Arquivo da tag: Maranhão

Ao lado de Maranhão, Cássio, Lira e Ricardo Coutinho, Temer inaugura obra da Transposição

estação-de-bombeamentoO presidente Michel Temer inaugura nesta segunda-feira (30), em Floresta (PE), a terceira estação de bombeamento (EBV-3) do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. A nova estação vai permitir que a água do canal avance por mais 60,9 quilômetros pelo sertão da Paraíba e de Pernambuco.

Estão fazendo parte da comitiva os senadores paraibanos Raimundo Lira (PMDB), Cássio Cunha Lima (PSDB) e José Maranhão (PMDB), além do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Com investimentos de R$ 87 milhões da União, a EBV-3 receberá a água vinda do reservatório Mandantes e elevará a uma altura de 63,5 metros, permitindo o escoamento por gravidade até a quarta estação elevatória (EBV-4), em Custódia (PE). Neste percurso, passará por três reservatórios pernambucanos – Salgueiro, Muquém e Cacimba Nova – e pelo aqueduto Jacaré, completando 97 quilômetros dos 217 que formam o Eixo Leste.

Com a chegada da água do Pisf ao reservatório Muquém, o açude Barra do Juá, em Floresta, poderá ser abastecido, beneficiando cerca de 30 mil pessoas. Ainda no primeiro trimestre de 2017, as águas do rio deverão chegar às populações das cidades paraibanas de Monteiro e Campina Grande.

“Nós temos agilizado essas obras, e por isso mesmo cumprimentei o ministro Helder Barbalho e toda a equipe que está trabalhando nessa obra que começou lá atrás, mas que agora está sendo agilizada para que em brevíssimo tempo nós possamos não apenas inaugurar o chamado Eixo Leste e, logo em seguida, ainda neste ano, inaugurar o Eixo Norte, praticamente completando a transposição do rio São Francisco”, disse o presidente Michel Temer em entrevista aos jornalistas.

Eixo Norte

O Eixo Norte está previsto para ser concluído no segundo semestre deste ano, após finalização de serviços necessárias à passagem de água do rio. A expectativa é atender o reservatório de Jati (CE) em agosto e a Região Metropolitana de Fortaleza em setembro de 2017.

“A licitação será feita, se não me engano, no dia 1º deste mês (fevereiro). E depois, não havendo impugnações, nenhum problema judicial, logo se homologa essa licitação e começam as obras”, afirmou Temer acerca da contratação de uma nova empresa que se responsabilizará pelo trecho.

Prioridade do governo federal, o Projeto São Francisco levará água para mais de 12 milhões de pessoas em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Serão atendidos 390 municípios pelos dois eixos: Norte, com 260 quilômetros, e o Leste, com 217. O empreendimento está orçado em R$ 9,6 bilhões, valor que resulta de atualizações previstas em contratos.

“Evidentemente, vocês sabem que muitas e muitas vezes, lá no Congresso Nacional tem havido a preocupação também com a revitalização do rio São Francisco”, lembrou o presidente. “Matéria que nós já estamos começando a tratar mas, logo depois, nós trataremos de fazê-lo sempre vitalizado precisamente para permitir que a transposição esteja sempre cheia de água”, garantiu.

Ramal do Agreste

O presidente também anunciará a liberação de mais verbas federais para ações de convívio com a seca, dessa vez voltadas para a população pernambucana. Serão assinadas duas ordens de serviço no valor de R$ 40,4 milhões para o início do Projeto do Ramal do Agreste, obra que receberá as águas do São Francisco e será utilizada para aumentar o abastecimento de 72 cidades pernambucanas.

O ramal vai garantir água de boa qualidade para consumo humano em toda a região do Agreste de Pernambuco. Serão beneficiados mais de dois milhões de habitantes.

Orçado em R$ 1,2 bilhão, o Ramal do Agreste terá 70,8 quilômetros de extensão, incluindo canais, túneis, aquedutos, estação de bombeamento e barragens. O prazo previsto para implantação é de 36 meses. O empreendimento vai captar a água no reservatório de Barro Branco, do Pisf, localizado no quilômetro 182 do Eixo Leste, em Sertânia (PE). De lá, a água atravessará a serra Pau do Arco e chegará ao açude de Ipojuca, em Arcoverde (PE).

