Arquivo da tag: mobiliza

Nos 70 anos da LBV, mobiliza a sociedade paraibana em prol da educação

Ação beneficiará crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social

A Legião da Boa Vontade (LBV) promove à sua tradicional mobilização social em prol da educação. A campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro!, entrega até o mês de março, mais de 15 mil kits de material escolar a crianças, adolescentes e jovens atendidos pela Instituição em 67 cidades do Brasil.

A campanha tem como objetivos principais auxiliar as famílias que não dispõem de recursos financeiros para a compra dos artigos escolares e motivar meninas e meninos, a frequentar as salas de aula e a dar prosseguimento aos estudos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a evasão escolar abrange, sobretudo, jovens que têm entre 15 e 17 anos de idade. Os dados indicam que, em 2018, 11,8% dos jovens nessa faixa etária estavam fora da escola, número equivalente a 1,1 milhão de pessoas.

Constantemente preocupada com a educação, a LBV, conta com a contribuição de seus colaboradores, voluntários, amigos e parceiros, bem como com o suporte imprescindível dos meios de comunicação na divulgação dessa ação solidária. Os referidos kits são compostos de mochila, cadernos, lápis, régua, canetas, estojo, entre outros itens.

Cabe destacar que as capas dos cadernos contêm as ilustrações ganhadoras da edição 2019 do Concurso Nacional de Desenhos da Legião da Boa Vontade, edição essa que teve como foco o tema “A LBV em minha vida”, em homenagem à Instituição por seus 70 anos de existência, ao longo dos quais vem promovendo, ininterruptamente, a Caridade Completa, ou seja, a do corpo e da Alma.

As doações para a campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro! podem ser feitas pelo site www.lbv.org ou pelo telefone 0800 055 50 99.

As crianças e adolescentes, assistidas pela Instituição em João Pessoa/PB, receberão seus kits, no próximo dia 06 de março de 2020, na Unidade de Jaguaribe, que está localizada na Rua das Trincheiras, 703. Para outras informações sobre essa meritória iniciativa, basta acessar as páginas oficiais da LBV no Facebook, no Instagram e no Youtube, por meio do endereço LBVBrasil.

 

 

PM mobiliza 15 viaturas, frustra explosão a banco na Paraíba, mas bandidos escapam

policiaUma explosão de banco foi frustrada pela polícia na madrugada deste sábado (6) em Itaporoca, a 69 km de João Pessoa, no Litoral Norte da Paraíba. Apesar de ter ocorrido apreensões de materiais ilícitos, ninguém foi preso.

Conforme repassado pelo capitão Alberto Filho, foram mobilizadas 15 viaturas que conseguiram apreender quatro explosivos, uma submetralhadora, uma barra de ferro para abrir os caixas, grampos para impedir a perseguição durante fuga, capuzes e dois veículos que seriam utilizados no crime.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo a Polícia Militar, os bandidos foram interceptados na estrada que liga Curral Velho a Itapororoca, durante as atividades da operação ‘Patrulha Bancária’ – realizada diariamente pela 2ª Companhia Independente, com viaturas intensificando as rondas em possíveis rotas de acesso dos praticantes deste tipo de crime.

De acordo com o comandante da 2ª Companhia Independente, capitão Alberto Filho, uma das viaturas envolvidas na operação flagrou duas motos, com dois ocupantes cada, espalhando grampos pelo local.

Houve perseguição, troca de tiros e os bandidos se acidentaram, mas conseguiram escapar por matagais e até o fim da tarde deste sábado (6) ainda não haviam sido presos.

 

portalcorreio

Prefeitura de Bananeiras mobiliza comunidades para construção do orçamento participativo popular

 

Orçamento Participativo Popular  faz parte do plano de governo 2013/2016

orçamentoO prefeito Douglas Lucena, já mobilizou toda a sua equipe visando à realização do Orçamento Participativo Popular do Município de Bananeiras, e nesta terça feira dia 21 de maio a partir das 8:00 hs., no Espaço Cultural “Oscar de Castro”, o edil bananeirense estará lançando o projeto, que será executado durante os messes de maio e junho e julho, através das assembleias regionais que acontecerão em seis localidades do município, encerrando a primeira etapa com uma grande assembleia na cidade de Bananeiras. De posse das reivindicações o Conselho eleito durante o processo estará se reunindo para a sistematização das propostas viáveis e consequente apresentação do documento a ser inserido no orçamento municipal para o ano de 2014. O prefeito Douglas Lucena, enfocou que durante a sua campanha fazia menção da participação popular na elaboração do orçamento municipal, proposta esta que foi absorvida pelo eleitorado bananeirense e que para alegria de todos será colocado em prática.

