Arquivo da tag: Missa

Mulher empurra Padre Marcelo Rossi de altar durante missa em Cachoeira Paulista

Uma mulher invadiu o altar e empurrou o padre Marcelo Rossi durante uma missa em Cachoeira Paulista neste domingo (14). A mulher furou a segurança, invadiu o palco durante a celebração que acontecia na Canção Nova e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, ele não ficou ferido e a mulher foi contida pela Polícia Militar.

O padre estava no local para a missa de encerramento do acampamento ‘Por Hoje Não’ (PHN). Por volta das 14h50 a mulher, que participava do evento, conseguiu furar a segurança, invadiu o palco por trás e empurrou o padre, que caiu da estrutura.

No momento, pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Apesar da queda, o padre voltou ao palco minutos depois e continuou a celebração.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher está sendo encaminhada para a delegacia de Lorena para o registro do caso. A PM informou que a ocorrência está sendo feita pela Canção Nova porque o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão.

A polícia informou que a mulher tem 32 anos e que fazia parte de um grupo que veio do Rio de Janeiro para o evento. Os acompanhantes informaram à PM que ela sofre de transtornos mentais.

Em nota a Canção Nova informou que lamenta o incidente ocorrido com o padre Marcelo Rossi durante a missa e informou que ele foi atendido pela equipe médica do evento e, após ser liberado, seguiu com a celebração até o fim.

Vídeo

Em um vídeo divulgado após a agressão, o Padre Marcelo Rossi diz que ‘Maria passou na frente e pisou na cabeça da serpente’. A imagem foi divulgada pela Canção Nova, ao final da celebração.

“Maria passou na frente, pisou na cabeça da serpente, estou ótimo”, disse. “Fiquem tranquilos, só umas dorzinhas, não quebrou nada”, acrescentou.

G1

 

Homem mata quatro e comete suicídio durante missa na Catedral de Campinas

Um homem matou quatro pessoas e deixou quatro feridas durante uma missa na Catedral Metropolitana, no Centro de Campinas (SP), na tarde desta terça-feira (11), segundo o Samu, Bombeiros e Polícia Militar. O suspeito pelos disparos na igreja cometeu suicídio em seguida.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o suspeito teria entrado na Catedral com uma pistola e um revólver calibre 38, e se matado em frente ao altar após os crimes. Ele foi identificado pela Polícia Civil como Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, com (CNH) registrada em Valinhos (SP).

A PM chegou a falar que o atirador havia matado cinco pessoas, mas depois corrigiu a informação.

 

O que já se sabe sobre o ocorrido:

  • Uma missa havia começado às 12h15;
  • Um homem entrou armado na Catedral, por volta das 13h;
  • Ele sentou em um dos bancos da igreja e, ao final da celebração, disparou cerca de 20 tiros;
  • Ele matou quatro homens, deixou quatro pessoas feridas e cometeu suicídio na sequência;
  • Os mortos não foram identificados;
  • A motivação do crime é investigada pela polícia;
  • Os feridos foram levados ao Mário Gatti, Beneficência Portuguesa e Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp – veja, abaixo, o estado de saúde de cada um deles;
  • Para a polícia, o atirador “executou um plano que tinha na cabeça”;
  • O atirador foi identificado como Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos – ele chegou a trabalhar no Ministério Público como auxiliar de promotoria, mas saiu do órgão em 2014

20 disparos

O delegado do 1º Distrito Policial, Hamilton Caviola Filho, viu imagens do circuito de segurança dentro da igreja no momento da ação. Ele estima pelo menos 20 disparos.

Delegado conta como homem entrou na Catedral e começou a atirar

Delegado conta como homem entrou na Catedral e começou a atirar

“Ele sentou a uns dez metros para a frente da porta. Ele não entrou atirando, primeiro ele senta em um banco”, afirma. De acordo com o delegado, logo após a entrada do atirador, três pessoas sentaram no banco atrás dele e foram as primeiras a serem atingidas. Entre elas, uma morreu.

