Arquivo da tag: morreu

Exames confirmam que dom Aldo Pagotto morreu vítima de Covid-19

Um exame confirmou que o arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, morreu por Covid-19, doença causada novo coronavírus. A informação foi confirmada ao G1 pela assessoria da Arquidiciose do estado. Dom Aldo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular em Fortaleza, no Ceará, após o agravamento de uma crise de insuficiência respiratória.

O corpo dele foi liberado e levado imediatamente para o mausoléu localizado na Igreja Santuário de São Benedito, em Fortaleza. O procedimento segue as determinações das autoridades públicas sanitárias e de saúde, de acordo com a assessoria da Arquidiocese.

O corpo de Dom Aldo ficará enterrado no local até que possa ser transferido para a Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Ceará que informou que a comunicação sobre a confirmação do caso está sendo feita pelas arquidioceses da Paraíba e do Ceará.

Em nota, a Unimed Fortaleza informou que Dom Aldo foi internado devido a um quadro de pneumonia no hospital no dia 1° de abril e morreu nesta terça-feira (14), às 14h, em decorrência de infecção respiratória.

Segundo a Arquidiocese de Fortaleza, Dom Aldo enfrentava um tratamento contra um câncer e na noite de segunda-feira (13) apresentou dificuldade respiratória, sendo entubado e transferido para a UTI.

Dom Aldo morreu aos 70 anos, em Fortaleza, onde viveu desde que renunciou o cargo de arcebispo e exercia o ministério no Santuário São Benedito, no centro da capital cearense.

Fonte: G1PB

 

 

CONFIRMADO: exame do gerente do Bemais, que morreu neste sábado, dá positivo para coronavírus

Foi confirmado no final da tarde deste sábado (04) que a morte do gerente de compras da rede Bemais de Supermercados, Tety Ferreira, ocorreu em decorrência de contaminação pelo novo coronavírus.

Tety estava internado há cinco dias em um hospital particular da Capital com sintomas de gripe, cansaço e dificuldades respiratórias.

Informações dão conta de que apesar do porte atlético e de participar de maratonas na Capital, Tety , que tinha 42 anos era hipertenso e cardíaco, o que o colocaria no grupo de risco.

Com a morte de Tety sobe para 3 o número de óbitos em decorrência do novo coronavírus na Paraíba.

PB Agora

 

 

Coronavírus: onze pessoas que tiveram contato com paciente que morreu na PB são monitoradas

Pelo menos onze pessoas que tiveram contato com o primeiro paciente que morreu por Covid-19, na Paraíba, estão sendo monitoradas pelos órgãos de saúde de Patos, município do Sertão paraibano, onde ele morava. A informação foi confirmada pelo diretor-geral da Vigilância Sanitária municipal, João Paulo de Lacerda, em uma entrevista coletiva, nesta terça-feira (31).

Equipes de saúde estão entrando em contato e orientando, por telefone, as pessoas que tiveram contato com o paciente. Perguntas são feitas para identificar se elas apresentam sintomas de contaminação e recebam atendimento médico.

O homem que faleceu nesta terça-feira (31) tinha 36 anos e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, desde o dia 26, após transferência hospitalar.

O diagnóstico do paciente foi confirmado na segunda-feira (30). Segundo a assessoria de cominação da Secretaria de Estado da saúde (SES), o paciente era diabético. Ele chegou a ser atendido no Hospital Universitário Lauro Wanderley, onde apresentou um quadro de insuficiência respiratória e foi entubado, e depois foi transferido para o Clementino Fraga, onde ficou internado na UTI.

Para evitar a disseminação da doença na cidade onde ele morava, João Paulo e a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Samara Marques, anunciaram medidas de contenção à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Entre as ações que foram anunciadas nesta terça, está a lavagem técnica de ruas em que estão localizados hospitais, unidades de pronto atendimento (UPA) e bancos.

Conforme a Vigilância Sanitária, outro homem que também é de Patos, está internado em João Pessoa com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. Ele teria feito uma festa com amigos, após chegar de uma viagem. Uma das pessoas que estava na comemoração era o homem de 36 anos que morreu.

G1

 

Empresário que morreu após carro cair no rio Jaguaribe tinha saído da festa de GKay

O homem que morreu na madrugada desta quarta-feira (05) após perder o controle do carro, que caiu dentro do rio Jaguaribe na Br-230, na capital foi identificado como sendo o empresário Evandy Melo, de 25 anos.

As informações são de que ele teria saído da festa ‘Farofa da GKay’ que comemorou o aniversário da influencer paraibana Gessica Kayane.

Um amigo da família relatou à imprensa que o pai do empresário chegou a falar com o filho por mensagem por volta das 3h30 da manhã perguntando se poderia levá-lo da festa já que Evandy tinha bebido, mas ele não respondeu.

Por volta das 4h20, por meio de um aplicativo, o pai percebeu que o carro estava parado na BR-230 há algum tempo. Ele foi até o local e se deparou com o acidente e o filho morto dentro do rio.

PB Agora

 

 

Mãe de criança que morreu asfixiada na cama dos pais, desabafa: “minha vida acabou”

A dona de casa Elyane Fábio, mãe da criança de dois meses que faleceu na madrugada deste domingo (01), possivelmente por asfixia acidental fez um desabafo no Facebook ao lado de uma série de fotos em que ela está com sua filha, conforme registra o site Diário do Sertão.

O caso aconteceu na pequena cidade de Marizópolis,  no sertão paraibano.

Na postagem, Elyane escreve que agora a sua filha é um anjinho que está no céu, mas finaliza dizendo: “Minha vida acabou”.

