Arquivo da tag: Marta

Marta e o Brasil enfrentam a França precisando da vitória neste domingo

Neste domingo(23), Brasil volta a campo, desta vez pelas oitavas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino. A adversária é a França. A anfitriã terá a seu favor um estádio lotado com 20 mil torcedores.

As jogadoras francesas esperam repetir o resultado da seleção masculina 21 anos atrás, na Copa de 1998, quando a França conquistou o primeiro título mundial, em casa, ao vencer o Brasil por 3 a 0.

Durante entrevista coletiva ontem, o técnico Vadão negou o sentimento de vingança no duelo França e Brasil. “Não há o sentimento de vingança com França de 1998. No futebol feminino, nós não temos rivalidade com a França para querer uma revanche”, afirmou.

Vadão ressaltou que o entrosamento é o ponto positivo da adversária. Das 11 jogadoras titulares, sete atuam no mesmo clube. A goleira Sarah Bouhaddi, as zagueiras Wendie Renard e Griedge Mbock Bathy, a lateral Amel Majri, a meio-campista Amandine Henry, e as atacantes Eugenie Le Sommer e Delphine Cascarino jogam no Olympique Lyonnais.

O treinador ressaltou que o Brasil está confiante na vitória. “Nós nos sentimos muito confiantes porque a gente vem crescendo na competição. A gente mostrou um futebol muito eficiente. As atletas estão entendendo muito bem o papel de cada uma delas. Eu acho que o Brasil, independente das contusões, tem muita confiança para fazer um grande jogo frente a França para passar de fase e continuar na competição”, declarou.

O jogo França x Brasil está marcado para as 16h, no estádio Océane, em Le Havre. Quem ganhar pega Espanha ou Estados Unidos nas quartas de final.

França teve 100% de aproveitamento na primeira fase. No jogo de abertura, goleou a Coreia do Sul por 4 a 0. Venceu a Noruega por 2 a 1. Ganhou da Nigéria por 1 a 0.

O Brasil, na fase de grupos, venceu dois jogos e perdeu um de virada. Ganhou da Jamaica por 3 a 0. Perdeu para a Austrália por 3 x 2. Ganhou da Itália por 1 a 0.

 

Agência Brasil

 

 

Marta supera Pelé e vira a maior artilheira da história da seleção

martaA seleção brasileira possui um novo goleador. Ou melhor, uma goleadora. Na noite desta quarta-feira, a craque Marta anotou três gols no primeiro tempo do amistoso contra Trinidad e Tobago, chegou a 98 com a camisa amarela e superou ninguém menos do que Pelé, autor de 95 gols durante a vitoriosa carreira de tricampeão mundial.

No amistoso disputado nesta quarta-feira, em Natal, que terminou com uma incrível goleada por 11 a 0, Marta comandou a seleção brasileira no setor ofensivo. A exibição da ‘Rainha’ começou com os três primeiros gols da goleada – Beatriz anotou o quarto tento.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

No segundo tempo, a camisa 10 ainda anotou, de fora da área, o seu quarto gol no massacre da seleção brasileira. Marta ainda balançou a rede pela quinta vez antes de deixar o duelo para a entrada de Raquel, aos 15min da etapa final.

Além do fato de bater a marca obtida pelo Rei, o amistoso desta quarta-feira ficará marcado de maneira especial por outro fator. Diante de Trinidad e Tobago, Marta vestiu pela 100ª vez a camisa da seleção brasileira.

Marta, assim, quebra mais uma marca importante na carreira. A camisa 10 sustenta o posto de atleta mais laureada da história do futebol feminino: foram cinco troféus de Melhor Jogadora do Mundo; o último veio em 2010. No ano passado, a craque terminou com a segunda colocação.

