Arquivo da tag: mecânico

Mecânico faz aposta para atravessar açude e morre afogado em Alagoinha

Um homem morreu afogado, na tarde desta quarta-feira (17), após fazer uma aposta para atravessar um açude, no município de Alagoinha, Agreste paraibano. A vítima foi identificada como Luís Juvino dos Santos, de 34 anos. Ele trabalhava como mecânico na cidade e estava no local para um momento de lazer, quando decidiu participar do desafio.

Conforme testemunhas, logo depois de dar algumas braçadas a vítima parou e já voltou à tona boiando. A esposa da vítima contou à imprensa local que o marido havia ingerido bebida alcoólica antes de ir ao açude. Ela contou que pediu que o marido ficasse em casa, mas ele insistiu e foi.

“Eu disse, vai não Baia, volta! Volta Baia, mas ele não deu ouvidos e foi ao açude onde acabou morrendo afogado” relatou dona Maria. ‘Baia’ era como o mecânico era conhecido na cidade. Ele deixou um filho recém-nascido cujo registro seria feito nesta tarde, fato que acabou não ocorrendo.

 

pbagora

 

 

Mecânico morre após prender a cabeça em pneu de ônibus, em Mamanguape

Um mecânico morreu na tarde desta segunda-feira (27), em Mamanguape, no Litoral Norte paraibano, após ficar com a cabeça presa entre o pneu e o para-lama de um ônibus que estava em concerto.

Segundo informações do repórter Williams Soares, da Correio do Vale FM, João Pica, como era conhecido, estava consertando uma das rodas do veículo, quando o pneu baixou e prendeu a cabeça da vítima. O mecânico ficou bastante machucado.

A polícia investiga as causas do acidente. Ainda não se sabe o que teria acontecido. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para socorrer a vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Assista o vídeo: 

 

pbvale

 

 

 

Mecânico é processado por fazer réplicas de Ferrari

 

replica-ferrariUm mecânico espanhol está encrencado na Europa. Segundo o jornal “The Wall Street Journal”, José María Calero fazia réplicas de superesportivos em seus armazéns sem a autorização das montadoras e agora está sendo processado.

Feitos na maioria sobre a base de antigos modelos da Toyota e utilizando peças adaptadas, as imitações de Ferrari e de Aston Martin eram vendidas por 40 mil euros (quase R$ 130 mil), cerca 20% do preço dos modelos originais.

De acordo com a publicação norte-americana, a Ferrari tomou conhecimento do que o mecânico estava fazendo e alertou a polícia espanhola. Em julho, as autoridades fecharam as linhas de montagens. Além de 17 réplicas da marca italiana, foram apreendidas duas cópias de esportivos ingleses.

Divulgação/Policia Nacional Espanhola
Um dos modelos apreendidos ainda não tinha a cabine terminada; processo era aparentemente rústico
Um dos modelos apreendidos ainda não tinha a cabine terminada; processo de confecção era aparentemente rústico

Montadoras alegam que esse tipo de cópia desvalorizam seus modelos. Do outro lado, o mecânico se defende alegando que investiu 400 mil euros (aproximadamente R$ 1,7 milhão) em ferramental e que empregava 13 pessoas.

Ainda segundo o jornal, não há um juiz designado para o caso. Mas Calero já se dá por vencido, alegando que um processo longo esgotaria os seus recursos. “A Ferrari já ganhou”, afirma.

Divulgação/Policia Nacional Espanhola
Montagem de fotos mostra detalhes das cópias de Ferrari; no alto, à direita, o motor Toyota
Montagem de fotos mostra detalhes das cópias de Ferrari; no alto, à direita, o motor Toyota instalado na dianteira; F430 original tem propulsor traseiro

FICÇÃO VS REALIDADE

Este não é o primeiro caso de réplicas não autorizadas. De acordo com o periódico, casos como o do espanhol vêm crescendo. O acontecimento mais famoso aconteceu em fevereiro do ano passado, na Califórnia (EUA).

Uma empresa que ostenta o nome ‘Gotham Garage’ foi acusada e condenada pela corte americana por fazer Batmóveis sem a autorização da produtora de filmes Warner Brother Co.

O juiz responsável pelo caso, Ronald S.W. Lew, afirmou em sua decisão que o nome e a imagem do meio de locomoção do super-herói das obras de ficção são também protegidos no mundo real pelos direitos autorais.

Folha

Mecânico morre em acidente na PB 073 e colisão com três motos deixa cinco feridos na PB 361

Expresso PB
Expresso PB

Um mecânico de 55 anos morreu na noite desse sábado (28) em um acidente de moto na PB 073, estrada que liga as cidades de Mari e Sapé, na Mata da Paraíba.

De acordo com informações do sargento Galdino da Polícia Militar de Sapé, o condutor da moto, conhecido como Miltão Nascimento, seguia sentido Sapé/Mari, quando próximo a entrada de Mari um carro colidiu na traseira da moto. Com o impacto, a vítima foi jogada ao chão e morreu no local.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda segundo o sargento, o motorista do carro fugiu do local sem prestar socorro. A polícia realiza diligências para capturar o responsável pelo acidente.

Miltão Nacismento era dono de uma borracharia e morava em Mari. Ele está sendo velado neste domingo (29) em Sapé.

Outro grave acidente foi registrado na madrugada deste domingo na PB 361, que liga as cidades de Diamante e Boa Ventura, no Sertão paraibano. A colisão envolveu três motos e deixou cinco feridos.

Segundo informação da polícia, dois casais seguiam de Boa Ventura para Diamante, quando uma terceira moto, em alta velocidade, atingiu os veículos. Conforme à polícia o motorista que causou o acidente, sua moto faltou freio. Ainda segundo ele, as outras duas motos andavam em baixa velocidade, o que contribuiu para provocar a batida. Ele sofreu ferimentos leves e prestou socorro às vítimas.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência prestou atendeu os casais, que foram levados para o hospital de Itaporanga com escoriações leves.

 

 

portalcorreio

A queima roupa: policial militar atira na cabeça de mecânico e foge no Sertão da PB

Um policial Militar está sendo apontado como autor do disparo que matou um homem de 30 anos, na madrugada deste domingo (03), em Uiraúna, no Sertão da Paraíba. A vítima foi atingida na cabeça.

O crime aconteceu por volta de 01h20. Testemunhas informaram que o crime teria sido praticado por um policial militar identificado como João Neto de Araújo. Uma equipe do SAMU foi acionada, mas ao chegar Fábio Gomes já estava morto.

O policial, apontado como responsável pelo assassinato, fugiu ainda com a arma em punho.

A vítima trabalhava como mecânico na oficina Auto Peças São Francisco. As polícias Militar e Civil, realizam as investigações.


Foto chocante

Pollyana Sorrentino com portal Paraíba Verdade