“Ele usou uma arma, mas estava com duas. Motivação a gente só vai saber quando identificar, para saber o histórico dele. Eu estou me reportando às imagens. Ele [atirador] parou, pensou e executou o plano que tinha na cabeça […] Ele se matou, mas o policial deve ter alvejado ele porque estava com um tiro na costela, depois desse tiro ele caiu e se matou”, diz o delegado.

O delegado José Henrique Ventura, do Departamento de Polícia Judiciária (Deinter-2) afirmou que o atirador usou dois dos quatro carregadores nos assassinatos e todos os mortos são homens.

 Homem matou fiéis dentro da Catedral de Campinas — Foto: DENNY CESARE/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Homem matou fiéis dentro da Catedral de Campinas — Foto: DENNY CESARE/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

“A maioria idosos, pessoas inocentes, e ele [suspeito] acabou disparando contra todas essas pessoas. A cena é desesperadora, uma tragédia muito grande”, diz o guarda Alexande Moraes.

Os mortos não foram identificados e a polícia investiga a motivação do crime. A princípio, a informação recebida pela EPTV é de que houve um assalto antes, mas autoridades negaram.

“As vítimas não foram identificadas ainda. Socorremos quem poderia ser socorrido e investimos em quem nós achamos que poderia retornar do quadro grave […] Não temos informação sobre motivação e sobre quem são as vítimas”, explica o bombeiro Alexandre Monteiro.

Atirador matou quatro pessoas em igreja de Campinas — Foto: Arte / G1

Atirador matou quatro pessoas em igreja de Campinas — Foto: Arte / G1

Os feridos

Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local, por volta das 13h20, para atender aos feridos. A informação inicial é de que Jandira Prado Monteiro, de 65 anos, teve lesões em uma das mãos e tórax e foi socorrida ao Hospital Mário Gatti, mas está fora de risco.

Para o mesmo hospital municipal foi encaminhado Heleno Severo Alves, de 84, que foi atingido por dois disparos nas regiões do tórax e abdômen e passará por cirurgia. O estado dele é grave.

Maria de Fátima Frazão Ferreira, de 68 anos, foi levada ao Hospital de Clínicas da Unicamp após ser baleada em uma das pernas e o quadro de saúde dela é estável, segundo a unidade.

O quarto ferido é um homem, de 64 anos, que foi atingido por dois tiros de raspão e foi socorrido ao Hospital Beneficência Portuguesa. A assessoria informou à EPTV que ele já recebeu alta.

O entorno da Catedral Metropolitana foi isolado e câmeras de monitoramento da CinCamp registraram a movimentação na área.

Multidão na frente da Catedral, em Campinas — Foto: Fernando Evans / G1

Multidão na frente da Catedral, em Campinas — Foto: Fernando Evans / G1

Arquidiocese lamenta

A Arquidiocese de Campinas lamentou, em nota, a tragédia ocorrida nesta terça-feira.

ArquidioceseCampinas@ArqCampinas

Um tiroteio deixou pelo menos cinco pessoas mortas e outras quatro feridas no começo da tarde desta terça-feira (11), dentro da Catedral Metropolitana de Campinas, no Centro da cidade, segundo informações do… https://www.facebook.com/106101419457782/posts/2020074988060406/ 

Prefeito se manifesta

Em nota, a administração municipal informou que está mobilizada para atendimentos e o prefeito, Jonas Donizette (PSB), ficou “estarrecido com o brutal crime e dedica orações às vítimas e famílias”. O governo municipal decretou luto oficial de três dias, a partir desta terça-feira.