ESPN

Marta é condenada e tem direitos políticos suspensos

martasuplicyA ex-prefeita Marta Suplicy (PT) foi condenada pela Justiça de São Paulo por improbidade administrativa em razão de um contrato firmado sem licitação, durante sua gestão na Prefeitura de São Paulo (2001-2004). Em decisão de primeira instância, o Juiz Alexandre Jorge Carneiro da Cunha Filho, da 1ª Vara de Fazenda Pública, condenou a ex-prefeita a suspensão dos direitos políticos por três anos e ao pagamento de multa no valor de 50 vezes a sua remuneração como prefeita.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na decisão, da última quarta-feira, 9, a Justiça acatou a denúncia do Ministério Público de São Paulo, que apontou irregularidades na contratação, em 2002, de uma ONG para assessorar o desenvolvimento de ações referentes a planejamento familiar, métodos contraceptivos, questões de sexualidade nas subprefeituras de Cidade Ademar e Cidade Tiradentes. O juiz estende a condenação também a então secretária de Educação Maria Aparecida Perez. A defesa de Marta Suplicy informou que vai recorrer, já que contrato semelhante foi considerado legítimo pela Justiça. A defesa de Maria Aparecida não foi encontrada para comentar o caso.

De acordo com a promotoria, o contrato de R$ 176,7 mil com o Grupo de Trabalho e Pesquisa de Orientação Sexual (GTPOS) é irregular por ter sido firmado sem a realização de licitação. A secretaria teria desconsiderado também os requisitos necessários para a dispensa da pesquisa de preços. “Houve infração do princípio da moralidade, já que a ré Marta Suplicy, prefeita de São Paulo à época da celebração do contrato, era intimamente ligada à entidade contratada”, acrescenta o juiz na sentença, de novembro de 2013.

Na ocasião da denúncia, os advogados de Marta Suplicy e da secretária de Educação defenderam a legalidade do contrato. Sustentaram ainda que os serviços foram devidamente prestados pela ONG.

Para o juiz, no entanto, o serviço poderia ser realizado por outras empresas, o que indica a necessidade da realização de consulta de interessados ou de pesquisa de preços, como prevê a lei de licitações. “A ausência de tal consulta, no caso, implicou a violação ao princípio da isonomia, que deve pautar a relação entre particulares prestadores de serviço e o Poder Público com o qual pretendem contratar, além da impessoalidade, já que a entidade contemplada com o contrato questionado fora fundada pela chefe do Executivo em cujo mandato se deu a celebração do respectivo instrumento.”

O juiz destacou também o fato de Marta Suplicy ter sido sócia fundadora da GTPOS e, por essa razão, infringir o critério de imparcialidade exigido nesse tipo de contrato. Ele ressalta, porém, que não se verificou indícios de prejuízos aos cofres públicos e os réus não serão condenados a ressarcir o governo municipal. “Por outro lado, ressalvo que a ausência de comprovação de dano ao erário não afasta a configuração de ato de improbidade administrativa”, afirma.

A ONG, por sua vez, foi condenada a pagamento de multa no valor de 10% do valor do contrato original e fica proibida de firmar contratos com o poder público ou receber incentivos fiscais por três anos. De acordo com a defesa da GTPOS, que vai recorrer da decisão, a licitação era dispensável em razão da natureza do serviço prestado e pelo fato de a ONG ser entidade sem fins lucrativos, condições previstas na legislação.

Segundo caso

A contratação da mesma organização já foi alvo de outra denúncia do Ministério Público, também envolvendo Marta Suplicy e Maria Aparecida Perez. A petista e a ex-secretária chegaram a ser condenadas por improbidade, mas foram absolvidas em segunda instância, em junho de 2011. O MP questionou a ausência de licitação para um contrato de R$ 2,029 milhões, mas a dispensa foi considerada correta.

 

Agência Estado

Ex-prefeita de Bananeiras Marta Ramalho tem contas de 2011 aprovadas pelo TCE

marta 2TCE reprova as contas anuais de quatro gestores públicos

O ex-prefeito de Cruz do Espírito Santo Rafael Fernandes de Carvalho Júnior teve as contas de 2011 reprovadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba que a ele determinou a devolução aos cofres públicos de R$ 273.840,14 em razão, notadamente, de gastos não comprovados com recursos do Fundeb. A decisão, da qual cabe recurso, deu-se conforme voto do relator do processo, conselheiro Arnóbio Viana.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O ex-prefeito de Algodão de Jandaíra Isac Rodrigo Alves, que teve a reprovação das contas de 2009, deve restituir aos cofres municipais, em razão de gastos não documentalmente comprovados, a importância de R$ 34.280,56, conforme proposta do relator Antonio Gomes Vieira Filho

 

Despesas sem licitação e o não recolhimento de parte das contribuições previdenciárias ajudaram na reprovação das contas de 2010 do prefeito de Riachão do Bacamarte José Gil Mota Tito, conforme propôs o relator Renato Sérgio Santiago Melo.

