Arquivo da tag: modificado

Local de instalação da girândola de Solânea é modificado para preservar patrimônio e pessoas

 

girandolaO local onde serão instalados os fogos para a girândola em comemoração à chegada do ano novo, em Solânea, foi modificado para preservar o patrimônio e as pessoas. De acordo com nota enviada pela diretoria do CCHSA, da Universidade Federal da Paraíba – Campus III – a mudança se fez necessária porque, atualmente, a 1ª Chã (campo de aviação) há vários prédios que abrigam mobiliários e equipamentos de alto valor que podem ser danificados pelos foguetões.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com a decisão, os fogos deste ano deverão ser instalados na 2ª Chã, perto da rua José Alípio da Rocha (Laranjeiras), onde era realizada a corrida de MotoCross. A diretora do CCHSA, Teresinha Domiciano Dantas, informa que a mudança nada mais é que o desejo de preservar todo o patrimônio construído na 1ª Chã e que reitera o compromisso da instituição com os poderes públicos e privados para manter o diálogo e fortalecer o desenvolvimento de Solânea e Bananeiras.

 

“Neste aspecto o CCHSA mantém uma estreita relação de parceria com os municípios circunvizinhos e, em especial, com o município de Solânea onde são desenvolvidos mais de cem projetos de extensão, ensino e pesquisa”, diz a nota.

 

Redação/Focando a Notícia

Município da Paraíba pode ter resultado de eleições modificado ainda esta semana pela justiça

O resultado das eleições ocorridas no município de Esperança no último dia 07 de outubro podem ter mudanças radicais nos próximos dias. É que até o final desta semana a juíza titular da 19ª Zona, Lua Yamaoka Mariz Maia Pitanga, deve dar sua sentença a respeito do pleito da localidade.

De acordo com o auxiliar do cartório, Marcos Irineu, a promotora local, Paula da Silva Camilo Amorim, já deu seu parecer favorável ao deferimento do candidato Nilber Almeida e de seu vice. Ao mesmo tempo a magistrada indeferiu a candidatura de Anderson Monteiro.“Acreditamos que até o final da semana a juíza local possa se manifestar sobre o caso, uma vez que a promotora já deu seu parecer sobre o assunto”, disse Marcos.

Entenda o caso

Na véspera das eleições municipais em primeiro turno, mais precisamente no sábado (06/10), temendo um impedimento futuro por parte da justiça eleitoral, as duas coligações que disputavam o pleito eleitoral na localidade, substituíram seus candidatos a prefeito e vice-prefeito na cidade de esperança.

A coligação “Frente Esperança Popular”, substituiu o nome de Nobinho pelo o do seu sobrinho Nilberto, temendo que futuramente Nobinho fosse enquadrado na Lei da Ficha Limpa e se caso ganhasse não pudesse assumir ao cargo de prefeito.

Já no caso da coligação “Progressistas de Esperança”, o candidato Arnaldo Monteiro renunciou a disputa e substituiu sua candidatura pelo nome do filho Anderson.

Passadas às eleições o candidato da coligação “Progressistas de Esperança”, Anderson Monteiro venceu o pleito.

Então, a coligação “Frente Esperança Popular”, se sentiu prejudicada com o resultado da eleição, e entrou junto à 19ª Zona com um pedido de impugnação do registro do candidato substituto da coligação adversária. Logo em seguida, a coligação “Progressistas de Esperança” conseguiu junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) uma liminar com efeito de suspensão da sentença da 19 Zona.

Fonte: Adaucélia Palitot – PoliticaPB

Dois meses de greve: professores da UFPB fazem assembleia e calendário pode ser modificado

Os professores da Universidade Federal da Paraíba, que estão em greve há sessenta dias, vão realizar uma assembleia na próxima quinta-feira (19) no Auditório da Reitoria da instituição, ás 9h. O tema central da discussão será a proposta de negociação apresentada pelo Governo Federal na última sexta-feira (13). Já os servidores técnico-administrativos da Universidade não receberam qualquer proposta do Governo Federal.

Os grevistas vão avaliar as condições que o Governo Federal propôs que prevê a alteração no plano de carreira para 2013 e um reajuste nos salários que pode chegar a 45,1%. Em nota divulgada pelo comando nacional de greve dos professores junto com a Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes) não acataram a oferta feita por parte do Governo Federal, eles compreenderam que a paralisação tem que ser intensificadas para manter a negociação.

As universidades vão esperar que a paralisação chegue ao fim para reorganizar o calendário de aulas como também as mudanças. No entanto acredita-se que o período 2012.2 poderá ser prolongado até o inicio do próximo ano. Segundo a assessoria de imprensa da UFPB, a instituição possui 42 mil alunos distribuídos nos campi de João Pessoa, Areia, Bananeira, Rio Tinto e Mamanguape.

Já a Universidade Federal de Campina Grande conta com 20 mil alunos. No total são 62 mil alunos sem aulas nas duas instituições. As principais reivindicações é a reestruturação do plano de carreira. Os professores exigem também que as gratificações sejam incorporadas ao salário.

Paraíba.com.br