Arquivo da tag: Michel

Michel Temer faz apelo a prefeitos para que apoiem a reforma da Previdência

O presidente Michel Temer fez um apelo nesta quarta-feira (13) aos prefeitos para que ajudem no convencimento da sociedade e dos parlamentares sobre a aprovação da reforma da Previdência. Em cerimônia no Palácio do Planalto, Temer destacou que ainda há muita desinformação sobre a proposta e os parlamentares “precisam saber que têm o apoio da população e dos prefeitos”.

“Quem está no Legislativo deve ecoar a vontade da sociedade. (…)Para o tópico da Previdência é preciso mobilizar a consciência nacional para que os deputados possam ecoar essa postulação na votação da Câmara e do Senado Federal. Em primeiro lugar, para que este eco se dê nestas casas legislativas, é preciso esclarecer o que é hoje a reforma da Previdência. Ela não prejudica praticamente ninguém, trabalhador rural está fora, Benefício de Prestação Continuada está fora”, disse Temer.

O presidente ressaltou que os deputados e senadores costumam ser muito próximos dos prefeitos, que demandam acesso às emendas e benefícios por meio da atuação dos parlamentares. E alertou que a reforma pode beneficiar muito mais aos municípios que precisam aumentar a economia em seus orçamentos.

Temer alertou que se a reforma não for aprovada agora, terá que ser feita de forma mais radical no futuro, para evitar corte nos vencimentos de aposentados, como ocorreu em alguns países da Europa.

“Nós estamos fazendo uma reforma agora que evita um desastre ali na frente. (….) Agora estamos tomando [a cautela] de fazer um reforma mediana, razoável, para que isso não venha acontecer em brevíssimo tempo. Se não fizermos a reforma da Previdência agora daqui a dois, três, não tenham ilusão nenhuma, vai ter que fazê-la de uma forma mais radicalizada”, alertou.

Temer recebeu hoje (13) no Palácio do Planalto representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Associações e Federações Estaduais e prefeitos para tratar da reforma da Previdência. Os gestores levaram também ao presidente demandas consideradas prioritárias para os municípios, problemas relacionados aos programas federais executados pelas prefeituras e liberação de apoio financeiro.

Michel Temer reiterou que seu governo respeita o diálogo federativo e vai continuar ajudando os municípios. Ele destacou que em um ano meio seu governo teve ousadia para repactuar as dívidas dos estados e empreender projetos importantes como o teto de gastos e as reformas do ensino nédio e trabalhista.

Em novembro, a Presidência anunciou a liberação de R$ 2 bilhões para auxiliar alguns municípios a fechar o balanço deste ano. Os gestores esperam que os recursos possam ser liberados ainda em dezembro.

O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, fez um apelo aos prefeitos para que apoiem a reforma, pois as mudanças na estrutura da Previdência Social podem contribuir para diminuir o deficit das prefeituras e o impacto das folhas de pagamento no orçamento do município.

“Nós decidimos apoiar a reforma da Previdência. É uma obrigação apoiar a reforma da Previdência como gestor”, declarou Paulo Ziulkoski.

Participaram também do evento os ministros chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Fazenda, Henrique Meirelles, além de líderes da base governista no Congresso Nacional.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), confirmou que o relatório da proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência será lido no plenário amanhã (14) e em seguida os deputados poderão começar os debates. Há expectativa para que a votação se inicie na próxima semana.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Pato e Michel marcam duas vezes, e São Paulo se alivia com goleada

bastosO Morumbi e seu novo gramado foram palco na tarde deste sábado de vitória do São Paulo sobre o Audax por 4 a 0, resultado que mantém tranquilidade no Campeonato Paulista e diminui a pressão dos últimos dias pelo tropeço na estreia da Copa Libertadores diante do Corinthians. Alexandre Pato, crítico do campo antigo e artilheiro isolado da equipe em 2015 (agora com seis gols), voltou a mostrar seu poder de fogo e balançou a rede duas vezes, assim como Michel Bastos, que abriu e fechou o placar.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A reclamação do atacante no ano passado quanto às condições ruins do gramado – ele desperdiçou oportunidade incrível de gol durante partida contra o Sport, no Campeonato Brasileiro, e se eximiu de culpa pelo quique da bola – foi uma das razões para que a diretoria do clube fechasse o estádio no início desta temporada e promovesse reforma completa no terreno. A partida deste sábado marcou a volta para casa após dois jogos como mandante no Pacaembu.