 

O TCE também emitiu parecer contrário à aprovação das contas de 2010 da ex-prefeita de Pedras de Fogo Maria Clarice Ribeiro Borba, decisão para a qual contribuíram aplicações insuficientes em Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE), despesas sem licitação e contratação de servidores sem concurso público, como entendeu o mesmo relator. Cabem recursos de todas essas decisões.

 

Em grau de recurso, o ex-prefeito de Alhandra Renato Mendes Leite livrou-se do débito de R$ 115,2 mil que lhe fora anteriormente imputado quando do julgamento, em abril de 2011, de processo decorrente de denúncia de irregularidades em gastos com serviços de limpeza urbana. Após exame de nova documentação, o TCE desconstituiu esse débito, conforme entendimento do relator Umberto Porto.

 

APROVAÇÕES – Tiveram suas contas aprovadas os ex-prefeitos de São José de Espinharas (Ricardo Vilar Wanderley Nóbrega, 2011), Jacaraú (Maria Cristina da Silva, 2011), Bananeiras (Marta Eleonora Aragão Ramalho, 2011), Lagoa de Dentro (Sueli Madruga Freire, 2011), Cajazeirinhas (José Almeida Silva, 2011)

 

Também, os atuais prefeitos de Serraria (Severino Ferreira da Silva, 2011), São José do Sabugi (Iracema Nelis de Araújo Dantas, 2011),

 

O Tribunal aprovou as contas das Câmaras de Cabedelo (2010), Bananeiras (2011, com ressalvas), Ingá (2011, com ressalvas),

 

Foram aprovadas, ainda, as contas de 2009 da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer e as do exercício de 2001, da Polícia Militar do Estado, ambas conforme voto do relator Umberto Porto. Na sessão plenária desta quarta-feira, o TC examinou processos que, em sua totalidade, representaram movimentação de recursos públicos da ordem de R$ 727.138.217,87.

 

 

FOCANDO A NOTICIA COM ASCOM/TCE-PB

 

Planalto convida Marta Ramalho para expor sucesso de Bananeiras

 

A Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da Republica, através do subchefe Olavo Noleto Alves, Dos Assuntos Federativos comunicou por oficio a ex- prefeita Marta Ramalho que o seu nome fora selecionado para realizar palestra sobre as políticas publicas de sucesso empreendidas no Município de Bananeiras e que resultaram em Inclusão, Trabalho e Renda.

A Presidência da Republica vai reunir em Brasília nos dias 28,29 e 30 do corrente, prefeitos e prefeitas de todo o Brasil  e abrira espaço para alguns ex-prefeitos contarem suas experiências. Segundo o jornal Folha de São Paulo, os selecionados foram os ex-prefeitos de Niterói (PT), de Vitoria (PDT) e Marta Ramalho (DEM), de Bananeiras, PB.

No convite do Planalto dirigido a Marta Ramalho, diz o missivista que V.Excelencia foi selecionado para apresentar experiência de seu município na área do Desenvolvimento Econômico relativo da Inclusão, Trabalho e Renda. A intenção e promover um bate-papo, no qual a senhora fará  seu  depoimento acerca das dificuldades e soluções na implementação desta política publica de excelência.

As políticas publicas de inclusão desenvolvidas em favor da criança e do adolescente renderam ao Município de Bananeiras o Selo UNICEF por três vezes consecutivas e o incremento ao turismo resultou na oferta de mais emprego e garantia de renda a população local com o surgimento de condomínios, hotéis e restaurantes.

 Assessoria para o Focando a Notícia

Marta Suplicy pede emendas para construção de museu de Luiz Gonzaga em CG

(Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, pediu na quinta-feira (21), que os coordenadores da bancada da Câmara, façam emendas para os Centros de Ensino Unificados das Artes (CEUs das Artes) e para construções de museus.

Marta explicou que já estão sendo construídos 360 CEUs das artes em cinco mil municípios, porém ela quer mais de 250 em locais que necessitam. “Seis já foram inaugurados, mas, desde 2010, 10% foi construído”.

A ministra também pediu emendas para a construção do Museu Afro-brasileiro em Brasília. O objetivo do governo é construir museus em cada estado como o de Luiz Gonzaga, em Campina Grande, na Paraíba.