Orçamento participativo Popular

O Orçamento participativo é um espaço onde os/as cidadãos/ãs Bananeirenses, são convidados/as a participardas decisões do Governo Municipal dizendo onde e como acham que o dinheiro público deve ser usado, bem como quais são as obras, serviços e ações mais urgentes para o município, contribuindo assim com o Orçamento Público Municipal;

Bananeiras sai na frente, sendo um dos poucos municípios do país a implantar este instrumento de democracia participativa, com o compromisso de envolver a população e juntos dar os indicativos das ações a serem desenvolvidas pela gestão municipal, bem como conhecer os problemas e melhorar o transito das informações sobre o melhoramento do instrumento.

A construção de obras, a prestação de serviços e a concessão de benefícios pelos governos federal, estadual e municipal como a construção e funcionamento de hospitais, de escolas, obras de saneamento etc., todos dependem do orçamento público, nele os governantes estimam o que vão arrecadar e como devem gastar os recursos obtidos com os impostos pagos por cidadãos e cidadãs, daí a importância da participação, acompanhamento e fiscalização na elaboração das peças orçamentárias.

 

BA

CODECOM-PMB

 

 

 

 

Caminhada “Cultura pelas Águas” mobiliza moradores e políticos de 8 município da PB

caminhadaNa manhã desse Domingo (14) aconteceu a 1ª caminhada “Cultura pelas Águas” mobilizando moradores e políticos de oito cidades do brejo da Paraíba.

O evento Cultura pelas águas saiu de Guarabira em frente à KY Berg. Teve ônibus disponíveis, motos e carros, onde se deslocaram até as proximidades do Posto de Chico Mala em Cuitegí e de lá saíram em caminhada até a barragem, onde se encontraram com caravanas de Pilões, Alagoinha, Belém, Pilõezinhos, Alagoa Grande, Mulungú, Guarabira e o próprio povo de Cuitegí.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os Deputados Federais Efraim Filho e Wilson Filho, Deputado Estadual Raniery Paulino, Senador Cícero Lucena, prefeitos Guilherme Madruga de Cuitegi, Adriana Andrade de Pilões, Edgar Gama de Belém, Nado Mendes de Pilõezinhos e alguns vereadores dos municípios estiveram discursando e extremamente preocupados com o nível da Barragem de Tauá que abastece Guarabira, Cuitegí, Pilõezinhos e Araçagí.

Hoje a barragem só está com 40% de sua capacidade e saem todos os dias de lá em base de 40 carros pipa (sendo 15 do exercito), continuando nesse sentido poderemos ter em 2 meses um grande colapso na região.

Na oportunidade os políticos fizeram apelo à direção da Cagepa para que possa proibir neste período de forte seca a não retirada de carros pipa até a chegada das chuvas.

Imagens por Marcos Andrade

 

Por Pedro Júnior | Com imagens de
        Marcos Andrade

Secretaria de Saúde de Solânea intensifica ações de combate a dengue e mobiliza a população

 

DengueA Prefeitura Municipal de Solânea não vai dar chance ao mosquito causador da dengue, o Aedes aegypti. E, para mobilizar a população e intensificar as ações de combate a dengue, a Secretaria Municipal de Saúde e a Coordenação de Combate a Endemias vão promover nesta quarta-feira (27), na Praça 26 de Novembro, um grande evento onde os moradores da cidade serão orientados sobre como proceder para evitar a proliferação do mosquito. Além das orientações, haverá sorteio de brindes.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O coordenador dos Agentes de Endemias, Antônio Carlos (Toinho) informou que o trabalho do prefeito Beto do Brasil, do vice Kaiser Rocha, da secretária de Saúde Tânia Maria Vieira e do coordenador de eventos, Jeffte Leydson, além da parceria com o comércio local, renderá um evento de qualidade para todo o público presente, além de sorteio de brindes para a garotada.