Além do gramado, também foram novidades três mudanças no time que disputou o clássico no meio de semana – uma delas, a saída do meia Paulo Henrique Ganso, que pediu para não jogar por não estar se sentindo bem, segundo o técnico Muricy Ramalho. Apesar das substituições, o São Paulo só passou a ter profundidade – inexistente também na quarta-feira – e a ameaçar o Audax a partir da metade do primeiro tempo.

No começo, prevaleceu a tentativa de tomar a bola na saída de jogo adversária, com marcação adiantada, como treinado na sexta-feira. Só que, debaixo de sol e em um campo grande como o do Morumbi, a tática durou pouco. Com dez minutos, a defesa do Audax já tinha liberdade de pelo menos um terço do gramado. Nada também que resultasse em boas jogadas no meio-campo e em perigo ao gol de Rogério Ceni.

Felipe Alves, goleiro da equipe de Osasco, também só era ameaçado com a bola nos pés. Por duas vezes, em cima da linha de fundo, quase perdeu a bola, chutando-a em Pato e Souza. Em outras oportunidades, porém, saiu-se bem, até colocando a bola por cima dos marcadores. Já debaixo da trave, um arremate de Pato da entrada da área – que acabou saindo rente ao travessão – foi o único motivo de susto no começo da partida.

Afora isso e uma boa finalização de Michel Bastos de longa distância, aos 25 minutos, o São Paulo abusava da lentidão e de passes e cruzamentos errados. Só de Thiago Mendes (substituto de Paulo Henrique Ganso neste sábado), foram três, motivo pelo qual o meio-campista mereceu algumas tímidas vaias ainda na etapa inicial. Mas ele seria esquecido mais tarde, por participar do primeiro gol da partida, aos 33 minutos.

Acionado por Luis Fabiano na ponta direita, Thiago Mendes invadiu a área e atrasou para Michel Bastos, próximo à marca do pênalti, concluir de primeira para a rede e facilitar as coisas para o São Paulo. Logo no minuto seguinte, Luis Fabiano deu outro contribuição para gol. De trás do meio-campo, ele encontrou Pato avançando pelo lado esquerdo e o colocou em ótima condição de marcar. Cara a cara com o goleiro, ele chutou no canto esquerdo baixo, ampliou a vantagem são-paulina e anotou o primeiro tento no estádio desde setembro.

“Foi uma primeira etapa um pouco sofrida”, resumiu Luis Fabiano, entre um fôlego e outro no intervalo, depois de ter papel importante nos dois gols. “A gente vem tentando marcar em cima, mas é muito difícil, porque eles saem jogando. Mas foi bom, porque conseguimos fazer dois gols em jogadas rápidas, em contra-ataques”.

A única alteração para o segundo tempo foi a entrada de Edson Silva no lugar de Dória. O zagueiro voltou a sentir dores no tornozelo direito, o qual machucou na estreia da Libertadores, e viu do banco de reservas o terceiro gol da equipe. De novo com participação de Luis Fabiano, que desviou de cabeça um lateral e deixou Michel Bastos em condições de cruzar para Pato completar em direção à meta praticamente vazia. Um lance muito semelhante àquele em que desperdiçou a chance e pôs culpa no gramado. Neste sábado, a propósito, ele quase se atrapalhou no momento do chute, porém foi feliz.

Felizes também ficaram os torcedores são-paulinos. Até mesmo aqueles que, ao longo da semana, chegaram a pedir a saída de Muricy Ramalho do comando técnico. Com a vitória sem gols sofridos neste sábado – também porque Rogério Ceni fez bela defesa na única vez em que foi exigido, aos 25 minutos da segunda etapa – eles e o restante da torcida ainda puderam comemorar o quarto gol – marcado por Michel Bastos, aos 42 – antes de deixarem o Morumbi mais confiantes para o segundo confronto na Libertadores, diante do uruguaio Danubio, na quarta-feira. Os cerca de 50 fãs do Audax, por sua vez, seguem descontentes pela lanterna no grupo B da competição estadual.

 

Yahoo

Esposa de Michel, Marcela Temer muda radicalmente de visual

esposaImpossível se esquecer do furor causado por Marcela Temer quando da posse de Dilma Rousseff em seu primeiro mandato.

A mulher do vice, Michel Temer, com uma saia justa, ombro de fora e uma trança lateral, chamou mais atenção do que qualquer político presente à cerimônia.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Passados quatro anos, a loiraça deu lugar a uma mulher discreta, de cabelos escuros e figurino comportadíssimo.

Presente ao discurso da vitória de Dilma e de seu marido, no domingo (26), Marcela ficou discretamente posicionada entre as autoridades.

