Arquivo da tag: morto

Homem é morto a tiros e esposa grávida de 6 meses é baleada nesta madrugada em João Pessoa

Um homem de 27 anos foi morto a tiros e a esposa, grávida de 6 meses, foi baleada durante a madrugada deste sábado (4), no bairro Costa e Silva, em João Pessoa.

De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta de 0h30. O casal caminhava na rua quando foi abordado por dois homens em uma moto. Os criminosos tiraram a mulher de perto do marido antes de começar a atirar nele, mas ainda assim ela foi atingida por um tiro de raspão na cabeça.

O homem, identificado como Valdeci Freire de Castro Filho, morreu no local após sofrer dois tiros nas costas e um tórax. Já a mulher, foi socorrida por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. O estado de saúde dela não foi informado.

A polícia ainda não tem informações sobre a motivação ou a autoria do crime.

 

clickpb

 

 

Acidente entre moto e carro deixa idoso morto em rodovia que liga Sertãozinho e Duas Estradas, PB

Um idoso de 63 anos morreu após um acidente entre uma motocicleta e um carro na rodovia PB 085, no trecho conhecido como curva da Serra Limpa, entre as cidades de Sertãozinho e Duas Estradas, no Agreste paraibano. O acidente aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (08).

De acordo com informações, o motociclista identificado como Pedro Cardoso perdeu o controle de sua motocicleta e invadiu a pista contrária, atingindo um veículo que seguia em sentido oposto. Ainda de acordo com informações, com o impacto da colisão, o motociclista não resistiu e veio a óbito no local.

O motorista do veículo, o advogado e procurador do município de Belém, Marcelo Matias, ficou no local e prestou socorro a vítima.

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área para investigar as causas do acidente.

portaldobrejo

 

Homossexual é morto a tiros por encapuzados em Barra de Santa Rosa

O crime aconteceu por volta das 14 horas deste sábado dia 6 de junho, na cidade de Barra de Santa Rosa na Paraíba. 

Informações colhidas com a polícia militar dão conta que Marivaldo Matino Nunes, mais conhecido por todos como ‘Keila’, estava em frente à sua casa no centro da cidade, quando dois homens encapuzados chegaram em uma moto e o garupa já chegou disparando diversas vezes contra a vítima que mesmo baleada ainda correu para dentro da casa, mas devido os disparos, principalmente na cabeça ‘Keila’ não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após o crime os autores fugiram e não foram mais vistos. Policiais militares chegaram ao local do crime e isolaram a área.  A perícia técnica foi acionada para o trabalho de praxe e encaminhar o corpo para o IML em Campina Grande, onde será necropsiado e em seguida liberado para o sepultamento.

As motivações do crime, ainda são desconhecidas e a polícia civil irá investigar o caso.

 

diariodocurimatau

 

 

Homem é encontrado morto dentro de carro em estacionamento de hospital

Na manhã desta sexta-feira, dia 29, um homem foi encontrado morto dentro de um carro em um estacionamento do Hospital Edson Ramalho, em João Pessoa.

De acordo com informações o homem procurou atendimento médico na unidade hospitalar, nessa quinta-feira, 28, não esperou o atendimento e saiu do hospital.

Hoje um taxista encontrou o corpo dentro do veículo.

PB Agora

 

 

Acidente próximo a Belém deixa homem morto

Um acidente por volta das 18:30min deste sábado (23) na PB 073 próximo ao Bar Real em Belém, agreste Paraibano, deixou uma vítima fatal.

Conforme as informações, um homem em uma motocicleta atropelou a vítima por nome de Zezinho Pelim e em seguida se evadiu do local sem prestar socorro, a vítima chegou a ser atendida pelo SAMU de Belém, mas o mesmo teve uma parada cardiorrespiratória e veio a óbito.

Zezinho tem sua família em Serra da Raíz inclusive seus pais, ele é bastante conhecido na cidade.

 

blogdofelipesilva

 

 

Empresário morto por esposa na Paraíba recebeu primeiro tiro de costas, diz advogado

Um dos laudos do inquérito que investiga a morte do empresário Elton Pessoa, assassinado a tiros pela esposa, a também empresária Taciana Ribeiro Coutinho, que foi divulgado nesta quinta-feira (7) pelo advogado da família de Elton, confirma que a vítima foi atingida pelo primeiro disparo quando ele estava de costas. Ainda de acordo com o documento pericial, ele foi atingido por quatro tiros no total, o último deles na cabeça, quando estava apoiado em apenas uma das pernas.

Elton Pessoa foi morto a tiros, na tarde do dia 10 de abril, na fazenda onde estava isolado com a família, em Sapé, devido à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O corpo do empresário Helton Pessoa foi enterrado no fim da tarde do dia 11 de abril, no município de Arara, no Agreste paraibano.

G1 tentou entrar em contato com o delegado que preside o inquérito, Reinaldo Nóbrega, mas as ligações não foram atendidas.