O bebê faleceu enquanto dormia com os pais na mesma cama. De acordo com Sargento Queiroga, da Polícia Militar de Marizópolis, o corpo do bebê apresentava manchas roxas e havia sangue na cama.
Da Redação 
Do ExpressoPB

 

Mulher se apresenta à polícia e confessa que ateou fogo no marido em CG; vítima morreu

Thayse de Assis Montenegro (foto), de 25 anos, compareceu à Delegacia de Homicídios de Campina Grande nesta tarde de sexta-feira, após a confirmação da morte do seu esposo, o vigilante Tércio Andrade, de 25 anos, que faleceu após o passar quase 15 dias internado na UTI.

Ela confessou que ateou fogo no corpo do companheiro, mas disse em depoimento que sua intenção não era matar.

De acordo com a delegada Nercilia Dantas, ela contou que queria apenas fazer uma “brincadeira” com o companheiro.

Apesar de confessar, ela foi ouvida e liberada, já que de acordo com a Lei, como se ultrapassou o período de flagrante, Thayse só pode ser detida agora por força de um mandado de prisão.

Tércio teve mais de 80% do corpo queimado e acabou não resistindo.

Eles eram casados e moravam no bairro Malvinas. ⠀

Márcio Rangel

 

 

Vítima que morreu em afogamento na Baía da Traição é de Alagoinha, no Brejo

A vítima de afogamento ocorrido na tarde deste domingo (13) na área da prainha, na Baía da Traição, Litoral Norte do Estado, foi identificado.

Segundo o Blog do Cristiano Alves, trata-se do irmão do empresário de Alagoinha,  Abraão Andrade, o senhor Jonas. Ele ainda foi socorrido pelos salva-vidas, recebeu massagem cardíaca, mas não resistiu.

Ainda não se sabe de fato como ocorreu o afogamento, mas as primeiras informações dão conta de que a esposa e o filho estavam na água e iam se afogando, quando Jonas teria tentado os salvar.

Da Redação 
Do ExpressoPB

 

 

Irmãos sofrem acidente de moto na Rodovia PB-041; um deles morreu

Dois irmãos sofreram um grave acidente de moto na tarde deste sábado (12) na Rodovia PB-041, entre as cidades de Sapé e Capim, na Paraíba.

O fato aconteceu próximo à localidade conhecida como São Salvador, Distrito Rural de Sapé. Segundo informações, o motociclista teria perdido o controle da moto ao olhar para trás. Não há relatos se eles usavam capacetes e se estavam embriagados.

Um deles, de nome Elias, teria vindo à óbito ainda no local. O outro ainda não identificado, ficou bastante ferido sendo socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

A polícia militar está no local do acidente realizando os procedimentos e aguardando a chegada da polícia científica que irá realizar uma perícia e a remoção do corpo ao IML.

 

blogdopedrojunior

 

 

Bebê de 9 meses que morreu em hospital da PB foi estuprada, confirma laudo

A criança de 9 meses que morreu no hospital de Soledade, no Agreste da Paraíba, foi estuprada. A informação foi confirmada no início da tarde desta quinta-feira (30) pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande, após exame de corpo de delito.

Conforme o Numol, os resultados dos exames apontam que a criança foi estuprada recentemente. Mas a causa da morte ainda não foi confirmada. No corpo da criança foram encontrados vestígios do estupro e o material será encaminhado para análise laboratorial, para tentar identificar o suspeito.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Durval Barros, o crime chocou a todos. “Depois deste laudo, não tenha dúvidas de que a polícia vai investigar isso até o fim. Um caso desses, de tamanha crueldade, precisa ser investigado e concluído o mais rápido possível”, afirmou.

Criança morreu ao dar entrada em hospital

A criança de 9 meses morreu na noite da quarta-feira (29), após ser levada para o Hospital de Soledade. Conforme um Boletim de Ocorrência registrado por um Policial Militar na Delegacia de Polícia Civil de Esperança, o PM estava de serviço na cidade quando foi acionado pela Guarda Municipal ao hospital.

Ao chegar no local, o médico que atendeu a criança disse que precisava fazer uma denúncia. De acordo com o boletim, o médico relatou ao policial que a criança deu entrada na unidade de saúde com com 40 graus de febre e morreu após uma uma crise convulsiva. Após a morte, o médico analisou o corpo do bebê e percebeu lesões na criança que indicam estupro.

Segundo relato da mãe da criança ao médico, a filha tinha paralisia cerebral e ela havia levado a criança para realizar um exame em Campina Grande. Na volta para São José do Sabugi, onde mora, ela parou para jantar em um restaurante de Soledade, foi quando a criança teve convulsões e foi levada para o hospital da cidade pela mãe.

G1

 

Guarabirense que morreu no RJ de uma queda de escada pode ter sido assassinado a pauladas

Um fato novo surgiu no caso do guarabirense que morreu no Rio de Janeiro após uma suposta queda de uma escadaria. O caso aconteceu na sexta-feira (26). Nesta segunda-feira (29) a TV Mídia de Guarabira recebeu a informação de que o rapaz teria sido assassinado, provavelmente por outro guarabirense que também mora naquele estado.

Segundo a jornalista Michele Marques, no seu programa Manhã de Notícias, um parente do Beré informou ao programa que ele teria se envolvido em uma confusão e sido atingido com uma paulada na cabeça.

Ainda segundo ainda a apuração feita pela TV Mídia, a vítima teria sido assassinado por outro guarabirense que residia no RJ e que estaria de viagem para Brasília.

A polícia está investigando o caso.

Assista AQUI a reportagem da TV Mídia de Guarabira.

Da Redação 
Do ExpressoPB