Arquivo da tag: momentos

Dicas de como conseguir um emprego em momentos de pouca oportunidade

Especialista oferece dicas para pessoas desfavorecidas no mercado de trabalho

Conseguir um emprego nos dias atuais está cada vez mais complicado. Para algumas pessoas isso fica ainda mais difícil: jovens com pouca experiência, idosos e pessoas acima da faixa de idade que o mercado de trabalho normalmente busca, geralmente costumam ser prejudicados quando estão a procura de uma oportunidade. Isso acontece por uma série de fatores sociológicos já introduzidos na cultura das empresas no Brasil, mas que vem mudando nos últimos anos.

Alexandre Slivnik, que atua com gestão de pessoas, possui especialização em Harvard – Graduate School of Education e é diretor da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), explica que como essas pessoas podem conseguir uma oportunidade de emprego mesmo com os obstáculos no caminho. “O primeiro passo é entender o que pode ser feito para driblar as adversidades. É importante entender as demandas do mercado de trabalho, o que cada pessoa pode oferecer para as empresas e evitar enxergar esses obstáculos como uma desmotivação”, relata.

No caso dos jovens, mesmo que com pouca ou nenhuma experiência, é uma situação com maior chances de reversão. Isso porque as pessoas mais novas ainda podem, mais facilmente, conseguir uma formação adequada e qualificação para conquistar alguma experiência no mercado de trabalho. Além de fazer cursos técnicos e profissionalizantes, Slivnik afirma que é de extrema importância mostrar vontade de aprender e crescer.

Olhando para as pessoas mais velhas, existe realmente uma desvantagem em relação aos mais jovens, especialmente para aqueles que estão fora do mercado há muito tempo. As empresas tendem a empregar os recém-formados pois podem ensinar alguém sem os vícios de outras organizações e fazer com que essas pessoas se aprofundem na cultura deste lugar. Porém, nada está perdido. Muitas empresas querem a experiência daqueles que já tem uma idade mais avançada, mas é preciso mostrar vontade. O mesmo conselho para jovens vale neste caso, é essencial buscar novos conhecimentos e se colocar numa posição de aprendiz, com humildade para descobrir novas habilidades.

Em relação a idosos e aposentados, Slivnik confirma que é a categoria mais delicada, pois muitas vezes pessoas de idade se encontram numa posição pouco privilegiada da sociedade em que falta dinheiro e poucas empresas estão interessadas na contratação de aposentados. “Minha dica para eles é que se concentrem no setor de serviços, em coisas que gostam de fazer mas que não sacrifiquem a saúde”, conta o autor. Após a aposentadoria idosos podem ficar com bastante tempo livre e ociosos, por isso procurar algo que agregue prazer e ganho financeiro é a maneira mais simples de envelhecer de maneira saudável.

O palestrante também explica sua técnica para o crescimento profissional constante, os 3 A’s: ambição, autoconfiança e audácia. Esses itens são essenciais para continuar ascendendo em todas os âmbitos da vida profissional.

Alexandre Slivnik é reconhecido oficialmente pelo governo norte americano como um profissional com habilidades extraordinárias (EB1). É autor de diversos livros, entre eles do best-seller O Poder da Atitude. É diretor executivo do IBEX – Institute for Business Excellence, sediado em Orlando / FL (EUA). É Vice-Presidente da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) e diretor geral do Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento (CBTD). É membro da Society for Human Resource Management (SHRM) e da Association for Talent Development (ATD). Palestrante e profissional com 19 anos de experiência na área de RH e Treinamento. É atualmente um dos maiores especialistas em excelência em serviços no Brasil. Palestrante Internacional com experiência nos EUA, ÁFRICA e JAPÃO, tendo feito especialização na Universidade de HARVARD (Graduate School of Education – Boston/ EUA). www.slivnik.com.br

 

 