A ação da secretaria contra a dengue, de acordo com o coordenador dos Agentes de Endemias, Antônio Carlos (Toinho), é extremamente importante porque as poucas chuvas que têm caído no município contribuem para o acúmulo de água que fica parada em garrafas, vasos e pneus gerando uma cadeia de locais propícios para o a reprodução do mosquito.

“Sabemos que mesmo não tendo ocorrido as chuvas esperadas em nossa região, a chuva veraneia. Com os pequenos chuviscos ou serenos noturnos, certamente se aglomerou água, que uma vez acumulada em recipientes jogados ao ar livre ou no meio ambiente torna-se um criadouro do mosquito causador da dengue, Aedes aegypti”, explica Antônio Carlos.

O coordenador acrescenta, ainda, que “o solanense aguarda chuvas, afinal esta é a ânsia do povo nordestino, no entanto é necessário manter o devido cuidado ao se desfazer de pneus usados, garrafas pet, sacolas plásticas e outros produtos descartáveis. Ainda é preciso caixas d’aguas tampadas, evitar acúmulo de água nos pratinhos de plantas e demais utensílios destinados para este fim. Estes procedimentos, embora simples de praticar, podem evitar esta enfermidade que tem vitimado tantas pessoas e levado inúmeras a morte”.

 

Redação/Focando a Notícia com Assessoria

Juventude se mobiliza por reformas estruturais e contra monopólio da mídia

UNE e outros movimentos iniciam jornada em 25 de março (Foto: Divulgação)
UNE e outros movimentos iniciam jornada em 25 de março (Foto: Divulgação)

A Jornada de Lutas da Juventude Brasileira – iniciativa que reúne jovens de organizações estudantis e movimentos sociais – realizou no sábado (23) mais uma plenária preparatória para as manifestações que devem ocorrer entre 25 de março e 1º de abril deste ano em todo o país.

À frente do projeto estão UNE, CUT, MST, Levante Popular, Marcha Mundial de Mulheres, Nação Hip Hop Brasil e Via Campesina, entre outras.

“Iniciamos aqui uma caminhada de unidade e luta por reformas estruturais que enterrem o neoliberalismo e resguardem a nossa democracia dos retrocessos que preparam os monopólios da mídia, ou pelos golpes institucionais (seja no Paraguai, na Venezuela, Honduras ou no Brasil)”, diz um trecho do manifesto do movimento, que pode ser lido na íntegra aqui.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A plenária de ontem ocorreu no Sindicato dos Químicos de São Paulo, na região central da capital. Foram discutidos desde os temas até a organização das manifestações.

Segundo a militante do Levante Popular da Juventude Carla Bueno, que compôs a mesa da plenária, um dos desafios é mobilizar os jovens que tiveram acesso ao ensino superior por meio das políticas sociais dos últimos anos.

“A nossa tarefa na jornada de lutas é mobilizar essa juventude de que hoje está dentro da universidade, mas que não necessariamente tem condições de se estabelecer dentro daquele espaço”, ressaltou.

As condições de vida desses jovens dificultam, na opinião de Carla, a participação em movimentos políticos. “Quando você trabalha oito horas por dia, vai estudar de noite em uma universidade particular que, muitas vezes, tem o ensino extremamente voltado para o técnico, é complicado estimular a mobilização”, exemplifica.

Para a militante, as oportunidades de aproximar esses jovens da política ocorrem por meio de demandas concretas. “Eles se organizam a partir da necessidade de atendimento estudantil, das demandas reais que eles vão sentindo e, com isso, a gente vai debatendo o modelo de sociedade que a gente quer construir”, diz.

Entre os temas do movimento está o investimento de 10% do PIB brasileiro na educação pública, além de 100% dos royalties do petróleo e 50% do Fundo Social do Pré-Sal.

Outra pauta é combate à violência e extermínio da população jovem e negra no Brasil, principalmente nas periferias das grandes cidades.

O trabalho decente para a juventude brasileira urbana, com garantia de todos seus direitos e a possibilidade de adequação das suas atividades à formação educacional e cultural também terá destaque entre as reivindicações, assim como a reforma agrária para o pleno desenvolvimento dos jovens nas zonas rurais.

Outro tema prioritário é a democratização dos meios de comunicação no país, questionando o monopólio dos grandes grupos econômicos e promovendo as novas alternativas de redes e conhecimento livre, rádios e TVs comunitárias, novas mídias e internet.

Com informações da Agência Brasil e do site da UNE.