Portal Planalto

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Maranhão pretende ficar fora da disputa eleitoral de 2018: “Não quero ser candidato”

zemaranhaoO presidente do Diretório Estadual do PMDB, senador José Maranhão, garantiu que não pouparia o PMDB de ser protagonista na disputa eleitoral em 2018, na postulação pelo Governo do Estado. O dirigente lembrou que ainda falta muito tempo para essas articulações e avalia que o partido tem bons nomes para serem pensados.

“A eleição ainda acontece em 2018 e daqui para lá muita água vai rolar por baixo dessa ponte”, destacou. Maranhão disse que sempre defendeu o fortalecimento do partido e não contribuiria para um enfraquecimento da legenda.

Em relação aos nomes que poderiam ser lançados pelo partido, o senador avalia que há representante fortes dentro da legenda, mas que ele mesmo não seria a prioridade. “Nós podemos ter qualquer candidato. Todos os companheiros que têm prestígio e visibilidade podem ser candidatos”, disse. No entanto, Maranhão garantiu que “seria a última hipótese”: “Eu tenho sustentado que não quero ser candidato”, afirmou.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Maranhão classifica reuniões promovidas por Lira como balão de ensaio: “Não estão dando certo”

maranhaoO senador José Maranhão, presidente do PMDB da Paraíba, quebrou o silêncio sobre os impasses que dominam o partido desde a semana passada. Apesar de negar um racha no partido, a legenda segue dividida desde as eleições municipais de 2016 e se intensificou após o senador Raimundo Lira iniciar reuniões com liderança peemedebistas, segundo ele, visando o fortalecimento do partido. Para Maranhão, os encontros promovidos  por Lira não passam de “balão de ensaio”.

 

No jargão jornalístico, balão de ensaio se trata de informação divulgada para testar a opinião ou reação pública, e para Maranhão as reuniões não estão surtindo efeito para tirá-lo da presidência do PMDB, pois segundo ele, as lideranças do PMDB estão ocupando espaços na imprensa para desmentir que teriam problemas com o comando dele.

“Esses encontros são um balão de ensaio que não esta dando certo, porque as declarações publicadas em blogs de que haveria um levante, teria um cisma, uma a uma as pessoas que foram apontadas estão ocupando a imprensa para desmentir”, disse em entrevista ao programa Correio Debate, Rede Correio Sat.

Ele atribuiu as divergências geradas no PMDB a pessoas da legendas ligadas ao governador Ricardo Coutinho. “Eu não posso afirmar ninguém sem uma prova concreta, mas essa coisa coincidentemente aconteceu depois que setores do PMDB se chegaram a Ricardo, é uma coincidência muito grande, mas eu não quero fazer comentários sem provas concretas, apesar de já ter provas concretas com nomeações de pessoas do PMDB para secretaria de Governo”, declarou.

Maranhão ainda disse que acredita na fidelidade do senador Raimundo Lira à liderança dele no PMDB. “Eu recebi um cartão dele [Raimundo Lira] e nesse cartão ele diz: para ser líder é preciso ter história com José Maranhão”, disse.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Após encontro de Lira, Maranhão convoca reunião da executiva estadual do PMDB

maranhãoA crise no PMDB da Paraíba parece estar longe de um final. Poucos minutos após o fim de reunião da Bancada do PMDB, envolvendo o senador Raimundo Lira, os deputados federais Veneziano Vital do Rêgo, Hugo Motta e André Amaral, além do deputado estadual Nabor Wanderley, no qual acertaram uma comunicação maior com o governador Ricardo Coutinho, o presidente da legenda no Estado, senador José Maranhão, convocou uma reunião da executiva estadual para o próximo dia 20.

Diferentemente do posicionamento tomado pela bancada, de aproximação com o governador Ricardo Coutinho, Maranhão defende a manutenção da aliança que o PMDB realizou ano passado juntamente ao PSD, o PSDB e o PP – grupo oposicionista do governador.

CONVOCAÇÃO

O Presidente Estadual do PMDB da Paraíba, Senador José Maranhão, vem por meio deste, convocar vossa excelência, para reunião da executiva estadual do PMDB, para tratar de assuntos do interesse do partido.

