Arquivo da tag: material

Incêndio atinge depósito de fábrica de material reciclável, em Queimadas, no Agreste da PB

Um incêndio atingiu um depósito de uma fábrica de material reciclável por volta das 20h desta segunda-feira (7), no bairro do Ligeiro, em Queimadas, no Agreste da Paraíba. Três equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba foram enviadas para controlar o fogo.

O incêndio atingiu o local e o fogo se alastrou rapidamente tomando grande proporção. Foram necessários mais de 26 mil litros de água para controlar o fogo. O expediente da fábrica foi encerrado às 17h e no momento do incêndio não havia ninguém no local.

O fogo atingiu parte da fábrica onde o material reciclável era separado e, por se tratar de produtos inflamáveis, tudo foi queimado. Outras duas empresas que ficam ao lado da fábrica estavam com chamas ao entorno quando os bombeiros chegaram, mas não foram atingidas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, apesar da situação estar controlada, o clarão do fogo e a fumaça duraram a madrugada inteira. As equipes do Bombeiros trabalharam por cerca de 10 horas ininterruptas em um trabalho de resfriamento e revirada dos entulhos para o cessar do fogo.

O trabalho dos bombeiros terminou por volta das 6h30 desta terça-feira (8). As causas do incêndio estão sendo investigas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba deve fazer uma perícia no local atingido pelo fogo quando não houver mais fumaça.

Corpo de Bombeiros trabalhou no combate das chamas na fábrica de material reciclável até às 6h30 desta terça-feira (8) — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Corpo de Bombeiros trabalhou no combate das chamas na fábrica de material reciclável até às 6h30 desta terça-feira (8) — Foto: Reprodução/TV Paraíba

 

G1

 

 

Fármacias Básicas de Bananeiras recebem material permanente através do Qualifar Sus

A Secretaria de Saúde do município de Bananeiras está entre as 3 cidades escolhidas para receber material permanente para equipar as Farmácias Básicas. Esta é uma forma para melhorar as estruturas físicas e ofertar cada vez mais qualidade aos serviços.

 

O material foi recebido através de recursos do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica no Sistema Único de Saúde (QUALIFAR SUS).

Hoje a Rede Farmácia Básica possui cinco unidades, sendo uma central e mais 4 distritais, a comunidade de Cajazeiras foi a mais nova contemplada. Com este novo modelo de distribuição de medicamento, mais de 38 mil atendimentos foram realizados e no primeiro bimestre de 2019 esse número já ultrapassa os 7 mil atendimentos, aumento de 80%  do igual período no ano passado.

Ascom –PMB

 

Kits de material pedagógico são entregues pela LBV a crianças da Paraíba

Iniciativa beneficia mais de 19 mil estudantes de baixa renda em todo o Brasil
Nesta quarta-feira, 20a Legião da Boa Vontade – LBV pega a estrada em direção a Comunidade Quilombola Caiana dos Crioulos em Alagoa Grande, Brejo Paraibano, para a entrega de kits de material pedagógico pela Campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro! para centenas de crianças que estudam na Escola Firmo Santino da Silva.
No dia 22, às 9h30, será a vez das crianças assistidas diariamente pelos programas socioeducacionais da Instituição em sua Unidade no Bairro do Distrito Industrial em Campina Grande.
Em João Pessoa, a garotada da LBV já foi contemplada com seus kits, em 20 de fevereiro.
Na Paraíba, são mais de 400 (quatrocentas) crianças e adolescentes incentivados a educação nos municípios deJoão Pessoa, Alagoa Grande e Campina Grande, matriculadas no primeiro ao quinto ano, em escolas dessas localidades, incentivados a permanecer em sala de aula e não desistir dos estudos por falta de material escolar.
Em todo o Brasil, a LBV apoia as famílias que não tem recursos para a compra do material escolar, beneficiando mais de 19 mil estudantes de 90 municípios brasileiros. Os kits são compostos de itens como estojo, lápis preto e de cor, canetas, apontador, borrachas, tesoura, tubos de cola, cadernos, mochila, régua, minidicionário de português e papel sulfite.

Para colaborar com a manutenção de todo o trabalho da LBV, as doações podem ser feitas pelo site www.lbv.org ou pelo tel.: 0800 055 50 99

 

Assessoria LBV

 

 

Polícia apreende mais de duas toneladas de material explosivo na PB

/Foto: Divulgação/SR/DPF/PB

Em operação conjunta entre as Polícias Federal, Civil e Militar, foram apreendidas mais de duas toneladas de material explosivo na Zona Rural do município de Coremas, no Sertão da Paraíba, a 390 km de João Pessoa, na tarde desta sexta-feira (5).

Segundo a polícia, foram interceptados dois suspeitos em um veículo Volkswagen Saveiro de cor branca fazendo o carregamento de parte do material apreendido, que estava armazenado em uma propriedade abandonada em um sítio da região.