R7

Michel Temer anuncia para Guarabira próximo evento do PMDB na Paraíba com presenças de Dilma e Lula

Após  dá  o  ponta  pé  inicial  da campanha da presidente da República Dilma Roussef (PT)na Paraíba, bem como, a largada da campanha de Vital do Rêgo, candidato ao governado do Estado pela Coligação Renovação de Verdade (PMDB/PT), o vice presidente da República Michel Temer, anunciou para o próximo mês de setembro  a  presença  de  Luiz  Inácio  Lula  da  Silva  e  de Dilma Roussef ao Estado paraibano.

MICHEL E ROBERTO PAULINOLula  e  Dilma  virão  para  a  cidade  de  Guarabira  onde participarão  de  um  grande evento  político  em  favor  da candidatura  de  Vital.

Ao  se  dirigir  a  Roberto  Paulinho, candidato  a  vice  governador  na  chapa encabeçada  por Vital,  Michel  Temer  relembrou  alguns  eventos  realizados em campanhas passadas,  e disse que Guarabira é uma cidade que sempre acolheu com entusiasmo os eventos do PMDB.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O vice presidente veio a Paraíba nesta quinta-feira (24), abrir oficialmente a campanha de Vital do Rêgo, e Dilma Rousseff (PT) no território paraibano. Michel Temer chegou na  sede  do  PMDB,  na  avenida  Rui  Barbosa  em  João Pessoa, acompanhado de Vital  do Rêgo, do candidato a vice governador Roberto Paulino, do candidato a Senador José Maranhão, e de vários peemedebistas. Em entrevista coletiva ele reafirmou o apoio da presidente Dilma e do PT nacional a campanha de Vital do Rêgo.

Michel  Temer  disse  que  ficou  impressionado  com  o entusiasmo dos peemedebistas e a forma como acolheram.

Do Fato a Fato

Michel Temer visita a Paraíba nesta quinta-feira para participar da campanha de Vital do Rêgo para governador

michel-temerO presidente nacional do PMDB e vice-presidente da República, Michel Temer (SP), chega nesta quinta-feira (24) à Paraíba, onde participa de programação da campanha a governador do estado do candidato da coligação Renovação de Verdade (PMDB-PT), Vital do Rêgo. Temer passa o dia inteiro em João Pessoa, onde concede entrevista coletiva e se reúne com lideranças do partido de toda a Paraíba.

Michel Temer, que novamente vai disputar o cargo de vice-presidente da República na chapa encabeçada pela presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição na coligação PT-PMDB, chega a João Pessoa por volta das 10h. No mesmo voo, virá o senador e candidato a governador Vital do Rêgo, que passou esta quarta-feira (23) em Brasília, em atividades do seu mandato de senador da República..

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Após o desembarque, Michel Temer, Vital e outros membros da comitiva seguirão direto para a sede do Diretório Regional do PMDB, na Avenida Duarte da Silveira, onde  Temer concederá uma entrevista coletiva à imprensa paraibana.

Após a entrevista, na própria sede do Diretório Regional do PMDB, Michel Temer participa de um encontro com deputados estaduais, deputados federais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes de diretórios municipais do partido e lideranças diversas.

Na oportunidade, eles debaterão sobre estratégias nos municípios visando o fortalecimento da campanha e formas de levar a mensagem e as propostas de Vital para o governo do estado, a toda a Paraíba. “Será um momento importante da nossa campanha, uma espécie de largada dos guerreiros espartanos, para a grande campanha que temos pela frente”, afirmou Vital.

Este será o primeiro grande ato político do qual irá participar Michel Temer, já como candidato à reeleição, em favor de Dilma e, na Paraíba, de Vital, candidato de uma coligação que envolve PMDB e PT, a mesma aliança nacional que tem Dilma e Temer como candidatos a presidente e vice, respectivamente. Às 13hs, Michel Temer deixa a Paraíba, retornando a Brasília.

Michel Temer reassumiu na última quarta-feira (16) a presidência nacional do PMDB, posto do qual estava licenciado desde o último mês de março de 2013, quando foi reeleito para o comando da legenda. “Poderei ter um protagonismo maior de natureza exclusivamente política, não apenas administrativa. Esse protagonismo significa que vamos percorrer o país exatamente para tentar em todos os Estados fazer prevalecer o nosso PMDB”, afirmou Temer, na oportunidade.

 

Blogdogordinho

Michel Temer reassume comando do PMDB e desembarca na PB dia 24

michel-temerO vice-presidente da República, Michel Temer, reassumiu nessa quarta-feira (16) a presidência do PMDB nacional, cargo do qual ele estava licenciado desde março de 2013. De volta ao comando da sigla ele pretende fazer um giro pelo país começando pela Paraíba onde deve desembarcar no próximo dia 24. Temer deve vir reforçar a candidatura de Vital do Rêgo Filho, que disputa o governo do estado em meio a polêmica de judicialização da aliança entre PT e PMDB no estado.