De acordo com a defesa da família de Elton Pessoa, o advogado Daniel Alisson, essas informações não correspondem às prestadas pela suspeita de ter matado o empresário. Ele conta que o fato do primeiro tiro ter sido disparado contra Elton quando ele ainda estava dentro do box do banheiro, de costas, contraria a versão de que o disparo só foi efetuado por Taciana como legítima defesa, somente após o então companheiro abrir o box e fazer ameaça de morte.

Taciana Ribeiro Coutinho é suspeita de matar o marido, em Sapé, na Paraíba — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Taciana Ribeiro Coutinho é suspeita de matar o marido, em Sapé, na Paraíba — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

“Tendo em vista os fatos levantados pela perícia, demonstrou-se que Helton foi assassinado com requintes de crueldade, pelas costas, sem possibilidade de defesa, nem prestação de socorro e que o real interesse da empresária era executar seu companheiro, devido o ‘tiro de misericórdia’ efetuado na cabeça da vítima”, comentou o advogado da família da vítima.

Ainda de acordo com o advogado da família da vítima, o documento do Instituto de Polícia Científica mostra também que na cena do crime não havia vestígios de luta corporal entre a vítima e a suspeita.

“Ao todo foram efetuados contra a vítima quatro disparos, sendo três deles nos membros inferiores e o último na cabeça que fez com que a vítima viesse ao solo. Restando claro, mais uma vez que Taciana mentiu em seu depoimento ao dizer que no primeiro disparo Elton caiu”, rebateu Daniel Alisson.

Arma usada no crime passou por exames periciais do Instituto de Polícia Científica da Paraíba  — Foto: Divulgação

Arma usada no crime passou por exames periciais do Instituto de Polícia Científica da Paraíba — Foto: Divulgação

O advogado de Taciana Ribeiro Coutinho, Genival Matias Filho, explicou que ainda não tinha tido acesso ao laudo cadavérico e que por isso não teria como comentar detalhes do documento nesta quinta-feira (7). “Vou acessar esse laudo nesta sexta-feira (8) e só assim poderei tecer algum comentário”, explicou.

A empresária suspeita de matar o marido a tiros na fazenda Zumbi, em Sapé, foi presa e interrogada pela Polícia Civil, no dia 11 de abril. Os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra Taciana Ribeiro Coutinho. No entanto, a medida foi convertida em prisão domiciliar. Durante depoimento, ela alegou legítima defesa.

G1

 

Homem mata companheira com foice e é morto a tiros pelo irmão, no Sertão da Paraíba, diz polícia

Um homem de 48 anos é suspeito de ter assassinado a companheira de 45 anos com golpes de foice, na tarde desta terça-feira (21), em Cachoeira dos Índios, município do Sertão da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, após cometer o crime, ele teria sido morto a tidos pelo próprio irmão.

Ainda conforme a polícia, o homem suspeito de matar a companheira tinha problemas mentais. Após assassinar a vítima, ele teria ido até a casa da mãe para cometer novos crimes. O irmão teria atirado contra ele para proteger a família.

O homem que atirou contra o irmão fugiu do local em que o crime aconteceu. Ele ainda não foi detido. Uma perícia foi realizada nos locais em que os crimes aconteceram. O corpo das vítimas foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Cajazeiras, também no Sertão do estado.

G1

 

Detento é encontrado morto dentro da carceragem da Central de Polícia

Um homem preso suspeito de tentar assaltar casas no bairro do Bessa, em João Pessoa, foi encontrado morto dentro da carceragem da Central de Polícia Civil da capital nesta terça-feira (15). O suspeito estava sem documentos e não foi identificado.

A prisão dele aconteceu também nesta terça-feira. Ele foi detido pela população até a chegada da Polícia Militar, que o encaminhou para a Central de Flagrantes, onde passou mal.

O Samu esteve no local e constatou o óbito. De acordo com o perito Sérgio Maia, o detento não apresentava lesão aparente, mas possuía um cogumelo de espuma na boca, o que, segundo ele, pode caracterizar infarto ou overdose.

G1

 

Jovem é morto a tiros e pedradas na frente da companheira grávida em JP

Um jovem foi morto a tiros e pedradas na Comunidade Riachinho, no bairro Treze de Maio, em João Pessoa, nesta segunda-feira (30).

Ele estava em uma motocicleta com a companheira, que está grávida de três meses, no bagageiro quando foi abordado por pessoas que mandaram ela descer e correr.

O jovem foi atingido por vários tiros e pedradas na cabeça e os suspeitos fugiram em seguida.

Ainda não há informações a respeito da autoria e motivação do crime.

Marília Domingues/Marcos Antônio (Águia)

 

 

Namorada de estudante da UFPB morto a tiros não é vista desde o dia 16

A namorada de Clayton Tomaz, o Alph, estudante da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que foi encontrado morto no dia 17 de fevereiro de 2020, conhecida como Selena Foxx, não é vista pelos familiares e amigos desde o dia 16 de fevereiro.

A última publicação feita por Selena nas redes sociais foi no mesmo dia e ela cobrou investigações sobre o desaparecimento de Alph.

A polícia foi procurada e o desaparecimento de Selena registrado.

Os amigos e familiares estão  fazendo um apelo pelas redes sociais.

PB Agora