O material apreendido consistia em seis caixas de emulsão encartuchada, cada uma contendo 14 emulsões e 87 sacas de pólvora granulada, cada uma com 25 kg, totalizando 2.325 kg.

Os suspeitos flagrados foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Coremas, assim como todo o carro e todo o material apreendido.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Procon divulga itens proibidos em listas de material escolar na Paraíba

 (Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília)
(Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília)

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) divulgou nesta sexta-feira (16) a lista de itens irregulares nas listas de material escolar da rede privada de João Pessoa, para que os pais fiquem atentos na hora das compras. O órgão esclareceu que existem produtos de uso coletivo que devem ser fornecidos pela própria escola.

Os itens normalmente pedidos e que não devem constar na lista dos pais são produtos como álcool, algodão, balões, bolas de sopro, plástico bolha, bastão de cola quente, botões, cotonete, maquiagem, lantejoulas, fita dupla face, durex, fita para impressora, flanela, toner para impressora, material de escritório, sabonete líquido e pratos e talheres descartáveis.

O secretário do Procon-JP, Ricardo Holanda, informa que, quando os pais de alunos da rede privada começam a receber a lista do material escolar, também se iniciam as reclamações e pedidos de orientação na Secretaria. “Achamos importante divulgar os itens proibidos na lista de material escolar, inclusive para os donos de escolas, que ficam cientes do que não podem pedir”, disse.

Outro ponto esclarecido por Ricardo Holanda se refere à liberdade de escolha de onde comprar esse material. De acordo com o secretário, a escola não pode indicar ou induzir aos pais de alunos um local específico para comprar o material. “A opção deve ser unicamente deles. Aconselhamos aos pais, inclusive, que pesquisem os preços antes de adquirir esses produtos, mesmo que isso demande mais tempo ao fazer as compras em mais de um lugar”, alertou.

Confira a lista de Itens irregulares na lista de material escolar
– Álcool e algodão;
– Balões, bolas de sopro e plástico bolha;
– Bastão de cola quente;
– Botões, cotonete, maquiagem, latejoulas;
– Carimbo, clipes, envelopes estêncil, fita dupla face, fita durex (inclusive colorida), fita para impressora, flanela, grampeador e grampos, toner para impressora, material de escritório sem uso individual;
– Copos descartáveis, lenços descartáveis, pratos descartáveis, sacos plásticos, talheres descartáveis, sabonete líquido, material de limpeza em geral;
– Creme dental (exceto no envio diário na bolsa do aluno para seu uso exclusivo);
– Caneta para quadro, marcador para retroprojetor, piloto para quadro branco, giz branco e colorido;
– Palitos para churrasco, palitos para dente, palito de fósforo;
– Papel contato; papel ofício (exceto colorido), papel higiênico;
– Medicamentos.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Em Belém/PB, idoso constrói parque de diversão com material reciclável para crianças da zona rural

Com quase 80 anos de idade, o sr. José Luiz, morador no Sítio Lagoa de Serra, município de Belém, no Agreste paraibano, resolveu construir, em harmonia com a natureza, um criativo parque de diversão feito com materiais recicláveis para atender as crianças de sua comunidade.
O parque de diversão, localizado no alto do sítio Lagoa de Serra, com uma bela vista panorâmica da lendária Serra da Copoaba, tornou-se uma alternativa de lazer para as crianças daquela localidade rural e adjacências, além de um atrativo turístico para os grupos que fazem trilhas ecológicas pela região:
“Eu tive a honra de conhecer esse guerreiro. Nós, da Associação de Bombeiros Civis [de Belém], incluímos o parque do seu Luiz em nossas atividades, como ponto de visita em nossas caminhadas ecológicas. Até ajudamos o mesmo de forma singela, doando tintas para que ele embeleze suas criações. Orgulho de nossa terra!”, disse o bombeiro civil Izaias Matias.
Confira algumas fotos do parque de diversão do Sr. José Luiz, no sítio Lagoa de Serra, em Belém (PB):

 

Por: Correio Belenense

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

PRF apreende 16 mil reais e material de propaganda eleitoral dentro de carro

prfPoliciais rodoviários federais apreenderam, no final da tarde desta sexta-feira (30), na BR-104, R$ 16 mil reais dentro do carro de um comerciante da cidade de Santa Cecília, no agreste paraibano. Dentro do veículo também foram encontrados material de propaganda eleitoral de candidatos de Barra de Santa Rosa, Santa Cecília e Vertente do Lério (PE).

A apreensão aconteceu após uma abordagem ao comerciante que não parou o veículo e foi perseguido pelos policiais. No entanto, ele contou que não tinha ouvido nem vista a viatura da PRF.

O comerciante disse inicialmente que o dinheiro era para pagar contas em Queimadas e comprar gêneros alimentícios. Depois disse que estava na cidade para comprar alimento para o aniversário de uma amiga.