No discurso eleitoral que levará aos palanques, Temer deve ressaltar a participaçãovdos ministros do partido na realização da Copa do Mundo. Um ensaio foi feito no encontro de ontem.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“É importante notar o quanto o PMDB tem contribuído para o governo federal. Tomo a liberdade de mencionar esses últimos eventos da Copa do Mundo, que foi um sucesso administrativo extraordinário. Nesse sucesso participaram pelo menos três ministros do PMDB: o ministro Moreira Franco (Aviação), o do Turismo, primeiro com Gastão Vieira, depois com Vinicius Lages, e depois, convenhamos, não faltou energia, então um sucesso também patrocinado por um membro do PMDB, que é o ministro Edison Lobão (de Minas e Energia)”, ressaltou.

Antes de Temer voltar ao posto de presidente do PMDB quem estava respondendo pelo partido era Valdir Raupp, vice-presidente da legenda.

Blog do Gordinho com Estadão

 

Tribunal de Justiça da Paraíba rejeita recurso no processo do caso “Michel Teló”

michel TeloA Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu na manhã desta terça-feira (30) negar provimento aos recursos de Agravo de Instrumento, que visava reformar a decisão de primeiro grau, que determinava a consignação de todos valores arrecadados com a comercialização da música, interposto pelas estudantes Karine Assis Vinagre, Amanda Grasiele Teixeira da Cruz e por Antônio Carlos Paim Cerqueira coautores da música “Ai se eu te pego”, interpretada pelo cantor sertanejo Michel Teló.

Os recursos de Agravo de Instrumento (nº 200.2012.070078-8/006 e nº 200.2012.070078-8/007) foi apresentado por Karine Assis Vinagre, Amanda Grasiele Teixeira da Cruz e por Antônio Carlos Paim (agravantes), alegando que as três estudantes ( que disputam na justiça a coautoria da música), não representam a maioria no universo dos autores da obra musical, razão pela qual não podem impedir a exploração da música “ ai se eu te pego”e que a decisão de primeiro grau ensejaria danos aos mesmos, o que foi rejeitado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos, que tinha pedido vistas, decidiu acompanhar o relator desembargador Marcos Cavalcanti, afastando as preliminares de levantadas por karine Assis, Amanda Cruz e Antônio Carlos Paim, partes interessadas e, no mérito, negou-se provimento ao recurso.

Para o relator Marcos Cavalcanti “ não merece amparo a ação, tendo em vista que a simples apresentação de acordo firmado pelas partes (karine Assis Vinagre e Amanda Grasiele Cruz), não causa nenhum dano as demais partes envolvidas no processo.” Os recursos interpostos foram indeferido à unanimidade. Participaram do julgamento os desembargadores Marcos Cavalcanti Albuquerque (presidente da Câmara), Abraham Lincoln e Maria das Neves do Egito, além da juíza convocada Vanda Elizabeth Marinho.

Após o julgamento, negando seguimento ao recurso das partes ( Karine Assis Vinagre, Amanda Grasiele Cruz e Antônio Carlos Paim Cerqueira), o advogado dos mesmos André Luiz Cabral, informou que irá recorrer da decisão por meio de recurso tendo em vista não ter sido analisado a matéria de mérito.

‘No que concerne a análise da Lei dos Direitos Autorais ( Lei -9610/98), que trata da defesa dos direitos dos coautores de participação nas ações que envolvem a obra em discussão, em nada foi analisado. No meu entendimento, há flagrante omissão e por isso iremos recorrer dessa decisão por meio de embargos declaratórios”, informou o advogado.

Decisão – Com a decisão, os valores referentes a direitos autorais continuam sendo depositados em juízo, conforme decisão do juiz de 1º Grau, Miguel de Brito Lyra Filho, como forma de evitar que os valores sejam divididos de forma indevida, para evitar prejuízo financeiro as possíveis verdadeiras autoras da letra da música em questão. Dessa forma, a Justiça ainda terá que reconhecer quem realmente são coautores da letra, os quais passaram a ter, de fato e de direito, acesso aos dividendos de coautoria.


Gecom

DEMARCANDO PODER: Dilma se reúne com Michel Temer na segunda para definir espaços do PMDB na reforma ministerial

dilma-vital regoOs espaços do PMDB na reforma ministerial iniciada pela presidente Dilma Rousseff (PT), serão demarcados na próxima segunda-feira (03), em reunião da petista com o com o vice-presidente da República Michel Temer para tratar do assunto.

