Arquivo da tag: Menina

Jovem é preso suspeito de estuprar menina de 11 anos no Sertão

A Polícia Civil prendeu em flagrante um jovem de 19 anos suspeito de estuprar uma uma criança, no Sertão da Paraíba. Com base em denúncia, a polícia descobriu que o jovem mantinha um relacionamento com uma menina de 11 anos sem o consentimento da família dela.

O abuso aconteceu no município de São Bento e, de acordo com a polícia, o jovem e a menina fugiram de suas casas na madrugada do domingo. Eles só foram localizados após o suspeito usar seu perfil numa rede social para postar uma foto com a menor. Na imagem, eles aparecem deitados numa cama.

À polícia, o suspeito contou que manteve relações sexuais com a garota, mas alegou que tudo aconteceu com o consentimento dela.

Pelo fato de criança ter menos de 14 anos, o acusado foi autuado por estupro de vulnerável e levado à Delegacia de Polícia Civil de São Bento. Ele deverá ser transferido para o presídio de Catolé do Rocha.

Já a menina foi levada para o Núcleo de Medicina e Odontologia (Numol) de Patos, também no Sertão do estado, onde passará por um exame sexológico.

 

PB Agora

 

 

Homem é preso suspeito de invadir casa e tentar estuprar menina de 11 anos, em Picuí, PB

Um homem foi preso após invadir casa e tentar estuprar menina de 11 anos que estava sozinha na residência, na tarde deste domingo (13), na cidade de Picuí, na Paraíba. Segundo o relato da criança, o suspeito, de 29 anos, abriu o portão, pegou ela pela cintura e a levou para o quarto da mãe. Segundo a Polícia Civil, a vítima conseguiu chutar o suspeito, que saiu correndo. A criança foi levada para o hospital, e exames confirmaram que não houve penetração.

Segundo o agente de investigação da Polícia Civil, Gilvan Fernandes, o homem é conhecido da vítima, mas não tem nenhum vínculo de amizade com ela. Ainda de acordo com Gilvan, o suspeito sofre de transtornos mentais.

O suspeito é pernambucano e estava morando em uma casa que foi arrombada por ele. A residência pertence à viúva de um tio dele e, atualmente, o homem não tem nenhum parente em Picuí. O suspeito foi encaminhado para a cadeia pública da cidade, onde aguarda a audiência de custódia.

G1

 

Homem é preso suspeito de estuprar menina de cinco anos em Juazeirinho, na PB

Um homem, de 41 anos, foi preso em flagrante suspeito de estuprar uma menina, de 5 anos, em Juazeirinho, no Seridó paraibano. A prisão aconteceu na terça-feira (1º) e o estupro teria acontecido na última segunda-feira (30).

De acordo o delegado Danilo Orengo, titular da 12ª Delegacia Seccional de Esperança, a Polícia Civil foi acionada pelo Conselho Tutelar, que recebeu uma denúncia feita pela mãe da vítima.

Segundo os conselheiros, a criança estava perto da casa onde mora, quando foi abordada pelo suspeito. Ele teria usado um bombom para atrair a vítima para um local escuro, onde o estupro aconteceu.

“Ela foi levada ao hospital e, ao ser examinada, foi constatada a prática do abuso sexual O suspeito é conhecido da mãe da criança e já responde processo anterior, por ter praticado estupro contra sua própria filha”, acrescentou o delegado.

O homem foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável. Ele permanece na cadeia de Juazeirinho, aguardando ser apresentado à Justiça durante uma audiência de custódia.

G1

 

Garoto de 12 anos confessa ter matado menina de 9 em parque

A Polícia Civil confirmou na tarde desta terça-feira, 1, que um garoto de 12 anos confessou ter assassinado a menina Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos, no último domingo, 29, no Parque Anhanguera (zona norte de SP).

O adolescente morava na mesma rua da vítima e foi apreendido pela polícia após confessar o crime. Segundo o delegado Luiz Eduardo de Aguiar Marturano, titular da 5ª Delegacia da Divisão de Homicídios do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), o garoto relatou o crime aos pais, que decidiram levá-lo à delegacia.

Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos, morava no bairro do Morro Doce, na zona norte de São Paulo
Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos, morava no bairro do Morro Doce, na zona norte de São PauloFoto: Reprodução / Estadão Conteúdo

Aos policiais, ele primeiramente afirmou que apenas acompanhava a menina quando um homem de bicicleta chegou e cometeu o crime. Mais tarde, no entanto, ele voltou a relatar o que afirmara aos pais: que havia assassinado a colega.

“Eles saíram da festa no CEU (Centro Educacional Unificado), caminharam até a área de mata, brincaram um pouco, e o menino então começou a agredi-la com as mãos e com um pedaço de pau”, contou o delegado. Em seguida, o adolescente teria “laçado” a menina com uma corda em uma árvore e a enforcado.