Vale do Paraíba se mobiliza para pedir investimento na cultura da região

 

 

Fábio Mozart e Das Dores Neta, do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, uma das entidades que estão mobilizando produtores culturais do vale do Paraíba para participar do Orçamento Democrático Estadual em Itabaiana.
Os artistas e produtores culturais das cidades localizadas no vale do Paraíba e polarizadas por Itabaiana estarão hoje, sexta-feira 8, na audiência pública  do Orçamento Democrático Estadual para dizer ao governador Ricardo Coutinho, através da representação dos conselheiros e conselheiras, que querem prioridade de investimentos nas áreas de cultura, estradas e rodagens e indústria. A instalação de um centro cultural em Itabaiana é a prioridade nº 1 para atender às necessidades culturais da região, segundo afirma o conselheiro Lucas Martins, cantor e compositor, membro do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar.
A audiência regional em Itabaiana será realizada no Ginásio Poliesportivo da Escola Estadual Dr. Antonio Batista Santiago, no Alto Professor Maciel, a partir das 19 horas, com a presença do governador e seus secretários. As prioridades indicadas pela população através dos conselheiros e conselheiras serão levadas em consideração pelo Governo na elaboração do orçamento de 2013.
A quantidade de buracos nas estradas que dão acesso aos municípios do vale do Paraíba está tirando a paciência dos moradores, principalmente dos motoristas. O problema também será levado à audiência regional em Itabaiana como prioridade, bem como a industrialização da região, uma das mais pobres do Estado. “Nossas populações têm decrescido por causa da falta de emprego e renda”, lamenta um morador. “Precisamos cobrar ações efetivas do Governo para garantir investimentos que promovam emprego”, afirmou.

Fonte: pccn.wordpress
Focando a Notícia

Olimpíadas de Matemática mobiliza mais de 19 milhões de alunos

 

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) mobilizou, nessa terça-feira (5), mais de 19 milhões de alunos em todo o País. Os estudantes participam da primeira fase de provas em mais de 46 mil escolas de 99,4% dos municípios brasileiros. O número de instituições de ensino é o maior desde a primeira edição do evento, em 2005, que contou com cerca de 31 mil escolas.
A 8ª Obmep está marcada por um número recorde de novos estabelecimentos inscritos em relação às edições anteriores, pois conta com a adesão de mais 2 mil escolas. O percentual de cidades mobilizadas também cresceu, passando de 93,5% para 99,42% (5.533 municípios) no mesmo período. A quantidade de estudantes inscritos na 8ª Obmep supera à do ano passado, que contou com 18,7 milhões de alunos.

Prova
A prova objetiva consiste em 20 questões de múltipla escolha. Os alunos participantes são divididos em três níveis, conforme o grau de escolaridade. Com duração de duas horas e 30 minutos, o exame será aplicado e corrigido pelos próprios professores das escolas inscritas, seguindo instruções e gabaritos elaborados pela coordenação geral do evento.
As provas para a segunda fase estão marcadas para 15 de setembro, quando 5% dos estudantes classificados na primeira etapa responderão de seis a oito questões discursivas.

Organização
A Obmep foi criada para estimular o estudo da matemática entre alunos e professores de todo o País. É promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pelo Ministério da Educação (MEC), e realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).
Alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental a estudantes do ensino médio de escolas públicas municipais, estaduais e federais participam da Obmep, concorrendo a prêmios de acordo com a classificação nas provas. Aqueles que se classificarem nas duas provas (objetiva e discursiva) receberão medalhas de ouro, prata e bronze, além de cursarem programas de iniciação científica e de mestrado.

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Focando a Notícia

Cuité (PB): Luta pela construção da Barragem Retiro mobiliza sociedade civil organizada

 

Uma assembleia geral extraordinária reuniu na quarta-feira (30/5), no grupo escolar do assentamento Retiro, em Cuité (PB), presidentes de associações (Francinaldo Queiroz e Ambrósio Fialho) e do sindicato rural (Everaldo da Costa); secretário municipal (Bado Venâncio); representantes da CPT (monsenhor Luiz Pescarmona); Diocese de Guarabira (dom Lucena); INCRA-PB (Marcos Eloy); Governo Municipal (prefeita Euda Fabiana); mandato do deputado federal Luiz Couto (jornalista Antônio Balbino); e aproximadamente trezentos trabalhadores, vindos também de Batentes II e comunidades adjacentes. O objetivo foi discutir a construção da Barragem Retiro na bacia hidrográfica do rio Jacu.

