Arquivo da tag: mortas

Duas jovens são mortas no Beco do Amor na cidade de Catolé do Rocha

A violência segue sem controle na cidade de Catolé do Rocha, sertão da Paraíba. No início da tarde de hoje (4), por volta das 13h, foi registrado mais uma cena de sangue em dose dupla. Duas mulheres identificadas como por Andreza Vieira Rosendo, 17 anos, e Maria Rosalinda Farias de Oliveira, 18 anos, ambas residentes na Rua Manoel Pedro, Centro desta cidade, foram executadas a tiros de pistola, na localidade Beco do Amor, que fica nas proximidades do Matadouro Público, no bairro Santa Clara, zona oeste de Catolé do Rocha.

De acordo com informações da Polícia Militar, que foi acionada e de imediato compareceu ao local, desconhecidos chegaram e surpreenderam as duas mulheres com disparos de pistola, que tiveram morte instantânea.

A Polícia Militar também confirmou para nossa reportagem, que no local do duplo homicídio foram encontradas cápsulas de pistola ponto 380.

Há exatos 06 dias, o jovem identificado por José Bezerra da Silva, de 31 anos, foi alvejado a bala neste mesmo ‘Beco do Amor’ e morreu ao dá entrada no setor de urgência do Hospital regional de Catolé do Rocha (PB).

A autoria e motivação do crime seguem desconhecidas.

Com mais estes dois assassinatos, o município de Catolé do Rocha chega a um total de 12 homicídios somente nestes primeiros quatro meses de 2020.

Fonte: Patos Online

 

 

Duas mulheres são mortas a tiros em praça de Catolé do Rocha

Duas mulheres foram mortas a tiros na noite desta terça-feira (7), na Praça da Prefeitura, no Centro de Catolé do Rocha.

De acordo com informações iniciais, as vítimas estavam no local quando foram surpreendidas e alvejadas com disparos de arma de fogo.

Não há informações de quem teria cometido o crime.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e se dirigiu até o local.

 

clickpb

 

 

Paraíba tem 5ª menor taxa de pessoas mortas por policiais no primeiro semestre de 2019

A Paraíba é o quinto estado com menor taxa de pessoas que foram assassinadas por policiais nos primeiros seis meses de 2019. Os dados são do Monitor da Violência, um levantamento exclusivo feito pelo G1com base nos dados oficiais de 25 estados e do Distrito Federal.

No primeiro semestre de 2019, 17 pessoas foram assassinadas por policiais. A taxa por 100 mil habitantes é de 0,4, a mesma, a mesma de Tocantins. Além de Tocantins, a Paraíba ficou a frente de Minas Gerais (0,3), Pernambuco (0,3) e Distrito Federal (0,2). A taxa do estado é menor do que a nacional, que ficou em 1,4.

Em relação aos policiais mortos nos seis primeiros meses de 2019, a Paraíba apresenta uma taxa de 0,1. Em números absolutos, apenas um policial foi assassinado nesse período. Entre os estados que registraram mortes, a Paraíba, junto ao Piauí, tem o menor número.

Em relação a todo o ano de 2018, a posição ocupada pela Paraíba no ranking nacional permaneceu a mesma. A taxa da Paraíba em 2019 foi a 5ª menor do Brasil, mas atingindo o número de 0,7 por cem mil habitantes.

Em números reais o monitor mostrou que foram 29 casos de pessoas assassinadas por policiais na Paraíba, em todo ano de 2018. O levantamento também mostra que em 2018 três policiais foram mortos na Paraíba, deixando o estado com a 12ª menor taxa (0,2) de policiais assassinados em serviço, ou fora de serviço.

Foto: Diogo Almeida/G1

G1

 

Colisão entre três motos deixa três pessoas mortas e duas feridas em Ingá

Um acidente envolvendo três motos deixou três pessoas mortas e duas feridas na tarde deste domingo (14), na PB-090, que liga os municípios de Ingá e Itatuba, na Paraíba. Um casal de agricultores seguia na rodovia quando foram surpreendidos pelas duas motos que invadiram a faixa contrária.

A polícia suspeita que as motos estavam disputando uma corrida ilegal e provocaram o acidente.

A Polícia Militar e o Samu foram acionados. Ao chegarem ao local constataram o óbito do casal e socorreram as três vítimas em estado grave para o Hospital de Trauma de Campina Grande. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital um dos feridos, um adolescente chegou no hospital em óbito.

Já Jozumario Rodrigues da Silva encontra-se em estado grave e o outro adolescente de 16 anos tem estado de saúde considerado estável.

De acordo com informações o casal fazia a rota todos os dias pois tinham um roçado bem próximo ao local do acidente e costumavam alimentar os animais no final da tarde.

Uma perícia vai investigar as causas do acidente.