Atirador cometeu suicídio após crimes na Catedral — Foto: Reprodução/EPTV

Atirador cometeu suicídio após crimes na Catedral — Foto: Reprodução/EPTV

Crime ocorreu na tarde desta terça-feira, em Campinas — Foto: Johnny Inselsperger / EPTV

Crime ocorreu na tarde desta terça-feira, em Campinas — Foto: Johnny Inselsperger / EPTV

População ao lado da Catedral Metropolitana de Campinas — Foto: Fernando Evans/G1

População ao lado da Catedral Metropolitana de Campinas — Foto: Fernando Evans/G1

Carros da perícia ao lado da Catedral, em Campinas — Foto: Fernando Evans / G1

Carros da perícia ao lado da Catedral, em Campinas — Foto: Fernando Evans / G1

Moradores acompanham trabalhos da polícia na Catedral — Foto: Fernando Evans / G1

Moradores acompanham trabalhos da polícia na Catedral — Foto: Fernando Evans / G1

G1

 

Na Câmara, Luiz Couto parabeniza padre Adauto por declaração contra Temer na missa

Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), Luiz Couto (PT-PB) elogiou a atitude do Padre Adauto, da Paróquia de Pirpirituba. Na semana passada, o religioso falou sobre a crise política brasileira e chegou a citar nominalmente os deputados nos quais os

católicos não devem votar.

“O Padre Adauto é um homem que tem uma sensibilidade muito grande com aquilo que acontece no meio do povo. Indignado com a situação daqueles que votaram pela não investigação do Presidente da República Michel Temer, ele se manifestou em uma celebração, revelando o nome dos paraibanos que foram infiéis à vontade do povo, que queria o afastamento do Presidente Michel Temer”, disse Couto.

O parlamentar petista parabenizou o colega de batina e ressaltou que ele exerceu um papel importante. “A população o aplaudiu naquele momento porque não aceita que haja dois pesos e duas medidas porque muitos parlamentares disseram: sou contra a corrupção, mas o Presidente vai ser julgado depois, quando ele sair.

Ora, esse é o reconhecimento de que, de fato, as denúncias são robustas, são gravíssimas. Não há como não votarmos quando chegar a nova denúncia para o afastamento do Presidente Michel Temer, para que, de fato, o povo brasileiro possa saber que, no Brasil, quem comete crime tem que ser punido, tem que ser julgado, tem que ser condenado, tem que pagar a pena. E, na justiça, vai ter o direito ao contraditório, vai ter o direito à defesa”, declarou Luiz Couto.

Para o deputado petista, é um motivo de honra o discurso do Padre Adauto: “Ele é um homem de muita fé e está antenado com as questões do nosso País e o Brasil precisa ter cada vez mais pessoas como ele, que trabalham na perspectiva de fazer com que o país possa ter um quadro diferente, condenando aqueles que cometem crimes”.

A recomendação do Padre Adauto, de Pirpirituba, foi para que os eleitores não mais votem em Aguinaldo Ribeiro, André Amaral, Benjamin Maranhão, Efraim Filho, Hugo Motta, Rômulo Gouveia e Wilson Filho. A referência foi ao fato dos seis primeiros terem votado contra a investigação a Michel Temer, enquanto o último não compareceu à sessão e alegou ter perdido o voo para a capital federal.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Afastado das funções em Guarabira, padre preside Missa fora da Paraíba e abre polêmica

padre-anselmoDurante a Romaria de Finados, na Basílica do Santuário de Nossa Senhora das Dores, no Juazeiro do Norte (CE), um registro curioso virou tema de discussão nas redes sociais: Pode um padre afastado das funções sacerdotais, investigado por suposta prática de pedofilia, presidir a celebração da Santa Missa? 

A discussão foi iniciada a partir da divulgação de imagens e vídeos mostrando o padre José Anselmo Soares de Sousa, afastado em 04 de abril deste ano das atividades eclesiais na Diocese de Guarabira, concelebrando e presidindo Missa na terra do padre Cícero Romão.

O vigário paroquial do Juazeiro do Norte, padre Cícero Gomes, acolheu na manhã deste domingo, 30, o padre Anselmo como sendo da Paróquia Sagrada Família de Belém, Diocese de Guarabira na Paraíba. O sacerdote afastado presidiu a celebração normalmente. A Romaria de Finados acontece de 29 de outubro até 02 de novembro.

O sacerdote foi afastado das funções sacerdotais por ter sido denunciado por “atos em desacordo com a lei”, conforme nota assinada pelo então bispo diocesano Francisco de Assis Dantas de Lucena.