 

Projetada desde 2002, o sonho de execução da obra vem gerando uma expectativa positiva nos assentados e na população, inclusive, de municípios vizinhos que sofrem com a falta d’água, a exemplo de Nova Floresta. A avaliação é que construção da barragem dará grande ajuda para o desenvolvimento sustentável da região, beneficiando diretamente mais de 20 mil pessoas.

 

Um fato que chamou atenção foi à presença do ex-proprietário da área, Geraldo Simões, na reunião. Narrou alguns fatos, colocou-se a disposição para ajudar no que for preciso e revelou ter saído aliviado porque finalmente descobriu quem incentivou a desapropriação da fazenda.

 

“Os adversários de Bado Venâncio, prefeito na época, diziam que ele era o responsável, mas hoje, passado todos esses anos, descobri que foi o padre Luiz Pescarmona”, disse sereno e sem demonstrar nenhum rancor, arrancando risos da plateia.

 

Encaminhamento

 

Como resultado da assembléia, um documento será enviado à Delegacia Federal do MDA no Estado da Paraíba e ao Ministério da Integração Nacional.

 

Confira na íntegra:

 

 

ASSOCIAÇÃO DOS TRABALHADORES RURAIS DO

PROJETO DE ASSENTAMENTO RETIRO

MUNICÍPIO – CUITÉ – PARAÍBA

CNPJ. Nº 04.807.353/0001-58

 

OFÍCIO nº 09/2012

Cuité, 30 de maio de 2012

 

 

AO: Ministério da Integração Nacional / Delegacia Federal do MDA no Estado da Paraíba

 

         Departamento Nacional de Obras Contra Seca

ASSUNTO: Construção da Barragem Retiro – Município de Cuité-PB

 

 

Nós, representantes das Associações dos Trabalhadores Rurais dos Projetos de Assentamentos Retiro e Batentes II, do município de Cuité – PB, com o apoio da Diocese de Guarabira/PB, através da Comissão Pastoral da Terra – CPT, do Instituto de Colonização e Reforma Agrária – INCRA/PB, do Governo do Estado da Paraíba, da Prefeitura Municipal de Cuité/PB, do Deputado Estadual Antônio Ribeiro/PB, do Deputado Federal Luis Couto/PB e demais comunidades adjacentes, vem, confiantemente, solicitar deste Ministério a Construção da Barragem Retiro, cujo projeto já se encontra no INCRA da Paraíba desde outubro de 2002, porém, até a presente data, não tomamos conhecimento sobre providência para a realização da mesma. Esta situação tem causado grandes preocupações aos habitantes deste município, principalmente às famílias de trabalhadores rurais que, nos últimos anos, têm enfrentado muitas dificuldades por escassez de água.

 

A construção da Barragem Retiro na bacia hidrográfica do rio Jacu será de fundamental importância para o desenvolvimento sustentável da região, uma vez que dará suporte ao abastecimento da cidade de Cuité/PB, com 19.950 habitantes e aos Projetos de Assentamentos Retiro com capacidade para 250 famílias (6.070,4ha) e Batentes II com capacidade para 38 famílias (926,42ha), beneficiando cerca de mais de 20 mil habitantes.

 

É importante que as autoridades competentes entendam que o processo de estiagem se agravou nos últimos 30 anos, causando sérios problemas para os habitantes do Curimataú Ocidental, principalmente nos municípios de Cuité e Nova Floresta, cidades abastecidas pelo Boqueirão do Cais, o qual não atende mais ao aumento populacional e ao desenvolvimento sócio e econômico que vem aumentando a cada ano. Lembramos que estas duas localidades foram inclusos entre os municípios que tiveram a situação de emergência decretada e homologada pelo Governo Federal por causa da seca.

 

Passado todos esses anos o reservatório continua o mesmo. Embora ocorram as chuvas a estiagem nesta região é uma constante todos os anos.

 

Dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da ParaíbaAESA de 26 de abril de 2012 mostram que o Açude Boqueirão do Cais, em Cuité, encontra-se apenas com 33,9% correspondente a 4.197. 505 m3 de água. Enquanto a capacidade máxima do açude  é

de 12.367.300 m3 de água. O mesmo foi inaugurado no ano de 1985 e a última vez que sangrou foi em Janeiro de 2004.