A reunião será realizada na próxima sexta-feira, dia 20/01/2017, a partir das 09h30, na sede do PMDB, em João Pessoa.
Caso haja impossibilidade do comparecimento, justificar ao partido.

João Pessoa-PB, 12 de Janeiro de 2017.
SENADOR JOSÉ MARANHÃO
Presidente Estadual do PMDB da Paraíba

Da redação

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Maranhão evita especulações sobre 2018, mas lembra que foi o senador mais votado na última eleição

maranhaoO senador José Maranhão (PMDB) foi o senador mais votado na última eleição geral, em 2014, e fez questão de ressaltar o feito ao ser questionado na solenidade de posse do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), no último domingo, sobre a possibilidade de encabeçar a chapa das oposições em 2018.

“Seria da minha parte uma incoerência se agora eu respondesse ‘sim’, porque eu tenho dito sistematicamente que não sou candidato a governador. É claro que eu fui candidato a senador contra todos os partidos e Deus me ungiu com a sua bondade me fazendo o mais votado”, disse o peemedebista.

Mesmo evitando especulações, Maranhão ressaltou que, sozinho, venceu o candidato de Cássio (PSD), Wilson Santiago (PTB) – “que era o preferido em todas as pesquisas”, ressaltou o peemedebista – e o candidato do governador Ricardo Coutinho (PSB) e irmão do prefeito Luciano Cartaxo, Lucélio Cartaxo (PSD), que na época era filiado ao PT.

O peemedebista também reforçou que o estado precisa da união de todas as forças políticas e que o lançamento prematuro de qualquer candidatura poderia atrapalhar a formação da chapa. “Eu sou um homem desprovido de ambições, de obstinações. Acho que a Paraíba precisa da união de todas as forças políticas porque nós estamos vivendo um momento de muita dificuldade e evidentemente qualquer lançamento prematuro de candidatura ao invés de contribuir poderia ter o efeito contrário”, disse.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

“Não fui convidado”, conta Veneziano sobre confraternização do PMDB; Maranhão nega

veneO deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) afirmou nesta quinta-feira (29) que não foi convidado para festa de confraternização do PMDB da Paraíba, comandada pelo presidente estadual do partido, senador José Maranhão.

“Ali não foi uma confraternização do PMDB, eu lastimo pela falta de cortesia, em não fazê-lo em relação a outros quadros do PMDB e lastimo profundamente porque é mais ou menos o retrato do que foi o PMDB nesse ano de 2016”, criticou.

Já Maranhão negou que o convite não tenha sido feito ao parlamentar. Segundo sua assessoria de comunicação, ligações foram feitas a Veneziano, que não teria atendido os telefonemas. Ainda de acordo com a assessoria, um convite foi enviado ao deputado pelo Whatsapp.

Veneziano contou que ficou surpreso com a confraternização, porque segundo ele, “havia muito menos peemedebistas do que integrantes de outras legendas”.

“Parece-me que a confraternização de ontem não foi do PMDB. não fui convidado, não sei se é porque sabidamente os integrantes do PMDB que o conduzem não se sentiriam a vontade em convidar por saber que o ambiente não seria o mais adequado para que lá nós estivéssemos”, disse fazendo referência a seus adversários políticos que participaram da confraternização, como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e os deputados federais Rômulo Gouveia (PSD) e Pedro Cunha Lima (PSDB).

A confraternização do PMDB aconteceu na noite dessa quarta-feira (28), no restaurante Gulliver Mar, na orla de João Pessoa. O jantar oferecido por Maranhão foi marcado pela presença políticos que fazem oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB). Além de Cássio, Pedro e Rômulo, estavam presentes o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSDB), e o vice-prefeito diplomado Manoel Júnior (PMDB).

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Maranhão e Lira enaltecem decisão que manteve Renan na Presidência do Senado

maranhao-liraOs senadores paraibanos,  Jose Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB), comentaram, nesta quarta-feira (7), a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em manter Renan Calheiros (PMDB-AL) na Presidência do Senado.

 Em entrevistas ao programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Arapuan FM, os  peemedebistas consideraram que o entendimento da maioria dos ministros do STF foi   “melhor para o Brasil”.