De acordo com Marturano, ainda não é possível saber se a causa da morte foi asfixia ou os múltiplos traumas provocados pelas agressões. A confirmação depende dos laudos do Instituto Médico Legal (IML).

Ele relatou ainda que, como a investigação é muito recente, não descarta nenhuma hipótese, inclusive a de participação de um terceiro no crime.

Agora a polícia pretende analisar mais imagens das câmeras da região e ouvir depoimentos de parentes e vizinhos das duas famílias.

Em depoimento, o menino não falou a motivação do crime. “Ele não demonstrou emoção”, relatou o delegado. O menor teve a internação provisória decretada pela Justiça e deve ser encaminhado para a Fundação Casa.

Marturano disse que a mãe de Raíssa havia deixado a menina com o adolescente na fila do pula-pula enquanto foi buscar um alimento para o filho caçula.

A menina morava no bairro do Morro Doce, próximo ao Parque Anhanguera, e fazia acompanhamento para autismo há um ano. Seu corpo foi enterrado nesta segunda no Cemitério Municipal de Perus, na zona norte.

TERRA

 

 

Menina atropelada por carro desgovernado em Areia, PB, tem morte cerebral

Uma menina de 6 anos que está internada no Hospital de Emergência de Trauma de Campina Grande, teve morte cerebral nesta quinta-feira (26). A criança e outras quatro pessoas foram atingidas por um carro desgovernado em Areia, no Brejo da Paraíba. O acidente aconteceu na noite do último domingo (22).

Segundo as informações da unidade hospitalar, desde o dia em que deu entrada no local, a menina estava em estado grave. Ela passou por uma cirurgia, ficou internada na UTI infantil do hospital e após quatro dias apresentou morte cerebral.

Cinco pessoas foram vítimas do acidente. Todas as elas foram socorridas para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Uma mulher e um menino não resistiram aos ferimentos e morreram no hospital. Um homem também passou por uma cirurgia e continua internado no local, o estado de saúde dele é regular. Uma outra criança recebeu alta.

Acidente

De acordo com relatos de testemunhas, o veículo descia uma ladeira conhecida como “Chã”. O motorista perdeu o controle do carro, invadiu uma calçada, colidiu no muro de três casas e atingiu as cinco vítimas que estavam indo para a igreja.

Foram atingidos uma mulher, de 33 anos, um homem, de 28 anos, um menino, de 9 anos, uma garota, de 6 anos e outra menina, de 4 anos.

Motorista

O motorista do veículo e um passageiro que também estava no carro fugiram do local do acidente. Segundo testemunhas, os homens apresentavam sinais de embriaguez.

O delegado Gilson Teles, responsável pelo caso, disse ao G1 que o motorista suspeito de ter provocado o acidente ainda não se apresentou à polícia.

G1

 

Homem é preso suspeito de esfregar órgão genital em menina, em CG

Um homem foi preso neste sábado (07), suspeito de ter esfregado o órgão genital em uma menina durante o desfile cívico na cidade de Campina Grande.

De acordo com informações da mãe da menina, após o homem cometer o ato ilícito a menina começou a chora, o que a fez perceber que havia algo errado, perguntou à menor e esta confirmou o abuso.

Ao identificar o acusado, a mãe percebeu que ele estava fazendo o mesmo com outras duas meninas e o denunciou à polícia.

Se comprovado o crime o homem pode responder por importunação sexual.

PB Agora

 

 

Menina de 4 anos morre após ingerir veneno de rato, na Paraíba

Uma menina de 4 anos morreu na tarde da quinta-feira (22) após ingerir veneno de rato, em Patos, no Sertão paraibano. De acordo com a direção do Hospital Infantil Noaldo Leite, para onde a criança foi levada, a mãe da menina relatou que a criança teria encontrado o veneno na rua. Ingrid Vitória Laurentino Lopes de Oliveira chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde.

Segundo relato da mãe de Ingrid Vitória aos médicos, na tarde da quarta-feira (21) a menina estava fora de casa quando pegou algo do chão e colocou na boca. Minutos depois a criança teria passado mal e foi socorrida e levada para o hospital, onde foi constatado que ela havia ingerido veneno de rato.

Conforme o diretor clínico do hospital, Eulâmpio Dantas, a criança deu entrada na unidade de saúde por volta das 19h39 da quarta-feira (21). “Ela deu entrada com um histórico de que, duas horas antes, teria ingerido veneno de rato. A mãe contou que a menina encontrou o ‘chumbinho’ na rua, pensou que era uma balinha e engoliu”, relatou.

O diretor clínico do hospital disse que foram feitos os cuidados médicos iniciais na criança. “Houve o atendimento inicial, depois a criança teve um rebaixamento do nível de consciência, dando entrada na UTI, após isso ela foi entubada e foram feitos os procedimentos pra estabilizar. Na tarde da quinta-feira (22), ela apresentou um quadro de sangramento digestivo e veio a óbito”, explicou Eulâmpio Dantas.