A Polícia Civil da região explicou que o sacerdote está sendo investigado pelo crime de estupro de vulnerável, que teria ocorrido na cidade de Dona Inês, no Agreste do estado. A nota confirmou, à época, que o afastamento será mantido até o encerramento de todas as investigações.

“O afastamento do Sacerdote visa preservar os princípios da moral e ética cristãs, ao mesmo tempo em que reforça o compromisso com a busca da verdade, reunindo todos os esforços no sentido de apurar as denúncias recebidas”, disse a nota emitida por dom Lucena em abril.

Ainda na nota, o bispo diz “não admitir precipitação em proteger culpados ou execração de inocentes, mas reafirma o compromisso de esclarecer minuciosamente todas as acusações.

Ainda não conseguimos ouvir a versão do padre Anselmo e não há ainda uma posição oficial da Diocese de Guarabira sobre o assunto, mas as primeiras informações colhidas junto a integrantes do clero diocesano, confirmam que o sacerdote continua afastado e proibido de exercer suas funções. Para alguns sacerdotes, que preferiram não se identificar, a tentativa de driblar uma determinação superior pode complicar ainda mais a situação do padre Anselmo.

Rafael San

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Madre Teresa de Calcutá é canonizada pelo papa Francisco em missa no Vaticano

madre-teresa-de-calcutaEm missa de canonização celebrada neste domingo (4) na Praça São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco declarou santa Madre Teresa de Calcutá. A cerimônia contou com a presença de cerca de 120 mil fiéis de diversas partes do mundo.

A missão de Madre Teresa, segundo Francisco, permanece nos dias de hoje como um testemunho eloquente da proximidade de Deus junto aos mais pobres. O papa também se referiu à religiosa, de origem albanesa, como modelo de santidade para todos os agentes de misericórdia.

“Madre Teresa, ao longo de toda a sua existência, foi uma dispensadora generosa da misericórdia divina, fazendo-se disponível a todos, por meio do acolhimento e da defesa da vida humana, dos nascituros e daqueles abandonados e descartados.”

Referindo-se à nova santa, fundadora das Missionárias da Caridade, Francisco pediu que “esta incansável agente de misericórdia” ajude o mundo a entender que o único critério de ação é o amor gratuito, livre de qualquer ideologia e de qualquer vínculo e que é derramado sobre todos sem distinção de língua, cultura, raça ou religião.

“Levemos no coração o seu sorriso e o ofereçamos a quem encontremos no nosso caminho, especialmente àqueles que sofrem. Assim, abriremos horizontes de alegria e de esperança numa humanidade tão desesperançada e necessitada de compreensão e ternura”, concluiu o papa.

O processo de canonização de madre Teresa teve início com um milagre envolvendo o brasileiro Marcílio Haddad Andrino, morador da cidade de Santos (SP). Ele foi diagnosticado com hidrocefalia e uma infecção rara no cérebro, mas foi curado após sua esposa rezar pedindo a intercessão de Madre Teresa de Calcutá.

A religiosa, cujo nome verdadeiro é Agnes Gonxha Bojaxhiu, nasceu em uma comunidade albanesa no sul da antiga Iugoslávia. Ordenou-se freira na Índia, onde tomou o nome de Teresa. Em 1946, decidiu abandonar o convento e viver para os pobres. Sua atuação como missionária lhe rendeu o Prêmio Nobel da Paz em 1979.

Madre Teresa de Calcutá morreu em setembro de 1997 – seis anos antes de ser beatificada pelo papa João Paulo II.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Papa Francisco cai durante missa em Cracóvia, na Polônia

(Foto: G1)
(Foto: G1)

O Papa Francisco caiu durante uma missa em Cracóvia, na Polônia, nesta quinta-feira (28), segundo a Associated Press. Ele foi socorrido por padres e bispos que participavam da cerimônia no santuário de Jasna Góra, em Czestochowa. Aparentemente, ele não se machucou e continuou a celebração.

