado de decomposição. A suspeita do delegado que registrou o caso é que o crime tenha ocorrido no domingo ou na segunda-feira (16). Amigos do empresário informaram à polícia que Aldeone Antunes enviou fotos com uma pessoa no domingo (15).

Aldeone Antunes foi achado morto em um apartamento em João Pessoa — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Aldeone Antunes foi achado morto em um apartamento em João Pessoa — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

 

G1

 

 

Casa onde homem foi encontrado morto é incendiada, na Paraíba; suspeito do homicídio é preso

Uma casa onde o corpo de um homem foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (11), no bairro da Palmeira, em Campina Grande, foi incendiada na madrugada desta quinta-feira (12). Segundo a polícia, o corpo da vítima, de 33 anos, foi encontrado esfaqueado e com sinais de enforcamento. O suspeito de cometer o homicídio foi preso na manhã desta quinta-feira (12), em Cajazeiras.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por vizinhos. A rua onde o incêndio aconteceu fica no cruzamento das ruas Desembargador Azevedo e Arquimedes Souto Maior. Ao chegarem no local, por volta das 4h, os bombeiros encontraram a residência em chamas. Após ação o fogo foi contido.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo do homem foi encontrado na tarde desta quarta-feira esfaqueado e com sinais de enforcamento. O crime aconteceu na madrugada e o suspeito seria um amigo da vítima que morava com ele.

O suspeito do crime, de 31 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (12), em Cajazeiras, no Sertão paraibano. De acordo a Polícia Militar, o homem teria fugido no carro da vítima em direção ao Sertão. A polícia identificou a placa do carro e abordou o suspeito. Ele confessou o crime. Com o suspeito foram encontrados o celular e documentos da vítima.

Segundo relato do suspeito à polícia, eles estavam jogando poker quando houve um desentendimento e a vítima tentou esfaqueá-lo. Ele alegou legítima defesa após luta corporal. O homem foi detido e aguarda audiência de custódia na Delegacia Regional de Cajazeiras.

Foto: Mário Aguiar/TV Paraíba

G1

 

Polícia investiga caso de ex-vereador morto a tiros ao sair de missa, em Monteiro, na PB

O ex-vereador da cidade de São João do Tigre, Marcone de Freitas Lemos, de 49 anos, foi morto a tiros no fim da tarde desse domingo (8), na Zona Rural de Monteiro, no Cariri da Paraíba. O caso aconteceu quando a vítima saía de uma missa e foi abordado por uma dupla armada em uma moto.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi atender a ocorrência após o Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu) receber uma ligação para socorrer uma vítima de disparos por arma de fogo no sítio Nova Fazenda.

Ao chegar ao local, testemunhas informaram à polícia que o homem foi morto quando dois homens em um moto se aproximaram no momento em que ele saía de uma igreja junto com a esposa.

A Polícia Militar realizou rondas na região a procura dos suspeitos, mas até o início da manhã desta terça-feira (10) ninguém foi preso. A polícia segue investigando o caso.

G1

 

Policial militar é morto com tiro acidental por outro PM durante ação, em Campina Grande

Um policial militar foi morto com um tiro na cabeça durante uma ação da polícia no início da manhã desta segunda-feira (9), no bairro do Monte Santo, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Militar, o tiro foi disparado acidentalmente por outro PM. Ele ainda foi socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

De acordo com relato dos moradores à TV Paraíba, a polícia foi acionada pela população da região para verificar uma movimentação de três homens que estavam em um carro na rua Olegário Maciel.

Segundo informações da Polícia Militar, ao chegarem no local os policias se depararam com os três jovens que estavam bastante alterados. Durante a abordagem da polícia, houve um disparo acidental da arma de um policial militar, que atingiu a cabeça do outro PM que participava da ocorrência.

Ele ainda foi socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos. Os jovens foram presos e encaminhados para a Central de Polícia de Campina Grande para mais esclarecimentos.

Foto: Mário Aguiar/TV Paraíba

G1

 

Emboscada: homem é morto a tiros de espingarda quando retornava para casa

Ainda é um mistério para a polícia, o assassinato de José Josinaldo dos Santos, 22 anos, O crime aconteceu na manhã deste domingo (25), na zona rural de Gado Bravo, Agreste da Paraíba.