Mostra do veneno entregue à polícia

Ainda segundo o hospital, a mostra do veneno que a criança ingeriu foi encaminhada para a Central de Polícia Civil de Patos. Na manhã desta sexta-feira (23), o delegado Ronis Feitosa informou ao G1 que o caso está sendo apurado pela Delegacia Seccional da cidade. “Apesar de não haver denúncia, a polícia recebeu o material e está fazendo diligências para esclarecer o caso”.

Foto: Rafaela Gomes/TV Paraíba

G1

 

Homem é preso suspeito de invadir casa e estuprar menina de 10 anos, em Itaporanga, PB

Um homem de 30 anos foi preso no domingo (18) suspeito de invadir uma casa e estuprar uma menina de 10 anos, em Itaporanga, no Sertão da Paraíba. De acordo com o delegado Renato Anderson de Oliveira, responsável pelo caso, o suspeito entrou na residência, foi até o quarto onde a criança estava e a estuprou.

O caso aconteceu por volta das 6h do domingo, no bairro Bela Vista. Segundo o delegado, o suspeito entrou na casa da vítima pela porta dos fundos da casa, que estava aberta. No momento do crime, a criança teria gritado por socorro, e os avós e parentes da vítima escutaram os gritos da menina.

“A criança fica na casa dos avós enquanto os pais dela trabalham. Na manhã do domingo ela estava em um quarto da casa quando o homem invadiu o local, agarrou a menina pelo pescoço e cometeu os atos libidinosos”, informou o delegado Renato Anderson.

Ainda conforme o delegado, o homem foi flagrado pelos avós da menina, mas ele conseguiu fugir do local. Após buscas pelo suspeito, a polícia encontrou o homem escondido próximo a um matagal da cidade.

“Depois de analisar a situação, ele foi enquadrado por estupro de vulnerável, pelos atos libidinosos cometidos. A violência de estupro é presumida, e ele ainda enforcou a menina para cometer o ato. Ela estava com várias marcas no pescoço e foi encaminhada para realizar os exames, que confirmaram a violência”, explicou o delegado.

De acordo com Renato Anderson, o suspeito é usuário de drogas. Durante a prisão, a polícia encontrou com o homem um celular que havia sido furtado horas antes de ele invadir a casa e estuprar a criança.

“O caso já foi informado ao poder judiciário. O suspeito já foi encaminhado para a Cadeia Pública de Itaporanga e permanece lá à disposição da Justiça. Já a criança está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar da cidade”, concluiu o delegado.

G1

 

Menina de 10 anos leva tiro na cabeça durante abate de boi no AC

Uma menina de 10 anos foi atingida com um disparo de arma de fogo na cabeça durante um abate de boi, neste sábado (27), na Comunidade Nova Cintra, na zona rural do município de Rodrigues Alves, no interior do Acre.

O comandante da Polícia Militar na cidade, tenente Evandro Carvalho, informou que recebeu informações por terceiros, já que a família não acionou a polícia. A informação é de que um rapaz, que seria parente da menina, foi atirar em um boi e o disparo atingiu a cabeça da criança.

“Essa comunidade fica a uns 20 quilômetros de Rodrigues Alves. O pessoal foi lá, colheu os dados, foi feito o boletim de ocorrência e encaminhado para a delegacia. A criança teve perda encefálica e foi levada para o hospital de Cruzeiro do Sul. O rapaz que atirou passou mal, porque é parente e ia se apresentar na delegacia”, contou Carvalho.

Como o estado de saúde da menina é grave, ela foi transferida ainda no sábado (27) para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco.

Ao G1, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) informou que a criança passou por um procedimento cirúrgico e, na madrugada deste domingo (28), foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança.

O delegado da cidade, José Obetânio, afirmou que a informação inicial é de que o disparo ocorreu de forma acidental. Segundo ele, o inquérito vai ser aberto nesta segunda (29) e ele vai começar a ouvir testemunhas.

“Pelos levantamentos iniciais, teria sido um tiro acidental. Somente com a apuração é que nós vamos chegar a um denominador. O advogado do autor do disparo entrou em contato comigo ontem e marcamos para segunda a oitiva”, disse o delegado.

G1

 

Homem suspeito de estupro contra menina de 12 anos é preso em Guarabira

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam em flagrante, no final da manhã desta segunda-feira (17), no Conjunto Mutirão, em Guarabira, um homem de 28 anos de idade suspeito de praticar estupro de vulnerável contra uma menina de 12 anos.

Em apoio ao Conselho Tutelar, que foi informado sobre o caso, os policiais chegaram ao endereço informado e, ao manter contato com as partes envolvidas, elas confirmaram que estavam juntas no local.

A guarnição comandada pelo cabo Souza Filho conduziu o suspeito para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a vítima e familiares dela, além dos conselheiros tutelares, para as providências legais.

 

Assessoria 4º BPM