O comerciante foi liberadoi, mas o dinheiro e o material de propaganda serão encaminhado a Justiça Eleitoral.

Já o caso foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Queimadas.

MaisPB com Renato Diniz

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Fisco apreende carga de material de construção que tinha como destino a cidade de Guarabira

(Foto: Osvaldo Dunga/Arquivo Pessoal)
(Foto: Osvaldo Dunga/Arquivo Pessoal)

Uma carga com cerca de 15 toneladas de material de construção foi apreendida pelo Fisco Estadual da Paraíba, na manhã deste sábado (27), na entrada da cidade de Campina Grande, no Agreste paraibano. O carregamento ainda não avaliado estava sendo transportado sem nota fiscal, de acordo com o órgão fiscalizador.

Segundo o auditor-fiscal, Osvaldo Dunga, que realizou a fiscalização, a carga havia saído da capital João Pessoa, e tinha como destino a cidade de Guarabira, no Brejo paraibano. Entretanto, o motorista teria errado o caminho e foi para Campina Grande.

“A carga estava sem nenhum documento ou nota fiscal. Os produtos tinham como destino Guarabira, mas o motorista do caminhão disse que acabou errando o caminho e ao chegar em Campina Grande, o veículo foi abordado”, disse ele.

Ainda de acordo com o Fisco Estadual, a maior parte da carga era de cal industrializado e uma pequena parte de cimento. O auditor-fiscal disse que ficou surpreso com a situação em que a carga estava sendo transportada.

“A carga não tinha nenhum tipo de documento. Foi uma ousadia muito grande. Agora os produtos estão apreendidos e só vão ser liberados após o pagamento de uma multa que deve custar 25% do valor total da carga. Se a multa não for paga, os produtos vão a leilão”, explicou Osvaldo Dunga. Até 15h a carga não havia sindo avaliada.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Patos: bandidos roubam e ateiam fogo em material de campanha de candidatos

panfletosO material de campanha de candidatos a vereador do município de Patos foi roubado e queimado na madrugada deste sábado (27). Os candidatos integram a coligação “Patos tem jeito”, que tem o deputado estadual Dinaldinho Wanderley (PSDB) como candidato a prefeito.

O carro que transporta o material foi abordado por dois bandidos durante a madrugada. Após praticar o roubo, os suspeitos queimaram todo o material em um matagal e trocaram as placas do carro.

“Estranho, muito estranho, mas entrego a Deus tudo isso. Certeza que que me dará em dobro. Aos vereadores vamos trabalhar mais e vencermos”, comentou Dinaldinho.

Os suspeitos foram detidos pela Polícia Militar. ” Os bandidos foram presos, mas o prejuízo da campanha?”, questionou Dinaldinho.

WhatsApp Image 2016-08-27 at 11.57.35 WhatsApp Image 2016-08-27 at 11.57.46 material de Dinaldinho

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

TRE autoriza material de campanha do candidato de Bananeiras Douglas Lucena

douglasO Tribunal Regional da Paraíba acatou na ultima terça feira (23), mandado de segurança impetrado pela Coligação “A Força do Trabalho”, encabeçada pelo candidato a Prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena (PSB).

Em determinação a liminar, expedida no ultimo sábado (20), pelo Juiz da Propaganda Eleitoral, Dr. Jailson Shizue Aragão Suassuna que requeria a busca e apreensão de material publicitário que supostamente teria irregularidades do candidato a prefeito de Bananeiras Douglas Lucena (PSB).

No mandado expedido pelo, Dr. Marcos Antonio Souto Maior Filho Juiz Relator do Tribunal Regional da Paraíba, fica determinado à distribuição de material de campanha de acordo com as regularidades da lei.

Dada a determinação, o que consta no Mandado de Segurança nº 0600013-65.2016.6.15.0000, onde o magistrado afirma: “Isto posto, por vislumbrar a presença dos elementos autorizativos, concedo a liminar, para suspender a proibição de distribuição da propaganda eleitoral da Coligação impetrante, assim como dos mandados de busca e apreensão da referida propaganda”.

Essa determinação concede a veiculação de material de campanha como; Folhetos, Volantes, Santinhos e Impressos. Ao atender a requisição, o Juiz Relator, determina a imediata suspensão da liminar requerida pela Coligação “Por Bananeiras, Tudo”, encabeçada pelo candidato Matheus Bezerra (PMDB).

A liminar previa o recolhimento do material publicitário de campanha do candidato a Prefeito Douglas Lucena (PSB), que supostamente possuia irregularidade no tamanho da fonte utilizada no nome do candidato a vice prefeito Guga Aragão (DEM), que deve ser de no mínimo 30% do tamanho da fonte utilizada no nome do candidato a majoritária. segue mandado de segurança na íntegra.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br