A deputada Marinha Raupp (PMDB-RO), seguida por outros parlamentares, disse que o ideal seria o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) destinar mais recursos para a cultura como ocorre com outras áreas, como a de infra-estrutura.

Agência Brasil

Prefeita Marta Ramalho e Douglas Lucena instalam comissão de transição governamental

Prefeita Marta Ramalho e Douglas Lucena

A Prefeitura de Bananeiras, através da Prefeita Marta Ramalho e o Prefeito eleito Douglas Lucena, iniciaram na última sexta-feira (09/11), a transição governamental, conforme determina a Resolução do Tribunal de Contas TC nº. 09/2012, com vistas a manutenção e a continuidade de programas e ações essenciais para a população do município.

Na oportunidade, a Prefeita indicou os representantes da municipalidade, sendo o Contabilista Denis Cristiano, o Chefe de Gabinete Ramom Moreira e o Secretário de Finanças João Valério, responsáveis pelas informações da administração atual, e o Prefeito eleito indicou o Vereador eleito Kilson Dantas, o Contabilista Alexandre Bento e a médica Clélia Lucena para comporem a Comissão de Transição Governamental.

Douglas Lucena ressaltou que a transição ocorre de forma tranquila, até porque faz parte do Governo atual e é conhecedor de diversas ações atualmente realizadas, destacando que precisa identificar alguns pontos que merecem atenção inicial, para que as ações administrativas possam fluir sem que haja qualquer tipo de descontinuidade nos serviços oferecidos a população.

A Prefeita Marta Ramalho destacou a importância da transição, pelo motivo de democratizar ainda mais as informações com o novo gestor do município, informando-o sobre o dia a dia de vários programas exitosos, que modificaram a qualidade de vida de crianças e adolescentes, a exemplo do PETI, AABB Comunidade, PSFs, ações culturais, dentre outros.

Os trabalhos a serem realizados pela Comissão de Transição atenderão ao que determina a Resolução do TCE e contará com a participação de todos os órgãos da Prefeitura, que repassarão as informações à Comissão de Transição instalada.

Bananeiras Online com Assessoria

Bananeiras: Taça “Marta Ramalho” de Futsal começa nesta terça-feira (30)

Uma comissão formada por voluntários da sociedade bananeirense está realizando, com ajuda de patrocinadores e apoio da Prefeitura Municipal de Bananeiras, uma competição de um dos esportes mais atrativos do nosso município, trata-se da Taça “Marta Ramalho” de Futsal. O nome foi dado em homenagem e à atual prefeita, que muito contribuiu para o desenvolvimento social e econômico da nossa cidade.

A competição será realizada com 16 equipes adultas masculinas de tradição no futsal bananeirense. Na 1ª fase, as equipes serão divididas em 2 grupos (A e B) contendo 8 equipes cada um, onde todos do mesmo grupo se enfrentarão de forma rotativa. Na 2ª fase, os 4 melhores times de cada grupo se classificam para as quartas-de-final, onde a vitória credencia para a semifinal e posteriormente a grande final.

Na última quarta-feira, dia 24, foi realizado o sorteio que definiu os grupos da competição, onde ficaram definidos os grupos da 1ª fase da seguinte forma: Grupo A: Águia Negra, Vasco, Anjo Bom, 1ª Igreja Batista, Os Bad Boys, União Cidade Alta, Pinheiros e Chã do Lindolfo; Grupo B: Vila da Penha, Portuguesa, Bela Vista, Vila Maia, CAVN, Corinthians,  Avaí e Taboleiro.

Os jogos da Taça “Marta Ramalho” de Futsal serão realizados às terças-feiras, quartas-feiras, quintas-feiras e sextas-feiras à partir das 19:00H, no Ginásio de Esportes “O Ramalhão”. A 1ª Rodada será realizada na próxima terça-feira, dia 30.

A premiação será concedida da seguinte forma:

1º colocado – R$1.000,00 (mil reais);

2º colocado – R$500,00 (quinhentos reais);

3º colocado – R$200,00 (duzentos reais).

A comissão formada por Carlos Eduardo (Kaká Mendonça), Aldo Costa (Galego da verdura), Antonio Periassu (Canhoto) e Marcos Periassu (Pitombinha), convida toda a população para participar e colaborar com esse evento, no mesmo momento em que agradece aos patrocinadores e divulgadores.