Momentos de descanso e meditação podem fazer bem para o cérebro

Quando chega o feriado, muita gente aproveita para descansar e relaxar. No Bem Estar desta sexta-feira (2), o psiquiatra Daniel Barros e o neurologista vascular Alexandre Pieri explicaram que esses momentos de descanso da mente podem beneficiar o cérebro. Segundo os especialistas, às vezes momentos de ócio, como ler um livro ou ouvir uma música, por exemplo, ajudam a desacelerar algumas regiões cerebrais e podem fazer bem. O problema, segundo o psiquiatra Daniel Barros, é o exagero – o ideal é ter momentos de ócio, mas não deixar isso virar um excesso já que o equilíbrio é fundamental.

Há diferenças, no entanto, entre o ócio do descanso e o ócio durante o sono – quando a pessoa dorme, maior parte do cérebro fica lenta; já quando ela descansa, algumas áreas ficam mais ativas do que outras.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Algumas pessoas, porém, têm dificuldade em se desligar e não conseguem parar de pensar nos problemas e complicações mesmo nos momentos de folga – segundo o neurologista Alexandre Pieri, esse estresse crônico pode “esquentar” muito o cérebro e queimar a massa cinzenta.

O psiquiatra Daniel Barros acrescenta ainda que pensar muitas vezes na mesma coisa pode causar ansiedade. Uma das maneiras de resolver isso é através da meditação – pegar uma vela, por exemplo, e ficar olhando para ela pode ajudar a “limpar” a cabeça e a relaxar. Vale ressaltar, porém, que a meditação não aumenta a criatividade, apenas esvazia a mente e relaxa, além de outros benefícios. A criatividade e as ideias, portanto, vêm dos momentos de devaneio e descanso, como explicou o médico.

 

 

G1

Às vésperas da prisão, Jefferson desfruta dos últimos momentos de liberdade

Um dia antes de ter a prisão decretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-deputado Roberto Jefferson, delator do mensalão, pegou a estrada. Montado em sua moto Harley Davidson, ele viajou por cerca de três horas e meia, mas não informou o destino. Com jaqueta de couro e calça da marca de motos, ele saiu às 8h deste domingo e voltou às 11h30m. De volta a Levy Gasparian, Jefferson disse que está aproveitando os últimos momentos de liberdade: 

Pablo Jacob / Agência O Globo
Pablo Jacob / Agência O Globo

– Estou desfrutando dos momentos finais da minha liberdade. Quanto a vocês (jornalistas), curtam a sua, porque ela é o bem supremo da vida – disse o presidente de honra do PTB, que teve o pedido de prisão domiciliar negado pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa.

À espera de Roberto Jefferson, estava o comerciante Afonso Dominguito de Castro, montado em uma Harley Davidson, que disse vir de Cataguases, em Minas Gerais, para doar R$ 100 ao ex-deputado. Nesta sexta-feira, Jefferson revelou ao GLOBO que começou uma campanha de arrecadação para pagar a multa de R$ 720 mil. Entre os doadores, a filha Cristiane Brasil, secretária municipal de Envelhecimento e Qualidade de Vida no governo de Eduardo Paes (PMDB). O ex-presidente Fernando Collor, do PTB, também estará entre os doadores.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Eu vim mostrar a cara, está aqui meu cpf, ao contrário desses que doam sem se mostrar. Vou doar R$ 100 para esse homem, ele pelo menos deu um passo para nós brasileiros, precisamos de mais políticos honestos. Ele devia ser menos condenado. Pelo menos ele fez algum bem pro país. Aqui está meu dinheiro – disse o comerciante, ao que Jefferson respondeu:

– Foi um gesto espontâneo. Gente boa – disse, convidando o comerciante para entrar em sua casa.

Bem humorado, o petebista apareceu, por volta das 17h deste domingo, na sacada de sua casa para pendurar uma bandeira do Botafogo, que ganha de 1 a 0 a partida contra o Fluminense. E brincou:

– Tem algum tricolor aqui? Desculpe o mau jeito aí, flamenguista – disse a um jornalista que usava a camisa do Flamengo.