Francisco chegou nesta quarta-feira (27/07) à Polônia. Ele ficará na cidade polonesa até o próximo domingo para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2016.

Em seu primeiro ato, que aconteceu na quarta-feira (27), ele foi ao Castelo Real para uma reunião com o presidente polonês, Andrzej Duda.

Ele pediu ao governo do país para se mostrar disposto a receber “aqueles que fogem da guerra e da fome”, no seu primeiro discurso em Cracóvia, perante autoridades polonesas, no Castelo Real de Wawel.

Durante o voo até a Cracóvia, o pontífice disse que a série de ataques recentes, incluindo o assassinato de um padre na França, é a prova de que o “mundo está em guerra”. No entanto, ele destacou que culpar a religião por isso não é responsável, segundo a Reuters.

Para o pontífice, os conflitos são motivados pela disputa pela dominação de povos e por interesses econômicos. As declarações foram dadas a bordo de um avião que o levará à Polônia.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Multidão marca presença em missa do presépio em frente à Catedral Diocesana de Guarabira

Na noite da última terça-feira (09/12), aconteceu a missa do presépio em frente à Catedral Diocesana de Guarabira. Na oportunidade o padre Adauto Tavares abençoou o presépio elaborado em parceria entre a Paróquia de Nossa Senhora da Luz e a Prefeitura de Guarabira que fica disponível para visitação de toda a comunidade.

Missa do Presépio 5O prefeito Zenóbio Toscano, juntamente com a primeira-dama e deputada Léa Toscano e a filha do casal, a deputada eleita Camila Toscano, além de diversos secretários estiveram participando da missa e do momento de bênção do presépio acompanhados por uma multidão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Quem compareceu a solenidade foi surpreendido por uma belíssima apresentação do Coral Municipal, que emocionou o público presente ao entoar tradicionais cantos natalinos. A noite também contou com a participação do Quinteto de Metais, da Universidade Federal da Paraíba, além de uma exposição de presépios natalinos de diversos tipos e estilos, no Centro de Documentação Cel. João Pimentel.

Missa do Presépio 6

Durante a missa, o padre Adauto entrou em acordo com o prefeito Zenóbio para que, a partir do ano que vem, a missa do presépio seja realizada na segunda terça-feira do mês de dezembro.

 

por Geano Sousa

Casal é flagrado na maior pegação por traz da Catedral, durante a Missa em Guarabira

videoUm casal foi flagrado por populares, na tarde deste domingo (07), enquanto se “pegavam” nomeio da rua e em plena luz do dia, na praça que fica por traz da Catedral de Nossa Senhora da Luz, no Centro de Guarabira.

As imagens, que já estão rolando pelas redes sociais, foram gravadas por um morador da rua, por volta das 17:00h, enquanto uma Missa era celebrada na igreja, com a participação de centenas de fiéis.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Como se ali fosse o local mais apropriado para tal ato, o casal parecia estar à vontade e não se incomodava com as pessoas que passavam ou que ali residem.

Confira as imagens no vídeo abaixo:

portalmidia

Mulher acha em missa do Dia das Mães acusado de matar filha dela há um ano, no Sertão da Paraíba

jovemUma ocorrência chamou a atenção dos moradores do município de Nazarezinho, no  Sertão do estado, distante 460 quilômetros de João Pessoa, nesse domingo (11), Dia das Mães.

Uma mulher que há cerca de um ano perdeu a filha em um acidente de trânsito em que o responsável pela tragédia estava foragido, avistou e reconheceu o suspeito nas ruas da cidade, que tem cerca de sete mil habitantes, e o denunciou à polícia.

De acordo com informações do tenente Leandro, do 14º Batalhão, a mãe ligou para o Copom por volta das 11h, informando que tinha avistado o responsável pelo acidente que matou a filha dela.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os policiais foram até o local e deram voz de prisão ao suspeito que estava em um estacionamento de um posto de combustível e não esboçou nenhuma reação.