De acordo com informações, a vitima retornava de carro com um amigo de uma festa do Sítio Chã de Ze Polônio, quando foi surpreendido por vários elementos que estavam em outro veiculo e já chegaram atirando.

O amigo de 17 anos que não foi atingido, disse a Policia que os indivíduos estavam com espingardas calibre 12 e já chegaram atirando em Grilinho, como era conhecido o jovem. Ele ainda foi socorrido para o Hospital de Queimadas, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu ao dar entrada naquela unidade Hospitalar.

O crime está sendo Investigado pela Delegacia de Queimadas, que atendeu a ocorrência.

 

paraiba.com.br

 

 

Homem suspeito de agredir enteado de 2 anos é morto a tiros em Rio Tinto, Litoral Norte da PB

O homem suspeito de agredir o enteado de 2 anos, em Rio Tinto, no Litoral Norte da Paraíba, foi morto a tiros na manhã deste sábado (24). De acordo com a Polícia Militar, Jailson Joaquim, de 28 anos, foi assassinado na frente da casa da mãe dele. Ele foi atingido por três tiros e morreu ainda no local.

De acordo com a Polícia Militar, Jailson Joaquim era suspeito de agredir o enteado de 2 anos. A mãe do menino, uma adolescente de 17 anos, companheira de Jailson, também era suspeita das agressões cometidas contra a criança.

Na manhã deste sábado, quando estava na frente da casa da mãe dele, Jailson foi assassinado a tiros. Conforme a polícia, ainda não se sabe se o homem foi morto por um ou mais suspeitos e que a Polícia Civil investiga se a morte dele tem relação com às agressões cometidas contra a criança.

Menino deu entrada no hospital pela 2ª vez

No dia 20 de agosto deste ano, o menino de 2 anos deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, pela segunda vez, com hematomas que teriam sido causados pelas agressões.

O avô materno da criança contou à assessoria de imprensa da unidade de saúde que foi chamado pela filha para levar a criança para um hospital. A adolescente disse ao pai dela que o filho havia sido picado por abelhas.

No entanto, no Hospital Municipal do Valentina, em João Pessoa, a equipe identificou que não se tratavam de picadas, mas de agressões, e encaminhou a criança para o Hospital de Trauma.

Mãe do menino foi detida

O Conselho Tutelar de Rio Tinto e a Polícia Militar foram acionados. A PM informou que, após ser detida, a mãe da criança afirmou que apenas ela havia batido no menino, porque ele a desobedeceu e a respondeu. O padrasto da criança havia fugiu do local.

O Conselho Tutelar de Rio Tinto declarou que acompanha a situação desde o dia 15 de agosto, quando foi comunicado sobre a primeira entrada da criança no Hospital de Trauma de João Pessoa. Pontuou ainda que, como não existem casas de acolhimento no município, foi estabelecido que, depois da alta médica, o menino ficaria com os avós.

Um relatório foi feito, um procedimento foi aberto e a Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba foram acionados. O Conselho salientou que acreditava que a criança estava com os avós e que segue acompanhando o caso.

G1

 

Homem é morto com mais de dez tiros dentro de casa, em Bayeux, na PB

Um homem foi morto com mais de dez tiros, na noite desta quinta-feira (22), quando estava dentro de casa, no município de Bayeux, na Grande João Pessoa. Antônio Pereira tinha 30 anos e estava com a esposa no momento do crime.

De acordo com a Polícia Militar, o casal estava na cozinha da residência. A porta estava aberta quando um homem entrou já atirando contra a vítima. Treze disparos atingiram o corpo da vítima.

O suspeito, após efetuar os disparos, fugiu. Há câmeras de segurança em uma casa na rua onde o crime aconteceu, mas de acordo com a polícia, elas não estavam funcionando.

Segundo a polícia, a vítima não tinha nenhum envolvimento com o crime. Até o início da manhã desta sexta-feira (23), o suspeito não foi localizado.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

G1

 

Motociclista morto em acidente na BR-230 voltava do velório da avó

O motociclista de 39 anos que faleceu em um acidente no km 27 da BR-230 na manhã desta quinta-feira (22) em João Pessoa, voltava do velório da avó. Ele estava sozinho no veículo e familiares contaram que pediram para ele viajar de carro, mas que o homem insistiu em viajar de moto.