Neste domingo, Roberto Jefferson publicou em seu blog se despedindo dos leitores. A partir de agora, a página será administrada pela equipe do ex-deputado. “Até que a Justiça determine o meu status de preso, a partir de hoje deixo vocês na companhia da minha equipe”, disse, afirmando que, sempre que possível e “dentro dos limites da lei”, se comunicará com os leitores. “Até breve”, completa, na publicação intitulada “Força Maior”.

Abaixo, a íntegra da publicação:

Até que a Justiça determine o meu status de preso, isto é, o que posso e o que não posso fazer, como escrever neste blog, por exemplo, a partir de hoje deixo vocês na companhia da minha equipe, que já trabalha comigo há anos e conhece meu sentimento em muitos assuntos, principalmente na Política, que neste ano eleitoral e de Copa do Mundo nos reserva muitas e variadas surpresas. Vocês ficarão bem assistidos, não tenho dúvidas. Mas, tenham certeza de uma coisa: sempre que possível e dentro dos limites da lei, me comunicarei com vocês. Até breve.

 

LETICIA FERNANDES,

Em momentos distintos, Vasco e Flamengo se enfrentam no Engenhão

O Dia
O Dia

Vasco e Flamengo começaram a temporada reformulando seus elencos. Ambos não contam mais com seus principais nomes de 2012 e apostam em caras novas. Nesta quinta-feira, as duas equipes se enfrentam no Engenhão, pela Taça Guanabara. No entanto, a situação de ambas é distinta: enquanto o Vasco tem 100% de aproveitamento no Grupo A, o Flamengo vem de vitória nos acréscimos sobre o Volta Redonda e já tropeçou em um pequeno no Campeonato Carioca.

 

No Vasco, a má notícia fica por conta da ausência de Carlos Alberto. O jogador sentiu uma lesão na virilha e está vetado pelo departamento médico. Em seu lugar, o técnico Gaúcho confirmou o atacante Leonardo, que vai formar dupla com Éder Luís. No restante, a escalação é a mesma dos últimos jogos. O volante Wendel, que vem atuando na lateral esquerda, se recuperou de uma pancada sofrida no fim de semana e está certo para o clássico.

O goleiro Alessandro vive a expectativa de seu primeiro confronto contra os rubro-negros. Ele espera poder ajudar o Vasco a manter a boa fase neste início de temporada. “Todo mundo fala que esse clássico é mais importante no Vasco. Não será a minha estreia em clássicos, mas será uma partida diferente e quero ajudar a equipe a conquistar os três pontos e manter os 100% de aproveitamento “, disse.

André Mourão/Agência O Dia

Dorival Júnior, treinador do Flamengo

Já no lado do Flamengo, o técnico Dorival Júnior entrou no clima de mistério e pode mudar a equipe. No último treino antes do clássico, o comandante trabalhou com Cléber Santana entre os titulares, na vaga de Ibson. O trio de atacantes permaneceu em campo durante toda a atividade e afastou a possibilidade de mudança do esquema tático.

Para o zagueiro Renato Santos, a vitória será importante não só para que o Flamengo continue na briga pela classificação para as semifinais da Taça Guanabara, mas também para que o torcedor rubro-negro possa brincar com os rivais.

“Levo todos os jogos como se fossem clássicos. Todos são importantes, pois são três pontos. A diferença do clássico é a torcida. Eles querem vencer muito e nós também. Quando você ganha, fica com o ego elevado e não vira chacota”, declarou.