O militar disse, ainda, que contra ele havia um mandado de prisão em aberto e ele foi levado para a delegacia de Sousa, também no Sertão e de lá foi para o presídio regional da cidade.

O acidente

Maria de Lourdes Ribeiro Casimiro, 23 anos, estava com um amigo na porta de uma residência na zona rural de Nazarezinho, quando um veículo desgovernado teria batido contra duas motos estacionadas e os dois amigos que estavam parados em frente à casa.

A jovem foi arremessada a uma distância de 15 metros, chegou a ser socorrida, mas morreu horas depois.

O responsável pelo acidente fugiu do local e, segundo testemunhas, estaria com sintomas de embriaguez. O acidente aconteceu em março do ano passado e as informações sobre o caso, como os dados da vítima, foram divulgados pelo 14º Batalhão da PM..

 

portal correio

Após polêmica, frei volta a celebrar missa em BH e número de fiéis dobra

frei-volta-a-missaCerca de 2.000 pessoas assistiram à missa celebrada às 11h deste domingo (9) pelo frei Cláudio van Balen, 81, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, zona sul de Belo Horizonte. O frei, ligado à ala mais progressista da Igreja Católica e defensor da Teologia da Libertação –e que há cinco décadas celebra a missa nesse horário–, havia sido afastado em janeiro pela Arquidiocese de Belo Horizonte e Província Carmelita de Santo Elias, mas retornou à função após pressão dos fiéis.

A presença de 2.000 pessoas na missa representa o dobro do público que normalmente frequentava as celebrações das 11h de domingo na igreja. O templo, que tem capacidade para 800 pessoas sentadas, foi tomado fiéis que acabaram ocupando espaços laterais e parte do altar, e dezenas de pessoas ficaram do lado de fora da igreja.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Depois que o sinete do altar tocou três vezes, frei Cláudio van Balen entrou e foi aplaudido com entusiasmo pelos fiéis –alguns choravam. O frei, então, levantou a mão direita pedindo silêncio, e a missa pode começar. Balen nada falou sobre seu afastamento.

“Em nome do pai, amém. Excluídos sejam incluídos, pela nossa prática do bem. É missão de todos a convivência transformadora”, disse o frei no rito inicial. “Apegados ao poder, maltratamos irmãos”, continuou.

Após o afastamento do frei, a missa das 11h do dia 26 de janeiro (um domingo) foi tomada por uma manifestação de fiéis, que protestavam contra a saída do religioso. As cerca de mil pessoas que tinham ido assistir à missa impediram que ela fosse realizada pelos freis Evaldo Xavier, 47, e Wilson Fernandes, 31, que assumiu a paróquia no início do ano.

Após o episódio, a Arquidiocese e a Província Carmelita proibiram as missas do frei e fecharam a igreja, mas os fiéis compareceram ao local no último domingo (2), entoaram cânticos católicos, rezaram e protestaram contra a ausência do frei. Foi então que, na segunda-feira (3), a Arquidiocese e a Província Carmelita voltaram atrás e anunciaram o retorno do frei.

Emoção

A estudante Silvia Couto Gonçalves de Souza, 26, aluna da escola da Apae (Associação de Pais e Amigo dos Excepcionais) de Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, sentou-se ao pé do altar para assistir à celebração, mas rezou pouco: Silvia chorou durante toda a celebração. Olhava para o frei, abaixava a cabeça, e chorava.

“Ela gosta muito do frei Cláudio. Já se acostumou com ele”, disse a mãe de Silvia.

A médica geriatra Diana Carvalho Ferreira, 33, rezou acompanhou a missa do lado de fora da igreja. Ao lado do filho Raul, que no sábado (8) completou um mês de idade, ela disse que a missa era “especial”.

“Não poderia ficar com ele lá dentro, cheio do jeito que está. Ele ainda não foi batizado, mas fiz questão de trazer. Essa missa é especial. O frei Cláudio explica bem a religião na prática, no dia a dia, na nossa vida. A gente consegue colocar os ensinamentos religiosos em prática.”

 

Uol