De acordo com a edição da Folha de São Paulo deste sábado (01) a presidente Dilma Rousseff (PT) marcou a reunião devido a insistência do vice presidente que tem recebido queixas de peemedebistas pela demora da presidente em definir o espaço da legenda na nova configuração da Esplanada. Um dos nomes cotados para assumir um ministério na reforma de Dilma, é o senador paraibano Vital do Rêgo (PMDB-PB).

Segundo matéria publicada no Uol e no Jornal o Globo, o senador Vital do Rêgo tem o apoio irrestrito da bancada do partido no Senado e na Câmara para assumir uma ministério no governo da presidente Dilma.

Segundo o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), esteve na última quinta-feira (30) com a presidente por cerca de duas horas, Vital tem total apoio das bancadas. “A presidente não definiu ainda a reforma, mas o senador Vital tem o apoio irrestrito da bancada do partido no Senado e na Câmara e temos grandes expectativas em relação ao seu nome. O PMDB é um partido importante na base e a bancada no Senado tem reivindicado mais espaço no governo. A presidente está conversando com o PMDB e em breve se manifestará”, afirmou.

Encontram-se ainda sobre o balcão as pastas da Ciência e Tecnologia e dos Portos. Na conta do PMDB, o PT controla 17 dos 39 ministérios de Dilma. Cedendo uma poltrona, facilitaria a vida da presidente. Ainda está no arco de possibilidades do senador Vital a pasta da Integração Nacional, do Turismo, da Secretaria dos Portos e da Comunicação.

PBAgora

Roberto Carlos faz pose igual a de Michel Teló no Twitter

Michel Teló postou em sua página no Twitter, nesta segunda-feira, uma foto em que aparece ao lado de Roberto Carlos. Na imagem, tirada durante ensaio para o especial de final de ano do Rei, Roberto faz a mesma pose que Teló. “Sem palavras pra descrever esse momento… Nunca imaginei que um dia isso iria acontecer! Obrigado Deus”, escreveu o sertanejo no microblog.

Michel Teló e Roberto Carlos ensaiam para especial de final de ano | Foto: Reprodução Internet

O Dia Online

Michel Levy planeja ir à Alemanha negociar com Diego e Wolfsburg

Diego foi um dos destaques do Atlético de Madri no título da Liga Europa (Foto: AFP)

O nome do camisa 10 foi escolhido, mas o Flamengo ainda precisa de um sinal verde. A pedido do diretor de futebol Zinho, o vice de finanças Michel Levy pretende ir à Alemanha na próxima semana para tentar a contratação do meia Diego. Para isso, ele aguarda uma resposta positiva do jogador e do Wolfsburg para embarcar e iniciar a negociação. O clube apresentou valores preliminares para análise, mas não uma proposta oficial. Se a sinalização chegar, Levy partirá para negociar pessoalmente.

Diego, de 27 anos, é um desejo de Zinho para vestir a camisa 10. O problema é o preço. Após boa passagem por empréstimo pelo Atlético de Madri na última temporada, o Wolfsburg conta com o retorno do jogador a partir de 1º de julho. O vínculo entre as partes tem duração de mais dois anos. O Rubro-Negro procurou o atleta, mas para contratá-lo em definitivo teria de investir cerca de R$ 30 milhões, algo inviável para o clube.

O alto salário também é um obstáculo. Diego recebe € 5 milhões (R$ 12,9 milhões) anuais, quase R$ 1,1 milhão por mês, valor bem próximo do que recebia Ronaldinho Gaúcho (R$ 1,25 milhão). Apesar de sonhar com o jogador, Zinho já disse que não há como pagar um salário deste nível a nenhum reforço, mas o interesse continua forte.

Diego foi um dos destaques do Atlético de Madri na conquista da Liga Europa e pretendia continuar na Espanha. No Wolfsburg, ele teve uma saída tumultuada. Na ocasião, ao tomar conhecimento que ficaria no banco de reservas na última rodada do Campeonato Alemão, contra o Hoffenheim, recusou-se a participar da partida na temporada 2010/2011.

Argentinos são oferecidos

A procura do Flamengo por um armador deixa empresários atentos. Nesta semana, dois nomes foram oferecidos ao clube, ambos são argentinos e defendem equipes daquele país. O meia Héctor Canteros, de 23 anos, do Vélez Sarsfield, e o meia-atacante Diego Molares, de 25, que está no Tigre. Para comprar 50% dos direitos econômicos de Morales, o clube teria de pagar R$ 5,2 milhões.

Globoesporte.com