Para Maranhão, a manutenção ou não de Renan não influenciaria muito nos projetos da Casa. Mas, segundo o senador, é preciso sempre buscar entendimentos que sejam melhores para o país.

Escute

Audio Player

Já Raimundo Lira disse que foi  correta a decisão tomada pelo STF. Para ele,  um presidente de um Poder não poderia ser destituído do cargo apenas por força de liminar.

Escute

Audio Player

Na segunda-feira (5), o ministro Marco Aurélio havia concedido liminar destituído Renan da Presidência do Senado por ele ser  2ª autoridade na linha sucessória do presidente da República. Renan estaria impedido de assumir ao cargo, caso fosse o caso, por está sendo processado do STF.

Hoje os ministros mantiveram o peemedebista na Mesa da Casa mas sem condição de ocupar a Presidência em  ausência de Michel Temer (PMDB) e do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM).

Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Celso de Melo, Dias Toffoli, Teori Zavaski e a presidente da corte, Cármen Lúcia, divergiram de Marco Aurélio e mantiveram Renan no comando do Senado.  Rosa Webber, Edson Fachin, Marco Aurélio opinaram pelo afastamento do alagoano.

Roberto Targino – MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Estados e municípios receberão 49% dos R$ 13 bi da repatriação, prevê relatório de Maranhão

maranhaoO senador José Maranhão (PMDB-PB) entregou seu relatório sobre o projeto que concede um novo prazo de adesão ao Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária, mais conhecida como “repatriação de recursos não declarados”. O objetivo do líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), é votar o projeto (PLS 405/2016) nesta terça-feira (22) em Plenário. A proposta é de autoria da Comissão Diretora do Senado.

Maranhão acolheu uma emenda apresentada pelos senadores Valdir Raupp (PMDB-RO), Garibaldi Alves (PMDB-RN) e Eduardo Amorim (PSC-SE) estabelecendo que, do produto da arrecadação da multa, a União repassará 49% para estados e municípios.

De acordo com o relatório de receitas aprovado na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, a nova repatriação resultará em um acréscimo de R$ 13,2 bilhões aos cofres públicos.

Maranhão explica que acolheu a sugestão devido à situação financeira crítica hoje vivida pelos estados e municípios. Ele lembra que vários estados ajuizaram ações cíveis originárias no Supremo Tribunal Federal (STF) requerendo essa partilha.

Com a alíquota passando de 15% para 17,5%, e como a multa corresponde a 100% do valor do imposto devido, o percentual total a ser pago pelo declarante que aderir ao Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária neste novo prazo será de 35%.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Maranhão chama RC de irresponsável por ‘cooptação’ de prefeitos eleitos do PMDB

maranhao-e-ricardoO senador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, criticou, nesta quinta-feira (13), o governador Ricardo Coutinho (PSB) pela suposta cooptação de prefeitos eleitos pelo partido para o PSB, a exemplo de Divaldo Dantas, em Itaporanga, Raimundo José de Lima (Doca), em Mato Grosso, e Magno de Bá, em Passagem.

Indagado se a postura do governador era irresponsável, o senador respondeu que sim. “Claro que é. O governador não se conforma porque perdeu as eleições. O certo é aceitar o resultado das urnas. O PMDB não aceita este tipo de comportamento”, afirmou.

Maranhão também não descartou a possibilidade do PMDB acionar a Justiça para reaver os mandatos.

“Abrigaram-se na legenda apenas para se eleger. Se eles não têm compromisso com partido, o partido não terá compromisso com eles”, completou.

As declarações do senador foram feitas no programa Correio Debate, da 98 FM de João Pessoa.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Após 40 anos, hegemonia política da família Maranhão é quebrada em Araruna

familia-maranhaoAs eleições realizadas nesse domingo (02),  apontaram um acirramento em várias cidades da Paraíba. Entretanto, em outras, a hegemonia política foi quebrada. Em Araruna, o inevitável aconteceu. Após 40 anos, com 57% dos votos válidos, Vital costa (PP) quebrou a hegemonia do clã  Maranhão.

O candidato da situação Lulinha (PMDB) teve 42,98% dos votos válidos.

Em seu pronunciamento após a vitória, Vital Costa ratificou as promessas de campanha e disse que, vai governar interagindo com o povo.

sensocriticopb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br