Bananeiras Online

Ao assumir Cultura, Marta valoriza internet e critica ‘lógica devastadora do mercado’

Ao assumir Cultura, Marta valoriza internet e critica 'lógica devastadora do mercado' Marta Suplicy assume mandato no Ministério da Cultura. Na cerimônia de posse, a presidente Dilma Roussef elogia a ex-prefeita e defende Ana de Hollanda de críticas

A senadora Marta Suplicy tomou posse nessa quinta (13) no Ministério da Cultura prometendo fortalecer a produção dos artistas nacionais, valorizar a internet e recuperar o patrimônio que fica à margem da indústria cultural voltada exclusivamente ao consumo.

“Não podemos aceitar a lógica devastadora do mercado e a pasteurização do mercado”, discursou Marta.

A nova ministra da Cultura ressaltou a boa relação que mantém com a presidenta Dilma Rousseff e a importância do legado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no setor.

“Estou muito orgulhosa pela possibilidade de participar mais de perto de um governo que ajudei a eleger e realizar um trabalho em uma área com a qual me identifico muito”, disse a petista

Marta ressaltou que buscará o diálogo com a sociedade e que pretende investir na área digital. “Ainda conhecemos pouco sobre a influência da comunicação eletrônica na criatividade. Como cultura é algo em permanente transformação, a internet também presta serviço quando ela permite questionar o que está cristalizado”.

Ela agradeceu o Senado pela aprovação da PEC da Cultura, ontem, e pediu aos “colegas” da Câmara que tenham o mesmo empenho para aprovar o Vale Cultura, benefício para trabalhadores que ganham até cinco salários mínimos.

“O ministério não faz cultura. Ele proporciona espaços e autonomia para que a cultura se produza. Não se pode pautar pelo mercado. Ao mesmo tempo, nossos artistas têm que viver da sua arte. Devemos incentivar nossa participação internacional, esse será nosso outro desafio”, declarou Marta, que ainda destacou que a internet terá papel chave em sua gestão.

Democratização

Sem sua fala, a presidenta Dilma Rousseff destacou o trabalho de Marta a frente da prefeitura de São Paulo (20001-20005). Ela lembrou da iniciativa da ex-prefeita de levar, através dos Centros de Educação Unificados (CEUs), atividades culturais para paulistanos das classes mais baixas.

“Uma das questões mais importantes é o acesso à cultura. É impressionante que muitas pessoas nunca foram ao cinema ou ao teatro. A democratização ao acesso à cultura deve estar agregada à questão democrática”.

A presidenta lembrou que o orçamento da Pasta em 2013 chegará a R$ 3 bilhões, sem contar os R$ 2,2 bilhões para as leis de incentivo. O aumento, em relação ao ano de 2012, é de 65%.

Lealdade

Marta assume no lugar de Ana de Hollanda, no cargo desde o início do governo Dilma. “Agradeço a lealdade e a maneira histórica com que enfrentou questões muitas vezes injustas e exageradas”, disse a presidenta ao se despedir da compositora.

Ana de Hollanda foi a primeira mulher a ocupar o cargo de ministra da Cultura. Nesse período sofreu muitas críticas – em sua maior parte, relativas a questões de direitos autorais e de liberdade na internet.

Fonte: Rede Brasil Atual
Focando a Notícia

Marta Suplicy vai substituir Ana de Hollanda no Ministério da Cultura

A presidenta Dilma Rousseff convidou nesta terça (11) a senadora Marta Suplicy (PT-SP) para exercer a função de ministra da Cultura, no lugar da artista e compositora Ana de Hollanda, que estava no cargo desde o início de 2011. Ana anunciou sua saída, nesta terça-feira, em audiência no Palácio do Planalto.

Logo depois da audiência, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República divulgou nota destacando que presidenta agradeceu à ministra “o empenho e os relevantes serviços prestados ao país” à frente da pasta.

A nota registra ainda que Dilma manifestou a confiança de que Marta Suplicy, “que vinha dando importante colaboração ao governo no Senado”, dará prosseguimento às políticas públicas e aos projetos que estão transformando a área da cultura nos últimos anos. A posse está marcada para as 11h da próxima quinta-feira (11).

Agência Brasil