 

clickpb

 

 

Sobe para sete o número de crianças mortas no incêndio da creche em Janaúba

Sobe para sete o número de crianças mortas no incêndio da creche em Janaúba, região norte de Minas. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, Cecília Davina Gonçalves Dias e Yasmin Medeiros Salvino, ambas de quatro anos, faleceram na tarde desta sexta-feira, 6, no hospital em que estavam internadas em Montes Claros, também na região norte do estado. O total de mortos na tragédia, agora, é de nove. Sete crianças, uma professora e o vigia da creche, que provocou o incêndio na creche.

Sobe para seis o número de crianças mortas no incêndio da creche em Janaúba: Entre a noite de quinta a manhã desta sexta, 11 crianças vítimas do incêndio foram levadas para Belo Horizonte© Fredsom Souza/Estadão Entre a noite de quinta a manhã desta sexta, 11 crianças vítimas do incêndio foram levadas para Belo Horizonte  

Na manhã desta sexta-feira, 6, em Belo Horizonte, três crianças atingidas pelo fogo e levadas para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, foram transferidas para o Hospital Municipal Odilon Behrens, também na capital.

A assessoria do pronto-socorro, referência em queimados, não informou se a ida para outro local de tratamento ocorreu por melhora no quadro clínico dos pacientes. Os bombeiros elevaram para 43 o total de feridos, conta feita ants do falecimento de Cecília. Conforme a corporação, houve mais procura por atendimento médico em Janaúba durante a madrugada.

Entre a noite de quinta a manhã desta sexta, 11 crianças vítimas do incêndio foram levadas para Belo Horizonte. Todas em estado grave, com queimaduras entre 10% e 80% do corpo, e nas vias aéreas. As crianças transferidas para o hospital municipal têm três anos. Entre os pacientes que permanecem no João XXIII, oito têm cinco anos e um tem quatro anos. Outras duas vítimas, ambas professoras da creche, chegaram há pouco a Belo Horizonte.

O incêndio na creche, conforme investigações da Polícia Civil, foi provocado pelo vigia da instituição, Damião Soares dos Santos, de 50 anos, que antes teria jogado líquido inflamável nas crianças e no corpo.

Quatro alunos morreram imediatamente após o ataque. Uma professora, outra criança e o autor do crime faleceram depois de internadas no hospital de Janaúba. Ainda segundo as investigações, o crime foi premeditado. Galões com combustível foram encontrados na casa do vigia. Damião também teria dito a familiares que “daria um presente a todos, se matando em breve”.

Risco de morte

Em entrevista coletiva mais cedo, antes da confirmação da morte das meninas, o diretor do Hospital Regional de Janaúba Helvécio Campos de Albuquerque havia dito que as 13 vítimas internadas no hospital João XXIII, em Belo Horizonte, ainda estavam em estado gravíssimo e corriam sério risco de morrer. Além dessas pessoas, as meninas Cecília e Yasmin, que estavam internada em Montes Claros, também tinham o mesmo diagnóstico.

Os corpos das vítimas começaram a ser velados por familiares, em casa, na noite de quinta-feira. Os enterros ocorrem separadamente no cemitério da cidade.

Estadão

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Sobe para 6 número de crianças mortas após vigia atear fogo em creche de Janaúba (MG); professora também morre

Mais duas crianças morreram na noite desta quinta-feira (5) depois de terem sido queimadas em uma creche de Janaúba, no Norte do Minas Gerais. Assim, sobe para seis o número de alunos mortos.

Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, os dois, um menino e uma menina, estavam sendo transportados de Janaúba para Montes Claros. Ambos tinham quatro anos de idade. Os nomes ainda não foram divulgados.

A creche em que eles estavam foi incendiada pelo vigia noturno Damião Soares dos Santos, de 50 anos, segundo a polícia. Ele também morreu horas depois.

Também na noite desta quinta morreu, em Janaúba, a professora Helley Abreu Batista, de 43 anos. Ela estava com 90% do corpo queimado após ter sido atingida pelo fogo. A informação da morte foi dada por Ricardo Tolentino, diretor da Fundação Hospitalar de Janaúba, onde ela estava internada.

Segundo o Instituto Médico-Legal da cidade, também morreram no ataque:

  • Ana Clara Ferreira Silva, 4 anos
  • Luiz Davi Carlos Rodrigues, 4 anos
  • Juan Pablo Cruz dos Santos, 4 anos
  • Juan Miguel Soares Silva, 4 anos

Outras 24 pessoas seguem internadas, 21 das quais crianças, segundo o Corpo de Bombeiros.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Governo cria regras para recuperar R$ 600 milhões pagos a pessoas mortas

Uma MP (Medida Provisória) publicada nesta terça-feira (25) determina a recuperação de cerca de R$ 600 milhões em salários e benefícios pagos indevidamente pela União a pessoas mortas.