 

Na certeza que o Ministério atenderá nossa reivindicação, aguardamos resposta positiva ao pleito encaminhado.

 

Atenciosamente,

_______________________________________________________

Francinaldo Queiroz de Lima

Presidente da Associação dos Trab. Rurais do P. A. Retiro

_______________________________________________________

Ambrósio dos Santos Fialho

Presidente da Associação dos Trab. Rurais do P. A. Batentes II

_______________________________________________________

Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena

Bispo Diocesano – Guarabira – Paraíba

_______________________________________________________

Mons. Luigi Alberto Pescarmona

Coord. da Comissão Pastoral da Terra /CPT – Guarabira – Paraíba

_______________________________________________________

Marcos Fard Eloy Dunda – Divisão Projetos de Assentamentos

Instituto de Colonização e Reforma Agrária – INCRA/PB

_______________________________________________________

João Azevedo Lins Filho

Secretaria Extraordinária do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e

 Minerais – Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos

_______________________________________________________

Euda Fabiana de Farias Palmeira Venâncio   Prefeita

Prefeitura Municipal de Cuité – Paraíba

_______________________________________________________

Antônio Ribeiro (Frei Anastácio)

Deputado Estadual/Paraíba

_______________________________________________________

Luis Couto

Deputado Federal/Paraíba

 

 

Galeria de fotos

Redação/Focando a Notícia

Grito da Terra mobiliza centenas de trabalhadores em Brasília

 

Trabalhadores rurais de diversas partes do país se reúnem, nesta quarta-feira (30), em uma grande marcha em Brasília convocada pelo 18º Grito da Terra Brasil (GTB), da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). Tida como a maior mobilização nacional de agricultores, o GTB reivindica todos os anos melhorias nas condições de vida e de trabalho para a população do campo.

Para o presidente nacional da CTB, Wagner Gomes, que também estará presente no ato, é possível avançar na luta através da mobilização. “A Contag promove todos os anos o Grito da Terra Brasil, em prol das melhorias de vida para os trabalhadores rurais e para a agricultura familiar. E nesta grande mobilização que cobra diretamente o governo federal sobre as principais questões que envolvem a classe trabalhadora do campo é possível avançar rumos às conquistas”, afirma o dirigente.

As negociações com o governo federal envolvendo as principais questões do GTB, já foram feitas dias antes. Várias reuniões entre lideres sindicais rurais e representantes de diversos ministérios já aconteceram. Agora, os trabalhadores e trabalhadoras rurais esperam que o governo federal realmente cumpra com todas as exigências feitas pelos trabalhadores.

A pauta de revindicações será entregue oficialmente durante a marcha dos trabalhadores rurais. Entre as principais reivindicações estão:

Reforma agrária: desapropriação de imóveis rurais, regularização fundiária, Programa Nacional de Crédito Fundiário, sustentabilidade econômica, social e ambiental dos projetos de assentamentos, sustentabilidade ambiental e gestão do Incra;

Política agrícola: orçamento da política agrícola e desenvolvimento da agricultura familiar, enquadramento da agricultura familiar para efeito de acesso às políticas públicas, sistema de proteção à infraestrutura e à produção na agricultura familiar, territorialidade, economia solidária, cooperativismo e associativismo, pesquisa e ATER/ATES e sistema de produção sustentável;

Políticas sociais: políticas de saúde para as populações do campo e da floresta/SUS, política de previdência social, proteção infanto-juvenil, educação do campo, habitação rural, democratização e acesso dos meios de comunicação e inclusão digital e cultura e esporte no meio rural;

Terceira idade: criação da Secretaria Especial da Pessoa Idosa, delegacias de proteção à pessoa idosa e mais rigor na fiscalização dos empréstimos para os aposentados;

Mulheres trabalhadoras rurais: enfrentamento à violência contra as mulheres e autonomia econômica, trabalho e renda para as mulheres;

Organização sindical:
regulamentação da contribuição sindical rural, representatividade das entidades sindicais de trabalhadores rurais e programa de formação para 5 mil beneficiários rurais em 2012;

Relações internacionais: participação da Contag nos espaços institucionais que definem a posição do governo brasileiro nas negociações internacionais e apoio na realização de estudos e análises técnicas que fundamentem políticas de apoio à comercialização dos produtos da agricultura familiar.

Fonte: CTB