FICHA TÉCNICA – VASCO X FLAMENGO
Local: estádio João Havelange, Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 31 de janeiro de 2013
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Luiz Antônio de Oliveira e Michael Correia (RJ)

VASCO: Alessandro, Abuda, Dedé, André Ribeiro e Wendel; Fellipe Soutto, Pedro Ken, Jhon Cley e Bernardo; Éder Luís e Leonardo
Técnico: Gaúcho

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Renato Santos, González e João Paulo; Cáceres, Ibson (Cleber Santana) e Elias; Rafinha, Hernane e Nixon
Técnico: Dorival Júnior

Gazeta

Mobilizações nacionais marcam últimos momentos que antecedem decisão presidencial sobre Código Florestal

 

Nesta sexta-feira (25), dia em que a presidenta brasileira Dilma Rousseff vai divulgar sua decisão sobre o polêmico Código Florestal, o clima é de tensão. Há vários dias, movimentos e organizações sociais e ambientais, ex-ministros do Meio Ambiente, políticos, estudantes e artistas se mobilizam para que a presidenta opte pelo veto total ao Código. Permanecem as mobilizações nas redes sociais, além de vigílias e uma serenata para a presidenta.
Segundo Regina Cavini, superintendente de Comunicação e Engajamento do WWF-Brasil, o veto parcial não é uma opção que vai ser aceita e a presidente Dilma tem condições de usar seu poder para beneficiar toda a sociedade brasileira.
“Este é um momento muito importante para todo o país, estamos às vésperas da Rio+20, o mundo inteiro está olhando para o Brasil. A presidente Dilma tem plenas condições de dar uma resposta à altura do que está sendo esperado dela e de ser exemplo para outros países”, explica Regina, reforçando que os interessados/as em pressionar pelo veto integral ainda podem assinar uma petição online criada pela rede WWF, Avaaz e Greenpeace.
A decisão da presidenta é fundamental importância, no entanto, ainda pode ser derrubada pela maioria absoluta (metade mais um) de cada Casa. O que quer dizer que 257 deputados/as e 41 vereadores/as, por meio de voto secreto, ainda podem analisar e derrubar a decisão presidencial. E é justamente nesta situação em que mora o perigo. Na Câmara dos Deputados, os ruralistas garantem que sua proposta é defendida pela maioria. Por isso, fica fácil entender porque o projeto da Câmara apresenta propostas que dão espaço à anistia para desmatadores, reduções de áreas protegidas e estímulo a derrubada de floresta.

#vetatudodilma

Nas poucas horas que ainda restam antes da divulgação da decisão presidencial, diversas manifestações ainda estão sendo realizadas. Às 14h desta quinta-feira teve início na internet um tuitaço com a hashtag vetatudodilma. Amanhã, a mesma mobilização virtual acontecerá das 9h às 19h.
Ainda hoje, às 18 começa em Brasília (DF), na praça dos Três Poderes, uma vigília e uma serenata para a presidenta. A iniciativa vai reunir representantes de movimentos sociais, ONG’s, políticos, estudantes, entre outros. João Paulo Capobianco, presidente do conselho do Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente e conselheira do IDS, Maria Cecilia Wey de Brito, secretária-geral do WWF-Brasil, Rebeca Lerer, da Matilha Cultural, Belloyanis Monteiro, da SOS Mata Atlântica, Marcio Astrini, do Greenpeace, e Ivan Valente, deputado federal (PSOL-SP) são algumas das presenças confirmadas para falar sobre a importância do veto integral ao Código.
Os participantes também vão poder acompanhar de perto as novas adesões à petição do Avaaz (http://www.avaaz.org/po/brasil_veta_dilma/?sbc) que está rumo aos dois milhões e meio de assinaturas contra a aprovação do novo Código. A manifestação poderá ser acompanhada pelo site www.florestafazadiferenca.org.br.
Em São Paulo, ativistas também preparam uma manifestação para hoje e amanhã. A população do Estado está sendo chamada a se concentrar na Casa Fora do Eixo São Paulo (Rua Scuvero, 282, Liberdade) para realizar uma vigília em favor de um Código Florestal que garanta o bem-estar de todos e todas e para dizer: Veta tudo Dilma!

Natasha Pitts/Adital
Focando a Notícia