Os familiares disseram que ele passou a noite de terça para quarta acordado no velório da avó em Belém de Caiçara, a 123 km de João Pessoa. O enterro aconteceu na tarde desta quarta e o homem teria dado apenas um cochilo antes de vir para a Capital. Ele morava no Jacaré, em Cabedelo, e deixa esposa e dois filhos.

A segunda vítima, que sofreu escoriações, seguia para o trabalho.

De acordo com a apuração do repórter Flávio Fernandes, o jovem seguia em alta velocidade no sentido João Pessoa-Cabedelo e estaria trafegando no corredor em meio aos veículos quando bateu em um caminhão tanque que seguia na faixa da esquerda. Ao tocar o veículo maior, o motociclista puxou para a direita e colidiu com a segunda motocicleta. Os dois caíram no asfalto e a vítima fatal foi atropelada por um caminhão caçamba que vinha logo atrás.

Com o violência do impacto, os órgãos do homem ficaram espalhados pela rodovia e ele teve morte instantânea. A segunda vítima conseguiu ir para o acostamento e não se feriu gravemente.

 

Foto: Flávio Fernandes/ Paraíba.com.br

Marília Domingues / Flávio Fernandes

 

 

Mulher desaparece e ex-companheiro dela é encontrado morto em Quixaba

Uma mulher está desaparecida desde a última quinta-feira (15), no município de Quixaba, no Sertão paraibano. De acordo com o delegado Galdêncio Neto, responsável pelo caso, a família da vítima registrou o desaparecimento dela na Polícia Civil e, um dia após o desaparecimento da mulher, o ex-companheiro dela foi encontrado morto.

Conforme o delegado, as primeiras investigações da polícia apontaram que o motorista Jozinaldo Queiroga da Costa, de 33 anos, ex-companheiro da mulher, teria ido buscá-la no trabalho, na quinta-feira (15). Depois disso, Maria da Conceição, de 32 anos, conhecida como “Ceiça”, não retornou para casa.

Um dia depois, na sexta-feira (16), a polícia encontrou Jozinaldo Queiroga morto. Segundo o delegado, o corpo do homem foi encontrado em uma casa abandonada no sítio Desterro, zona rural da cidade. A polícia acredita que ele se matou.

“Ela [Maria da Conceição] foi vista com ele na zona rural da cidade. A casa onde o corpo dele foi encontrado está abandonada. Ao chegar no local, encontramos ele enforcado na lateral da casa, no alpendre da residência. A polícia fez buscas na propriedade, mas não havia nenhum sinal de que ela esteve lá com ele”, informou o delegado à TV Paraíba, na manhã desta segunda-feira (19).

Família recebeu mensagens

A família de Maria da Conceição mora no bairro Monte Castelo, na cidade de Patos, também no Sertão paraibano. Ainda de acordo com o delegado Galdêncio Neto, a família recebeu mensagens anônimas do possível paradeiro da mulher, mas as investigações da polícia não confirmaram as informações.

“Nós recebemos informações de que o corpo da mulher estaria embaixo de uma ponte, no caminho entre Quixaba e Serra Negra, mas até então não encontramos nada. O aparelho do ex-companheiro dela foi encontrado pela polícia, mas estava bloqueado, então encaminhados para a perícia em João Pessoa”, explicou o delegado.

A Polícia Civil continua as investigações e pede o apoio da população, através do 197, para qualquer informação que ajude a localizar Maria da Conceição. “Já recebemos diversas mensagens apontando o paradeiro dela, mas nenhuma informação foi concretizada”, finalizou o delegado.

G1

 

Homem é encontrado morto na Praia do Seixas

Um homem foi encontrado morto na manhã deste domingo (11), na Praia do Seixas, litoral de João Pessoa.

A vítima ainda não foi identificada. De acordo com a polícia, um homem encontrou o cadáver enquanto passava no local e acionou o Corpo de Bombeiros.

Equipes foram enviadas para resgate, e ao chegar no local constataram o óbito.

O corpo será encaminhado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (GEMOL) de João Pessoa.

O caso será investigado e exames serão feitos para identificar causa da morte.

 

clickpb