Além dessa estimativa do que já foi pago sem necessidade até agora, a expectativa é que outros R$ 55 milhões que são depositados todos os meses indevidamente passem a voltar para os cofres públicos com a medida.

A medida faz parte do esforço do governo em reduzir as despesas e elevar as receitas, fechando o Orçamento de 2017 sem necessidade de mexer na meta fiscal, de um deficit de R$ 139 bilhões.

Os pagamentos feitos indevidamente a servidores, inativos e titulares de benefícios da Seguridade Social serão estornados mediante o envio de comprovante de óbito às instituições financeiras responsáveis pelo pagamento.

Atualmente, a comunicação da morte é feita com demora de três meses, o que faz com que os recursos fiquem parados ou sejam sacados indevidamente.

“Há uma defasagem entre a morte do servidor ou beneficiário e a comunicação do fato ao órgão pagador, o que gera acúmulo de recursos públicos em contas particulares, com a possibilidade de saques indevidos”, afirmou o Ministério do Planejamento em nota.

De acordo com a MP, após o pedido de restituição da administração pública, a instituição financeira deverá fazer o bloqueio dos valores e restituir a União em um prazo de no mínimo 45 dias.

“O prazo foi estabelecido como forma de precaução, a fim de que eventuais problemas possam ser prontamente identificados e corrigidos”, disse a pasta. “A MP ainda prevê que, caso haja a constatação de algum erro, por meio do comparecimento do beneficiário ou de prova de vida, a instituição financeira deverá de imediato desbloquear os valores e comunicar o ocorrido ao ente público responsável.”

Folha de São Paulo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Tiroteio em festa termina com duas pessoas mortas em Barra de Santana

Uma briga em uma festa na cidade de Barra de Santana, no Agreste paraibano, terminou com duas pessoas mortas na noite deste domingo (30). Segundo as primeiras informações divulgadas pelo Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), dois jovens foram baleados e chegaram a ser socorridos, mas não resistiram e morreram.

O caso ocorreu por volta das 23h. De acordo com a Polícia Militar, enquanto a festa ocorria houve uma briga, seguida de disparos no meio do público. Três homens foram identificados como suspeitos do crime. Eles fugiram do local em três motos, sendo duas de cor preta e outra de cor azul. A Polícia Militar chegou a perseguir os suspeitos, mas não conseguiu localizar eles.

Os dois jovens feridos foram encaminhados para o Hospital de Queimadas, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. No local, a Polícia Militar não conseguiu identificar as vítimas. A Polícia Civil foi acionada e está investigando o crime.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Acidentes deixam duas pessoas mortas e duas feridas em cidades da PB

acidenteDuas pessoas morreram e mais duas ficaram feridas em acidentes ocorridos entre a noite desse domingo (9) e a manhã desta segunda-feira (10) em cidades do interior da Paraíba. Os casos aconteceram em Itabaiana, Sousa e entre os municípios de São João do Rio do Peixe e Uiraúna.

Na manhã desta segunda-feira (10), duas pessoas ficaram feridas em acidente registrado na BR-405, entre os municípios de São João do Rio do Peixe e Uiraúna. Segundo o tenente André Lins, do Corpo de Bombeiros, as vítimas estavam em uma caminhonete Chevrolet Montana, que colidiu de frente com um caminhão.

Conforme apurado pelos bombeiros, o acidente aconteceu depois que a caminhonete ultrapassou uma motocicleta. O condutor acabou perdendo o controle e bateu de frente com um caminhão que passava pela outra faixa. Com o impacto da colisão, o carro acabou saindo da pista. As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional de Cajazeiras.

Já na noite desse domingo, um enfermeiro de 25 anos morreu após ser atropelado por um carro de uma funerária. O acidente aconteceu na cidade de Itabaiana, Agreste paraibano, a 89 km de João Pessoa. Também durante a noite, um adolescente de 14 anos morreu após cair de uma motocicleta, na cidade de Sousa. O Portal Correio tentou contato com as polícias Civil e Militar, mas até a publicação desta matéria elas não tinham detalhes dos ocorridos.

Com informações do Portal Correio.

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Mulher e adolescente são encontradas mortas no Sertão

sireneUma mulher e uma adolescente foram encontradas mortas na manhã desta segunda-feira (28), no Centro de Cajazeiras, no Sertão paraibano.

De acordo com informações, a mulher foi encontrada sem vida dentro do seu apartamento, que fica localizado no Calçadão Tenente Sabino. A polícia investigará o caso, já que no local teria sido detectado que o fogão estava com duas bocas abertas e com forte cheiro de gás de cozinha.

O outro corpo encontrado na manhã de hoje é de uma adolescente, aparentando possuir 17 anos.

Os corpos serão encaminhados para o IML da cidade de Patos para os procedimentos de praxe.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627